Fantasmas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Fantasmas

on

  • 947 views

 

Statistics

Views

Total Views
947
Views on SlideShare
944
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

1 Embed 3

http://www.slideshare.net 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Fantasmas Presentation Transcript

  • 1. FANTASMAS Tira a mão do queixo, não penses mais nisso O que lá vai já deu o que tinha a dar Quem ganhou, ganhou e usou-se disso Quem perdeu há-de ter mais cartas para dar Excerto de “ A Gente Vai Continuar”
  • 2. Conviver com nossos medos é conviver com fantasmas... É bater em portas que não se abrem É perturbar a ordem das nossas defesas mais íntimas.
  • 3. Fantasmas são tênues linhas que demarcam nossas inquietações
  • 4. São lembranças que desejamos esquecer.
  • 5. Fantasmas são machucões na minha alma de menina, quando a lembrança é boa mas dói com saudade de nunca mais!
  • 6. Fantasmas são pequenos desejos tão presentes que o homem tenta apagar da lembrança que ainda não morreu.
  • 7. Ah! Saudade que quer brincar com momentos fantasmas das recordações de uma infância que não podem voltar.
  • 8. Um piano. Uma nota musical e a melodia cujas mãos já não tocam mais!
  • 9. Recordar é viver, eu ontem sonhei com você! Como diz o Poeta, um pouco de fantasmas, um pouco de você!
  • 10. Nem sempre as recordações chegam como fantasmas que aterrorizam... Algumas são ternas e doces.
  • 11. A saudade é um fantasma que manipula as nossas emoções
  • 12. Uma observação! Gosto de tua flauta... Irmã! Estou aqui, não me vês?!
  • 13. Ave Maria! Cheia de Graça!...Abençoe as crianças acordadas e adormecidas quando ainda não estão conscientes da maldade humana.
  • 14. Fantasmas da presença, fantasmas do medo, fantasmas da emoção, fantasmas do sonho. Tudo faz a vida vibrar!
  • 15. Como se, para além das aves, desencontrados do voo, a ele quiséssemos voltar sempre que, na ponta mais fria ou mais só ou mais veemente das libertações, nos despedíssemos dos passados que não queremos: boa noite, eu vou com as aves”. Lucrécio - livro segundo de De Natura Rerum)
  • 16. Há neste mundo tantas vidas ao nosso redor... Não as vemos, mas sabemos que viveram aqui! Vem cá menina desce dessa janela e me dá um abraço!
  • 17. Há sempre uma paz singular no tempo que permeia nossas recordações. Não se vê ninguém aflito, em contemplações.
  • 18. Fé! Obediência...Amor.
  • 19. Nos livros, a liberdade de voar sem fantasmas sem togas.
  • 20. A saudade no coração infantil é um dos piores fantasmas do aprendizado.
  • 21. Fantasmas existem e “moram” na cabeça das pessoas. Segundo uma pesquisa de psicólogos ingleses, os fantasmas são o modo que a mente humana encontrou para interpretar as reações do corpo a alguns ambientes. !????!!!
  • 22. Há um mapa das estrelas. Há um mapa dos encontros? Como é que um corpo chega a outro corpo - como é que chega a um corpo que se adeque ao seu?
  • 23. A vida é cheia do calor das emoções...E por vezes estacionamos em algum lugar do nosso mundo e o fazemos acelerando para frente e muitas vezes retornando com rapidez ou lentidão. Mas, esse caminhar que nos assombra por tantas vezes em suas paradas é que nos faz sentir o sabor de ter passado por aqui.
  • 24. A ciência me ensinou Não existirem os fantasmas que eu em menino temia no escuro, e que afastava assobiando Ela mesma, porém outros fantasmas pôs em minha vida É pena que esqueci meu jeito menino de assobiar José Reis
  • 25. Um cupido também se entristece quando um amor morre. A sensação da flecha desviada... Ou o fantasma do erro.
  • 26. Nunca estaremos sós, sempre haverá alguém, algum ser, alguma circunstância, que fará despertar em nossa consciência, um lugar onde não há temor .
  • 27. Formatação: Miriam Catão Texto: Nairim e indicados Música: Always Imagens: Internet FIM