Aula 2 - FAAP - Gestão de crise, políticas e normas de conduta e algumas ferramentas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula 2 - FAAP - Gestão de crise, políticas e normas de conduta e algumas ferramentas

on

  • 2,921 views

Aula de gestão de crises e como as RP Digitais devem lidar com isso.

Aula de gestão de crises e como as RP Digitais devem lidar com isso.

Statistics

Views

Total Views
2,921
Slideshare-icon Views on SlideShare
2,921
Embed Views
0

Actions

Likes
6
Downloads
61
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula 2 - FAAP - Gestão de crise, políticas e normas de conduta e algumas ferramentas Aula 2 - FAAP - Gestão de crise, políticas e normas de conduta e algumas ferramentas Presentation Transcript

    • Crises
    • O que são crises• Quando sabemos que nossa empresa está em meio de uma crise? – Quando acontece qualquer coisa negativa que escape do controle da empresa e ganhe visibilidade. – Algo que não pode ser contido dentro das paredes da organização. – Processo desgastante de divulgação e exposição da empresa na imprensa.
    • O que são crises• Quando sabemos que nossa empresa está em meio de uma crise? – Existem algumas ameaças que são previsíveis. O repórter entra em contato com a empresa inclusive para pegar o depoimento dela. Esse tipo de crise é mais fácil de gerenciar. – Mas, normalmente, a crise chega de surpresa com uma despretensiosa nota em uma coluna de grande circulação ou no comentário crítico de alguma âncora da TV.
    • Etapa 1 – Issue Management• Analisar o tamanho do problema (mapeamento)• Analisar a cultura da companhia no ambiente virtual• A área de comunicação deve estar alinhada com a internet e ter conhecimento do assunto• Analisar e criar um plano para o Website da empresa• Implantar uma comunicação online. O site deverá ser atualizado constantemente, como também bancos de dados e listas de email
    • Etapa 1 – Issue Management• Levantar as vulnerabilidades que podem afetar o negócio no mundo virtual. Ver as ameaças em âmbito global• Checar as vulnerabilidades que podem surgir no mundo off e repercutir no online• Implantar um monitoramento online constante da marca• Criar um sistema de alerta• Registrar todas as possibilidades de domínios negativos em sites, blogs, twitters e demais redes sociais que possam se referir à sua empresa
    • Etapa 1 – Issue Management• Identificar stakeholders que estejam no ambiente virtual• Mapear influenciadores e líderes de opinião no mundo virtual• Desenvolver um plano de comunicação online• Pesquisar o tom e a linguagem da mensagem que deva falar com seu público. Lembrando que o estilo de comunicação implantada no offline é diferente do online• Familiarizar a equipe de comunicação corporativa com o ambiente virtual. Nesse caso, promover treinamentos constantes
    • Etapa 2 – Planejamento e Prevenção• Criar ações virtuais, desenvolver mecanismos de comunicação online e se cadastrar em redes sociais;• Com os stakeholders mapeados, estabelecer uma comunicação online.• Identificar influenciadores na internet, que são diferentes dos formadores de opinião;• Estabelecer também uma comunicação com líderes virtuais e formadores de opinião;• Criar um comitê de crise que conheça a dinâmica das redes sociais; – Se a empresa possui o comitê de crise para mundo offline, o membros deverão ter o conhecimento das redes sociais e seus impactos. Esse processo é importante, porque, no momento da crise, ações deverão ser tomadas com mais rapidez e não haverá tanto tempo para dar uma resposta ao público.• Fazer um treinamento com diretores da empresa; – Explicar o que são as redes sociais, seus impactos e seu poder de influência;
