Your SlideShare is downloading. ×
Os três porquinhos e a reciclagem
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Os três porquinhos e a reciclagem

4,204
views

Published on


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,204
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Os 3 Porquinhos e a Reciclagem<br />Narrador: Estávamos no princípio do Verão. Os 3 porquinhos tinham acabado as aulas e já sonhavam com umas belas férias junto ao mar, com concertos ao ar livre e muita animação. O problema era convencer os pais a deixá-los ir acampar sozinhos, porém ao fim de muitas insistências a mãe dos 3 porquinhos lá se convenceu a deixá-los ir assistir ao concerto dos Lobo Gang, a banda preferida dos 3 porquinhos.<br />Porquinho 3: Yupii a mãe deixou-nos ir acampar! Vai ser super divertido!<br />Porquinho 1: É verdade estou mesmo contente.<br />Porquinho 2: Vamos já arrumar as mochilas e pormo-nos a caminho!<br /> Assim, numa bela manhã de sol, os 3 porquinhos lá partiram de mochilas às costas. Chegaram a um pinhal muito fresquinho, onde corria um rio, e foi ai que resolveram montar as suas tendas: para o mais novo uma amarela, para o do meio uma verde e para o mais velho uma azul. Como vêem, aquele acampamento tinha todas as cores para ser um ecoponto… mas de ecoponto não tinha mesmo nada! <br />Porquinho 1: Agora que já montámos as tendas, o melhor é ir comer qualquer coisa!<br />Porquinho 2: Sim, vamos! Tenho aqui umas sandes de queijo e uns sumos de laranja!<br />Porquinho 3: Hum… que delícia! Estava mesmo com fome.<br />Narrador: Em pouco tempo amontoaram-se pelo chão embalagens de isto e de aquilo, pacotinhos de sumo de todos os sabores… enfim, um cenário muito feio, bastante parecido com o de uma lixeira. <br />Depois do jantar, o Lobo e a sua banda encheram a noite de guitarradas e o êxito foi tal que tiveram que voltar três vezes ao palco, porque os fãs não paravam de gritar: “Só mais uma! Só mais uma!”.<br />No regresso às tendas, comentavam os 3 irmãos:<br />Porquinho 1: Aquele lobo tem cá uma voz! Quem me dera conseguir um autógrafo dele...<br />Porquinho 2: E se tentássemos amanhã encontrá-lo por ai?<br />Narrador: Mal sabiam eles que não ia ser preciso. E que seria o próprio Lobo a vir ter com eles. Logo de manhãzinha o Lobo atravessava o pinhal a caminho do café mais próximo, onde ia tomar o pequeno-almoço, quando viu a lixeira que crescia à volta daquelas três tendas, digamos que ficou desvairado, desnorteado, passado de todo!<br />Lobo: Mas o que é isto? Eu a pensar que já quase não havia lixeiras e são os meus fãs os primeiros a sujar tudo e a deitar o lixo para o chão? Isto não vai ficar assim!<br />Narrador: Então, com passos pesados de lobo mau, caminhou em direcção à tenda amarela, onde dormia o porquinho mais novo.<br />Lobo: Abram esta porta! Se não abrem vou soprar e vai tudo pelos ares!<br />Narrador: e o lobo soprou e a tenda voou. E o porquinho mais novo foi a correr esconder-se na tenda do porquinho do meio. E mais uma vez o lobo zangado disse:<br />Lobo: Abram esta porta!<br />Narrador: Os 2 porquinhos, sem saberem que o lobo era o famoso Lobo, vocalista da sua banda favorita, nem se mexeram. E mais uma vez, a tenda foi pelos ares, e os dois irmãos correram a refugiar-se na tenda do irmão mais velho.