Apresentação do Projeto Caminhada Sorocaba

12,111 views
11,702 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
12,111
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
46
Actions
Shares
0
Downloads
187
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação do Projeto Caminhada Sorocaba

  1. 1. Projeto Caminhada Prefeitura de Sorocaba
  2. 2. Caminhada JUSTIFICATIVA: Risco probabilidade de que pessoas sadias, expostas a certos fatores, adquiram uma doença. Esses fatores que estão associados a um risco aumentado de adoecer são chamados de fatores de risco. hereditários FATORES DE RISCO: ambientais e sócio-econômicos comportamento
  3. 3. Doenças crônicas (Diabetes, as cardiovasculares, o câncer, etc.) são importantes problemas de saúde pública. <ul><li>Alto índice de mortalidade </li></ul><ul><li>Fase produtiva da vida </li></ul><ul><li>São causas de incapacidade no adulto </li></ul><ul><li>São doenças de longa duração sem cura, com </li></ul><ul><li>controle de alto custo </li></ul><ul><li>Seus determinantes são bastante conhecidos e </li></ul><ul><li>controláveis através de medidas simples </li></ul>
  4. 4. Caminhada
  5. 5. Caminhada
  6. 8. 66% Risco de morte (%) por doenças cardiovasculares segundo o nível de atividade física
  7. 9. Caminhada
  8. 10. Caminhada
  9. 11. Caminhada
  10. 12. Caminhada
  11. 13. Caminhada Recomendações da atividade física: Atividade física leve ou moderada por pelo menos 30 minutos por dia, na maioria dos dias da semana, se possível todos, de forma contínua ou acumulada. Os 30 minutos por dia disponíveis para realizar atividade física, Podem ser divididos em sessões de 05, 10 ou 15 minutos
  12. 14. Caminhada
  13. 15. Caminhada Atividade física moderada: As atividades que aumentam um pouco o batimento do coração, deixam você aquecido e respirando um pouco mais rápido que o Normal,mas sem dificuldade.
  14. 16. Caminhada <ul><li>Os técnicos da SES iniciaram um trabalho junto às UBS, estimulando </li></ul><ul><li>a formação de grupos de Caminhada com: </li></ul><ul><li>Palestras rápidas na salas de espera. </li></ul><ul><li>Trabalho de campo junto à população; </li></ul><ul><li>Palestras para pais em escolas próximas às UBS; </li></ul><ul><li>Palestras nas oficinas de planejamento das UBS; </li></ul><ul><li>Capacitação para os auxiliares de enfermagem; </li></ul><ul><li>Capacitação técnica para coordenadores das UBS. </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Para formação de grupos: </li></ul><ul><ul><li>definição de trajeto junto aos participantes; </li></ul></ul><ul><ul><li>definição de horário junto aos participantes; </li></ul></ul><ul><ul><li>estímulo à participação das pessoas com reuniões festivas, viagens, trabalhos de grupos; </li></ul></ul><ul><ul><li>participação nos eventos da Prefeitura. </li></ul></ul>Caminhada
  16. 18. Caminhada <ul><li>Desafios : </li></ul><ul><li>a) da população: </li></ul><ul><ul><ul><li>Trabalho </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cuidar de crianças </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não gostar de caminhar </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Falta de tempo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dores nas pernas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Morar longe </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Insegurança </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Horário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não autorização médica </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Caminhar em outro lugar </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Problemas no coração </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Úlcera na perna </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dificuldade de locomoção </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gravidez </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dores no tornozelo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dores na coluna </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dores no joelho </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Religião </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não querer compromisso </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Obter autorização do médico </li></ul></ul></ul>
