áFrica Aspectos Sociais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

áFrica Aspectos Sociais

on

  • 153,144 views

África- Aspectos Sociais - AULA

África- Aspectos Sociais - AULA

Statistics

Views

Total Views
153,144
Views on SlideShare
150,663
Embed Views
2,481

Actions

Likes
15
Downloads
1,925
Comments
8

15 Embeds 2,481

http://www.slideshare.net 1660
http://voceemquestao.blogspot.com.br 377
http://voceemquestao.blogspot.com 213
http://virginiageografia.blogspot.com 143
http://aulasgeografiasuki.blogspot.com 55
http://mikajojo.webnode.com.br 10
http://www.aulasgeografiasuki.blogspot.com 6
http://leasinha.blogspot.com 4
http://leasinha.blogspot.com.br 4
http://webcache.googleusercontent.com 4
http://m.mikajojo.webnode.com.br 1
http://www.leasinha.blogspot.com 1
http://blogguidosilva.blogspot.com 1
http://www.virginiageografia.blogspot.com 1
http://voceemquestao.blogspot.pt 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 8 Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • quem posta é gay é da o cu
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • cuzao
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Afew caras a mulher Demora Provavelmente maior tempo para postar um conteudo de Qualidade Pra Vir Um Bando de Jumentos edesinformadoscomo voces para vim Criticar .

    Bando de Desisnformados se nao gostaram procurem outro eu msm adorei Peguei um trabalho pra escola Todo sem Mover um dedo. ^^
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • parabéns .......................
    adorei a aula!!!!!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • maravilha parabéns!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

