Relatorio vih sida 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Relatorio vih sida 2010

on

  • 154 views

 

Statistics

Views

Total Views
154
Views on SlideShare
154
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Relatorio vih sida 2010 Document Transcript

  • 1. ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA CRIANÇA PROJECTO DE SENSIBILIZAÇÃO PARA DESPISTAGEM VOLUNTÁRIA DO VIH/SIDA NAS TABANCAS DA REGIÃO DE BAFATÁ ATRAVES DE GRUPO TEATRAL INFANTIL RELATÓRIO DE ACTIVIDADES (2ª ETAPA) PARECERIA: AMIC – CELULA DE GESTÃO DO PNDS BISSAU, MARÇO DE 2010
  • 2. 1. Introdução Com o objectivo de sensibilizar, despistar e consciencializar as populações locais para maior responsabilização das tabancas na prevenção do VIH/SIDA, a AMIC e a Célula de Gestão do PNDS do Ministério da Saúde Publica assinaram em Setembro de 2009, um Acordo de Parceria com vista a implementação do Projecto de Sensibilização para a Despistagem Voluntária do VIH/SIDA nas tabancas da região de Bafatá. A referida mobilização social é feita através do grupo teatral infantil para dramatização de peças e animação ao vivo. O Projecto prevê a realização de catorze (14) sessões de sensibilização no terreno tendo já realizado dez (10) deslocações sendo cinco (5) por cada desbloqueamento da verba. Assim sendo, nesta segunda etapa, AMIC realizou cinco (5) sessões de sensibilização nas tabancas abaixo em observância da programação de actividades do projecto. SECTORES GANADU COSSE XITOLE BAIRRO/TABANCA Priam Darsame Pate Bana Demba Meta Sintchan Mole DATA 20 FEV 2010 27 FEV 2010 6 MAR 2010 13 MAR 2010 20 MAR 2010 SEMANA Sábado Sábado Sábado Sábado Sabado 2. Distribuição de Preservativos Na sequência das orientações da Célula de Gestão do PNDS as aquisições de preservativos são feitas na Direcção Regional de Saúde através da Responsável de Saúde da Família. Assim, o Coordenador do Projecto requisitou cinco (5) unidades de 144 preservativos masculinos elevando o número de 720 preservativos CONDON distribuídos nas tabancas onde se desenrolou as actividades do projecto. A distribuição dos preservativos é feita pelo animador acompanhante do grupo teatral durante a assistência. 3. Despistagem Voluntária do VIH/SIDA Um numero considerável de interessados a despistagem voluntária poderia beneficiar localmente esse serviço, mas dada a necessidade de realizar aconselhamento antes e depois de teste, acaba-se por consumir maior tempo na realização desta actividade de um lado, e do outro, a própria reacção tardia dos interessados enquanto se esperava quem será o primeiro para depois disponibilizar-se. Todavia, conseguiu-se despistar nessas cinco (5) sessões um total de 9 pessoas.
