Bioquímica componentes inorgânicos e orgânicos

  • 59,124 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
59,124
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
425
Comments
5
Likes
11

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. BIOQUÍMICA Profº Marcos Lopes biolopes.blogspot.com profbiolopes@hotmail.com
  • 2. COMPONENTESQUÍMICOS DA CÉLULA TODA CÉLULA É COMPOSTA PORSUBSTÂNCIAS DIVERSAS DENOMINADAS COMPONENTES QUÍMICOS QUE PODEM SER DIVIDIDOS EM DOIS GRUPOS: INORGÂNICOS E ORGÂNICOS.
  • 3. COMPONENTESCELULARES INORGÂNICOS ORGÂNICOS1. ÁGUA 1. CARBOIDRATOS2. SAIS MINERAIS 2. LIPÍDIOS 3. PROTEÍNAS 4. VITAMINAS 5. ÁCIDOS NUCLEICOS
  • 4. 1. ÁGUA  COMPONENTE INORGÂNICO  SOLVENTE DE LÍQUIDOS CORPÓREOS  TRANSPORTE DE ÍONS E MOLÉCULAS  AJUDA NA REGULAÇÃO TÉRMICA, HOMEOTERMIA (CONTROLE DA TEMPERATURA CORPÓREA)  “MATÉRIA PRIMA” PARA REALIZAÇÃO DA FOTOSSÍNTESE  LUBRIFICANTE NAS ARTICULAÇÕES ÓSSEAS  PRESENTE NAS REAÇÕES DE HIDRÓLISE (REAÇÃO QUÍMICA ENVOLVENDO MOLÉCULAS DE ÁGUA)
  • 5. TAXA DE ÁGUA NOS SERESVIVOS VARIA DE ACORDO COM: IDADE – QUANTO MAIS JOVEM MAIOR É A TAXA DE ÁGUA. ESPÉCIE – HÁ ESPÉCIES COM MAIOR PORCENTAGEM DE ÁGUA (EX. ÁGUAS-VIVAS). MANUTENÇÃO DA HOMEOTERMIA - TRANSPIRAÇÃO EM ANIMAIS HOMEOTÉRMICOS. HIDRATAÇÃO – UM CORPO BEM HIDRATADO CONTÉM MAIOR PORCENTAGEM DE ÁGUA. ATIVIDADE METABÓLICA – QUANTO MAIOR A ATIVIDADE METABÓLICA DE UM TECIDO MAIOR É A SUA TAXA DE ÁGUA.
  • 6. 2. SAIS MINERAIS  COMPONENTES INORGÂNICOS  REGULAM MUITAS FUNÇÕES NO ORGANISMO  SÃO ENCONTRADOS EM DUAS FORMAS:  INSOLÚVEIS: FORMANDO O ESQUELETO  SOLÚVEL: DISSOLVIDOS NA ÁGUA EM FORMA DE ÍONS
  • 7. SAIS MINERAIS PAPEIS BIOLÓGICOS Rigidez dos ossos, fortalecimento dosSAIS DE CÁLCIO Ca2+ dentes, coagulação do sangue e contração muscular. Constituinte da hemoglobina queSAIS DE FERRO Fe 2+ realiza transporte de O2.SAIS FÓSFORO PO43- Constituem o esqueleto, moléculas de ATPs e ácido nucleico.SAIS DE IODO I- Constitui os hormônios da tireóide que controla o metabolismo do corpo.SAIS DE POTÁSSIO K+ Regulação osmótica nas células eSAIS DE SÓDIO Na+ condução dos impulsos nervosos.CLORO Cl- Regulação osmótica nas células.FLÚOR F- Atua nos esmaltes dos dentes.
  • 8. PROBLEMAS DE SAÚDE CAUSADOSPELA FALTA DE COMPONENTESINORGÂNICOS:  DESIDRATAÇÃO (falta de água)  OSTEOPOROSE (falta de cálcio)  ANEMIA (falta de ferro)  BÓCIO ENDÊMICO (falta de iodo)  CÁRIE (falta de flúor)
  • 9. 3.CARBOIDRATOS
  • 10. 3. CARBOIDRATOS  COMPONENTE ORGÂNICO  CONHECIDOS COMO HIDRATOS DE CARBONO, AÇÚCARES, SACARÍDEOS OU GLICÍDIOS  NA MOLÉCULA EXISTE SEMPRE UM GRUPO ALDEÍDO OU UM CETONA
  • 11. Por essa razão oscarboidratos sãodefinidos:  Poli-hidroxialdeídos  Poli-hidroxicetonas FRUTOSE
  • 12. 4. LIPÍDIOS
  • 13. 4. LIPÍDIOS  COMPONENTE ORGÂNICO  CONHECIDOS COMO GORDURAS E ÓLEOS  INSOLÚVEIS EM ÁGUA  SOLÚVEIS EM SOLVENTES ORGÂNICOS COMO BENZINA, ÉTER E ÁLCOOL  SÃO DIVIDIDOS EM TRÊS GRUPOS:
  • 14. GLICERÍDEOS (gorduras e óleos) SÃO ÉSTERES FORMADOS PELA JUNÇÃO DE ÁCIDO GRAXO E GLICEROL (ÁLCOOL) PAPEL BIOLÓGICO:  GORDURA: RESERVA ENERGÉTICA ANIMAL, ISOLANTE TÉRMICO, DIMINUEM IMPACTOS MECÂNICOS.  ÓLEOS: RESERVA ENERGÉTICA DAS SEMENTES.
