2º Torneio de Futsal da SAP

1,750 views

Published on

Published in: Technology, Sports
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,750
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2º Torneio de Futsal da SAP

  1. 1. 2º TORNEIO FUTSAL SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA REGULAMENTOI - DOS OBJETIVOSArt. 01 - O campeonato tem por objetivo o desenvolvimento da prática esportiva entre osfuncionários da SAP através do esporte bem como possibilitar a realização de atividades queestimulem a saúde de nosso trabalhador, promovendo a sua valorização enquanto ser humano,desenvolvendo sua auto-estima e estimulando o seu convívio social.Art. 02 – A modalidade em disputa será a de Futebol de Salão (Futsal) na categoria masculino.II - DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃOArt. 03 - A organização e coordenação geral do campeonato caberão a Comissão Organizadorados Jogos, que cumprirá e fará cumprir este regulamento.Art. 04 - A direção da competição também será exercida pela Comissão Organizadora dos Jogos;Art. 05 - As Equipes que participarem do torneio serão obrigadas a ter conhecimento desteregulamento, e assim, se submeterão sem reserva alguma a todas as conseqüências que delepossam emanar.Art. 06 - À Comissão Organizadora dos Jogos compete:a) elaborar e divulgar a tabela com as datas e horários dos jogos;b) designar a equipe de arbitragem, não sendo admitido qualquer tipo de impugnação ou veto aosindicados;c) coordenar, organizar e dirigir a competição.Art. 07 - As decisões da Comissão Organizadora dos Jogos serão irrecorríveis.III - DA PARTICIPAÇÃOArt. 08 - Poderão ser inscritas na competição equipes convidadas pela Comissão Organizadorabem como equipes representantes de todas as Coordenadorias.§ 1º Os atletas necessitam obrigatoriamente atuarem pelos respectivos órgãos a que prestamserviços, não podendo ser inscritos por outras equipes que estejam participando dos Jogos.§ 2º Não será permitido que um atleta e/ou dirigente seja inscrito por duas equipes diferentes.Art. 09 - A responsabilidade pelo transporte e alojamento se necessário serão exclusivamente dasequipes participantes. A alimentação ficará a cargo da Comissão Organizadora do evento, emparceria com as Coordenadorias participantes.Art. 10 - São condições fundamentais para que o técnico e auxiliar participem:a) estarem devidamente inscritos na competição;b) não estarem inscritos por nenhuma outra equipe como atletas;Art. 11 - São condições fundamentais para que um atleta participe:a) ter sua inscrição devidamente deferida pela Comissão Organizadora;b) apresentar atestado médico de aptidão;c) ser obrigatoriamente funcionário de órgão participante;d) apresentar à mesa, obrigatoriamente e em todas as partidas de sua equipe;e) satisfazer todas as exigências do regulamento.
  2. 2. 2º TORNEIO FUTSAL SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIAArt. 12 - As regras aplicadas ao Torneio serão as de vigência oficial na respectiva modalidadesalvo as alterações constantes neste regulamento.IV - DA INSCRIÇÃOArt. 13 - Será permitida a inscrição de somente uma equipe por Órgão/Coordenadoria..Art. 14 – As inscrições de equipes deverão ser feitas no período de 03/08 à 10/08/2011 peloCoordenador.As inscrições deverão ser encaminhadas para o email torneiosap@sap.sp.gov.br, com nomínimo 05 (cinco) e no máximo 15 (quinze) atletas por equipe sendo obrigatório a inscrição de nomínimo 01 (um) e no máximo 2 (dois) dirigentes (técnico e auxiliar técnico) totalizando o máximode 17 (dezessete) integrantes.Art. 15 – Depois de efetuada a inscrição da equipe a mesma estará sujeita as sanções epenalidades previstas no presente regulamento inclusive com a pena de eliminação e suspensãode 02 (dois) anos de qualquer competição promovida por esta comissão em caso de nãocomparecimento na data e horários marcados para a realização das partidas.Art. 16 – NÃO serão aceitas em hipótese alguma pedidos de licenciamento de equipes apósefetuada a inscrição independente de quaisquer que sejam as justificativas.