Planejamento anual 5 ano
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Planejamento anual 5 ano

on

  • 35,374 views

 

Statistics

Views

Total Views
35,374
Views on SlideShare
20,001
Embed Views
15,373

Actions

Likes
7
Downloads
314
Comments
1

14 Embeds 15,373

http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.br 15198
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com 92
http://www.atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.br 47
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.pt 13
http://www.google.com 7
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.jp 6
http://webcache.googleusercontent.com 2
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.co.uk 2
https://www.google.com.br 1
http://image.slidesharecdn.com 1
http://badge.facebook.com 1
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.es 1
http://lh6.googleusercontent.com 1
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.ar 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Planejamento anual 5 ano Planejamento anual 5 ano Presentation Transcript

  • PLANEJAMENTO ANUAL 2013 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL IPORTUGUÊS TOPICOS CONTEUDO HABILIDADE 1- LÍNGUA ORAL: Utilização da linguagem oral em situações como as do primeiro ciclo, Escuta dos diferentes textos ouvidos em USOS E FORMAS ampliando-se para outras que requeiram: situações de comunicação direta ou mediada Maior nível de formalidade no uso da linguagem; por telefone, rádio ou televisão, Preparação prévia; reconhecimento do significado contextual e do Manutenção de um ponto de vista ao longo da fala; papel complementar de alguns elementos não- Uso de procedimentos de negociação de acordos. lingüísticos para conferir significação aos Utilização de recursos eletrônicos (gravador, vídeo e computador) para textos (gestos, postura corporal, expressão registrar situações de comunicação oral tanto para documentação como facial, tom de voz, entonação). para análise. 2. LÍNGUA Prática da Leitura ESCRITA:USOS E Utilização de sentido, coordenando texto e contexto (tipo de portador, FORMAS características gráficas, conhecimento do gênero ou do estilo do autor, etc.) e a intencionalidade; Emprego dos dados obtidos por intermédio da leitura para confirmação ou retificação das suposições de sentido feitas anteriormente; Uso de recursos variados para resolver dúvidas na leitura: seguir lendo em busca de informação esclarecedora, deduzir do contexto, consultar dicionário, etc.; Utilização de diferentes modalidades de leitura adequadas a diferentes objetivos: ler para revisar, para obter informação rápida, etc. Uso de acervos e bibliotecas: · Busca de informações e consulta a fontes de diferentes tipos (jornais, revistas, enciclopédias, internet, etc.), com orientação do professor; · Leitura de livros na classe, na biblioteca e empréstimo de livros para leitura em casa; · Socialização das experiências de leitura; · Rastreamento da obra de escritores preferidos; · Formação de critérios para selecionar leituras e desenvolvimento de padrões de gosto pessoal. Prática de Considerando o destinatário, a sua finalidade e características do gênero produção de texto: Aspectos Notacionais: Divisão do texto em frases e/ou parágrafos, utilizando recursos do sistema de pontuação: maiúscula inicial, ponto final, exclamação,
  • interrogação e reticências; Separação, no texto, entre discurso direto e indireto e entre os turnos do diálogo, utilizando travessão e dois pontos ou aspas; Indicação, por meio de vírgulas, das listas, enumerações; Estabelecimento das regularidades ortográficas (interferência das regras, inclusive as da acentuação) e constatação de irregularidades (ausência de regras); Acentuação das palavras: regras gerais relacionadas à tonicidade; Utilização de dicionário e outras fontes escritas para resolver dúvidas ortográficas; Produção de textos utilizando estratégias de escrita: planejar o texto, redigir rascunhos, revisar e cuidar da apresentação; Controle da legibilidade do escrito. Aspectos discursivos: Organização das idéias de acordo com as características textuais de cada