Questões sobre sexualidade e reprodução humana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Questões sobre sexualidade e reprodução humana

on

  • 16,774 views

Questões colocadas(e respectivas respostas) por alunos do 9º ano de escolaridade sobre sexualidade e reprodução .actualização: outubro de 2012

Questões colocadas(e respectivas respostas) por alunos do 9º ano de escolaridade sobre sexualidade e reprodução .actualização: outubro de 2012

Statistics

Views

Total Views
16,774
Views on SlideShare
12,526
Embed Views
4,248

Actions

Likes
3
Downloads
201
Comments
0

2 Embeds 4,248

http://ciencias9ano.wordpress.com 4247
http://www.google.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Questões sobre sexualidade e reprodução humana Questões sobre sexualidade e reprodução humana Presentation Transcript

  • O que é a sexualidade?• Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a sexualidade é uma energia que motiva para encontrar amor, contacto, ternura, e intimidade; integra-se no modo como nos sentimos, movemos, tocamos e somos tocados; é ser-se sensual e ser-se sexual. A sexualidade influencia pensamentos e, por isso, influencia também a saúde física e mental.
  • O que é uma relação sexual?• O ato sexual ou relação sexual é a denominação geral dada à fase em que dois animais com reprodução sexuada, mais especificamente o ser humano, realizam a ação física de junção dos seus órgãos sexuais, originalmente para a transmissão do gâmeta masculino ao feminino. Contudo, nem sempre tem uma função reprodutiva.
  • A partir de que idade se pode ter relações sexuais?• Não há uma idade certa. Deve ser quando a pessoa se sentir preparada e ter maturidade para lidar com as consequências que podem advir. Não o deves fazer só porque os teu circulo de amigos (as) já o fez. É uma decisão só tua.
  • O que significa ser virgem?• O conceito virgindade é construído pela sociedade, baseado em critérios tanto biológicos quanto sócio-culturais, e desta forma pode variar grandemente entre as culturas, sendo muito valorizado em alguns meios sociais ou religiosos, especialmente no que diz respeito à preservação da virgindade antes do casamento.• Biologicamente virgindade pode ser definida como o atributo de uma pessoa (ou animal) que nunca foi submetida a qualquer tipo de relação sexual.
  • A primeira vez… dói?• Só sentirá dor se não estiver preparada para ter a sua primeira relação sexual. Quando a mulher está excitada e relaxada, descontraída e lubrificada, possivelmente ela não sentirá dor.• O desconforto pode estar relacionado com a incerteza, a falta de privacidade… e por vezes com a algum movimento mais brusco que deve ser evitado.
  • É normal não se gostar da primeira vez em que se tem relações sexuais?• A iniciação sexual (a famosa “primeira vez”...), para a maioria das pessoas, é uma situação de ansiedade, acompanhada de excitação, euforia e medo. Ela pode representar o amor, o afeto, a ternura e a preocupação com o outro, mas pode, também, ser fonte de sentimentos de frustração e de desilusão. Ninguém esquece a primeira relação sexual, porque normalmente há muita expectativa de como vai ser esse momento.• Isso acontece com os homens e com as mulheres.Tanto os homens como as mulheres sentem, sim, esta ansiedade pelo desconhecido (ou pelo conhecido através dos outros amigos, o que é ainda pior).
  • Mudamos quando perdemos a virgindade?• Basicamente, o corpo não se altera quando a pessoa inicia a vida sexual. Talvez te sintas diferente, mas fisicamente o teu especto é o mesmo. O que por vezes sucede, é que ao sentires-te diferente, comportas-te de modo diferente, podes sentir-te mais bonita(o), mais desejada(o), confiante e amada(o). E é só isso!
