A minha menina, por Ricardo Jorge Graça Barbudo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A minha menina, por Ricardo Jorge Graça Barbudo

on

  • 1,801 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,801
Views on SlideShare
1,261
Embed Views
540

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

8 Embeds 540

http://www.slideshare.net 409
http://chourisso.blogspot.pt 63
url_unknown 34
http://chourisso.blogspot.com 24
http://chourisso.blogspot.com.br 3
http://chourisso.blogspot.cz 3
http://www.chourisso.blogspot.co.at 3
http://chourisso.blogspot.fr 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

A minha menina, por Ricardo Jorge Graça Barbudo A minha menina, por Ricardo Jorge Graça Barbudo Document Transcript

  • AndrajosSó há uma coisa que bate o chegar a casa e ter a vossa namorada bêbada e seminua nosofá: chegar a casa e terem a vossa namorada e as amigas dela bêbadas e seminuas nosofá.FurballsUm tipo fica simultaneamente enternecido e confuso quando vai urinar e, em volta doseu phallus, encontra tanto cabelos da sua namorada como pêlos da sua gata.Quatre-vingts joursA minha namorada tem um coração do tamanho do Mundo, razão pela qual precisei deoitenta dias para lhe dar a volta.OntologiasSe eu e tu fôssemos um jogo, seríamos Uno.Delusions of grandeurO nosso amor é grandioso até mesmo nas coisas mais banais.E sei-o por causa do avião que me enviaste e que me passou agora aqui pela janela coma mensagem "Voltaste a deixar a merda da luz da casa de banho acesa" atrelada à caudado aparelho.
  • Barbas de molhoEstou cada vez melhor na arte de me vir na cara da minha namorada.Isto era ela ontem, às dez para a meia-noite, imediatamente antes de sacar de umKleenex e de fazer com o Kleenex aquilo para o que os Kleenexs foram realmenteinventados.Love is where the living room isVirei-me para ela e disse-lhe: "Amo-te! E sabes porque te amo? Porque sem ti..." - abrios braços e olhei em volta - "... nada disto faria sentido!".Ela enterneceu-se e pensou que eu estava a falar da brandura da vida e da nossaexistência como um todo.No fundo, eu estava a falar da decoração da sala.Yakety SaxA minha namorada é detentora de tão pouca pilosidade púbica que nunca sei se devaestimulá-la sexualmente, se deva dar-lhe chapadinhas como faziam na careca do velhotedo Benny Hill.Somos só amígdalasA única altura em que a minha namorada tem pêlos no nariz é durante um deep throat.
  • X-ratedPela boca morre o peixe e a minha namorada, se ela continuar a metê-lo até aos colhões.EngasgosNão são bem palavras o que eu costumo meter na boca da minha namorada.Ditos e feitosPor detrás de um grande homem está sempre uma grande cabeceira.Pelo menos, enquanto estou a comer a minha namorada.A história da nossa imersãoSó há três coisas que eu espalho em mim: sabonete, água e a tua pele nua.GretasA cena tramada de andar aos melos durante muito tempo seguido é que chega ali a umaaltura em que já não sabes muito bem qual é que é o teu cieiro e qual é que é o cieirodela.Serviço de despertarPara a minha namorada ser um despertador só lhe falta mesmo os ponteiros, porquebarulho irritante para eu levantar o cu da cama já ela faz, e chapadas para ela se calar jáela leva.AtoladouroEncharco tanto a minha namorada que tenho de fazer amor de galochas. View slide
  • Tu"Namorada".Mais do que um substantivo: é o que me adjectiva a vida.Roupa de camaO problema de usar a minha namorada como lençol é que fico sempre com os pésdestapados.FlexíloquoA minha namorada é tão dobradiça que, se ela se esconder atrás de uma porta, eu tenhovinte e cinco porcento de hipóteses de acertar nela.Sentimento de posseTua é o rio e o que ela me responde quando eu lhe pergunto de quem é que ela vai parasempre ser.Rape WarsA minha namorada usa da Força, mas acaba sempre e inevitavelmente dominada,amarrada à cama e violada.Pounding WarsSith é uma cena que a minha namorada não consegue fazer sempre que a como por tráscom a Força do costume.FilantropomaniasA minha natureza filantrópica não me deixa sair das casas de banho públicas onde estivea estimular sexualmente a minha namorada sem deixar lá bem visível uma daquelascenas que diz "Cuidado: piso molhado". View slide
  • Ao naturalO meu amor por ti não tem corantes nem conservantes.Voz no capítuloSe a minha voz é música para os teus ouvidos, então por favor usa a minha boca e aminha língua como fones.A dubiedade é psicológicaFazes-me bem. De ambas as formas.Copofonia AO mais próximo que estive de um threesome foi acordar na cama com a minhanamorada e uma ressaca.Copofonia BA minha namorada diz-me mais vezes "Foda-se, que tresandas a álcool" do que"Amo-te".Desconfio que ela gosta mais do bêbado em mim do que de mim.Já não precisas da chaveO nosso amor é tão à frente que ela até já acede ao meu coração por biometria.À flor da peleA minha namorada devia chamar-se Rosa, Dália ou Margarida, tal é a quantidade devezes que eu a rego com esperma.
