Leitura de textosGênero: artigo de opiniãoProfessora Ana Maria Franco Nogueira
 Objetivo:_utilização de argumentos para defesa deponto de vista Texto:_ Meu primeiro beijo de Antônio Barreto. Público...
Antonio BarretoÉ difícil acreditar, mas meu primeiro beijo foi num ônibus, na volta da escola. E sabem com quem? Com o Cul...
 Levantamento dos conhecimentos préviosResponder ao questionário que será propostopelo professor de forma oral:1) Você ac...
 Desenvolvimentoa) Leitura silenciosa do texto: “Meu primeirobeijo”, Balada do primeiro amor –Antônio Barreto.Leitura ora...
b) Levantamento do vocabulário com o uso dodicionário.c) Localização de informações:De forma oral o professor questionará:...
e) Produção de perguntas de forma escrita1) A informação do primeiro parágrafo serefere a quê?2) Quais são os personagens ...
f) IntertextualidadeTextos:Primeiro beijo do autor Diego AquinoQuero esquecer da autora Laura Folgueira.Fonte:http:www.gui...
g) Produção finalRedação do gênero artigo de opinião sobre otema estudado.
 DOLZ, J. M.; NOVERRAZ, M.; SCHNEUWLY, B.Gêneros e Progressão em expressão oral eescrita – Elementos para reflexões sobre...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Situação de aprendizagem mód 3 ana

205

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
205
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Situação de aprendizagem mód 3 ana

  1. 1. Leitura de textosGênero: artigo de opiniãoProfessora Ana Maria Franco Nogueira
  2. 2.  Objetivo:_utilização de argumentos para defesa deponto de vista Texto:_ Meu primeiro beijo de Antônio Barreto. Público alvo: 8º ano
  3. 3. Antonio BarretoÉ difícil acreditar, mas meu primeiro beijo foi num ônibus, na volta da escola. E sabem com quem? Com o Cultura Inútil! Pode?Até que foi legal. Nem eu nem ele sabíamos exatamente o que era "o beijo". Só de filme. Estávamos virgens nesse assunto, emorrendo de medo. Mas aprendemos. E foi assim...Não sei se numa aula de Biologia ou de Química, o Culta tinha me mandado um dos seus milhares de bilhetinhos: " Você é a glicose do meu metabolismo.Te amo muito!Paracelso"E assinou com uma letrinha miúda: Paracelso. Paracelso era outro apelido dele. Assinou com letrinha tão minúscula que quasetive dó, tive pena, instinto maternal, coisas de mulher...E também não sei por que: resolvi dar uma chance pra ele, mesmo sem saberque tipo de lance ia rolar.No dia seguinte, depois do inglês, pediu pra me acompanhar até em casa. No ônibus, veio com o seguinte papo:- Um beijo pode deixar a gente exausto, sabia? - Fiz cara de desentendida.Mas ele continuou:- Dependendo do beijo, a gente põe em ação 29 músculos, consome cerca de 12 calorias e acelera o coração de 70 para 150batidas por minuto. - Aí ele tomou coragem e pegou na minha mão. Mas continuou salivando seus perdigotos:- A gente também gasta, na saliva, nada menos que 9 mg de água; 0,7 mg de albumina; 0,18 g de substâncias orgânica; 0,711 mgde matérias graxas; 0,45 mg de sais e pelo menos 250 bactérias...Aí o bactéria falante aproximou o rosto do meu e, tremendo, tirou seus óculos, tirou os meus, e ficamos nos olhando, de pertinho.O bastante para que eu descobrisse que, sem os óculos, seus olhos eram bonitos e expressivos, azuis e brilhantes. E achei gostosoaquele calorzinho que envolvia o corpo da gente. Ele beijou a pontinha do meu nariz, fechei os olhos e senti sua respiração ofegante.Seus lábios tocaram os meus. Primeiro de leve, depois com mais força, e então nos abraçamos de bocas coladas, por algunssegundos.E de repente o ônibus já havia chegado no ponto final e já tínhamos transposto , juntos, o abismo do primeiro beijo.Desci, cheguei em casa, nos beijamos de novo no portão do prédio, e aí ficamos apaixonados por vária semanas. Até que o mundo rolou,as luas vieram e voltaram, o tempo se esqueceu do tempo, as contas de telefone aumentaram, depois diminuíram...e foi ficandonisso. Normal. Que nem meu primeiro beijo. Mas foi inesquecível! BARRETO, Antonio. Meu primeiro beijo. Balada do primeiro amor. São Paulo: FTD, 1977. p. 134-6
  4. 4.  Levantamento dos conhecimentos préviosResponder ao questionário que será propostopelo professor de forma oral:1) Você acha que o primeiro beijo é umacontecimento importante? Por quê?2) O que você acha que tem que ser feitoquando se quer terminar uma relaçãoafetiva?
  5. 5.  Desenvolvimentoa) Leitura silenciosa do texto: “Meu primeirobeijo”, Balada do primeiro amor –Antônio Barreto.Leitura oral pelo professor, com momentosde parada para questionamentos voltadosao entendimento do texto.
  6. 6. b) Levantamento do vocabulário com o uso dodicionário.c) Localização de informações:De forma oral o professor questionará:_Por meio do título, foi confirmado o que vocêesperava do assunto do texto?d) Localização de comparaçãoAula expositiva sobre artigo de opinião.Apresentação de vários textos como exemplos.Questões polêmicas para debate.
  7. 7. e) Produção de perguntas de forma escrita1) A informação do primeiro parágrafo serefere a quê?2) Quais são os personagens da história?3) Onde se passa os fatos narrados?4) Quando aconteceu o primeiro beijo?5) Como poderia ser sintetizada a opinião doautor sobre o primeiro beijo?6) Você concorda com ele? Explique suaposição.
  8. 8. f) IntertextualidadeTextos:Primeiro beijo do autor Diego AquinoQuero esquecer da autora Laura Folgueira.Fonte:http:www.guiadasemana.com.br e revistafeminina (coluna fixa “Conversa de banheiro”)Filmes:Meu primeiro amorMeu primeiro amor 2
  9. 9. g) Produção finalRedação do gênero artigo de opinião sobre otema estudado.
  10. 10.  DOLZ, J. M.; NOVERRAZ, M.; SCHNEUWLY, B.Gêneros e Progressão em expressão oral eescrita – Elementos para reflexões sobre umaexperiência suíça. ROJO, Roxane. Letramento e capacidades deleitura para a cidadania. (Roxane Rojo/LAEL/PUC-SP).
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×