gênero; Utilização de recursos coesivos oferecidos pelo sistema de pontuação e pela introdução dos conectivos mais adequados à linguagem escrita, expressões que marcam temporalidade e causalidade, substituições léxicas, manutenção do tempo verbal, etc.; O emprego de regência verbal e nominal.Gêneros Cartas (formais e informais), bilhetes, convites, quadrinhas, textos deadequados para o jornais, revistas e suplementos infantis; título, lides (jornal), notícia,trabalho com a classificados, resenhas;linguagem escrita Anúncios, cartazes, folhetos, slogans; Contos (de fadas, de assombração, etc.) , fábulas, mitos e lendas populares; Relatos históricos, textos de enciclopédia, verbetes de dicionário, texto expositivo de diferentes fontes (fascículos, revistas, livros, livros de consulta, didáticos, etc.); Acróstico; Propaganda; Textos teatrais.ANÁLISE E Revisão do próprio texto: Análise da qualidade da produção oral alheia eREFLEXÃO Durante o processo de redação, relendo cada parte escrita, verificando a própria;SOBRE A LÍNGUA articulação com o já escrito, planejando o que falta escrever; Análise dos sentidos atribuídos a um texto nas Depois de produzida uma primeira versão, trabalhando reestruturação diferentes leituras individuais e discussão dos para aprimora-lo, considerando as seguintes questões: adequação ao elementos do texto que validem ou não essas gênero, coerência e coesão textual, pontuação, paginação e ortografia; diferentes atribuições de sentido; Exploração das possibilidades e recursos da linguagem que se usa para escrever a partir da observação e análise de textos impressos, utilizando como referência ou modelo;
  • Comparação entre diferentes registros utilizados em diferentes situações comunicativas; Análise de regularidades da escrita: 1- Derivação de regras ortográficas; 2- Concordância verbal e nominal (e outros aspectos que se mostrem necessários a partir das dificuldades de redação); 3- Relações entre acentuação e tonicidade regras de acentuação).TÓPICO COMPETÊNCIA DESCRITOREST1 – Reconhecimento C1 – Identificação de letras do alfabeto I. Procedimentos de Leiturade convenções do sistema D0 Compreender frases ou partes que compõem um texto.alfabético. D1 Identificar o tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informações explícitas em um texto.T2 – Apropriação do C2 – Uso adequado da página. D3 Inferir informações implícitas em um texto.sistema alfabético. D5 Inferir o sentido de uma palavra ou expressão. C3 – Reconhecimento da palavra como D10 Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato. unidade gráfica. II. Implicações do suporte, do gênero e/ou do enunciador na compreensão do texto D6 Identificar o gênero de um texto. C4 – Aquisição da consciência fonológica. D7 Identificar a função de textos de diferentes gêneros. D8 Interpretar texto que conjuga linguagem verbal e não verbal.T3 – Usos sociais da C5 – Leitura de palavras, frases e pequenos III. Coerência e coesão no processamento do textoleitura e da escrita textos. D11 Reconhecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções, advérbios etc.T4 – Leitura: compreensão, C6 – Implicações do suporte e do gênero D12 Estabelecer a relação causa/consequência entre partes e elementos do texto.análise e avaliação na compreensão de textos. D15 Estabelecer relações entre partes de um texto, identificando repetições ou substituições que contribuem para sua continuidade. C7 – Localização de informações explícitas em IV. Relações entre recursos expressivos e efeitos de sentido textos. D19 Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que compõem a narrativa. D23 Identificar efeitos de ironia ou humor em textos. C8 – Interpretação de informações implícitas D21 Reconhecer o efeito de sentido decorrente do uso de pontuação e de outras em textos. notações. V. Variação linguística D13 Identificar marcas linguísticas que evidenciam o C9 – Coerência e coesão no processamento locutor e o interlocutor de um texto. de textos.T4 – Leitura: C9 – Coerência e coesão no processamentocompreensão, de textos.análise e avaliação C10 – Avaliação do leitor em relação aos textos lidos.