<br />Não passaram dois segundos e logo se ouviu a voz do lobo:<br />Lobo: Abram esta porta! Se não já sabem o que acontece…<br />Narrador: E mais uma vez o lobo soprou… e, vejam só, esta tenda também voou!<br />E então o lobo disse muito calmamente:<br />Lobo: Olhem lá… estão a fugir para quê? Não sabem que o lixo não se pode deitar para o chão? E que se o fizermos estamos poluir o ambiente?<br />Porquinho 3: Mas…<br />Porquinho 2: É o lobo, dos Lobo Gang! Uau!!<br />Lobo: Não é Uau, nem meio Uau! Em primeiro lugar, quero este lixo todo apanhado, em segundo, quero as embalagens separadas. Podem pô-las mesmo dentro das vossas tendas porque a amarela é mesmo daquele amarelo igualzinho ao contentor onde se depositam as embalagens de plástico e metal, a verde é verde-garrafa, igual ao contentor verde onde se põe o vidro, e a azul da cor do contentor onde se coloca o papel e o cartão. No fim levam tudo para o próximo ecoponto!<br />Narrador: De rabinho entre as pernas, os porquinhos meteram mãos ao trabalho. <br />Porquinho 1: Então mãos ao trabalho! Vocês ai não nos querem ajudar? Ajudem-nos a separar o lixo!<br />Porquinho 2: Em que ecoponto vamos colocar esta embalagem de coca-cola, que é de plástico? <br />Porquinho 3: Nãao. Essa não vamos deitar para o lixo, tive uma ideia para a reutilizar. O que acham de cortá-la ao meio, com a ajuda da mãe, decorá-la e utilizá-la para guardar os lápis de cor no nosso quarto?<br />Porquinho 2: Bestial, bela ideia.<br />Porquinho 1: Onde vou colocar esta garrafa de azeite, que é de vidro? … É no ecoponto verde.<br />Porquinho 3: Lobo estas embalagens também são para reciclar? – Aponta para os pacotes de sumo<br />Lobo: Claro! Essas também são recicláveis. E mais! Quero-as bem escorridas para não cheirar mal e bem espalmadas para poupar espaço no contentor.<br />Porquinho 2: E esta caixa de cereais que é de cartão? Em que ecoponto vou colocá-la? … É isso mesmo… No ecoponto Azul!<br />Porquinho 1: A garrafa de sumo, onde vou colocá-la? …No ecoponto amarelo do plástico.<br />Porquinho 3: E a lata de atum? …No ecoponto amarelo do plástico e metal.<br />Porquinho 2: Pois é, agora já sei como reciclar! As embalagens de plástico e metal vão para o ecoponto amarelo. E os pacotes com líquidos devem ser sempre escorridos e espalmados.<br />Porquinho 1: E as embalagens de vidro, como as garrafas, vão para o ecoponto verde, o vidrão!<br />Porquinho 3: O papel e o cartão vão para o papelão, que é o ecoponto azul! Já podemos explicar à mãe como se faz a reciclagem. <br />Lobo: Muito bem! Bom Trabalho! Aprenderam bem a lição! Mas ainda falta uma sugestão! Para os resíduos não aumentar, embalagens maiores devo comprar.<br />Porquinho 1: Lobo mas…como é que fazemos isso, nós não sabemos.<br />Lobo: Então porquinhos a partir de agora quando forem ao supermercado com a vossa mãe peçam para comprar, por exemplo um garrafão em vez de três garrafas de água pequenas.<br />Porquinho 2: Boa, vamos seguir o teu conselho!<br />Lobo: Agora até vou fazer uma música sobre isto… Querem ouvir o refrão??<br />MÚSICA:<br />SE QUERES POUPAR ARVORES, ÁGUA E ENERGIA<br />ENTÃO NÃO PERCAS NEM MAIS UM DIA!<br />COMEÇA A RECICLAR:<br />PRIMEIRO SEPARAS, DEPOIS ESPALMAS<br />SE FIZERES TUDO ISTO,<br />JÁ MERECES MUITAS PALMAS!<br />YE, YE<br />