Manual do multiplicador de gerenciamento de água

4,233 views
3,895 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,233
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
51
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Manual do multiplicador de gerenciamento de água

  1. 1. SumárioIntrodução.............................................................................................................. 3A.importância.do.Programa.de.Uso.Racional.da.Água.-.PURA................................. 4Sobre.a.educação.ambiental................................................................................... 6Temas.transversais.................................................................................................. 7 . 3.1.-.Os.conteúdos.disciplinares.no.contexto.da.água...................................... 8Principais.temas.ambientais.................................................................................. 11 . 4.1.A.evolução.do.homem............................................................................ 14 4.2.O.aquecimento.global............................................................................. 18 4.3.Impactos.ambientais. .............................................................................. 36 . 4.4.Megacidades.–.O.futuro.global............................................................... 38 . 4.5.Biodiversidade......................................................................................... 48 4.6.Água.–.O.berço.da.vida........................................................................... 54Distribuição.da.água.doce.superficial.no.mundo................................................... 58Sistemas.produtores. ............................................................................................ 61 .Multiplicando.ideias.e.atitudes.............................................................................. 69Apêndice.–.Outras.atividades.............................................................................. 106Legislações......................................................................................................... 115 .Abreviaturas....................................................................................................... 118Referências.bibliográficas.................................................................................... 119
  2. 2. Elaboração: .Consórcio.Cobrape-Etep. . Consórcio.Revita. . . Coordenação Geral: Haroldo.Ribeiro.de.Oliveira Jorge.Nelson.P..Gonçalves Lineu.Rodrigues.Alonso Rosângela.Mendes.F..Patrício. Equipe técnica: Sonia.Maria.Nogueira Adalgisa.Silva Mario.Schmitt Mauricio.J..de.Salles Ramon.Velloso.de.Oliveira Márcia.Maria.Marques Rui.Gregório.de.Salvo.Jr. Equipe de apoio: Filipe.Celeti Karina.Paola.Morales.Cardenas Revisão ortográfica: Fernando.Antonio.Patrick.de.Moraes Adaptação de imagens: Beatriz.Pollachi Criação e diagramação: Regina.Gotlieb.Beer.Salles Agradecimentos: Agradecimento.aos.profissionais.da.Sabesp.pela.colaboração. e.ao.Diretor.Metropolitano.Paulo.Massato.Yoshimoto.
  3. 3. IntroduçãoA. Sabesp.está.realizando.amplo.trabalho.para.informar.e.conscientizar.a.popula- ção.sobre.a.escassez.da.água.e.informar.a.sociedade.sobre.a.gestão.dos.recursos.hídricos.e.sobre.o.ciclo.do.saneamento. A. compreensão. desses. conceitos. é. de. fundamental. importância. para. as. ações. de.proteção.e.preservação.dos.recursos.hídricos,.mundialmente.considerados.como.um.bem.escasso.e.finito. Este.manual.oferece.ao.educador.informações.atualizadas.sobre.os.temas.meio.ambiente.e.preservação.e.conservação.dos.recursos.hídricos,.com.o.objetivo.de.fornecer.informações.e.instrumentalizar.os.educa-dores.para.que,.no.contexto.da.vivência.escolar.e.na.realida-de.manifestada.regionalmente,.possam.desenvolver.atividades.que.contribuam.na.formação.dos.alunos.para.serem.cidadãos.que. pensem. e. atuem. por. si. e. consigam. a. capacidade. de.examinar.criticamente.as.ideias.que.lhes.são.apresenta-das.e.a.realidade.social.que.compartilham. As. atividades. sugeridas. por. ciclo. es-colar.pretendem.auxiliar.o.educador.na. …é.necessário.que.a.escola.aplicação.dos.conceitos.em.sala.de.aula.. se.proponha.a.trabalhar.com.São.exercícios.simples.que.permeiam.as. atitudes,.com.formação.de.diversas.matérias.do.currículo.escolar..Os. valores,.com.o.ensino.e.a.alunos.poderão.pensar,.pesquisar,.colo- aprendizagem.de.habilidades.rir,.brincar.e.criar.objetos.com.materiais.recicláveis,.sempre.refletindo.sobre.a.ne- e.procedimentoscessidade.de.preservar.o.meio.ambiente.e,.principalmente,.a.água.
  4. 4. 1A importância do Programa deUso Racional da Água - PURAÉ. consenso.mundial.que.a.água.é.um.bem.finito.e.limitado..Todos.os.dias.nós.vemos.e.ou- vimos.informações.sobre.este.tema..Sabemos.que.apenas.0,01%.da.água.doce.vinda.dos.rios.de.nosso.planeta.está.disponível.para.o.consumo.humano..E.o.que.temos.feito.para.preservar.este.importante.recurso? Atenta.a.esta.questão,.a.Companhia.de.Saneamento.Básico.do.Estado.de.São. Paulo.(Sabesp).desenvolveu,.entre.outras.ações,.o.Programa.de.Uso.Racional.da. Água.(PURA),.que.tem.como.objetivo.atuar.na.demanda,.incentivando.o.uso. racional.através.de.ações.tecnológicas,.medidas.de.conscientização.e.de. sensibilização,.promovendo.a.mudança.cultural.da.população.quanto. ao. desperdício. da. água,. visando. enfrentar. a. sua. escassez,. tendo. como.seu.foco.principal.as.bacias.hidrográficas.em.condições.críti- cas.de.disponibilidade.hídrica.. Os.objetivos.do.Programa.de.Uso.Racional.da.Água.(PURA),.que.estende. suas.ações.ao.consumo.doméstico.e.não-doméstico,.se.fazem.cada.vez.mais. prementes.e.destacados,.não.apenas.nos.limites.da.Região.Metropolitana.de.São. Paulo.(RMSP),.como.também.em.qualquer.centro.urbano.do.mundo.Os principais benefícios do programa são:• Prorrogar.a.vida.útil.dos.mananciais.existentes,.promovendo.a.conservação.dos.recursos.hídricos;• Promover.uma.maior.disponibilidade.de.água.para.população;• Reduzir.investimentos.na.captação.de.água,.cada.vez.mais.distante.dos.centros.urbanos;• Diminuir.o.volume.de.esgotos.a.serem.coletados.e.tratados;• Diminuir.o.consumo.de.energia.elétrica.e.outros.insumos.
  5. 5. A.importância.do.Programa.de.Uso.Racional.da.Água.-.PURA Como. incentivo. a. essas. práticas,. o. Governo. do. Esta- do. de. São. Paulo,. através. do. Decreto. Estadual. nº. 45.805,. de. maio/2001,.instituiu.o.Programa.Estadual.de.Uso.Racional.da. Água.Potável.no.âmbito.dos.órgãos.da.administração.pública. direta,.das.autarquias,.das.fundações.instituídas.ou.mantidas. pelo.Poder.Público.e.das.empresas.em.cujo.capital.o.Estado.te- nha.participação.majoritária,.bem.como.das.demais.entidades. por. ele. direta. ou. indiretamente. controladas,. orientado. para. obter. a. redução. de. 20%. do. consumo.. O. Decreto. no. 48.138,.publicado.em.outubro/2003,.instituiu.medidas.de.redução.de.consumo.e.racionalização.do.uso.de. água. no. mesmo. âmbito,. considerando. a. necessidade. de. sensibilizar,. orientar. e. reeducar. os.agentes.públicos.e.privados,.para.que.utilizem.água.de.modo.racional.e.eficiente,.designando.a.função.do.controlador. O.município.de.São.Paulo,.com.base.na.lei.estadual,.em.28.de.junho.de.2005.institui.através.da.Lei.Municipal.14.018/05.o.Programa.de.Conservação.e.Uso.Racional.e.Reúso.em.edificações.(regulamentado.pelos.Decretos.47.279,.de.maio/2006.e.o.Decreto.47.731.de.setembro/2006)..A. .lei.municipal.também.prevê.a.redução.de.20%.do.consumo. A. Sabesp. está. implantando. o. PURA. nas. escolas. da. rede. pública. de. ensino. do. Governo. do.Estado.de.São.Paulo.e.da.Prefeitura.Municipal.de.São.Paulo,.contemplando.além.de.intervenções.físicas.(como.a.substituição.de.equipamentos.hidrossanitários.existentes.por.equipamentos.eco-nomizadores),.ações.de.sensibilização.e.formação.de.profissionais.da.educação..Estes.educadores.desempenharão.o.papel.de.agentes.multiplicadores.e.controladores.para.a.manutenção.das.ins-talações.hidrossanitárias.das.unidades.escolares..Terão.um.papel.fundamental.para.que.as.ações.físicas.e.educacionais.atinjam.o.objetivo.de.contribuir.com.a.preservação.dos.recursos.hídricos,.diminuindo.o.consumo,.sem.prejudicar.a.qualidade.do.atendimento.e.eliminar.o.desperdício.e.as.perdas.de.água.por.vazamentos. “Economizando.água,. você.poupa.a.natureza.e. o.seu.próprio.bolso.”
  6. 6. 2Sobre a educação ambientalP reocupar-se.com.questões.ambientais.e.sua.abordagem.dentro.da.escola.vai.além.do.en- sino.de.ciências..“Se.a.escola.pretende.estar.em.consonância.com.as.demandas.atuais.da.sociedade,.é.necessário.que.trate.de.questões.que.interferem.na.vida.dos.alunos.e.com.as.quais.se.vêem.confrontados.no.seu.dia-a-dia”.(BRASIL,.1997a,.p..44-5)..O.meio.ambiente.é.um.tema.que.interfere.na.vida.do.aluno.e.está.presente.em.seu.cotidiano. Uma.sociedade.preocupada.com.seus.filhos.e.com.o.mundo.que.herdarão.sabe.da.impor-tância.em.ensinar.sobre.os.recursos.naturais.e.de.sua.escassez..É.necessário.mostrar.como.os.atos.de.cada.indivíduo.podem.repercutir.na.forma.como.o.homem.interage.com.a.natureza..Neste.sentido,.trabalhar.com.o.tema.meio.ambiente.“contribui.para.a.formação.de.cidadãos.conscientes,.aptos.a.decidir.e.a.atuar.na.rea-lidade.socioambiental.de.modo.comprometido.com.a.vida,.com.o. bem-estar. de. cada. um. e. da. sociedade,. local. e. global.. Para.isso,.é.necessário.que,.mais.do.que.informações.e.conceitos,.a.escola.se.proponha.a.trabalhar.com.atitudes,.com.formação.de.valores,.com.o.ensino.e.a.aprendizagem.de.habilidades.e.procedimentos.(BRASIL,.1998a,.p..67).” A.transformação.valorosa.da.natureza.requer.que.se.compreenda.a.escassez..Se.os.recursos.são.finitos,. há. que. se. pensar. em. como. prolongar. o.uso.da.natureza.em.benefício.do.homem..Faz-se.necessário.o.uso.consciente.dos.recursos.naturais..Há.a.destruição.da.fauna.e.flora.locais.com.o.crescimento.das.atividades.agrícolas.e.pecuárias;.há.a.poluição.do.leito.de.rios,.seja.pela.ati-vidade.industrial.com.produtos.químicos.ou.pela.ocupação.urbana.com.a.falta.de.saneamento;.há. alteração. no. clima. devido. à. concentração. de. poluentes. na. atmosfera;. há. desperdício. dos.recursos.hídricos.também.devido.ao.desperdício.elétrico;.há.a.utilização.de.agrotóxicos.e.o.uso.de.alteração.genética.nas.práticas.agrícolas..Significa.que.a.educação.ambiental.compreende.um.universo.temático.grande..Muito.além.de.preocupações.globais,.o.ambiente.escolar.é.ótimo.para.proporcionar.o.entendimento.dos.problemas.locais.
