Aula 1 - Microbiologia/Imunologia turma A_Enfermagem_Osasco_2014

  • 714 views
Uploaded on

Meus queridos alunos e alunas da Turma A_Enfermagem_Osasco, segue aula 1 de Microbiologia/Imunologia_2014. Caso tenham dúvidas favor acessar meu blog, mandar email ou tirar dúvidas em sala de aula. …

Meus queridos alunos e alunas da Turma A_Enfermagem_Osasco, segue aula 1 de Microbiologia/Imunologia_2014. Caso tenham dúvidas favor acessar meu blog, mandar email ou tirar dúvidas em sala de aula. Bons estudos!

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
714
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
36
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • This template can be used as a starter file to give updates for project milestones.SectionsSections can help to organize your slides or facilitate collaboration between multiple authors. On the Home tab, under Slides, click Section, and then click Add Section.NotesUse the Notes pane for delivery notes or to provide additional details for the audience. You can see these notes in Presenter View during your presentation. Keep in mind the font size (important for accessibility, visibility, videotaping, and online production)Coordinated colors Pay particular attention to the graphs, charts, and text boxes.Consider that attendees will print in black and white or grayscale. Run a test print to make sure your colors work when printed in pure black and white and grayscale.Graphics, tables, and graphsKeep it simple: If possible, use consistent, non-distracting styles and colors.Label all graphs and tables.
  • What is the project about?Define the goal of this projectIs it similar to projects in the past or is it a new effort?Define the scope of this projectIs it an independent project or is it related to other projects?* Note that this slide is not necessary for weekly status meetings
  • What is the project about?Define the goal of this projectIs it similar to projects in the past or is it a new effort?Define the scope of this projectIs it an independent project or is it related to other projects?* Note that this slide is not necessary for weekly status meetings
  • The following slides show several examples of timelines using SmartArt graphics.Include a timeline for the project, clearly marking milestones, important dates, and highlight where the project is now.
  • Prepare slides for the appendix in the event that more details or supplemental slides are needed. The appendix is also useful if the presentation is distributed later.

