Your SlideShare is downloading. ×

Cooperativas Agropecuarias

4,854

Published on

Cooperativa Agropecuarias, e associações com produtores rurais

Cooperativa Agropecuarias, e associações com produtores rurais

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
4,854
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
65
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. INTRODUÇÃO AO ASSOCIATIVISMO Cooperativas Agropecuárias eAssociações de Produtores Rurais: o que são e para que servem GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 2. GABRIEL CAMPOS VOLPI Cientista Social Assistente Agropecuário ICOORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS - CODEAGRO INSTITUTO DE COOPERATIVISMO E ASSOCIATIVISMO – ICA GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 3. ICA - APRESENTAÇÃO SAACATI CDA APTA CODEAGRO Institutos de Pesquisa ICA GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 4. AGRICULTURA: CONTEXTO ATUAL Globalização: comunicações mais rápidas, interdependência das regiões (podemos consumir coisas produzidas do outro lado do mundo), mercados globais (preços das mercadorias são regulados mundialmente). Mercado mais exigente quanto aos produtos agropecuários: qualidade, sanidade, quantidade regularidade. Pressão sobre o pequeno produtor: necessidade de comprar e vender em maior escala para garantir preços viáveis. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 5. AGRICULTURA “TRADICIONAL”Relação com o mercado: mediada localmente Agricultura adubos silagem ProcessamentoVENDINHA artesanal VENDINHA SÍTIO Sal, Venda da Pecuária Pólvora, produção Tecidos... Conhecimento Ferramentas tradicional GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 6. AGRONEGÓCIO Relação com o mercado: direta e global Industria (process Insumos amento) Máquinas e Atravessador implementos SÍTIO (atacado) Assistência técnica Supermerca Crédito dos (varejo) (banco) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 7. SISTEMA OU CADEIA AGROINDUSTRIALFigura 1 Esquema de um Sistema AgroindustrialFonte: Zylbersztajn & Farina apud CONTINI et. al. (2006) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 8. ESTRUTURA DE MERCADO NO AGRONEGÓCIO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 9. ESTRUTURA DE MERCADO NO AGRONEGÓCIO Produtores rurais: muitos produtores; diferentes portes; geograficamente dispersos; níveis culturais diversos; diferentes tecnologias; poucas informações; e socialmente desorganizados. Insumos e agroindústria (segmentos antes e depois da porteira): número pequeno de agentes econômicos (em relação ao número de produtores rurais); no geral, são bem mais organizados. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 10. PRODUTOR RURAL: TOMADOR DE PREÇOS Produtor rural adquire os insumos de que necessita para sua produção a preços estabelecidos pelos fornecedores, pois esses são em pequeno número, organizados entre si, e mais capitalizados que os produtores. Produtor rural comercializa sua produção a preços estabelecidos pelos compradores, pois esses são em menor numero e mais organizados. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 11. PEQUENO PRODUTOR RURAL: DIFICULDADES Os pequenos produtores rurais são os que mais sofrem com essa estrutura de mercado. Some-se a essa dificuldade as características próprias da atividade, sazonalidade da produção, incerteza com relação ao clima e produtos perecíveis. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 12. PEQUENO PRODUTOR RURAL: DIFICULDADES A agricultura se torna uma atividade difícil, onde cada vez mais a chance do pequeno produtor se manter nessa atividade é menor. O associativismo agrícola é uma maneira de manter os pequenos produtores rurais ativos. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 13. ASSOCIATIVISMO O associativismo ou ação associativa é qualquer iniciativa, formal ou informal, que reúna um grupo de pessoas ou empresas com o principal objetivo de superar dificuldades e gerar benefícios comuns em nível econômico, social ou político. As formas de associativismo mais utilizadas pelos produtores rurais são as Associações de Produtores Rurais e as Cooperativas Agropecuárias. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 14. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 15. ASSOCIAÇÕES – O QUE SÃO? Art. 53 do código civil. “Constituem-se as associações pela união de pessoas que se organizem para fins não econômicos”. Organização social formal, regulada pela legislação. Registro em cartório. União de pessoas que decidem trabalhar juntas para alcançar determinado objetivo, do interesse de todos. As associações visam representar e defender os interesses de seus associados e estimular sua melhoria técnica, profissional e social. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 16. ASSOCIAÇÕES – PRA QUE SERVEM?As associações são constituídas geralmente com as seguintes finalidades / objetivos:Representar e defender o interesse dos associadosjunto a instituições públicas e privadas, sendo queestes, coletivamente, passam a ter maiorrepresentatividade;Prestar serviços a seus associados. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 17. ASSOCIAÇÕES: PRINCIPAIS FINALIDADESNo caso de associações de produtores rurais, as principais finalidades /objetivos das associações são: 1 Representar os associados junto a instituições públicas e privadas; 2 Buscar informações no mercado (preço, oferta, demanda, tecnologia, etc.); 3 Prestar serviços de assessoria na venda dos produtos do associado e na compra de insumos, matéria-prima e bens de produção, racionalizando sua atividade econômica; GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 18. ASSOCIAÇÕES: PRINCIPAIS FINALIDADES 4 Receber, beneficiar e armazenar a produção agrícola; 5 Auxiliar no desenvolvimento tecnológico (capacitação dos associados, assistência técnica, etc.), administrativo e pessoal. 6 Defender econômica, social e culturalmente o associado. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 19. COOPERATIVAS – O QUE SÃO Art. 3° da lei 5.764. Celebram contrato de sociedade cooperativa as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir com bens ou serviços para o exercício de uma atividade econômica, de proveito comum, sem objetivo de lucro. “Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer suas aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais comuns, por meio de uma empresa de propriedade coletiva e democraticamente gerida”. (ACI). GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 20. COOPERATIVAS – O QUE SÃO A característica principal da sociedade cooperativa é a sua finalidade, que é oferecer aos seus cooperados melhores condições econômicas e sociais, já que a sociedade (em si) não possui finalidade lucrativa. Desta forma, a sociedade serve como instrumento de promoção dos interesses de seus membros. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 21. COOPERATIVAS – PRA QUE SERVEM Resumindo, o objetivo da cooperativa é proporcionar vantagens econômicas a seus membros. Tomando-se como exemplo uma cooperativa agropecuária, esse objetivo pode ser alcançado à medida que: 1) racionaliza os gastos comuns (resultados mais eficazes); 2) reforça o poder de barganha com o mercado (unindo a capacidade econômica e financeira dos cooperados numa só entidade); GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 22. COOPERATIVAS – PRA QUE SERVEM 3) elimina intermediários: reduzindo custo aquisição insumos dos cooperados e/ou possibilitando colocação produtos e/ou serviços no mercado por preços mais competitivos; e 4) permite controle de qualidade mais eficiente sobre produtos adquiridos e/ou produzidos. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 23. CONTATOS CÉLULA REGIONAL DE APOIO TÉCNICO DE JAÚ Escritório de Desenvolvimento Rural de Jaú Rua Governador Armando Sales, 218 - CEP: 17201-360 Telefones: (14) 3622-6088/3622-6502/3622-2202 - Ramal: 215 Email: gvolpi@codeagro.sp.gov.br GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

×