  • 3. SECTORES BAIRRO/TABANCA GANADU Priam Darsame Pate Bana Demba Meta Sintchan Mole COSSE XITOLE DESPISTAGEM H M 2 1 2 1 1 1 1 7 2 TOTAL 3 2 1 1 2 9 4. Debate Comunitário “Djumbai di Comunidade” A experiência acumulada na realização de actividades de mobilização social das comunidades urbanas e semi-urbanas nas intervenções da AMIC permitelhe elaborar Guião de Orientação e de Animação Comunitária dos projectos que executa no terreno. Foi nesta base, que os animadores acompanhantes do grupo teatral são facultados com os textos abaixo para dirigir e animar o grande público com perguntas e respostas durante assistência. DJUMBAI DI CUMUNIDADE GÓS, IORA DI DJUMBAI. NÔ NA BA FASSI DJUMBAI DI CUMUNIDADE KU PURGUNTAS I RESPOSTAS SOBRE SIDA. NÔ MISTI SIBI SI DJINTIS N’TINDI DIRITU ÉS MENAGEM DI SIDA KU MININUS TISSI NA ÉS DJUMBAI DI AÓS LI NA TABANCA.  PURMERO, NÔ MISTI SIBI QUÊ KU DJINTIS SIBI SOBRI DUENÇA DI SIDA? TAMBI NÔ MISTI SIBI QUÊ KU DJINTIS SIBI SOBRE BITCHOS DI SIDA?  KUMA KU ÉS BITCHOS DI SIDA TA PANHADO I KUMA TAMBI KI TA LIBRADO?  SUGUNDO, NÔ MISTI SIBI KUMA KU ALGUIM PODI SIBI SI I TENE BITCHO DI SIDA OU IKA TENE BITCHO DI SIDA NA SI CURPO? ATRAVES DI KÊ KU TA SIBI NEL SI BU TENE BITCHO DI SIDA OU BU KA TENE BITCHO DI SIDA? I NA NUNDÉ KU TA BA SIBI NEL?
  • 4.  PAQUILA, NÔ NA BA FASSI PURGUNTAS PA TUDU DJINTIS KU STA LI ÉS DJUMBAI PA É RUSPUNDINO ÉS PURGUNTAS.  CADA QUIM PUDI RUSPUNDI NA LINGUA KI MISTI. SI NA CRIOL, NA FULA, NA MANDINGA, NA BALANTA, OU QUALQUER LINGUA KU ALGUIM MISTI PAPIA NEL I PUDI PAPIA SIM PURBLEMA. M’MISTI PA BÔ CONTAN SI I SIM (SI I BARDADE) OU SI I NÃO (SI IKA BARDADE (FALSO) ÉS PERGUNTAS KU NA BIM FASSI. 1. SÓ NA DJUBI ALGUIM KU TENE CORPU BONITO (HOMI OU MINDJER) BU PUDI SIBI SI ÉS ALGUIM TENE SIDA OU I KA TENE SIDA? PABIA? RESPOSTA: NÃO (IKA BARDADE I FALSO) – PABIA CORPU TA N’GANA. 2. NA ÉS TRIS MANERAS KU NA FALA BÔS, NA KAL DELIS KU ALGUIM PUDI PANHA BITCHO DI SIDA? A) LABA CORPU LIMPO ANTES DI TEM OU DIPUS TEM KU HOMI OU KU MINDJER B) PA KA TEM NAM NIM KU HOMI NIM KU MINDJER (ABSTINENCIA) C) USA CAMISINHA DIRITU NA ORA DI TEM. RESPOSTAS: B) KU C) 3. SI ALGUIM STA DUENTE, KUMA KU NÔ PUDI SIBI SI I TENE BUTCHO DI SIDA? A) NÔ PUDI SIBI NA CABAS DI SORTI DI DJAMBACUS B) NÔ PUDI SIBI NA ANALISI DI SANGUI NA CENTRO DI SAUDI OU NA HOSPITAL. C) NÔ PUDI SIBI NA MORO GARANDI DI TABANCA RESPOSTA: B)
  • 5. 4. ALGUIM KU TENE BITCHO DI SIDA, KÊ KI I DIBIDI FASSI? A) IDIBIDI CONTA SI PARCERO DI KUMA I TENE BITCHO DI SIDA B) IDIBIDI CONTA SI PARENTIS MÁS PERTO DI KUMA I TENE BITCHO DI SIDA C) IDIBIDI RANDJA SI CAU APARTI NA MORANÇA D) I DIBIDI CONTADO KÊ KI SIDA RESPOSTAS: A) KU D) 5. LI NA TABANCA, SI ALGUIM TENE SIDA KUMA KU NÔ DIBIDI FASSI? A) NÔ DIBIDI CONTA POLICIA PA BIM TIRANO EL NA TABANCA B) NÔ DIBIDI RANDJAL SI QUARTO APARTI NA CASSA C) NÔ DIBIDI TRATAL DIRITU I NÔ DJUDAL NA DUENÇA RESPOSTA: C) FIM 4. Recomendações No âmbito da execução do projecto no terreno recomenda-se a Célula de Gestão do PNDS que o desbloqueamento das tranches seja efectuada em observância ao calendário para não comprometer a programação de actividades no terreno. Igualmente, o atraso na disponibilização dos fundos quebra a ritmo de actividades e desmorona as crianças. Bafatá, 25 de Março de 2010 O Coordenador do Projecto Cipriano Domingos Sanca Jornalista