  • T5 – Produção escrita C11 – Escrita de palavras e frases. C12 – Produção de textos. MATEMATICAObjetivos:· Interpretar e produzir escritas numéricas, considerando as regras do sistema de numeração decimal e estendendo-as para a representação dos númerosracionais na forma decimal;· Resolver problemas, consolidando alguns significados das operações fundamentais e construindo novos, em situações que envolvam números naturais e, emalguns casos, racionais;· Refletir sobre procedimentos de cálculo que levem à ampliação do significado do número e das operações, utilizando a calculadora como estratégia deverificação de resultados;· Identificar características de acontecimentos previsíveis ou aleatórios a partir de situações-problema, utilizando recursos estatísticos e probalísticos;· Recolher dados e informações, elaborar formas para organiza-los e expressa-los;· Identificar dados apresentados sob a forma de tabelas e gráficos e valorizar essa linguagem como forma de comunicação;· Utilizar diferentes registros gráficos – desenhos, esquemas, escritas numéricas – como recurso para expressar idéias, ajudar a descobrir formas de resolução ecomunicar estratégias e resultados;· Utilizar procedimentos e instrumentos de medidas usuais ou não, selecionando o mais adequado em função da situação-problema e do grau de precisão doresultado;· Interagir com seus pares de forma cooperativa, trabalhando coletivamente na busca de soluções para problemas propostos, identificando aspectos consensuaisou não na discussão de um assunto, respeitando o modo de pensar dos colegas e aprendendo com eles.Conteúdo Programático TOPICOS CONTEUDO HABILIDADE1-NÚMEROS Números racionais Reconhecer os números naturais e decimais em diversas situações (jornais, filmes,NATURAIS E SISTEMA (representação comércio);DE NUMERAÇÃO concreta partindo de Escrever, comparar e ordenar números naturais de qualquer grandeza;DECIMAL uma situação Aplicar as regras do sistema de numeração decimal para compreensão, leitura e problema); representação dos números racionais escritos na forma decimal (com vírgula); Representação decimal de números racionais (décimo, centésimo, milésimo); Comparar e ordenar números racionais na forma decimal; Composição e ordenação de um número natural nas classes das diversas ordens; Sistema monetário (uso cotidiano) e relacionado aos números decimais; Localizar na reta numérica a posição de números racionais na forma decimal; Reconhecimento de que os números racionais admitem diferentes (infinitas) representações na forma fracionária (frações equivalentes); Identificação e produção de frações equivalentes, pela observação de representações gráficas e de regularidades nas escritas numéricas; Reconhecer quando se dá o uso da porcentagem no cotidiano; Relação entre representações fracionárias e decimal de um mesmo número racional;
  • Operações comExploração dos números naturais e · Análise e resolução de problemas com o uso de números naturais;diferentes significados racionais · Ampliação do repertório das operações com números naturais paradas frações em desenvolver o cálculo mental e o escrito;situações-problema: · Adição, subtração e multiplicação de números racionais na forma decimal,parte-todo, quociente e utilizando estratégias próprias e técnicas convencionais (denominadores iguais) erazão. na resolução de situações-problema; · Decisão sobre o uso do cálculo mental ou de uma técnica convencional, em função do tipo de problema e dos números envolvidos; · Sistema Monetário (relacionado aos números decimais) e uso do cotidiano; · Interpretar expressões numéricas com sinais de associação ( ), [ ], { }, contendo as quatro operações fundamentais; · Divisão por um algarismo (retomada do ano anterior e aprofundamento); · Divisão por dois algarismos; · Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema, compreendendo diferentes significados das operações envolvendo números naturais e racionais; · Ampliação das técnicas operatórias em que dois fatores superam 100. O princípio multiplicativo; · Utilização da multiplicação e da divisão na resolução de situações-problema; · Cálculo simples de porcentagem; · Decisão sobre a adequação do uso do cálculo mental – exato ou aproximado– ou da técnica operatória, em função do problema, dos números e das operações envolvidas. 