  • O que é o hímen?• O hímen é uma membrana situada na vulva que bloqueia parcialmente a entrada da vagina. Aparece em certos mamíferos para proteger as fêmeas durante a sua infância dos riscos de infeções, daí durante esta fase da vida das meninas ser uma membrana relativamente espessa e resistente, no entanto com o aproximar da puberdade essa membrana torna-se muito fina e pouco resistente.
  • Qual é a relação entre o hímen e a virgindade feminina?• O hímem é muitas vezes rompido durante a primeira penetração do pénis na vagina (defloração). No entanto, usar a integridade do hímen como indicação de virgindade é relativo e enganador. O hímen pode ser destruído por atividades ou acidentes físicos diversos, como na prática da equitação, ginástica, ou ainda com algum movimento mais bruto, e um hímen preservado não exclui penetração vaginal (coito), pois no caso de o hímen ser elástico o suficiente, pode permitir o coito sem que rompa, ajustando-se ao diâmetro do pénis, podendo este tipo de hímen só vir a se romper num coito mais “apressado” em que a lubrificação e/ou dilatação não é a ideal ou mesmo só num parto. Para além disso são bem conhecidos e documentados os casos de mulheres que pura e simplesmente nascem sem hímen.
  • É suposto a mulher sangrar na primeira vez que tem relações sexuais?• Não é verdade que toda mulher tem que sangrar na primeira vez. Pois isso varia de mulher para mulher, quando há sangramento, este ocorre devido ao rompimento de alguns vasos sanguíneos que ficam junto à membrana do hímen. O hímen pode romper-se e não haver sangramento. Isto porque para que o hímen sangre e necessário que haja o rompimento de algum vaso sanguíneo. E não são todos os hímens que tem algum vaso.
  • Usar o tampão faz perder a virgindade?• Não.• O tampão não tira a virgindade, não existe nenhum problema em usar um absorvente interno, mesmo sendo virgem, pois o hímem é elástico.• O ideal é usar o tamanho mini, para experimentação até se sentir mais à vontade com o usos do tampão.
  • Uma grávida pode ter relações sexuais?• Sim. No entanto, há medida que a gravidez avança, há posições que se tornam mais confortáveis do que outras.
  • O que é a masturbação?• Forma de autoerotismo caracterizada pela excitação sexual através da manipulação dos órgãos genitais, especialmente o pénis e o clítoris. É uma forma de conheceres o teu corpo. Pode ser praticada no(a) parceiro(a) ou na própria pessoa. É considerada como uma das estratégias de sexo seguro. A masturbação não é pecado, nem faz mal à saúde.
  • A masturbação implica deixar de ser virgem?• Não. A masturbação não implica perder a virgindade.• O rompimento do hímen por causa da masturbação é bastante incomum. Ele pode acontecer se a mulher introduzir objetos na vagina ou se utilizar seus dedos dentro da vagina de uma forma mais brusca e afoita. Mas, em geral, nas práticas de masturbação feminina mais comuns esse risco é pequeno.
  • A masturbação pode prejudicar o desenvolvimento dos meus órgãos sexuais?• Não.
  • Porque é que a “cabeça do pénis” é sensível?• Há pessoas que têm uma "sensibilidade" aumentada na glande ("cabeça") do pénis. Essa é uma situação relativamente comum em homens que não fizeram cirurgia de circuncisão.• Não há nenhum problema nessa situação. A retirada de parte do prepúcio faz com que a pele que recobre a glande fique mais "grossa" e menos sensível. Isso acontece pela exposição permanente da glande a tecidos, água, pele, pelos, etc.
  • O que é o orgasmo?• É o clímax da excitação sexual, o qual é caracterizado por profundas sensações de prazer e contrações musculares rítmicas e involuntárias.
  • O que é o clítoris?• É um órgão único central, que faz parte da vulva e se encontra por cima e à frente dos grandes lábios, muito próximo do monte-de-vénus, sendo o principal órgão de prazer sexual da mulher. Acariciá-lo ou lambê-lo dá prazer à mulher e faz com que fique duro, sendo esta a forma como a maioria das mulheres atingem um orgasmo.
