15 12-2011 - reunião pública com analistas e investidores – apimec 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

15 12-2011 - reunião pública com analistas e investidores – apimec 2011

on

  • 688 views

 

Statistics

Views

Total Views
688
Views on SlideShare
637
Embed Views
51

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

1 Embed 51

http://cielo.riweb.com.br 51

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

15 12-2011 - reunião pública com analistas e investidores – apimec 2011 15 12-2011 - reunião pública com analistas e investidores – apimec 2011 Presentation Transcript

  • APIMEC 2011
  • AVISO LEGALA Companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscose incertezas.Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentrodo nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia atualmente tem acesso.Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre nossas intenções, crenças ouexpectativas atuais, assim como aquelas dos membros do Conselho de Administração eDiretores da Companhia.As ressalvas com relação a declarações e informações a cerca do futuro também inclueminformações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declaraçõesque são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras “acredita“, "poderá", "irá","continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima“ ou expressõessemelhantes.As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elasenvolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo,portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação devalor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ousugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irãodeterminar estes resultados e valores estão além da capacidade de controleou previsão da CIELO.
  • CIELO EM RESUMO •A Maior adquirente e processadora de meios de pagamento do Brasil e da América Latina •Presença em mais de 98,8% do território brasileiro •Umas das 5 Maiores adquirentes do mundo PRESENÇA EM • R$ 25,7 bilhões em Valor de Mercado (em 13/12/2011) 98,8% MAIS DE •Valorização de 45,1% da ação em 2011, a DO TERRITÓRIO terceira maior alta do Ibovespa no ano. BRASILEIRO2
  • CENÁRIO MACROECONÔMICO FAVORÁVEL Crescimento do PIB para 2011: 2,9% Baixa taxa de desemprego 5,8% em Outubro/11 Maior disponibilidade de crédito: R$1.946 bilhões em Outubro/11 ou 48,5% do PIB Crescimento das vendas do varejo: 4,3% em Outubro/11 ano- contra - ano3 FONTE: BACEN, RELATÓRIO FOCUS
  • BAIXA PENETRAÇÃO DO USO DE CARTÃOEM RELAÇÃO A OUTROS MEIOS DE PAGAMENTO... Uso dos Meios de Pagamento Ano 2000 (R$ 1.433 bi) 12% 34% Dinheiro Cartões Cheques 9% 45% Outros Ano 2010 (R$ 2.202 bi) Ano 2020 (R$ 3.704 bi)* 6% 11% 24% 3% 6% 43% 59% 48% ESTIMATIVAS ABECS4 FONTE: BACEN, ABECS NILSON REPORT, BOANERGES & CIA
  • ….E OUTROS PAÍSES Penetração de cartões como Meios de Pagamento no consumo privado das famílias (PCE) 60% Holanda 50% EUA PCE Penetração 40% Reino Unido Outros países Europeus 30% França 20% Brasil 10% Crescimento [%] 0 5% 10% 15% 20% 25% Volume [USD bn]5 FONTE: DATAMONITOR; EUROMONITOR; PRESS RESEARCH; EIU; ROLAND BERGUER - 2008