    • Etapa 2 – Planejamento e Prevenção• Desenvolver um manual de crise online – O manual pode ficar na rede ou intranet da empresa, de tal maneira que novas vulnerabilidades sejam identificadas e logo colocadas no plano com facilidade• Desenhar mensagens e respostas de acordo com cada rumor e criar um guideline – Nas redes sociais, as mensagens não podem ter um tom de comunicado. A linguagem é diferente• Desenvolver um hotsite com respostas para serem usadas no momento de crise; – Organizar mensagens, fotos, documentos, gráficos, vídeos, áudio, que possivelmente possam entrar no hotsite• No hotsite, também é importante ter informações para imprensa sobre aquele assunto• Manter o monitoramento constante da marca no mundo virtual• Criar um treinamento de simulação de crise
    • Etapa 3 – Gerenciamento de crise (durante)• Fazer rapidamente uma análise da mídia e a cobertura online dos fatos• Identificar qual é o tipo de crise para ser colocada a mensagem adequada de acordo com o planejamento• Avisar os participantes do Comitê• Otimizar a engenharia de busca do website• Dar feedback (retornos) pela internet• Manter uma comunicação com o público, transmitindo mensagens acerca dos acontecimentos• Desenvolver mensagens adequadas aos formadores de opinião• Implementar uma ferramenta de chat para esclarecimento de dúvidas com atendentes capacitados e treinados previamente
    • Etapa 3 – Gerenciamento da crise (durante)• Estabelecer uma comunicação entre o presidente da empresa e os stakeholders, usando sua rede social pessoal• No momento de crise, o presidente fala como pessoa e não como um login generalizado• Se for necessário convocar uma coletiva de imprensa, é possível fazê-la online – Com a tecnologia de vídeo, também é possível fazer uma transmissão ao vivo, via internet, para outros stakeholders• Combinar o gerenciamento de crise tradicional com a imprensa e o método online, ou seja, desenvolver releases e enviá-los para o mailing pré-selecionado
    • Etapa 3 – Gerenciamento da crise (durante)• Colocar informações online para imprensa, com fotos, vídeos e demais documentos para os jornalistas elaborarem suas matérias• Na internet, faz-se necessário também ser transparente e honesto• O processo de gerenciamento de crise online não deve passar de três horas para dar uma resposta. O ideal é colocar algum post dentro da primeira hora• A internet tem alcance mundial. Dependendo do porte da empresa, faz-se necessário ter a versão em inglês do site• Se for uma multinacional, avisar e alinhar com as demais filiais suas ações e traçar o modo como eles devem proceder caso haja questionamento
    • Pós crise• Monitorar os reflexos da crise; – O monitoramento da marca deve ser constante;• Manter a comunicação com posts atualizados referentes ao tema da crise, tanto no website, como nas redes sociais;• Avaliar a crise e rever como a empresa lidou com os fatos; – Nos casos negativos, revisar para colocar novas ações no plano;• Definir a estratégia para reconstruir a reputação da marca na internet; – Alinhar com a estratégia da comunicação offline;• Agradecer aos stakeholders que estiveram ao lado da marca nos momentos difíceis.
    • Bombom com larvas na página oficial da Lacta. Remove?
    • Usuário-Mídia• Bebida de Alpino sem Alpino? Crise nas mídias sociais!• 148 comentários só no primeiro dia.
    • Usuário-Mídia
    • Não é lá uma Brastemp?
    • Meu Renault falha
    • Kryptonite• O fato é que após teruma executiva (DonnaTocci) blogandoparalelamente à empresa,agora eles abriram seupróprio blog oficial.
    • Kryptonite• A crise foi pauta de umdos blogs mais famosos detecnologia do mundo: oEngadget e também darevista Wired.