  • Bifinhos com violência domésticaA minha namorada pediu-me trufas e eu trufa, no focinho dela.Mal-estarA minha namorada está com diarreia.Deve ter sido da carga de pancada que comeu ontem à noite.EscalasApinhem em pirâmide todos os hipopótamos do Mundo e o meu amor por ela, mesmoassim, consegue ser maior do que isso.PlainaSou o cepo desta árvore a que chamamos "relação".SeivaVir-me na tua cara foi a forma aquosa que eu arranjei de te dizer "Amo-te".PródromoTenho de deixar de comer a minha namorada ao mesmo tempo que estiver a ocorrer umsismo, senão nunca vou dar conta do sismo.ConsubstanciaçãoA minha miúda é a teaser da minha longa-metragem.
  • A brandura em tiUm beijo teu e não há vinagre no Mundo que me tire este gostinho bom da boca.Amor farináceoSó mesmo um pão como eu para tu barrares esse coração de manteiga.VacumSe bato na minha namorada, é porque gosto da carne de vaca bem macia.EnfiteuseSou ateu, e tu és aminha.Valor estimativoEstimo tanto isto que sinto pela minha namorada que até um pirezinhos com leite lhedeixo todos os dias de manhã.E até deixo o que sinto por ela dormir aos pés da cama e tudo.RolA nossa relação é tão sólida que, se um dia ela ma manda à cara, fico com o focinhotodo fodido.ZotismoA minha namorada costuma fazer uma cena muito estúpida: eu.
  • TenacidadeSe me enroscasse agora a ti, só com uma turquês é que me arrancavam daí.AlcaliNão é sem a minha namorada que eu não consigo passar todos os dias: é sem café.PredicadosEla disse-me que uma das minhas melhores qualidades é a minha capacidade de amar.Eu disse-lhe que uma das melhores qualidades dela são as amigas bêbadas e altamentesugestionáveis dela.RemansoFico triste sempre que a minha namorada sai de casa e me deixa lá sozinho, até porque éela que tem a chave para o armário dos licores.MeatosUm tipo sabe que isto vai ser para sempre não quando baixa as calças do pijama e osboxers, mete o esfíncter na cara dela e lhe pergunta "Achas que tenho mais pêlos norabo?", mas sim quando baixa as calças do pijama e os boxers, mete o esfíncter na caradela, lhe pergunta "Achas que tenho mais pêlos no rabo?" e ela lhe responde que simcom aquela cara de "O teu cu está à frente do meu "Americas Next Top Model"".FábulasSe me imagino sem ti, é apenas porque isso nunca será uma realidade.O fim de um extravioTenho tanto medo de te perder que acho que te vou fazer uma chapinha com o teu nomee o meu contacto telefónico para pores na coleira.
  • A parEu e tu, somos um par ímpar entre pares.CinematografismoAinda bem que o coito que eu pratico e os cinemas ZON Lusomundo não são uma e amesma coisa.Odiaria ter de aguentar o meu orgasmo durante dez minutos só para a minha namoradapoder ir mandar uma mijinha e comprar pipocas.ContusõesSofro por amor.Especialmente quando ela se vira na cama de madrugada e me espeta um bananoinconsciente nas ventas.Areia nos olhosTentei explicar-lhe que aquele batom nos lábios era de ter andado a mamar na boca deoutra tipa, mas o facto de estar a envergar, na altura, um vestido e uns sapatos de saltoagulha dela frustrou-me completamente o bluff.ReversosUm gajo que seja o total oposto de mim tem de ser um gajo que primeiro diga"Foda-se!" e só depois entorne o copo de Favaios no novo napperon que a namorada,essa rameira quadrúpede que lhe dá sentido à vida, colocou a fazer pandã ou tigre debengalã ou o caralhã que a foda com o centro de mesa da mesa da sala.
