RENASCIMENTORENASCIMENTOCULTURALCULTURALREVOLUÇÃO CIENTÍFICA
“O Renascimento criou um mundo diferente“O Renascimento criou um mundo diferenteda Idade Média, uma reviravolta queda Idad...
“Os homens da renascença descobriram o“Os homens da renascença descobriram oseu mundo...seu mundo...Mais que isso, redesco...
1. Conceito1. Conceitooo Movimento artístico/cultural queMovimento artístico/cultural quepretendia opretendia o renascimen...
Característicaso Burguês.o Antifeudal.o Laico (não religioso).o Humanista.o Racional.o Científico.
2. Contexto geral:o Rejeição à Idade Média.o Negação do Teocentrismo.o Negação da estética gótica.o Ascensão da burguesia....
3. Fatores:A – Econômicosoo O comércio tomava conta daO comércio tomava conta daEuropa, especialmente da ItáliaEuropa, esp...
B – Sociais e Políticos:o Investir em artes elevava o statuse trazia prestígio e poder.o Burguesia e Clero tornaram – seme...
D – Culturais:Resgate da cultura clássicaResgate da cultura clássicaoo Gregos e romanos inspiravam osGregos e romanos insp...
Zeus, Deus doCéu e dos deuses
Afroditedeusa do amor
O Discóbulo – Míron.
O Discóbulo – Anônimo
Poseidon – Deus grego do mar
Hércules e Diomedes
Filosofia, lógica, racionalismoFilosofia, lógica, racionalismoSócratesPlatão AristótelesPais da Filosofia contemporânea, o...
Roma Imperial e gloriosaRoma Imperial e gloriosaColiseu – Símbolo da Roma Imperial.
Vênus e Adônis – Inspiração RomanaDeuses romanos mortais:virtudes, defeitos.
4. Pioneirismo italiano:o Berço da cultura clássica.o Monopólio comercial.o Burguesia rica e poderosa.o Fuga dos sábios bi...
5. Características:5. Características:AntropocentrismoAntropocentrismooo O homem como centro de todasO homem como centro d...
Racionalismoo Todo conhecimento deveria serexplicado pela razão e pela ciência.o Negava – se o misticismo e tudoque não pu...
NaturalismoNaturalismooo O homem passou a observar paraO homem passou a observar paracompreender as forças naturais.compre...
HedonismoHedonismooo Do grego hedonê = prazer.oo Doutrina ou filosofia que pregavaDoutrina ou filosofia que pregavaque o p...
Humanismo italianoo Clero e professores burguesesvalorizavam o individualismo e ouniversalismo intelectual, buscandoo refi...
7 – Etapas:A – Trecento (Séc. XIV )oo Influências religiosas e medievais.Influências religiosas e medievais.oo Nascimento ...
B – Quattrocento (Séc.XV)o Reviveu o latim.o Estudava – se o grego para acompreensão dos clássicos.o Com a chegada dos biz...
C – Cinquecento – Séc. XVIoo Apogeu da pintura.Apogeu da pintura.oo Roma, grande centro cultural, oRoma, grande centro cul...
8 – Declínio na Itália:o O Mediterrâneo perdeu para oAtlântico.o Portugal e Espanha superaram aItália, que perdeu o monopó...
9- Expansão pela Europa:A – Françaoo RabelaisRabelais –– GargântuaGargântua..oo MontaigneMontaigne –– Ensaios.Ensaios.BB –...
CC –– Países BaixosPaíses Baixosoo ErasmoErasmo –– Elogio da Loucura.Elogio da Loucura.oo Símbolo do humanismo fora daSímb...
EE –– PortugalPortugaloo CamõesCamões –– Os Lusíadas.Os Lusíadas.oo Gil VicenteGil Vicente –– Auto da Barca doAuto da Barc...
10 – Renascimento Científico:o O Racionalismo, Naturalismo e oEmpirismo construíram a RevoluçãoCientífica dos sécs. XVI e ...
Galileu Galileio Com uma luneta comprovou oheliocentrismo.o Acusado pela Igreja de negar ogeocentrismo foi preso e julgado...