    • Kryptonite Como 10 dia fora da internet podem acabar com a reputação de uma empresa Empresa garante que os seus cadeados sãoPost no eficazesbikeforums.netensina que umacaneta Bic podeabrir um cadeado New York Times eKryptonite Associated Press publicam o caso.Vídeosmostrando comoabrir o cadeadosão postados Empresa anuncia troca de produto gratuitamente. Custo estimado: U$10 milhões. Fonte: http://www.mktg2.net/2007/10/13/kryptonite-um-exemplo-de-buzz- negativo/
    • Esse caso nos leva à uma dimensão importante da comunicação digital: o aspecto VIRAL• A comunicação viral descreve: – qualquer estratégia que estimule os indivíduos a transmitirem uma mensagem comunicacional para outros, criando o potencial para crescimento exponencial da exposição e capacidade de influenciar da mensagem.• Boca-a-boca (word-of-mouth) Nos EUA, 64% das pessoas• Marketing de rede experimentarão algo recomendado por um amigo.• Word-of-mouse Uma pessoa contará de uma experiência satisfatória online para 12 pessoas, cinco vezes mais do que conta-se na vida offline. ViralMarketer.com
    • Case ArezzoApós reclamações e ameaças de boicote à marca nas redes sociais Twitter e Facebook, a Arezzo decidiu tirarde circulação os acessórios da coleção Pelemania de inverno que têm como matéria-prima peles verdadeirasde animais, principalmente de raposa.Comunicado oficial:“Prezados consumidores,A Arezzo entende e respeita as opiniões e manifestações contrárias ao uso de peles exóticas na confecção de produtos devestuário e acessórios. Por isso, vimos por meio deste nos posicionar sobre o episódio envolvendo nossas peças com pelesexóticas – devidamente regulamentadas e certificadas, cumprindo todas as formalidades legais que envolvem a questão.Não entendemos como nossa responsabilidade o debate de uma causa tão ampla e controversa.Um dos nossos principais compromissos é oferecer as tendências de moda de forma ágil e acessível aos nossosconsumidores, amparados pelos preceitos de transparência e respeito aos nossos clientes e valores.E por respeito aos consumidores contrários ao uso desses materiais, estamos recolhendo em todas as nossas lojas do Brasilas peças com pele exótica em sua composição, mantendo somente as peças com peles sintéticas.Reafirmamos nosso compromisso com a satisfação de nossos clientes e com a transparência das atitudes da Arezzo.Atenciosamente,Equipe Arezzo”
    • Case Arezzo – o que a marca deveria ter feito?
    • Case Arezzo – o que a marca deveria ter feito?
    • Case United Airlines“UNITED BREAKS GUITARS”• De 0 a 4 milhões de exibições em 20dias• Mais de 25 mil comentários• Queda de 10% no valor das ações;prejuízo de $ 180 milhões• Aparições na Oprah Winfrey, CNN, Foxe CBS• Reportagens sobre o assunto em todoplaneta e em todas as mídias• 20ª música mais vendida na principalloja virtual do mundo (iTunes Store)• Camisetas vendidas com o slogan“United Breaks Guitars”
    • FedexUma câmera de segurança filmou um funcionário da FedEx jogando seu monitor decomputador na casa, ao invés de entregá-lo.O vídeo em dois dias somou mais de três milhões de visualizações.Em menos de 48 horas após o vídeo ter sido publicado, o vice-presidente da empresapediu desculpas aos consumidores por meio de outro vídeo e explicou que ocomportamento do funcionário foi completamente inaceitável.
    • Agenda
    • Kit KatO que a Nestlé poderia ter feito para minimizar a denúncia do GreenPeace?No início de março de 2010, o Greenpeace lançou uma campanha contra a Nestlé, maisespecificamente contra o KitKat, dizendo que a empresa compra óleo de dendê defornecedores que estão "destruindo as florestas tropicais da Indonésia, que ameaça asubsistência dos povos locais e empurrando orangotangos para a extinção."A Nestlé procurou o Google para tentar tirar o vídeo do YouTube alegando que o uso dologo violou direitos autorais. Mas já era tarde, o vídeo já havia se tornado viral no Vimeoe no YouTube, com vários usuários re-postando o vídeo. Como este movimento começouem UK (United Kingdom), a Nestlé UK publicou um comunicado oficial posicionando-sesobre o uso de óleo de palma, ou de dendê, como chamamos no Brasil.O Greenpeace aproveitou o movimento daNestlé para aumentar ainda mais o barulho dacampanha criando um hotsite da campanha.Ações foram implementadas em vários países,inclusive o Brasil:http://www.greenpeace.org.br/kitkat/.