  17. 19. <ul><li>Desafios: </li></ul><ul><li> b) da UBS </li></ul><ul><ul><li>Falta de treinamento para trabalhar a Caminhada </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de funcionários </li></ul></ul><ul><ul><li>Não ter tempo para “bobagens” </li></ul></ul><ul><ul><li>Escala de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de integração entre os períodos da manhã e da tarde </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de interesse dos coordenadores </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgação </li></ul></ul>Caminhada
  18. 20. <ul><ul><li>Superando desafios: </li></ul></ul><ul><ul><li>• Capacitação e sensibilização para os líderes da comunidade </li></ul></ul><ul><ul><li>• Criação de protocolo de trabalho para a Caminhada </li></ul></ul><ul><ul><li>• Capacitação e sensibilização dos agentes de saúde e auxiliares administrativos </li></ul></ul><ul><ul><li>• As UBS receberam cartazes explicando os benefícios da Caminhada e banners ilustrando as posições de alongamento. </li></ul></ul>Caminhada
  19. 21. Caminhada Desde 2000 a Caminhada está presente no Protocolo de Saúde do Adulto da cidade. “ A prática da caminhada será desenvolvida em todas as UBSs:      Em horário previamente definido    Em dias da semana previamente definidos    Em trajeto previamente definido    Os pacientes inscritos no Programa do Adulto deverão ser liberados pelo seu médico assistente.    Os pacientes serão inscritos na Caminhada, recebendo número de inscrição, que ficará devidamente registrado na Unidade Básica de Saúde, assim como o do médico que o liberou.    Haverá escala de auxiliares de Enfermagem para acompanhamento dos pacientes nesta atividade. A escala seguirá mensalmente para Chefe de Seção de Enfermagem Enfª Esmeralda que passará as informações para a coordenação do Programa do adulto Drª Erinéia. A caminhada deverá constar da atividade do auxiliar de enfermagem. Cabe ao coordenador da UBS resolver as questões de ordem administrativas que aparecem.  O auxiliar de enfermagem receberá instruções de como avaliar o paciente pré-caminhada, tendo capacidade de decidir quem deverá dela participar ou não, ao aplicar um questionário simples.
  20. 22. <ul><li>As ações para promoção da prática da atividade física “Caminhada” para a população geral, também estavam acontecendo. </li></ul><ul><li>A implantação oficial do Projeto Caminhada aconteceu em abril de 2001. </li></ul>Caminhada
  21. 23. <ul><li>Sensibilização e aperfeiçoamento técnico para os profissionais das UBS (auxiliares de enfermagem, enfermeiras, médicos, auxiliares administrativos, agentes de saúde etc, assim como de lideranças da comunidade), sobre atividade física e seus benefícios; </li></ul><ul><li>Sensibilização sobre o tema, para professores, diretores de escola, pais de alunos; </li></ul><ul><li>Sensibilização sobre o tema para professores e alunos das Faculdades de Sorocaba, nossas parceiras: Faculdade de Educação Física de Sorocaba (ACM) e, Faculdade de Medicina de Sorocaba (PUCSP). </li></ul>Caminhada
  22. 24. PROJETO CAMINHADA <ul><li>Criou-se: </li></ul><ul><li>a logomarca do Projeto e </li></ul><ul><li>a frase de impacto </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Divulgação do Projeto na mídia escrita, falada e televisiva na época de seu lançamento: Feito parceria com o Jornal Cruzeiro do Sul, onde aos domingos tínhamos um espaço para textos que destacavam a atividade física e seus benefícios. Feito também parceria com TV Aliança Paulista, atual TV Tem, para divulgação do Projeto; </li></ul><ul><li>Todas as Unidades Básicas de Saúde receberam faixas que foram colocadas na parte externa dos prédios, convidando a população para a Caminhada. </li></ul>Caminhada