áFrica Aspectos Sociais Presentation Transcript

  • 1. ÁFRICA ASPECTOS SOCIAIS Professora Virgínia
  • 2. ÁFRICA: “BERÇO DA HUMANIDADE”
    • O termo “berço da humanidade” é dado em razão da África abrigar uma das civilizações mais antigas e intrigantes do globo, os egípcios , que formaram um poderoso “império” a 4 mil anos atrás. Portanto, toda essa riqueza cultural e natural existente no continente, torna a África um espaço muito particular
  • 3.
    • 900 milhões de habitantes
    • O segundo continente mais populoso
    • 53 países
    • A maiorias desses países convive com o subdesenvolvimento crônico, condenados, cada vez mais, a viver das ajudas internacionais.
    • Colonização trouxe grandes seqüelas que ainda não foram sanadas.
    ÁFRICA
  • 4.  
  • 5. ÁFRICA, O ESPAÇO DAS “ FRONTEIRAS ARTIFICIAIS” CONFERÊNCIA DE BERLIM: Os europeus na partilha mudaram as fronteiras nativas incitando a rivalidades étnicas, pois quando as fronteiras foram estabelecidas, devido à diversidade cultural, muitos grupos rivais ficaram juntos e outros se separaram; houve uma mudança produtiva, pois deixaram o cultivo de subsistência para atender aos interesses europeus, que introduziram a monocultura e a extração mineral. Em todo esse processo os europeus não tiveram respeito com os africanos , pois não levaram em conta a identidade cultural do povo.
  • 6.  
  • 7.  
  • 8. ÁFRICA, O ESPAÇO DAS “FRONTEIRAS ARTIFICIAIS”
    • A colonização africana fortaleceu-se em conseqüência do Racismo.
    • O racismo nasceu da exploração capitalista: a escravatura, as relações senhor-servo, mão-de-obra barata – Estratégias para manter a superioridade branca sobre as demais raças.
  • 9. O PROCESSO DE DESCOLONIZAÇÃO
    • A descolonização africana aconteceu num processo iniciado após a II GM.
    • A estratégia de alguns países, para não perder de vez o domínio, negociou a transferência de poder para elites locais, criadas artificialmente, em troca da manutenção de laços econômicos. Essa estratégia é chamada de neocolonialismo , o que resulta em conflitos até os dias de hoje. Dessa forma, muitos países africanos obtiveram apenas uma independência formal.
  • 10. No meio desses conflitos que atormenta a África neste final de século, estão vários povos e nações que buscam a autonomia e sua autodeterminação face a poderes centrais autoritários exercidos muitas vezes por uma etnia majoritária. Política Angola, Uganda Religiosa Argélia Étnica Ruanda, Mali, Somália, Senegal MOTIVAÇÃO CONFLITO
  • 11. PELA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA REGIÕES DA ÁFRICA
  • 12. NORTE DA ÁFRICA
    • Como o próprio nome já diz, é a área situada ao norte do continente e que vem a ser banhado pelo Mar Mediterrâneo, em sua maioria, fazendo parte desta região cinco países. Também não se pode esquecer que ao sul desta região se encontra o deserto do Saara.
    • Argélia, Egito, Líbia, Marrocos, Saara Ocidental e Tunísia
  • 13. OESTE DA ÁFRICA
    • É uma região muito confusa do ponto de vista político. São quinze nações que dividem um espaço caracterizado por áreas desérticas (Saara, ao norte) e florestas tropicais. Em sua economia local, a exploração de petróleo destaca-se com uma atividade bem atraente para os países.
    • Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria , Senegal, Serra Leoa e Togo
  • 14. ÁFRICA CENTRAL
    • Caracterizada pelos inúmeros conflitos da década de 90 que marcaram profundamente a região, a África Central ficou conhecida no mundo pelos conflitos no Zaire que o transformaram em República Democrática do Congo. Oito países fazem parte desta região, destacada por grandes florestas tropicais em razão de estar na latitude 0 do globo.
    • Camarões, Congo , Gabão, Guiné Equatorial, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe e Chade
  • 15. LESTE DA ÁFRICA
    • Também conhecida como “Chifre da África” , por sua forma física do extremo leste africano, é uma área bem diversificada por ter países bem estruturados e urbanizados, como é o caso do Quênia, e em contraponto a isto, existe à Somália e Etiópia, nações mergulhadas em problemas gerados pelas suas guerras civis. Nesta região encontram-se dez países bem distintos, tantos nos aspectos físicos como humanos. É na divisa entre Uganda, Tanzânia e Quênia que existe o lago Vitória, que é considerado a nascente do rio Nilo.
    • Burundi, Dijbuti, Eritréia, Etiópia , Quênia, Ruanda , Somália , Sudão , Tanzânia e Uganda
  • 16. SUL DA ÁFRICA
    • O extremo sul africano é representado pelas diferenças existente ente os onze países no campo sócio-econômico, principalmente, pois o contraste entre a África do Sul, nação bem desenvolvida , se comparada aos outros países africanos, em relação aos demais é visivelmente percebido. Este país exerce um poder centralizador  nesta região, onde a economia é seu ponto forte. Observa-se também uma diversidade natural neste espaço, em razão de possuir grandes vales férteis e vastos desertos como o Kalahari , sendo no delta do Okavango (Botsuana) acontece uma das maiores e mais impressionantes migrações do mundo, a dos gnus.
