Diretoria de Ensino Leste 4Núcleo Pedagógico
Orientação Técnicade Recuperação IntensivaPCNP Responsável: Tânia Nunes (Língua Portuguesa)
 Contribuir para o planejamento depráticas pedagógicas e gestão de salade aula, que priorizem avanços dosalunos no desenv...
O Caráter gerencialda Gestão Pedagógica
 Gestão – Relacionada ao processos demonitoramento, procedimentos,mapeamento e controle de dadosquantitativos e qualitati...
Planejamento e Gestão PedagógicaDiagnóstico dasturmas de 6ªsérie/7º anoGestão doProjeto deRecuperaçãoIntensivaPlanejamento...
As principais características dos projetos são: Temporalidade: Possuem um início e um fimdefinidos (ano letivo) Possuem ...
Planejamento e Gestão PedagógicaGestão do Projetode RecuperaçãoIntensivaPlanejamentoAções de longoprazoQuais as habilidade...
 Escola A – 6ª série/7º ano – Sala regular Escola A – 6ª série/7º ano – Sala de RIExemplo 1
 Escola B – 8ª série/9º ano – Salas regular (03) – total:109 alunos Escola B – 8ª série/9º ano – Salas de RI (02) - tota...
Planejamento e Gestão PedagógicaGestão dos Processos de Aprendizagem daRecuperação IntensivaAnálise dos resultados daAvali...
 Análise das sequências de atividades eProdução e leitura de textos nas disciplinas Atividades com ajustamentos adequado...
 Utilizar o tipo de avaliação (formativa,somativa, criterial ou diagnóstica), maisadequada para cada momento daaprendizag...
 Atividades que compõem os projetos deleitura e de escrita A mesma atividade é proposta para todos, mas asua realização ...
 Dificuldades de leitura eEscritaAtividades Diversificadas
Os alunos individualmente, em duplas ou pequenos gruposdevem recebem diferentes propostas de atividades deacordo com suas ...
 Leitura Ofereça livros, revistas infanto-juvenis,suplementos de jornais diversos e deixar que osalunos escolham o que q...
 EscritaPara os que ainda não relacionam som e grafia poderãoser oferecidos: jogos para relacionar som e grafia (todos o...
 Escrita livros para leitura apoiada na ilustração ouna memória; folhas impressas com figuras depersonagens de fábulas,...
Para os alunos com menos dificuldades: jogos de ortografia (desafio, pare!, jogo da velha, bingo etc.); revisão e reescr...
Para os que já relacionam som e grafia, mas nãocolocam todas as letras: jogos e outras atividades que exigem pensar sobre...
 Planeje tudo com antecedência. Tenha à mão todo o material de que vaiprecisar. Planeje a duração da atividade: não se ...
 Observe a classe o tempo todo e resgate a atençãoquando houver dispersão. Interrompa a atividade e continue em outro mo...
Diretoria Leste 4 _ Núcleo PedagógicoTânia Conceição Nunes de Sá Gomes– PCNP de Língua Portuguesadelt4npe@see.gov.br2741-2...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

OT Recuperação Intensiva 2013 - parte2

1,095 views
986 views

Published on

Segunda parte da orientação técnica para Professores Coordenadores das escolas da D Leste 4 que mantêm classes de Recuperação Intensiva, etapas III e IV, realizada no Núcleo Pedagógico em 11/04/2013.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,095
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

