Ajaxificando

1,486 views
1,449 views

Published on

Palestra no 3º Natal Java Day

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,486
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
38
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ajaxificando

  1. 1. Ajaxificando suas aplicações Christiano Milfont http://www.milfont.org
  2. 2. MVC Original ... a visão observa o comportamento do modelo para renderizar a interface ... ... o controlador responde a eventos e solicita modificações no modelo ... ... o modelo gerencia a lógica de negócios e fornece API de acesso.
  3. 3. Migração para web ...
  4. 4. MVC Model 2 ... a visão não enxerga o comportamento do modelo ... ... o controlador assume parcialmente a renderização da visão ... ... o modelo gerencia a lógica de negócios e fornece API de acesso.
  5. 5. Se aplica a WebWorks Mentawai SpringFlow JSF ... Struts ...
  6. 6. Sem fronteiras entre as camadas lógicas... LoginAction LoginForm LoginVO LoginBO DB LoginDAO
  7. 7. MVC Model 3? ... a visão escuta respostas do modelo ... ... o controlador devolve responsbilidades da visão... ... o modelo gerencia a lógica de negócios e fornece API de acesso. Back to the future...
  8. 8. Como funciona hoje...
  9. 9. Como ficaria...
  10. 10. Frameworks Ajax
  11. 11. <ul><li>Um Framework Ajax utiliza as tecnologias: CSS (camada de formatação da apresentação); XHTML (camada de estrutura da apresentancro ção); XML (dados a serem manipulados) e JSON (outra especificação do formato dos dados); Javascript (camada de controle) por meio de DOM (modelo de árvore de objetos) e com o objeto XMLHttpRequest (que fornece conexões assínas). Extende essa tecnologias padrões com componentes de eventos, efeitos, Drag'n'Drop, entre outros. </li></ul><ul><li>O benefício de se usar um Framework Ajax é o encapsulamento da complexidade de manipulação das tecnologias necessárias, fornecendo um só mecanismo Cross Browser que permita a utilização do ajax com acessibilidade semelhante ao ambiente desktop, além de facilitar o tratamento dos dados nas as camadas físicas entre o lado cliente e o lado servidor. </li></ul>Frameworks Ajax
  12. 12. <ul><li>Um Framework Ajax utiliza as tecnologias: CSS (camada de formatação da apresentação); XHTML (camada de estrutura da apresentação); XML (dados a serem manipulados) e JSON (outra especificação do formato dos dados); Javascript (camada de controle) por meio de DOM (modelo de árvore de objetos) e com o objeto XMLHttpRequest (que fornece conexões assíncronas). Extende essa tecnologias padrões com componentes de eventos, efeitos, Drag'n'Drop, entre outros. </li></ul><ul><li>O benefício de se usar um Framework Ajax é o encapsulamento da complexidade de manipulação das tecnologias necessárias, fornecendo um só mecanismo Cross Browser que permita a utilização do ajax com acessibilidade semelhante ao ambiente desktop, além de facilitar o tratamento dos dados nas as camadas físicas entre o lado cliente e o lado servidor. </li></ul>Frameworks Ajax
  13. 13. Tipos de Frameworks Ajax <ul><li>Javascript Multipurpose: frameworks que fornecessem componentes sobre o conjunto de todas as tecnologias web no lado cliente e mecanismos de acesso ao lado servidor, como o encapsulamento do tratamento dos dados. </li></ul><ul><li>Javascript Remote: frameworks que são especialistas no encapsulamento do mecanismo de troca de objetos entre as camadas físicas. </li></ul><ul><li>Javascript Specialized: frameworks que são especialistas em somente um determinado comportamento ou mecanismo do conjunto de tecnologias web, como por exemplo: especialistas em efeitos ou somente na extensão do javascript. </li></ul>
  14. 14. Javascript Multipurpose Frameworks... Javascript Remoting Frameworks... Javascript Specialised Frameworks... Tipos de Frameworks Ajax
  15. 15. Mas como ajaxificar?
  16. 16. DWR
  17. 17. Anatomia do DWR O DWR habilita a interação entre o Java no servidor e o Javascript no Browser, encapsulando a tradução dos objetos entre esses ambientes físicos diferentes. O DWR realiza a tradução dos objetos com base na especificação JSON (Javascript Object Notation). JSON é um formato leve de troca de dados baseado em um subconjunto da especificação Javascript mas independente de linguagens.
  18. 18. Anatomia do DWR JSON (Javascript Object Notation) http://www.json.org/
  19. 19. Anatomia do DWR JSON http://www.ecma-international.org/publications/files/ECMA-ST/Ecma-262.pdf &quot;An ECMAScript object is an unordered collection of properties each with zero or more attributes...&quot; Standard ECMA-262 - 3r d Edition - December 1999
  20. 20. Anatomia do DWR
  21. 21. Tudo que precisa para integrar o DWR em seu projeto... <ul><li>Acrescenta biblioteca dwr.jar ao projeto </li></ul><ul><li>Mapeamento dos seus POJOS no dwr.xml </li></ul><ul><li>Mapeamento do servlet no web.xml </li></ul><ul><li>Importa o Engine e interfaces nas páginas </li></ul><ul><li>Faz as chamadas aos objetos mapeados </li></ul><ul><li>Manipulação dos POJOS </li></ul>... o resto você encontra em http://www.handersonfrota.com.br
  22. 22. Fim! haaaaaaaaaaaa...

×