  24. 26. <ul><li>Criação de Grupos permanentes de Caminhada nas UBS; </li></ul><ul><li>Todas as UBS receberam cartazes informando os benefícios da caminhada; </li></ul><ul><li>Todas as UBS receberam banners ilustrando as posições de alongamento; </li></ul><ul><li>Divulgação da frase “Viva melhor, Caminhe trinta minutos todos os dias”, nas contas da CPFL dos munícipes sorocabanos, assim como nos holerites dos funcionários públicos municipais de Sorocaba. </li></ul>Caminhada
  25. 27. <ul><li>Cartazes em elevadores, escadas do Paço Municipal, mostrando a importância da atividade física e sugerindo o uso da escada. </li></ul>Caminhada
  26. 28. <ul><li>Atualmente, os grupos são acompanhados por auxiliares de enfermagem, auxiliares administrativos, agentes de saúde, líderes comunitários e, alguns, por professores de educação física; </li></ul><ul><li>Na sua grande maioria são constituídos por mulheres, na terceira idade. São multiplicadores de informações; </li></ul><ul><li>Os grupos tem uma grande autonomia. </li></ul>Caminhada
  27. 29. <ul><li>Eventos realizados pelo Projeto Caminhada: </li></ul><ul><li>“ Caminhada 24 horas” </li></ul><ul><li>Caminhe e conheça os Parques da cidade </li></ul><ul><li>“ Caminhão da Caminhada” </li></ul><ul><li>Agita Galera </li></ul><ul><li>Encontro de líderes da Caminhada </li></ul><ul><li>Festa de Confraternização de Final de Ano </li></ul>Caminhada
  28. 30. <ul><li>Desfile Comemorativo ao Dia de Sorocaba </li></ul><ul><li>Desfile Cívico de 7 de Setembro </li></ul><ul><li>Comemoração do Dia Mundial da Caminhada </li></ul><ul><li>Dia Mundial de Combate à AIDS </li></ul>Caminhada
  29. 31. <ul><li>Avaliação: </li></ul><ul><li>• IPAQ realizado na cidade em dezembro de 2001, mostrou que </li></ul><ul><li>42% da população era insatifatoriamente ativa. </li></ul><ul><li>• O sedentarismo foi o principal fator de risco: </li></ul><ul><ul><ul><li>17% dos casos de Diabetes Mellitus </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>29% dos casos de doenças Cardiovascular </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>20% para doenças vascular cerebral </li></ul></ul></ul><ul><li>• Relatórios mensais, relatando a média de participação nos grupos de Caminhada nas UBS </li></ul><ul><li>• Relatórios pós eventos, destacando-se pontos positivos e negativos </li></ul>Caminhada
  30. 32. Caminhada
  31. 33. Caminhada
  32. 34. Caminhada
  33. 36. RELAÇÃO DE PISTAS Pista do Parque Municipal “Carlos Alberto de Souza” Pista do Parque Municipal “Miguel Gregório de Oliveira” Pista “Odilon Araújo” Pista do Terminal São Paulo Pista “Amadeu Franciulli” Pista “Nézia da Silva Gabilan” Pista e ciclovia na Marginal Dom Aguirre Pista “Dr. José Antonio Gomes de Alencar” Pista “Alfredo Elias Daher” no Parque “João Pellegrtini” Pista e Ciclovia Av. Bento M. Jequitinhonha Pista e Ciclovia Jd. Abaeté Ciclovia “Marli Antunes Corrêa” Ciclovia Av: Emanuel de Almeida até Rua Pedro Bifano Ciclovia Rua Pedro Bifano com Av. General Osório Ciclovia Av. Camilo Júlio Outros locais: ●   Centros Esportivos ●  Centros de Saúde (circuitos de rua)   Locais eleitos pela população: ●    Carrefour Sonia Maria ●  Zoológico Municipal e córrego próximo Praças revitalizadas: ●   Praça dos Trabalhadores – Jardim Sandra ●   Praça da Amizade – Jardim Santa Rosália ● Praça Márcia Mendes – Jardim Vera Cruz
  34. 37. RELAÇÃO DE UBS COM SALA DE ATIVIDADE FÍSICA UBS “Dr. Carlos Alberto Amorim” – Ulysses Guimarães UBS “Dr. Luiz Fernando Garcia Minello – Paineiras UBS “Dra. Maria Flávia D. Haro Meloncini – Fiore UBS “Jorge Jamil Zamur” – Sorocaba I UBS “Roger Massayuki Sakano” – Wanel Ville FUTURAS INSTALAÇÕES DE SALAS DE ATIVIDADE FÍSICA UBS “Dra. Sandra de Fátima Barbosa” – Nova Sorocaba UBS “Francisco Pagliato” – Laranjeiras
  35. 38. Pq. Vitória Régia – Antes e Depois
  36. 39. Pista de Caminhada do Paço Municipal é utilizada diariamente
  37. 40. Pista do Campolim
  38. 41. Placa de marcação de percurso
  39. 42. Folder educativo
  40. 43. Crachá de identificação
  41. 44. Faixa de convite à caminhada nas UBS
  42. 45. “ 24 Horas de Caminhada” é um desafio a quem quer melhorar a qualidade de vida
  43. 46. “ Caminhão da Caminhada” leva saúde e orientação aos bairros
  44. 47. Sucesso do Projeto no dia 7 de outubro “Dia da Caminhada”
  45. 57. Projeto Caminhada <ul><li>[email_address] </li></ul>OBRIGADA!!!

×