0
A Copa do Mundo de 2014, as Olímpiadas de 2016 e os gargalos da nossa infraestrutura Diálogos Capitais Rio de Janeiro, 7 d...
<ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira   </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investim...
O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento <ul><ul><li>A economia brasileira pode crescer acima de 5% a.a. nos ...
Brasil voltou a crescer a taxas expressivas após 25 anos Fonte: Ipeadata e IBGE.  (*) projeções com base no IIF. Brasil e ...
Mercado interno é o grande motor do crescimento brasileiro... Fonte: IBGE Elaboração: Ministério da Fazenda *Estimativas M...
...graças à redução do desemprego, evolução dos salários e da distribuição de renda e expansão do crédito Massa salarial r...
<ul><li>Endividamento das empresas caiu para 49,9% do PL em 2009; </li></ul><ul><li>Rentabilidade sobre o PL aumentou de 1...
Finanças públicas sob controle Redução projetada do déficit nominal do setor público Déficit Nominal do Setor Público Cons...
Dívida pública em trajetória cadente Dívida Pública Consolidada do Setor Público (% do PIB) Fonte: BCB. *Estimativas do Mi...
Crédito pode impulsionar o crescimento nos próximos anos Projeção da Evolução da Relação Crédito/PIB por Segmentos Demanda...
O Brasil está em alta com os investidores estrangeiros Número de vezes que o país foi mencionado como prioridade para o In...
<ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira  </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investime...
O investimento mantém trajetória de crescimento Projeções da taxa de investimento 2010-2014 (% do PIB) Fonte:   IBGE e APE...
Perspectivas do investimento: expectativas positivas Fonte: BNDES <ul><li>Petróleo e Gás e o Mercado Interno comandam os I...
<ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira  </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investime...
Desafios para o setor de infraestrutura <ul><ul><li>Investimentos em: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Energia; </li></ul></...
<ul><li>O que está sendo e será feito para superar esses desafios? </li></ul>
Programa de Aceleração do Crescimento 2 Fonte: Ministério da Fazenda
Investimentos em energia <ul><ul><li>Necessidade de  expansão frequente  da capacidade de geração; </li></ul></ul><ul><ul>...
Investimentos em Mobilidade Urbana <ul><ul><li>O PAC da Mobilidade Urbana vai executar 51 projetos nas cidades da Copa: </...
Investimentos em aeroportos Fonte: McKinsey e Company
Investimentos em infraestrutura hoteleira, TICs e estádios <ul><ul><li>Segundo o Ministério dos Esportes, o Brasil receber...
Quadro-resumo dos investimentos em infraestrutura para a Copa 2014* (Matriz de responsabilidades) <ul><li>Segundo o Minist...
Rio 2016 <ul><ul><li>Os investimentos necessários para a realização das Olimpíadas 2016 são estimados em R$ 28,8 bilhões. ...
Projetos com financiamento aprovado pelo BNDES ProCopa Arenas <ul><li>Fortaleza: Castelão </li></ul><ul><ul><li>75% do inv...
Projetos com financiamento aprovado pelo BNDES <ul><li>ProCopa Turismo </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro </li></ul><ul><ul>...
Transportes Trem de Alta velocidade <ul><li>TAV: Rio – SP – Campinas  </li></ul><ul><ul><li>Superação de gargalos no trans...
<ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira  </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investime...
Desafios de longo prazo para o Brasil <ul><li>Necessidade de recuperar e qualificar o planejamento de longo prazo (energia...
 
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho

2,325

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,325
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
52
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Inclusão social – aumento da qualidade de vida do cidadão brasileiro, melhor distribuição de renda e redução das desigualdades regionais.
  • Taxa de desconto intertemporal Org, Int, US$ milhões equivalentes BID (9 op,) 3,175 BIRD (11 op,) 1,345 JBIC (8 op,) 950 KfW (5 op,) 210 Outras (3 op,) 57 Principais op, ativas de mercado (US$ 6,2 bilhões captados desde 1996) Eurodollar US$ 2,450 milhões Samurai ¥ 130 bilhões Euroliras L, 800 bilhões Euromarket EUR 450 milhões Carteira ações BPAR – R$ 9,2 bilhões (contábil) e R$ 15,4 bilhões (mercado) Capitalização (Basiléia) – 29,52% (dez ’01) Índice inadimplência – 0,7% para carteira de crédito de R$ 95 bilhões
  • Transcript of "Apresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho"

    1. 1. A Copa do Mundo de 2014, as Olímpiadas de 2016 e os gargalos da nossa infraestrutura Diálogos Capitais Rio de Janeiro, 7 de dezembro de 2010 Luciano Coutinho Presidente
    2. 2. <ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investimento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios para o setor de infraestrutura </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios do Brasil no longo prazo </li></ul></ul></ul>
    3. 3. O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento <ul><ul><li>A economia brasileira pode crescer acima de 5% a.a. nos próximos cinco anos; </li></ul></ul><ul><ul><li>O mercado interno viabilizará a expansão da demanda: consumo básico das famílias, habitação e duráveis; </li></ul></ul><ul><ul><li>O investimento será dinamizado por cinco grandes vetores: petróleo e gás, energia elétrica, logística, construção habitacional e agronegócios; </li></ul></ul><ul><ul><li>Grandes desafios: i) aumentar a taxa agregada de investimento / PIB, e ii) viabilizar o avanço competitivo da indústria manufatureira. </li></ul></ul>
    4. 4. Brasil voltou a crescer a taxas expressivas após 25 anos Fonte: Ipeadata e IBGE. (*) projeções com base no IIF. Brasil e Mundo: Taxas de Crescimento do PIB ( % )
    5. 5. Mercado interno é o grande motor do crescimento brasileiro... Fonte: IBGE Elaboração: Ministério da Fazenda *Estimativas Ministério da Fazenda. Decomposição do Crescimento do PIB (% a.a.)