  7. 7. 3 Temas transversaisA. transversalidade.diz.respeito.principalmente.à.dimensão.da.didática,.e.a.interdisciplinari- dade.refere-se.a.uma.abordagem.epistemológica.dos.objetos.de.conhecimento..Ambas.se.fundamentam.na.crítica.de.uma.concepção.de.conhecimento.que.toma.a.realidade.como.um.conjunto.de.dados.estáveis.sujeitos.a.um.ato.de.conhecer.isento.e.distanciado..Ambas.apontam.a.complexidade.do.real.e.a.necessidade.de.se.considerar.a.teia.de.relações.entre.os.seus.diferentes.e.contraditórios.aspectos. A.interdisciplinaridade.questiona.a.segmentação.entre.os.diferentes.campos.de.conhecimento.produzidos.por.uma.abordagem.que.não.leva.em.conta.a.inter-relação.e.a.influência.entre.eles..Refere-se,.portanto,.a.uma.relação.entre.disciplinas. A. transversalidade. diz. respeito. à. possibilidade. de. se. estabelecer,. na. prática. educativa,. uma.relação.entre.aprender.sobre.a.realidade.e.as.questões.da.vida.real.(aprender.na.realidade.e.da.realidade). Na. prática. pedagógica,. interdisciplinaridade. e. transversalidade. alimentam-se. mutuamente,.pois.o.tratamento.das.questões.trazidas.pelos.Temas.Transversais.expõe.as.inter-relações.entre.os.objetos.de.conhecimento,.de.forma.que.não.é.possível.fazer.um.trabalho.pautado.na.transversa-lidade.tomando-se.uma.perspectiva.disciplinar.rígida..A.transversalidade.promove.uma.compre-ensão.abrangente.dos.diferentes.objetos.de.conhecimento,.bem.como.a.percepção.da.implicação.do.sujeito.de.conhecimento.na.sua.produção,.superando.a.dicotomia.entre.ambos..Por.essa.mes-ma.via,.a.transversalidade.abre.espaço.para.a.inclusão.de.saberes.extra-escolares,.possibilitando.a.referência.a.sistemas.de.significado.construídos.na.realidade.dos.alunos. Os.temas.transversais,.portanto,.dão.sentido.social.a.procedimentos.e.conceitos.próprios.das.áreas.convencionais,.superando.assim.o.aprender.apenas.pela.necessidade.escolar.
  8. 8. Manual.do.Multiplicador A transversalidade nos parâmetros curriculares nacionais A.problemática.trazida.pelos.temas.transversais.está.contemplada.nas.diferentes.áreas.curri- culares..Está.presente.em.seus.fundamentos,.nos.objetivos.gerais,.nos.objetivos.de.ciclo,.nos.con- teúdos.e.nos.critérios.de.avaliação.das.áreas..É.preciso.atentar.para.o.fato.de.que.a.possibilidade. de.inserção.dos.temas.transversais.nas.diferentes.áreas.(Língua.Portuguesa,.Matemática,.Ciências. Naturais,.História,.Geografia,.Arte.e.Educação.Física).não.é.uniforme,.uma.vez.que.é.preciso.res- peitar.as.singularidades.tanto.dos.diferentes.temas.quanto.das.áreas. Existem.afinidades.maiores.entre.determinadas.áreas.e.determinados.temas,.como.é.o.caso.de. Ciências.Naturais.e.Saúde.ou.entre.História,.Geografia.e.Pluralidade.Cultural,.em.que.a.transver- salidade.é.fácil.e.claramente.identificável. Antes. de. ser. a. última. palavra. em. projeto. interdisciplinar,. esta. proposta. tem. como. objetivo. mostrar.que.há.a.possibilidade.de.colocar.em.prática.este.projeto.no.ensino.fundamental..A.partir.. dos.conteúdos.e.potencialidades.inerentes.a.cada.ciclo.escolar,.é.possível.propor.o.ensino.da.te- mática.do.meio-ambiente.para.crianças. Este.caderno.contém.a.proposta.de.trabalho.referente.ao.tema.Água:.seu.ciclo,.sua.composi- ção,.seu.uso,.sua.importância,.bem.como.trataremos.de.temas.referentes.às.questões.ambientais.. Dentre.estes.temas.é.possível.abordar.a.água.e.as.questões.ambientais.em.todas.as.disciplinas.das. séries.iniciais,.conferindo.diversos.olhares.sobre.o.mesmo.objeto..A.importância.de.um.projeto. interdisciplinar.é.ampliar.o.olhar.do.aluno.frente.aos.questionamentos.que.se.apresentam..Conhe- cer.o.mundo.é.reconhecer-se.no.mundo.como.um..participante.do.convívio.social. . 3.1 - Os conteúdos disciplinares no contexto da água Primeiros ciclos (1ª a 4ª série) Matemática: além.da.interpretação.de.problemas,.existe. o.uso.funcional.que.se.dará.no.cotidiano..Com.isto,.as. operações. básicas. da. matemática. podem. ser. utilizadas. na.quantificação.de.água,.bem.como.em.exercícios.que. contenham.a.água.e.seu.uso.em.sua.formulação.. Língua Portuguesa: se.o.ensino.da.Língua.Portuguesa. tem.como.proposta.nos.PCN.o.uso.da.língua.em.diferen- tes.contextos,.pode-se.utilizar,.por.exemplo,.a.interpre- tação.dos.códigos.linguísticos.presentes.numa.conta.de. água.e.em.embalagens.de.brinquedos,.na.produção.de. redações.de.versos,.canções.de.roda. História e Geografia: no. primeiro. ciclo. é. importante. que.o.aluno.entenda.seu.contexto.socioeconômico..Pode. ser. tratado. como. o. homem. que. usa. a. água. de. acordo. com. seu. contexto. histórico-geográfico,. por. exemplo,.
  9. 9. Temas.transversaisnuma.tribo.indígena..No.segundo.ciclo.é.possível.tratar.sobre.a.questão.da.água.nas.diferenças.entre.campo.e.cidade,.mostrando.as.relações.existentes.entre.o.homem.e.o.meio.ambiente..No.campo.há.o.problema.da.mecanização.das.atividades.rurais.e.na.cidade.há.a.superpopulação.e.os.problemas.de.poluição.das.águas.Ciências: segundo.os.PCN,.é.necessário.no.primeiro.ciclo.que.se.compreenda.que.a.natureza.é.dinâmica..A.água.se.apresenta.de.diversas.formas.e.varia.de.um.ambiente.para.o.outro..A.água.é.o.elemento.principal.para.que.exista.vida.e.se.estudem.os.seres.vivos..No.segundo.ciclo.os.alunos. .já.possuem.conhecimento.para.que.possam.coletar.dados.e.trabalhar.com.a.formulação.de.pro-blemas.e.observação.de.regularidades..A.coleta.de.chuva.ou.medição.da.água.da.escola.durante.determinado.tempo.permite.que.os.alunos.possam.compreender.o.método.científico.aplicado.a.um.estudo.das.águas.(ciclo.da.água).Educação Física: compreender.o.próprio.corpo.é.também.compreender.que.somos.formados.por.água.e.que.é.importante.para.a.saúde.física..A.transpiração.e.a.hidratação.são.necessárias.para.que.se.possa.correr,.pular.e.brincar.Projeto para todas as matérias: o. ensino. do. uso. da. água. na. higiene. pessoal. e. as. transfor-mações.de.hábitos,.como.deixar.a.torneira.desligada.enquanto.se.escova.os.dentes,.podem.ser.trabalhados.em.grandes.campanhas.da.unidade.escolar..A.elaboração.de.uma.exposição.ou.feira.das.águas.ao.término.do.projeto.é.uma.ótima.maneira.do.aluno.sentir-se.participante.de.algo.que.engloba.toda.a.sua.escola..O.empenho.em.decorar.e.produzir.a.escola.para.uma.feira.(seja.interna.ou.aberta.para.a.comunidade),.além.de.ensinar.sobre.a.temática.ambiental,.proporciona.um.aprendizado.de.convívio.importante.para.a.educação.Últimos ciclos (ª a ª série)Matemática: uso.de.operações.mais.complexas.na.resolução.de.problemas.envolvendo.a.água..Uso.da.estatística.e.de.gráficos.e.tabelas.para.possibilitar.a.quantificação.do.gasto.domiciliar.com.água,.bem.como.o.cálculo.de.porcentagem.e.criação.de.tabelas.estatísticas.dos.hábitos.da.sala.Língua Portuguesa: utilização.de.textos.grandes,.evitando.o.excesso.de.fragmentos..A.domina-ção.da.língua.constrói-se.ao.aprender.os.diferentes.tipos.de.linguagem..Os.alunos.podem.escre-ver.sobre.o.problema.da.água,.elaborar.debates.e.textos.argumentativos,.produzir.painéis.com.slogans.curtos..Com.isto.percebem.que.podem.falar.sobre.o.mesmo.assunto.com.a.utilização.de.diferentes.linguagens.e.que.é.necessário.compreender.para.quem.se.fala.para.saber.usar.a.melhor.forma.de.se.fazer.entendido.Arte:.além.das.artes.visuais,.a.utilização.do.teatro,.da.música.e.da.dança.possibilita.aos.alunos.a.reinterpretação.do.meio.no.qual.vivem..Em.todas.as.expressões.artístico-culturais.houve.artistas.
  10. 10. Manual.do.Multiplicador que. se. preocuparam. com. o. mundo.. Uma. obra. es- tática.ou.musical.e.o.próprio.corpo.podem.ser.utili- zados.como.maneira.de.imitar.a.realidade.e.até.de. denunciá-la..Através.da.arte.pode-se.falar.dos.bene- fícios.e.dos.problemas.da.água.de.uma.maneira.mais. livre.e.informal. Ciências: ampliar.a.compreensão.da.natureza,.abor- dando.os.problemas.globais.e.da.complexidade.dos. fenômenos.naturais.decorrentes.da.intervenção.hu- mana..Foco.na.saúde.e.das.doenças.típicas.de.uma. nova.forma.de.organização.social..Mostrar.como.os. pequenos.hábitos.podem.trazer.consequências.drás- ticas.ao.planeta,.ou.salvá-lo. História: devido.à.ampliação.da.compreensão.his-10. tórica,.é.possível.trabalhar.outras.épocas..Os.alunos. podem.compreender.a.utilização.da.água.em.outras. culturas.e.as.relações.sociais.existentes.com.o.uso.da.água..O.tema.da.água.pode.ser.referência. para.a.comparação.de.uso.e.das.disputas.e.modos.de.vida.de.outros.povos. Geografia: a.água.ajuda.a.compreender.a.terra,.suas.bacias.hidrográficas,.o.clima,.os.ventos,.as. vegetações,.os.relevos..Além.das.transformações.que.já.ocorreram,.os.alunos.podem.compreen- der.que.o.mundo.é.dinâmico.e.que.o.modo.como.usamos.a.água.transforma.–.e.está.transfor- mando.–.as.características.físicas.de.nosso.planeta,.levando.à.escassez.e.aumentando.a.distância. entre.países.ricos.e.pobres. Educação Física: é.possível.aprofundar.os.conhecimentos.so- bre.o.corpo.humano..A.água.está.presente.nas.relações.bioquí- micas.do.corpo.e.é.importante.para.que.exista.o.movimento.e. transformações.dos.alimentos.em.tecidos..Em.outras.atividades. expressivas. e. rítmicas. podem. se. utilizar. da. temática. da. água. para.que.os.alunos.aprendam.a.se.expressar.com.o.corpo. Projeto.para.todas.as.matérias:.assim.como.nos.primeiros. ciclos. (1ª. a. 4ª. séries),. a. elaboração. de. uma. feira. ou. exposi- ção.das.águas.ao.término.do.projeto.é.uma.ótima.maneira.do. aluno. sentir-se. participante. de. algo. que. engloba. toda. a. sua. escola..O.empenho.em.decorar.e.produzir.a.escola.para.uma. feira.(seja.interna.ou.aberta.para.a.comunidade),.além.de.en- sinar.sobre.a.temática.ambiental,.proporciona.um.aprendizado. de.convívio.importante.para.a.educação..Os.alunos.da.5ª.a.8ª. séries.já.possuem.maior.autonomia.para.a.elaboração.da.feira.. Ouvir. os. alunos. é. uma. ótima. maneira. de. receber. propostas,. de.mobilizar.outros.alunos.e.a.comunidade.tendo.em.vista.a. importância.da.água.