  • ArrimosHá quem defenda que o expoente máximo do conforto masculino e heterossexual paracom a parceira é o peidar-se à frente dela.Não.Para mim, é o começar inconscientemente a bater uma e só depois reparar que ela, o seuchá de erva príncipe e o seu ar de reprovação estão sentados ali mesmo ao nosso lado.Declarações de amorHoje, quando chegar a casa, não te vou dirigir a palavra nem para dizer olá.Vou deixar que as minhas mãos falem por mim.Ajuda de custoA minha namorada sentiu hoje o que é ser o Haiti quando precisou de ajuda humanitáriapara subir o fecho do vestido até cima.EscoposTrato a minha namorada como um objecto: o objecto da minha afeição.CaneladasA minha namorada é uma pessoa tão doce que, para tirar o máximo proveito da coisa,costumo polvilhar-lhe a boca com canela antes de lhe dar uma trincadela nos lábios.DisfarcesNeste Carnaval, vou-me disfarçar de babuíno.Vou pedir à minha miúda que me dê palmadas no rabo até ele ficar vermelho.
  • VagensNunca mais discuto com a minha namorada numa secção de frutas e legumes: quemacaba a pagar as favas sou sempre eu.EscabelasNo sábado, enquanto eu rapava frio, a minha namorada rapava o meu escroto.FármacosUm dia destes, ainda hei-de meter éter assim de soslaio na comida da minha miúda, sópara ter o prazer de lhe dizer no final da refeição o que fiz e deleitar-me a vê-la a tentarmandar-me à merda em câmara lenta e a tentar dar-me chapadas sem o mínimo controlosobre as funções motoras.PressirrostroSou tão mas tão nerd que, até quando quero um broche, faço duplo clique na testa daminha namorada para ela abrir a boca.A plenos pulmõesNão é sem a minha namorada que eu não consigo viver: é sem ar.DesovasÀs vezes, ponho a minha namorada tão húmida que aquilo para lhe chegar ao clitóridesó fazendo como os salmões e nadando contra a corrente.PapilasNão gosto de gelado de chá verde.
  • Mas só porque me sabe ao mesmo do que quando eu lambo a minha namorada depoisdela ter espalhado creme no corpo.Eu e tu ++Todo eu sou um servidor dedicado a ti.Ecoponto final, parágrafoA minha namorada é tão amiga do ambiente que ela recicla sempre que eu lhe passocartão.ColaçosA minha namorada gosta muito de se armar em vaca logo pela manhã, especialmentequando me passa o leite ao pequeno-almoço para eu pôr nos cereais.RobustezA semelhança entre um copo de leite e a vagina da minha namorada é que, se as deixaralgum tempo expostas ao ar, ambas as coisas me começam a coalhar.EspetõesGosto tanto da minha namorada que só me apetece espetar-lhe um garfo na testa emergulhá-la em fondue de chocolate.ValdevinosUltimamente, ando a comer tanta comida tropical e exótica que já não sei bem se é aminha namorada que cheira bem, se fui eu que me peidei.TravesesA minha namorada é tão travessa na cama que sinto-me um autêntico canapé sempreque a estou a montar.
  • GaboO que me safa é o amor dela nestes meus tempos de cólera.Jantes e depoisEu sou tão do tuning que até a minha namorada eu rebaixo todos os dias.MecânicasA nossa atracção é tão física que da última vez fizemos amor com ela pendurada numaroldana e eu deitado num plano inclinado.EsfarrapadelasHoje: Dia Internacional da Mulher.Ou, como eu lhe gosto de chamar, "O Caralhinho é Que Levas Uma Prendinha".RosáceasComi o fruto proibido, que é como quem diz a última maçã na fruteira lá de casa.Já sei que hoje, quando chegar do trabalho, vou levar nas trombas dela.Livre expressõesSe te amo como te amo, é porque sei que posso ser eu ao pé de ti.E por "ser eu ao pé de ti", entenda-se tu fazeres-me a depilação dos pêlos do rabo comcera enquanto eu como bacalhau com natas e vemos "Whose Line is it Anyway?" nomeu portátil ao jantar.
