Fátima - Portugal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Fátima - Portugal

on

  • 2,260 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,260
Views on SlideShare
2,260
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
10
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Fátima - Portugal Fátima - Portugal Presentation Transcript

  • Peregrinação ao Santuário de Fátima Junho de 2010 Progressão não automática
    • O Santuário
    • Situado na Cova da Iria, é composto por :
      • Recinto de Oração
      • Capelinha das Aparições
      • Basílica
      • Colunata
      • Igreja da Santíssima Trindade
  • Recinto de Oração Embora não coberto, o Recinto de Oração é como uma grande Igreja que tem acolhido milhões de peregrinos vindos de todos os cantos do Mundo, para aí louvar o Senhor e Sua Mãe. Como Igreja que é, tem uma Cruz , um Altar , uma Via-Sacra e Imagens de Santos
  •  
  • A nova "Cruz Alta“, da autoria do artista alemão Robert Schad, situa-se no adro da Igreja da Santíssima Trindade. É feita em aço corten, com 34 metros de altura e 17 metros de largura, ao nível dos braços. Foi erguida a 29 de Agosto 2007, dia em que a Igreja celebra o martírio de São João Baptista, o Precursor de Jesus Cristo. Uma Cruz - A “Cruz Alta” Esta obra veio substituir a antiga Cruz Alta, a qual depois de restaurada foi oferecida ao Santuário de Cristo Rei, em Almada.
  •  
  • Um Altar
  • Os 14 painéis da Via-Sacra, em cerâmica policromada, foram executados na Fábrica “Viúva Lamego”, de Lisboa, segundo desenho de Lino António, em colaboração com o pintor e ceramista Manuel Cargaleiro. A Via-Sacra
  •  
  • Monumento ao Sagrado Coração de Jesus Ergue-se no centro do Recinto de Oração , em frente da Capelinha das Aparições. Esta Imagem recorda-nos que a mensagem de Fátima fala também no Coração de Jesus, quer nas aparições do Anjo, quer através de Nossa Senhora. A sua localização simboliza, pois, a centralidade de Jesus na Mensagem de Fátima
  •  
  • A imagem do Sagrado Coração de Jesus é de bronze dourado, de autor desconhecido. Foi oferecida por um peregrino e benzida solenemente em 13 de Maio de 1932.
  • Na base do monumento, encontra-se um fontanário, cuja água ali apareceu, pela primeira vez, em 1921. O fontanário tem hoje 4 bicas.
  • Presépio
    • Foi inaugurado na madrugada
    • de 25 de Dezembro de 1999,
    • início do grande Jubileu.
    • A forma triangular é uma
    • referência à Santíssima
    • Trindade.
    • Tem 5 m de altura e 5 m na base.
    É feito em chapa de aço perfurada, o que permite a colocação de numerosas lâmpadas que, à noite, iluminam todo o conjunto. Autor: José Aurélio, de Alcobaça
  •  
  • Capelinha das Aparições
  • A Capelinha das Aparições é o coração do Santuário.
  • Este é o lugar escolhido por Deus para, por meio de Nossa Senhora, revelar a Sua mensagem aos homens do nosso tempo. Foi aí que Nossa Senhora falou aos Pastorinhos . A construção da Capelinha foi a resposta ao pedido de Nossa Senhora: “quero que façam aqui uma capela em minha honra, que sou a Senhora do Rosário …” Esta “Capela” torna-se, assim, a actualização da mensagem de Nossa Senhora.
  • A Capelinha original foi construída em 1919. Tendo sido dinamitada na noite de 5 para 6 de Março de 1922, foi restaurada e reinaugurada em 13 de Janeiro de 1923. Embora sujeita a ligeiras alterações, mantém os traços originais. O pedestal , onde se encontra a Imagem de Nossa Senhora, marca o sítio exacto onde estava a pequena azinheira sobre a qual Nossa Senhora apareceu aos pastorinhos em 13 de Maio, Junho, Julho, Setembro e Outubro de 1917. A pequena azinheira, de 1 metro de altura, desapareceu devido à devoção dos primeiros peregrinos que a levaram, raminho a raminho .