§ 1º - Não será aceita a inscrição de atletas, técnicos e/ou auxiliares na súmula no dia darealização da partida.Art. 17 - Cada entidade é responsável pela veracidade das inscrições de seus atletas e dirigentes.Art. 18 - O atleta ou dirigente não poderá ser inscrito por mais de uma unidade.Art. 19 - Cada equipe inscreverá no mínimo 01 (um) e no máximo 02 (dois) dirigentes (técnico eauxiliar técnico), obrigatoriamente maiores de 18 anos, que se responsabilizarão pelos atos de suaequipe, estando ou não presentes na quadra de jogo devendo ainda os mesmos em caso deexpulsão cumprir pena como qualquer atleta.§ 1º - No caso de ausência do (s) dirigente (s) durante uma partida o responsável direto pelaequipe passa a ser o capitão da mesma.Art. 20 - O Torneio será realizado no sistema de turno único onde as equipes serão divididas emgrupos através de sorteio (somente para a primeira fase). A partir da segunda fase as partidasserão eliminatórias classificando-se para as fases seguintes somente as equipes vencedoras.Art. 21 - Quanto à duração das partidas:- Futsal Masculino: 30 (trinta) minutos divididos em dois tempos de 15 (quinze) minutos cada umcom 05 (cinco) minutos de intervalo.Art. 22 - Haverá uma tolerância de 15 (quinze) minutos para o início da PRIMEIRA partida darodada em cada uma das modalidades contados a partir do horário marcado na tabela. Decorridoesse prazo a equipe que não se apresentar em quadra será considerada perdedora por W.O.(escore de 1 x 0 no futsal).§ 1º A observância da tolerância será somente para a primeira partida, não havendo, portanto amesma para as demais partidas do Torneio, que deverão iniciar-se no horário pré-estabelecido emtabela.§ 2º A partida cujo resultado for definido por WO terá apenas efeito estatístico sendo que oresultado não deverá em hipótese alguma ser computado para saldo de gols e nem consideradocomo critério para desempate em nenhuma das fases da competição.
  3. 3. 2º TORNEIO FUTSAL SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIAArt. 23 - A equipe que der 01 (um) WO ou ser eliminada por qualquer outro motivo estaráautomaticamente fora da competição e todos os seus resultados considerados nulos salvo oscasos justificados e aceitos pela Comissão Organizadora. Deverá ainda a mesma juntamente comos atletas inscritos e ausentes no WO cumprir suspensão de 02 (dois) anos de todas ascompetições promovidas por esta coordenação.Art. 24 - A equipe que colocar em quadra qualquer atleta ou dirigente irregular perderá os pontosem disputa na (s) partida (s) em que este (s) figurou (aram) indo ainda o responsável (técnico) ajulgamento podendo ser eliminado da competição caso seja constatado a intenção econhecimento prévio do mesmo na ação que caracterizou a irregularidade. Para o atleta envolvidoa pena é de eliminação automática do torneio devendo o mesmo cumprir suspensão de 365 diascontados a partir da data da ocorrência.Art. 25 - Os jogos terão início de acordo com a programação, sendo perdedora por nãocomparecimento (WO) a equipe que não se apresentar no local de jogo devidamente uniformizadaobservados os horários constantes na tabela de jogo.Art. 26 - As equipes deverão apresentar-se devidamente uniformizadas para as partidas (camisas,calções e meias iguais, exceto a do goleiro),§ 1º - as camisas deverão estar obrigatoriamente numeradas;§ 2º - as meias deverão ser de cano longo;§ 3º - os atletas deverão usar tênis, sendo proibido jogarem descalços ou calçados quecontenham cravos e travas.Art. 27 - O técnico e auxiliar técnico não poderão permanecer no banco de reservas calçandochinelos, estando descalços ou sem camisas.Art. 28 - É vedado ao atleta o uso de qualquer objeto reputado pelo árbitro como perigoso ounocivo à partida. O árbitro exigirá a remoção do objeto que a seu ver possa molestar ou causardanos aos adversários. Não sendo obedecido em sua determinação, poderá ordenar a expulsãodo mesmo (regra nº 4 do artigo 01 do CDFS).Art. 29 - Em caso de uniformes iguais em uma partida a equipe mandante do jogo, isto é, a quefigurar à esquerda da tabela, deverá utilizar coletes, fornecidos pela organização, para diferenciaros uniformes.Art. 30 - Nenhum membro suplementar poderá figurar em uma equipe a não ser aquelesdevidamente autorizados pela Comissão Organizadora.Art. 31 – Não serão aceitos nenhum tipo de recurso durante o evento.VI - DA PONTUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃOArt. 32 - Em todas as fases a pontuação para efeito de classificação será a seguinte:Vitória - 03 pontosEmpate - 01 pontoDerrota - 00 pontoArt. 33 - Caso ocorra empate no tempo normal de jogo em fase em que houver partida únicadecorrente do cruzamento entre grupos a decisão será realizada através da cobrança de 03 (três)penalidades para cada equipe. Persistindo o empate serão realizadas cobranças alternadas(tantas quantas forem necessárias) até que haja um vencedor.§ 1 - Para este item um atleta só poderá realizar a sua 2º cobrança na mesma partida após todosos outros jogadores (incluindo suplentes e goleiros, mesmo no banco de reservas, mas que