  • O que é a menstruação ou período?• Fenómeno através do qual ocorre eliminação de sangue e de tecidos do revestimento uterino (endométrio), formado como preparação para a eventual implantação de um óvulo fecundado, ou seja, gravidez.
  • É verdade que atletas menstruam pouco?• Sim, pode acontecer. Uma das causas é a deficiência de estrogénio, provocado pela atividade física intensa.
  • Quando é que começo a ter a menstruação?• Geralmente, entre os 10 e os 17 anos, tem-se a menarca (primeira menstruação).• O aparecimento da menstruação varia de rapariga para rapariga. Não há uma idade certa para teres o período.• Entretanto, é sempre importante procurar um médico após a primeira menstruação para receber orientações e entender melhor o que está a acontecer com o corpo.
  • O ciclo menstrual dura quantos dias?• Ciclos regulares são os que têm a mesma duração, com frequência semelhante, ou seja, de 22/22 dias ou de 38/38 dias.• É comum, os ciclos não serem regulares na adolescência.• Não se deve tratar ciclos irregulares em adolescentes que menstruaram pela primeira vez. Da mesma forma, ciclos curtos, frequentes ou longos, só devem ser tratados quando se estenderem além de 38 dias ou durarem menos de 22 dias.
  • Quantos dias dura a menstruação?• A duração do fluxo da menstruação é variável podendo ir de 2 até 6 dias. Fluxos superiores a estes dias merecem investigação, lembrando que distúrbios hormonais, presença de DIU, miomas uterinos, entre outros detalhes, podem determinar fluxos prolongados.
  • Quando é que se deixa de menstruar?• Há causas naturais que impedem a menstruação. Por exemplo a gravidez e a amamentação impedem temporariamente a ovulação e consequentemente interrompe a menstruação.• A última menstruação ocorre com a menopausa.
  • Pode-se tomar banho quando se está com o período? E nadar?• Não só se pode, como se deve ter especial cuidado quanto à higiene pessoal.• Para nadar deve-se utilizar o tampão.
  • Pode-se ter relações sexuais , estando a mulher no período menstrual?• Sim. No entanto, a opção de ter ou não relações sexuais nesta fase do mês, depende mais do à-vontade que o casal tem um com o outro.
  • Como é que a mulher sabe que está no período fértil?• Durante seis meses a um ano, a mulher deve anotar todos os meses num calendário o dia em que aparece a menstruação, contando entre uma e outra, quanto tempo demora o ciclo. Uma vez feita esta contagem, subtrai-se ao ciclo mais curto, 18 dias e ao ciclo mais longo 11 dias. Por exemplo: ciclo mais curto: 26-18=8; ciclo mais longo: 30-11=19. Quer dizer que nesta situação o período fértil é entre o 8º e o 19º dia do ciclo menstrual. Quando se fala em 8º dia, começa-se a contar a partir do primeiro dia de menstruação.
  • Pode engravidar-se na primeira vez que se tem relações sexuais?• Sim.
  • Como interromper a menstruação sem gravidez?• Para interromper a menstruação podemos fazer o uso do anticoncepcional (pílula) porém essa prática constante pode ser prejudicial a saúde, para saber como regular o ciclo menstrual, atrasar a menstruação, adiantar a menstruação o indicado e procurar um ginecologista para fazer o acompanhamento.
  • Pode engravidar-se sem penetração?• O risco é reduzido, mas poderá acontecer mediante o período do ciclo menstrual em que te encontras, também depende da tua fertilidade. Pode haver a libertação de algumas gotas de sémen que poderão fecundar o óvulo. O melhor é não arriscar!