A ARTE RENASCENTISTAA ARTE RENASCENTISTAEM IMAGENSEM IMAGENS
Da Vinci
A Última Ceia- Da Vinci
A Última Ceia e o Código Da Vinci
O homem Vitruviano.Da Vinci
GinevraDa Vinci.
CecíliaDa Vinci
LitaDa Vinci
MadonaDa Vinci
Mona LisaDa Vinci
Da VinciCientista e inventor
O Juízo Final – Michelângelo
DaviMichelângelo
MadonaMichelângelo
PietaMichelângelo
Alegoria da Primavera-Botticelli
Deusa de Vênus-Botticelli
Minerva-Botticelli
Vênus e Marte Botticelli
Madona - Rafael
Madona – Rafael
Massachio
A Expulsão do ParaísoMassachio
O Jardim das Delícias –Hyeronimus Bosch
Renascimento cultural
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Renascimento cultural

1,883

Published on

renascimento cultural, pioneirismo italiano, etapas, revolução científica.

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,883
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Renascimento cultural"

  1. 1. RENASCIMENTORENASCIMENTOCULTURALCULTURALREVOLUÇÃO CIENTÍFICA
  2. 2. “O Renascimento criou um mundo diferente“O Renascimento criou um mundo diferenteda Idade Média, uma reviravolta queda Idade Média, uma reviravolta queabriu caminhosabriu caminhos para opara o mundo moderno.mundo moderno.De origem artística e literária, causouDe origem artística e literária, causouprofundas repercussões na filosofia, noprofundas repercussões na filosofia, nopensamento político, nas ciências, napensamento político, nas ciências, namoda e nos costumes.moda e nos costumes.Com isso, houve uma revolução na formaCom isso, houve uma revolução na formado homem pensar, sentir, agir, ver edo homem pensar, sentir, agir, ver ecompreender o mundo.”compreender o mundo.”
  3. 3. “Os homens da renascença descobriram o“Os homens da renascença descobriram oseu mundo...seu mundo...Mais que isso, redescobriram a si mesmosMais que isso, redescobriram a si mesmose o seu papel dentro desse mundo.e o seu papel dentro desse mundo.DEUS NÃO É MAIS O CENTRO,DEUS NÃO É MAIS O CENTRO, ditavaditavao pensamento antropocêntrico.o pensamento antropocêntrico.FortaleceuFortaleceu ––se o individualismo e ose o individualismo e oHumanismo. Mas foi a RAZÃO queHumanismo. Mas foi a RAZÃO queimpulsionou o pensamento. Opondoimpulsionou o pensamento. Opondo ––seseà fé,à fé, oo RACIONALISMO desenvolveu aRACIONALISMO desenvolveu aatitude crítica diante do MISTICISMOatitude crítica diante do MISTICISMO.”.”
  4. 4. 1. Conceito1. Conceitooo Movimento artístico/cultural queMovimento artístico/cultural quepretendia opretendia o renascimentorenascimento dacultura clássica (greco-romana).oo Atingiu as artes em geralAtingiu as artes em geral ( pintura,( pintura,escultura, arquitetura ), literatura,escultura, arquitetura ), literatura,música e Filosofia.música e Filosofia.oo Revolucionou também asRevolucionou também as Ciências.Ciências.
  5. 5. Característicaso Burguês.o Antifeudal.o Laico (não religioso).o Humanista.o Racional.o Científico.
  6. 6. 2. Contexto geral:o Rejeição à Idade Média.o Negação do Teocentrismo.o Negação da estética gótica.o Ascensão da burguesia.o Expansão marítima e comercial.O contexto vivido na passagem da Idade Média para aIdade Moderna contribuiu para um imaginário amplo,que valorizava o humanismo e o racionalismo. Umanova visão de mundo fugia do misticismo da fé parauma ordem que valorizava o senso crítico.
  7. 7. 3. Fatores:A – Econômicosoo O comércio tomava conta daO comércio tomava conta daEuropa, especialmente da ItáliaEuropa, especialmente da Itáliaque detinha o seu monopólio.que detinha o seu monopólio.oo Uma intensa vida urbana comUma intensa vida urbana comuma burguesia rica e poderosa.uma burguesia rica e poderosa.oo Novo imaginário, novos valores.Novo imaginário, novos valores.
