O que é a SIDA
 A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência
Humana (VIH), que penetra no organismo por contacto
com...
O vírus da SIDA
 O Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) é um
lentivírus da família dos retrovírus. É constituído por
mo...
Sintomas Da SIDA
 Algumas pessoas apresentam sintomas semelhantes aos de
uma gripe como:
febre,
suores,
dor de cabeça,
de...
 Algumas pessoas também perdem peso e outras,
ocasionalmente, podem perder a mobilidade dos
braços e pernas, mas recupera...
Como Se Faz O Diagnostico
 O diagnóstico faz-se a partir de análises sanguíneas para
detectar a presença de anticorpos ao...
 As primeiras análises a um infectado podem dar um
resultado negativo se o contágio foi recente, por
isso, os testes deve...
De que formas se pode contrair a doença
 Através de sangue, sémen, fluidos vaginais, leite
materno e, provavelmente, dos ...
 A forma mais perigosa de transmissão é
através de uma seringa com sangue
contaminado, já que o vírus entra
directamente ...
 A transmissão por via sexual nas relações
heterossexuais é mais comum do homem para a mulher,
do que o contrário. O cont...
De Que formas nos podemos prevenir
 Usar sempre preservativo nas relações sexuais,
não partilhar agulhas, seringas, mater...
 Além dos preservativos comuns, vendidos em
farmácias e supermercados, existem outros, menos
vulgares, que podem ser util...
 É, também, preciso ter atenção à utilização
de objectos, uma vez que, se estiverem em
contacto com sémen, fluidos vagina...
Viver Com a SIDA
 Os tratamentos anti-retrovíricos permitem
preservar e recuperar parcialmente a função
imunológica do or...
A SIDA Em Portugal
 Em apenas três meses foram registados 884 novos
casos de VIH em Portugal, segundo resultados
publicad...
 Entre 1 de Janeiro e 31 de Março, o Centro recebeu
o maior número de casos desde que a epidemia
entrou no país. Dos 884 ...
Onde obter informação e apoio sobre os testes do VIH
 O teste de despiste é comparticipado e qualquer médico de
um centro...
 Para avaliar as condições de detecção da
presença do vírus, deve passar um prazo de
três meses (é chamado o período de j...
 Durante este período, como em qualquer outro, é
preciso que a pessoa se proteja e que tome as
medidas preventivas para e...
Sida - 9ºA (Carlos Marques, Marco Silva, Rui Matos)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Sida - 9ºA (Carlos Marques, Marco Silva, Rui Matos)

3,231

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,231
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
65
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sida - 9ºA (Carlos Marques, Marco Silva, Rui Matos)

  1. 1. O que é a SIDA  A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), que penetra no organismo por contacto com uma pessoa infectada. A transmissão pode acontecer de três formas: relações sexuais; contacto com sangue infectado; de mãe para filho, durante a gravidez ou o parto e pela amamentação.
  2. 2. O vírus da SIDA  O Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) é um lentivírus da família dos retrovírus. É constituído por moléculas de ácido ribonucleico (ARN), com uma única cadeia e possui envelope formado por proteínas.
  3. 3. Sintomas Da SIDA  Algumas pessoas apresentam sintomas semelhantes aos de uma gripe como: febre, suores, dor de cabeça, de estômago, nos músculos, nas articulações, fadiga, dificuldades em engolir, gânglios linfáticos inchados, leve prurido.
  4. 4.  Algumas pessoas também perdem peso e outras, ocasionalmente, podem perder a mobilidade dos braços e pernas, mas recuperam-na passado pouco tempo. A fase aguda da infecção com VIH dura entre uma a três semanas.
  5. 5. Como Se Faz O Diagnostico  O diagnóstico faz-se a partir de análises sanguíneas para detectar a presença de anticorpos ao VIH. Estes anticorpos são detectados, normalmente, apenas três a quatro semanas após a fase aguda, não podendo haver uma certeza absoluta sobre os resultados nos primeiros três meses após o contágio.
  6. 6.  As primeiras análises a um infectado podem dar um resultado negativo se o contágio foi recente, por isso, os testes devem ser repetidos quatro a seis semanas e três meses após a primeira análise. O período em que a pessoa está infectada, mas não lhe são detectados anticorpos, chama-se “período de janela”.
  7. 7. De que formas se pode contrair a doença  Através de sangue, sémen, fluidos vaginais, leite materno e, provavelmente, dos fluidos pré- ejaculatórios dos seropositivos. O VIH não se transmite pelo ar nem penetra no organismo através da pele, precisando de uma ferida ou de um corte para penetrar no organismo.
  8. 8.  A forma mais perigosa de transmissão é através de uma seringa com sangue contaminado, já que o vírus entra directamente na corrente sanguínea.
  9. 9.  A transmissão por via sexual nas relações heterossexuais é mais comum do homem para a mulher, do que o contrário. O contágio pode ocorrer em todos os tipos de relação já que as secreções vaginais ou esperma, mesmo que não entrem no organismo, podem facilmente contactar com pequenas feridas e cortes existentes na vagina, ânus, pénis e boca.
  10. 10. De Que formas nos podemos prevenir  Usar sempre preservativo nas relações sexuais, não partilhar agulhas, seringas, material usado na preparação de drogas injectáveis e objectos cortantes (agulhas de acupunctura, instrumentos para fazer tatuagens e piercings, de cabeleireiro, manicura).
  11. 11.  Além dos preservativos comuns, vendidos em farmácias e supermercados, existem outros, menos vulgares, que podem ser utilizados como protecção durante as mais diversas práticas sexuais.
  12. 12.  É, também, preciso ter atenção à utilização de objectos, uma vez que, se estiverem em contacto com sémen, fluidos vaginais e sangue infectados, podem transmitir o vírus.
  13. 13. Viver Com a SIDA  Os tratamentos anti-retrovíricos permitem preservar e recuperar parcialmente a função imunológica do organismo, podendo os seropositivos levar uma vida normal ou muito próxima do normal, desde que tomem as devidas precauções e que estejam informados sobre os perigos de determinados comportamentos e actividades.
  14. 14. A SIDA Em Portugal  Em apenas três meses foram registados 884 novos casos de VIH em Portugal, segundo resultados publicados no boletim do Centro de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis (CVEDF) do Instituto Nacional de Saúde.
  15. 15.  Entre 1 de Janeiro e 31 de Março, o Centro recebeu o maior número de casos desde que a epidemia entrou no país. Dos 884 casos, 55 por cento não apresentam sintomas da doença, 35,7 por cento são de sida em estado visível, 9,3 por cento estão numa fase intermediária. As idades destes seropositivos vão dos 25 aos 39 anos, e 83,8 por cento são homens.
  16. 16. Onde obter informação e apoio sobre os testes do VIH  O teste de despiste é comparticipado e qualquer médico de um centro de saúde ou de um hospital público pode passar- te uma credencial de forma a ser possível realizá-lo de forma acessível. No entanto, actualmente existem diversos serviços de despiste anónimo, confidencial e gratuito, que efectuam este serviço sem necessidade de te identificares ou apresentares qualquer tipo de documento ou relatório médico.
  17. 17.  Para avaliar as condições de detecção da presença do vírus, deve passar um prazo de três meses (é chamado o período de janela), entre o início da infecção e a realização do teste.
  18. 18.  Durante este período, como em qualquer outro, é preciso que a pessoa se proteja e que tome as medidas preventivas para evitar os riscos de transmissão.  Se o teste revelar a presença do vírus, a pessoa é dita seropositiva, ou portadora do VIH.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×