  • Pode engravidar-se com penetração e sem ejaculação?• Sim, o homem liberta um líquido quando está excitado e antes de ejacular que pode conter espermatozóides vivos. A quantidade de espermatozóides é reduzido, tal como a probabilidade de engravidar, deves também ter em conta se estás no teu período fértil. O fluido é libertado pela glândula de Cowper, é transparente, incolor e viscoso, tem como função limpar a uretra para a passagem do sêmen, age como um lubrificante. A quantidade de fluido libertado varia de homem para homem. Atenção que o contacto com este fluído é responsável pela transmissão de várias ISTs, tais como: o herpes genital, gonorreia, sífilis e SIDA. Protege-te antes do primeiro contacto!
  • O que é uma ereção?• Transformação de órgão mole em rígido (em particular o pénis), por afluxo de sangue. Aplica-se em termos sexuais quando o pénis fica duro e comprido. A ereção acontece por causa da estimulação sexual, quando se pensa em sexo, pessoas ou imagens atraentes e também pode acontecer quando tens vontade de urinar.
  • Como é que desenvolvemos os pelos?• Os pelos desenvolvem-se no inicio da puberdade através do desenvolvimento das glândulas pilosas que sofrem maturação (mais ou menos por volta dos 13 anos, mas depende de pessoa para pessoa).
  • Quando é que os pelos púbicos deixam de crescer?• Os pelos púbicos sofrem alterações até aos 21 anos.
  • Qual é o tamanho médio de um pénis?• Deixando de lado os aspetos anatómicos de normalidade, um pénis flácido mede de 5 cm a 10 cm de comprimento. O tamanho durante a flacidez não determina o tamanho durante a ereção.• Masters e Johnson (1966) verificaram que o pénis em ereção mede de 12,5 cm a 17,5 cm.• Um recém-nascido apresenta um comprimento médio de 3,75 cm.
  • Até que idade cresce o pénis?• O pénis atinge o seu tamanho adulto por volta dos 18 anos.
  • Tenho uma mama maior que a outra, é normal?• Sim, é normal.
  • Tenho um testículo maior que o outro, é normal?• Sim, é normal.
  • O que é o esperma?• É um líquido também conhecido por sémen. É constituído por espermatozóides e pelas secreções prostáticas, secreções seminais e pelos líquidos libertados pela glândula de Cowper. É libertado pelo pénis do homem e tem um aspeto esbranquiçado.
  • O que é a ejaculação?• Expulsão do sémen através do pénis. A ejaculação acontece no orgasmo ou ao dormir, são chamados os "sonhos molhados". Por isso não te assustes se durante a noite acordares todo molhado, tiveste uma ejaculação noturna involuntária. É normal acontecer.
  • É possível fazer alergia aos preservativos?• Sim. É possível a mulher fazer alergia ao latex, mas existem outro tipo de preservativos de vinil ou hipoalergénicos, é uma questão de pedires na farmácia.
  • O preservativo feminino é mais resistente do que o masculino?• Não. A sua resistência é semelhante. Não devem ser utilizados os dois simultaneamente, pois a fricção entre os dois preservativos aumenta a probabilidade de romper.
  • Qual o método contracetivo mais eficaz para evitar uma gravidez?• Aconselhamos-te a dupla proteção. A dupla proteção é a utilização de dois métodos contracetivos, cada um (rapaz e rapariga) usa um método diferente. O homem utiliza o preservativo masculino e a mulher pode utilizar a pílula, o anel, o adesivo, o implante ou outro mediante aconselhamento médico. A dupla proteção garante uma maior eficácia contra a gravidez e previne as ISTs.