    • Em resumo, a reação da Nestlé ajudou a acender todos os holofotes para o caso. A página do Facebook da companhia também foi um dos erros crucias para aumentar a visibilidade do caso: • A Nestlé fez um pedido para seus mais de 90.000 fãs, para não utilizarem versão alteradas do logotipo da empresa como sua imagem de perfil, caso contrário os comentários deles seriam apagados. Sugestões do que poderia ter sido feito: http://aquintaonda.blogspot.com/2010/03/caso- nestlegreenpeace-o-que-nestle.html*Fonte: http://aquintaonda.blogspot.com/2010/03/nestle-e-greenpeace-travam-queda-de.html.
    • Gordos (Cia Athletica)Campanha de marketing viral que teverepercussão negativa por fazer piadasconsideradas de mal gosto com pessoasobesas.O caso gerou polêmica na internet, composts em diversos blogs e várioscomentários publicados no YouTube.O vídeo foi retirado do ar dias depois desua divulgação, mas foi recolocado porinternautas que não gostaram dacampanha.O caso ganhou mais destaque depois deser divulgado pela mídia.
    • Isotônico I9• Coca-cola selecionou 9 blogueiros paraprovar em primeira mão o isotônico I9.• Deu a eles também um geladeira comobrinde.• Muitos que não receberam se ofenderame disseram que quem havia recebido erablogueiro de aluguel.
    • Isotônico I9• Coca-cola selecionou 9 blogueiros paraprovar em primeira mão o isotônico I9.• Deu a eles também um geladeira comobrinde.• Muitos que não receberam se ofenderame disseram que quem havia recebido erablogueiro de aluguel. Quem começou essemovimento foi o BlueBus. Leia aqui.
    • Isotônico I9• Resultado: polêmica entreblogueiros e BlueBus evisibilidade para oisotônico,que apesar de terganho rótulo de polêmico,conseguiu divulgação amplae gratuita.
    • Ronaldinho e Nike • A Riot, agência que atende a Nike, queria fazer uma campanha em mídia social envolvendo blogs e falando sobre o retorno e a volta por cima de Ronaldo. • Um funcionário da agência sugeriu o que deveria ser escrito no post do blog Futepoca. • Resultado: uma polêmica imensa em torno da ação de compra da marca e milhares de posts na blogosfera criticando a ação.
    • Ronaldinho e Nike“Olá Equipe do Blog FUTEPOCA!Trabalho na Agência RIOT, especializada em Estratégias para Mídias Sociais.Visitei o seu blog e gostei bastante do conteúdo.Dessa forma, achei bastante relevante sugerir à vocês a divulgação do site da Nike especializado na“recuperação” do jogador Ronaldo, que realizou, no último dia 14, uma cirurgia no tendão do joelhoesquerdo. Este site foi criado pela Nike para que os fãs de Ronaldo transmitam força e motivação aojogador, para que ele retorne aos campos o mais breve possível e volte a encantar os amantes de futebol.O site dedicado ao Ronaldo é o http://nikefutebol.com/ronaldoEstou enviando um pequeno texto explicativo, dando algumas instruções sobre como poderia ser escritoeste texto, ok?Caso vocês aceitem escrever sobre o Ronaldo e o resultado no blog, comentários e etc, for positivo, emuma outra oportunidade podemos, quem sabe, firmar alguma espécie de parceria, ok? Este post queestamos sugerindo, seria uma espécie de Post Piloto. Dando resultados dessa vez, surgindo novascampanhas pertinentes ao seu blog, poderemos conversar novamente, ok?Se tiverem alguma dúvida, entrem em contato o mais breve possível, ok?Ps.: Caso aceitem, precisamos que o texto seja escrito e postado até amanhã (dia 27) pela noite, ok?Qualquer dúvida, entrem em contato comigo.”
