Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

Redes Sociais na Educação

on

  • 5,741 views

Palestra com a temática "Redes Sociais na Educação", ministrada por Luci Ferraz, em março de 2010, durante a Formação Profissional dos Professores do Centro de Mídias de Educação do Amazonas, ...

Palestra com a temática "Redes Sociais na Educação", ministrada por Luci Ferraz, em março de 2010, durante a Formação Profissional dos Professores do Centro de Mídias de Educação do Amazonas, em Manaus.

Statistics

Views

Total Views
5,741
Views on SlideShare
5,709
Embed Views
32

Actions

Likes
6
Downloads
203
Comments
0

5 Embeds 32

http://www.slideshare.net 11
https://cesbonline.com.br 10
https://www.cursosonlinecursos.com.br 5
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 3
https://cursosrapidosonline.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Redes Sociais na Educação Redes Sociais na Educação Presentation Transcript

  • REDES SOCIAIS NA EDUCAÇÃO
    Luci Ferraz de Mello
    Manaus – Amazonas
    Março - 2010
  • COMUNICAÇÃO MEDIADA PELO COMPUTADOR
    Mudanças profundas na Sociedade
    Organização;
    Identidade;
    Conversação;
    Mobilização Social.
  • O QUE SÃO?
    “Quando uma rede de computadores conecta uma rede de pessoas e organizações, é uma rede social”. (Garton, Haythorthwaite e Wellman, 1997, p.1).
    “São redes de comunicação que envolvem a linguagem simbólica, os limites culturais e as relações de poder”. (Fritjof Capra, site http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social – acesso em 28/02/2010)
  • O QUE SÃO?
    Conjunto de dois ou mais elementos:
    ‘Nós” da Rede
    Conexões
  • O QUE SÃO?
    ATORES (Nós da Rede)
    Construções Identitárias do Ciberespaço
    Representações dos atores sociais
    Espaços de interação, lugares de fala
    Expressam elementos da identidade do ator
    Centro de Mídias/NING
    Weblog
    Fotolog
    Twitter
    Perfil no Orkut ou Facebook
  • O QUE SÃO?
    CONEXÕES
    Laços Sociais, formados pela interação social/comunicação entre os atores
    Relação das trocas de mensagens e o sentido das mesmas (trocas sociais)
  • INTERAÇÕES SOCIAIS
    Interação Mútua
    Diálogo, relações interdependentes e processos de negociação (construção inventiva e cooperada da relação)
  • INTERAÇÕES SOCIAIS
    Diálogo
    Interação construída, negociada e criativa
    Relações Complexas
    Constrói valores e conhecimento
    Laços sociais fortes
  • INTERAÇÕES SOCIAIS
    Interação Reativa
    Relações determinísticas de estímulo e resposta
    Laços sociais fracos (normalmente)
  • RELAÇÕES
    Diferentes tipos de informações em diferentes tipos de sistemas
    Independem de construir ou acrescentar algo
    Amigáveis ou Conflituosas
  • LAÇO
    Relações específicas
    Proximidade;
    Contato frequente;
    Fluxos de informação;
    Conflito ou suporte emocional
  • LAÇO
    Estrutura da Rede / Padrões organizam:
    Sistemas de troca;
    Controle;
    Dependência;
    Cooperação;
    Conflito.
  • LAÇO
    Laço Relacional
    Constituem-se por meio das relações sociais
    Só acontecem por interação entre os vários atores de uma rede social
    Dialógico
  • CAPITAL SOCIAL
    “Valor constituído a partir das interações entre os atores sociais” (Recuero, 2009, p.45)
    “Conjunto de recursos de um determinado grupo” (Recuero, 2009, p.45)
    Baseado na reciprocidade entre o grupo
  • CAPITAL SOCIAL
    Categorias
    Relacional: soma das relações, laços e trocas que conectam os indivíduos
    Normativo: normas de comportamento de um determinado grupo e valores desse grupo