  11. 11. 4 Principais temas ambientais Você.conhece.os. E.as.consequências. principais.problemas. deste.processo.ao. ambientais.globais? meio.ambiente? Já.parou.para.analisar. o.processo.evolutivo. do.ser.humano?.A presente.crise.ecológica.nos.conduz. a. uma.revisão.de. paradigmas,. à. reflexão. sobre.a. participação.do.coletivo.na.construção.de.um.modelo.de.políticas.ambientais.focadas.na.sustentabilidade.do.planeta.e.na.preservação.de.todas.as.espécies. Neste.módulo.serão.apresentados.alguns.temas.que.atualmente.permeiam.todos.os.noticiários.e.meios.de.comunicação,.além.de.ocupar.valioso.espaço.no.meio.acadêmico.e.científico..Temas.importantes.para.aqueles.que.pretendem.construir.uma.sociedade.mais.sustentável,.mediante.a.informação.e.o.conhecimento.crítico.acerca.dos.significados.de.nossas.atitudes.perante.o.meio.natural.dos.humanos.modernos.e.pré-modernos.
  12. 12. Manual.do.Multiplicador Tratados e Convenções Protocolo de Kyoto Você.já.sabe,.mas.só.pra.reforçar! O. Protocolo. de. Kyoto. completou. dez. anos. em. 2007. e. recebeu. de. presente. o. desprezo. de. alguns.países.ricos,.que.desejam.fugir.de.compromissos.mais.rígidos.de.corte.de.emissões.de.ga- ses-estufa.dentro.do.acordo.que.eles.mesmos.ajudaram.a.construir..Durante.a.13ª.Conferência.do. Clima.(COP-13),.que.acontece.na.Indonésia,.as.delegações.do.Canadá,.da.Austrália.e.do.próprio. Japão.-.onde.o.protocolo.foi.criado.-.bloquearam.tentativas.de.aprofundamento.para.2013. .O.Protocolo.de.Kyoto,.criado.em.1997,.estabelece.que.os.países.ricos.precisam.cortar.5,2%,. em.média,.das.emissões.de.gases-estufa,.em.relação.a.1990,.entre.2008.e.2012..O.único.país.que. não.segue.essas.metas.são.os.Estados.Unidos..Os.demais.trabalham.há.alguns.anos.em.estratégias.12. de.redução.de.suas.emissões..Ainda.assim,.projeções.da.ONU.indicam.que.nem.todos.conseguirão. cumprir.o.prometido É.o.caso.do.Japão..Com.um.sistema.energético.já.eficiente,.seria.complexo.e.caro.cortar.suas. emissões.entre.25%.e.40%,.até.2020,.como.deseja.a.União.Européia..A.inclusão.dessas.taxas.no. rascunho.discutido.em.dezembro.de.2007.na.COP-13.foi.barrada.pela.delegação.japonesa. As.metas.de.redução.de.gases.não.são.homogêneas.a.todos.os.países,.colocando.níveis.di- ferenciados.de.redução.para.os.38.países.que.mais.emitem.gases;.o.protocolo.prevê.ainda.a.di- minuição.da.emissão.de.gases.dos.países.que.compõem.a.União.Européia.em.8%,.já.os.Estados. Unidos.em.7%.e.o.Japão.em.6%. Países.em.franco.desenvolvimento.como.Brasil,.México,.Argentina,.Índia.e.principalmente.a. China.não.receberam.metas.de.redução,.pelo.menos.momentaneamente. O.Protocolo.de.Kyoto.não.apenas.discute.e.implanta.medidas.de.redução.de.gases,.mas.tam- bém.incentiva.e.estabelece.medidas.com.intuito.de.substituir.produtos.oriundos.do.petróleo.por. outros.que.provocam.menos.impacto..Diante.das.metas.estabelecidas,.o.maior.emissor.de.gases. do.mundo,.Estados.Unidos,.se.desligou.em.2001.do.protocolo,.alegando.que.a.redução.iria.com- prometer.o.desenvolvimento.econômico.do.país. Fonte: http://www.brasilescola.com/geografia/protocolo-kyoto.htm Agenda 21 A. Agenda. 21. foi. um. dos. principais. resultados. da. conferência. Eco-92,. ocorrida. no. Rio. de. Janeiro,.Brasil,.em.1992..É.um.documento.que.estabeleceu.a.importância.de.cada.país.a.se.com- prometer.e.a.refletir,.global.e.localmente,.sobre.a.forma.como.governos,.empresas,.organizações. não-governamentais.e.todos.os.setores.da.sociedade.poderiam.cooperar.no.estudo.de.soluções. para.os.problemas.socioambientais..
  13. 13. Principais.temas.ambientaisSemana Mundial da Água Em.2009,.durante.o.mês.de.agosto,.será.realizado.a.World.Water.Week.(Semana.Mundial.da.Água),.evento.realizado.desde.1991.em.Estocolmo,.Suécia..O.evento.ganhou.uma.boa.reputação.internacional,.pois.ao.explorar.e.relacionar.as.melhores.práticas,.a.compreensão.científica,.a.visão.política.e.de.tomada.de.decisão,.o.programa.visa.transcender.a.retórica.e.fornecer.respostas.reais.para.o.mundo.e.os.problemas.relacionados.com.a.água..O.triênio.2009-2011.terá.como.tema.“Água.–.Resposta.às.Mudanças.Globais”..Neste.ano.de.2009.se.discutirá.o.“Acesso.à.Água.como.um.Bem.Comum”.Fonte: http://www.worldwaterweek.org/aboutCarta da Terra 13. A.Carta.da.Terra.é.uma.declaração.de.princípios.éticos.fundamentais.para.a.construção.de.uma.sociedade.global.justa,.sustentável.e.pacífica,.no.século.21..Inicialmente.foi.uma.proposta.da.ONU,.mas.terminou.como.uma.carta.da.iniciativa.global.da.sociedade.civil..Entre.seus.princípios.há.a.integridade.ecológica.(das.interações.entre.os.seres.vivos,.entre.os.seres.vivos.e.o.ambiente.que.habitam).e.o.respeito.e.cuidado.para.com.a.vida. Diversas.organizações.aderiram.à.carta,.legitimando-a..Tem.sido.considerada.tão.importante.quanto.a.Declaração.Universal.dos.Direitos.Humanos..Seus.princípios.éticos.a.tornam.uma.decla-ração.dos.deveres.do.homem.para.com.o.planeta.Terra. Seu.texto.não.é.muito.extenso.e.sua.linguagem.não.é.complicada,.o.que.a.torna.um.ótimo.documento.para.ser.tratado.com.os.estudantes..“Num.momento.onde.educação.para.o.desen-volvimento.sustentável.tornou-se.essencial,.a.Carta.da.Terra.oferece.um.instrumento.educacional.muito.valioso”.Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/prtTratado de Educação Ambiental para SociedadesSustentáveis e Responsabilidade Global O.Tratado.de.Educação.Ambiental.para.Sociedades.Sustentáveis.e.Responsabilidade.Global.é.um.documento.elaborado.por.pessoas.de.vários.países.do.mundo,.publicado.durante.a.Rio-92,.que.se.tornou.referência.para.a.Educação.Ambiental. Tornou-se.a.Carta.de.Princípios.da.Rede.Brasileira.de.Educação.Ambiental,.e.das.demais.redes.de.EA.a.ela.entrelaçadas,.e.subsidia.também.o.Programa.Nacional.de.Educação.Ambiental,.do.Órgão.Gestor.da.Política.Nacional.de.Educação.Ambiental.(Ministério.do.meio.Ambiente.e.Minis-tério.de.Educação.e.Cultura).http://forumearebea.org/tratado-de-educacao-ambiental-para-sociedades-sustentaveis-e-responsabilidade-global/
  14. 14. Manual.do.Multiplicador 4.1 A evolução do homem A.relação.entre.sociedade.e.meio.ambiente.vem.se.afirmando.como.uma.das.principais.preo- cupações,.tanto.no.campo.das.políticas.públicas.quanto.no.da.produção.de.conhecimento..Para. isso.é.necessário.desmistificar.os.preconceitos.sobre.a.relação.das.sociedades.com.seus.ambientes. naturais.—.preconceitos,.tais.como.os.mitos.da.existência.de.um.vínculo.harmonioso.entre.socie- dade.e.natureza.nos.tempos.pré-industriais,.o.da.tecnologia.moderna.como.causa.última.da.crise. ecológica,.ou.o.do.papel.sacrossanto.da.ciência.como.guia.em.direção.à.sustentabilidade..Em.se- gundo.lugar,.concerne.à.questão.de.como.abordar.os.problemas.ambientais.de.modo.a.caminhar. rumo.a.sociedades.mais.sustentáveis. As.sociedades.primitivas.estabeleciam.uma.re- lação.aparentemente.harmoniosa,.mas.predatória. com.a.natureza..A.imagem.de.sociedades.pré-in- dustriais.ou.pré-capitalistas.vivendo.em.harmonia. “Sabemos.que.a.origem.da. com.a.natureza.tem.o.apelo.de,.presumidamente,. vida.aconteceu.talvez.em.14. oferecer.exemplos.reais.de.convivência.equilibra- torno.de.quatro.bilhões. da.com.esta. de.anos.atrás,.nos.lagos.e. O.papel.dos.caçadores.paleolíticos.na.extin- oceanos.da.Terra.” ção. de. animais. em. continentes. de. colonização. Carl.Sagan tardia.forneceu.uma.prova.dos.efeitos.diretos.e. indiretos.que.sociedades.com.tecnologias.“sim- ples”.são.capazes.de.provocar.em.longo.prazo.sobre.o.meio. ambiente.—.ainda.que.outras.variáveis,.como.mudanças.climáticas,.possam. também.intervir. A.fragmentação.do.habitat,.resultante.da.derrubada.das.matas,.da.caça.indiscriminada,.da. destruição.da.megafauna.e.da.introdução.de.espécies.predadoras.exóticas.são.causas.que.não. diferem,.qualitativamente,.daquelas.que,.hoje,.são.identificadas.como.responsáveis.pela.extinção. de.espécies..Não.são.necessárias.máquinas.de.desmatamento.maciço.para.provocar.grandes.da- nos.ambientais.. Também.em.um.nível.orgânico.registram-se.significativas.consequên- cias..Em.suas.atividades.de.coleta.e.de.caça,.os.hominídeos.adquiriram. parasitas.próprios.aos.primatas.e.outros.microrganismos,.que.transfor- maram.os.ecossistemas..Há.aproximadamente.10.mil.anos,.a.domesti- cação. de. plantas. e. animais. implicou. alterações. radicais,. com. o. seden- tarismo,. as. novas. dietas,. as. concentrações. populacionais. e. de. lixo,. de. animais.domésticos.e.de.plantas,.que.afetaram.radicalmente.a.evolução. dos.microrganismos..É.possível.que.muitas.infecções.contemporâneas.(tu- berculose,.antraz.etc.).tenham.sua.origem.na.domesticação.de.animais,.no. contato.direto.com.eles.e.no.consumo.de.produtos.deles.derivados. As.epidemias.de.varíola.entre.os.anos.251.e.266.d.C.,.a.peste.bubônica. nos.séculos.XIII.e.XIV,.e.as.catástrofes.provocadas.pelas.epidemias.na.Améri- ca.espanhola.do.século.XVI.são.exemplos.eloquentes.de.uma.relação.pouco. harmônica.com.a.natureza.externa.e.interna.ao.ser.humano,.ainda.que.estes. resultados.tenham.sido.indiretos.e.não.intencionais.
