Your SlideShare is downloading. ×
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Trabalho De Historia  Joana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Trabalho De Historia Joana

479

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
479
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Escola E.B 2,3 de Quarteira Ano Lectivo: 08/09 Os Heróis da Revelações Liberais Luís XVI Professora: Ana Frade Disciplina: Historia Trabalho realizado por: • Inês Correia nº14 • Joana M. nº16
  • 2. Índice Introdução……………………………………………………………….1 • Desenvolvimento:”biografia”…………………….………….2 • Estilo de Luís XVI………………………………………………….3 • Conclusão………………………………………………………………….4 • Bibliografia………………………………………………………………5 •
  • 3. Introdução Neste trabalho vamos dar a conhecer quem foi o “herói” Luís XVI. Qual a sua Biografia, visto que ajudou a revolução liberal. Como o seu estilo. Da forma como ele morreu, e do odeio que tinham pela Rainha.
  • 4. Biografia de Luís XVI Luís XVI de Bourbon, nasceu em 23 de Agosto de 1754 em Versalhes e executado em 21 de Janeiro de 1793 em Paris, foi rei da França (1774-1791), depois rei dos Franceses (1791-1792). Era filho do delfim Luís e de Maria Josefa de Saxónia e esposo de Maria Antonieta da Áustria (com quem se casou com 16 anos). Quando subiu ao trono, as finanças reais não se encontravam numa situação favorável, e assim permaneceram até ao eclodir da Revolução Francesa, altura em que Luís XVI foi deposto. Aconselhado por Maurepas, escolheu para seus ministros homens de talento como Turgot e Malesherbes. Reconvocou o Parlamento, mas este voltou a fazer-lhe oposição. O rei teve de abandonar seus ministros reformistas. Luís XVI, desmoralizado por sua tentativa de fuga e por suas negociações com o estrangeiro, perdeu completamente a popularidade. Encerrado no Templo e acusado de traição, foi julgado pela Convenção e condenado à morte, sendo guilhotinado em 21 de Janeiro de 1793. A rainha consorte Maria Antonieta foi executada seis meses depois. A sua morte provocou a união dos soberanos europeus contra a França revolucionária. Os deputados do Terceiro Estado constituíram a Assembleia Nacional e depois Assembleia Constituinte. A família real foi trazida à força de Versalhes para Paris (Outubro de 1789) e sua tentativa de fugir do país foi frustrada em Varennes (20 de Junho de 1791), quando foi feita prisioneira da Comuna insurreccional (10 de Agosto). A monarquia foi abolida em 21 de Setembro de 1792 pensa-se que as chamas da Revolução em parte, foram atiçadas pelas
  • 5. mentiras que rodearam o famoso escândalo do colar, pelo fato do rei dar ouvidos à sua esposa, imprudentemente, sobre assuntos políticos e ainda o ódio que muitos membros da nobreza e clero tinham contra Maria Antonieta, da linhagem dos Casa de Habsburgos, eternos rivais dos Casa de Bourbon e pela sua frivolidade e gosto pelo luxo. Ida para o inferno.
  • 6. Estilo Luís XVI O estilo Luís XVI é um estilo de decoração de interiores e mobiliário que se desenvolve a partir de França durante o reinado de Luís XVI e que se estende além deste, entre aproximadamente 1774 e 1792. Este estilo segue as linhas do anterior, o estilo Luís XV, sendo que, entre o final deste e até 1774, existe um período de transição que se traduz em alterações superficiais do foro decorativo e não estruturais. A transição culmina na afirmação total do novo estilo com a inauguração do Castelo de Louveciennes, decorado por Ledoux para Madame du Barry. Luís XVI
  • 7. Conclusão Neste trabalho concluímos que Luís XVI foi rei de França durante 17 anos. O Rei o Luís XVI teve de abandonar o seu trono porque maior parte da população não “gostava” dele como rei. Ficou sem confiança com as negociações com o estrangeiro, foi julgado pela convenção e condenado á morte, sendo guilhotiado. Luís XVI guilhotiado.

×