O Uso Abusivo de
Substâncias Psicoativas e
as Relações Sociais Dentro
e Fora do Âmbito Escolar
Dra. Claudia Paola Carrasco...
Adolescência
"Transtorno autolimitado:"
Individualização
Separação
O Córtex pré fontal é imaturo e a amigdala é
muito ativ...
Idade de primeiro consumo
12,5+2,1
12,8+2,1
13,1+2,2
13,4+2,2
13,4+2,4
13,5+2,1
13,8+2,2
13,9+1,8
14,4+2,0
11,5 12 12,5 13...
Tabaco
Uso em adolescentes vem aumentando
Meninas - peso
Alcool
Transito: beber e dirigir. Andar com alguém q
estava bebado, não usar cinto de segurança.
Moto sem capacete.
Elos comportamentais
Adolescentes sexualmente ativos são mais
propensos ao uso de álcool.
Gravidez indesejada, dst
Impulsi...
O Q influencia a violencia em
adolescentes?
Crença de q a a violencia é uma maneira
aceitável de resolver conflitos
Sexing...
Violencia sexual
Aumenta tent de suicidio
Comp sex de risco
Abuso de drogas
Gravidez
Ser submetida a ato sexual forçado
Pe...
Limites e Estrutura
Supervisione atividades
Monitore quem onde
Recompensas
Conseq naturais sao mais eficazes
Regras flexív...
Limites e Estrutura
Reduzir tempo em frente da tela 2 h/dia
Sem tv/ pc no quarto
Apoie o aprendizado de música, esportes
R...
Prevalência
Os transtornos mentais representam até 13% da
sobrecarga de doenças no mundo. No
Brasil, índices de prevalênci...
Problemas relacionados ao álcool e
outras drogas (PRAD)
• Saúde
• Família
• Trabalho
• Trânsito
• Cultura – Civilização
• ...
Problemas relacionados ao álcool e
outras drogas (PRAD)
Saúde Mental Saúde Pública
Impacto na Saúde Pública
(Baseado em evidências....)
PProblemasroblemas RRelacionados aoelacionados ao ÁÁlcool e outraslco...
de
Consequências…
de
Delinquência…
o escolar;
Física
Psicológica
Sexual
Conflitos familiares
Violência
Abandono
Violência…
• À escola;
• Na escola;
• Da escola…
Violência Escolar
É Importante Questionar
Como as pessoas da
escola e da
comunidade encaram
a o? Quais o
suas crenças, valores
e atitudes e...
Como vocês avaliam o uso
de lcool e outras drogas
no âmbito escolar pelos
demais integrantes
(professores, rio
s) e em o...
Identificar
Contextos de risco relacionadas
ao envolvimento de seus
alunos com drogas ( fico,
violência, delinquência,
o...
Prevenção
O sucesso escolar e o bom relacionamento do
educando com sua escola , sem vida, o
maior fator preventivo do uso ...
Cabe destacar
Que o se trata de culpabilizar
a escola pelos problemas do
uso de drogas, mas sim de
reconhecer os pontos em...
Fatores de Proteção - Escola
• C o e o de normas, regras
e limites;
• Coerência e congruência entre professores,
direto...
Fatores de Proteção - Escola
• E mulo tica das atividades escolares;
• V o das expectativas positivas com
o ao desempenho...
Fatores de Proteção - Escola
• Fortes nculos afetivos
entre professor e aluno;
• Presença de afetividade
e confiança no...
Fatores de Proteção
Sono;
Mínimo de 8h!
Adiamento de recompensas;
Aprender a esperar!
Acesso à mídia eletrônica;
Máximo 1 ...
Resiliência
Termo emprestado da
física: capacidade que os
materiais tem de sofrer
impacto e voltar a seu
estdo original se...
Educando Para a Resiliência
1. Empatia;
2. Comunicação
eficiente;
3. Mudar roteiros
negativos;
4. Amar de forma com
que el...
Educando Para a Resiliência
5. Aceitá-los como eles são;
6. Ajudá-los a identificar
suas habilidades e com
elas experiment...
Educando Para a Resiliência
8. Ajudá-los a desenvolver
responsabilidade, compaixão
e consciência social;
9. Ensiná-los a r...
Trabalhando em Rede
Material de Apoio
Drogas:
Cartilha
para
educadores
CartilhaEducadores.pdf
“Para Educadores que desejam que seus
filhos e a...