    • Ronaldinho e Nike
    • Ronaldinho e Nike
    • Abordagem bacana
    • Fato é que...• “(...) Antes do advento das redes sociais o usuário usava o ‘fale conosco’ para ser ouvido pelas empresas, hoje ele usa as redes sociais e fala para todos” .Romeo Busarello, diretor de Marketing da Tecnisa (in Fernandes, Manoel. Do Broadcast ao Socialcast: como as redes sociais estão transformando o mundo dos negócios. São Paulo: W3 Editora, 2009)
    • Rede social para te lembrar em quem vc votou nas últimas eleições“Eu Lembro” que é uma rede social, na qual você coloca em uma lista suas principaisopções de voto. Depois de escolhidas você pode receber informações e novidades deseus candidatos, e assim ficar de olho no que eles estão fazendo tanto durante aseleições, quanto durante o mandato.
    • Usuário-Mídia
    • O Boticário e maquiador respondem às dúvidas de usuárias
    • Santander tira dúvidas sobre investimento via Formspring
    • Não controlamos mais o que dizem sobre nossa marca• Em 24 horas, mais de 12 mil menções foram feitas à marca Activia, da Danone, nasredes sociais. A maioria (99,4%) veio do Twitter e as demais, surgiram em blogs. Além disso, operfil @Mistureiactivia, criado em maio/10, já conta com mais de 4 mil seguidores.•#Misturei Activia = primeiro lugar no trending topic brasileiro durante três dias e continuouentre os dez primeiros nos dias subsequentes.• Fonte: http://www.baguete.com.br/noticias/internet/19/05/2010/activia-12-mil-mencoes-em-24-horas
    • Fiat Uno responde dúvidas dos internautas antes do lançamento • Mais de 3.800 perguntas sobre o Novo Uno de 30/4 a 04/05. • Segundo dados da Ibope Nielsen Online, em janeiro de 2010 o Formspring.me tinha 3,9 milhões de visitantes únicos no Brasil.
    • A maior entrevista coletiva do mundo• Por que o Formspring? Mesma performance do Orkut no Brasil na época.• Força-tarefa: em 15 dias, 20 pessoas para responder às dúvidas dos internautas. – 3 departamentos: Engenharia, Marketing e Happy Hour – Plantão de 30 horas durante o lançamento• Resultados – 10 mil pageviews – 12 mil perguntas > 3 mil respostas – Principal fonte de tráfego do Formspring em maio de 2010 – 6 mil menções no Twitter – 43 reportagens – 178 posts em blogs – Com a ação, dobrou-se a quantidade de menções sobre o Fiat Uno nas mídias sociais
    • Preconceito nas redes sociais? Mais um erro em novas mídias que necessitou de retratação. A Fiat respondeu dúvidas sobre o novo Uno e tinham três ‘departamentos’ responsáveis pelas respostas – Engenharia, marketing e outro mais descontraído chamado ‘Happy Hour’. Mais uma vez, por conta de uma resposta a empresa precisou se posicionar. O caso não chegou a ser tão pesado quanto da LocalWeb, mas novamente o despreparo com mídias sociais pode gerar (e já gerou - http://info.abril.com.br/noti cias/internet/rosa-e-cor-de- sao-paulino-diz-fiat- 05052010-25.shl) notícia na rede.
    • Preconceito nas redes sociais?
