Produção audiovisual para mídias digitais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Produção audiovisual para mídias digitais

on

  • 3,832 views

Oficina ministrada para PUBLYTAPE e WTN, para estudantes e especialistas do mercado audiovisual.

Oficina ministrada para PUBLYTAPE e WTN, para estudantes e especialistas do mercado audiovisual.

Statistics

Views

Total Views
3,832
Views on SlideShare
3,828
Embed Views
4

Actions

Likes
2
Downloads
144
Comments
0

2 Embeds 4

http://www.slideshare.net 3
http://conectegoogle.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Produção audiovisual para mídias digitais Produção audiovisual para mídias digitais Presentation Transcript

  • Maio/2009 Mídias Digitais Produção de conteúdo audiovisual para mídias digitais Cristina Felix Diretora Executiva de Produção e-mail: cfelix@publytape.com.br
  • Maio/2009 Massificação da banda larga no Brasil - Brasil já tem quase 45 milhões de internautas, com crescimento de 56% entre 2007 e 2008 (Ibope/Netratings) - Banda larga cresceu 48% em um ano (junho de 2007 e junho de 2008), chegando a 10 milhões de conexões, número previsto inicialmente para 2010 (Ibope/Netratings) - Mais de 50 milhões de computadores vendidos no país, no segundo semestre de 2008 – venda mais expressiva do que TVs tradicionais (revista Cross Media) - 950 mil conexões de banda larga por celular 3G, número que deve aumentar consideravelmente nos próximos anos (Accenture consultoria)
  • Maio/2009 Fonte: Converge Comunicações -Revista Tela Viva View slide
  • Maio/2009 Fonte: Converge Comunicações -Revista Tela Viva View slide
  • Maio/2009 Fonte: Converge Comunicações -Revista Tela Viva
  • Desafios da aplicação multiplataforma Os principais pontos - - Segmentação de público - Estrutura de Alta Definição na ponta inicial do workflow - Criação em linguagem de conteúdo multiplataforma - Controle sobre os direitos autorais das obras e suas adaptações - Métricas apuradas em um curto espaço de tempo - Acompanhamento constante da evolução tecnológica e novas oportunidades de aplicação do seu conteúdo.
  • Estrutura profissional Produção de conteúdo Integração multiplataforma - câmeras - conversão de formatos - editores - administração de conteúdo - iluminadores - diretores - produtores Marketing - redatores - Integração da comunicação - Marketing em redes sociais - Pesquisa: Target, Quali, Quanti -- Estratégia de lançamentos Equipe de TI -- Promoções segmentadas - programadores - administração de rede e servidor
  • Estrutura profissional Publicidade: - Ass. Imprensa Jurídica - Search Marketing - contratos - Search Optimization - Promoções culturais - Mail Mkt - Redes Sociais - Mkt Viral Comercial - venda de publicidade - venda de conteúdo
  • Estrutura tecnológica Produção de vídeo - Equipamentos de gravação HD - Estúdio - lhas de edição - Encoding multiplataforma Estrutura Web - Servidor próprio X CDN (Content Delivery Network) - Equipe de TI / Programadores
  • WORKFLOW Aplicação de conteúdo audiovisual as multiplataformas 3GP High Definition Tape H.264 .TS H.264
  • Algumas das MULTIPLATAFORMAS de transmissão Mobile (2G/3G) IPTV DTH A produção em HD permite a produção com excelência Indoor para todas as plataformas.
  • Maio/2009 Mobile - 2G Produto consumido pelos públicos de classes C/D/E, na maior parte aparelhos com sistema pré-pago, e sua plataforma de transmissão prioriza atender a demanda dos aparelhos mais populares, limitando tecnicamente os conteúdos disponibilizados aos seus usuários a duração máxima de 40 segundos Desafios - Aplicação do conteúdo com duração muito reduzida. - Preservar o conteúdo criativo/editorial do produtor original (quando houver adaptações) e se fazer entender. - A concorrência com o mercado informal de produção. - Target C / D / E: Perfil consumidor de conteúdos mais populares, com menor potencial criativo e cultural, e muitas vezes já explorado por outros veículos. Os conteúdos mais aceitos: ADULTO, ESPORTE e HUMOR Vantagens - É uma tecnologia implantada há mais tempo, portanto, existem mais pesquisas qualitativas disponíveis. -Target menos exigente quanto a qualidade do conteúdo (técnica e editorial), podendo, ser usada como uma plataforma de testes sem sofrer grandes críticas. - Modelo de exibição disponível na grande maioria das operadoras de mobile no Brasil.
