Trânsportes Marítimos e Portos Nacionais
Índice <ul><li>Transportes marítimos : </li></ul><ul><li>Moliceiro </li></ul><ul><li>Rabelo </li></ul><ul><li>Carocho </li...
Transportes Marítimos <ul><li>Alguns transportes marítimos:  </li></ul>Moliceiro Rabelo Carocho Lancha poveira Mercantel D...
Moliceiro <ul><li>Moliceiro  é o nome dado aos barcos que circulam na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga. </li></u...
Rabelo <ul><li>O barco rabelo é uma  embarcação portuguesa típica do Rio Douro que tradicionalmente transportava as pipas ...
Carocho <ul><li>O único tipo   de barco usado pelos pescadores do Rio Minho é o denominado «carocho», salvo próximo da bar...
Lancha Poveira <ul><li>A  lancha poveira  é um género específico de barco caracterizado por um casco largo e leme de grand...
Mercantel <ul><li>Em tempos o barco mercantel, que navegava na ria de Aveiro, tinha a árdua função de transportar produtos...
Outros exemplos de barcos tradicionais <ul><li>BATEL DO ALTO </li></ul><ul><li>BATEL DO CABRESTANTE </li></ul><ul><li>CANO...
Alguns Portos Nacionais Porto de Lisboa Porto de Aveiro Porto de Sines
Porto de Lisboa <ul><li>O Porto de Lisboa é um grande porto europeu de orientação atlântica, cuja centralidade geoestratég...
Porto de Aveiro <ul><li>O Porto de Aveiro é um porto situado no distrito de Aveiro, inserido numa laguna que constitui a R...
Porto de Sines <ul><li>O porto de Sines é um porto de águas profundas, de fundos naturais até −28 metros, com terminais es...
<ul><li>Trabalho realizado por :  </li></ul><ul><li>João Gonçalo, Nº14, 6ºA </li></ul><ul><li>Gonçalo Perna, Nº9, 6ºA </li...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Transportes marítimos

1,805

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,805
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transportes marítimos

