Princípios da ciência geográfica

10,773 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
10,773
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,995
Actions
Shares
0
Downloads
97
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Princípios da ciência geográfica

  1. 1. PRINCÍPIO DA EXTENSÃOElaborado pelo alemão Friedrich Ratzel, esseprincípio entende que um território secomporta como corpos orgânicos em plenaseletividade natural das espécies, ou seja,um território que esteja em crescimentoeconômico, cultural e político, tem que seexpandir. A ideia de expansão era associadaao tamanho do território e Ratzel entendiaque todo território está em movimento, emcrescimento ou desaparecendo.
  2. 2. DETERMINISMO GEOGRÁFICOTambém foi Ratzel que elaborou a teoria dodeterminismo. Essa teoria entende que o serhumano é fruto das características físicas dolocal onde vive, ou seja, a natureza determinaas características do ser humano.
  3. 3. O homem é produto do meio.
  4. 4. PRINCÍPIO DA ANALOGIAKarl Ritter e Paul Vidal La Blache, criaram aclássica escola francesa de Geografia. Esseprincípio entende que a geografia devedescrever áreas (clima, vegetação, relevo,economia) diferentes e assim, iniciar acomparação. A ideia era de uma Geografiasem pretensões de julgar um país, apenascompará-los uns aos outros.
  5. 5. EXEMPLO: Na medida em que o Brasil tem clima tropical úmidoem seu litoral, que possibilita o plantio de inúmeras frutasgrandes e suculentas, a Europa com seu clima Temperado sópermite o plantio de frutas menores, como amoras, cerejas euvas nos locais mais quentes.
  6. 6. PRINCÍPIO DA CONEXIDADE OU INTERAÇÃOJean Brunhes elaborou a análise geográficaque parte da relação entre determinadasáreas e momentos históricos específicos.
  7. 7. PRINCÍPIO DA ATIVIDADEElaborada por Jean Brunhes, entende que ageografia deve analisar a realidade levandoem consideração a continuidade dos fatos,que a relação sociedade x natureza écontínua e ininterrupta.
  8. 8. EXEMPLO: a Zona da Mata Nordestina foi seriamentederrubada e ao que parece continuará até que nãosobre mais vestígio da vegetação natural. Isso se passapor que o processo colonial do país iniciou no litoralnordestino, formando várias cidades que hoje são ascapitais dos estados. A cana-de-açúcar e o pró-álcooltambém tiveram seu papel na substituição da vegetação.Os novos investimentos do governo federal na regiãocertamente terão seu papel nessa história. Na medidaem que a região se capitaliza, cria-se mais empregos,mais mercado consumidor que atrai mais indústrias queconsumirão mais matérias-primas e ocuparão maisespaços, talvez até a área hoje coberta com resquício devegetação.
  9. 9. PRINCÍPIO DA CAUSALIDADEO princípio da Causalidade foi elaborado porHumboldt, procurando mostrar os fatores quelevaram à formação ou até mesmo àtransformação do espaço. Também afirmouque paisagens semelhantes podem ocuparlocais diferentes desde que tenham o mesmofator de formação.
  10. 10. REFERÊNCIAS:http://blog.educacaoadventista.org.br/ensinodegeografia/index.php?op=post&idpohttp://coisasdecajazeiras.blogspot.com/2011/08/determinismo-geografico-um-parahttp://acienciageograficatoco.blogspot.com/2010/04/principais-metodos-do-ensinohttp://pt.wikipedia.org/wiki/Alexander_von_Humboldt#Contribui.C3.A7.C3.B5es_de

×