Transcript

  • 1. DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Profa. Dra. Maria Cecília Pereira Soares
  • 2. O que estudaremos este semestre?
  • 3. O que estudaremos este semestre?
  • 4. E as notas? Como serão calculadas?
  • 5. O que devo ler… estudar? Para Imunologia
  • 6. O que devo ler… estudar? Para Microbiologia
  • 7. Outras Bibliografias:
  • 8. Do lado dos alunos… Sentimento 2014
  • 9. Do lado do (a) professor (a)… Sentimento 2014
  • 10. VAMOS?
  • 11. Anotem meu email!!! cecilia.soares @aedu.com
  • 12. Cronograma das aulas Seminários: 27/02 e 06/03/2014 Aula prática: 20 e 27/03/2014 (Relatórios) Revisão: 03/04/2014 Data B1: 10/04/2014!
  • 13. Seminários • http://coral.ufsm.br/microgeral/Conteudo%20teorico/Metodos%20de %20controle%20dos%20microorganismos.pdf - MÉTODOS DE CONTROLE DE MICROORGANISMOS (Grupo 1 – Agentes físicos; Grupo 2 – Agentes químicos) • http://bdm.bce.unb.br/bitstream/10483/1737/1/2011_AlineLuizadaSil va.pdf - HISTÓRICO INFECÇÕES NOSOCOMIAIS (Grupo 3) • http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/microbiologia/introd ucao.pdf - INTRODUÇÃO À INFECÇÃO HOSPITALAR, PRINCIPAIS AGENTES DAS NOSOCOMIAS (Grupo 4)
  • 14. Seminários • http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/microbiologia/mod_ 3_2004.pdf - REQUISIÇÃO, COLETA, TRANSPORTE E ARMAZENAMENTO DE AMOSTRAS (Grupo 5) • http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/microbiologia/mod_ 3_2004.pdf - MICROSCOPIA E COLORAÇÃO(Grupo 6) • Consulta ao livro TRABULSI ou outro indicado: Neisseria, Bordetella, Shigella, Helicobacter, Chlamydia (INTRODUÇÃO, PATOGÊNESE, DIAGNÓSTICO, EPIDEMIOLOGIA, TRATAMENTO E CONTROLE – Resposta Imune – se tiver) (Grupo 7)
  • 15. Cronograma das aulas Palestras (valem como atividade complementar): 24/04 e 22/05/2014 Aulas Práticas: 01 e 08/05/2014 (Relatórios) Revisão: 29/05 e 05/06/2014 Data B2: 12/06/2014!
  • 16. Agenda: - Apresentar historicamente a origem e o desenvolvimento da Microbiologia e Imunologia. -Mostrar os principais cientistas, suas pesquisas e seus descobrimentos. - Apresentar as áreas relacionadas com a microbiologia. Temas: 1 – Origem da Microbiologia 2 – Biogênese X Abiogênese 3 – Teoria Microbiana da Fermentação 4 – Teoria Microbiana da Doença 5 – Primeiros Estudos sobre a Imunidade 6 – Impactos da Microbiologia 17
  • 17. Definição e origem • Definição: mikros + bios + logos o • O que são considerados microrganismos? Organismos unicelulares (?) microscópicos: o • • • o Bactérias Fungos Protozoários Vírus (acelulares) 18
  • 18. Maior diversidade da vida é microbiana Micro-organismos vem se diversificando há cerca de 3,8 bilhões de anos, ao contrário dos macro-organismos que se diversificam há apenas 600 milhões anos. “A maior parte da diversidade microbiana ainda está para ser descoberta” Atlas e Bartha,1998 19
  • 19. A descoberta dos microrganismos Antony van Leeuwenhoek (1632-1723 sec. XVII e XVIII) Delft, Holanda 20
  • 20. O microscópio de Leeuwenhoek 21
  • 21. Leeuwenhoek 1673-1723: Esboços de bactérias da cavidade bucal, observadas por Leeuwenhoek. Também mostrou a motilidade de algumas bactérias, no traçado C-D. Animálculos de Leeuwenhoek 22
  • 22. A geração espontânea de volta Biogênese X Abiogênese Pasteur (1822-1895 séc. XIX) 23
  • 23. O Experimento de Pasteur • Pasteur (1822-1895) 24
  • 24. O Experimento de Pasteur • Pasteur (1822-1895) 25
  • 25. O Experimento de Pasteur • Pasteur (1822-1895) 26
  • 26. Teoria microbiana das fermentações Povos antigos usavam a fermentação para a produção de: • • • vinhos: Grécia kiu (cerveja de arroz): China (2300 a.C.) saquê (vinho de arroz fermentado): Japão (500 a.C.) • • shoyu (molho de soja) leite fermentado 27
  • 27. PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE COMPOSTOS ORGÂNICOS NA AUSÊNCIA DE OXIGÊNIO.
  • 28. Teoria microbiana das fermentações • 1850: Pasteur resolve problemas da indústria francesa de vinhos e estabelece a primeira teoria microbiana da fermentação. • PASTEURIZAÇÃO 30
  • 29. INTERVALO???
  • 30. Relembrando…
  • 31. Teoria microbiana das doenças • Fracastoro (séc. XVI): o • seres pequenos causadores de doenças, presentes no ar. Plenciz (séc. XVII): o diferentes doenças eram causadas por diferentes microrganismos (parasitismo-> nutrientes a partir de outro ser) • • Pasteur (séc. XIX) - indústria da seda: iniciou um estudo sobre a doença do bicho da seda que estava dando prejuízos aos fabricantes de seda na França. Neste estudo ele descobriu o agente infeccioso e também a maneira como este agente era transmitido e inclusive como prevenir. 33
  • 32. Teoria microbiana das doenças • Robert Koch (1843-1910): o Concorrente de Pasteur na descoberta do agente do carbúnculo (antraz): • descobriu a bactéria Bacillus anthracis em 1876. É uma doença infecto-contagiosa de origem animal. Ataca principalmente animais ruminantes herbívoros que pastam em áreas com solo contaminado. O nome da doença faz referência à mancha negra formada na pele, em caso de contaminações cutâneas. A palavra “anthrax” vem do grego, que significa carvão. • Primeiro pesquisador a provar que um micro-organismo era causador da doença, fazendo o mesmo mais tarde com a tuberculose 34
  • 33. Desenvolvimento de técnicas • Alemães: o o isolamento o • conceito de meio de cultura: colônias em batatas meios: caldos, leite, frutas etc. Robert Koch: o • • • ágar-ágar e a cultura pura Julius Petri: placa para cultura Paul Erlich: coloração das células Joseph Lister: fenol como primeiro desinfetante, técnicas assépticas 35
  • 34. POSTULADOS DE KOCH 36
  • 35. 1. O organismo patogênico suspeito deve estar presente em todos os casos da doença e ausente em animais sadios 2. O organismo suspeito deve ser cultivado em cultura pura 3. Células de uma cultura pura do organismo suspeito devem causar a doença em um animal sadio 4. O organismo deve ser re-isolado e demonstrar-se idêntico ao original 37
  • 36. A idade de ouro (1875-1915) • Ecologia Microbiana: o Sergei Winogradski e Martinus Beijerinck • bactérias autotróficas • Bactérias-> fixação do N2 • bactérias fotossintetizantes 38
  • 37. A idade de ouro (1875-1915) • Imunologia: o primeiras vacinas (Edward Jenner [Varíola] / Pasteur [Raiva]) • Indústria: fármacos, antibióticos, alimentos Fleming (penicilina), Waksman (estreptomicina [Tuberculose]) • Virologia: Dmitri Ivanovski (vírus), Wendell Meredith Stanley (estudo do vírus e vacina influenza) 39
  • 38. 40
  • 39. 41
  • 40. A microbiologia como uma carreira • • • • • • • • Farmacêutica Biotecnologia: produtos e processos Medicina Química Alimentícia Saúde pública Laboratórios de pesquisa Universidades 42
  • 41. Dúvidas? No mais, tenham uma boa noite!!!