  • NOVAS INICIATIVAS PARA ESTIMULAR AADOÇÃO DE CARTÃO Bancos Novos produtos e iniciativas para aumentar ativação/uso do cartão Governo Crescimento do uso de Adquirentes Formalização da Uso de tecnologia para meios eletrônicos de economia e aumento do desenvolver novos produtos e recolhimento de pagamento novas formas de capturar impostos transações Bandeiras Campanhas educacionais e novos produtos6
  • PRINCIPAL BARREIRA DE ENTRADA É ADISTRIBUIÇÃO BANCÁRIA O Brasil tem uma área total de 8.514.876 km² Distribuição bancária é a principal barreira para os novos players 70% das afiliações são feitas pelos bancos parceiros NÚMERO DE AGÊNCIAS NORTH 283 190 76 32 96 40 0 0 5 NORTHEAST 1,082 581 270 205 379 56 3 7 9 MIDWEST 440 316 290 94 171 104 1 6 6 SOUTHEAST 2,302 2,180 2,503 1,791 1,114 428 8 103 68 SOUTH 1,031 655 631 338 475 239 426 10 16 TOTAL 5,138 3,922 3,770 2,460 2,235 867 438 126 1047 FONTE: BC, SETEMBRO 2011
  • NOSSO TRACK-RECORD: MAIS DE 16 ANOS DEOPERAÇÃO 1995 2010 2009 Cenário multi-bandeira4 adquirentes de Visa IPO de R$ 8,4 bilhões Junho de 2009Única adquirente de Visa8
  • A CIELO INVESTE EM ATRIBUTOS TAIS COMOMODERNIZAÇÃO E TECNOLOGIA A Cielo investe fortemente em aquisições de POS para ter uma base moderna capaz de suportar nossas soluções de inovação # Base de POS instalada 10,5% 1.402 IDADE MÉDIA DO 1.344 PARQUE TOTAL DE 1.280 1.158 1,7 ANO 2008 2009 2010 3T11 R$ milhões 2008 2009 2010 Acumulado 2011 CAPEX (Equipamento de POS) 124,8 215,0 242,0 229,59
  • PROPOSTA DE VALOR ABRANGENTE SOLUÇÕES DE SOLUÇÕES DE CAPTURA PAGAMENTO Cielo POS, Cielo TEF | Checkout Móvel e IP Cielo Crédito One Cielo Débito Soluções de Captura Personalizadas | POS Cielo Parcelado / Parcelado Loja Compartilhado, Visa Vale Pedágio Cielo Vouchers | Refeição, Auto Cielo Mobile | iPhone, iPad ,iPod touch e Cielo Financeiro | Agro / Loja, Distribuição Sistema Androide Cielo E-Commerce | Braspag SOLUÇÕES DE VALOR SOLUÇÕES SOLUÇÕES DE AGREGADO ANTI-FRAUDE PRODUTIVIDADE Cielo Premia (Fidelização) Cielo Lynx Cielo Vcorp (Corporate) Cielo Saque Cielo Stand In Cielo Recarga Cielo MIS Cielo Correspondente | Serviços bancários Cielo Renova10 Cielo Pre-Auth
  • INVESTIMENTO EM INOVAÇÃO CIELO PREMIA CIELO CIELO MOBILE MOBILE Para sistema Android Para sistema iOS (aparelho Apple)11
  • VISÃO DA CIELO CELULAR COMO CELULAR COMO VEÍCULO DE VEÍCULO DE VENDAS COMPRAS12
  • CIELO - CELULAR COM VEÍCULO DE VENDA13
  • PAGGO: nasceu para ser multi-emissora, multi-operadora emulti-bandeira14
  • MELHORAR O RELACIONAMENTO COM OS NOSSOSCLIENTES É PRIORIDADE Cielo Fidelidade Maior programa de fidelidade B2B da América Latina Cielo Fidelidade ESQUEMA: acúmulo de pontos é o único programa Baseado no volume dos de fidelidade clientes capturados com a exclusivo para os clientes Cielo e troca dos pontos por mais de 20 mil produtos15
  • INOVAÇÕES TAIS COMO CIELO PREMIA –ÚNICAS NO MERCADO CIELO INOVA MAIS UMA VEZ E TRAZ UMA TECNOLOGIA AVANÇADA MUDANDO A CULTURA DE REALIZAÇÃO DE PROMOÇÕES NAS NOSSAS MÁQUINAS CIELO PREMIA É A MAIS FLEXÍVEL E FÁCIL FERRAMENTA DE MARKETING PROMOCIONAL DO MERCADO16
  • 17
  • ANTECIPAÇÃO DE RECEBÍVEIS COMRENTABILIDADE É FOCO Antecipação de Recebíveis (R$ milhões) 12.000 10.340 10.508 8,00% 7,00% 7,4% 10.000 6.781 6,00% 8.000 6,4% 7.323 5,00% Produto 6,2% incluído no 5,0% 6.000 4,00% 4.000 3,00% portfólio no 2,00% final de 2008 2.000 831 1,00% 0 0,8% 0,00% 2008 2009 2010 Acumulado 2010 Acumulado 2011 Volume financeiro das Antecipações (R$ milhões) % Antecipação s/ Volume Financeiro de Crédito Receita de Antecipação de Recebíveis ex Ajustes (R$ milhões) 403 47,5% 418,4 Ticket médio 283,6 das operações 218,1 no 3T11 de R$ 2,3 mil 17 2008 2009 2010 Acumulado 2010 Acumulado 201118