2-ESPAÇO E Utilizar malhas ou redes quadriculadas para representar no plano a posição de FORMA uma pessoa ou objeto; Descrição, interpretação e representação da movimentação de uma pessoa ou objeto no espaço e construção de itinerários; Reconhecimento de elementos geométricos nas formas da natureza e nas criações artísticas; Identificar semelhanças e diferenças existentes entre corpos, como a esfera, o cone e o cilindro; Reconhecimento de semelhanças e diferenças entre poliedros, como prismas e pirâmides, e identificar elementos como faces, vértices e arestas; Análise das faces, identificação de simetrias, desmontagem e montagem de figuras tridimensionais; Observação de semelhanças e diferenças entre polígonos, número de ângulos e eixos de simetria; Identificação de semelhanças e diferenças existentes entre corpos, como a esfera, o cone e o cilindro; Perceber que qualquer polígono pode ser composto a partir de figuras triangulares; 3-GRANDEZAS E Identificação e comparação de grandezas mensuráveis e escolha da unidade de
  • MEDIDAS medida correta, de acordo com essa grandeza. Ex.: metro para comprimento e quilograma para massa; Reconhecimento e utilização de unidades usuais de medida como metro, centímetro, quilômetro, grama, miligrama, litro, mililitro, volume e peso; Utilização de procedimentos e instrumentos de medida, em função do problema e da precisão do resultado; Identificação e emprego de unidades usuais de tempo e de temperatura; Efetuar conversões simples, verificando que os sistemas de medidas são decimais e, portanto, serão usadas as mesmas regras desse sistema para fazer as contas; Perímetro e a área de figuras desenhadas em malhas quadriculadas e comparar o perímetro e a área de duas figuras sem e com o uso de fórmulas; Reconhecimento e utilização das medidas de tempo e realização de conversões simples. 4- TRATAMENTO Interpretação de gráficos e tabelas com base em informações contidas em textos DA INFORMAÇÃO jornalísticos, científicos e outros; Produção de textos Leitura e interpretação de dados apresentados de maneira organizada (por meio escritos, a partir da de tabelas, diagramas e gráficos); Exploração da ideia de probabilidade em situação-problema simples, identificando sucessos seguros e as situações de “sorte”; Identificação das possíveis maneiras de combinar elementos de uma coleção e de contabilizá-las usando estratégias pessoais; Análise de gráficos e tabelas; Interpretação de dados apresentados por meio de tabelas e gráficos, para identificação de características previsíveis ou aleatórias de acontecimentos; Obtenção e interpretação de média aritmética; Reconhecimento das possíveis formas de combinar elementos de uma coleção e de contabilizá-las usando estratégias pessoais.TOPICO DESCRITORESI. Espaço e Forma D1 Identificar a localização de pessoa ou objeto em mapas, croquis e outras representações gráficas. D2 Identificar posições relativas de retas no plano (paralelas e concorrentes). D3 Relacionar figuras tridimensionais (cubo e bloco retangular) com suas planificações. D4 Reconhecer uma figura plana (triângulo, quadrilátero e pentágono) de acordo com o número de lados. D5 Identificar quadriláteros (quadrado, retângulo, trapézio, paralelogramo, losango), observando as posições relativas entre seus lados.II. Grandezas e Medidas D6 Estimar medidas de grandezas, utilizando unidades de medidas convencionais ou não. D7 Resolver situação-problema utilizando unidades de medida padronizadas, como Km, m, cm, mm, bem como as conversões entre L e mL e as conversões entre tonelada e kg. D8 Estabelecer relações entre unidades de medida de tempo (milênio, século, década, ano, mês, semana, quinzena, dia, hora, minuto, semestre, trimestre e bimestre) na resolução de situação-problema. D9 Ler e interpretar horas em relógios digitais e de ponteiros. D10 Estabelecer relações entre o horário de início e término e/ou o intervalo da duração de um evento ou
  • acontecimento. D11 Resolver situação-problema envolvendo o cálculo do perímetro de figuras planas, desenhadas em malhas quadriculadas. D12 Resolver situação-problema envolvendo o cálculo da área de figuras planas, desenhadas em malhas quadriculadas. D13 Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicional. D14 Reconhecer a escrita, por extenso, dos numerais. D15 Identificar a localização de números naturais na reta numérica. D16 Resolver situação-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da adição. D17 Resolver situação-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da subtração. D18 Resolver situação-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da