Periodização táctica uma diferente forma de operacionalizar o processo de treino

13,847 views
13,701 views

Published on

Published in: Sports, Education, Business
3 Comments
19 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
13,847
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,042
Actions
Shares
0
Downloads
1,224
Comments
3
Likes
19
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Periodização táctica uma diferente forma de operacionalizar o processo de treino

  1. 1. Universidade Técnica de Lisboa<br />Faculdade de Motricidade Humana<br />PERIODIZAÇÃO TÁCTICA<br />Uma diferente forma de operacionalizar o processo de treino<br />Metodologia <br />de <br />Treino Especifica<br />Docente: Ricardo Duarte<br />Discente: Carlos Fradão<br />
  2. 2. Periodização<br />“A periodização do treino tem vindo a sofrer modificações ao longo dos tempos…”<br />Dantas (2003)<br />Modelo Teórico<br />Desenvolver o processo de treino ao longo do tempo<br />Estrutura e Organização do treino<br />Metodologia de Treino<br />1<br /> “Periodização do Treino em Futebol (2006)”<br />
  3. 3. Modelos de Periodização<br />Docente: Prof. Ricardo Duarte<br />2<br />Planeamento e Periodização do Treino, FMH<br />
  4. 4. Modelos de Periodização<br />Periodização Convencional<br />Constatações<br />Desportos <br />Colectivos <br />Teorias dos Desportos Individuais<br />Colonizados<br />Conceitos<br /><ul><li>Volume x Intensidade
  5. 5. “Forma” – Dimensão Física
  6. 6. Pré-Época
  7. 7. P. Competitivo
  8. 8. “Picos de Forma”
  9. 9. “Factores” físicos, técnicos…</li></ul>3<br /> “Periodização do Treino em Futebol (2006)”<br />
  10. 10. Periodização Táctica<br />“O Futebol é considerado um jogo dinâmico essencialmente táctico”<br />Castelo,1996<br />É considerado um novo modelo de periodização…<br />ou uma diferente forma de operacionalizar o processo de treino?<br />Princípios<br /><ul><li>Modelo de Jogo (M.J.) é a grande directriz de todo o processo
  11. 11. Não existe divisão da época em períodos
  12. 12. Estrutura utilizada - morfociclo
  13. 13. Sobrepõe o colectivo ao individual</li></ul>4<br />(Tamarit, X., 2007)<br />
  14. 14. Periodização Táctica<br />“Pretende-se não uma integração de factores, mas de princípios”<br />Frade,2003<br />A Periodização Táctica tem como núcleo a especificidade do M.J.<br />Psicológicos<br />Cognitivos<br />Físicos<br />Técnicos<br />M.J. – Um conjunto de acções, pensamentos e princípios<br />5<br />(Silva,2008))<br />
  15. 15. Periodização Táctica<br />Ideia de jogo do treinador<br />Características dos jogadores<br />Modelo de Jogo<br />Princípios e Sub- Princípios<br />4 momentos do jogo<br />T. defensiva, ofensiva<br />M. Ofensivos e<br /> defensivos<br />6<br />
  16. 16. Periodização Táctica<br />Princípio da Especificidade<br />Durante o treino:<br /><ul><li>Os jogadores mantiverem um elevado nível de concentração durante o exercício
  17. 17. O treinador intervier adequada e atempadamente perante o exercício
  18. 18. Os jogadores entenderem os objectivos e as finalidades do exercício</li></ul>“Deve assumir uma organização fraccionada, os exercícios que criamos devem ser fraccionados do jogo que pretendemos.”<br />José Guilherme Oliveira<br />7<br />
  19. 19. Periodização Táctica<br />Princípio da Alternância Horizontal<br /><ul><li>Grau de recuperação
  20. 20. Grau de aquisição
  21. 21. Níveis de concentração
  22. 22. Tipos de esforço
  23. 23. Último Jogo
  24. 24. Próximo Jogo</li></ul>Características contracção muscular<br />Exercícios<br /><ul><li>Velocidade de contracção
  25. 25. Tensão de contracção
  26. 26. Duração da contracção</li></ul>8<br />(Tamarit, X., 2007)<br />
  27. 27. Periodização Táctica<br />Princípio das Propensões<br />Densidade de Princípios, sub- princípios - os que se pretende treinar e qual o tipo de esforço.<br />Quatro formas de manutenção do treino:<br /><ul><li>Tensão- É a tensão que a contracção muscular é exposta. Quanto mais contracções excêntricas maior a tensão
  28. 28. Duração- duração da contracção muscular.
  29. 29. Velocidade- velocidade de contracção muscular.