OT Recuperação Intensiva 2013 - parte2

  1. 1. Diretoria de Ensino Leste 4Núcleo Pedagógico
  2. 2. Orientação Técnicade Recuperação IntensivaPCNP Responsável: Tânia Nunes (Língua Portuguesa)
  3. 3.  Contribuir para o planejamento depráticas pedagógicas e gestão de salade aula, que priorizem avanços dosalunos no desenvolvimento dascompetências leitora escritora dosalunos das salas de RecuperaçãoIntensivaFinalidade e objetivos
  4. 4. O Caráter gerencialda Gestão Pedagógica
  5. 5.  Gestão – Relacionada ao processos demonitoramento, procedimentos,mapeamento e controle de dadosquantitativos e qualitativos Liderança - Relacionada a empatia,conquista do outro, a comunicaçãoclara de comandas, delegação porcompetências , gerenciamento deconflitos e motivação da equipeLiderança e Gestão Pedagógica
  6. 6. Planejamento e Gestão PedagógicaDiagnóstico dasturmas de 6ªsérie/7º anoGestão doProjeto deRecuperaçãoIntensivaPlanejamentoAções de longoprazoProgramaçãoAções de curtoprazoGestão dosProcessos deaprendizagemdestas salasQuem são elas,e como estãoagoraComo elasdevem estar
  7. 7. As principais características dos projetos são: Temporalidade: Possuem um início e um fimdefinidos (ano letivo) Possuem um escopo : Uma legislação própriaque determina os critérios de indicação dosalunos, objetivos pretendidos, exigênciasespecificadas como resultados. Requerem controle e monitoramento. É realizado por pessoas e com recursoslimitados.Projeto de RecuperaçãoIntensiva
  8. 8. Planejamento e Gestão PedagógicaGestão do Projetode RecuperaçãoIntensivaPlanejamentoAções de longoprazoQuais as habilidades aserem desenvolvidas :- Em quais turmas?- Por que?- Como?Por quanto tempo?ProgramaçãoAções de curtoprazoQuais as práticaspedagógicas,metodologias erecursos maisinteressantes paradesenvolver estashabilidadesControle dosResultados-Definição e atendimentodos critérios de Avaliação- Monitoramento dosComportamentosesperados (turmas eprofessores)- Definição de marcos, queantecedam a metaplanejada para ação
  9. 9.  Escola A – 6ª série/7º ano – Sala regular Escola A – 6ª série/7º ano – Sala de RIExemplo 1
  10. 10.  Escola B – 8ª série/9º ano – Salas regular (03) – total:109 alunos Escola B – 8ª série/9º ano – Salas de RI (02) - total : 41 alunosExemplo 2
  11. 11. Planejamento e Gestão PedagógicaGestão dos Processos de Aprendizagem daRecuperação IntensivaAnálise dos resultados daAvaliação Diagnóstica das deLP e MAT nas turmas de RIResultados diferentes:ATPC - Grupo de Professores desta salaPlanos de trabalho específicos edirecionados Proposição de Projetos (comprioridade para Leitura, Escrita eHabilidades básicas em MatemáticaComparação dosresultados em relação asturmas regularesResultados Semelhantes:Planos de Intervenção porsérie/segmentosPadronização dos critérios deavaliação
  12. 12.  Análise das sequências de atividades eProdução e leitura de textos nas disciplinas Atividades com ajustamentos adequados parasérie/faixa etária/ segmento de ensino/nívelde dificuldade Identificar quais as habilidades que serãotrabalhadas nas situações de aprendizagemRetomada na escola :Competências e Habilidadesarticuladas com as demais disciplinas
  13. 13.  Utilizar o tipo de avaliação (formativa,somativa, criterial ou diagnóstica), maisadequada para cada momento daaprendizagem Permitir a Auto avaliação do aluno e doProfessorRetomada na escola :Competências e Habilidadesarticuladas com as demais disciplinas
  14. 14.  Atividades que compõem os projetos deleitura e de escrita A mesma atividade é proposta para todos, mas asua realização individual ou em grupos édiferenciada, de acordo com as possibilidadesdos alunos naquele momento de seu processo deaprendizagem O professor organiza a classe de acordo com asnecessidades dos alunos e com o tipo deatividade a ser desenvolvida e diversifica seusprocedimentos durante e após a realização datarefaRecomendações em LínguaPortuguesa