multiplicação. D19 Resolver situação-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da divisão. D20 Identificar diferentes representações de um mesmo número racional. D21 Localizar números racionais na forma decimal na reta numérica. D22 Estabelecer trocas entre cédulas e moedas em função de seus valores. D23 Calcular adição de números racionais na forma decimal. D24 Calcular a subtração de números racionais na forma decimal. D25 Resolver situação-problema com números racionais expressos na forma decimal, envolvendo diferentes significados da adição. D26 Resolver situação-problema com números racionais expressos na forma decimal, envolvendo diferentes significados da subtração. D27 Resolver situação-problema com números racionais expressos na forma decimal, envolvendo adição e subtração. D28 Resolver situação-problema, envolvendo o quociente de um número racional na forma decimal, por um número natural não nulo.IV. Tratamento da D29 Ler e interpretar informações e dados apresentados em tabelas.Informação D30 Ler e interpretar informações e dados apresentados em gráficos de coluna. ARTEObjetivos:Ao longo do processo ensino-aprendizagem de Arte, o aluno deverá ter oportunidade de:Conviver com as diversas formas de Arte;Conhecer as diferentes linguagens artísticas;Experimentar a expressão de emoções, sentimentos e idéias pessoais por meio das diferentes linguagens oferecidas pela Arte;Descobrir suas potencialidades em Arte;Ampliar a percepção e a imaginação criativa;Valorizar a Arte como forma de crescimento pessoal e como experiência lúdica;Resgatar o saber artístico acumulado pela humanidade e expresso na produção artística dos diversos estilos;Sensibilizar-se sobre o significado sociocultural da Arte;Valorizar a Arte como forma de conhecimento e interpretação;Reconhecer o significado sociocultural da Arte;Valorizar a Arte como forma de conhecimento e interpretação da realidade;
  • Desenvolver o desejo e o interesse pela pesquisa e investigação em Arte;Reconhecer a transcendência da Arte como linguagem universal. TOPICOS CONTEUDO HABILIDADEArtes Visuais I-Expressão e As artes visuais no fazer dos alunos: desenho, pintura, colagem, gravura, historia comunicação na em quadrinhos, produções informatizadas; prática dos alunos Experimentação, utilização e pesquisa de matérias e técnicas artísticas (pincéis, em Artes Visuais lápis, giz de cera, papéis, tintas) e outros meios (máquinas fotográficas, vídeos, computador); Consideração dos elementos básicos da linguagem visual em suas articulações nas imagens produzidas (relações entre ponto, linha, plano, cor, textura, forma, volume, luz, ritmo, movimento, equilíbrio); II- As Artes Visuais Contato sensível, reconhecimento e análise de formas visuais presentes na como objeto de natureza e nas diversas culturas; apreciação Identificação e reconhecimento de algumas técnicas e procedimentos artísticos significativa presentes nas obras visuais; Convivência com produções visuais (originais e reproduzidas) e suas concepções estéticas nas diferentes culturas (regional, nacional e internacional); Identificação dos significados expressivos e comunicativos das formas visuais; Contato sensível, reconhecimento, observação e experimentação de leitura das formas visuais em diversos meios de comunicação da imagem: fotografia, cartaz, televisão, vídeo, histórias em quadrinhos, telas de computador, publicações, publicidade, desenho industrial, desenho animado. III- As Artes Visuais Observação, estudo e compreensão de diferentes obras de artes visuais, artistas como produto e movimentos artísticos produzidos em diversas culturas (regional, nacional e cultural e artístico internacional) e em diferentes tempos da história; Pesquisa e frequência junto das fontes vivas (artistas) e obras para reconhecimento e reflexão sobre a arte presente no entorno; Contato frequente, leitura e discussão de textos simples, imagens e informações orais sobre artistas, suas biografias e suas produções. (Ex.: Quissak Júnior, Antônio Galvão, etc.); Frequência e utilização das fontes de informação e comunicação artísticas presentes nas culturas (museu, mostras, exposições, galerias, ateliês, oficinas); Origami (dobraduras); CIÊNCIAS Objetivos: Observar, registrar e comunicar algumas semelhanças e diferenças entre diversos ambientes, identificando a presença comum de água, seres vivos, ar, luz, calor, solo e características específicas dos ambientes diferentes; Caracterizar espaços do planeta possíveis de serem ocupados pelo homem, considerando as condições de qualidade de vida; Conhecer os tipos de florestas e suas características; Conhecer a flora brasileira; Conhecer áreas florestais protegidas: parques, reservas, florestas; Examinar as questões ambientais do ponto de vista local até o global;
