REENCARNAÇÕES DE EMMANUEL, O MENSAGEIRO DA LUZ
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

REENCARNAÇÕES DE EMMANUEL, O MENSAGEIRO DA LUZ

on

  • 10,082 views

Ele teve a oportunidade de se redimir, mas usando a faculdade do livre arbítrio, optou pelas reencarnações sucessivas em busca da luz e do aperfeiçoamento constante.Que este exemplo nos sirva de ...

Ele teve a oportunidade de se redimir, mas usando a faculdade do livre arbítrio, optou pelas reencarnações sucessivas em busca da luz e do aperfeiçoamento constante.Que este exemplo nos sirva de incentivo e alento para perseverarmos no caminho.

Statistics

Views

Total Views
10,082
Views on SlideShare
10,075
Embed Views
7

Actions

Likes
0
Downloads
48
Comments
0

1 Embed 7

http://www.slideshare.net 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

REENCARNAÇÕES DE EMMANUEL, O MENSAGEIRO DA LUZ REENCARNAÇÕES DE EMMANUEL, O MENSAGEIRO DA LUZ Presentation Transcript

  • Palestra proferida por Roque Souza, em 14-05-2008, na U.C.E.0 – União de Cultura Espiritualista de Olhão, na cidade do mesmo nome, Algarve – Portugal. http://www.uceo.org Oração inicial: Jesus, pedimos que nos ilumine nesta noite e nos fortaleça na fé e na esperança a fim de que possamos cumprir com amor, paciência e caridade a nossa breve estada neste planeta e que,nesta e nas outras reencarnações , possamos nos aperfeiçoar cada vez mais no conhecimento do evangelho e por em prática o “amai-vos uns aos outros” que o Mestre nos ensinou. Através de quatro romances escritos por Emmanuel quot;Há Dois Mil Anosquot;, quot;Cinqüenta Anos Depoisquot;, quot;Ave Cristo!quot; e quot;Renúnciaquot;, foi- nos dado conhecer cinco personalidades vividas por este elevado espírito. Foi Públio Lentulus, senador romano em duas encarnações sucessivas.Bisavô e bisneto, com grande cultura e espírito de liderança. No maravilhoso quot;Há Dois Mil Anos tomamos conhecimento que, com a finalidade de da sua filha FLÁVIA LENTÚRIA(o nome do seu irmão era MARCUS) atacada pela lepra, obteve do imperador TIBÉRIO a designação para alto cargo na PALESTINA.
  • Corria o ano de 33.Jesus, o meigo nazareno de cabelos longos, olhar meigo e voz suave,cumpria o seu ministério. Às margens do lago GENESARÉ, Públio Lentulos teve um encontro com Cristo. Fora interceder pela cura de sua filhinha FLÁVIA. Comovido e magnetizado por emoções que ainda desconhecia, nem conseguiu falar, ouve do Mestre: “Fora melhor que me procurasses publicamente e na hora mais clara do dia, para que pudesses adquirir, de uma só vez e para toda a vida, a lição sublime da fé e da humildade. Depois de longos anos de desvio do bom caminho, pelo sendal dos erros clamorosos, encontras, hoje, um ponto de referência para a regeneração de toda a tua vida. Está, porém, no teu querer* o aproveitá- lo agora, ou daqui a alguns milénios. Mas, ninguém poderá agir contra tua própria consciência, se quiseres desprezar indefinidamente este minuto ditoso!”Percebeu que Jesus orava. A partir dessa noite, a menina começou a melhorar sensivelmente, até restabelecer-se de todo. *LIVRE ARBÍTRIO Consequências desse encontro com o Divino Mestre: - A cura de Flávia. - Lívia, a esposa de Públio Lentulus, torna-se cristã. (Foi assediada por Pôncio Pilatos,mas
  • manteve a sua fé; morreu na arena estrassalhada pelas feras). - Públio retorna às lides políticas, mas recusa- se a admitir ser Jesus o autor da cura. Quando desencarnou, numa erupção do Vesúvio, como foi narrado em detalhes no livro quot;Há Dois Mil Anosquot;, já sentia Públio Lentulus grande arrependimento. No livro quot;Cinqüenta Anos Depoisquot; das ruínas de pompéia, vamos encontrá-lo sob a veste humilde de NESTÓRIO, escravo judeu de Éfeso. Estava o Senador de volta para o resgate de suas faltas e em busca da evolução. Foi na personalidade de Nestório, o judeu grego da Ásia Menor, o cristão humilde das catacumbas de Roma, que Emmanuel iniciou sua tarefa de Obreiro do Evangelho. Morreu na arena entre milhares de cristãos: crianças, jovens e velhos, servindo de espetáculo para a platéia. Retornou novamente às lides cristãs como o escravo Rufo, personagem do livro que se segue: quot;Ave Cristo!quot; Foi um dos mártires assassinados pelas autoridades romanas nas Gálias,pois instado a negar a crença no cristianismo, manteve a sua fé e como consequência foi atado à cauda de um potro bravio e arrastado até a morte. Sobre as vidas de EMMANUEL, existe uma lacuna de 13 séculos. Clóvis Tavares, que já regressou à pátria espiritual, era um dos View slide
  • poucos que conhecia algumas delas, conforme relata em seu livro “Amor e Sabedoria de Emmanuel”. Vários séculos se passaram, e egundo a psicografia idônea e credível de Franciso Cândido Xavier, Emmanuel, antes de reencarnar-se na vila portuguesa de Sanfins do Douro a 18 de outubro de 1517, naquele que iria chamar-se Padre Manoel da Nóbrega, visitou em espírito, o Brasil recém-descoberto; correu o vasto território do Oyapoque ao Chui, do mar as cordilheiras, contemplou as florestas, apiedou se dos indígenas e amou a Terra de Santa Cruz. Prepara-se para a grande missão que Deus lhe reservava. Aos 17 anos, em 1535,ingressou na Universidade de Salamanca- Espanha, e com 21 anos, em 1538 ingressou na Universidade de Coimbra,onde cursou Direito e Filosofia. Em 1549, já ordenado padre entra para a Ordem dos Jesuítas (criada para combater a reforma protestante), vem com Tomé de Souza para o Brasil.Fundação do Colégio de Piratininga. No romance quot;Renúnciaquot;, anos depois renasce Emmanuel em terra espanhola, onde prossegue em sua missão. É o Padre Damiano, sacerdote esclarecido e dedicado, vigário da igreja de São Vicente, em Ávila, a gloriosa cidade de Santa Teresa de Jesus. Damiano luta, dentro de seu invariável padrão de nobreza e equilíbrio, contra os View slide
  • cruéis mercadores de escravos, com a mesma coragem com que, na personalidade de Nóbrega, no Brasil, defendia os direitos e a liberdade dos indígenas. Sempre a mesma dedicação ao próximo, sereno, mas enérgico, destemido e corajoso. Contraindo implacável moléstia dos pulmões, o velho sacerdote veio a desencarnar em Paris, França. O espírito EMMANUEL colaborou na codificação espírita, tendo em 1861 transmitido a mensagem no capítulo XI,número 11 “AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO-O EGOÍSMO”, no Evangelho Segundo o Espiritismo. Há ainda que se fazer menção da grande obra que o espírito Emmanuel realizou no Brasil como mentor espiritual de Chico Xavier. ORAÇÃO FINAL: Obrigado senhor por mais esta vitória no senda do bem e na procura da saboria das coisas do espírito. A paz de Deus nos ilumine e nos guie.