  •  
  • A Imagem de Nª Sª de Fátima
  • A Imagem que se venera na Capelinha foi oferecida em 1920 por Gilberto Fernandes dos Santos, de Torres Novas . É obra do escultor José Ferreira Thedim. É em madeira, cedro do Brasil e mede 1,10 m. A coroa preciosa que a Imagem ostenta apenas nos dias das grandes peregrinações foi oferecida pelas mulheres de Portugal, a 13 de Outubro de 1942, em acção de graças por Portugal não ter entrado na 2ª Guerra Mundial. É de ouro, pesa 1200 gramas e tem 313 pérolas e 2679 pedras preciosas. Exemplar único, de alto valor artístico, foi executada gratuitamente na joalharia Leitão & Irmão, de Lisboa, e nela trabalharam 12 artistas durante 3 meses.
  • Esta Imagem apenas deixa a Capelinha das Aparições em ocasiões consideradas muito especiais.
  • Em 1984 , a pedido do Papa João Paulo II, foi ao Vaticano onde, na Praça de S. Pedro, o Santo Padre consagrou solenemente o Mundo ao Coração Imaculado de Maria. Foi também nesse dia que o Santo Padre ofereceu a Nossa Senhora a bala que lhe trespassou o corpo no atentado, em Roma, a 13 de Maio de 1981, em sinal de agradecimento por lhe ter salvo a vida. Em 1989, viria a ser encastoada na coroa preciosa da Imagem
  • Basílica de Nª Srª do Rosário
  • A “Capelinha das Aparições” continua a ser o maior sinal evocativo das aparições. Ali se venera a Imagem de Nossa Senhora. Mas a afluência de peregrinos exigia a construção de um templo mais amplo. Esse novo templo, hoje conhecido por “Basílica” , é dedicado a Nossa Senhora do Rosário , evocando a maneira como se apresentou aos Pastorinhos: “Eu sou a Senhora do Rosário”.
  •  
  • Ergue-se no local onde, em 13 de Maio de 1917, os três pastorinhos brincavam quando, de repente, viram um relâmpago que os assustou e fez com que juntassem o rebanho para regressarem a casa.
    • O edifício foi construído totalmente com pedra da região (lugar do Moimento) e os altares são de mármore de Estremoz, de Pêro Pinheiro e de Fátima.
    Para o altar da capela-Mor foi transferido, do altar primitivo, o frontal de prata considerado uma jóia de arte, representando a Última Ceia de Cristo. Os seus 15 altares são dedicados aos 15 mistérios do Rosário. Os vitrais representam cenas das aparições e invocações da Ladainha de Nossa Senhora.
  •  
    • O relógio é obra de Bento Rodrigues, de Braga.
    A torre sineira , erguida ao centro do conjunto arquitectónico, tem 65 metros de altura e é rematada por uma coroa de bronze de 7.000 quilos, construída na fundição do Bolhão, Porto, encimada por uma cruz iluminada que, de noite, se avista a longa distância. O carrilhão é composto por 62 sinos. O sino maior pesa 3.000 quilos e o badalo 90.
  • Os anjos da fachada , em mármore, são da autoria de Albano França.
  • No dia 13 de Maio de 1958, foi inaugurada uma grande estátua do Imaculado Coração de Maria e colocada no nicho da fachada da torre. Tem a altura de 4,73 metros e pesa 14 toneladas. Foi esculpida pelo Padre irlandês Thomas McGlynn, sob indicação da Irmã Lúcia.