  15. 15. Principais.temas.ambientais A. natureza. não. pode. ser. considerada. como. algo. externo,. ao. qual. a. sociedade. humana. se.adapta,.mas.sim.em.um.entorno.de.co-evolução,.no.qual.cada.atividade.humana.implica.a.emer-gência.de.dinâmicas.próprias.e.independentes.na.natureza.externa..Toda.sociedade.possui.de-terminados.conhecimentos.e.práticas.que.conduzem.à.reprodução.da.natureza.externa,.ou.ao.cuidado.com.ela,.sem.por.isso.excluir.outros.que.acarretam.efeitos.depredatórios.ou.degradantes.sobre.os.ecossistemas..O.industrialismo.como.causa.última.da.crise.ambiental.precisa.da.alterna-tiva.que.as.“sociedades.primitivas”.aparentemente.oferecem:.satisfação.de.necessidades.básicas.acopladas.a.sistemas.tecnológicos.elementares.e.ao.uso.de.fontes.energéticas.renováveis.. Informes.das.Nações.Unidas.reconhecem,.hoje,.que.sociedades.agrícolas.menos.incorporadas.ao.mercado.exibem.maior.equilíbrio.ambiental,.e.que.sua.integração.ao.mercado.seria.causa.de.um.incremento.da.degradação.do.ambiente.como.um.comportamento.cultural.universal..A.crise.ambiental.é,.também,.um.resultado.do.grau.de.desenvolvimento.técnico..A.crise.ambiental.que.a.humanidade.enfrenta.hoje,.e.que.tende.a.se.intensificar.no.futuro.caso.os.seres.humanos.não.mudem.sua.relação.e.interação.com.o.meio,.não.é.consequência.do.desenvolvimento.tecnológico.e.sim.do.distanciamento.do.homem.da.Terra,.de.sua.origem..Os.indivíduos.e.o.meio.ambiente.adaptam-se. mutuamente:. eles. co-evoluem. numa. dança. contínua.. Se. a. evolução. humana. não.respeita.o.processo.evolutivo.dos.ecossistemas,.consequentemente.provoca-se.um.desequilíbrio,. 1.cujos.resultados.podem.não.favorecer.a.continuidade.da.espécie.humana.e.dos.demais.seres.que.habitam.o.planeta.Terra.. A.verdade.é.que.os.problemas.ambientais.não.podem.ser.ignorados..As.mudanças.climáti-cas.unificam.os.diversos.problemas.ambientais,.realizando.perfeitamente.a.associação.da.inter-relação.entre.os.fenômenos.e.os.ciclos.de.vida,.tão.importante.na.ecologia..Ademais,.ninguém.poderá.ficar.alheio.às.mudanças.climáticas..Elas.surgem.como.uma.preocupação.de.todos.que.unifica.ideologicamente.a.sociedade,.pois.representa.um.desafio.para.a.continuidade.da.própria.espécie.humana. O. que. podemos. fazer. para. que. as. próximas. gerações. tenham. condições. dignas. de. vida?.Como.estimular.nossas.crianças.a.pensar.na.ecologia.profunda.e.na.interligação.dos.sistemas,.a.“Teia.da.Vida”? A.Teia.da.Vida,.(The.web.of.life),.de.Fritjof.Capra,.propõe.a.visão.de.uma. interligação.ecológica.de.todos.os.eventos.que.ocorrem.na.Terra.e.da.qual. fazemos.parte,.de.forma.fundamental..O.autor.defende.o.conceito.de. Ecologia.Profunda.-.conceito.filosófico.que.vê.a.humanidade.como.mais. um.fio.na.teia.da.vida,.no.qual.cada.elemento.da.natureza,.inclusive.a. humanidade,.deve.ser.preservado.e.respeitado.para.garantir.o.equilíbrio. do.sistema.da.biosfera.
  16. 16. Sugestão de atividades 1º ciclo Atividade 1 Em.1856,.no.vale.do.rio.Neander,.na.Alemanha,.foi.descoberto. o.fóssil.de.um.indivíduo.que.viveu.nessa.região.há.70.mil.anos..Os. Neandertais.eram.mais.robustos.do.que.o.ser.humano.atual:.tinham. um.crânio.de.conformação.mais.maciça,.face.saliente.e.fronte.baixa;. o. volume. de. seu. cérebro. era. comparável. ao. nosso.. Usavam. ferra- mentas.para.manipular.as.peles.dos.animais,.que.utilizavam.como. roupas.para.se.protegerem.do.frio. Estimule.os.alunos.para.pesquisarem.sobre.o.tema.e.trabalharem.com.recortes.de. imagens.para.montagem.de.uma.exposição.na.sala.de.aula. Atividade 2 – Vamos colorir16.
  17. 17. 2 º ciclo Atividade 3 Estimule.uma.pesquisa.sobre.o.tema.e.peça.para.que.as.crianças.façam.uma.correlação.sobre.o.modo.de.vida.do.homem.atual.e.nossos.antecedentes. O. homo. habilis. viveu. há. cerca. de. 2,5. milhões. de. anos. e. foi.contemporâneo.do.australopithecus,.mas.com.capacidade. craniana.ampliada..Esta.espécie.incluiu.carne.em.sua.alimenta- ção,.o.que.provocou.mudanças.em.sua.arcada.dentária. Fonte: http://www.algosobre.com.br/historia/pre-historia-a-origem Como.se.organizavam.as.famílias? . ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________ ._______________________________________________MATERIAL DE APOIO Neste.documentário.conheceremos.a.vida.do.homem.pré-histórico. entre.12.e.40.mil.anos.atrás..Nessa.época,.o.homem.moderno.já.havia. se.estabelecido.em.todos.os.continentes,.com.exceção.da.África..Es- ses.mesmos.humanos.dividiam.o.continente.com.feras.pré-históricas. como:. tigres. dente-de-sabre,. mamutes. e. ursos. gigantes.. Utilizando. os. mais. modernos. recursos. tecnológicos. e. científicos,. mostraremos. como.eram.esses.animais.e.como.era.a.terra.onde.eles.viviam..Veja. nossos.ancestrais.vivendo.e.lutando.por.sua.sobrevivência. Fonte: http://castordownloads.net/?p=6253 17.
  18. 18. Manual.do.Multiplicador 4.2 O aquecimento global O que ameaça o planeta Terra? O.aquecimento.global.tem.sido.descrito.como.a.maior.ameaça.à.humanidade..De.acordo.com. a. revista. Science,. o. que. preocupa. os. pesquisadores. “é. a. possibilidade. de. termos. iniciado. uma. lenta,.mas.irrefreável,.avalanche.de.mudanças”..Os.céticos.questionam.essa.declaração..De.fato,. muitos.concordam.que.a.Terra.está.ficando.cada.vez.mais.quente,.mas.estão.incertos.quanto.às. causas.e.as.consequências..Dizem.que.as.atividades.humanas.talvez.sejam.um.fator,.mas.não.ne- cessariamente.o.principal..Por.que.essas.diferenças.de.opinião? Um.dos.motivos.é.que.os.complexos.processos.físicos.por.trás.dos.sistemas.climáticos.não.são. entendidos.plenamente..Outro.motivo.é.que.grupos.interessados.na.proteção.do.meio.ambiente. costumam.interpretar.à.sua.maneira.dados.científicos,.tanto.focando.na.preservação.quanto.nos. interesses.que.regem.o.sistema.capitalista.e.economias.locais.de.diversos.países.1. A temperatura está mesmo aumentando? De.acordo.com.um.recente.relatório.do.Painel.Intergovernamental.sobre.Mudanças.Climáticas. (IPCC),.patrocinado.pela.Organização.das.Nações.Unidas.–.ONU,.o.aquecimento.global.é.“inequí- voco”,.ou.seja,.um.fato;.e.é.“bem.provável“.que.a.humanidade.tenha.boa.parte.da.culpa..Alguns. não.concordam.com.isso,.em.especial.quanto.ao.fator.humano,.mas.admitem.que.a.temperatura. nas.cidades.possa.estar.aumentando.por.causa.do.crescimento.delas..Além.disso,.o.concreto.e.o. aço.absorvem.o.calor.do.sol.com.facilidade.e,.em.geral,.demoram.a.esfriar.à.noite..Mas.a.tem- peratura.medida.nas.cidades,.segundo.os.céticos,.não.reflete.o.que.acontece.nas.regiões.rurais.e. pode.distorcer.as.estatísticas.globais. Em.2007,.o.aquecimento.global.se.tornou.evidente.na.Passagem.do.Noroeste.(entre.Alasca.e. Rússia),.que.pela.primeira.vez.na.história.ficou.completamente.desobstruída..“O.que.vimos.este. ano.comprova.que.os.períodos.de.degelo.estão.ficando.mais.longos”,.disse.um.cientista-sênior.do. Centro.Nacional.de.Dados.sobre.os.Gelos.e.as.Neves,.dos.Estados.Unidos. O efeito estufa: essencial para a vida Um.dos.motivos.para.essas.mudanças.é.a.intensifica- ção.do.efeito.estufa,.fenômeno.natural.essencial.para.a. vida.na.Terra..Quando.a.energia.solar.chega.ao.planeta. Terra,.cerca.de.70%.é.absorvida,.aquecendo.o.ar,.o.solo. e.o.mar..Se.não.fosse.por.esse.mecanismo,.a.temperatura. média.da.superfície.terrestre.seria.de.uns.-18º.C..Por.fim,. o.calor.absorvido.volta.para.o.espaço.na.forma.de.radia- ção.infravermelha,.evitando.assim.que.a.Terra.superaque- ça..Mas.a.atmosfera.retém.mais.calor.quando.poluentes. mudam.sua.composição..Isso.pode.fazer.com.que.a.tem- peratura.da.Terra.aumente.. Gases. como. dióxido. de. carbono,. óxido. nitroso,. me- tano. e. vapor. de. água. contribuem. para. o. efeito. estufa..
