Projeto de Cabeamento - sub-sistemas

8,958
-1

Published on

Published in: Travel, Business
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,958
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto de Cabeamento - sub-sistemas

  1. 1. Sub-sistemas Carlos Melo
  2. 2. Subsistemas
  3. 3. Subsistemas <ul><li>As normas dividem o cabeamento estruturado em sete subsistemas, cada qual com uma função bem definida: </li></ul><ul><ul><li>Área de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>Cabeamento horizontal </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de telecomunicações </li></ul></ul><ul><ul><li>Cabeamento de backbone </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de equipamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de entrada de telecomunicações </li></ul></ul><ul><ul><li>Administração </li></ul></ul>
  4. 4. Subsistemas Área de Trabalho (WA) – voz/dados/imagem <ul><li>Local ocupado pelo usuário. </li></ul><ul><li>Onde estão os dispositivos terminais de telecomunicações. </li></ul><ul><li>Tipicamente calculado como possuindo 10m 2 de área. </li></ul><ul><li>No mínimo, deve possuir dois pontos de telecomunicações (TO): dados e voz. </li></ul><ul><li>Inclui adaptadores (baluns) e cordões de ligação (patch cords). </li></ul><ul><li>Cordão de ligação: máximo de 5m. </li></ul>Cabeamento da área de trabalho PT PT
  5. 5. Tamanhos das Áreas de Trabalho
  6. 6. Subsistemas Área de Cobertura – automação de edifícios <ul><li>Local onde é instalado um dispositivo de automação predial (BAS). </li></ul><ul><li>Tipicamente calculado como possuindo 25m 2 de área (em escritórios). </li></ul><ul><li>Integra sistemas BAS com o cabeamento estruturado. </li></ul>I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I
  7. 7. Subsistemas Horizontal <ul><li>Interliga a área de trabalho à sala de telecomunicações mais próximo. </li></ul><ul><li>Topologia em estrela. </li></ul><ul><li>Comprimento máximo de 90 metros, tanto para UTP quanto para FO. </li></ul><ul><li>Pode ser composto pelos cabos: </li></ul><ul><ul><li>UTP de 4 pares Cat3 (voz)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>UTP de 4 pares Cat5e ou superior (dados)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>FO com 2 fibras multimodo </li></ul></ul><ul><li>Um cabo por ponto de telecom. </li></ul><ul><li>Não admite emendas! </li></ul>Cabeamento Horizontal
  8. 8. Subsistemas Sala de Telecomunicações (TR)‏ <ul><li>Espaço fechado que abriga equipamentos de telecomunicações, terminações de cabos e conexões cruzadas. </li></ul><ul><li>Deve haver pelo menos 1 TR por andar. </li></ul><ul><li>É o local onde se deve fazer a conexão cruzada entre o cabeamento horizontal e o backbone ou ativos. </li></ul><ul><li>Atende até 1.000m 2 em áreas de trabalho. Tamanho entre 3 x 2,2m e 3 x 3,4m. </li></ul>Armários de Telecomunicações
  9. 9. Recomendações da TIA/EIA-569-B para Salas de Telecomunicações Alimentação elétrica: mínimo de duas tomadas duplas de 110V, 20A, cada uma em um circuito. (m)‏ 3 x 3.4 3 x 2.8 3 x 2.2 Área da TR Área de Piso (m 2 )‏ 1,000 800 500
  10. 10. Plywood Sala de Telecomunicações TIA/EIA-569-B Rear Rear 3 x 100 mm (4  )‏ 20 mm (3/4  Plywood Backboard Ceiling Level Ladder Rack Ceiling Fluorescent Fixture Ladder Rack (Above Relay Racks)‏ F r o n t F r o n t 19 mm (3/4  )‏ Backboard 914 mm (36  ) x 2134 mm (84  )‏ Door with Lock Externally Opened Only Ceiling Fluorescent Fixture Ceiling Fluorescent Fixture Equipment Power Power Bar 19  Equipt. Rack Power Bar Sleeves (minimum)‏ Ceiling level ladder rack TR Interconnection Conduit (Fire Stopped)‏ 19  Equipt. Rack Instrument Power Eqpt. Power 1 m (39  plus) Aisle (Eqpt. Repair & Install)‏ Distribution Facilities to Offices Distribution Facilities to Offices