  • Esta imagem, oferta dos católicos americanos, evoca o conteúdo da mensagem referente à devoção ao Imaculado Coração de Maria, a que Nossa Senhora aludiu nas três primeiras aparições da Cova da Iria : a devoção dos cinco primeiros sábados, a consagração da Rússia e o triunfo do seu Imaculado Coração. Após as revelações da irmã Lúcia sobre a aparição de 13 de Julho de 1917, em que Nossa Senhora mostrou aos videntes o seu Coração Imaculado , várias imagens passaram a ser esculpidas, para numerosos países, sob essa evocação.
  •  
  • Capela - Mor Em 1995 foi remodelado o presbitério (capela-mor). Ao centro, frente ao altar primitivo, situa-se um grande altar de mármore. O ambão, a peanha para Nossa Senhora e a cadeira da presidência são feitos da mesma pedra do altar. O Sacrário , tal como o frontal do altar, é de prata lavrada. Todo o conjunto foi elevado cerca de 30 cm para melhorar a visibilidade dos peregrinos. Do lado esquerdo, está uma Imagem de Nossa Senhora de Fátima , Virgem Peregrina que, desde 1947, tem percorrido o mundo. Encontra-se aí desde 08 de Dezembro de 2003. Os Vitrais da capela-mor representam os quatro evangelistas, a aparição do Anjo , uma cena da vida dos pastorinhos , e aspectos da Cova da Iria em dia de peregrinação.
  •  
  •  
  • O quadro do retábulo sobre o altar representa a mensagem de Nossa Senhora que desce em forma de luz e de paz, ao encontro dos videntes, preparados pelo Anjo, através do seu encontro com Cristo na Eucaristia . Ajoelhado, do lado esquerdo, vê-se o Bispo da Diocese, D José Alves da Silva. No canto superior direito figuram os Papas que receberam e tiveram parte nesta Mensagem: Pio XII, João XXIII e Paulo VI. Do lado oposto, três Anjos contemplam esta mensagem de Deus aos homens: Oração , Penitência , Reparação e Esperança .
  • Também se encontram na Basílica os túmulos dos irmãos Francisco e Jacinta Marto, nas Capelas laterais direita e esquerda, respectivamente. Junto deste último encontra-se, desde 2006, o da Irmã Lúcia. Na Capela-mor, repousam os restos mortais de D. José Alves Correia da Silva, primeiro Bispo de Leiria (1920 - 1957) da Diocese restaurada.
  •  
  •  
  •  
  • À frente da Basílica foi instalada uma grande tribuna, com altar, presidência, ambão (mesa da palavra) e bancos para os concelebrantes. É utilizada em grandes celebrações no recinto.
  • A Azinheira Grande
  •  
  •  
  • Esta árvore tem mais de 100 anos e era a maior existente na Cova da Iria, em 1917.
    • Não foi sobre ela que Nossa Senhora apareceu, mas está relacionada com as Aparições, sendo a única que restou de todo o conjunto que havia.
    Foi justamente quando passavam junto da “Azinheira Grande” que viram o clarão que precedeu a aparição de 13 de Maio. Nos meses seguintes, era à sombra da “Azinheira Grande” que os Três Pastorinhos rezavam o terço com as pessoas que os acompanhavam, preparando-se para receber a visita de Nossa Senhora.
  • A Azinheira Grande foi classificada de interesse público a 2 de Janeiro de 2007.
  • Colunata É o conjunto arquitectónico que liga a Basílica aos edifícios construídos de cada lado do recinto. Obra do arquitecto António Lino, é composta de 200 colunas e 14 altares. Dezassete estátuas feitas de mármore encimam a Colunata e representam imagens de santos.
  • As quatro imagens maiores são de santos portugueses e encontram-se na parte central. Voltados para a Basílica, da direita para a esquerda, podem ver-se: São Nuno de Santa Maria (Nuno Álvares Pereira) Santo António de Lisboa São João de Brito - parcialmente oculta pelo alpendre da Capelinha São João de Deus - oculta na fotografia
  • Igreja da Santíssima Trindade 90 Anos das Aparições
  • A intenção de construir uma nova igreja no Santuário de Fátima surgiu em 1973. Já nessa altura se verificava que a Basílica não tinha capacidade para acolher todos os peregrinos.