  • DiafaneidadesGosto que a minha namorada seja transparente para mim.Especialmente quando está a dar bola e ela está à frente da televisão.TuÉs a volta ao estômago que me faz vomitar de amor.TuÉs a asma que me corta a respiração.TuÉs o tiro nos cornos que me mata de prazer.TuÉs o indivíduo encapuçado que me afoga numa banheira de brandura.TuÉs o gume da agomia que se me entranha na carne.IntrepidezContinuo na minha: ter encolhido os ombros e feito aquele ar de "Pá, pode ser" quandoela me perguntou se eu queria namorar com ela foi a melhor decisão que tomei em todaa minha vida.
  • Com os teus movimentos elípticos me enganas"Tu não és o centro da minha vida!", disse-me ela hoje de manhã, enquanto efectuavaum movimento de translação em minha volta.LiamesA minha namorada diz que eu estou constantemente a descair-me.Acho que ela me está a confundir com o meu tomate direito.Furtiva ductilidadeA minha namorada é uma autêntica sniper na arte de matar saudades.AcanhosO nosso namoro é tão tímido que até há bem pouco tempo ainda namorávamos comfrases porcas escritas e metidas em envelopes por debaixo da porta.ExcertosSou como um puzzle de mil peças que, sem ti, continuaria a ser um puzzle de mil peças.A diferença é que contigo tenho uma caixa onde ser guardado depois de usado edesmontado.IrascibilidadesNão gosto de violência doméstica, razão pela qual vou às trombas à minha namorada narua.Massa crítica
  • A nossa relação tem uma base tão boa que até já ma pediram para fazer pizzas.RomanticismosMais depressa dou uma cistite à minha namorada do que lhe dou um ramo de flores.FarsasSou tão teatral que costumo bater na minha namorada sob a forma de pantomima.Enlarge your tennisOntem à noite, fui bater umas bolas com o queixo da minha namorada e ganhei pelosparciais de 6-0, 6-0 e 6-0.IneficáciasSou tão pusilânime em tudo que até na cama com a minha namorada uso um duplo.PrimaciaAcho que até a própria definição de relação perfeita tem inveja de nós quando estamosagarrados um ao outro no sofá e com a gata a ronronar-nos no colo.EconomatosA semelhança entre a minha casa e as pernas da minha namorada é que ambas têm umóptimo spread.Actividades lúbricasVirei-me para a minha namorada e pedi-lhe para ela me fazer jogar malabar nos colhõescom a língua, e toda e qualquer concuspicência que pudesse existir ali no quartolevantou-se da cama, calçou uns ténis, vestiu um casaquinho e saiu porta afora.
  • TuÉs a trincha que me dá uma demão sempre que eu me sinto sem cor.TuÉs o airbag que me salvou deste acidente a que eu chamo vida.TuÉs o verdadeiro significado num mundo de retórica.TuÉs o único tijolo que embeleza este muro de irresponsabilidade.TuÉs o tupperware que guarda as minhas sobras.TuÉs a chave do meu Totoloto quando tudo o resto são números suplementares.TuÉs o boss final neste meu jogo de engate.Tu
  • És a OPA que adquiriu todo o meu capital amoroso.DevoluçõesSe Deus não queria que eu me pendurasse feito quadrúmano na cabeceira da cama, meacocorasse perto da cara dela enquanto ela dorme, lhos pusesse assim tipo paninhohúmido e pintelhudo nos olhos e lhe dissesse "Adivinha quem é!", então Deus não medevia ter dado dois tomates com tamanho e fisionomia suficientes para lhe tapar a vista.TuÉs o cunho que dá valor à minha felicidade.Tu...... sabes que "Pá, sai-me da frente da televisão, caralho!!!" é apenas outra forma dedizer que te amo, não sabes?IndelicadezasDesde que percebi que te amo que começaste a ver-me a peidar, a arrotar, a coçar ostomates, a escarrar da janela da cozinha para fora, a passear de tronco nu e a fazer festasno tufo de pêlo no baixo-ventre, a brincar com a pila, a meter-te o cu na cara, aescarafunchar nos pés, a tirar macacos, a assobiar e a dizer ""Eh, gaja boa!"acompanhado de uma palmada no teu rabo sempre que passas à minha frente, a sorvercomida de entre os dentes, a mijar de forma ruidosa e a vir-me para cima de tudo quantoé mobiliário lá de casa como se não houvesse amanhã.O nosso amor é, no fundo, o pai de tudo aquilo que, para ti, é nojento em mim.ApartaçõesAcho absolutamente espectacular esta disparidade da minha namorada achar porco ofacto de eu cuspir para o chão, mas não o facto de eu cuspir para a pila ou para areentrância vaginal dela antes de lho meter.