  19. 19. Principais.temas.ambientaisA. concentração. dos. gases. de. efeito. estufa. na. atmosfera. aumentou. de. modo. significativo. nos.últimos.250.anos,.desde.o.início.da.Revolução.Industrial.e.o.aumento.no.uso.de.combustíveis.fósseis,.como.o.carvão.e.o.petróleo..Outra.possível.causa.da.intensificação.do.efeito.estufa.é.o.aumento.da.quantidade.de.animais.de.criação,.pois.seus.processos.digestivos.produzem.metano.e.óxido.nitroso..Alguns.pesquisadores.mencionam.outras.causas.do.aquecimento.que,.segundo.eles,.ocorreram.antes.que.o.homem.pudesse.influenciar.o.clima.Variação normal ou mudança ocasionada? A.temperatura.da.Terra.já.teve.variações.significativas.no.passado.com.os.chamados.períodos.glaciais,.quando.a.Terra.era.supostamente.bem.mais.fria.que.agora;.e,.para.apoiar.a.teoria.do.aquecimento.natural,.é.possível.encontrar.evidências.de.que.em.certas.épocas.em.regiões.frias,.como.a.Groenlândia,.crescia.vegetação.típica.de.regiões.mais.quentes..No.entanto,.os.cientistas.admitem.que.quanto.mais.distante.no.tempo,.mais.difícil.é.afirmar.como.era.o.clima. 1. O.que.causou.as.significativas.variações.de.temperatura.antes.da.influencia.humana?. Entre.as.possíveis.causas.estão.as.erupções.solares,.que.estão.relacionadas.com.as.variações.de.emissão.de.energia.solar..Além.disso,.a.órbita.da.Terra.se.movimenta.em.ciclos.que.duram.muitos.milhares.de.anos.e.afetam.a.distância.entre.o.nosso.planeta.e.o.Sol..Existe.também.a.influência.da.poeira.vulcânica.e.das.mudanças.nas.correntes.oceânicas.A ciência a favor do homem Se.a.temperatura.da.Terra.está.aumentando,.que.efeito.isso.terá.sobre.nós.e.o.meio.ambiente?.É.difícil.fazer.previsões.exatas..Mas.hoje.em.dia.os.cientistas.podem.usar.computadores.potentes.e.programas.de.simulação.digital.do.sistema.climático,.onde.são.introduzidos.dados.científicos.como.as.leis.da.física,.dados.climáticos.e.os.fenômenos.naturais.que.influenciam.o.clima. Essas.simulações.permitem.que.os.cientistas.façam.experiências.climáticas,.eles.alteram.os.da-dos,.a.quantidade.de.energia.emitida.pelo.sol.para.ver.como.isso.afeta.o.gelo.polar,.a.temperatura.do.ar.e.do.mar,.o.índice.de.evaporação,.a.pressão.atmosférica,.a.formação.de.nuvens,.o.vento.e.a.chuva..Conseguem.simular.erupções.vulcânicas.e.analisar.o.efeito.que.a.poeira.vulcânica.tem.sobre.o.clima..E.podem.examinar.os.efeitos.do.desmatamento,.da.forma.como.o.solo.é.usado,.do.cresci-mento.populacional,.das.mudanças.nas.emissões.dos.gases.de.efeito.estufa.e.assim.por.diante.. Os.cientistas.esperam.que.essas.simulações.aos.poucos.se.tornem.mais.exatas.e.confiáveis..O.IPCC.examinou.seis.cenários.simulados.por.computador.que.variam.desde.a.produção.irrestrita.de.gases.de.efeito.estufa.até.as.restrições.atuais,.e.por.fim,.simulou.situações.com.restrições.mais.rígidas.. Cada. uma. dessas. simulações. produz. reações. climáticas. e. ambientais. diferentes.. À. luz.dessas.previsões,.os.analistas.recomendam.várias.medidas,.incluindo.limites.obrigatórios.nas.emis-sões. de. combustíveis. fósseis. (petróleo. e. carvão,. principalmente),. multas. para. infratores,. maior.utilização.de.tecnologias.que.não.danifiquem.o.meio.ambiente.e.educação.ambiental.em.todos.os.setores.da.sociedade.
  20. 20. Sugestões de atividades Para.sensibilizar.as.crianças.sobre.o.aquecimento global,.podem.ser.desenvolvidas.di- versas.atividades.como:.leitura.de.textos.com.análise.em.grupo,.produções.de.textos.escritos,. oficinas.com.reaproveitamento.de.resíduos.sólidos,.exibição.de.filmes.como.“Wall-E”,.“Era.do. Gelo.2”,.dinâmicas.variadas,.pintura.de.desenhos,.palestras,.pesquisas.e.brincadeiras. Para.que.o.educador.possa.avaliar.se.as.atividades.aplicadas,.tanto.em.sala.de.aula.como. em.atividades.extraclasse,.atingiram.seus.objetivos,.é.importante.que.a.cada.atividade.seja. aplicada.uma.avaliação..Podem.ser.realizados.momentos.de.discussões.e.comentários,.bus- cando.estimular.todos.os.alunos.a.relatarem.suas.experiências.e.impressões. 1º ciclo As.cruzadinhas.e.os.caça-palavras.são.atividades.que.colocam.em.foco.não.só.a.quan- tidade.de.letras.necessárias.para.escrever.uma.palavra,.como.também.quais.letras.utilizar. em.função.do.“cruzamento”.das.palavras..Essas.atividades.também.ajudam.a.estimular. a.percepção.das.letras,.por.isso,.são.ótimas.atividades.para.os.alunos.com.hipótese.de. escrita.silábica.e.silábico-alfabética,.por.instigá-los.a.refletir.sobre.quais.e.quantas.letras. utilizar.na.escrita.das.palavras. Atividade 1 - Caça-Palavras ambientais PALAVRAS: •.PRESERVAR.•.AGUA.•.FELIZ.•.FAUNA.•.FLORA.•.LIMPO. . •.ARVORE.•.CUIDAR.•.SAUDAVEL.•.CHUVA.•.NATUREZA. . •.INTELIGENTE.•.VIDA.•.CEU.•.NUVEM. . CAÇA-PALAVRAS PARA OS ALUNOS R T Y S F G H J K T R E U B T H I F A S D F T Y U I D N S U A E K T F H T P R E S E R V A R Z G D J F PALAVR E S H F P Y O B D X T G F U C F D PRESER L L E V R T F S H L U U A A S R X AGUA I X G F U T F Ç O M R F U N Q W E FELIZ Z I Y A X C L V M N E B T Q W B L FAUN E N W U R F O D V G Z X R U B Ç W FLOR I T E N U Y R C D Q A V A X C E U LIMPO D E S A L H E S P R I G O L W P G ARVOR V L A J I R S F L O R A S Q I Y B CUIDA V I U W T X T L E R A D G B W T A SAUDAV I G T B E G A U F U O H E R B J U CHUV D E I U B H P C D S A U D A V E L NATURE R N V I D A U U Y E R R T Y A L I INTELIGE W T J D L J R I T D N U V E M Y T VIDA T E G S I A K D R M K J E L G T R CEU J L T I M L H A E F C H U V A C S NUVE K R C O P I S R J D N I O H D S J Ç A R V O R E L K C M V Z B E W P L U G U Y T A F V B Z B X V Y L O20.
  21. 21. Atividade 2 - Cruzadinha nº 1 21.
  22. 22. Atividade 3 - Cruzadinha nº 2 3 LETRAS 4 LETRAS 5 LETRAS 6 LETRAS 7LETRAS 8 LETRAS 11 LETRAS 14 LETRAS SOL BOIA PEIXE OCEANO PLANETA PESCADOR SUSTENTAVEL DESENVOLVIMENTO LAR VIDA LIMPO COMIDA VALORES CASA BARCO BALEIA AMOR UNIÃO FUTURO REVER TERRA Cruz .222.
  23. 23. Atividade 4 - Corte e cole Sugira.aos.alunos.que.procurem.em.revistas.e.jornais,.imagens.e.pa-lavras. que. abordem. temas. ambientais.. Peça. que. façam. uma. colagem.sobre.situações.de.degradação.ambiental.e.na.sequência.colem.figuras.e.palavras.que.apontem.a.solução.para.o.problema.. Atividade 5 - Organize as frases Objetivo:. obter. conhecimento. quanto. à. conservação. do. ambiente,. de. uma. maneira.divertida,.onde.se.utiliza.o.raciocínio.lógico.da.criança.para.ordena- ção.das.frases.. Material:.frases.desordenadas. Procedimento: colocar.em.ordem.as.palavras.de.modo.a.formar.uma.frase. Ex.:.A.respeitar.cuidar.e.natureza.Devemos.todos;.é.uma.maneira.de.o.acú- mulo.de.lixo.A.reciclagem.naturais.conservar.e.de.evitar.os.recursos. Ordem correta: Devemos.todos.cuidar.e.respeitar.a.natureza. A.reciclagem.é.uma.maneira.de.conservar.os.recursos.naturais.e.de.evitar.o. acúmulo.de.lixo. 23.
  24. 24. Hortas na escola Quando.as.próprias.crianças.cultivam.ou.preparam.os.próprios.alimentos.que.comem,. eles. quase. sempre. se. tornam. mais. atrativos.. Os. hábitos. alimentares. permanentes. que. as. crianças.adquirem.a.partir.de.programas.de.educação.alimentar.na.escola.podem.interferir. em.toda.sua.prática.alimentar..Criar.uma.horta.na.escola.é.um.laboratório.vivo.para.diferen- tes.atividades.didáticas,.uma.forma.de.educar.e.ao.mesmo.tempo.integrar.a.criança.com.o. meio.ambiente,.além.de.integrar.a.comunidade.nas.atividades.escolares. O.“Manual.para.Escolas”.que.trata.sobre.o.tema.pode.ser.obtido.no.site:. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/horta.pdf Atividade 6 - Hortas em garrafa PET Quanto.tempo.leva.para.uma.semente.se.transformar.em.uma.plantinha? Essa.atividade.ajuda.os.professores.a.ensinar.as.crianças.a.entenderem.o.processo.natural. de.crescimento.das.mudas.até.se.tornarem.uma.árvore,.por.exemplo,.conscientizando.os. alunos.quanto.ao.desmatamento.. Material necessário • 3.garrafas.PET.vazias; • 1,2.quilos.de.terra; • 800.gramas.de.adubo; • 1.quilo.de.areia; • Sementes.de.salsinha.e.cebolinha; • Água; • Estilete; • Tesoura; • Pá.e.rastelo; • 3.suportes.para.floreira; • 12.parafusos.com.bucha. Caso.as.hortas.ficarem.no.chão,.não.são.necessários.os.suportes.e.os.parafusos. Como fazer 1. Corte as garrafas Com.o.estilete,.faça.uma.abertura.de.13.por.20.centímetros.nas.três.garrafas..Duas.delas,. que.servirão.de.jardineiras,.devem.ser.furadas.na.parte.de.baixo.para.que.a.água.escorra. (inserir.foto)..A.terceira.garrafa.terá.a.função.de.armazenar.a.água.excedente.da.rega,.caso. elas.forem.ficar.na.parede..Se.a.escolha.for.colocá-las.no.chão,.utilize.a.terceira.garrafa.como. horta.também.24.
