nada

151 views
92 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
151
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

nada

  1. 1. Escola Estadual Coronel Aristides Batista-Ensino Fundamental e MédioIbiaí/MG-Avenida Aparício de Abreu, nº 322. Centro, Telefax: oxx3837461170.Criação lei nº 6.277 de 27/12/1973 Decreto nº 16.244 de 08/05/74 Res.810/74 Ens. Médio Port.nº0002/08Escola.80471@educacao.mg.gov.brPlano de Ação-Especialistaem Educação Básica/2013Especialista: Mônica Aparecida Cordeiro SouzaDiretor: David Vieira RodriguesVice-diretora: Cleude FernandesIbiaí/MG
  2. 2. “Aprender é a única coisa de que amente nunca se cansa, nunca temmedo e nunca se arrepende.”Leonardo da Vinci
  3. 3. Plano de Trabalho de Acompanhamentopara Melhoria dos Resultados da Escola.Foco:Evasão Escolar;Acesso e Permanência do Aluno na Escola.
  4. 4. Turmas da Responsabilidade:Nº Modalidade Turno Total de Alunos Total de Professor (a)01 Eja II Fundamental Noturno 2801 Eja III Fundamental Noturno 3201 1º ano D Noturno 3701 2º ano C Noturno 1801 3º ano B Noturno 2601 EjaI Médio Noturno 4901 Eja II Médio Noturno 5601 Curso Normal Professor Ed. Infantil. Noturno 44Turmas Nucleadas-Escola Municipal Bom Jesus da Boa VistaNº Modalidade Turma Total de Alunos Total de Professor (a)01 1º Ano E Noturno 0601 2º Ano D Noturno 0801 3º Ano C Noturno 08
  5. 5. JUSTIFICATIVAPara reinventar uma nova concepção de escola, precisamos tomar consciência de que não podemos construir umasociedade de indivíduos personalizados, participantes e democráticos enquanto a escolaridade for concebida como uma merarepetição de conceitos prontos e acabados. Os jovens e adultos que chegam à nossa escola exigem atitudes de grandeatenção e investimento no domínio afetivo, emocional e cognitivo. Sabendo-se que não há“receitas prontas” do processoeducativo, almejamos aqui uma escola decidadãos indispensáveis ao entendimento, à solidariedade, o cidadão fraterno etolerante, para que a partirdaí, possa emergir um novo conceito, uma nova organização de conhecimento, espaço e tempo,rompendo com a ideia de homogeneidade.O desenvolvimento de um plano de ação educativo só tem sentido no ato coletivo, onde poderá e deverá serreinventado, alterado e organizado para rever convicções e, fraternalmente, incomodar os acomodados. Diante destaconcepção este plano servirá para nortear o trabalho da supervisão pedagógica e de apoio aos docentes e discentes emparcerias com o diretor, vice-diretor, demais funcionários e comunidade escolar. Servirá também para promover a reflexãoda prática pedagógica, visando sempre o princípio da gestão humanística, que percebe o sujeito e suas singularidades.
  6. 6. OBJETIVOS GERAIS:Desenvolver e promover o trabalho conjunto com toda a equipe de educadores e comunidade escolar, visando umaconvivência harmoniosa através de ações pautadas no dialogo, valorização, respeito mútuo e justiça social, buscandoassim o alcance de metas pactuadas para o ano de 2013.Promover a educação de jovens e adultos envolvendo-os no processo de gestão colegiada, baseada nos princípios do“cuidar e educar”, buscando recuperar, para a função social desse nível da educação a sua centralidade, que é oeducando.
  7. 7. METODOLOGIAO fazer pedagógico da supervisão escolar será desenvolvido no decorrer do ano letivo de 2013 de maneira a auxiliar todo otrabalho da equipede docentes e orientar a vida escolar dos discentes da escola. Considerando as múltiplas funções que serãodesempenhadas, os procedimentos serão de:PREVENIR– Acompanhar docentes e discentes nas suas respectivas funções e responsabilidades diárias;COOPERAR – Auxiliar o docente e o discente a superar suas dificuldades de maneira positiva e construtiva;INTERVIR- Acompanhar de perto o trabalho pedagógico e o rendimento escolar dos alunos para que possam agir nomomento certo, dando suporte ao aluno e ao professor nas dificuldades encontradas, sempre prevalecendo uma relação deharmonia, diálogo, ética e respeito mútuo.Enfim, compete ao supervisor pedagógico assistir, orientar, articular, acompanhar e avaliar os projetos desenvolvidos nasturmas sob sua responsabilidade.

×