  • PeitorisCenas que eu levo a peito: a minha cara.Especialmente se esse peito for o da minha namorada.CosméticasEsporra: o melhor desmaquilhante que a minha namorada alguma vez terá.ConceptismosAmo a minha namorada mas neste momento estou a pensar em pudim.Não sei o que é que isto quer dizer nem o que é que isto faz de mim enquanto pessoa.Nós++O nosso amor é algo de tão positivo que vou passar a dizer "Amo+te" em vez de"Amo-te".OcultismosO nosso amor só pode ser alquimia.De que outra forma se pode explicar que este coração de pedra se transforme em algo detão mole quando está ao pé de ti?VulvasEstive a fazer contas e cheguei à conclusão que a única brasileira que eu conheço éaquela que a minha namorada tem na pachacha.PoligonamiaHá tanto amor entre nós que até o triângulo do nosso carro é amoroso.
  • PepéisAdoro fazer roleplay na cama.Esta noite, vou disfarçar-me de frutaria e a minha miúda vai ser a cliente que me apalpaos tomates.OpióidesO amor é uma droga. E a nossa droga, amor, só pode ser a morfina.E digo isto porque, quando estou ao pé de ti, torno-me completamente insensível e tudás-me sono.PerseverançasOntem fodi tanto a paciência à minha namorada que acho que daqui a nove meses elavai ter outra.PeiasUm tipo sabe que a namorada também trabalha no ramo da informática quando lhe tentair ao cu e aquilo dá-lhe access denied.TuÉs o Best of de toda a minha carreira amorosa.MalogrosO aborto que a minha namorada fez é o filho que eu nunca tive.ReprovaçõesNo que concerne ao respeito que tenho pela minha namorada, acho que já estou tapadopor faltas.
  • VaticíniosDeprime-me pensar que estou fadado a ser feliz para sempre.Lá em cima há planícies sem fim"Era Uma Vez... o Espaço" é uma série animada da década de oitenta e o que eu penseiquando passei a partilhar de forma definitiva a minha cama de casal com a minhanamorada.ParticularidadesExtraordinário como sempre que me perco de amores, é em ti que me encontro.EstremançasSegregar pretos.Tanto podemos estar a falar do apartheid como do que a minha namorada faz com todosos vestidos na Zara.Verbalismos"Fui-te ao cu" não é passado: é o presente que vou receber hoje à noite.Mal-estarEstava agora a lavar os dentes ali na casa de banho, imaginei a minha namorada a fazer-me um broche e comecei a ter uma erecção.Tenho de deixar de lavar os dentes aqui no trabalho se quero começar a evitar situaçõesincómodas.
  • FlorescênciasChegar a casa todos os dias úteis, atirar a mala para um canto, rebolar durante largossegundos com a nossa gata no tapete da entrada, erguer-me e dar contigo de braçosabertos à espera que eu te preencha o espaço entre eles não é monotonia: é a base detoda a minha felicidade.BordoadasTodas as mulheres têm um ponto fraco.O da minha namorada é naquela zona lombar mais macia onde acabam as costelas.DiacríticosA única coisa que o cu da minha namorada não leva é acento.DiscernimentosRaiva e as virilhas da minha namorada.Eis duas coisas que insistem em toldar-me a visão.BordosQuando a minha namorada me passa a língua pelas beiças, fico sem saber qual de nós éque é suposto estar com fome.ArtifíciosA diferença entre a vagina da minha namorada e um torno é que nunca fiquei com umamão entalada num torno.
