Your SlideShare is downloading. ×
0
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Modelos De Urbanismo E Mobilidade

5,249

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,249
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
148
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. STC6
  • 2.  
  • 3. <ul><li>O Infante D. Henrique foi quem promoveu os descobrimentos. </li></ul><ul><li>A Expansão Marítima mobilizava muita gente. Nos tempos iniciais, o embarque era preenchido por tripulações de navegantes. No entanto, à medida que aconteciam descobertas e se impunha como necessário realizar ocupação de terras, toda a organização se complicou. </li></ul>
  • 4.  
  • 5. <ul><li>O Infante D. Henrique empenhou-se desde o inicio em recrutar pessoal para empreender a colonização das Ilhas Atlânticas. Saíram famílias inteiras da Estremadura, do Alto Alentejo e do Algarve, para os arquipélagos da Madeira e dos Açores. Com elas foi gado, foram produções agrícolas. Também as feitorias e as fortalezas que se erguiam na costa de África precisavam de empregados e de militares. Com todos eles, para dilatar a Fé cristã, seguiam missionários. E não eram só portugueses que emigravam: eram também flamengos, italianos, franceses e alemães. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 6. <ul><li>A emigração é o ato e o fenómeno espontâneo de deixar seu local de residência para se estabelecer numa outra região ou nação. </li></ul><ul><li>Considera-se como imigração o movimento de entrada, com ânimo permanente ou temporário e com a intenção de trabalho e/ou residência, de pessoas ou populações, de um país para outro. </li></ul>
  • 7. Imigração
  • 8. <ul><li>Considera-se fluxo migratórios, todos aqueles grupos de pessoas que se deslocam do seu país e lugar de origem para outros locais à procura de melhores oportunidade e melhor nível de vida. </li></ul><ul><li>Os principais destinos foram: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Venezuela e África do Sul. No intra-europeu direccionou-se mais para França e Alemanha, constituindo estes os grandes pólos de atracção. </li></ul>
  • 9. <ul><li>Procura de maior poder económico </li></ul><ul><li>Condições políticas </li></ul><ul><li>Guerras </li></ul><ul><li>Religião </li></ul>
  • 10.  
  • 11. <ul><li>Países desenvolvidos; </li></ul><ul><li>Maior oferta de emprego; </li></ul><ul><li>Melhores condições sociais, económicas e políticas; </li></ul>
  • 12. <ul><li>Condições económicas precárias </li></ul><ul><li>Guerra </li></ul><ul><li>Ditaduras </li></ul><ul><li>Más condições sociais </li></ul>
  • 13. <ul><li>Portugal, passou de um país de emigração para um país de imigração, ou seja, a entrada de pessoas é superior à saída. </li></ul><ul><li>As maiores comunidades imigrantes legais em Portugal foram os brasileiros, ucranianos, cabo-verdianos e angolanos. </li></ul><ul><li>Este grande fluxo migratório muito se deveu à abertura das fronteiras da União Europeia por parte da Alemanha, em 1999. No entanto, devido à escassez de empregos indiferenciados nesse país fez com que estes migrassem para sul, para a Península Ibérica, onde existiam grandes necessidades de mão-de-obra para a construção civil e agricultura nos dois países ibéricos. </li></ul>
  • 14.  
  • 15. <ul><li>Os Portugueses levaram o vinho do Porto, o Fado, Folclore, gastronomia e a arquitectura portuguesa, etc.; </li></ul><ul><li>Os imigrantes trouxeram também a gastronomia, a arquitectura, música, etc.; </li></ul>
  • 16. <ul><li>Na época dos descobrimentos eram as naus os meios mais utilizados para transportarem as pessoas para povoarem as colónias; </li></ul><ul><li>Na época 60/70 utilizava-se o comboio e muitos casos iam mesmo a pé, porque emigravam sobretudo para a França; </li></ul><ul><li>Actualmente os meios mais utilizados são o carro e o avião; </li></ul>
  • 17.  
  • 18. <ul><li>O aquecimento climático está a forçar espécies animais e vegetais a migrar para altitudes mais elevadas, tanto nas florestas tropicais da América Central como nas montanhas da Califórnia. </li></ul><ul><li>Procura de Alimentos </li></ul><ul><li>Melhores condições climáticas </li></ul>
  • 19.  
  • 20. <ul><li>Cláudia nº4 </li></ul><ul><li>Elisabete nº 5 </li></ul><ul><li>Ilídia nº6 </li></ul><ul><li>Luísa nº8 </li></ul>

×