  30. 30. Desgaste Emocional- relacionado com o desgaste que o exercício provoca.</li></ul>9<br />(Tamarit, X., 2007)<br />
  31. 31. Periodização Táctica<br />Morfociclo Padrão<br />Autor:José Guilherme Oliveira<br />10<br />
  32. 32. Periodização Táctica<br />TERÇA-FEIRA:<br /><ul><li>Exercícios (relacionados com o Modelo) que promovam: Situações descontínuas, semelhantes ao jogo.</li></ul>QUINTA-FEIRA:<br /><ul><li>Exercícios : contemplam uma grande densidade (principio da propensão) de comportamentos.
  33. 33. Realizados em espaços grandes, com um número elevado de jogadores e o tempo de exercitação do exercício deve ser “longo”.</li></ul>SÁBADO:<br /><ul><li>Os objectivos são promover a recuperação, fisiológica e emocional, e “pré-activar” a equipa e os jogadores para o jogo do dia seguinte.</li></ul>QUARTA-FEIRA:<br /><ul><li>Exercícios: acelerações e travagens, mudanças de direcção e velocidade, saltos e quedas….
  34. 34. Realizados em espaços curtos, com um número reduzido de jogadores, e o tempo de exercitação do exercício também deve ser reduzido.</li></ul>SEXTA-FEIRA:<br /><ul><li>Exercícios: elevada velocidade de decisão e de execução.
  35. 35. O tempo de duração dos exercícios deve ser reduzido.</li></ul>11<br />
  36. 36. Periodização Táctica<br />Convicções<br />Inicio da época <br /><ul><li>Adaptação de 2 a 3 dias
  37. 37. Período de adaptação inclui 1 a 2 jogos por semana
  38. 38. Mais intensidade e menos volume
  39. 39. + volume pelo aumento duração dos períodos de recuperação associados a mais informação</li></ul>P. Progressividade<br />P. Adaptabilidade<br />Criar Habituação!<br />Treinos<br />Exercícios<br />12<br />Jogo<br /> “Periodização do Treino em Futebol (2006)”<br />
  40. 40. Periodização Táctica<br />Considerações Finais<br /><ul><li>Padronização do morfociclo
  41. 41. Quando há paragens de campeonato, mantém-se o hábito
  42. 42. Exponenciação do princípio da especificidade
  43. 43. Exercícios variam em função da construção e potenciação do jogar pretendido (+ Táctico)
  44. 44. Jogadores disponíveis para treinar sempre em elevada intensidade
  45. 45. A atenção à fadiga táctica/ emocional sobrepõe-se à fadiga física
  46. 46. Eventualmente utiliza-se exercícios físicos como complemento</li></ul>13<br />
  47. 47. Referências Bibliográficas<br /><ul><li>Aroso, J. (2006). Planeamento e Periodização do Treino em Futebol. Colóquio- O treino de futebol
  48. 48. Braz, J. G. (2006). Organização do jogo e do treino em futsal - Estudo comparativo acerca das concepções de treinadores de equipas de rendimento superior de Portugal, Espanha e Brasil. Dissertação de Mestrado.FCDEF-UP.
  49. 49. Castelo, J. (1996). Futebol- A organização do jogo. Edição do Autor
  50. 50. Carvalho, R. (2006). A Operacionalização da Forma de Jogar que se Pretende (Modelo de Jogo) e a sua Representação Mental: O papel da Consciência e o contributo das Neurociências na compreensão do Sucesso da Periodização Táctica. Monografia de Licenciatura. FCDEF-UP Porto
  51. 51. Dantas, E. (2003). A prática da preparação física (5 ed.). Shape.
  52. 52. Lourenço, Luís (2010). Mourinho – A Descoberta Guiada. Arco da Velha: Prime Books
  53. 53. Oliveira, B. etal. (2006). Mourinho: Porquê tantas Vitórias?. Lisboa: Gradiva
  54. 54. Oliveira, R., & Casarin, R. (2010). Periodização Táctica: princípios estruturantes e erros metodológicos na sua aplicação no futebol. Buenos Aires: http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Nº144.
  55. 55. Oliveira, R. (2005). “A planificação, programação, e periodização do treino em Futebol – Um olhar sobre a especificidade do Jogo de Futebol”.Buenos Aires: http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Nº 89.
  56. 56. Silva, M. (2008). O desenvolvimento do jogar, segundo a Periodização Táctica. MCSPORTS.
  57. 57. Tamarit. (2007). Que esla "Periodización Táctica"?MCSports.
  58. 58. Tamarit, X. (2011). Especial Oporto-cuna de Mourinho.abfutebol.</li></ul>14<br />
  59. 59. Universidade Técnica de Lisboa<br />Faculdade de Motricidade Humana<br />MUITO <br />OBRIGADO <br />PELA <br />VOSSA ATENÇÃO<br />

×