  • PrerrogativasHá uma parte de mim que treme sempre que está ao pé de ti.É aquela parte de mim que fica destapada durante a noite sempre que açambarcas aminha parte do lençol.UniversalizaçõesJá lhe dei o Mundo.Esta noite, vou-lhe dar a Via Láctea.TuÉs o mau hálito que me dá o beijo de bons dias todas as manhãs.TuÉs o cheiro a merda que me faz companhia sempre que vou lavar os dentes depois decagares.TuÉs oitenta por cento do espaço que eu deveria mas que na verdade não ocupo na cama.GestaçõesDizem que as grávidas tendem a sofrer grandes alterações hormonais, o que, por suavez, degenera em violentas variações de humor.Com o feitiozinho que a minha namorada já tem, tenho impressão que ainda lhe vourebentar as trombas várias vezes antes de lhe rebentarem as águas.
  • CalculismosTenho tantos problemas mal resolvidos com a minha miúda que, se ela fosse feita dematemática, eu já teria chumbado há muito.CloretosNão deixa de ser irónico que a minha namorada esteja sempre a pôr-me sal nas feridas edepois me faça uma sopa do mais insosso que há.Falsa fotogeniaTenho mais fotos da minha namorada com o meu pénis do que da minha namoradacomigo.ÂmagosNunca me rio sozinho.Mera distância jamais me impedirá de me sentir sempre contigo nos melhoresmomentos.FulgoresEstá tudo completamente nublado.Peço desculpa: a culpa é minha, mas não admito que existam dois sóis na minha vida.DádivasAté quando estamos longe tu me dás presentes.Acabaram de me entregar aqui, por correio, uma caixa enorme cheia de saudade com oteu nome.
  • CavidadesSempre que vejo um bife da vazia lembro-me de como a minha vida era antes de ti.FragmentosSe seguires as migalhinhas que a minha felicidade vai deixando para trás, verás que elasvão dar sempre a ti.DocémSe a vida fosse um bolo, a minha miúda seria a stripper que estaria lá dentro.FortinsOlho para a minha miúda como se ela fosse a última peça desta fila indiana de dominósque é a minha vida.Tudo o resto pode até cair que não é o fim de mundo, mas se ela tombar, aí sim, sabereique não me sobra nada.TuÉs a alquimista que transformou esta mágoa de que sou feito em felicidade.DuramesSe encararmos a coisa unicamente de um ponto de vista de longevidade, então eu ando atrair a minha pornografia com a minha namorada.IdíliosSinto-me um autêntico pegureiro sempre que levo a vaca da minha namorada a umacasa de pasto.
  • CausalitySublime acaso é "kanojo" ser uma das possíveis formas de dizer "namorada" emjaponês.TranslacçõesSe eu sou o teu sol, então sê o meu mundo.PlanosHá um limite para aquilo que te posso oferecer.Trezentos e sessenta graus.Tudo num espaço de trezentos e sessenta graus.Mais do que isso não posso.BorralhosO mais perto que a minha miúda vai estar de viver um conto de fadas vai ser quandoesta noite eu lhe der baile e lhe baterem as doze badaladas. No queixo.AntropofagiasTer arrotado ontem na boca da minha namorada depois do jantar foi a prova que faltavaque nós, os seres humanos, afinal, sabemos mesmo a frango.Pequenos grandes detalhesTudo ou nada é mais do uma dicotomia: é o que escorre de Golden Grahams para dentroda minha tradicional e matutina taça de leite, dependendo de quem fez o rasgão naembalagem.Tudo se tiver sido eu.Nada se tiver sido ela.
  • AljôfaresSe o Mundo é a minha ostra, então tu só podes ser a minha pérola.AparatosVim-me para dentro de uma das meias de dormir da minha miúda.Inadvertidamente, dei-lhe o cheiro a chulé mais espectacular de sempre.OferendasNeste Natal, vou oferecer algo de diferente à minha miúda: múltiplos orgasmos.Dos meus.Estou a guardá-los num boião.Só espero que ela não dê pelo cheiro a iogurte estragado que vem do fundo do guarda-roupa até à véspera, senão lá se vai a surpresa.Baixas expectativasMal posso esperar por amanhã ver a minha miúda a abrir o presente que lhe ofereci.Espero ver um ar de desapontamento tão grande ou maior do que o que ela manifestouquando me viu nu pela primeira vez.GavinhasAdoro sovacos.Sem eles, jamais conseguiria descolar os braços do corpo e dar-te aqueles abraços deque tanto gostas.EmbaraçosA minha namorada não ressona, mas também não precisa: o desprezo que ela me dá já ésuficiente para não me deixar dormir como deve de ser.