    Cognitivo: conhecimentos e informações colocadas em comum por um determinado grupo
    Confiança no ambiente social: confiança mútua entre os participantes
    Institucional: instituições formais e informais, para estruturação geral de grupos
  • CAPITAL SOCIAL
    • Forma 2
    • Fortalecedor: fortalecimento de grupos mais coesos
    Forma 1
    Conector: relações de fora do grupo
  • DINÂMICAS DAS REDES SOCIAIS
    Cooperação, Competição e Conflito
    Ruptura e Agregação
    Adaptação e Auto-organização
  • COMUNIDADES VIRTUAIS
    Cluster: aglomerado de nós com maior densidade de conexões
    Lugares na vida das pessoas
  • COMUNIDADES VIRTUAIS
    Novas formas de se conectar, estabelecer relações e formar comunidades
    Wellnan e Castells: mudança essencial da sociabilidade (Recuero, 2009)
  • COMUNIDADES VIRTUAIS
    Individualismo em rede (In Recuero, 2009, p. 142)
    “... É um padrão social, não um acúmulo de indivíduos isolados. O que ocorre é que indivíduos montam suas redes, on-line e off-line, com base em seus interesses, valores, afinidades e projetos” (Castells, 2003, p. 109)
  • VIABILIDADE
    INTERESSE COMUM
    Participantes precisam INTERAGIR e COLABORAR uns com os outros
    MASSA CRÍTICA DE USUÁRIOS
    Redes sociais têm sucesso quando possui muitos participantes
  • VIABILIDADE
    SIMPLICIDADE
    As ferramentas disponíveis têm que ser fáceis de usar (Ex.: NING)
  • VIABILIDADE
    REDES SOCIAIS DEMANDAM LÍDERES
    Convide algumas celebridades do tema para participarem de alguns dos debates
    INFORMAÇÕES ATUALIZADAS
    Fonte de informações inovadoras
    INTEGRIDADE - REDE SOCIAL NÃO SE DESTINA À PRÁTICA DE SPAM
    Não faça propaganda
  • VIABILIDADE
    TEMAS DE SUCESSO
    Auto expressão (video, música, esportes e viagens são extremamente personalizados e emocionais): YouTube, LastFm
    Redes Genéricas (muito para contar da vida pessoal, emocional e profissional): facebook, twitter, linked in
  • VIABILIDADE
    TEMAS DE SUCESSO
    Cultural: Religião, Política, Estudos Acadêmicos, Raça, Gênero, Encontros Amorosos, Idade
  • VIABILIDADE
    TEMAS ESPECÍFICOS
    EDUCAÇÃO E PESQUISA ACADÊMICA
    PROFESSORES
    SUSTENTABILIDADE
    Áreas de interesse comum, troca de CV´s, atualização acadêmica e marketing pessoal
  • NOVAS TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO
    POR QUE ADOTÁ-LAS????
    NÃO SE TRATA DA TECNOLOGIA, TRATA-SE DE EDUCAÇÃO, MAS...
  • NOVAS TECNOLOGIAS E A EDUCAÇÃO
    COMO OS ALUNOS SE COMUNICAM HOJE???
  • POR QUE ADOTÁ-LAS
    Para se refletir: estatísticas importantes!
    http://www.youtube.com/watch?v=DmRsQibIOWg
  • REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
    Inovação
    Mudança
    Criatividade
    Hummmmm... Qual era o mesmo o papel do professor?
  • MEDIAÇÕES DOS PROFESSORES
    Acesso e Motivação para os alunos
    Estímulo à socialização com e entre os alunos
    Pontes culturais, sociais e ambientes de aprendizagem (NING ou Moodle)
    Estímulo e apoio à troca de materiais de aprendizagem
  • MEDIAÇÕES DOS PROFESSORES
    Processo de facilitação para a construção do conhecimento
    Professor enquanto MEDIADOR, enquanto EDUCOMUNICADOR
    Estimulando, lançando desafios, questionando posturas
    Desenvolvimento
    Apoio e resposta às atividades
  • DICA FINAL
    Nunca responda a um aluno a distância com PRESSA e/ou com RAIVA!
  • MUITO OBRIGADA!VOCÊS SÃO PESSOAS MUITO ESPECIAIS E ESTÃO REALMENTE CONTRIBUINDO PARA UM BRASIL E UM MUNDO MELHOR!PARABÉNS!!!
    • Luci Ferraz de Mello
    • E-mail: luci.demello@gmail.com