  • Ter conhecimento sobre o desmatamento e reflorestamento;Ajudar os alunos a descobrirem os sintomas e causas reais dos problemas ambientais;Conscientizar e reconhecer a importância das matas ciliares;Reconhecer as consequências das queimadas;Conscientizar-se e sensibilizar-se sobre a importância das árvores;Reconhecer a importância da vegetação para o solo;Identificar-se como parte integrante da natureza, percebendo os processos pessoais como elementos fundamentais para uma atuação criativa, responsável erespeitosa em relação ao ambiente;Formular perguntas e suposições sobre o assunto em estudo;Observar e identificar algumas características do corpo humano e alguns comportamentos nas diferentes fases da vida, no homem e na mulher, aproximando-se anoção de ciclo vital do ser humano e respeitando as diferenças individuais;Organizar e registrar informações por meio de desenhos, quadros, esquemas, listas e pequenos textos, sob orientação do professor;Comunicar de modo oral, escrito e por meio de desenhos, perguntas, suposições, dados e conclusões, respeitando as diferentes opiniões e utilizando informaçõesobtidas para justificar suas ideias. CIÊNCIAS TOPICOS HABILIDADE CONTEUDO Conhecendo o solo A Terra é nosso planeta A litosfera A conservação do solo O Sistema Solar O que estuda a Astronomia O Sistema Solar Os planetas do Sistema Solar A rotação e a translação da Terra Convivência entre O ecossistema os seres vivos Desequilíbrio ecológico A floresta Amazônica e a mata atlântica A floresta amazônica A mata atlântica O cerrado, a caatinga e outros biomas O serrado A caatinga O manguezal Os campos O pantanal Mata ciliar Do rio Conhecendo a mata ciliar Queimadas e As diferenças entre ambientes preservados e degradados, desmatamentos; causas e conseqüências para a qualidade de vida das comunidades, desde o entorno imediato até de outros povos que habitam a região do planeta, como das gerações futuras;
  • A necessidade e as principais formas de preservação, recuperação e reabilitação ambientais, de acordo com a realidade local; A valorização de formas conservativas de extração, transformação e uso dos recursos naturais e da divulgação dos acontecimentos elaborados na escola para a comunidade; A interdependência entre as áreas urbana e rural. A reprodução dos A reprodução dos animais animais e das A reprodução dos vegetais plantas A reprodução humana A adolescência no ciclo da vida O sistema genital humano Uma nova vida O sistema nervoso O sistema nervoso Ações voluntárias e involuntárias A energia Formas e usos da energia A energia térmica A energia elétrica O magnetismo Recursos tecnológicos Equipamentos, máquinas, instrumentos e demais aparelhos utilizados para os mais diversos fins, nos ambientes urbanos ou rurais: Nomes; Para que servem; Como servem ao homem; Finalidades; Fontes de energia que utilizam; Transformações que realizam. HistóriaObjetivos:Propiciar aos alunos situações de aprendizagem para que desenvolvam habilidades (comparar, interpretar, classificar, analisar, sintetizar, construir conhecimentos)aplicando os conhecimentos em ações reflexivas e reativas que envolvam o questionamento e criticidade mediante a sociedade brasileira;Utilizar diferentes fontes de informação para as leituras críticas (entrevistas, pesquisa bibliográfica, imagem, etc.);Reconhecer algumas semelhanças e diferenças, permanências e transformações sociais, econômicas, culturais e políticas de dimensão cotidiana, existentes no seugrupo de convívio escolar e na sua localidade, vivências cotidianas das famílias, da coletividade, no tempo e no espaço de convivências;Distinguir as relações de poder, formais ou de fato, estabelecidas entre sua localidade e os demais centros políticos, econômicos e culturais, em diferentes tempos; TOPICOS HABILIDADE CONTEUDO