  11. 11. Subsistemas Backbone <ul><li>Cabos e dispositivos de terminação que provêm interconexões entre TR, ER e EF. </li></ul><ul><li>Máximo de dois níveis, em estrela hierárquica (1º e 2º níveis). Entre os dois níveis, deve haver um BD (Distribuidor Intermediário). </li></ul><ul><li>Cabos permitidos e comprimentos máx.: </li></ul><ul><ul><li>UTP 100ohm: 800m (voz)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>UTP 100ohm: 90m (dados)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>FO MM (62,5/125): 2.000m </li></ul></ul><ul><ul><li>FO SM (8,3/125): 3.000m </li></ul></ul><ul><li>Deve-se projetar backbones especializados (um tipo/conjunto de cabos por aplicação), ao contrário do cabeamento horizontal. </li></ul><ul><li>Deve ser projetado com folga suficiente para atender as demandas atuais e futuras. </li></ul>Backbone Interno Backbone Externo
  12. 12. Subsistemas Backbone Backbone de 1º Nível Externo (Campus)‏ Backbone de 1º Nível Interno ( Riser )‏ Backbone de 2º Nível Interno ( Riser )‏ CD FD BD
  13. 13. Subsistemas Sala de Equipamentos (ER)‏ <ul><li>Espaço central que abriga os equipamentos de telecom. que servem os ocupantes de um edifício. </li></ul><ul><li>Os equipamentos dessa sala são diferentes daqueles nos TRs por sua natureza ou complexidade. </li></ul><ul><li>Normalmente abriga o CD, de onde parte todo o backbone. </li></ul><ul><li>Tamanho mínimo de 14m 2 ou 0,07m 2 por área de trabalho atendida. </li></ul><ul><li>Restrição de acesso, temperatura entre 18° e 24°C, umidade entre 30 e 55%, sem forro suspenso, bem iluminada, livre de poeira e longe de fontes de EMI. </li></ul>Sala de Equipamentos
  14. 14. Área da Sala de Equipamentos Regra geral: ANSI/TIA/EIA-569-A recomenda 0,07m 2 de ER por WA (1 WA/10m 2 )‏ mais 0,02m 2 de ER por área de cobertura BAS (1 BAS/23m 2 ). Tamanho mínimo: 14m 2 Edifícios de uso Específico  Áreas de Trabalho Até 100 101 a 400 401 a 800 801 a 1200 (m 2 )‏ 14 37 74 111 (ft 2 )‏ 150 400 800 1200 Área
  15. 15. Checklist da Sala de Equipamentos <ul><li>( ) Altura mínima (2,6m)‏ </li></ul><ul><li>( ) Tamanho da sala (>14m 2 )‏ </li></ul><ul><li>( ) Iluminação (500 lux a 1m do piso)‏ </li></ul><ul><li>( ) Resistência do piso (4,8 kPa / 8,8 kN)‏ </li></ul><ul><li>( ) Alimentação elétrica </li></ul><ul><li>( ) Controle climático (*)‏ </li></ul><ul><li>( ) Portas </li></ul><ul><li>( ) Espaço de parede </li></ul><ul><li>( ) Aterramento </li></ul><ul><li>( ) Energia reserva </li></ul><ul><li>( ) Acabamento do piso e paredes </li></ul><ul><li>( ) Dutos de água e sprinkler </li></ul>* Temperatura: 18°C a 24°C Umidade relativa: 30% a 55% 200 ft. (60m)‏ 150 ft. (45m)‏ Sala de Entrada Sala de Equipamentos Elevadores
  16. 16. Subsistemas Sala de Entrada de Telecom. (EF)‏ <ul><li>Entrada do prédio para os cabos de sistemas de redes, públicos ou privados. </li></ul><ul><li>Campo de terminação que intermedeia qualquer cabo externo com o cabeamento interno. </li></ul><ul><li>Abriga a proteção elétrica e aterramento dos cabos externos. </li></ul><ul><li>Abriga o PTR (Ponto de Terminação de Rede), onde termina a rede da concessionária. </li></ul><ul><li>Interliga-se o PTR e o CD com um “cabo de interligação interna”. </li></ul>Sala de Entrada de Telecomunicações
  17. 17. Subsistemas Visão Geral Distribuidor Geral (CD)‏ Distrib. Intermediário (BD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏

×