  • 15. CERÍDEOS (CERA VEGETAL E ANIMAL) ÉSTERES FORMADOS POR ÁCIDOS GRAXOS E ÁLCOOIS (CADEIA MAIS LONGA QUE O GLICEROL) PAPEIS BIOLÓGICOS  FORMAM A SUPERFÍCIE DAS FOLHAS E FRUTOS IMPERMEABILIZANDO-OS  CERA DAS ABELHAS ENCONTRADAS NO FAVO QUE PROTEGE A COLMÉIA DA ENTRADA E SAÍDA DE ÁGUA E DA ENTRADA DE INSETOS
  • 16. ESTEROIDES (COLESTEROL) FORMADOS POR ÁLCOOIS POLICÍCLICOS DE CADEIA FECHADA, DENOMINADOS ESTERÓIS PAPEIS BIOLÓGICOS  ATUA COMO SUBSTÂNCIA PRECURSORA DOS HORMÔNIOS TESTOSTERONA E PROGESTERONA  PARTICIPA DA COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA MEMBRANA PLASMÁTICA
  • 17. 5. PROTEÍNAS
  • 18. 5. PROTEÍNAS COMPONENTES ORGÂNICOS CONSTITUÍDOS POR MOLÉCULAS MENORES DENOMINADAS AMINOÁCIDOS CONHECIDOS COMO CARNES (MÚSCULOS) E ENZIMAS SÃO ENCONTRADAS EM CARNES, LEITE E SEUS DERIVADOS E GRÃOS
  • 19. FÓRMULA ESTRUTURAL DE UM AMINOÁCIDOGRUPO RADICALAMINA ÁCIDO
  • 20. TIPOS DEAMINOÁCIDOS
  • 21. LIGAÇÃO PEPTÍDICA (LIGAÇÃO ENTRE AMINOÁCIDOS)
  • 22. DICA: POLÍMEROS SÃO MACROMOLÉCULAS FORMADAS PELA UNIÃO DE MONÔMEROS COMO POR EXEMPLO TEMOS A PROTEÍNA HEMOGLOBINA QUE É UM (POLÍMERO) FORMADO POR 574 AMINOÁCIDOS (MONÔMEROS)
  • 23. ESTRUTURAS DAS PROTEÍNAS1ª - forma linear (sequência deaminoácidos)2ª - forma helicoidal (colágeno)3ª - forma helicoidal dobradasobre si mesma conferindo umaspecto arredondado(hemoglobina)4ª - formada pelo conjunto deproteinas terciárias (enzimas)
  • 24. PAPEL BIOLÓGICO DAS PROTEÍNAS FUNÇÃO ESTRUTURAL:  COLÁGENO (Com alta resistência é encontrada na pele, cartilagens, ossos e tendões)  ACTINA E MIOSINA (Permite a contração muscular)  QUERATINA (Impermeabiliza a pele)  ALBUMINA (Regulação osmótica do sangue)  FIBRINOGÊNIO (Relacionada ao mecanismo de coagulação sanguínea)
  • 25. PAPEL BIOLÓGICO DAS PROTEÍNAS FUNÇÃO HORMONAL:  ALGUNS HORMÔNIOS DO ORGANISMO TÊM ORIGEM PROTEICA COMO A INSULINA FUNÇÃO NUTRITIVA:  AS PROTEÍNAS SÃO USADAS COMO FONTES DE AMINOÁCIOS QUE PODEM SER OXIDADOS FORNECENDO ENERGIA
  • 26. PAPEL BIOLÓGICO DAS PROTEÍNAS FUNÇÃO ENZIMÁTICA:  ENZIMAS SÃO PROTEÍNAS QUE ATUAM COMO MOLÉCULAS REGULADORAS DAS REAÇÕES BIOLÓGICAS, COMO AS LIPASES. FUNÇÃO DE DEFESA:  PROTEÍNAS CHAMADAS ANTICORPOS TÊM A FUNÇÃO DE IDENTIFICAR ANTÍGENOS (INVASORES) NEUTRALIZANDO SEUS EFEITOS