  • SuposiçõesO nosso amor é falta de imaginação.Mas só porque não me imagino sem ti.IncompletudesA minha miúda não é perfeita.Mas só porque me tem por defeito.De tiSentir-me amado é, quiçá, a minha melhor qualidade.CitrinaA minha miúda devia chamar-se Clementina, tal é a quantidade de vezes que lhe agarronas nádegas como se fossem gomos e lhe descasco o cu como se fosse uma laranja.Love comes to us allHoje é Dia dos Namorados, e eu amo a minha namorada.Amo-a tanto que até já lhe enviei uma SMS a perguntar se ela não se esqueceu da chavede casa, que eu hoje só devo chegar por volta da meia-noite.MagnatasDeixei de pôr o meu coração a leilão a partir do momento em que tu me mostraste que oque sinto por ti não tem preço.
  • RelevosSó tempo e espaço não me chegam.Preciso de ti como a minha terceira dimensão para isto que sinto ser real e ter real noçãode profundidade.RetirosNunca temo a tua saída do meu lado quanto te ausentas da cama, pois sei que nunca teesqueces de lá deixar o teu calor e o teu cheiro na almofada a fazer-me companhia.HarmoniasA vida é uma balança, mas tu não estás em nenhum dos pratos.Tu? Tu és o merceeiro de lápis atrás da orelha que lhe dá o devido equilíbrio.Tratos e portesSensibilidade.Tenho disso a rodos.Especialmente no que toca a perceber que não tenho um toalhão lavado e penduradoatrás da porta da casa de banho quando saio do duche, que os meus chinelos continuamno quarto e que ela ainda não limpou o tacho com esparguete que eu atirei sem quererao chão há quinze minutos atrás.SufocosDesconfio que vivo com uma astronauta, tantas são as vezes que ela me diz que precisade espaço.RefeiçõesA tua cabeça numa bandeja não é forçosamente sinal de vingança: pode ser apenas sinalde que me adormeceste no colo enquanto eu estava a jantar.
  • HélicesA minha miúda nunca mais comeu caracóis desde que comecei a aparar a pentelheira.EspinhaçosNunca olho para trás.Não preciso. Sei que estás ao meu lado.TuÉs a paz de espírito de alguém que não acredita em fantasmas.TuÉs o recheio preferido dos meus abraços.A cada coisa, o seu lugarNão costumo dar apertos de mão à minha namorada.Imagino que pela mesma razão que não costumo pôr a minha pila na boca dos meusamigos.DelicatesserieA minha miúda adora quando eu lhe digo que a vou comer.Só não gosta muito é quando lhe espeto o garfo na cona.ForosTodos nós temos um pouco de aristocracia dentro de nós.A da minha miúda manifesta-se na forma como ela passa os charutos barbudos pordebaixo do nariz e os cheira antes de os meter na boca.
  • OdoresVou deixar de usar desodorizante.Para coisas que cheiram bem e que ponho debaixo do braço, basta-me a minhanamorada.FarinhatosNão sou um pão, mas desfaço-me em migalhas sempre que me afasto de ti.AgoirosTenho uma rara doença de pele.Chama-se Cláudia, e o principal sintoma é ela deixar-me a cara numa lástima deborbulhas e pontos negros espremidos.Porco agridoceSó cuspo para o chão quando falho a cona da minha namorada.CoaxosAdoro quando a minha miúda desata a dar peidos de cona.Dá a sensação que um gajo está a foder no meio de um charco pejado de sapos.Coerência artiodáctilaNão percebo a lógica que impera na cabeça da minha namorada: primeiro chama-meporco, e depois admira-se de eu deixar a casa numa pocilga.
  • VersõesQuando digo às pessoas que a minha namorada não me liga, elas costumam pensar queeu estou a falar de telemóveis.VínculosA minha miúda pediu-me um copo dágua e uma foda, mas eu disse-lhe que copo dáguasó depois do casamento.ElasticidadesA minha miúda é tão ginasta que quando faz a ponte até faz as portagens e uma placa adizer "Barreiro" e tudo.