  25. 25. 2. Prepare a terraMisture.três.partes.de.terra.com.duas.de.esterco.de.gado.bem.curtido,.que.não.tem.cheiro.como.o.de.galinha..Coloque.a.terra.em.duas.garrafas,.plante.as.sementes.e.regue.3. Evite a água paradaColoque. areia. na. terceira. garrafa,. que. funcionará. como. prato.. Assim,. você. impede. que.surjam.na.água.focos.de.mosquito.da.dengue.4. Pendure a hortaEscolha.uma.parede.em.que.bata.bastante.sol.e.fixe.os.suportes,.deixando.20.centímetros.de.espaço.entre.um.e.outro..Pendure.as.jardineiras.a.uma.altura.que.permita.às.crianças.ver.as.plantas.Outra opção Se.você.preferir,.pode.montar.sua.hortinha.utilizando.outros.modelos.de.suporte..No.mercado.existem.vários.tipos..Outra.opção.é.pendurar.as.garrafas.com.cordas.finas,.que.são.mais.baratas..Para.deixar.os.vasos.ainda.mais.bonitos,.pinte-os.com.tinta.acrílica. Também.pode.plantar.pimentões,.a.partir.das.sementes.que.descascamos,.plantar.to-mates,.manjericão.etc..As.crianças.poderão.levar.para.casa.e.ensinar.seus.pais.a.cultivar.seus.próprios.temperos.Oficina de brinquedosAtividade 7 - Bilboquê e jogo de argolas O que você precisa: . • Garrafas.plásticas.com.tampa; • Tesoura; • Papel.alumínio; • Barbante.Etapas• 1°:.cortar.a.garrafa.pet.a.cerca.de.10.cm.do.gargalo;• 2°:.cortar.10.tiras.do.restante.da.garrafa.pet,.cada.uma. com.aproximadamente.1.cm.de.largura..Juntar.as.pontas. das.tiras.com.a.fita.adesiva.transparente;.• 3°:. enfeitar. o. gargalo. da. garrafa. e. as. tiras. com. a. fita. adesiva.colorida. Para.brincar.é.só.lançar.as.tiras.tentando.acertá-las.sobre.o.gargalo.da.garrafa. Fonte: http://www.recicloteca.org.br/Default.asp?Editoria=7SubEditoria=35 2.
  26. 26. Comparação de grandezas As.situações.didáticas.que.envolvem.o.trabalho.com.grandezas.e.medidas.contribuem.para. que.os.alunos.possam.determinar.uma.comparação.com.um.padrão.preestabelecido. A.comparação.de.grandezas.de.mesma.natureza.é.que.dá.origem.à.ideia.de.medida-padrão. e.permite.o.estabelecimento.de.relações.entre.as.unidades.usuais,.verificando.de.modo.simples.o. que.é.maior.ou.menor. Atividade 8 - Vamos comparar. Pinte o maior de todos26.
  27. 27. Atividade 9 - Vamos ligar as imagens Ligue o numeral à quantidade certa Ligar o conjunto da natureza ao conjunto a que pertencem 27.
  28. 28. Manual.do.Multiplicador SAIBA MAIS DESASTRES CLIMÁTICOS EM 2007 Em.2007.ocorreu.o.maior.número.de.desas- tres.climáticos.de.toda.a.história..O.Escritório. das.Nações.Unidas.para.a.Coordenação.de. Assuntos. Humanitários. (OCHA). emitiu. 14. pedidos. de. emergência,. 4. a. mais. do. que. o. recorde.anterior,.estabelecido.em.2005..Alis- tamos.abaixo.apenas.alguns.dos.desastres.que. ocorreram. em. 2007.. É. claro. que. acontecimentos. isolados.não.indicam.necessariamente.uma.tendên- cia.de.longo.alcance:2. • Grã-Bretanha:.mais.de.350.mil.pessoas.foram.afetadas.pelas.piores.enchentes.em.mais. de.60.anos; • Inglaterra.e.País.de.Gales:.os.meses.de.maio.a.julho.foram.os.mais.chuvosos.desde.1766,. quando.registros.começaram.a.ser.mantidos; • África.Ocidental:.enchentes.afetaram.800.mil.pessoas.em.14.países; • Lesoto:.temperaturas.altas.e.a.seca.destruíram.plantações,.mais.de.553.mil.pessoas.pre- cisaram.receber.ajuda.alimentícia; • Sudão:.chuvas.fortes.deixaram.150.mil.desabrigados..Pelos.menos.500.mil.pessoas.rece- beram.ajuda; • Madagascar:.ciclones.e.chuvas.fortes.assolaram.a.ilha,.desabrigando.33.mil.habitantes.e. destruindo.as.plantações.de.260.mil.pessoas; • Coréia.do.Norte:.calcula-se.que.960.mil.pessoas.foram.severamente.afetadas.por.enchen- tes,.deslizamentos.de.terra.e.de.lama.em.vários.lugares; • Bangladesh:. enchentes. afetaram. 8,5. milhões. de. habitantes. e. mataram. mais. de. 3. mil. pessoas.e.1.250.000.animais.de.criação..Quase.1,5.milhões.de.casas.foram.danificadas. ou.destruídas; • Índia:.enchentes.afetaram.30.milhões.de.pessoas; • Paquistão:.chuvas.causadas.por.ciclones.deixaram.377.mil.habitantes.desabrigados.e.ma- taram.centenas..Bolívia:.Mais.de.350.mil.pessoas.foram.afetadas.por.enchentes.e.25.mil. ficaram.desabrigadas; • México:.enchentes.regionais.deixaram.pelo.menos.500.mil.pessoas.desabrigadas.e.afeta- ram.mais.de.1.milhão.de.habitantes; • República.Dominicana:.chuvas.fortes.prolongadas.causaram.enchentes.e.deslizamentos. de.terra,.desabrigando.65.mil.pessoas; • Estados. Unidos:. secas. no. sul. da. Califórnia. causaram. incêndios. que. obrigaram. 500. mil. pessoas.a.fugir.de.suas.casas.
  29. 29. 2º cicloAtividade 10 - Roda de jornais e revistas Sentar. em. roda. é. uma. boa. estratégia. para. socializar. informações,. já. que. favorece. um.ambiente.de.troca.entre.os.alunos..Por.isso.é.importante.realizar.a.atividade.sentada.em.círcu-lo..Você.pode.selecionar.noticias.interessantes.sobre.os.temas:.meio.ambiente,.recuperação,.preservação.e.conservação,.aquecimento.global,.desmatamento.da.floresta.amazônica,.entre.outros..Disponibilizar.o.material.para.que.os.alunos.escolham.as.notícias,.lêem.comentem..In-centive.os.alunos.a.comentar.a.notícia.e.a.estabelecer.relações.com.outros.fatos.da.vida.Dica:.depois.da.roda,.coloque.a(s).notícia(s).lida(s).no.mural.da.classe.e,.ao.final.da.semana,.arquive-a(s).em.uma.espécie.de.álbum,.construindo.assim.uma.hemeroteca.(biblioteca.de.peri-ódicos.–.jornais.e.revistas),.que.pode.servir.para.consulta.ou.estudo.posteriormente. Este.trabalho.cumpre.duas.funções.básicas:• Desenvolver.o.hábito.de.leitura.de.publicações.periódicas;• Apresentar.o.jornal.e.a.revista.como.veículos.de.informações.por- tadores.de.vários.gêneros.textuais.(notícia,.reportagem,.classi- ficados.etc.). Atividade 11 - Leitura e composição de poemas - Dobrado Os.alunos.podem.escolher.temas.relacionados.ao.meio.ambiente.que.con- siderem.mais.interessantes.e.compor.poemas. Uma.sugestão.de.trabalho.em.grupo.seria.a.Poema.Dobrado: Como fazer: 1. Divida.a.sala.em.grupos; 2. Em. uma. folha. de. caderno,. um. aluno. escreve. a. primeira. estrofe.. Após. o. termino,.o.aluno.deve.dobrar.o.pedaço.de.papel.para.que.o.próximo.não. tenha.condições.de.ler; a). O.aluno.seguinte.escreve.na.sequência,.na.mesma.folha,.e.dobra; b). No.final,.após.o.último.escrever,.é.feita.a.leitura.do.poema.em.voz.alta.para. o.restante.da.sala.. 2.
  30. 30. Atividade 12 - Criando jogos e brincadeiras Os.alunos.podem.criar.jogos.e.brincadeiras.através.da.pesquisa.e.leitura..O.objetivo.é. motivar.a.leitura.e.a.produção.de.diversos.textos.instrucionais.e.conhecer.muitos.jogos.dife- rentes.para.ensiná-los.a.outras.pessoas.. Atividade 13 - Roda de curiosidades Incentivar.os.alunos.a.desenvolverem.pesquisas.sobre.temas.curiosos,.como: • As.plantas.carnívoras.são.aquelas.que.atraem,.capturam,.matam.e.digerem.alguns. animais,. principalmente. invertebrados.. As. flores. de. muitas. plantas. que. conse- guem.atrair.e.até.mesmo.capturar.e.matar.insetos,.somente.serão.conside- radas.carnívoras.se.tiverem.todas.as.características.comuns.a.elas..Na. verdade,.as.plantas.carnívoras.conseguem.digerir.esses.pequenos. invertebrados.e.absorver.seus.nutrientes; • A.areia.movediça.é,.geralmente,.bastante.rasa..Ela.ocorre.em.lu- gares.que.a.condição.ideal.aconteça,.pois.não.passa.de.areia.co- mum.super.saturada.de.água..Com.isso,.a.fricção.entre.as.partículas. diminui. e. forma-se. uma. mistura. de. areia. e. água. que. não. consegue. suportar.qualquer.peso..Se.você.pisar.na.areia.movediça,.ela.não.vai.te.sugar..Mas.se. você.fizer.movimentos.bruscos,.isso.vai.fazer.com.que.você.afunde.nela; • As.bromélias.são.plantas.nativas.do.continente.americano.e.estão.presentes.em.diver- sos.tipos.de.ambiente.na.natureza..Algumas.destas.plantas.formam.um.tanque,.de. acordo.com.a.conformação.de.suas.folhas,.podendo.acumular.água,.restos.de.folhas,. sementes.e.outras.formas.de.matéria.orgânica,.proporcionando.um.ambiente.com. boas.condições.para.formação.de.um.ecossistema..Dentro.de.seu.tanque.ela.pode. abrigar.animais.como.insetos,.sapos,.rãs,.além.de.algas.e.seres.decomposito- res.como.bactérias.e.fungos; • A.Via.Láctea,.galáxia.onde.fica.o.planeta.Terra,.tem.250.bilhões.de.estrelas.. Só.6.mil.podem.ser.vistas.a.olho.nu! Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/ver/curiosidades_sobre_lugares.html Este. momento. da. aula. tem. o. objetivo. de. favorecer. o. acesso. dos. alunos. à. leitura.de.gêneros.de.divulgação.científica..Esta.atividade.permite.que.eles.usem. a. leitura. para. aprender,. isto. é,. para. desfrutar. do. conhecimento. científico. que. está.nos.livros.e.participar.de.uma.cultura.na.qual.a.escrita.dá.acesso.a.diversos. conhecimentos..Antes.da.leitura,.os.alunos.devem.falar.a.respeito.de.seus.conhe- cimentos.sobre.o.assunto.e,.depois,.comentar.o.que.aprenderam.30.
  31. 31. Atividade 14 - Diluição de esgotosObjetivo: Calcular. o. volume. de. água. necessário. para. absorver. o. esgoto. de. uma. cidade. sem.prejudicar.a.qualidade.da.água.do.rio.em.que.é.lançado.Procedimentos:• Após.o.uso.da.água.em.nossa.casa,.cada.pessoa.da.região.metropolitana.de.São.Paulo. lança.aproximadamente.172.litros.de.esgoto.na.rede.todos.os.dias.,.e.cada.litro.desse. esgoto.têm.300.mg.de.DBO.(Demanda.Bioquímica.de.Oxigênio),.que.é.a.poluição.or- gânica;• Calcule.a.quantidade.de.água.necessária.que.deve.existir.em.um.rio.para.poder. receber,.absorver.e.diluir.o.esgoto.de.uma.cidade.com.45.000.habitantes. sem.qualquer.tratamento;• Para.que.a.água.do.rio.continue.a.ter.oxigênio.e.vida,.não.deve. existir.mais.do.que.10.mg.de.DBO.em.cada.litro.de.sua.água.. Essa.é.a.condição.para.que.a.água.do.rio.possa.continuar.a.ser. considerada.de.“qualidade”;• Apresente.e.discuta.o.conceito.de.qualidade.e.se.necessário.convide. alguém.que.trabalhe.com.esse.assunto.para.ajudá-lo.na.classe;• Após.realizar.o.cálculo.sugerido.acima.procure.avaliar.alguma.situação.próxima.do. seu.local.para.ver.se.essa.situação.pode.ser.aplicada. 31.