  • A CIELO PROCESSOU 4 BILHÕES EM TRANSAÇÕESEM 2010 Número de Transações (R$ milhões) CAGR: 19,5% 4.039 13,3% 3.427 3.319 2.952 1.716 2.930 2.389 1.424 1.391 1.978 1.232 1.229 987 836 2.323 1.928 2.003 1.701 1.720 1.402 1.142 2006 2007 2008 2009 2010 Acumulado Acumulado 2010 2011 Cartão de Crédito Cartão de Débito19
  • O VOLUME FINANCEIRO CAPTURADO PELA CIELOEM 2010 FOI EQUIVALENTE A 7% DO PIB BRASILEIRO Volume Financeiro (R$ milhões) CAGR: 24% 261.675 19,7% 213.958 224.601 98.742 187.595 175.552 83.094 79.166 136.500 64.655 69.579 110.749 48.534 39.552 162.933 134.792 141.507 110.897 118.016 71.197 87.966 2006 2007 2008 2009 2010 Acumulado Acumulado 2010 2011 Cartão de Crédito Cartão de Débito20
  • CRESCIMENTO RESILIENTE COM MANUTENÇÃO DEPARTICIPAÇÃO DE MERCADO Quebra do Volume Financeiro de Transações (em R$) No universo de 2 participantes houve ganho de No universo de 3 participantes houve 0,2 ponto percentual manutenção de participação 40,4% 43,1% 42,8% 42,3% 42,1% 40,6% 43,7% 43,6% 43,3% 43,3% 59,6% 56,9% 57,2% 57,7% 57,9% 59,4% 56,3% 56,4% 56,7% 56,7% 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 Cielo Redecard Cielo Outros Fonte : Informações divulgadas pelas adquirentes Outros = Redecard e Santander/GetNet21
  • ANTECIPAÇÃO DE RECEBÍVEIS ESTÁ MITIGANDOPRESSÃO NO CORE BUSINESS Receita - Atividade (%) Cartão de 48,1% 48,6% 44,8% Crédito 54,4% 52,6% 51,6% 49,9% Cartão de Débito 16,7% Aluguel de POS 15,8% 16,3% 15,8% 14,7% 15,0% 16,0% 21,4% Antecipação de 24,3% 25,2% Recebíveis 26,4% 27,6% 27,8% 27,9% 10,8% Outras Receitas 7,5% 7,1% 0,0% 0,5% 4,5% 0,0% 3,3% 4,6% 3,9% 3,4% 3,9% 3,3% 6,3% 2006 2007 2008 2009 2010 Acumulado Acumulado 2010 201122
  • DISCIPLINA DE CUSTOS INTRODUZIDA DESDE APREPARAÇÃO DO IPO DA CIELO Custos (R$ milhões) 1.180,8 69,6 23,4% CAGR: 14,4% 936,3 99,3 1.019,4 851,1 18,9 117,0 Custos das subsidiárias 10,2 26,3 826,1 771,0 37,9 141,5 690,1 - 59,3 Adicional das - bandeiras Custos ex subsidiárias 1.011,9 e adicional das 840,9 891,1 bandeiras 771,0 728,8 760,9 690,1 2006 2007 2008 2009 2010 Acumulado Acumulado 2010 2011 Custo unitário ex subsidiárias 0,349 0,323 0,285 0,260 0,251 0,249 0,229 e adicional das bandeiras 0,527 0,471 0,411 0,377 0,360 0,355 0,357 Custos ex subsidiárias e adicional das bandeiras + despesas unitário IPO23
  • ESFORÇOS DA CIELO EM REDUÇÃO DE CUSTOS SÃORECORRENTES INICIATIVAS ATUAIS: PROJETO INDG RENEGOCIAÇÕES DE CONTRATO COM FORNECEDORES REVISÃO DE PROCESSOS PARA OTIMIZAÇÃO DE TEMPO E RECURSOS24
  • COMO CONSEQUÊNCIA, CONTINUAMOSAPRESENTANDO FORTE GERAÇÃO DE CAIXA EBITDA Ajustado* (R$ milhões) 3.500,0 75,00% 3.000,0 2.924,3 70,00% 2.450,7 2.500,0 2.500,0 2.209,5 2.142,0 70,00% 68% 67% 65,00% 1.764,3 2.000,0 69% 60,00% 2.000,0 63% 1.409,5 60,00% 50,00% 61% 1.500,0 1.500,0 40,00% 1.038,8 59% 55,00% 1.000,0 30,00% 1.000,0 53% 50,00% 20,00% 500,0 500,0 10,00% 0,0 45,00% 0,0 0,00% 2006 2007 2008 2009 2010 Acumulado Acumulado 2010 2011 * Ajustado considerando a antecipação de recebíveis como uma receita operacional25
  • CIELO