  • O que reduz ou corta o efeito da pílula?• A pílula é 99,9% eficaz, quando tomada corretamente. Há algumas situações que deves ter atenção! Situações que cortam totalmente o efeito da pílula:• a toma de antibióticos, deves usar o preservativo caso estejas a tomar algum antibiótico; chá de hipericão, sabe mais aqui ; se te esqueceste de tomar uma ou duas pílulas durante o mês já não estás protegida, deves utilizar o preservativo; diarreias ou vómitos nas quatro horas após a toma da pílula, se passaram mais de quatro horas estás segura. Situações que diminuem o efeito da pílula: a toma de alguns medicamentos, nomeadamente antidepressivos ou outros. O melhor é consultares o teu médico, caso inicies alguma medicação ou ligar para a linha da sexualidade (808 222 003); não tomar a pílula sempre à mesma hora. E o álcool? O álcool não tem efeito absolutamente nenhum sobre o efeito da pílula, mas pode levar ao esquecimento da toma da pílula, ou causar vómitos, que podem cancelar o efeito da mesma. Se assim for, deves usar outro método.
  • Posso começar a tomar a mesma pílula que a minha amiga toma? Posso ser eu a escolher a minha pílula?• Não, deves marcar uma consulta de planeamento familiar para teres aconselhamento médico. É importante que sejas examinada por um médico, para que tomes a pílula adequada, de modo a evitar problemas de descontrolo hormonal ou um má adaptação à pílula. Nestas consultas podes tirar todas as tuas dúvidas e obter gratuitamente a pílula. Agora existem cada vez mais tipos de pílulas, por isso é mesmo importante que vás ao médico antes de tomar a pílula.
  • Iniciei hoje pela primeira vez a pílula, a partir de quando é que estou segura?• Pelo menos nos primeiros 15 dias deves tomar precauções adicionais (por exemplo, o preservativo), mas o melhor é chegares ao fim da caixa. Para questões como estas é que é importante a consulta de planeamento familiar.
  • Os grandes lábios e os pequenos lábios têm o mesmo aspeto?• Como o próprio nome indica, a diferença está mais relacionada com o tamanho.
  • Há emissão de odor por parte dos órgãos sexuais?• A genitália tanto masculina como feminina possui secreções próprias;• Durante os momentos de excitação sexual o corpo liberta substâncias com odor de características masculinas ou femininas que biologicamente são considerados fontes de atração ou pelo menos colaboradores da excitação sexual. Esses odores são suaves e naturais e não costumam provocar estranheza ou desagrado. Caso sejam desagradáveis, podem ser indicadores de alguma doença ou falta de higiene intima.
  • Qual é o ponto mais sensível do pénis?• A cabeça é chamada glande e é o ponto mais sensível do pénis. Enquanto ele está flácido, a glande é envolvida por uma pele chamada prepúcio, por que serve para proteger a parte sensível do pênis ao ambiente externo e é conectada na parte inferior do pênis numa área chamada freio. Quando o pénis fica ereto, o prepúcio desloca-se para trás, deixando a glande exposta.
  • O que acontece se o pénis for introduzido no orifício uretral, em vez de ser introduzido na vagina?• O pénis não pode ser introduzido no orifício uretral. São anatomicamente incompatíveis.
  • Se ocorrer uma hemorragia durante agravidez, significa que se teve um aborto espontâneo?• Não obrigatoriamente, mas caso aconteça, deve consultar um médico.
  • Qual a idade certa para se ir ao ginecologista pela primeira vez?• Não existe uma idade certa para ir ao ginecologista pela primeira vez, mas o ideal é que se vá logo após o crescimento dos seios e quando começam a nascer os pelos pubianos, normalmente entre oito e 15 anos de idade. Assim as dúvidas sobre essa nova fase já são esclarecidas. Após a primeira menstruação é também uma boa hora de ir ao ginecologista.• O profissional escolhido pode ser um homem ou uma mulher. Se tiver vergonha escolha uma mulher e/ou pede à tua mãe, por exemplo, para te acompanhar na consulta. O médico (ou médica) irá conversar e saber dos teus hábitos, além de tirar dúvidas.
  • A mulher vai ao ginecologista, e o homem?• O urologista é o médico especializado para atender o homem. Mas o médico clínico geral, pode dar as primeiras informações.