  1. 1. Trânsportes Marítimos e Portos Nacionais
  2. 2. Índice <ul><li>Transportes marítimos : </li></ul><ul><li>Moliceiro </li></ul><ul><li>Rabelo </li></ul><ul><li>Carocho </li></ul><ul><li>Lancha poveira </li></ul><ul><li>Mercantel </li></ul><ul><li>Portos nacionais </li></ul>
  3. 3. Transportes Marítimos <ul><li>Alguns transportes marítimos: </li></ul>Moliceiro Rabelo Carocho Lancha poveira Mercantel Dori
  4. 4. Moliceiro <ul><li>Moliceiro é o nome dado aos barcos que circulam na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga. </li></ul><ul><li>Esta embarcação era originalmente utilizada para a apanha do moliço, mas actualmente mais usados </li></ul><ul><li>para fins turísticos. </li></ul>
  5. 5. Rabelo <ul><li>O barco rabelo é uma  embarcação portuguesa típica do Rio Douro que tradicionalmente transportava as pipas de Vinho do Porto do Alto Douro, onde as vinhas se localizam, até Vila nova de Gaia  - Porto, onde o vinho era armazenado e, posteriormente, comercializado. </li></ul><ul><li>Sendo um barco de rio de montanha, o rabelo não tem quilha e é de fundo chato, com um comprimento entre os 19 e 23 metros e 4,5 metros de boca. A sua construção, de tábuas sobrepostas, tábua trincada, é nórdica, em comparação com a do Mediterrâneo. </li></ul>
  6. 6. Carocho <ul><li>O único tipo   de barco usado pelos pescadores do Rio Minho é o denominado «carocho», salvo próximo da barra, e sobretudo na margem espanhola, onde também se emprega na pesca a embarcação chamada  masseira. </li></ul>
  7. 7. Lancha Poveira <ul><li>A  lancha poveira  é um género específico de barco caracterizado por um casco largo e leme de grande profundidade, havendo diferentes lanchas com diferentes dimensões, aspectos e faina. Estas têm dimensões que vão de entre 4 a 5 até 13 a 14 metros de comprimento. A enorme vela de pendão era o seu principal meio de propulsão, ocasionalmente aliado por um conjunto de remos. A grande vela feita de lona tinha feitio trapezoidal. A  Lancha Poveira do Alto  é uma embarcação grande e adaptada ao mar alto destinada à captura de pescada; a  Catraia Pequena  destinava-se à captura de sardinha; a  Catraia Grande  para a pesca da raia e o  Caíco  para </li></ul>
  8. 8. Mercantel <ul><li>Em tempos o barco mercantel, que navegava na ria de Aveiro, tinha a árdua função de transportar produtos agrícolas, mercadorias, ou produtos acabados, matéria-prima para abastecer as fábricas da região, madeira para as caldeiras, o sal, entre outros. Era um barco de carga que abastecia as localidades ribeirinhas. Actualmente, serve o turismo regional, transporta pessoas em viagem de lazer... um fim mais luxuoso... Como diz um antigo arrais, &quot;antigamente era um barco de carga, agora ricos e pobres passeiam nele&quot;. </li></ul>
  9. 9. Outros exemplos de barcos tradicionais <ul><li>BATEL DO ALTO </li></ul><ul><li>BATEL DO CABRESTANTE </li></ul><ul><li>CANOA CAÇADEIRA DO ALTO </li></ul><ul><li>VARINO </li></ul><ul><li>FALUA </li></ul><ul><li>DE PASSAGEIROS </li></ul><ul><li>MULETA </li></ul><ul><li>FRAGATA DE CARGA </li></ul><ul><li>CANOA DA PICADA </li></ul><ul><li>CAIAQUE </li></ul><ul><li>CANOA DO ESPINEL </li></ul>
  10. 10. Alguns Portos Nacionais Porto de Lisboa Porto de Aveiro Porto de Sines
  11. 11. Porto de Lisboa <ul><li>O Porto de Lisboa é um grande porto europeu de orientação atlântica, cuja centralidade geoestratégica lhe confere um estatuto de relevo nas cadeias logísticas do comércio internacional e nos principais circuitos de cruzeiros. </li></ul><ul><li>O porto é líder nacional no movimento de navios (em número e em GT) e ocupa o 1º lugar no ranking nacional de movimentação de carga e de granéis sólidos agro-alimentares. Estes dois tipos de mercadorias colocam o Porto de Lisboa a par dos principais portos ibéricos.   </li></ul><ul><li>Como resultado da firme aposta na satisfação das necessidades e exigências dos seus clientes, alicerçada na prestação de um serviço de máxima qualidade, o Porto de Lisboa tem registado ao longo dos anos um crescimento notável em todos os seus negócios: a movimentação de carga, o turismo de cruzeiros, o transporte fluvial, a náutica de recreio e a dinamização cultural e de entretenimento de toda a zona ribeirinha sob a sua jurisdição. </li></ul>
  12. 12. Porto de Aveiro <ul><li>O Porto de Aveiro é um porto situado no distrito de Aveiro, inserido numa laguna que constitui a Ria de Aveiro. É uma zona classificada como zona de protecção especial, que assume uma especial importância para variadíssimas espécies, no que respeita à conservação de zonas húmidas. Este porto tem por objectivo a movimentação de vários tipos de mercadorias, dispõe de vários terminais, onde se faz a movimentação de granéis sólidos ou líquidos, carga geral, entre outras mercadorias. Possui ainda terminais destinados à movimentação de pescado.  </li></ul>
  13. 13. Porto de Sines <ul><li>O porto de Sines é um porto de águas profundas, de fundos naturais até −28 metros, com terminais especializados que permitem o movimento de diferentes tipos de mercadorias. Para além de ser o principal porto na fachada atlântica de Portugal, devido às suas características geofísicas, é a principal porta de entrada de abastecimento energético de Portugal, gás natural; carvão e petróleo . </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Trabalho realizado por : </li></ul><ul><li>João Gonçalo, Nº14, 6ºA </li></ul><ul><li>Gonçalo Perna, Nº9, 6ºA </li></ul><ul><li>Sara Santos, Nº19, 6ºA </li></ul><ul><li>Diogo Costa, Nº7, 6ºA </li></ul>Fim
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×