    • O lançamento da primeira pedra teve lugar em 6 de Junho de 2004, Solenidade da Santíssima Trindade.
    A Igreja da Santíssima Trindade , ou como é mais conhecida, a "Nova Basílica" de Fátima, situada no extremo oposto da Basílica de Nª Srª do Rosário, foi inaugurada a 12 de Outubro de 2007, por ocasião do encerramento do 90º aniversário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima.
  •  
  • Com a melhoria dos meios e vias de transporte a tornar mais fácil os acessos a Fátima, a afluência de peregrinos foi sendo cada vez mais assídua e numerosa, não apenas nas “peregrinações aniversárias”, mas também nas celebrações litúrgicas. Aos sábados e domingos juntam-se em Fátima vários milhares de peregrinos. O espaço para acolher estas multidões foi-se tornando cada vez mais exíguo. A sensibilidade às condições atmosféricas do exterior - com o sol, a chuva e o frio a tornarem-se cada vez menos suportáveis - e pela dificuldade também crescente de as pessoas permanecerem em pé, tornou-se cada vez mais evidente a necessidade de criar condições favoráveis à participação activa e atenta dos peregrinos.
  • E, assim, a inauguração da Igreja da Santíssima Trindade veio concretizar um sonho de mais de 30 anos. É a quarta maior igreja católica do Mundo, tendo sido integralmente paga com dádivas dos peregrinos ao longo dos anos. Toda a Igreja é de cor branca, revestida de pedra da região conhecida por branco do mar . Da autoria do arquitecto greco-ortodoxo Alexandros Tombazis , esta Igreja foi inspirada nos antigos anfiteatros romanos, permitindo aos fiéis verem o altar, independentemente do local onde estão sentados. Tem forma circular por fora, com 125m de diâmetro, e quadrangular por dentro, sem quaisquer colunas de apoio intermédio.
  • O acesso ao interior faz-se por 12 portas laterais, em bronze, uma dedicada a cada um dos Apóstolos e uma maior que as outras, a Grande Porta Central, de 64 m2, a Porta de Cristo.
  • Pórtico de Entrada
    • Constituída por malha de rede de aço, a escultura suspensa das duas vigas foi executada manualmente.
    • Alguns Anjos Músicos, de cor dourada, e a frase Venite adoremus Dominum ( Vinde, adoremos o Senhor ) evocam as Aparições do Anjo da Paz e convidam a entrar no templo e a adorar a Santíssima Trindade.
    • Autora: Maria Loizidou (Chipre)
  • A decoração é inspirada na arte bizantina e ortodoxa, mas procurando respeitar a atmosfera de Fátima. A iluminação mereceu uma atenção especial: O tecto é revestido por painéis de tela branca e translúcida que criam uma luminosidade agradável, privilegiando a luz natural. Um sistema computorizado permite manter uma iluminação constante, ou diferentes níveis de luz conforme as funções pretendidas, conjugando a luminosidade exterior, a maior ou menor abertura dos estores da cobertura e o uso da luz artificial. Um sistema de ventilação , aquecimento e ar condicionado permite regular a renovação do ar e a temperatura ambiente. Todas estas características proporcionam calma e serenidade, convidando à concentração e espiritualidade.
  • O espaço comporta um total de 8 633 lugares sentados, incluindo 76 para pessoas com dificuldades motoras. A zona do presbitério tem capacidade para cerca de 100 concelebrantes.
  • Iconografia interior
    • Altar - Bloco único de pedra da região, branco do mar, tem 3,5 m de comprimento, 1,90 m de profundidade e 94 cm de altura. Pesa cerca de 16 toneladas .
