Anfíbios biologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Anfíbios biologia

on

  • 5,097 views

anfibios

anfibios

Acauã e Gregori
turma:2A
numeros:1,21

Statistics

Views

Total Views
5,097
Views on SlideShare
5,088
Embed Views
9

Actions

Likes
1
Downloads
100
Comments
0

2 Embeds 9

http://www.gasesargentinanigeria.blogspot.com 6
http://gasesargentinanigeria.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Anfíbios biologia Presentation Transcript

  • 1. Características Gerais A circulação nos anfíbios é dita fechada (o sangue sempre permanece em vasos), dupla (há o circuito corpóreo e o circuito pulmonar) e incompleta (já que há mistura do sangue venoso e artérial no coração). O coração do anfíbio apresenta apenas três cavidades: dois átrios, nos quais há chegada de sangue ao coração; e um ventrículo, no qual o sangue é direcionado ao pulmão ou ao corpo do animal. O seu sistema excretor apresenta rins mesonéfricos que são ligados por ureteres à bexiga, que por sua vez está ligada à cloaca. Quando no estado larval o produto de sua excreção é a amônia, porém no estado adulto excretam uréia. Quanto a locomoção, os membros da ordem Anura são, em sua maioria, saltadores, as salamandras [Caudata] caminham e as cobras-cegas [Gymnophiona] arrastam-se por contrações musculares. Na água são nadadores, sendo que quando na fase larval utilizam a cauda e quando adultas, as rãs utilizam as patas, que possuem membranas interdigitais. As pererecas apresentam discos adesivos nos dedos, equivocadamente definidos como ventosas.
  • 2.  O sistema nervoso dos anfíbios tem como principal órgão o encéfalo. Apresentam boa visão, com exceção das cobras-cegas, e tato em toda superfície corporal. O seu sistema olfativo apresenta narinas e os órgãos de Jacobson, no teto da cavidade nasal. Em sua língua se encontram botões gustativos.
  • 3. Classes RepresentantesAnuros Representa os anfíbios desprovidos de cauda, como sapos rãs e pererecas. Os sapos são facilmente reconhecidos por sua pele bem áspera, e atrás de cada olho, existe uma bolsa de veneno (glândulas paratóide) que solta quando se sente ameaçado, costumam viver debaixo de troncos de arvores caídos, pedras, folhagens e etc. As rãs possuem pele mais lisa, costumam viver muito próximas ou dentro da água. As pererecas vivem muito próximas aos lagos, e possuem em suas patas, ventosas, utilizando-as para subir em pedras e arvores.
  • 4. Urodelos São os anfíbios que possuem caudas, as salamandras e os tritões são os únicos representantes.
  • 5. Apodes A representante dos apodes é a cobra cega, que leva este nome por se parecer com uma cobra. Não tem pernas ou pés, “cega” pois seus olhos são pouco desenvolvidos.
  • 6. Causas que podem levar a extinções os anfíbios• Fragmentação do habitat, (causado principalmente pelo aquecimento global). Os Anfíbios necessitam de territórios terrestres e aquáticos, a destruição de qualquer um dos dois habitat afetam a sua população.• O aumento nos índices de radiação ultravioleta(conseqüência da diminuição da camada de ozônio)• Novos predadores em ecossistemas atuais (espécies introduzidas pelo homem)• Mudanças climáticas• E etc.
  • 7. Distribuição de anfíbiosameaçados de extinção nomundo