Prova est orient hist 2º ano esse
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Prova est orient hist 2º ano esse

on

  • 1,332 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,332
Views on SlideShare
1,332
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Prova est orient hist 2º ano esse Document Transcript

  • 1. .EE.”CASIMIRO SILVA” AVALIAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTADOS DE HISTÓRIA DATA:__/__/__ ALUNO (A):___________________________Nº___ SÉRIE: ________ PROFESSOR: _________________________ VALOR: 20 MÉDIA: NOTA:______ 1- A campanha das "Diretas-já" (1984) é considerada um marco na história política do Brasil, porque, EXCETO: a) mobilizou milhares de cidadãos nos grandes comícios. b) obteve ampla cobertura da imprensa, escrita e televisionada. c) contou com o apoio das Forças Armadas e das elites conservadoras. d) constituiu-se numa união suprapartidária. 2- Nunca, na história contemporânea mundial, como nesta virada de século e de milênio, a propriedade privada dos meios de produção em geral e da terra em particular foi tão forte e os ideais coletivos tão enfraquecidos. Essa situação pode ser atribuída a) à vigência cada vez mais ampla dos Direitos Humanos e do multiculturalismo étnico. b) às exigências da divisão internacional do trabalho e ao avanço da democracia social. c) à imposição da política econômica keynesiana e à adoção da terceira via ou política do possível. d) à vitória do capitalismo na guerra fria sobre o chamado socialismo real e à crise das utopias."A essência do estilo de .......... era a improvisação. O entusiasmo, a sua principal arma, refletia uma confiança contagiante nofuturo do Brasil como grande potência. Sua estratégia básica era pressionar pela rápida industrialização, tentando convencer acada grupo do poder que teriam alguma coisa a ganhar ou, então, nada a perder. Isto requeria um delicado equilibrismo político.Primeiro, esforçou-se por gerar um senso de confiança própria entre os próprios Brasileiros. Outro fato igualmente importante,era que afirmava sua fé no processo Democrático. Era tanto um presidente eleito por uma reduzida minoria em busca doalargamento de seu suporte político, quanto um líder ambicioso tentando assegurar o seu lugar na história, tomando a liderançado caminho para a industrialização do Brasil..." (SKIDMORE, Thomas. De Getúlio Vargas a Castelo Branco". R J.: Saga, 1969) 3- O texto acima se refere ao governo do Presidente: a) Getúlio Vargas. b) Juscelino Kubitschek. c) Jânio Quadros. d) João Goulart.4- Nos últimos anos, estudos acerca da escravidão têm revelado uma sociedade onde os negros, mesmo submetidos acondições subumanas, foram sujeitos de sua própria história. Sobre a atitude rebelde dos cativos, assegura-se que: a) Tarefas mal feitas e incompletas atestavam a veracidade dos argumentos sobre a ignorância dos escravos, o que impossibilitava a organização de movimentos rebeldes. b) A vigilância e fiscalização do feitor impediam a rebeldia, restringindo as alternativas de contestação à fuga e ao suicídio. c) As revoltas raramente ocorriam, pois, considerados mercadorias, os escravos se reconheciam como coisas e não como humanos. d) A rebeldia negra apoiou-se, sobretudo, na manutenção, por parte dos cativos, de seus valores culturais. 5- Segundo alguns especialistas, o populismo foi um fenômeno político ímpar na história recente do Brasil, sendo definido como manipulação das massas populares por líderes carismáticos. No entanto, há autores que consideram tal visão pouco elucidativa do fenômeno porque, em verdade: a) O populismo teve vida efêmera na história política do país no século atual. b) O populismo não deve ser visto como a manipulação das massas urbanas e rurais no Brasil recente. c) O populismo é um fenômeno político que permanece inalterado no processo eleitoral brasileiro. d) O populismo implicou o reconhecimento da presença das massas no cenário político nacional. 6- Conjuração dos Alfaiates, no Brasil colônia, Cabanos e Balaiada no Período Regencial, e Canudos, no início da República, foram movimentos que se particularizaram na história do Brasil devido a) à expressiva participação popular. b) ao conteúdo monarquista de suas propostas. c) ao caráter pacífico de suas reivindicações. d) ao apoio que tiveram das classes dominantes. 