    • África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Madagascar, Malauí, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia e Zimbábue
  • 17. PELO PROCESSO DE OCUPAÇÃO AO LONGO DOS ANOS, DESTACANDO CARACTERÍSTICAS CULTURAIS
  • 18.
    • Esta classificação é possível em virtude da influência que a região norte da África (árabe) sofreu da ocupação dos povos do Oriente Médio (Ásia) durante os tempos , tendo como resultado um espaço totalmente adverso da África “negra”, sendo esta última caracterizada pelas culturas regionais provindas de milenares tribos africanas. Também é possível destacar a própria cor da pele dos africanos nessas duas regiões: os descendentes de árabes possuem uma tez clara, em grande parte, enquanto que os africanos relacionados com as culturas tribais já têm uma cor mais negra.
  • 19.  
  • 20. 1- SAHEL 2-OCIDENTAL 3- GOLFO DO GUINÉ 4- EQUATORIAL 5-AUSTRAL 6-ORIENTAL 7-AUSTRAL 8- OCEANDO ÍNDICO
  • 21. ÁFRICA SUBSAARIANA
    • A maior população do planeta que vive com menos de U$$ 1/dia
    • 60% infectados com HIV
    • Na Somália a guerra civil dilacerou o país
    • Na Libélia a guerra civil matou mais de 150 mil e produziu 700 mil refugiados
  • 22.  
  • 23. ÁFRICA DO NORTE ÁFRICA BRANCA
    • Os brancos são aproximadamente 30% da população do continente e habitam principalmente a África do Norte, que por vezes é chamada de África branca .
    • Os grupos étnicos dominantes são os bantos (os mais numerosos) e os sudaneses entre os negros, e os árabes e os berberes entre os brancos.
    • A população de origem européia, herança da colonização, habita os grandes centros urbanos localizados ao sul do Saara e é pouco significativa do ponto de vista numérico. Na África branca predomina a religião islâmica
  • 24. Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Togo, Camarões, Congo, Gabão, Guiné Equatorial, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Chade, Burundi, Quênia, Ruanda, Tanzânia, Uganda, África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Madagascar, Malauí, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia e Zimbábue. África Negra Argélia, Dijbuti, Egito, Eritréia, Etiópia, Líbia, Mali, Marrocos, Mauritânia, Níger, Saara Ocidental, Somália, Sudão e Tunísia. África Branca
  • 25. ÁFRICA DO NORTE – REGIÃO DO MAGREB
    • População: quase 70 milhões de habitantes. O Magrebe abrange, em sentido estrito, Marrocos, Sahara Ocidental, Argélia e Tunísia (Pequeno Magreb ou Magreb Central). O Grande Magreb inclui também a Mauritânia e a Líbia.
    • A parte ocidental do mundo árabe
  • 26.  
  • 27. EGITO (norte da África)
    • A história do Egito é tão antiga que desafia a imaginação. A civilização surgiu há 5.200 anos, mas continua presente nos incríveis monumentos nas margens no Nilo e no deserto. O interesse histórico o cultural do país vai muito além das pirâmides de Gizé. O Egito é um dos berços do cristianismo e um dos pilares do islamismo. No mundo árabe é o país mais populoso e influente. E tem natureza à vontade: muito deserto, oásis, o rio Nilo, os mares Vermelho e Mediterrâneo.
  • 28. Para uma civilização que fez grandes avanços na ciência e tecnologia, é surpreendente que a superstição e a magia tinham um papel tão importante na vida diária. Amuletos, feitiços, análise de sonhos e medicina mística faziam parte da construção da sociedade
  • 29.  
  • 30. SAHEL
    • Faixa de transição entre as savanas e o Deserto de Saara (Sahel = margem ou borda do deserto).
    • Inclui os países:
    • Senegal, a Mauritânia, o Mali, o Burkina Faso, o Níger, a parte norte da Nigéria, o Chade, o Sudão, a Etiópia, a Eritreia, o Djibouti e a Somália.
  • 31.  
  • 32.  
  • 33.  
  • 34. OESTE DA ÁFRICA
    • Países fornecedores de produtos tropicais.
    • Amendoim (Senegal).
    • Óleo de palma (Gâmbia).
    • Castanha do caju (Guiné-Bissau).
    • Riquezas minerais: diamantes (Serra Leoa e Libéria):bauxita (Guiné).
  • 35. SERRA LEOA (Oeste da África)
    • País à deriva desde 1991 pela guerra civil com
    • massacres cometidos pala Frente Revolucionária
    • Unida (FRU).
    • Acordo de paz em 2001, sem a desmobilização
    • da zona rebelde da Missão das Nações Unidas (Minusi).
    • Refugiados: Cerca de 410 mil leoneses se
    • encontram refugiados em países vizinhos; outros
    • 2 milhões estão deslocados dentro do país
  • 36.
    • Tendo como pano de fundo o caos e a guerra civil que dominou Serra Leoa na década de 1990 , Diamante de Sangue conta a história de Danny Archer, um ex-mercenário do Zimbábue, e Solomon Vandy , um pescador da etnia Mende. Ambos são africanos, mas suas histórias e circunstâncias de vida são totalmente diferentes até que o destino os reúne numa busca para recuperar um raro diamante rosa, o tipo de pedra que pode transformar uma vida...ou acabar com ela.
  • 37. SERRA LEOA (Oeste da África)
    • ECONOMIA: diamantes, ouro, aço e bauxita
    • respondiam por dois terços dos rendimentos com
    • COMÉRCIO EXTERNO: antes da guerra.
    • DIREITOS HUMANOS: Civis são deliberadamente
    • atacados pelos rebeldes, com o objetivo de criar
    • um clima de terror, desestabilizar o país e coibir
    • a colaboração com o governo. As violações
    • incluem a mutilação de partes do corpo.