  • 27. ENZIMAS (PROTEÍNAS ESPECIAIS) CONHECIDAS COMO CATALIZADORES BIOLÓGICOS OU BIOCATALIZADORES, AS ENZIMAS, DIMINUEM A ENERGIA DE ATIVAÇÃO DAS REAÇÕES BIOLÓGICAS, PERMITINDO QUE ELAS OCORRAM DE MANEIRA RÁPIDA E EM NÍVEIS DE TEMPERATURAS COMPATÍVEIS COM A VIDA SEM ELAS, AS REAÇÕES BIOLÓGICAS OCORRERIAM DE FORMA MUITO LENTA, IMPOSSIBILITANDO MECANISMOS COMPLEXOS
  • 28. COMO TRABALHA UMA ENZIMA?(MODELO CHAVE-FECHADURA E AJUSTE INDUZIDO)
  • 29. FATORES QUE INFLUENCIAM AATIVIDADE ENZIMÁTICA O pH pode desnaturar enzimas
  • 30. FATORES QUE INFLUENCIAM A ATIVIDADE ENZIMÁTICAA TEMPERATURA PODE O EXCESSO DE SUBSTRATODESNATURAR ENZIMAS FREIA A VELOCIDADE DAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS
  • 31. ANTICORPOS(PROTEÍNAS DE DEFESA) SOROS  VACINAS  POSSUEM  INDUZEM O CORPO ANTICORPOS A PRODUZIR PRONTO ANTICORPOS  SERVEM PARA A  SERVEM PARA CURA PREVENIR
  • 32. COMO FUNCIONAM AS VACINAS?
  • 33. IMUNIZAÇÃO Imunidade Ativa Natural: resposta a uma doença (ex. sarampo) Imunidade Ativa Artificial: vacinoprofilaxia Imunidade Passiva Natural: aleitamento (anticorpos naturais) Imunidade Passiva Artificial: soroterapia
  • 34. 6. VITAMINAS COMPONENTES ORGÂNICOS CONHECIDAS COMO REGULADORES INDISPENSÁVEIS A MANUTENÇÃO BIOLÓGICA PODEM ATUAR COMO COENZIMAS ATIVANDO ENZIMAS VERDADEIRAS NÃO TÊM FUNÇÃO ESTRUTURAL OU ENERGÉTICA SÃO BOAS EM PEQUENAS DOSES SEU PAPEL BIOLÓGICO É ESPECÍFICO
  • 35. TIPOS DE VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS  HIDROSSOLÚVEIS  VITAMINA A  VITAMINA C  VITAMINA D  VITAMINAS DO COMPLEXO B  VITAMINA E  B1, B2, B3 (PP), B12  BIOTINA  ÁCIDO FÓLICO  VITAMINA K  PIRIDOXINA  ÁCIDO PANTOTÊNICO
  • 36. VITAMINA A CONHECIDA COMO AXEROFTOL OU RETINOL OU ANTIXEROFTÁLMICA SUA CARÊNCIA CAUSA CEGUEIRA NOTURNA (XEROFTALMIA) FONTES:  LEITE E SEUS DERIVADOS, OVOS, FÍGADO, CENOURA, COUVE, MAMÃO E LARANJA
  • 37. VITAMINA D CONHECIDA COMO CALCIFEROL OU ANTIRRAQUÍTICA SUA CARÊNCIA CAUSA RAQUITISMO FONTE:  ORIGEM VEGETAL (ERGOCALCIFEROL OU D2)  ABACATE E GERME DE TRIGO  ORIGEM ANIMAL (CALECALCIFEROL OU D3)  ÓLEO DE FÍGADO DE BACALHAU, LEITE E DERIVADOS, GEMA DE OVO E FÍGADO BOVINO
  • 38. VITAMINA E CONHECIDA COMO TOCOFEROL OU ANTIESTÉRIL SUA CARÊNCIA CAUSA ESTERILIDADE FONTES:  VERDURAS EM GERAL, GRÃO, LEITE E DERIVADOS E OVOS
  • 39. VITAMINA K CONHECIDA COMO FILOQUINONA OU ANTI-HEMORRÁGICA SUA CARÊNCIA CAUSA FALTA DE COAGULAÇÃO SANGUÍNEA FONTES:  FÍGADO, FOLHAS VEGETAIS COMO O ALFACE, COUVE, REPOLHO E ACELGA.
