Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas agroflorestais - João Luiz Guadagnin
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas agroflorestais - João Luiz Guadagnin

on

  • 605 views

 

Statistics

Views

Total Views
605
Views on SlideShare
604
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

1 Embed 1

http://paper.li 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas agroflorestais - João Luiz Guadagnin Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas agroflorestais - João Luiz Guadagnin Presentation Transcript

  • Políticas e programas para SAF’s: crédito para os agricultores familiares.
  • Crédito: crer, acreditar, confiar.Para confiar, acreditar, crer, é preciso conhecer.A troca de informação e o diálogo leva ao conhecimento, a entre-ajuda,consolida parcerias.Os financiamentos rurais, inclusive e principalmente para atividadesnovas e não conhecidas pelos bancos, como os SAF’s, darão certoquando nascem e crescem com base em parcerias sólidas,construídas no diálogo sincero, honesto, de pessoas que tem osmesmos objetivos.Momentos de encontro, planejamento, avaliação e reprogramaçãosolidificam as parcerias, facilitam a obtenção e o aumento do crédito.O crédito bem concedido alavanca a renda, o bem estar, a felicidade.
  • O que ainda falta para os bancos financiarem SAF’s no Pronaf.Salvo poucas exceções, as agências não conhecem os parâmetros técnicosdos SAF’s:- quais os itens financiáveis e seus custos;- tempo de maduração dos SAF’s;- qual será o fluxo de caixa, a renda que será gerada.Não sabem, portanto, o que financiar, quando, onde e para quem.Por isso, e por outros motivos, os SAF’s ainda não entraram na agendados bancos.Gerentes e agências de bancos que tem parcerias, ampliam o créditorural do Pronaf e a felicidade dos agricultores e das pessoas quetrabalham no banco. View slide
  • O que ainda falta para os bancos financiarem SAF’sno Pronaf.Crédito bom é o que é aplicado integralmente nasatividades financiadas e devolvido no prazo contratado.O histórico das poucas operações de crédito ruralefetivadas para SAF’s não ajuda (vide Prodex, Prorural,FNO Especial, entre outros). View slide
  • O que ainda falta para os bancos financiarem SAF’sno Pronaf.A assistência técnica e extensão rural conhece poucosobre SAF’s, suas vantagens, oportunidades de negócio ede geração de renda com adequação ambiental.Os agricultores não estão demandando os SAF’s de formaorganizada.Ainda é pequena a demanda por SAF’s vinda daslideranças dos movimentos sociais.
  • O que ainda falta para os bancos financiarem SAF’sno Pronaf.Há pouca integração entre quem explora os SAF’s e aspolíticas públicas como PNAE e PAA, por exemplo, quecontribuem para a ampliação do crédito rural do Pronaf.Há demanda do “mercado” para produtos que podem seroriginados de SAF’s, mas muitas cadeias produtivassofrem com a falta de estrutura e organização, o que levaa falta de regularidade e de qualidade no que éproduzido.
  • Condições para obter crédito para SAF’s1 – Receber financiamento não é um direito, crédito seconquista. •A conquista do crédito é um processo de educação financeira: DAP, ATER, projeto viável, análise dos fatores de produção,do mercado, das oportunidades de geração de renda, zoneamento agroclimático, garantias, risco da atividade, fonte dos recursos, Basiléia e Resolução nº 2.682/99 do CMN.2 - Crédito é para bom pagador que tem um bom projeto.3 – Crédito precisa ser pago. Contratar financiamento éassumir uma dívida.
  • Condições para obter crédito para SAF’s4 – A concessão de crédito, especialmente o crédito rural,deve ser precedida de ações de educação financeira.5 - Os agricultores familiares, os extrativistas, os quecultivam SAF’s, tem que ter a DAP, ATER de qualidade,cadastro nos bancos, informação sobre os sistemas esobre o mercado e, preferentemente, contratos de venda.6 - Tudo começa com um projeto viável, elaborado comampla análise dos fatores de produção, do mercado, dasoportunidades de geração de renda.
  • Condições para obter crédito para SAF’s7–A negociação das garantias é uma tarefa que tem queser feita pelas lideranças e funcionários dos bancos nasreuniões preparatórias, no planejamento dos trabalhos.8 – Recursos há, no Banco da Amazônia e no Banco doBrasil.9 - Os prazos são adequados e/ou com facilidade podemser ajustados.10 - Há que firmar parcerias para que o crédito de SAF’sexista nos municípios. Há que ter mecanismo deconstrução conjunta de indicadores técnicos para osprojetos de crédito.
  • Condições para obter crédito para SAF’s11 - O pessoal dos bancos, das agências tem que visitar e se reunircom os técnicos da ATER, os secretários municipais de agricultura, osprefeitos e os líderes dos movimentos sociais que apóiam osagricultores familiares para construção de planos para osfinanciamentos de SAF’s.12 – Há que definir momentos de planejamento, avaliação ereprogramação. Há que ter agenda de trabalho para SAF’s.13 - Tem que estar definidos os canais ou instâncias de resolução deproblemas.
  • Condições para obter crédito para SAF’s14 - Quando os problemas não são resolvidos no nível locala quem cada instituição recorre? Há que definir oenvolvimento e participação das direções estaduais nabusca de solução para os problemas não resolvidoslocalmente, nos municípios.15 – As garantias tem que estar claramente definidas,acordadas e divulgadas. O que cada banco exige paraconceder crédito do Pronaf para os SAF’s?16 - Há que definir e acordar os prazos máximos pararespostas às solicitações de crédito de SAF’s.
  • Programa Nacional de Fortalecimentoda Agricultura Familiar – Pronafwww.mda.gov.br/safwww.bcb.gov.brjoao.guadagnin@mda.gov.brObrigado!