Obrigada!
(41)9671-8075
Apresentação quinta
Apresentação quinta
Apresentação quinta
Apresentação quinta
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação quinta

142
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
142
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação quinta

  1. 1. O Uso Abusivo de Substâncias Psicoativas e as Relações Sociais Dentro e Fora do Âmbito Escolar Dra. Claudia Paola Carrasco Aguilar CRM 15022 Secretaria Municipal de Saúde Secretaria Municipal de Políticas Sobre Drogas
  2. 2. Adolescência "Transtorno autolimitado:" Individualização Separação O Córtex pré fontal é imaturo e a amigdala é muito ativa. Adultos e adolescentes entendem as emoções de maneira muito diferente. Cortex pré frontal é parte do sistema de recompensa.
  3. 3. Idade de primeiro consumo 12,5+2,1 12,8+2,1 13,1+2,2 13,4+2,2 13,4+2,4 13,5+2,1 13,8+2,2 13,9+1,8 14,4+2,0 11,5 12 12,5 13 13,5 14 14,5 15 Álcool Tabaco Solventes Anfetamínicos An colinérgicos Ansiolí cos Crack Maconha Cocaína
  4. 4. Tabaco Uso em adolescentes vem aumentando Meninas - peso
  5. 5. Alcool Transito: beber e dirigir. Andar com alguém q estava bebado, não usar cinto de segurança. Moto sem capacete.
  6. 6. Elos comportamentais Adolescentes sexualmente ativos são mais propensos ao uso de álcool. Gravidez indesejada, dst Impulsividade Uso de armas
  7. 7. O Q influencia a violencia em adolescentes? Crença de q a a violencia é uma maneira aceitável de resolver conflitos Sexing 35% se envolveu em brigas físicas no último ano. 5% matou aula Vítima e autor ao mesmo tempo Grupos com mesmo comportamento Necessário engajar grupo social saudável.
  8. 8. Violencia sexual Aumenta tent de suicidio Comp sex de risco Abuso de drogas Gravidez Ser submetida a ato sexual forçado Pega carona com motorista bebado
  9. 9. Limites e Estrutura Supervisione atividades Monitore quem onde Recompensas Conseq naturais sao mais eficazes Regras flexíveis
  10. 10. Limites e Estrutura Reduzir tempo em frente da tela 2 h/dia Sem tv/ pc no quarto Apoie o aprendizado de música, esportes Reduzir oferta de alcool. Aprimore a linguagem Se interesse pelo videogame.
  11. 11. Prevalência Os transtornos mentais representam até 13% da sobrecarga de doenças no mundo. No Brasil, índices de prevalência mostraram que entre 18 e 29% da população sofrem de alguma doença mental – entre essas os transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas – o que representa algo em torno de 30 a 50 milhões de brasileiros.(WHO, 2001), (Mari et al, 2007)
  12. 12. Problemas relacionados ao álcool e outras drogas (PRAD) • Saúde • Família • Trabalho • Trânsito • Cultura – Civilização • Indústria e Comércio • Política e Economia • Comunidade • Justiça • Educação • Conscientização da dimensão dos PRAD • Políticas Públicas (saúde, educação, segurança, cultura, esporte, lazer…) • Capacitação • Gestão
  13. 13. Problemas relacionados ao álcool e outras drogas (PRAD) Saúde Mental Saúde Pública
  14. 14. Impacto na Saúde Pública (Baseado em evidências....) PProblemasroblemas RRelacionados aoelacionados ao ÁÁlcool e outraslcool e outras DDrogas (rogas (PRADPRAD))  OMSOMS (2005 / 2006) - 3ª maior causa de morte(2005 / 2006) - 3ª maior causa de morte  Prevalência na Rede de Assistência:Prevalência na Rede de Assistência: -- Hosp. Psiq. ---------------------- 60% dos leitosHosp. Psiq. ---------------------- 60% dos leitos - Hosp. Clinico ------------------- 35% dos leitos- Hosp. Clinico ------------------- 35% dos leitos - Hosp. de Emergência --------- 40% dos atends.- Hosp. de Emergência --------- 40% dos atends.  Problemas “Especiais”:Problemas “Especiais”: -- Acid. Trânsito (Br / 2006) ------- >35.000 mortes / ano,....Acid. Trânsito (Br / 2006) ------- >35.000 mortes / ano,.... - Saúde do Trabalhador -----------4 a 5 x licenças médicas, ....- Saúde do Trabalhador -----------4 a 5 x licenças médicas, .... - Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) 1 – 3/1000 nasc. vivos/ano- Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) 1 – 3/1000 nasc. vivos/ano - Outros Agravos sobre a saúde......- Outros Agravos sobre a saúde......