  4. 4. 2º TORNEIO FUTSAL SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIAestavam inscritos na partida) de sua equipe já terem efetuado cobranças não sendo necessário,porém que se siga a ordem de batedores da primeira série de cobranças.Art. 34 – Em caso de empate por pontos entre duas ou mais equipes para efeito de classificaçãoserão adotados os seguintes critérios para desempate:1. confronto direto (somente em caso de empate entre duas equipes);2. maior saldo de gols na fase;3. maior número de gols anotados na fase;4. sorteio.Art. 35 - Não haverá disputa de 3º e 4º lugares. Para estas colocações será observado o critériode confrontos nas semi-finais e ordem de classificação das equipes finalistas.Art. 36 - Haverá premiação para a equipe campeã e vice-campeã.VII - DA DISCIPLINAArt. 37 - Todas e quaisquer infrações cometidas por atletas e dirigentes nesta competição serãoapreciadas e julgadas pela Comissão Organizadora do evento.Art. 38 - As decisões da Comissão Organizadora são irrevogáveis e produzirão efeito imediato.Art. 39 - Para efeito de disciplina serão adotados:a) cartão amarelo - advertênciab) cartão vermelho – expulsãoArt. 40 - Os cartões amarelos são cumulativos.Art. 41 - O atleta que receber 02 (dois) cartões amarelos estará suspenso por uma partida;Art. 42 - o atleta que receber 01 (um) cartão vermelho estará suspenso por uma partida.Art. 43 - O cartão vermelho não elimina os cartões amarelos,Art. 44 - O controle de cartões é única e exclusivamente de responsabilidade de cada equipe.Art. 45 - Além da suspensão automática, os atletas e dirigentes poderão sofrer as seguintespunições:a) ofensas, tentativas de agressão ou agressão a árbitros, dirigentes, membros da secretaria eequipes adversárias - eliminação automática do torneio indo o mesmo a julgamento podendosofrer pena de suspensão de 01 a 02 anos de todas as competições promovidas por estacoordenação.b) acúmulo de dois cartões amarelos em uma mesma partida, faltas graves ou desacato áárbitros, dirigentes, membros da secretaria e equipes adversárias – expulsão imediata da partidaindo o mesmo a julgamento podendo sofrer pena de suspensão de 01 a 03 partidas (para estapunição não será computada a partida automática)Art. 46 - Todo e qualquer atleta ou dirigente que for reconhecido quando assistindo outras partidascomo agressores verbais ou físicos dos árbitros, dirigentes, membros da secretaria ou adversáriossofrerão as punições cabíveis.Art. 47 – Em caso de invasão de quadra ou outros incidentes que venham a inviabilizar oususpender a partida a Comissão Organizadora poderá, desde que comprovada a autoria por parteda equipe ou torcida, suspender os atletas, membros da comissão técnica ou dirigentesimediatamente independente de outras medidas punitivas que forem cabíveis.
  5. 5. 2º TORNEIO FUTSAL SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIAArt. 48 – Os atletas que sofrerem punições no Torneio Futsal 2011 deverão cumpri-las na ediçãode 2012.Art. 49 - A Comissão Organizadora do 2º TORNEIO FUTSAL é composta pelos seguintesmembros:- Dr. Walter Erwin Hoffgen – Secretario Adjunto da Administração Penitenciária- Dr. José Reinaldo Maracajá da Silva – Coordenador das Unidades Prisionais da Região Central- Iracema Costa Jansson – Núcleo de Saúde do Servidor da Coordenadoria de Saúde- Valéria Aparecida da Costa – Coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário- Fabrício Henrique Lopes – Núcleo de Apoio Administrativo do Gabinete do Secretario- Marcio Roberto Galiza – Departamento de Tecnologia da Informação- Renato Cabrini – Gabinete do SecretárioArt. 50 - A Comissão Organizadora e os órgãos promotores do evento não se responsabilizarãopor acidentes ocorridos com atletas e dirigentes, antes ou depois de qualquer partida.Art. 51 - Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora doevento, revogados as disposições em contrário.

×