  15. 15.  Dificuldades de leitura eEscritaAtividades Diversificadas
  16. 16. Os alunos individualmente, em duplas ou pequenos gruposdevem recebem diferentes propostas de atividades deacordo com suas necessidades:• jogos variados e outras atividades complementaressemelhantes àquelas desenvolvidas em projetos (completar,recompor, reproduzir parlendas, trava-línguas, ditadospopulares, trovas, poemas, letras de canções etc.)As atividades acima são sugestões complementares e,portanto, não substituem aquelas propostas nos projetos deleitura e escrita, das quais todos os alunos podemparticipam, seja na escola ou encaminhados pela SEE/SPRecomendações
  17. 17.  Leitura Ofereça livros, revistas infanto-juvenis,suplementos de jornais diversos e deixar que osalunos escolham o que querem ler e do jeito queconseguem ler. Aproximem-se dos alunos com mais dificuldadespara saber sobre o que estão lendo ou o que gostamde ler. Peça aos alunos com menos dificuldade que ajudemos outros, lendo para eles.Sugestão de atividades diversificadas:
  18. 18.  EscritaPara os que ainda não relacionam som e grafia poderãoser oferecidos: jogos para relacionar som e grafia (todos os queenvolvem rimas); jogos para reconhecimento de letras (bingo deletras, jogo das cinco letras, jogo da última letraetc.); parlendas, trovas, poemas, letras de cançõesconhecidas para completar e remontar;Sugestão de atividades diversificadas:
  19. 19.  Escrita livros para leitura apoiada na ilustração ouna memória; folhas impressas com figuras depersonagens de fábulas, contos de fadas eoutras histórias conhecidas para queescrevam títulos etc.; letras móveis para compor palavras.Sugestões de atividades diversificadas:
  20. 20. Para os alunos com menos dificuldades: jogos de ortografia (desafio, pare!, jogo da velha, bingo etc.); revisão e reescrita individual de textoPara problemas de segmentação: escrever na lousa trechos de textos produzidos pelos própriosalunos e que apresentem problemas de segmentação; com aajuda dos alunos fazer as adequações; reproduzir trechos com segmentação problemática; formarduplas juntando aluno que tem problema de segmentação comaquele que não tem; o aluno que não apresenta esse problemapode dar dicas e o outro faz a adequação.Sugestões de atividades diversificadas:
  21. 21. Para os que já relacionam som e grafia, mas nãocolocam todas as letras: jogos e outras atividades que exigem pensar sobre a colocação detodas as letras da palavra (cruzadinhas, forca, canastra etc.) esobre a composição das palavras (letras móveis, quebra-cabeça emque se separam letras e não sílabas, transformando, palavrasmágicas etc.); livros para leitura apoiada na ilustração ou na memória; folhas impressas com figuras de personagens de fábulas, contos defadas e outras histórias conhecidas para que escrevam títulos etc.A seguir, algumas sugestões de atividadesdiversificadas:
  22. 22.  Planeje tudo com antecedência. Tenha à mão todo o material de que vaiprecisar. Planeje a duração da atividade: não se estendapor muito tempo. Organize a sala para facilitar o trabalho. Obtenha a atenção de toda a sala. Deixe bem clara a tarefa de cada um, de cadadupla ou grupo.Para o que trabalho dê certo:
  23. 23.  Observe a classe o tempo todo e resgate a atençãoquando houver dispersão. Interrompa a atividade e continue em outro momento,quando não for possível resgatar o interesse dos alunos.O trabalho diversificado precisa ser desenvolvido; épreciso paciência e persistência até que os alunosse acostumem (e o professor também); no início,dispersão e uma certa indisciplina são normais. Por isso,devem ser objeto de intervenção e de replanejamentoconstantes.Para o que trabalho dê certo:
  24. 24. Diretoria Leste 4 _ Núcleo PedagógicoTânia Conceição Nunes de Sá Gomes– PCNP de Língua Portuguesadelt4npe@see.gov.br2741-2627 ramal 21

×