    • Rede social para amantes de Lego
    • Fatos e Dados
    • Fatos e Dados• Quatro pessoas responsáveis• Tem política de comentários: http://fatosedados.blogspetrobras.com.br/?page_id=47• Até 31/12/09 – mais de 12.800 comentários• Acessos 22/06/2009 21/07/2009 24/11/2009 Out/2010 500 mil acessos 1 milhão 2 milhões 3 milhões
    • Fatos e Dados
    • Fatos e Dados
    • Blog Brasil Intel Digital• Investimento: R$260 mil em 10 meses• Blog Brasil Intel Digital + twitter + Flickr + Youtube + diretrizes para mídias sociais• Yahoorespostas (canal do especialista): umas das principais fontes de tráfego para o site da Intel – 1.367 respostas – 65-80% melhores respostas• Resultados – Seguir todos que os seguem – 0 a 5 mil seguidores em dez meses – Hoje: mais de 41 mil seguidores.• Próximos passos: Comunidade IntelBr, Newsroom, Facebook, Formspring
    • Como lidar com as manifestações dos funcionários?
    • Políticas para atuação em mídias sociais
    • Manuais para atuação em mídias sociais
    • Mais de 170 políticas de uso nas mídias sociais
    • Veículos de mídia são mais restritos com política de mídias sociais para seus funcionáriosFonte: Uol NotíciasInternacionais -http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/elpais/2011/05/10/companhias-tentam-controlar-as-opinioes-de-seus-funcionarios-nas-redes-sociais.jhtm
    • Abordagem paga
    • Post pago?
    • Dalai Lama
    • O Papa é Pop!
    • Religioso recomenda uso da linguagem da web paraIgreja se aproximar da cultura jovem. Vaticano tem canalno YouTube e app para iPhone.
    • Canção Nova tem rede social, Facebook, comunidade no Orkut e perfil no Twitter para os fiéis
    • Canção Nova tem rede social, Facebook, comunidade no Orkut e perfil no Twitter para os fiéis
    • Bola de Neve é uma das melhores atuantes na rede
    • Bola de Neve é uma das melhores atuantes na rede
    • E as mídias sociais que ‘pegam’ lá fora? Exemplo Tumblr5 boas razões para se usar o Tumblr(http://www.practicalecommerce.com/articles/2836-5-Good-Reasons-to-Use-Tumblr)1. Mídia visualmente rica e que promove engajamento.2. Flexibilidade de uso da marca3. Possibilidade de compartilhamento de post diretamente via email e publicadorvia celular4. Postagem do e a partir do Twitter e do Facebook5. Tumblr é uma mídia em ascensãoKate Spade, gestor de marketing digital disse ao blog Mashable, em Fevereiro de2011 que “as pessoas estão usando e compartilhando visuais bonitosno Tumblr, postando coisas que eles acham ser inspiracionais.Nesse sentido, parece ser uma excelente plataforma para seexpressar, não só via tweets e textos, mas com imagens e cores, quesão o DNA das marcas”.
    • Estatísticas do Tumblr no Brasilhttp://www.quantcast.com/p-19UtqE8ngoZbM?country=BR#traffic
    • Tumblr oficial da Coca-Cola
    • E as mídias sociais que ‘pegam’ lá fora? Exemplo Pinterest• Mais de 4 milhões de usuários (ganhos em tempo recorde) – jan/2012• É a primeira ferramenta dominada por mulheres, quase 60% da base, e aos poucos sendo descoberta também pelas marcas. Várias delas já estão lá, mas o exemplo mais bacana até agora é o da Gap.• Assim como aquele quadro de avisos na porta do seu prédio, a proposta do Pinterest é “fixar” todo tipo de conteúdo em boards visuais.• O uso varia de acordo com a vontade de cada um: você pode guardar referências, artigos para ler mais tarde, livros que deseja ler, fazer listas de compras, itens para casa, organizar eventos, e por aí vai.• O que o perfil da Gap no Pinterest faz é atualizar um board com inspiração jeans, colecionando objetos e estilos inspirados pelo tecido.