    6. 6. ...graças à redução do desemprego, evolução dos salários e da distribuição de renda e expansão do crédito Massa salarial real – Média dos últimos 12 meses (R$ bi) Classes econômicas (% da população) Fontes: MTE, IBGE e Ministério da Fazenda Taxa de desemprego (% a.a.) Crédito: Índice (base jan/04=100)
    7. 7. <ul><li>Endividamento das empresas caiu para 49,9% do PL em 2009; </li></ul><ul><li>Rentabilidade sobre o PL aumentou de 13,9% em 2008 para 14,7% em 2009. </li></ul>Volume de dívidas no sistema financeiro sobre o PL (%) - 1.000 maiores empresas Empresas privadas com maior capacidade para investir
    8. 8. Finanças públicas sob controle Redução projetada do déficit nominal do setor público Déficit Nominal do Setor Público Consolidade (% PIB)
    9. 9. Dívida pública em trajetória cadente Dívida Pública Consolidada do Setor Público (% do PIB) Fonte: BCB. *Estimativas do Ministério da Fazenda sujeitas à revisão após a mudança metodológica.
    10. 10. Crédito pode impulsionar o crescimento nos próximos anos Projeção da Evolução da Relação Crédito/PIB por Segmentos Demandantes 2010-2014 (em %) Fonte: APE/BNDES
    11. 11. O Brasil está em alta com os investidores estrangeiros Número de vezes que o país foi mencionado como prioridade para o Investimento Estrangeiro Direto Fonte: UNCTAD World Investment Prospects Survey 2010-2012 *ranking de 2009 entre parênteses
    12. 12. <ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investimento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios para o setor de infraestrutura </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios do Brasil no longo prazo </li></ul></ul></ul>
    13. 13. O investimento mantém trajetória de crescimento Projeções da taxa de investimento 2010-2014 (% do PIB) Fonte: IBGE e APE/BNDES.
    14. 14. Perspectivas do investimento: expectativas positivas Fonte: BNDES <ul><li>Petróleo e Gás e o Mercado Interno comandam os Investimentos na Indústria </li></ul><ul><li>Energia Elétrica comanda os investimentos na Infraestrutura </li></ul><ul><li>Investimentos em saneamento e logística crescerão a taxas expressivas </li></ul>
    15. 15. <ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investimento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios para o setor de infraestrutura </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios do Brasil no longo prazo </li></ul></ul></ul>
    16. 16. Desafios para o setor de infraestrutura <ul><ul><li>Investimentos em: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Energia; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Saneamento; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transportes: Mobilidade Urbana e Logística; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>TIC. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Copa do Mundo 2014; </li></ul></ul><ul><ul><li>Olimpíadas 2016; </li></ul></ul><ul><ul><li>Projetos ambientalmente sustentáveis e preocupação com os entornos. </li></ul></ul>
    17. 17. <ul><li>O que está sendo e será feito para superar esses desafios? </li></ul>
    18. 18. Programa de Aceleração do Crescimento 2 Fonte: Ministério da Fazenda
    19. 19. Investimentos em energia <ul><ul><li>Necessidade de expansão frequente da capacidade de geração; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diversificação da matriz energética. Entre 2010 e 2013, as fontes alternativas incrementarão o potencial gerador em 6.807 MW . Destaque para os projetos de biomassa e os parques eólicos ; </li></ul></ul>2010-2013 2014-2019 Projetos hidroelétricos – Capacidade de geração 24.066 MW 32.406 MW Destaque: Santo Antônio e Jirau Destaque: Belo Monte e Tapajós De acordo com o BNDES, entre 2011 e 2014 serão investidos R$ 139 bilhões em energia elétrica para superar os gargalos. Fonte: MME. Plano Decenal de Expansão de Energia 2019.