7- Naqueles anos, a orientação autoritária do governo pretendeu compor doses complementares de repressão e doutrinação, afim de construir sua base social de sustentação política. Haurindo ensinamentos dos regimes opressivos - o nazismo e ofascismo -, que se multiplicavam na Europa nesse período, as autoridades federais procurariam tirar o máximo proveito dastécnicas de propaganda e dos meios de comunicação social, muito especialmente do rádio. Os dois rituais básicos da novaordem eram o discurso presidencial de 1.o de maio no Estádio de São Januário e o noticiário diário da voz do Brasil". O textorefere-se a que período da História do Brasil? a) Estado Novo b) República Velha c) Período autoritário pós 1964
  • 2. d) Período Jânio-Jango8- História do Brasil". São Paulo: Scipione, 1997. p.414. Essa cena a) a garantia das liberdades individuais.ilustra uma face visível do regime político pós-64: b) o crescimento das empresas estatais. c) a repressão ao banditismo social. d) o controle das manifestações urbanas.9- Os problemas e desafios da sociedade a) o uso de artefatos atômicos com objetivos bélicos, a queda das ditadurasatual caracterizam a existência de uma ocidentais e o encerramento da Segunda Guerra Mundial.nova fase da história, sintetizada pela b) a independência da antigas colônias européias, a Guerra do Vietnã e asnoção de "Nova Ordem Internacional", revoluções socialistas em várias partes do mundo.que tem como marcos inaugurais: c) a suspensão da Guerra da Coréia, a recuperação econômica do Japão, após a Segunda Guerra Mundial, e a Revolução Cultural Chinesa. d) a queda do Muro de Berlim, o fim oficial da União Soviética e o encerramento da Guerra Fria.Fonte: NOVAES, Carlos Eduardo & LOBO, César. "História do 10- Dentro desse contexto, a charge acima revela:Brasil para principiantes". São Paulo, Ática, 1997, p. 205 O a) desenfreado avanço na construção de rodovias, necessáriasRio de Janeiro de Machado de Assis (virada do século XX) é ao desenvolvimento da indústria automobilística e as formas deuma cidade cosmopolita, que aglutina uma população exploração do trabalhotrabalhadora heterogênea, composta de recém-libertos, b) expansão das relações capitalistas no Brasil, desenvolvendoimigrantes e operários urbanos. um parque industrial de ponta e cooptando os trabalhadores em troca de altos salários c) consolidação da burguesia industrial, como classe hegemônica no Brasil da 1 República, limitando as manifestações operárias d) descompromisso das elites brasileiras em regulamentar as relações de trabalho considerando as manifestações operárias como "casos de polícia"META DE FAMINTO JK - Você agora tem automóvel 11- O texto e a charge representam, de formas diferentes, umbrasileiro, para correr em estradas pavimentadas com asfalto dos principais dilemas do desenvolvimentismo no governobrasileiro, com gasolina brasileira. Que mais quer? Juscelino Kubitschek, durante a 2ª metade da década de 1950JECA - Um prato de feijão brasileiro, seu doutô! A alternativa que melhor apresenta esse dilema é: a) os contrastes culturais e educacionais entre as elites paulistas e nortistas b) a desigualdade política e ideológica entre as oligarquias nordestinas e sulistas c) a defasagem histórica e tecnológica entre o setor petrolífero e o agroexportador d) as disparidades econômicas e sociais entre os setores agrário e urbano-industrial"Toda riqueza é criada pelo trabalho. O capital nada cria, mas ele próprio é criado pelo trabalho. O valor de todas asutilidades é determinado pela quantidade de trabalho necessária para produzi-las". (Burns, Edward McNalls - "História daCivilização Ocidental", Globo, volume II, 1964.) 12- Conforme a ideologia marxista ou doutrina comunista, o texto exprime uma das suas premissas fundamentais: a) à interpretação econômica da História. b) ao materialismo dialético. c) à doutrina da mais-valia. d) à luta de classes.Vejam só! A minha vida como está mudada Não sou mais aquele Que entrava 13- Nos versos acima se encontra expressa,em casa alta madrugada Faça o que eu fiz Porque a vida é do trabalhador de forma irreverente, a ideologia do EstadoTenho um doce lar E sou feliz com meu amor O Estado Novo Veio para nos Novo, conhecida como:
  • 3. orientar No Brasil não falta nada Mas precisa trabalhar Tem café, petróleo e a) Trabalhismo.ouro Ninguém pode duvidar E quem for pai de quatro filhos O presidente b) Totalitarismo.manda premiar É negócio casar! Os versos acima são de um samba composto c) Tenentismo.por Ataulfo Alves e Felisberto Martins, em 1941. d) Paternalismo. 14- Uma explicação de caráter histórico para o percentual da religião com maior número de adeptos declarados no Brasil foi a existência, no passado colonial e monárquico, da A) incapacidade do cristianismo de incorporar aspectos de outras religiões. B) incorporação da ideia de liberdade religiosa na esfera pública. C) permissão para o funcionamento de igrejas não cristãs. D) relação de integração entre Estado e Igreja.A imagem representa as manifestações nas ruas da cidade do 15- Considerando o contexto político-social da época, essaRio de Janeiro, na primeira década do século XX, que revolta revelaintegraram a Revolta da Vacina. A) a insatisfação da população com os benefícios de uma modernização urbana autoritária. B) a consciência da população pobre sobre a necessidade de vacinação para a erradicação das epidemias. C) a garantia do processo democrático instaurado com a República, através da defesa da liberdade de expressão da população. D) o bom planejamento do governo republicano na área de saúde, que abrangia a população em geral.16- Observe a charge de Angeli. A charge identifica uma das permanências históricas presentes na realidade econômica e social brasileira: a questão da terra. Durante a Primeira República (1889-1930), houve um aumento significativo dos conflitos no campo, dentre os quais, destacou-se o movimento de Canudos, cujas raízes históricas decorriam principalmente a) da ascensão da economia cafeeira e algodoeira do Nordeste. b) da estrutura socioeconômica baseada no latifúndio-monocultor e escravista. c) do desaparecimento da política de articulação fundada no mando local e no coronelismo. d) do processo de modernização do campo e da política de redistribuição de propriedades. 17- A análise da tabela permite identificar um intervalo de tempo no qual uma alteração na proporção de eleitores inscritos resultou de uma luta histórica de setores da sociedade brasileira. O intervalo de tempo e a conquista estão associados, respectivamente, em A) 1940-1950 – direito de voto para os ex-escravos. B) 1950-1960- fim do voto secreto. C) 1960-1970 – direito de voto para as mulheres.
  • 4. D) 1980-1996 – direito de voto para os analfabetosGRAÚNA – Henfil 18- A charge de Henfil faz referência à influência dos meios de comunicação, especialmente da televisão, na construção de uma identidade nacional. A interação entre realidades regionais e a chamada "mídia de massa", na sociedade brasileira atual, tem como principal conseqüência: a) resgate da história local b) difusão de modelos culturais não locais. c) crescimento da integração regional d) fortalecimento da diversidade socialO movimento representado na imagem, do início dos anos de 19- Nesse contexto, a juventude, movida por um forte1990, arrebatou milhares de jovens no Brasil. sentimento cívico, A) aliou-se aos partidos de oposição e organizou a campanha Diretas Já. B) manifestou-se contra a corrupção e pressionou pela aprovação da Lei da Ficha Limpa. C) engajou-se nos protestos relâmpago e utilizou a internet para agendar suas manifestações. D)tornou-se porta-voz da sociedade e influenciou no processo de impeachment do então presidente Collor.20- A Lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, inclui no currículo dos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais eparticulares, a obrigatoriedade do ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira e determina que o conteúdo programáticoincluirá o estudo da História da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro naformação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes àHistória do Brasil, além de instituir, no calendário escolar, o dia 20 de novembro como data comemorativa do “Dia daConsciência Negra”. A) referida lei representa um avanço não só para a educação nacional, mas também para a sociedade brasileira, porque a legitima o ensino das ciências humanas nas escolas. B) divulga conhecimentos para a população afro-brasileira. C) reforça a concepção etnocêntrica sobre a África e sua cultura. D) impulsiona o reconhecimento da pluralidade étnicoracial do país.