  • Maio/2009 Mobile - 3G Produto mais recente, consumido ainda de forma tímida pelos públicos de classes A/B/C, a cultura ainda está sendo propagada e conflita, constantemente, com a tecnologia e banda larga disponível no Brasil. A concentração de seus consumidores está na região Sudeste, em especial São Paulo e Rio de Janeiro. Desafios - A necessidade de aplicar seu conteúdo a um público concentrado na Região Sudeste (regionalização) - A tecnologia disponível em nosso país ainda é frágil, tornando-se uma deficiência que é aplicada, pelo público consumidor a plataforma/operadora, e consequentemente ao seu produto e/ou marca. - Público mais jovem que está mais “antenada” com a tecnologia 3G. Vantagens - Plataforma mais moderna, sem grande limitação de duração, para exibição do conteúdo. - Maior qualidade na transmissão de áudio e vídeo na utilização do serviço em aparelhos mais modernos. - Target com maior poder aquisitivo. Geração de receita (consumo próprio / pontecial aumentado frente a patrocinadores)
  • IPTV Sistema de transmissão de vídeo, através de um protocolo IP para um “set top box, que converte o sinal em vídeo analógico para exibição em televisores. As plataformas podem ser abertas (pacotes) ou fechadas (pay-per-view). Sistema em evolução no mercado internacional, e pouco avançado no Brasil devido as dificuldades legislativas impostas e a tecnologia de banda larga pouco avançada. Variedades Chegou no Dicas da Videon Semana BBC Adult Swin TV Cultura TNT SESCTV WTN Documentár ios TV Escola Negócios Treinamento s
  • Maio/2009 DTH Plataforma de exibição via satélite LINEAR, o sistema DTH (Direct To Home) vem crescendo de forma mais animadora no Brasil, se tornando um potencial concorrente ao modelo da TV a Cabo. No ano passado seu crescimento foi de 18,05% entre o segundo e o terceiro trimestre, alterando a fatia do mercado de TV a Cabo a menos de 60% pela primeira vez, desde o seu lançamento. Desafios - A concentração do formato DTH em poucas operadoras, por questões tecnológicas e políticas. A Telefônica atualmente é a TOP1 do segmento, com uma base de assinantes de mais de 428mil usuários. - A regionalização do formato. - A falta de informação para o público de massa, consumidor de programação linear tradicional, que tem grande potencial para migrar para o modelo DTH. Vantagens - Plataforma linear que pode preservar o seu produto, para exibição, sem limitação de duração e com sinal de áudio e vídeo digital. - Os investimentos no modelo DTH estão em crescente. - Métricas de audiência mais rápidas e precisas, sem intervenção de institutos de pesquisa terceirizados. Esses números irão girar entre você (detentor do conteúdo) e as operadoras.
  • Maio/2009 INDOOR Veículo com potencial de exibição para um grande número de pessoas, e que poderá ser segmentado ao perfil dos consumidores do produto que você idealizou. O sistema de administração da grade de programação na sua maioria, é digital, via web. Desafios - Adaptação do seu conteúdo a um modelo, na maior parte das vezes, sem áudio, e de pouco tempo para absorção do público (transeuntes) com CRIATIVIDADE e IMPACTO . - Métricas completamente dependentes do administrador do veículo, e pesquisas de opinião muito muito subjetivas, dificultando o prospect comercial junto a patrocinadores com uma linha mais tradicional e conservadora. Vantagens - A administração da grade, via internet, agiliza a atualização do conteúdo e informações. - Segmentação do conteúdo a determinado público. - Mídias estratégicas em veículos de massa: ÔNIBUS, TÁXI, BARCAS, TRENS, METRÔ. O público não tem opção, e acaba se envolvendo com o conteúdo.
  • WEB TV Veículo de transmissão via internet, com livre acesso a sua programação, no formato “on demand”, e com mecanismos de interatividade que aproximam o idealizador do conteúdo com seu público. É o modelo digital, atualmente, de maior penetração, visto que o Brasil é um dos cinco países com maior número de usuários da ferramenta no mundo. Não exige concessão de canal, diminuindo o tempo de implantação e a burocracia acerca de um processo tradicional de TVs. Desafios - A necessidade do avanço da banda larga no Brasil, proporcionando uma transmissão de maior qualidade ao seu usuário. - A concorrência com o mercado informal, e os portais de vídeo com apelo ao público jovem (em especial). - Adaptar a linguagem de um produto audiovisual ao perfil do consumidor da web, como por exemplo, o tempo médio, a rejeição a publicidade “gratuita”, a interatividade e etc. - A necessidade de buscar profissionais cada vez mais especializados no segmento, principalmente no que diz respeito ao marketing e publicidade no ambiente web. Vantagens - As métricas precisas (data, hora, local, tempo médio) e ágeis que podem ser administradas pelo próprio idealizador/produtor do conteúdo stravés de ferramentas gratuitas e de credibilidade no mercado. (Ex.: Google Analytics) - Crescimento do investimento no mercado publicitário. - Mecanismos de interatividade e, por conseqüência, o aumento de audiência (Como exemplo: promoções culturais, blogs, participação em quiz aumentando a afinidade com seu público e e etc).