  15. 15. de Consequências…
  16. 16. de
  17. 17. Delinquência… o escolar;
  18. 18. Física Psicológica Sexual Conflitos familiares Violência Abandono
  19. 19. Violência… • À escola; • Na escola; • Da escola…
  20. 20. Violência Escolar
  21. 21. É Importante Questionar Como as pessoas da escola e da comunidade encaram a o? Quais o suas crenças, valores e atitudes em o s drogas e aos rios de drogas?
  22. 22. Como vocês avaliam o uso de lcool e outras drogas no âmbito escolar pelos demais integrantes (professores, rio s) e em o aos familiares dos alunos? E em o comunidade local?
  23. 23. Identificar Contextos de risco relacionadas ao envolvimento de seus alunos com drogas ( fico, violência, delinquência, o sexual, gravidez na adolescência, incidência de doenças sexualmente veis/HIV etc.)
  24. 24. Prevenção O sucesso escolar e o bom relacionamento do educando com sua escola , sem vida, o maior fator preventivo do uso de drogas que a escola pode promover! Da mesma forma, a o, o mau desempenho escolar e as dificuldades de pertencimento do educando constituem fatores de risco a serem evitados pela o.
  25. 25. Cabe destacar Que o se trata de culpabilizar a escola pelos problemas do uso de drogas, mas sim de reconhecer os pontos em que ela pode contribuir para recuperar os potenciais dos educandos mais veis e/ou vulnerabilizados como sujeitos das es preventivas.
  26. 26. Fatores de Proteção - Escola • C o e o de normas, regras e limites; • Coerência e congruência entre professores, diretores e servidores na o de normas e regras escolares; ƒ • R es de respeito tuo, compromisso e o entre agentes educativos • R es amistosas e de o entre lia e escola; ƒ
  27. 27. Fatores de Proteção - Escola • E mulo tica das atividades escolares; • V o das expectativas positivas com o ao desempenho dos alunos; ƒ • P o de ticas escolares criativas e estimulantes; • R es abertas, honestas, sem atitudes negativas, punitivas, preconceituosas e excludentes;
  28. 28. Fatores de Proteção - Escola • Fortes nculos afetivos entre professor e aluno; • Presença de afetividade e confiança no ambiente escolar; • E mulo e cio dos pios de smo, o.
  29. 29. Fatores de Proteção Sono; Mínimo de 8h! Adiamento de recompensas; Aprender a esperar! Acesso à mídia eletrônica; Máximo 1 hora ao dia! Resiliência. (Arruda, 2010)
  30. 30. Resiliência Termo emprestado da física: capacidade que os materiais tem de sofrer impacto e voltar a seu estdo original sem deformar-se.
  31. 31. Educando Para a Resiliência 1. Empatia; 2. Comunicação eficiente; 3. Mudar roteiros negativos; 4. Amar de forma com que eles se sintam especiais e admirados;
  32. 32. Educando Para a Resiliência 5. Aceitá-los como eles são; 6. Ajudá-los a identificar suas habilidades e com elas experimentar sucesso; 7. Ajudá-los a aprender que erros são oportunidades para aprender;
  33. 33. Educando Para a Resiliência 8. Ajudá-los a desenvolver responsabilidade, compaixão e consciência social; 9. Ensiná-los a resolver problemas e tomar decisões; 10.Disciplinar promovendo a autodisciplina e a autoconfiança. (Brooks e Goldstein , 2001)
  34. 34. Trabalhando em Rede
  35. 35. Material de Apoio Drogas: Cartilha para educadores CartilhaEducadores.pdf “Para Educadores que desejam que seus filhos e alunos tenham controle sobre suas vidas, e não que a vida tenha controle sobre eles.”
  36. 36. Obrigada! (41)9671-8075
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×