Agricultura biológica

26,271 views
25,998 views

Published on

Published in: Technology
2 Comments
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
26,271
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
460
Comments
2
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Agricultura biológica

  1. 1. Agricultura Biológica e Intensiva
  2. 2. A agricultura <ul><li>É uma actividade em que se trabalha a terra, com o objectivo de retirar dela os produtos para a nossa alimentação. Esses produtos variam em função da composição do solo, do clima, da abundância ou da falta de água na região. </li></ul><ul><li>No nosso país cultivam-se legumes, hortaliças, cereais, árvores de fruto, etc.… </li></ul>
  3. 3. O que é a Agricultura Biológica <ul><li>     </li></ul><ul><ul><li>A Agricultura Biológica é um sistema de produção holístico, que promove e melhora a saúde do ecossistema agrícola, ao fomentar a biodiversidade, os ciclos biológicos e a actividade biológica do solo. </li></ul></ul>
  4. 4. O que é a Agricultura Intensiva <ul><li>A agricultura intensiva é um sistema de produção agrícola que faz uso intensivo dos meios de produção e na qual se produzem grandes quantidades de um único tipo de produto. Requer grande uso de combustível e insumos, e pode acarretar alto impacto ambiental. </li></ul>
  5. 5. A agricultura Biológica <ul><li>Privilegia o uso de boas práticas de gestão da exploração agrícola, em lugar do recurso a factores de produção externos, tendo em conta que os sistemas de produção devem ser adaptados às condições regi-onais. </li></ul>
  6. 6. Agricultura Biológica <ul><ul><li>Isto é conseguido, sempre que possível, através do uso de métodos culturais, biológicos e mecânicos em detrimento da utilização de materiais sintéticos. </li></ul></ul>
  7. 7. Agricultura Biológica <ul><li>A Agricultura Biológica, também conhe-cida como “agricultura orgânica” (Brasil e países de língua inglesa), “agricultura ecológica” (Espanha, Dinamarca) ou “agricultura natural” (Japão). </li></ul>
  8. 8. Agricultura Biológica <ul><li>Como consequência da necessidade de intensificar profundamente a produção agrícola, após a ocorrência das guerras ocorridas na 1ª metade do século XX, a Europa depara-se nos anos 80 com uma situação profundamente difícil. </li></ul><ul><li> </li></ul>
  9. 9. Agricultura Biológica <ul><li>Os ecologistas, começam claramente a chamar a atenção para as conse-quências fatais de uma agricultura demasiadamente intensiva, conduzindo ao esgotamento dos solos e à conta-minação das águas e das florestas com poluentes químicos excessivamente usados na agricultura; </li></ul>
  10. 10. Agricultura Biológica <ul><li>Os consumidores que inicialmente apenas exigiam “alimentos”, com o passar dos anos, começam a queixar-se da monotonia alimentar e da má qualidade dos produtos que encontravam no mercado; </li></ul>
  11. 11. Agricultura Biológica <ul><li>Os técnicos começam a perceber a perda iminente de espécies animais e vegetais, com o consequente empo-brecimento da biodiversidade; </li></ul>
  12. 12. Agricultura Biológica <ul><li>As próprias instituições comunitárias começam a dar sinais claros da necessidade de mudança, face à exaustão dos recursos naturais e à falência do sistema de apoios que geravam excedentes e perturbações no mercado. </li></ul>
  13. 13. Agricultura Biológica <ul><li>Os agricultores, incentivados numa fase inicial a produzir em grande quantidade, sacrificando os seus animais e as suas plantas de raças e variedades autó-ctones, começam a ter dificuldade em escoar as suas produções massificadas e indistintas; </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Na Agricultura tradicional usam-se, </li></ul><ul><li>pesticidas - para proteger as plantas dos insectos, de doenças e de ervas daninhas. </li></ul><ul><li>Que são: </li></ul><ul><li>Os insecticidas para matar os insectos; </li></ul><ul><li>Os fungicidas para matar os fungos; </li></ul><ul><li>Os herbicidas para matar as ervas. </li></ul>Agricultura tradicional
  15. 15. A agricultura Intensiva <ul><li>Plantam-se árvores em terrenos próprios para hortas. </li></ul><ul><li>Há lixo no meio dos campos. </li></ul><ul><li>Usam-se pesticidas fertilizantes em excesso. </li></ul><ul><li>Fazem-se culturas intensivas que cansam os terrenos. </li></ul><ul><li>E estes, depois, precisam de mais produtos químicos. </li></ul>
  16. 16. Conclusão <ul><li>Nós com este trabalho aprendemos muitas coisas sobre a agricultura e vimos várias causas da agricultura biológica e da intensiva. </li></ul>
  17. 17. Bibliografia <ul><li>Internet: </li></ul><ul><li>http:// projovem.drapc.min-agricultura.pt /base/documentos/ agricultura_biologica.htm </li></ul><ul><li>Revista “O Amiguinho” </li></ul>
  18. 18. Trabalho realizado pela turma do 5ºD 2007/2008 : <ul><li>Daniela Silva Nº8 </li></ul><ul><li>Diogo Agostinho Nº9 </li></ul><ul><li>Francisco Castelhano Nº11 </li></ul><ul><li>Marlene Rodrigues Nº22 </li></ul>

×