  • Cases – Perfis específicos Mail marketing - Base cadastrada de 250 mil emails específicos no nicho médico, fonte de parcerias com sociedade e conselhos regionais de medicina. - Taxa média de retorno em e-mail marketing: 5% - Maior tempo médio de exibição dentro da grade de programação WTN com 8 (oito) minutos, e por consequencia a maior taxa de aproveitamento com 85% de exibição de seus episódios.
  • Cases – Perfis específicos Marketing viral - Programa com o grupo DeZnecessários com uma edição dinâmica dos melhores momentos durante o Pocket Show realizado semanalmente no Rio de Janeiro, e disponibilização de esquetes humorísticas na íntegra de todos os participantes do grupo DeZnecessários e seus convidados. - “Traficante Gay” – Case viral com mais de dois milhões de acessos no youtube, apresentado e aplaudido em todas as aparições do grupo em seu stand up. - Repercussão: Parte do elenco já faz parte do programa Pânico na TV com personagens fixos e consolidados, duas entrevistas ao Programa do Jô (TV Globo), duas temporadas de sucesso recentes na casa de espetáculos Vivo Rio, início da turnê com o espetáculo pelo Brasil após 2 anos de apresentações ininterruptas do grupo no Pueblo Bar/SP. - WTN Humor: distribuição de peças virais para os 15 principais portais de vídeo da internet.
  • Cases – Perfis específicos Promoção cultural A promoção: As bandas publicariam músicas de sua autoria em uma rádio virtual da WTN, e abrimos o espaço para votação popular. A premiação: A banda mais votada, ao longo de um mês, seria convidada para uma participação no programa WTN Show, ancorado pelo músico Vinny, e gravaria duas músicas em nossos estúdios no formato acústico. O lançamento da promoção: - Primeiros três dias: mais de 40 mil votos - Após o terceiro dia de lançamento: Ativação de cadastro por email (mailling de pertinência) Resultado positivo da promoção: - 120 mil votos - Crescimento de 400% no número de visitas no WTN Show - Vencedor: Banda Veroz, de São Paulo, com 45 mil votos. - O programa gravado com a banda VEROZ foi a terceira maior audiência da programação em 2008.
  • Cases – Perfis específicos Públicos de nicho - Maior audiência de toda a programação da WTN em 2008. - Divulgação em comunidades, foruns e blogs do meio teatral e artístico pelo apresentador do programa, o ator e produtor cultural: Augusto Garcia. - O programa se transformou numa referência dentro principais festivais culturais, em especial os teatrais em todo país, sendo convidado constantemente para cobrir uma agenda super ativa de cultura brasileira. - Divulgação: Mail Mkt - Investimento em publicidade: NENHUM (0 reais) - Top 3 WTN: 380.000 visitas / mês - Rede Colaborativa:
  • Aspectos comerciais Quem está na web: Os 10 maiores anunciantes do Brasil
  • Por que estar presente na Web - 75% dos internautas assistem a vídeos on-line, um aumento de 36% em relação ao ano passado (PriceWaterhouseCoopers) - O brasileiro é o internauta que fica mais tempo conectado no mundo: 22hs e 26min (ibope / netratings) - Os internautas são 47% mais engajados em anúncios que são exibidos em vídeos online em comparação com a TV tradicional. (Simmons) - A Internet foi o meio com maior crescimento em investimento, se comparado o 1º semestre de 2008 com o mesmo período de 2007 (intermeios) (Tela Viva 2008)
  • O conteúdo e suas “multiaplicações” Geração de receita a partir de conteúdo High Quality Grátis Ads Plataforma própria Pago PPV Conteúdo Fee B2B - Multiplataforma Ad Os consumidores são 47% mais engajados em anúncios em vídeos online em comparação com a TV (Simmons) Revenue PPV – EM 2010, o aluguel e compra de vídeo online Share vai representar 40% do total de vendas. (Parks Associates)
  • Monetização na web Plataforma mais eficaz e direcionada ao público alvo - Custos de transmissão reduzidos - Oferta de conteúdo On Demand - Perfil de público x Produto - Canal direto de compra (e-commerce) - Licenciamento: DVD DEZnecessários (WTN Humor) - Pay Per Download WTN Fight
  • Algumas conclusões - A internet possibilita a exploração comercial de públicos de nicho (Long Tail). - Qualquer que seja o modelo de negócio, ele só será bem sucedido com uma ampla compreensão do público-alvo e a elaboração de um produto de qualidade (intelectual e técnica) - A integração com outras plataformas é importante na formação do modelo comercial. - A televisão tradicional continua sendo um veículo muito relevante no meio massivo (tempo médio de 4h e 42min mensais), porém, com uma queda crescente junto ao público mais jovem. Paralelamente a web vem se destacando em função de sua segmentação e eficácia.
  • Maio/2009 Mídias Digitais Produção de conteúdo audiovisual para mídias digitais Cristina Felix Diretora Executiva de Produção e-mail: cfelix@publytape.com.br