  • A Primeira Pedra da Igreja contém a seguinte inscrição: “Fragmento de pedra retirado do sepulcro de S. Pedro Apóstolo e benzido pelo Sumo Pontífice no dia 9 de Março do Ano do Senhor de 2004”. Pedra do Túmulo de S. Pedro - Colocada na frente do altar, é um fragmento, em mármore, retirado do túmulo de S. Pedro. Esta relíquia, oferecida pelo Papa João Paulo II ao Santuário, é um sinal visível da Igreja Universal e recorda a devoção dos Pastorinhos de Fátima ao Santo Padre.
  • Crucifixo - Esculpido em bronze e suspenso sobre o altar, tem 7,5 m de altura e encontra-se sobreposto ao Cordeiro do painel. Representa Cristo que se ofereceu voluntariamente por nós, vivo , glorioso , pronto a abraçar o mundo e a despregar-se da Cruz . Autora: Catherine Green (Irlanda).
  • Imagem de Nossa Senhora de Fátima Escultura de criação livre, que representa Nossa Senhora jovem, com os braços abertos e deixando ver o Coração Imaculado e o Rosário , na mão direita. Esculpida em mármore branco de Carrara, tem 3 m de altura. Autor: Benedetto Pietrogrande (Itália).
  • Painel do Presbitério
    • A parede atrás do altar é decorada por um grande painel que tem cerca de 500 m 2 (50 m de comprimento e 10 m de largura) da autoria do jesuíta esloveno, Pe. Marko Ivan Rupnik.
    É feito em terracota dourada e moldada manualmente. A cor do ouro simboliza a santidade e a fidelidade de Deus , tendo os três traços vermelhos a finalidade de realçar o dourado e facilitar a percepção do mistério e da santidade. Todo o dinamismo de luz e ouro no sentido horizontal e vertical pretende criar no coração de quem está na igreja um estado de alma que acolhe a beleza , a comunhão e o amor .
  •  
    • À direita e à esquerda do Cordeiro está representada a multidão de Anjos e de Santos .
    • O Cordeiro é formado pela cor do ouro e por tonalidades de branco, porque Ele é a Luz. D’Ele partem ondas de luz.
    • Os Santos estão pintados em tons coloridos, a indicar que receberam a luz, deixaram-se iluminar e penetrar por ela, acolheram o dom da vida divina.
    A obra intitula-se “Chamamento Universal da Igreja”, Este painel foi executado por um grupo de artistas especializados em arte litúrgica e proveniente de oito países e de quatro Igrejas Cristãs .
  •  
  • À direita do Cordeiro, está a Mãe de Deus , à qual se unem os Beatos Francisco e Jacinta e a Irmã Lúcia , com o terço nas mãos. A seguir, ainda na primeira fila, encontram-se seis Apóstolos e três Arcanjos , atrás dos quais está uma multidão de Santos.
  • À esquerda do Cordeiro, encontra-se S. João Baptista que indicou o Filho de Deus como o Cordeiro, e mais seis Apóstolos e quatro Arcanjos . Por trás, mais uma multidão de Anjos e Santos, entre os quais Santa Isabel de Portugal e a Beata Teresa de Calcutá .
    • Várias razões contribuíram para que a igreja fosse dedicada à Santíssima Trindade :
    • - as aparições do Anjo da Paz, com o seu insistente
    • convite á adoração a Deus, Santíssima Trindade;
    • - as palavras do Papa João Paulo II proferidas na
    • Capelinha das Aparições, em Maio de 1982, elevando
    • a sua acção de graças à Santíssima Trindade;
    • - o jubileu do ano 2000, também ele dedicado à
    • Santíssima Trindade.
  • Obrigada Orquídea pela partiha das Fotos!
  • Imagem: www.panoramio.com/photo24093338 Pesquisa de Textos: www.santuario-fatima.pt pt.wikipedia.org/wiki/Santuário_de_Fátima Música: Franz Schubert - Avé Maria (Ópera) www.grundfos.com Intérprete: Maria Callas abarrigadeumarquitecto.blogspot.com canilho.wordpress.com Fotos: Orquídea Sucena Maria Elisa Santos Formatação: Maria Elisa Santos
  • FIM