  32. 32. Atividade 15 - Atividades de percepção ambiental VISÃO Oriente.os.alunos.para.que.observem,.listem,.desenhem,.descrevem,.comentem,.representem. os.componentes.do.ambiente.da.sala.de.aula,.do.panorama.visto.da.janela.(da.casa,.da.escola,.do. jardim.etc.). Exercício 1 Identificar.o.que.é.da.natureza.e.o.que.foi.feito.e.transformado.pelo.homem. Objetivo: Despertar.para.uma.percepção.crítica.das.interferências.do.homem.sobre.eles. Exercício 2 Conduza-os.à.percepção.das.cores.da.natureza.(azul.do.céu,.branco.e. cinza.das.nuvens,.tons.de.verde.da.planta,.os.diferentes.tons.das.flores,. as.divisas.tonalidades.das.estações.do.ano.etc.).e.recorra.ao.lápis.de.cor. para.atentar.para.os.seus.tons.como.modelo.das.cores.com.que.o.homem. extrai.da.natureza.e.utiliza. Exercício 3 Induzi-los.a.comparar.um.ambiente.bonito.(um.jardim.bem.cuidado,.por.ex.).com.um.ambiente. degradado.e.sofrido.pela.ação.do.homem.(sem.flores,.sem.gramado,.com.bancos.destruídos). Exercício 4 Fazer.a.mesma.comparação.acima,.com.as.construções.(casas,.prédios,.escolas.etc.).conservadas.e. as.depredadas.por.atos.de.vandalismo,.a.fim.de.desenvolver.o.conceito.de.conserva- ção/preservação,.pois.ele.é.responsável.por.tudo.que.o.cerca. OLFATO Objetivo: Utilizar.o.sentido.do.olfato.para.identificar.os.odores.agradáveis,.conhe- cidos,.estranhos,.fortes,.suaves,.naturais.e.artificiais. Exercício 1 Peça.aos.alunos.para.observarem.e.registrarem.os.diferentes.tipos.de.odores.encontrados.em. casa,.no.caminho.da.casa.à.escola,.no.bairro,.nos.jardins.etc.,.e.comente-os. Exercício 2 Conduza-os.a.um.comentário.sobre.os.odores.da.atmosfera.de.uma.cidade,.do.campo,.do.mar,. de.uma.floresta,.de.um.riacho.32.
  33. 33. PALADARObjetivo: utilizar.o.paladar.para.distinguir.os.diferentes.sabores.Exercício 1 Promova.uma.discussão.que.permita.aos.alunos.distinguir.os.diferentes.sabo-res.dos.alimentos.ingeridos.no.cotidiano,.fazendo.uma.comparação.entre.os.“na-turais”.(frutas,.legumes.e.cereais).e.os.“artificiais”.(enlatados,.refrigerantes,.balas,.gomas.de.mascar.e.outros)..Propor-lhes.uma.dissertação.crítica.sobre.os.sabores.artificiais,.os.corantes,.os.estabilizantes,.os.conservantes.e.os.aditivos.em.geral.AUDIÇÃOObjetivos: Diferenciar.os.vários.tipos.de.sons.captados.no.seu.entorno.Exercício 1 Dirigir.a.atenção.dos.alunos.para.os.diferentes.sons.que.estão.sendo.ouvidos.no.momento.e.para.os.sons.do.dia-a-dia.Sugestão: Dramatização.(representação.de.ruídos.comuns,.sons.de.animais,.instrumentos.musicais.etc.) Fixar-se.sobre.os.sons.desagradáveis.ao.ouvido.(sons.de.motores,.de.explosão,.de.turbinas,.de.bate-estacas,.de.pancadas,.de.alarido.humano.etc.)TATOObjetivo: Fazer.uso.do.tato.para.sentir.as.diferentes.características.dos.ob-jetos.e.seres.(limpo,.sujo,.áspero,.liso,.duro,.mole,.quente,.frio),.atentando.para.os.ambientes.limpos.e.sujos.e.para.as.necessidades.de.higiene.do.meio.em.prol.do.bem-estar.coletivo..Utilizar.conjuntamente.os.recursos.da.visão.Exercício 1 Chame.a.atenção.de.sua.classe.para.perceber.a.limpeza.da.sala.de.aula,.encarregando. cada. grupo. de. alunos. das. atividades. habituais. de. limpeza,.passando.a.ideia.de.que.a.todos.cabe.a.responsabilidade.de.cuidar.de.seu.espaço..O.mesmo.aplica-se.à.sua.casa,.ao.seu.local.de.lazer,.à.rua,.parques.e.jar-dins.etc.Fonte: Matsushima, K. et al. Educação Ambiental: Guia do professor de primeiro e segundograus. São Paulo: SEMA, 1987, 292 p., Atividade 14 - Poluição de um lago. 33.
  34. 34. Atividade 16 Objetivo: Entender.como.ocorre.o.espalhamento.da.poluição.em.um.lago. Material: 1. Uma.assadeira.ou.tabuleiro.(30.cm.X.20.cm.x.3,5cm); 2. Vinte.clipes.de.plástico.ou.metal; 3. Um.pires.branco; 4. Um.vidro.com.tampa; 5. Uma.seringa.descartável.de.25.ml; 6. Três.conta-gotas.limpos; 7. Um.vidro.contendo.25.ml.de.uma.solução.de.permanganato.de.potássio.em.um.litro.de.água.. Esse.será.o.poluente. Procedimentos: • Coloque.água.na.assadeira.até.a.metade.da.altura..Ela.vai.representar.um.lago; • Pegue.alguns.clipes.e.divida.a.assadeira.em.duas.regiões; • Com.a.seringa.descartável,.ponha.no.vidro.8.ml.de.água.e.2.ml.do.poluente;. • Tampe.o.vidro.e.agite-o..A.cor.dessa.mistura.vai.representar.o.padrão.de. qualidade.do.lago.em.relação.ao.poluente.X; • Coloque.uma.gota.do.padrão.de.qualidade.em.um.pires; • Pegue.20.ml.do.poluente.X.com.seringa.descartável.e.jogue-o.na.região.1.do.lago..Não.agite. a.água; • Agora.retire.com.o.conta-gotas.uma.gota.desta.região.e.uma.gota.da.região.2,.bem.distante. do.lugar.em.que.foi.posto.o.poluente,.use.dois.conta-gotas.diferentes,.para.um.líquido.não. contaminar.o.outro; • Pingue.essas.duas.gotas.no.pires.em.que.está.a.gota.do.padrão.de.qualidade.. Compare.a.cor.das.três.gotas; • Observe.em.que.região.a.concentração.do.poluente.fica.mais.alta..Veja.também. se.há.alguma.região.poluída..Anote.suas.conclusões; • O.poluente.X.se.espalha.naturalmente.pelo.lago..Em.situação.real,.esse.espalha- mento.é.facilitado.pela.constante.agitação.das.águas; • Agite.a.água.do.lago.e.retire.com.o.conta-gotas.novas.amostras.das.duas.regiões; • Coloque-as.no.pires.e.compare-as.com.o.padrão.de.qualidade; • Veja.se.a.concentração.do.poluente.é.muito.diferente.nas.duas.regiões..Compare.a.segunda. amostragem; • Observe.se,.em.relação.à.primeira.amostragem,.a.concentração.do.poluente.na.região.1.au- mentou.ou.diminuiu; • Faça.a.mesma.coisa.com.a.região.2; • Veja.também.se.nessa.segunda.amostragem.há.regiões.poluídas.34.
  35. 35. Atividade 17 - Chuva ácidaObjetivo: Entender.como.ocorre.a.chuva.ácida.na.natureza.Material:1. Um.pacote.de.enxofre.(+.ou.–.20.gramas);2. Uma.caixa.de.fósforos;3. Um.vidro.grande.com.tampa;4. Um.0,5.m.de.barbante;5. Cascas.de.batatas.Procedimentos:• Amarre.as.cascas.da.batata.com.o.barbante;• Jogue.cerca.de.meia.colher.de.chá.de.enxofre.no.vidro.e.toque.fogo. com.fósforo;• Sem.perda.de.tempo,.deposite.a.casca.de.batata.no.interior.do.vidro,. deixando-o.um.pouco.distante.do.fundo..Tampe.rapidamente.o.vidro..A. ponta.do.barbante.deve.ficar.para.o.lado.de.fora;• Uma.fumaça.enche.o.vidro..É.o.anidrido.sulforoso.produzido.pela.combustão.do.enxofre;• Deixe.tudo.repousar.por.algum.tempo;• Destampe.o.vidro.com.cuidado.e.ao.ar.livre,.evitando.respirar.diretamente.o.gás,.que.é. altamente.tóxico;• Tire.a.casca.de.batata.e.observe-a:.ela.perdeu.as.cores. Nota:.O.anidro.sulfuroso.tem. o.poder.de.descolorir,.porque. adere. às. substâncias. corantes. da.batata,.destruindo-as..Este. ácido.tem.o.poder.de.destruir. a.clorofila,.por.isso.nas.zonas. industriais. os. vegetais. são. mais. frágeis,. porque.existe.uma.grande.quantidade.de. anidro.sulfuroso. 3.