  • É normal ter um pénis torto?• Ter o pénis torto é completamente normal. Os homens têm pénis diferentes: ele pode ser curvado para baixo e para o lado esquerdo; alguns pénis são virados para cima, para a direita e outros ficam retos.
  • É normal ter dores nos testículos?• Os testículos são órgãos muito sensíveis e qualquer pequeno trauma é suficiente para causar dor. Na maioria dos casos, a dor testicular não traz maiores preocupações, porém existem algumas doenças graves dos testículos que são consideradas emergências médicas, assim, se não houve nenhum toque brusco, ao menor sinal de dor, um médico urologista deve ser consultado.
  • Existe algum teste testicular que se possa fazer para saber se está tudo bem?• Normalmente, não é comum sentirmos incomodo na região da bolsa escrotal, mas ao menor sinal de dor, um médico urologista deve ser consultado, pois essa agonia pode ser consequência de um problema muito mais sério.
  • Pode-se prevenir a “torção testicular”?• A torção testicular acontece quando o cordão espermático que segura o testículo fica torcido. Quando o cordão fica torcido, o fluxo de sangue ao testículo é interrompido. Esta situação pode provocar danos a longo prazo ao testículo caso não seja tratada.• Poderás tentar evitar que a torção testicular aconteça devido a uma lesão na prática de desporto. Para tal, utiliza sempre uma proteção especial para atletas sempre que praticar desportos de contacto. Estarás assim a proteger os teus testículos.
  • Quando é que um rapaz sabe se os seustestículos já produzem espermatozóides?• Não sabe. A produção de espermatozóides depende da maturação sexual de cada um, ou seja, do amadurecimento dos órgãos genitais. Isso pode acontecer com 10, 12, 13 ou 14 anos de idade.
  • Ejaculação e polução noturna são a mesma coisa?• Polução noturna é a primeira vez que os meninos ejaculam à noite, durante o sono. É espontâneo e pode ser consequência de algum sonho sexual ou estímulos do dia. Ocorre em todas as idades, mas é mais comum dos 10 aos 20 anos.
  • Jovens ejaculam mais rápido que adultos?• Por serem menos experientes e pelo próprio processo fisiológico, é normal que os jovens tenham menor controle e maior ansiedade na hora da ejaculação, além de ainda terem pouca confiança no desempenho sexual.
  • Quanto tempo os espermatozóides duram fora do pénis?• O tempo médio é de minutos até uma hora. Depende das condições do meio onde estiver depositado, sendo de um a dois dias dentro do organismo feminino.
  • Os espermatozóides têm testículos?• Não. Tratam-se de células sexuais masculinas, constituídas por uma cabeça, peça intermédia e um flagelo.
  • Os espermatozóides têm cabelo?• Não. Têm um flagelo, designado por cauda, que lhe permite movimentar-se.
  • As pessoas podem ter relações sexuais com outros animais e ter filhos?• Não. Existe uma incompatibilidade genética entre os gâmetas que impossibilita esse fenómeno.
  • Se a ejaculação for anal e não na vagina, a mulher pode engravidar?• Não. O ânus pertence ao aparelho digestivo, independente do aparelho reprodutor humano.• A gravidez implica um encontro entre o gâmeta masculino e o gâmeta feminino, geralmente na trompa de Falópio.
  • Uma mulher pode engravidar quando está menstruada?• sim,. A probabilidade é menor, mas pode acontecer.
  • Uma mulher, quando tem relações pela primeira vez… é obrigada a tomar a pílula?• A mulher não é obrigada a nada, no entanto, deve sempre estar ciente dos riscos (gravidez e/ou IST) e tomar as devidas precauções.