  8. 8. B – Sociais e Políticos:o Investir em artes elevava o statuse trazia prestígio e poder.o Burguesia e Clero tornaram – semecenas, grandes patrocinadoresdas artes.o Assim papas, bispos, reis, burgueseslegitimavam – se politicamente.
  9. 9. D – Culturais:Resgate da cultura clássicaResgate da cultura clássicaoo Gregos e romanos inspiravam osGregos e romanos inspiravam osartistas e intelectuais.artistas e intelectuais.oo Fortes influências na literatura,Fortes influências na literatura,arquitetura, escultura, Filosofia earquitetura, escultura, Filosofia ereligião serviam de base para novareligião serviam de base para novaestética e novo pensamento.estética e novo pensamento.
  10. 10. Zeus, Deus doCéu e dos deuses
  11. 11. Afroditedeusa do amor
  12. 12. O Discóbulo – Míron.
  13. 13. O Discóbulo – Anônimo
  14. 14. Poseidon – Deus grego do mar
  15. 15. Hércules e Diomedes
  16. 16. Filosofia, lógica, racionalismoFilosofia, lógica, racionalismoSócratesPlatão AristótelesPais da Filosofia contemporânea, ospensadores gregos tornaram –secultivadores da razão, da lógica e dopensamento crítico.
  17. 17. Roma Imperial e gloriosaRoma Imperial e gloriosaColiseu – Símbolo da Roma Imperial.
  18. 18. Vênus e Adônis – Inspiração RomanaDeuses romanos mortais:virtudes, defeitos.
  19. 19. 4. Pioneirismo italiano:o Berço da cultura clássica.o Monopólio comercial.o Burguesia rica e poderosa.o Fuga dos sábios bizantinos para aItália após a invasão turca (1453).MECENATO: PATROCÍNIO ÀS ARTESO CRESCIMENTO ECONÔMICO E O AMBIENTECULTURAL ESTIMULARAM O APOIO AOS ARTISTAS
  20. 20. 5. Características:5. Características:AntropocentrismoAntropocentrismooo O homem como centro de todasO homem como centro de todasas coisas.as coisas.oo Criou o ideal do individualismoCriou o ideal do individualismoburguês, negando o coletivismoburguês, negando o coletivismomedieval.medieval.oo Negava o teocentrismo medieval.
  21. 21. Racionalismoo Todo conhecimento deveria serexplicado pela razão e pela ciência.o Negava – se o misticismo e tudoque não pudesse ser comprovado.o Incentivou – se o Empirismo, emque a experiência e comprovaçãosão os caminhos da verdade.
  22. 22. NaturalismoNaturalismooo O homem passou a observar paraO homem passou a observar paracompreender as forças naturais.compreender as forças naturais.oo Negava – se qualquer idealizaçãoda realidade, o que se afastavadas leis naturais.oo A natureza transformavaA natureza transformava –– sesenum laboratório de pesquisas.num laboratório de pesquisas.
  23. 23. HedonismoHedonismooo Do grego hedonê = prazer.oo Doutrina ou filosofia que pregavaDoutrina ou filosofia que pregavaque o prazer era o supremo bemque o prazer era o supremo bemda vida humana e não um pecado.da vida humana e não um pecado.oo Mais tarde a crença que a buscados prazeres materiais deve ser oobjetivo da vida.oo Passou a ser sinal de decadência.Passou a ser sinal de decadência.
  24. 24. Humanismo italianoo Clero e professores burguesesvalorizavam o individualismo e ouniversalismo intelectual, buscandoo refinamento cultural.o Valorizavam a antiguidade clássicae negavam a estética gótica.o Renascimento, revolução intelectual.
  25. 25. 7 – Etapas:A – Trecento (Séc. XIV )oo Influências religiosas e medievais.Influências religiosas e medievais.oo Nascimento doNascimento do anticlericalismoanticlericalismo..oo Restrito à literatura e à PenínsulaRestrito à literatura e à PenínsulaItálica.Itálica.oo BoccacioBoccacio ((DecameronDecameron), Dante (), Dante (AADivina ComédiaDivina Comédia),), GiottoGiotto ((ÁfricaÁfrica).).
