Interdisciplinaridade e pluraridade cultural
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,265
On Slideshare
2,191
From Embeds
74
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
12
Comments
0
Likes
0

Embeds 74

http://mtpcefapro.blogspot.com 68
http://www.mtpcefapro.blogspot.com 3
http://mtpcefapro.blogspot.com.br 3

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Interdisciplinaridade e a Pluralidade Cultural Inês Zita Lorenzetti Galelli Marivânia Bento Canei Pábola DalpraiResumoConsiderando que a interdisciplinaridade com tema da Pluralidade Cultural é umprocesso que envolve a integração e engajamento, em um trabalho conjunto, deinteração das disciplinas do currículo escolar entre si e com a realidade, auxiliando-as no aprimoramento de seu aprendizado, como seres que auxiliam na produção doconhecimento, de modo a superar a fragmentação, buscando, a formação integraldos alunos, a fim de que possam exercer criticamente a cidadania, mediante umavisão global de mundo e serem capazes de enfrentar os problemas complexos,amplos e globais da realidade atual. Proporcionar ao educando condições favoráveispara que desenvolva suas reais potencialidades, partindo da própria realidade,desenvolvendo senso crítico dentro de um contexto econômico, social, político ereligioso, com cidadania, tendo oportunidade de opinar, escolher e decidirassumindo seus próprios atos com segurança cultivando o espírito cientifica epossibilitando sua integração social.Palavras chave: Pluralidade cultural, interdisciplinaridade, prática pedagógica.AbstractWhereas the theme of interdisciplinarity with Cultural Plurality is a process thatinvolves the integration and engagement in working together, interaction of thedisciplines of the school curriculum among themselves and with reality, assistingthem in improving their learning, as beings assist in the production of knowledge inorder to overcome the fragmentation, seeking the education of students in order tobe able to exercise critical citizenship through a global vision of the world and be ableto tackle complex problems, large and global current reality. Provide favorableconditions for the student to develop their full potential, starting from the reality,developing critical thinking within an economic, social, political and religious, withcitizenship, have the opportunity to voice their opinions, choose and decide their ownactions taking cultivating safely Science is allowing their social integration.
  • 2. Keywords: cultural diversity, interdisciplinary, pedagogical practices.DesenvolvimentoA interdisciplinaridade passa a mover os conteúdos de forma suave dando a máximaligação entre os conteúdos trabalhados e movendo a aula de forma com que estapareça sempre estar ligada e estamos de algum modo nos referindo a uma espéciede interação entre as disciplinas ou áreas do saber.Uma das importantes tarefas do educador não é só proporcionar aos alunosexperiências, mas sim orientá-los no entrelaçar das diversas disciplinas. Sendo odocente responsável por engajar temas que envolvam o aluno tanto nas relações deconhecer-se comunicar-se como ser pensante, quanto relacionando seuconhecimento prévio nas atividades propostas que envolvam a interdisciplinaridadeda pluralidade cultural. Conforme (PCN: Pluralidade cultural e orientação sexual p.57) Pluralidade vive-se, ensina-se e aprende-se. É trabalho de construção, no qual o envolvimento de todos se dá pelo respeito e pela própria constatação de que, sem o outro, nada se sabe sobre ele.A criança ao envolver-se em ações que exijam dela o contato com o raciocínio e alógica permite que esteja diretamente ligado a várias áreas do conhecimento,relacionando informações já obtidas e outras que ira descobrir, tornando o momentorico em significado e conhecimento entre as disciplinas. Como afirma Freire: A grande tarefa do sujeito que pensa certo não é transferir, depositar, oferecer, doar ao outro, tomando como paciente do seu pensar. A inteligibilidade das coisas, dos fatos, dos conceitos. A tarefa coerente do educador que pensa certo é [...] desafiar o educando com quem se comunica e a quem comunica produzir sua compreensão do que vem sendo comunicado.Em relação ao que diz Paulo Freire, é de fundamental importância que oseducadores ofereçam tarefas educativas que proporcionem aos alunos uma relaçãode experiência de conhecer–se, comunicarem-se como seres pensantes em todasas atividades desenvolvidas em sala de aula.Cabe ao educador, por meio da intervenção pedagógica, promover a realização deaprendizagem com maior grau de significado possível, uma vez que esta nunca é
  • 3. absoluta sempre é possível estabelecer uma relação entre o que se pretendeconhecer e as potencialidades de observação, reflexão e informação que o sujeito jápossui.O ensino proposto pela LDB esta na formação básica para a cidadania e suascondições de aprendizagem para o desenvolvimento da capacidade de aprender,tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita, do cálculo, dacompreensão do ambiente natural, social, político, tecnológico, das artes e dosvalores. O fortalecimento dos vínculos familiares, de solidariedade de tolerânciarecíproca em que se assenta a vida em sociedade.Tendo o professor o papel de planejar, programar as atividades, disponibilizarmaterial, analisar conteúdos e avaliar.ConclusãoDiante disso, é de fundamental importância que o educador seja um profissionalbem preparado, capacitado e que busca, através de cursos e estudos, atualizar-sesempre, para que possa ter condições de orientar os educandos na construção doseu próprio conhecimento dentro desse mundo globalizado que hora se apresenta eonde tudo, de uma forma ou de outra, está interligado.Portanto, a educação e os educadores precisam de algum modo, também estarematentos a estas mudanças que vem ocorrendo a cada dia mais aceleradas,principalmente no que diz respeito à tecnologia.Sendo assim, não se pode perder tempo com um ensino fracionado que em nadacontribui para a formação do ser humano.No entanto, para que o ensino de forma interdisciplinar aconteça, são necessáriasalgumas atitudes como o trabalho em equipe, a troca de experiências e oplanejamento em conjunto com os demais educadores que atuam na mesma turmapara que se faça realmente um trabalho que atenda as necessidades doseducandos no sentido de formar cidadãos críticos e atuantes.Referencias bibliográficasFREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a práticaeducativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.PCN: Pluralidade Cultural: Orientação Sexual. 3ªed. Brasília: A Secretaria, 2001.