    20. 20. Investimentos em Mobilidade Urbana <ul><ul><li>O PAC da Mobilidade Urbana vai executar 51 projetos nas cidades da Copa: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>BRT ( Bus Rapid Transit ); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>VLT (Veículo leve sobre trilhos); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Expansão de metrôs; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Outras obras viárias. </li></ul></ul></ul>
    21. 21. Investimentos em aeroportos Fonte: McKinsey e Company
    22. 22. Investimentos em infraestrutura hoteleira, TICs e estádios <ul><ul><li>Segundo o Ministério dos Esportes, o Brasil receberá 600 mil turistas internacionais durante a Copa do Mundo, além de 3,1 milhões de turistas nacionais. Os investimentos em serviços de hotelaria deverão girar em torno de R$ 2 bilhões ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Investimentos em TICs: R$ 20 bilhões a R$ 30 bilhões na expansão da banda larga , além de cerca de R$ 3,4 bilhões de investimentos diretos nos serviços de TI relacionados aos estádios, hospedagem, segurança pública e aplicações do evento*. </li></ul></ul><ul><ul><li>Novos estádios e reformas em já existentes demandarão investimentos em torno de R$ 6,3 bilhões. </li></ul></ul>*Fonte: Cisco system.
    23. 23. Quadro-resumo dos investimentos em infraestrutura para a Copa 2014* (Matriz de responsabilidades) <ul><li>Segundo o Ministérios dos Esportes, os impactos econômicos potenciais da Copa do Mundo podem chegar a R$ 183,2 bilhões, sendo R$ 47,5 bi (26%) diretos e R$ 135,7 bi (74%) indiretos**. </li></ul>Fonte: Portal da Transparência *Portos, aeroportos, estádios e mobilidade urbana **Números estimados através da matriz de responsabilidades, números oficiais, modelos econométricos das copas anteriores, dados macroeconômicos e avaliação de investimentos necessários realizados por associações civis.
    24. 24. Rio 2016 <ul><ul><li>Os investimentos necessários para a realização das Olimpíadas 2016 são estimados em R$ 28,8 bilhões. Esse número, porém, será revisado em 2011. Os investimentos incluem: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acomodações; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Instalações Esportivas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Segurança; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tecnologia; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transportes. </li></ul></ul></ul>
    25. 25. Projetos com financiamento aprovado pelo BNDES ProCopa Arenas <ul><li>Fortaleza: Castelão </li></ul><ul><ul><li>75% do investimento total financiado: R$ 351,5 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade: 66.500 espectadores. </li></ul></ul><ul><li>Cuiabá: Arena Multiuso Pantanal </li></ul><ul><ul><li>74% do investimento total financiado: R$ 393 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade: 42.000 espectadores. </li></ul></ul><ul><li>Salvador: Arena Fonte Nova </li></ul><ul><ul><li>46% do investimento total </li></ul></ul><ul><ul><li>financiado: R$ 323,6 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade: 50.273 espectadores. </li></ul></ul><ul><li>Rio de Janeiro: Maracanã </li></ul><ul><ul><li>57% do investimento total </li></ul></ul><ul><ul><li>financiado: R$ 400 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade: 76.525 </li></ul></ul><ul><ul><li>espectadores. </li></ul></ul><ul><li>Amazonas </li></ul><ul><ul><li>75% do investimento total </li></ul></ul><ul><ul><li>financiado: R$ 400 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade: 44.160 espectadores. </li></ul></ul>
    26. 26. Projetos com financiamento aprovado pelo BNDES <ul><li>ProCopa Turismo </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro </li></ul><ul><ul><li>Hotel Glória: R$ 146,5 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Hotel Íbis (Copacabana): R$ 11,6 milhões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Hotel Íbis (Botafogo): R$ 20,3 milhões. </li></ul></ul><ul><li>Mobilidade Urbana </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro: </li></ul><ul><ul><li>Bus Rapid Transit (BRT) Tanscarioca  Barra-Galeão: R$ 1,2 bihão (74,5% do investimento total) </li></ul></ul>
    27. 27. Transportes Trem de Alta velocidade <ul><li>TAV: Rio – SP – Campinas </li></ul><ul><ul><li>Superação de gargalos no transporte de passageiros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Financiamento de até R$ 20 bilhões. </li></ul></ul>
    28. 28. <ul><ul><ul><li>A trajetória recente da economia brasileira </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perspectivas do Investimento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios para o setor de infraestrutura </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafios do Brasil no longo prazo </li></ul></ul></ul>
    29. 29. Desafios de longo prazo para o Brasil <ul><li>Necessidade de recuperar e qualificar o planejamento de longo prazo (energia, logística, meio-ambiente, infraestrutura das TI, ...); </li></ul><ul><li>Avanço persistente da criação de oportunidades de ascensão social (expansão do emprego, ampliação/ melhoria da educação) e da redução das desigualdades de renda; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da capacidade de inovar e competir da indústria manufatureira e de sua presença internacional (vs. desafio problematizado pela apreciação da taxa de câmbio); </li></ul><ul><li>Incentivo à inovação com viés pró-sustentabilidade sócio-ambiental; </li></ul><ul><li>Aumentar a poupança nacional e impulsionar o desenvolvimento de fundos de longo prazo para o investimento (bancos e mercado de capitais). </li></ul>
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×