  26. 26. B – Quattrocento (Séc.XV)o Reviveu o latim.o Estudava – se o grego para acompreensão dos clássicos.o Com a chegada dos bizantinos, ofortalecimento da cultura clássica.o Botticelli (Primavera).o Da Vinci (Última Ceia,Mona Lisa)
  27. 27. C – Cinquecento – Séc. XVIoo Apogeu da pintura.Apogeu da pintura.oo Roma, grande centro cultural, oRoma, grande centro cultural, oPapa Leão X transformado noPapa Leão X transformado nomaior Monarca europeu.maior Monarca europeu.oo Na Ciência política, MaquiavelNa Ciência política, Maquiavellançou “O Príncipe”.lançou “O Príncipe”.oo MichelângeloMichelângelo, Rafael, Da Vinci., Rafael, Da Vinci.
  28. 28. 8 – Declínio na Itália:o O Mediterrâneo perdeu para oAtlântico.o Portugal e Espanha superaram aItália, que perdeu o monopólio.o A Reforma Protestante abalou aIgreja Católica e o mecenato.o A Igreja também reagiu contra ohumanismo.
  29. 29. 9- Expansão pela Europa:A – Françaoo RabelaisRabelais –– GargântuaGargântua..oo MontaigneMontaigne –– Ensaios.Ensaios.BB –– InglaterraInglaterraoo Thomas MorusThomas Morus –– Utopia.Utopia.oo ShakespeareShakespeare –– Otelo, Hamlet.Otelo, Hamlet.
  30. 30. CC –– Países BaixosPaíses Baixosoo ErasmoErasmo –– Elogio da Loucura.Elogio da Loucura.oo Símbolo do humanismo fora daSímbolo do humanismo fora daItália, satirizou a sociedade.Itália, satirizou a sociedade.oo Cristão e moralista.DD –– EspanhaEspanhaoo CervantesCervantes –– Dom Quixote.Dom Quixote.oo El GrecoEl Greco –– O condeO conde OrgazOrgaz..
  31. 31. EE –– PortugalPortugaloo CamõesCamões –– Os Lusíadas.Os Lusíadas.oo Gil VicenteGil Vicente –– Auto da Barca doAuto da Barca doInferno.Inferno.oo Gaspar da CruzGaspar da Cruz –– Tratado dasTratado dasCoisas da China.Coisas da China.oo Pedro EscobarPedro Escobar –– Música: MagnificatMúsica: Magnificat
  32. 32. 10 – Renascimento Científico:o O Racionalismo, Naturalismo e oEmpirismo construíram a RevoluçãoCientífica dos sécs. XVI e XVII.CopérnicoCopérnicooo Defesa doDefesa do heliocentrismoheliocentrismo..KeplerKepleroo Órbita elíptica dos astros.Órbita elíptica dos astros.
  33. 33. Galileu Galileio Com uma luneta comprovou oheliocentrismo.o Acusado pela Igreja de negar ogeocentrismo foi preso e julgadopelo Tribunal do Santo Ofício.Isaac NewtonIsaac Newtonoo Teoria da gravitação universal.
  34. 34. A ARTE RENASCENTISTAA ARTE RENASCENTISTAEM IMAGENSEM IMAGENS
  35. 35. Da Vinci
  36. 36. A Última Ceia- Da Vinci
  37. 37. A Última Ceia e o Código Da Vinci
  38. 38. O homem Vitruviano.Da Vinci
  39. 39. GinevraDa Vinci.
  40. 40. CecíliaDa Vinci
  41. 41. LitaDa Vinci
  42. 42. MadonaDa Vinci
  43. 43. Mona LisaDa Vinci
  44. 44. Da VinciCientista e inventor
  45. 45. O Juízo Final – Michelângelo
  46. 46. DaviMichelângelo
  47. 47. MadonaMichelângelo
  48. 48. PietaMichelângelo
  49. 49. Alegoria da Primavera-Botticelli
  50. 50. Deusa de Vênus-Botticelli
  51. 51. Minerva-Botticelli
  52. 52. Vênus e Marte Botticelli
  53. 53. Madona - Rafael
  54. 54. Madona – Rafael
  55. 55. Massachio
  56. 56. A Expulsão do ParaísoMassachio
  57. 57. O Jardim das Delícias –Hyeronimus Bosch

×