  • 40. VITAMINA C CONHECIDA COMO ÁCIDO ASCÓRBICO OU ANTIESCORBÚTICA SUA CARÊNCIA CAUSA ESCORBUTO FONTES:  FRUTAS CÍTRICAS, BATATA, RABANETE, ALFACE, REPOLHO, PIMENTÃO E ESPINAFRE
  • 41. VITAMINA B 1 CONHECIDA COMO TIAMINA OU ANTIBERIBÉRICA SUA CARÊNCIA CAUSA BERIBÉRI  POLINEURITE E ANOREXIA FONTES:  LEVEDURAS DE CERVEJA, FÍGADO, OVOS, TRIGO E ARROZ INTEGRAL, FEIJÃO, SOJA, PEIXES, NOZES, LEITE E DERIVADOS
  • 42. VITAMINA B 2 CONHECIDA COMO LACTOFLAVINA OU RIBOFLAVINA ATUA COMO COENZIMA NA RESPIRAÇÃO CELULAR SUA CARÊNCIA CAUSA IRRITAÇÃO NOS LÁBIOS E MUCOSA BUCAL, INFLAMAÇÃO NA LÍNGUA E IRRITAÇÕES DIGESTÓRIAS FONTES:  LEVEDURA DE CERVEJA, FIGADO, OVOS, AMENDOIM, COUVE, VAGEM, ESPINAFRE
  • 43. VITAMINA B 3 ou PP CONHECIDA COMO NIACINA OU ÁCIDO NICOTÍNICO OU NICOTINAMIDA SUA CARÊNCIA CAUSA PELAGRA (DERMATITE – PELE GROSSA) FONTES:  LEITE, FÍGADO E CARNES EM GERAL, OVOS, CEREAIS INTEGRAIS, FEIJÃO E FOLHAS
  • 44. VITAMINA B 12 CONHECIDA COMO CIANOCOBALAMINA SUA CARÊNCIA CAUSA ANEMIA PERNICIOSA (QUANDO OS GLÓBULOS VERMELHOS IMATUROS SÃO LANÇADOS NO SANGUE FONTES:  LEITE E DERIVADOS, PEIXES E OSTRAS, CARNES E LEVEDURAS
  • 45. ÁCIDO FÓLICO NÃO POSSUI SIMBOLOGIA SUA CARÊNCIA CAUSA MÁ FORMAÇÃO DO TUBO NEURAL DOS FETOS (ANENCEFALIA) FONTES:  FOLHAS VERDES, FEIJÃO, ESPINAFRE,  PEIXES, GEMAS DE OVOS E FRUTAS CÍTRICAS
  • 46. BIOTINA CONHECIDA COMO VITAMINA H SUA CARÊNCIA CAUSA FURUNCULOSE, SEBORREIA E ECSEMA (DERMATITES) FONTES:  AMENDOIM, AVELÃ, GEMA DE OVO, NOZES E QUEIJO MAGRO
  • 47. 7. ÁCIDOS NUCLEICOS  MAIORES MOLÉCULAS ENCONTRADAS NO MUNDO VIVO  RESPONSÁVEIS PELO CONTROLE  DOS PROCESSOS VITAIS BÁSICOS  “MOLÉCULAS MESTRAS” (Ex. COMANDAM A FORMAÇÃO DAS ENZIMAS)
  • 48. CLASSIFICAÇÃO DOSÁCIDOS NUCLEICOS ENCONTRADOS NO NÚCLO DAS CÉLULAS E TAMBÉM NAS ORGANELAS MITOCÔNDRIAS E CLOROPLASTOS SÃO COMPONENTES ORGÂNICOS CONHECIDOS COMO:  DNA (ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO)  RNA (ÁCIDO RIBONUCLEICO)
  • 49. CONSTITUIÇÃO DOSÁCIDOS NUCLEICOS SÃO MACROMOLÉCULAS FORMADAS POR UNIDADES MENORES DENOMINADAS NUCLEOTÍDEOS
  • 50. REPRESENTAÇÃO DO NUCLEOTÍDEO A PENTOSE PODE SER:  RIBOSE (RNA)  DESOXIRRIBOSE (DNA) A BASE NITROGENADA PODE SER:  PÚRICAS (Adenina – Guanina)  PIRIMÍDICAS (Citosina – Timina – Uracila)
  • 51. DUPLICAÇÃO DO DNA (REPLICAÇÃO) SEMICONSERVATIVA – POIS AS MOLÉCULAS NOVAS RECEBEM A MESMA SEQUÊNCIA DE BASES DA MOLÉCULA DE DNA “MÃE” DESENCADEIA O MECANISMO DE REPRODUÇÃO CELULAR, GARANTINDO A CONTINUIDADE DA VIDA
  • 52. PROCESSOS DADUPLICAÇÃO DO DNA1. ROMPIMENTO DAS PONTES DE H3. ENCAIXE DE NUCLEOTÍDEOS LIVRES5. FORMAÇÃO DE DUAS MOLÉCULAS NOVAS DE DNA