  36. 36. Manual.do.Multiplicador 4.3 Impactos ambientais Impacto.ambiental.deve.ser.entendido.como.um.desequilíbrio.provocado.por.um.choque,.re- sultante.da.ação.do.homem.sobre.o.meio.ambiente..No.entanto,.pode.ser.resultado.de.acidentes. naturais:.a.explosão.de.vulcão.pode.provocar.poluição.atmosférica..Mas.devemos.dar.cada.vez. mais.atenção.aos.impactos.causados.pela.ação.do.homem..Quando.dizemos.que.o.homem.causa. desequilíbrios,.obviamente.estamos.falando.do.sistema.produtivo.construído.pela.humanidade.ao. longo.de.sua.história. . Um.impacto.ocorrido.em.escala.local.também.pode.ter.consequências.em.escala.global..Por. exemplo,.a.devastação.de.florestas.tropicais.por.queimadas.para.a.introdução.de.pastagens.pode. provocar.desequilíbrios.nesse.ecossistemas.naturais..Mas.a.emissão.de.gás.carbônico.como.re- sultado.da.combustão.das.árvores.vai.colaborar.para.o.aumento.da.concentração.desse.gás.na. atmosfera,.agravando.o.“efeito.estufa”..Assim,.os.impactos.localizados,.ao.se.somarem,.acabam. tendo.um.efeito.também.em.escala.global.36. .Principais.impactos.decorrentes.de.atividades.econômicas ATIVIDADE IMPACTOS Cimento.e.cerâmica Emissão.de.pó.de.cimento,.NOx,.CO2,.cromo,.chumbo,.CO. Na.cerâmica,.emissões.de.silício,.SO2,.NOX.e.compostos.fluorados. Emissões.de.água.de.processo.contaminada.por.óleos.e.metais.pesados. Extração.de.matérias-primas. Contaminação.do.solo.com.metais.e.problemas.derivados.do.depósito. de.resíduos. Mineração.e.produção.de.carvão Emissões.de.pó.da.extração,.armazenamento.e.transporte.do.carvão.. Emissões.de.CO.e.SO2.da.combustão.dos.depósitos.de.resíduos.. Emissões.de.CH4.de.formações.subterrâneas.. Risco.de.explosões.e.fogo. Contaminação.das.águas.superficiais.e.subterrâneas.por.águas.de.minas. muito.salinizadas.ou.muito.ácidas.. Destruição.e.erosão.da.superfície.terrestre..Afundamento.dos.solos.situ- ados.sobre.as.minas.. Degradação.da.terra.pela.acumulação.de.grandes.depósitos.de.resíduos. Refinarias.e.produtos.petrolíferos Emissões.de.SO2,.NOX,.sulfeto.de.hidrogênio,.HC,.benzeno,.CO,.CO2,.par- tículas.sólidas,.mercaptanos,.compostos.orgânicos.tóxicos,.odores,.risco.de. explosão.e.fogo. Papel.e.poupa.de.papel Emissões.de.SO2,.NOX,.CO,.CO2,.CH4,.sulfeto.de.hidrogênio,.mercapta- nos,.compostos.clorados,.dioxinas,.uso.de.grande.quantidade.de.água.nos. processos,.emissões.de.sólidos.em.suspensão,.matéria.orgânica,.substân- cias.orgânicas.cloradas. Construção.de.rodovias Grandes.migrações.e.grandes.êxodos. Destruição.da.cultura.indígena. Propagação.de.doenças.endêmicas. Explosão.demográfica.e.todas.as.consequências.do.processo. Garimpo.de.ouro Assoreamento.e.erosão.nos.cursos.d’água. Poluição.das.águas,.aumento.da.turbidez.e.metais.pesados. Formação.de.núcleos.populacionais.com.grandes.problemas.sociais.. Degradação.das.paisagens. Degradação.da.vida.aquática.com.consequências.diretas.sobre.a.pesca.e. a.população.
  37. 37. Principais.temas.ambientais Grandes.projetos.agropecuários Desmatamento.de.áreas.nativas.e.grandes.queimadas. Drenagens.–.erosão,.alteração.da.vazão.dos.cursos.d’água,.assoreamen- to..Monocultura.extensiva.–.desequilíbrio.ecológico. Uso.de.grandes.quantidades.de.agrotóxicos.–.poluição.das.águas.. Uso.de.mecanização.intensiva.–.compactação.do.solo. Pesca.predatória Diminuição.dos.estoques.pesqueiros.. Desequilíbrio.ecológico..Risco.de.extinção.de.algumas.espécies Atividades. consumidoras. de. ma- Desmatamentos. deiras. como. matéria-prima. (serra- Destruição.da.flora.e.da.fauna. rias.e.mobiliário) Grandes.projetos.industriais.–.usi- Contaminação.de.cursos.d’água. nas.de.álcool Monoculturas.extensas.de.cana-de-acúcar.–.desequilíbrios. Matadouro,.frigorífico,.laticínios. Poluição.dos.cursos.d’água. Invasão.de.reservas.indígenas Impacto.cultural.e.social.sobre.a.população.indígena. Desmatamento. Expansão.urbana.desordenada Destruição.de.nascentes.de.cursos.d’água. Destruição.da.paisagem..Poluição.por.falta.de.saneamento.básico. 37. Destruição.da.rede.de.drenagem. Pecuária.extensiva.no.Pantanal Competição.com.a.fauna.nativa..Desequilíbrios. Usinas.hidrelétricas Impacto.cultural..Impacto.socioeconômico. Inundação.de.áreas.florestais,.agrícolas,.vilas.etc. Impacto.sobre.a.flora,.fauna.e.ecossistemas.adjacentes. Polos. industriais. e/ou. grandes. in- Poluição.do.ar,.água.e.solo..Ameaça.a.ecossistemas. dústrias Conflito.industrial.x.turismo.x.pesca.x.lazer.Fonte: WHO. Health and environment in sustainable development: five years after the Earth Summit. Geneva:Who/EHG/07.08, 1997. O Desenvolvimento Sustentável: relatório do Brasil, para a conferência das Nações UnidasSobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento - Rio 92.Atividade 18 - Sugestão de atividades Sugira.aos.alunos.que.pesquisem.mais.sobre.o.tema.e.façam.uma.exposição.na.escola. Devastação ambiental coloca tribos indígenas em perigo The.New.York.Times Segundo.alguns.cientistas,.o.desmatamento.e.a.mudança.climática.global.estão.tornan- do.a.região.amazônica.mais.seca.e.mais.quente,.dizimando.os.cardumes.de.peixes.desde. a.década.de.90.e.colocando.em.risco.a.existência.dos.Kamayurás..Como.outras.pequenas. culturas.indígenas.ao.redor.do.mundo.com.pouco.dinheiro.ou.capacidade.para.se.deslocar,. eles.estão.lutando.para.se.adaptar.às.mudanças. O.Painel.Intergovernamental.para.a.Mudança.Climática.diz.que.até.30%.dos.animais.e. plantas.enfrentam.um.maior.risco.de.extinção.caso.as.temperaturas.globais.subam.2ºC.nas. próximas.décadas..Antropólogos.também.temem.uma.onda.de.extinção.cultural.de.dezenas. de.pequenos.grupos.indígenas.–.a.perda.de.suas.tradições,.artes.e.línguas.
  38. 38. Manual.do.Multiplicador As.culturas.ameaçadas.pela.mudança.climática.se.espalham.por.todo.o.mundo..Elas. incluem. as. dos. moradores. da. floresta. tropical. como. os. Kamayurás,. que. enfrentam. a. redução.da.oferta.de.comida;.comunidades.remotas.do.Ártico,.onde.as.únicas.estradas. eram.os.rios.congelados.que.agora.estão.fluindo.quase.o.ano.todo;.e.os.moradores.de. ilhas.de.baixa.altitude,.cujas.terras.estão.ameaçadas.pela.elevação.do.nível.dos.mares. Muitos.povos.indígenas.dependem.intimamente.dos.ciclos.da.natureza.e.tiveram.que. se.adaptar.às.variações.climáticas.–.uma.estação.de.seca,.por.exemplo,.ou.um.furacão. que.mata.os.animais..Mas.em.todo.o.mundo.a.mudança.é.grande,.rápida.e.implacável,. seguindo.em.uma.única.direção:.um.clima.mais.quente. Cerca.de.13.mil.quilômetros.quadrados.da.floresta.amazônica.são.desmatados.anu- almente.nos.últimos.anos,.segundo.o.governo.brasileiro.3. 4.4 Megacidades – O futuro global Em.1950,.30%.da.população.mundial.vivia.nas.cidades..Em.2000,.esse.número.era.já.de.47%.. Em.2007,.3,3.milhões.de.pessoas,.mais.de.metade.da.população.mundial,.viviam.em.cidades..Este. total.pode.mesmo.alcançar.os.60%.por.volta.de.2030..Tamanho.crescimento.urbano,.principal- mente.nos.países.em.desenvolvimento,.gera.uma.imensidão.de.oportunidades.e.desafios. Por.definição,.“megacidades”.são.áreas.urbanas.com.mais.de.cinco.milhões.de.habitantes..Os. cientistas.estimam.que,.por.volta.de.2015,.o.mundo.terá.cerca.de.60.megacidades,.com.mais.de. 600.milhões.de.pessoas..Atualmente,.é.nestas.áreas.que.ocorre.a.maior.parte.dos.processos.de. urbanização.global. As. megacidades. são. mais. do. que. apenas. grandes. cidades.. A. sua. dimensão. proporciona. a. criação.de.novas.dinâmicas,.nova.complexidade.e.nova.simultaneidade.de.fenômenos.e.processos. . físicos,.sociais.e.econômicos. São,.igualmente,.palco.de.interações.intensas.e.complexas.entre.diferentes.processos.demo- gráficos,.sociais,.políticos,.econômicos.e.ecológicos. As.megacidades.são.igualmente.um.foco.de.risco.global..São.sistemas.que.se.caracterizam. por.um.aumento,.permanente,.da.sua.vulnerabilidade.em.virtude.de.abrigarem.casos.de.pobreza. extrema,.desigualdades.sociais.e.degradação.ambiental,.fatores.os.quais.estão.inter-relacionados. por.intermédio.de.um.sistema.complexo.de.fornecimento.de.bens.e.serviços. A.densidade.populacional.aumenta.a.vulnerabilidade.relativamente.a.fenômenos.físicos,.com. potenciais.destrutivos,.naturais.ou.induzidos.pelo.homem..Assim.sendo,.as.megacidades,.expos- tas.ao.ambiente.global.e.às.mudanças.socioeconômicas.e.políticas.agravam.os.problemas.as.quais. estão.sujeitas.
  39. 39. Principais.temas.ambientais Como o desmatamento da Amazônia afeta o clima e a vida da população paulista É.cada.vez.mais.frequente.as.pesadas.tempestades.que.caem.no.sul.e.sudeste.do.país..Estes.fatores.causam.consequências.desastrosas.para.boa.parte.da.população..Por.outro.lado,.os.períodos.de.seca.são.cada.vez.mais.extensos,.o.que.leva.ao.racio-namento.e.a.complexos.problemas.econômicos.e.sociais.. O.entendimento.sobre.ciclo.hidrológico.no.Brasil.e.os.trajetos.percorridos.pelo.imenso.volume.de.água.representado.pela.umidade.atmosférica.é.muito.importante.para.compreender.e.analisar.as.consequências.sobre.as.diversas.regiões.do.país. Estudos.recentes.realizados.pelo.projeto.“Rios.Voadores”,.uma.nova.fase.do.pro- 3.jeto.Brasil.das.Águas,.que.faz.parte.do.Programa.Petrobras.Ambiental.que.também.conta.com.a.parceria.da.Agência.Nacional.das.Águas.(ANA),.buscam.informações.que.sirvam.para.mostrar.até.que.ponto.o.desmatamento.da.região.amazônica.po-derá.afetar.o.clima.no.restante.do.Brasil.e.de.que.forma.tal.degradação.alterará.o.ciclo.hidrológico,.principalmente.nas.regiões.sul.e.sudeste. Existe.uma.forte.recirculação.de.água.entre.a.superfície.e.a.atmosfera.que.é.cau-sada.pela.transpiração.das.plantas.que.compõem.a.floresta,.fato.que.contribui.para.os.altos.níveis.de.precipitação.que.chegam.a.cerca.de.2.400.mm/ano.ou.mais.na.floresta.amazônica..Portanto,.é.certo.que.a.destruição.da.mata.provoca.alterações.ainda.difíceis.de.quantificar..Uma.árvore.de.grande.porte.coloca.cerca.de.300.litros.de.água.por.dia.na.atmosfera..Sua.retirada.não.atinge.somente.a.Amazônia,.mas.to-das.as.outras.regiões.para.onde.a.água.é.transportada.pelos.ventos..No.Brasil.cerca.de.600.mil.quilômetros.de.terras.foram.desmatadas.nos.últimos.30.anos.. O. verdadeiro. rio. que. viaja. sobre. nossas. cabeças. pode.ser.maior.que.a.vazão.de.todos.os.rios.do.cen- tro-oeste,.sudeste.e.sul.e.da.mesma.proporção.que.a. do.rio.Amazonas,.o.maior.do.mundo,.com.200.000. m³.de.água.por.segundo.. Visite: www.riosvoadores.com.br

×