  • O Brasil colonial O início da colonização portuguesa na América A mineração no Brasil colonial Brasil: de colônia a monarquia independente Brasil: do Segundo Império até 1930 O Segundo Império Da monarquia à República Movimentos no campo e nas cidades O Brasil a caminho Longo governo Vargas do terceiro milênio Entre duas ditaduras Democracia O Brasil da virada A história da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra do século brasileira e o negro na formação da sociedade nacional; GEOGRAFIAObjetivos:· Propiciar ao aluno situações através da realidade, a construção de conceitos, compreensão do espaço em que vivemos, situações de aprendizagem para quedesenvolvam as habilidades (comparar, interpretar, classificar, analisar e sintetizar) aplicando o conhecimento em outras situações;· Reconhecer e comparar o papel da sociedade e da natureza na construção de diferentes paisagens urbanas e rurais brasileiras;· Utilizar a linguagem cartográfica para representar e interpretar informações em linguagem cartográfica, observando a necessidade de indicações de direção,distância, orientação e proporção para garantir a legitimidade de informações;· Conhecer e valorizar os modos de vida de diferentes grupos sociais, como se relacionam e constituem o espaço e a paisagem no qual se encontram inseridos;· Reconhecer o papel das tecnologias, da informação, da comunicação e dos transportes na configuração de paisagens urbanas e rurais e na estruturação davida em sociedade;· Reconhecer no lugar no qual se encontram inseridos, as relações existentes entre o mundo urbano e o mundo rural, bem como as relações que suacoletividade estabelece com coletividade de outros lugares e regiões focando tanto o presente como o passado;· Valorizar o uso refletido da técnica e da tecnologia em prol da preservação e conservação do meio ambiente e da manutenção da qualidade de vida;· Reconhecer o papel das tecnologias, da informação, da comunicação e dos transportes na configuração de paisagens urbanas e rurais e na estruturação davida em sociedade;· Adotar uma atitude responsável em relação ao meio ambiente, reivindicando, quando possível, o direito de todos a uma vida plena num ambiente preservado esaudável. TOPICOS CONTEUDO HABILIDADE A terra · Conhecendo o nosso planeta · A forma e os movimentos da Terra · Oceanos e Continentes A representação da Mapas Terra A representação do espaço no papel A localização no planeta Terra Paralelos e Meridianos Os lugares e sua localização A dinâmica da Formas de relevo natureza O relevo terrestre
  • O relevo brasileiro A hidrografia do Brasil Os rios e o seu aproveitamento Climas do Brasil A vegetação do Brasil A população A população e as regiões do Brasil brasileira A distribuição da população no território A formação da população brasileira O trabalho e os O trabalho nos setores econômicos recursos naturais Os recursos naturais A paisagem e o homem IBGE IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; Uma rica vida brasileira; A mudança da capital – Rio de Janeiro para Brasília; Distribuição de Renda (IBGE- Censo e Censo Escolar); Problema ambiental Mata Ciliar – BASF ( Projeto Semente do amanhã); (local e nacional); Projetos ambientais (ONG’s); Minas Gerais e Distâncias e velocidade no mundo urbano e no mundo rural Região Sudeste. Transporte e sua influência na vida em sociedade; Alterações na paisagem; O espaço que os O papel dos transportes coletivos (passado e presente); meios de Utilização dos meios de transporte; transportes ocupam; Discutir e comparar as permanências e transformações dos meios de transporte em diferentes regiões; Os combustíveis utilizados pelo transporte.- METODOLOGIATrabalho em grupo (x ) Debate ( x )Pesquisa de campo ( x ) Feira de Cultural ( )Aula expositiva dialógica ( x ) Excursão ( )Exercícios ( x ) Exposição de Trabalhos ( x )Mídias ( x ) Leituras ( x )Atividades em ambiente virtual ( x ) Produção de vídeos (x)Apresentação de trabalhos (x)
  • - RECURSOSCaderno do aluno ( x ) Datashow ( x )Quadro/giz ( x ) Outros:Livro didático ( x )Jornais, revistas ( x )Mídias ( x )Computador ( x )Obs.: O uso do livro didático e sua interface com o CBCPassos:1º- Selecionar os eixos temáticos e temas, tópicos e habilidades, referentes ao ano escolar no qual irá lecionar.2º- Selecionar do livro didático adotado os textos, mapas, atividades que podem ser utilizadas para a concretização do conteúdo do CBC.3º- Pesquisar em outros livros didáticos do mesmo ano ou de anos diferentes e outros materiais as atividades que podem ser utilizadas para concretizar ashabilidades selecionadas.- AVALIAÇÃODiagnóstica ( x ) Outros:Oral ( x )Escrita ( x )Atitudinal ( x )Virtual ( )– BIBLIOGRAFIALivro AdotadoRadix Blog SRE ( x )CBC ( x ) Outros: Outros sites da internetOrientações Pedagógicas ( x )Roteiro de Atividades ( x )CRV ( x )