A Acessibilidade das Plataformas de Elearning
em Instituições de Ensino Superior Público
em Portugal:
Contributos Iniciais...
Fundamentação Teórica
(capítulo 1)
Clarificação de conceitos
● Acessibilidade
● Elearning
Fatores de inclusão e barreiras ...
Introdução
Problema
Qual o estado da acessibilidade da página inicial das
plataformas de elearning
no ensino superior público portugu...
Objetivos
• perceber a importância da acessibilidade e o contexto em que surge essa
necessidade (daí a importância da comp...
Capítulo 1
Fundamentação Teórica
Acessibilidade
"A Acessibilidade na Web significa que
pessoas com deficiências podem usar a
internet. Mais especificamente...
Fatores
de Inclusão
Barreiras
Sociedade Tecnologia Educação
Plataformas
Conteúdos
Avaliação da acessibilidade da web/plataformas LMS
Validadores
automáticos
Legislação em Portugal
● Resolução do Conselho ...
Capítulo 2
Metodologia de Investigação
Metodologia
Quantitativa
Universo
conjunto das Instituições
de Ensino Superior Público
Técnica de
amostragem
14 instituiçõ...
Amostra
URL da página inicial / principal (autenticação, notícias,
disciplinas) da plataforma de elearning ‘mãe’ das Insti...
Capítulo 3
Análise dos Resultados
Distribuição dos índices por Instituição de Ensino Superior Público Universitário
Distribuição dos índices por Instituição de Ensino Superior Público Politécnico
Nível ‘A’
Nenhum dos
URL
analisados
passa a bateria
de testes
Nível ‘AA’
(não apresentam erros)
Instituições Universitária...
Erros mais frequentes por nível de conformidade das páginas iniciais das
Plataformas de Elearning
Instituições de Ensino S...
Capítulo 4
Discussão dos Resultados
Índice
Média geral de 6,35
Ensino Superior
Público Universitário
Média de 6,02
Ensino Superior
Público Politécnico
Média d...
Conclusão
Limitações
1. Amostragem de conveniência
1. Não ter sido efetuada a
avaliação manual das páginas
Perspetivas Futuras
1. An...
Obrigada
cecilia1976@gmail.com
cecilia.tomas.75
ceciliatomas
@ceciliatomas
A Acessibilidade das Plataformas de Elearning
e...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

A Acessibilidade das Plataformas de Elearning em Instituições de Ensino Superior Público em Portugal: Contributos Iniciais

571 views
468 views

Published on

Sobre o estado da acessibilidade das Plataformas de Elearning em Instituições de Ensino Superior Público em Portugal

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
571
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Acessibilidade das Plataformas de Elearning em Instituições de Ensino Superior Público em Portugal: Contributos Iniciais