    • E as mídias sociais que ‘pegam’ lá fora? Exemplo Pinterest
    • Pinterest Gap
    • Pinterest Gap
    • Pinterest Brainstorm#9
    • Pinterest Travel Channel
    • As empresas e o Facebook (fonte Revista Dinheiro – Jul/2011)
    • As empresas e o Facebook (fonte Revista Dinheiro – Jul/2011)
    • Brasil é um dos principais anunciantes no Facebook (Fonte: comScore, fev/2012)
    • Facebook como forma de responsabilidade social?_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Qual é o seu sanduíche preferido?_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Marca-mãe versus marcas do portifólio?_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Facebook ganha serviço de e-commerce no Brasil• Fonte: http://www.mundodomarketing.com.br/5,18811,facebook-ganha-servico-de-e-commerce-no-brasil.htm
    • Técnico solta a escalação para imprensa via fanpage no Facebook
    • (Adver)game como forma de atração do público- alvo _____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Como entrar no Google Plus em 5 passos1. Entenda melhor o Google + _____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre2. Crie uma Brand Page _____ Segundo nível ______ _______ _____ Terceiro nível3. Simule o template4. Inclua o +1 em seu site5. Inclua administradores
    • Entre Legumes e Verduras_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Revista Veja_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Revista Veja_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Santos Futebol Clube_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • GreenPeace_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • SAP_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Neoris_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Grupos de discussão no Linkedin geram conhecimento e podem aproximar pessoas de organizações _____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Grupos de discussão no Linkedin geram conhecimento e podem aproximar pessoas de organizações _____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Grupos de discussão no Linkedin geram conhecimento e podem aproximar pessoas de organizações _____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • Página do Linkedin apenas para estudantes buscarem vagas_____ ____ ______ __ _______ __ _____ ______ Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo_____ ______ nível _______ _____ Terceiro nível
    • IBM tem grupo para ex e funcionários no Linkedin
    • Nike estimula corredores a participarem de grupo de discussões no Linkedin
    • O que é?• Instagram é, por enquanto, exclusivo para iPhone.• É um aplicativo que agrega as funções de rede social ecâmera fotográfica com efeitos.• Com o lançamento do iPhone 4 e sua câmera de 5megapixels, parece que a Apple agora começa a dar umaimportância maior a este tipo de aplicativo.• Pode-se compartilhar nas mídias sociais e ainda subirautomaticamente para a sua conta do Flickr.
    • O que é?• Funciona de forma muito semelhante as principais mídias: • Twitter: você pode seguir as pessoas que publicam as melhores fotos e também existe uma espécie de Trending Topics, que aqui é chamada de “Popular”, ou seja, as fotos mais “curtidas”. • Facebook: é possível “curtir” e comentar as fotos que você mais gosta. • Flickr: entrega algo semelhante, mas não com a agilidade e simplicidade do Instagram. É muito bacana ser surpreendido por tipos de fotos que você não espera! • Foursquare: você pode colocar o local de onde você tirou a foto.
    • O que é?• Além de poder subir as fotos do seu próprio álbum de fotos presentes em seu iPhone e tirar fotos e publicar na hora, o grande destaque está nos filtros que você pode aplicar nas fotos salvas, antes de publicá-las.• São 10 filtros diferentes. Há filtros que deixam as fotos como se tivessem sido tiradas na década de 60/70• Há filtros que deixam a foto em preto e branco, outros que ressaltam as cores, aplicam sombras específicas, entre outros.• O Instagram é puramente mobile, não possui página na internet, somente uma para download, ou seja, já vislumbramos uma tendência, na qual mobile está se firmando cada vez mais como uma plataforma convergente.• Essse app representa a capacidade de transformar fotos simples em obras de arte.