  • Há alguma forma de o homem,influenciar o sexo do seu filho (antes, durante ou depois do ato sexual)?• Não. Há várias crenças populares associadas a comportamentos ou alimentos que podem influenciar o sexo do bebé, mas nada com fundamento científico.• Com os frequentes avanços da medicina reprodutiva, hoje é possível escolher o sexo do bebé em laboratório e realizar uma fertilização in Vitro (FIV), implantando somente os embriões do sexo determinado, mas além de gerar polémicas em todo o mundo, o procedimento tem um custo elevado.
  • O que são infeções sexualmente transmissíveis (ISTs)?• São infeções que se podem contrair quando se praticam certas atividades sexuais sem utilizar contraceção 100% segura.
  • Quais os métodos contracetivos para prevenir a SIDA?• O único método que previne a sida é o preservativo, bem como grande parte das ISTs.
  • No sexo anal também há risco de contrair ISTs?• Sim. A maioria das ISTs transmitem- se também através do sexo anal.
  • Existe diferença entre IST e DST?• IST é abreviatura para Infeções Sexualmente Transmissíveis e são estas infeções que podem desencadear as doenças, ou seja as DST, Doenças Sexualmente Transmissíveis.• Apesar desta precisão, ambas as palavras são muitas vezes entendidas como sinónimos. O mais importante é saber que a sua principal via de transmissão são as relações sexuais, sejam elas relações sexuais vaginais, sexo oral ou sexo anal.
  • Quais os principais sintomas de uma IST?• Uma IST nem sempre se manifesta de forma clara, pelo que os exames clínicos são muito importantes para o diagnóstico. Mas os principais sintomas costumam ser: corrimentos vaginais ou, nos homens, uretrais; presença de vermelhidão, bolhas, verrugas ou vesículas nos órgãos genitais e à sua volta; dor ou sensação de queimadura ao urinar; dores na zona pélvica (baixo ventre); sensação de dor ou queimadura quando se tem relações sexuais; febre.
  • Como se pode evitar uma IST?• A utilização de preservativo é ainda o método mais eficaz na prevenção de uma IST sempre que há relações sexuais.
  • As IST são fáceis de tratar?• Depende. Há infeções bacterianas que podem ser tratadas com antibióticos. Mas outras infeções, como o VIH, permanecem no organismo e implicam um tratamento durante toda a vida.
  • Onde posso fazer um teste de VIH/SIDA?• É possível fazer um teste de VIH/SIDA recorrendo aos Centros de Aconselhamento e Deteção de VIH (CAD), pedindo ao médico de família ou a um médico particular e nos centros de rastreio.• Por exemplo, em Lisboa, na Lapa, existe um Centro de Rastreio Anónimo com teste gratuito (Tel:21 393 01 51)
  • É possível ficar infetado com sexo oral?• Sim. Existe sobretudo o risco de contrair infeções como a Gonorreia, a Clamídia, a Sífilis ou o VIH, quer recebendo, quer fazendo sexo oral.
  • O que é o herpes genital?• O herpes genital é uma IST provocada por um vírus (normalmente o vírus simplex do tipo 2), através do contacto sexual. É das infeções mais frequentes. Como é difícil de detetar, muitas vezes o vírus passa para o/a parceiro/a sem que se saiba da sua existência. O herpes pode ser tratado para atenuar as queixas e sintomas. Mas não existe cura, sendo o seu aparecimento recorrente.
  • O cancro do colo do útero é uma DST?• O cancro do colo útero é uma doença que resulta de infeções persistentes pelo Vírus do Papiloma Humano, o HPV. Este vírus propaga-se, sobretudo, pelo contacto sexual pelo que é fundamental a prática de sexo mais seguro. Em Portugal, já é possível vacinar as raparigas contra o HPV.
  • Onde posso obter preservativos femininos gratuitos?• Em centros de saúde, hospitais e algumas Organizações Não Governamentais, como a Associação para o Planeamento da Família.• O preservativo feminino não está ainda disponível em farmácias.
  • Os preservativos femininos são tão eficazes contra as IST como os preservativos masculinos?• Sim. O nível de proteção é o mesmo.