  1. 1. A Acessibilidade das Plataformas de Elearning em Instituições de Ensino Superior Público em Portugal: Contributos Iniciais Curso de Educação Especial Domínio Cognitivo e Motor Cecília Cristina dos Reis Tomás Aveiro | Abril, 2014
  2. 2. Fundamentação Teórica (capítulo 1) Clarificação de conceitos ● Acessibilidade ● Elearning Fatores de inclusão e barreiras à acessibilidade no elearning Avaliação da acessibilidade da web/plataformas LMS ● Legislação em Portugal ● Diretrizes de acessibilidade WCAG ● Validadores automáticos Estudos similares Estudo por Amostragem (capítulo 2, 3 e 4) Metodologia de Investigação ● Metodologia ● O universo em análise ● Amostra ● Procedimentos ● Instrumentos de recolha de dados Análise dos Resultados ● A conformidade com as WCAG 2.0 ○ Por Instituição ○ Por índice ○ Por nível de conformidade ○ Os erros mais frequentes Discussão dos Resultados
  3. 3. Introdução
  4. 4. Problema Qual o estado da acessibilidade da página inicial das plataformas de elearning no ensino superior público português? Acessibilidade Ensino a Distância (EaD)
  5. 5. Objetivos • perceber a importância da acessibilidade e o contexto em que surge essa necessidade (daí a importância da compreensão de conceitos como acessibilidade e elearning); • o potencial inclusivo e as barreiras que se colocam no domínio do elearning; • saber o que diz a legislação sobre este assunto; • saber quais as Diretrizes de Acessibilidade dos Conteúdos Web (WCAG) (especificamente as WCAG 2.0); • saber como se mede a acessibilidade através do validador automático AcessMonitor; • fazer o levantamento do nível de conformidade com as WCAG 2.0 da página inicial das plataformas de elearning (nas instituições que têm uma plataforma principal) nas instituições de ensino superior público português: por instituição, por índice e por nível de acessibilidade. • identificar os principais erros encontrados pela bateria de testes que o AcessMonitor fez a cada URL.
  6. 6. Capítulo 1 Fundamentação Teórica
  7. 7. Acessibilidade "A Acessibilidade na Web significa que pessoas com deficiências podem usar a internet. Mais especificamente, a acessibilidade na Web significa que pessoas com deficiência possam perceber, compreender, navegar e interagir com a Web, bem como eles podem contribuir para a Web " (W3C Consortium citado em Francisco et al., 2013) Elearning “O “e” em e-learning significa muito mais do que “etetrónico” quando aplicado ao e- learning - pensado antes no grande “E” para “excitante, energético, comprometimento (engaging), extendida ” aprendizagem.” (Luskin, 2010) www.erpjournal.netwww.scriptcase.com.br
  8. 8. Fatores de Inclusão Barreiras Sociedade Tecnologia Educação Plataformas Conteúdos
  9. 9. Avaliação da acessibilidade da web/plataformas LMS Validadores automáticos Legislação em Portugal ● Resolução do Conselho de Ministros Nº 97/99 ● Resolução do Conselho de Ministros Nº 22/2001 ● Resolução do Conselho de Ministros Nº 155/2007 ● Lei n º 36/ 2011 ● Resolução do Conselho de Ministros Nº 91/2012 Diretrizes de acessibilidade WCAG WCAG 1.0 WCAG 2.0 AccessMonitor TotalValidator WAVE TAW
  10. 10. Capítulo 2 Metodologia de Investigação
  11. 11. Metodologia Quantitativa Universo conjunto das Instituições de Ensino Superior Público Técnica de amostragem 14 instituições de Ensino Superior Público Universitário 19 instituições de Ensino Superior Público Politécnico + 6 instituições politécnicas que se integram em universidades 33 Instituições Ensino Superior Público
  12. 12. Amostra URL da página inicial / principal (autenticação, notícias, disciplinas) da plataforma de elearning ‘mãe’ das Instituições de Ensino Superior Público ● visíveis a partir do portal da Instituição ● pesquisa no motor de busca “Google chrome”: ‘nome da instituição’ e ‘elearning’ 25 Instituições Ensino Superior Público 12 instituições de Ensino Superior Público Universitário 13 instituições de Ensino Superior Público Politécnico + 6 instituições politécnicas que se integram em universidades decorreu entre fevereiro e março de 2014 AccessMonitor
  13. 13. Capítulo 3 Análise dos Resultados
  14. 14. Distribuição dos índices por Instituição de Ensino Superior Público Universitário
  15. 15. Distribuição dos índices por Instituição de Ensino Superior Público Politécnico
  16. 16. Nível ‘A’ Nenhum dos URL analisados passa a bateria de testes Nível ‘AA’ (não apresentam erros) Instituições Universitárias • Universidade do Porto Instituições Politécnicas • Escola Superior de Enfermagem do Porto • Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. • Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. • Instituto Politécnico de Leiria. • Instituto Politécnico de Portalegre. Nível ‘AAA’ (não apresentam erros) Instituições Universitárias • ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. • Universidade de Aveiro. • Universidade de Lisboa. • Universidade do Minho. • Universidade do Porto. Instituições Politécnicas • Escola Superior de Enfermagem de Lisboa. • Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. • Instituto Politécnico da Guarda. • Instituto Politécnico de Leiria.
  17. 17. Erros mais frequentes por nível de conformidade das páginas iniciais das Plataformas de Elearning Instituições de Ensino Superior Público Universitário Instituições de Ensino Superior Público Politécnico
  18. 18. Capítulo 4 Discussão dos Resultados
  19. 19. Índice Média geral de 6,35 Ensino Superior Público Universitário Média de 6,02 Ensino Superior Público Politécnico Média de 6,63 Nível Nível ‘A’ • NENHUM URL analisado passa a bateria de testes Nível ‘AA’ • 8,3% URLs de instituições universitárias passa os testes • 38,4% URLs de instituições politécnicas passam os testes Nível ‘AAA’ • 41,6% URLs de instituições universitárias passam os testes • 30,7% URLs de instituições politécnicas passam os testes Erros De nível ‘A’ • Standards W3C: (X)HTML + CSS (100% instituições universitárias e em 92,3% instituições politécnicas); De nível ‘AA’ • Elementos e atributos de apresentação / obsoletos (66,6% instituições universitárias e em 38,4 instituições politécnicas); De nível ‘AAA’ • Marcação de links, menus e textos de links (41,6% instituições universitárias e em 75% instituições politécnicas);
  20. 20. Conclusão
  21. 21. Limitações 1. Amostragem de conveniência 1. Não ter sido efetuada a avaliação manual das páginas Perspetivas Futuras 1. Análise às diferentes páginas disponíveis nas plataformas de elearning, por exemplo, página de perfil e uma Unidade Curricular com conteúdos e estudantes inscritos 1. Analisar todas as plataformas de elearning das instituições de ensino superior português (públicas e privadas)
  22. 22. Obrigada cecilia1976@gmail.com cecilia.tomas.75 ceciliatomas @ceciliatomas A Acessibilidade das Plataformas de Elearning em Instituições de Ensino Superior Público em Portugal: Contributos Iniciais

×