• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Camille Pissarro
 

Camille Pissarro

on

  • 9,528 views

Trabalho realizado pelo aluno Pedro Martins do 11º G da Escola Secundária de Odivelas no ano lectivo 2008/2009

Trabalho realizado pelo aluno Pedro Martins do 11º G da Escola Secundária de Odivelas no ano lectivo 2008/2009

Statistics

Views

Total Views
9,528
Views on SlideShare
9,503
Embed Views
25

Actions

Likes
1
Downloads
114
Comments
0

1 Embed 25

http://www.slideshare.net 25

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Camille Pissarro Camille Pissarro Presentation Transcript

    • 1830-1903 Arquivos do Museu Camille Pissarro, Museus de Pontoise, França
    • Movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Foi idealizado em reuniões com os seus principais pintores, no estúdio fotográfico de Nadar, na Rue de Capucines, Paris. Estúdio Nadar – Foto da época
    • Registo das tonalidades da cor ao invés do valor claro/escuro. Figuras sem contornos. As sombras devem ser luminosas e coloridas. Os contrastes de luz e sombra devem ser obtidos de acordo com a lei das cores complementares. As cores e tonalidades não devem ser obtidas pela mistura das tintas na paleta do pintor. Pelo contrário, devem ser puras e aplicadas nos quadros com pequenas pinceladas. É o observador que, ao admirar a pintura, combina as várias cores, obtendo o resultado final.
    • A primeira vez que o público esteve em contacto com a obra dos impressionistas foi numa exposição colectiva realizada em Paris, em Abril de 1874, no estúdio Nadar. Mas o público reagiu muito mal ao novo movimento, pois ainda se mantinham fiéis aos princípios académicos da pintura clássica.
    • A primeira vez que o público teve contato com a obra dos impressionistas foi numa exposição colectiva realizada em Paris, em Abril de 1874. Mas o público reagiu muito mal ao novo movimento, pois ainda se mantinham fiéis aos princípios académicos da pintura clássica. Impressão – Claude Monet
    • Jacob Camille Pissarro nasceu em Charlotte Amalie, na ilha de São Tomás nas Indias Ocidentais Dinamarquesas a 10 de Julho de 1830. Auto-retrato de Camille Pissarro
    • Pintor francês, confundador do impressionismo, e o único que participou nas oito exposições do grupo (1874-1886). Filho de Abraham Frederic Gabriel Pissarro - português criptojudeu de Bragança – e de Camille Pissarro - crioula com o nome Rachel Manzano- Pomie. Desde muito cedo que o seu pai lhe levava a bordéis.
    • Foi enviado a Paris para estudar num colégio interno aos 11 anos. Decidiu voltar para a sua terra natal, a fim de tomar conta do negócio da família. Algum tempo depois, a sua paixão pela pintura fá-lo mudar de vida: fez em 1852 amizade com o pintor dinamarquês, Fritz Melbye e a oportunidade de concretizar o seu sonho surgiu com um convite para acompanhar uma expedição do mesmo para estudar a fauna e a flora da Venezuela, onde passou dois anos.
    • A primeira vez que o público teve contato com a obra dos impressionistas foi numa exposição colectiva realizada em Paris, em Abril de 1874. Mas o público reagiu muito mal ao novo movimento, pois ainda se mantinham fiéis aos princípios académicos da pintura clássica. Fritz Melbye, St. Jan c.1850
    • Pissarro conquistou a sua liberdade aos 23 anos. Em 1855, ele já estava em Paris com ajuda de Melbye, a iniciar a sua carreira. Aí, travou amizade com Paul Cézanne, Claude Monet, Charles- François Daubigny, entre outros pintores impressionistas. Em 1861 casou com Julie Vellay, com quem teve oito filhos. Camille e a sua esposa, Julie Velay
    • Paul Cézanne -1861 Charles-François Daubigny Claude Monet - 1899
    • No decorrer da guerra franco-prussiana (1870- 1871), na qual praticamente todos os seus quadros foram destruídos, residiu em Inglaterra. Quando voltou, começou a pintar na companhia de Cézanne. Com o objectivo de descobrir novas formas de expressão, Pissarro foi um dos primeiros impressionistas a recorrer à técnica da divisão das cores através da utilização de manchas de cor isoladas – o seu quadro “The Garden of Les Mathurins at Pontoise” (1876) é um exemplo.
    • A primeira vez que o público teve contato com a obra dos impressionistas foi numa exposição colectiva realizada em Paris, em Abril de 1874. Mas o público reagiu muito mal ao novo movimento, pois ainda se mantinham fiéis aos princípios académicos da pintura clássica. Camille Pissarro, The Garden of Les Mathurins at Pontoise, 1876
    • A partir de 1885, criticou severamente a sociedade burguesa francesa, deixando-nos “Turpitudes Sociales” (1889), um álbum de desenhos. Nos anos 90 abandonou gradualmente o impressionismo, preferindo um estilo mais flexível que melhor lhe permitisse captar as sensações da natureza, ao mesmo tempo que explorou a alteração dos efeitos da luz, tentando também exprimir o dinamismo da cidade moderna, de que são exemplos os vários quadros que pintou com vistas de Paris. quot;The New Idolators“, Turpitudes Sociales - 1889
    • A obra de Pissarro é caracterizada essencialmente por uma paleta de cores apaixonadas e pela firmeza com que consegue captar a atmosfera, por meio de um trabalho preciso da luz. Preferiu o óleo, mas também fez experiências com aguarelas e pastel. A estrutura dos quadros de Pissarro vai ao encontro da obra de Cézanne, já que foi mútua a influência. Como professor teve como alunos Paul Gaugin e o seu filho Lucien Pissarro. Lucien Pissarro (1863–1944)
    • A primeira vez que o público teve contato com a obra dos impressionistas foi numa exposição colectiva realizada em Paris, em Abril de 1874. Mas o público reagiu muito mal ao novo movimento, pois ainda se mantinham fiéis aos princípios académicos da pintura clássica. Camille Pissarro, Plum trees in bloom at Erany
    • Camille Pissarro, Church at Kew, 55 x 46 cm
    • Camille Pissarro, Plum trees óleo sobre tela, 45l’Hermitage, Camille Pissarro - Brouillard à in bloom at Erany Pontoise – x 54.6cm, 1879
    • Camille Pissarro - quot; Les chataigniers a Osny quot; - 1873
    • Camille Pissarro - Boulevard Montmartre
    • Camille Pissarro - Boulevard Montmartre at night
    • Durante os seus últimos anos, realizou várias viagens pela Europa, em busca de novos temas. Hoje é considerado um dos paisagistas mais importantes do século XIX. Alguns afirmam-no como “O impressionista inexploado” Camille Pissarro morreu a 13 de Novembro de 1903 Auto-retrato de Camille Pissarro - 1903
    • Trabalho realizado no âmbito da disciplina de História da Cultura e das Artes para a Escola Secundária de Odivelas. Pedro Martins 11ºG O Professor 21