    • Dados• O aplicativo/rede social alcançou 100 mil usuários na primeira semana e hoje já conseguiu juntar mais de 27 milhões de usuários (mar/2012), que postam cerca de 290 milhões de fotos por dia.• É gratuito e tem constantes updates.• Kevin Systrom, CEO da empresa, anunciou que iria receber um aporte de 7 milhões de dólares (em jan/fev 2011). O financiamento será liderado pela Benchmark Capital, mas também vai contar com Jack Dorsey, um dos fundadores do Twitter.• De acordo com o anúncio, os investimentos serão utilizados para promover o crescimento da equipe de engenheiros da empresa e no desenvolvimento de novos produtos, como uma versão para Android que está no forno.
    • Dados (jan-fev/2011)• O Brasil está entre os quatro maiores em número de usuários. Mas além do seu sucesso, tivemos uma surpresa com o aplicativo que foi desenvolvido por um brasileiro, Mike Krieger.• Em janeiro já tivemos a introdução da função de hashtags, com isso o Instagram abre ainda mais oportunidades para campanhas.
    • National GeographicInstagram fechou o primeiro acordo com uma marca:National GeographicA parceria, que segundo os dois lados é uma uniãonatural, envolve não só o compartilhamento de fotos daNational Geographic – como uma versão live darevista/canal – mas principalmente a participação ativa damarca na comunidade, que cria desafios para que osusuários produzam imagens específicas.Até agora, ninguém falou em dinheiro nesse acordo, masestá sendo uma boa oportunidade para o Instagramdemonstrar seu potencial para outras marcasinteressadas.
    • Levi´s BrasilA Levi’s Brasil criou um perfil que é atualizado comfotos dos itens que vão entrar na próxima coleção ecom imagens que representam a personalidade damarca.O interessante aqui é como a Levis conseguetransmitir o espírito da marca como umcomplemento natural de vida, semeando o conteúdovisual que se assemelha à vida cotidiana em fluxosocial do usuário.
    • Brisk• O ice tea Brisk, da Lipton, lançou uma ação de latas limitadas. Os usuários tiram uma foto através do Instagram, publicando com a tag #briskpik, e 4 mil imagens seriam selecionadas e impressas nas embalagens especiais da bebida.• A novidade não é aproveitar as fotos dos usuários nas embalagens, isso é batido. A graça aqui é a marca aproveitando o hype do Instagram, que alcançou 1 milhão de usuários registrados em apenas 7 semanas de existência, e continua crescendo no mesmo ritmo.• O Boticário fez algo parecido no São Paulo Fashion Week criando um perfil no qual publicavam com a tag #spfw as fotos do lounge, mas não teve nenhuma premiação, eles simplesmente utilizaram o app. Como foi lançando muito em cima da data do evento, não teve muita divulgação, mas o perfil deverá ser ativado novamente para outras ações.
    • NH Hoteles• De acordo com o site Yorokobu, a rede de hotéis business class está convocando as pessoas a compartilhar e imortalizar fotos poéticas que, de alguma forma, ilustram e refletem o conceito da nova campanha da NH Hoteles, da Espanha : “Wake Up to a Better World“.• Os usuários que querem participar, precisam apenas submeter fotos no Twitter, via Instagram, acompanhadas da hashtag #WakeUpPics.• Gifts virtuais relacionados com a NH Hoteles são enviados aos usuários que tem suas fotos utilizadas pela marca.• Oportunidade para as pessoas compartilharem suas visões pessoais do dia a dia, de modo poético, criativo e artístico.
    • • No final do ano de 2011, NBC News, Playboy, Pepsi, Starbucks e CNN estão agora entre os usuários a bordo dessa mídia.• Mesmo que tímidas ainda, as ações demonstram o interesse das marcas em se adaptar às novas tendências providas pelo frenético e hiperativo ambiente digital.• Esta deve ser uma tarefa fácil para qualquer marca de moda, já que ela é construída com imagens.• Todas as ações são oficiais e até o momento não existe um case fail.• "Instagram está evoluindo de uma plataforma de fotos e compartilhamento de momentos para algo maior e mais poderoso, como uma plataforma para manter contato com acontecimentos de uma forma rica", disse o co-fundador do Instagram Kevin Systrom