    • Tropas leais ao presidentes são acusadas de
    • executar sumariamente supostos simpatizantes
    • da guerrilha.
  • 38.  
  • 39. NIGÉRIA (Oeste da África)
  • 40. NIGÉRIA, UM PAÍS MUITAS NAÇÕES
  • 41. POR QUE A NIGÉRIA É IMPORTANTE?
    • É o país mais populoso da África e área de
    • instabilidade política com influência nos países
    • vizinhos.
    • É o oitavo maior produtor de petróleo do
    • mundo, com extração feita principalmente por
    • companhias britânicas e norte-americanas.
    • Controla a foz do rio Níger, canal de saída do
    • comércio de outros países da região.
  • 42. NIGÉRIA (Oeste da África) QUESTÃO ÉTNICA
    • Existem cerca de 250 grupos étnicos no país. Quatro grupos maiores (haussas e fulanis no norte, iorubás no sudoeste e ibos no sudeste).
  • 43.  
  • 44.  
  • 45. NIGÉRIA (Oeste da África)
    • O norte é predominantemente muçulmano. Cristianismo é majoritário no oeste e é praticado no sudeste junto a islamismo e cultos tradicionais africanos.
    • A produção de petróleo está centralizada na região sudeste, onde os ibos (etnia cristianizada) já tentaram sua independência (Guerra de Biafra). A região sudoeste concentra a atividade industrial e é majoritariamente iorubá (islamizados).
  • 46. REGIÃO DO “CHIFRE” AFRICANO
    • Área: 1.104.300 km2.
    • População: 60 milhões.
    • Composição étnica: mais de 90 etnias.
    • Religião: católicos ortodoxos muçulmanos e
    • religiões africanas.
    • Etiópia
  • 47.  
  • 48.
    • Em um país cercado pelos conflitos da Somália, Etiópia e Sudão, as tensões da guerra são temas de debates em Fóruns Mundiais.
    • A Etiópia foi à guerra na Somália com o apoio da União Africana, contra os Tribunais Islâmicos que detinham o controle de toda parte sul do país vizinho, incluindo a capital, Mogadiscio. Estes tribunais, por sua vez, têm apoio de outro país do Corno da África, a Eritréia, e, segundo os Estados Unidos, do líder da Al Qaeda, Ayman Al-Zawahiri.
  • 49.
    • O grupo de nações em conflito constituem, acima do Quênia, a área geográfica que tem a forma de um chifre de rinoceronte, daí o nome da vizinhança explosiva. Ela fervilha com mais de uma guerra.
    • Ao lado da Etiópia, a noroeste do Quênia, está o Sudão, que atravessa dias não menos dramáticos, com nada menos que 2,5 milhões de habitantes desabrigados, procurando refúgio dentro e fora do país
  • 50.
    • A tragédia vem de alguns anos, enquanto a ONU decidia se o que estava ocorrendo lá era ou não genocídio. O fato é que mais de 200 mil pessoas foram dizimadas na região da capital, a cidade de Darfur, desde 2003. A população africana negra acusa até hoje as milícias árabes, chamadas Janjaweed e apoiadoras do governo sudanes, de junto com este terem promovido tal genocídio.
  • 51. LESTE DA ÁFRICA
    • Porção ocidental: terras baixas drenadas pelos rios da bacia do Congo, recobertas por florestas equatoriais.
    • • Região de Zaire, Ruanda e Burundi (colôniasbelgas até 1960).
  • 52.
    • Ruanda e Burundi - conflitos étnicos (hutus,
    • majoritários - 80% da população - e tutsis - 10%).
    • Fronteiras com Zaire: expressivas minorias hutus e tutsis.
    • Conflitos entre hutus e tutsis, em Ruanda (1994).
    • Movimentos migratórios para países vizinhos.
    • Campos de refugiados ao leste do Zaire (1 milhão
    • de hutus). Problemática: 200 etnias e fronteira com nove países africanos.
    • Intervenção da ONU e um cessar - fogo entre Uganda e Ruanda (08/06/00).
  • 53. Em Ruanda, no ano de 1994, um conflito político levou à morte quase um milhão de ruandeses, no decorrer de apenas cem dias. O mundo fechou os olhos para Ruanda. Mas um homem abriu seus braços e coração e fez a diferença. Paul Rusesabagina era gerente do Hotel Milles Collines, em Kigali, capital de Ruanda, quando o conflito começou. Munido apenas da sua coragem, ele protegeu quem chegava ao hotel, adultos e crianças, mas de 1.200 pessoas, assim como sua própria família. Indicado a 3 Oscar, baseado em uma história real Hotel Ruanda conta a história de Paul para contar a história de Ruanda, como um alerta ao mundo
  • 54. ÁFRICA DO SUL A África do Sul tem uma economia de mercado que se baseia nos serviços, na indústria, na exploração mineradora e na agricultura. As principais riquezas do país encontram-se sobretudo nos recursos minerais, como o carvão, o cobre, o manganês, o ouro, a cromita, o urânio, o ferro e os diamantes. No entanto, a exploração de minérios é liderada pela extracção do ouro. Os principais parceiros comerciais da África do Sul são os EUA, a Itália, o Japão, a Alemanha, Holanda, Brasil e o Reino Unido.
  • 55. É baseado nas memórias do guarda prisional que acompanhou Nelson Mandela durante o seu cárcere de 26 anos imposto pelo regime do Apartheid, acusado de planejar ações armadas e sabotagens, acusação essa que Mandela confirma. É o relato de uma progressiva mudança de mentalidade de um homem que cresceu ouvindo mensagens racistas e que aprendeu a duvidar de tudo o tinha aprendido depois de conhecer um homem fora do comum: Nelson Mandela .
  • 56.  
  • 57. OBRIGADA! Professora Virgínia Ribeiro Geografia Jardim Botânico - RJ