Ecg 2.0
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Ecg 2.0

on

  • 13,705 views

 

Statistics

Views

Total Views
13,705
Views on SlideShare
9,526
Embed Views
4,179

Actions

Likes
1
Downloads
277
Comments
0

17 Embeds 4,179

http://eletrocardiograma-basico.blogspot.com 2492
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.com.br 1566
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.pt 63
http://www.slideshare.net 31
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.com.ar 6
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.it 5
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.com.es 4
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.ch 3
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.tw 1
http://www.google.com.br 1
https://s8-us2.ixquick-proxy.com 1
http://www.anonymouse.me 1
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.in 1
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.fr 1
http://www.google.pt 1
http://translate.googleusercontent.com 1
http://eletrocardiograma-basico.blogspot.be 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Ecg 2.0 Ecg 2.0 Presentation Transcript

  • ECG MÓDULO I AULA 2 CARLOS DARCY ALVES BERSOT
  • • CURSO DE ECG-HOSPITAL DA LAGOA-CARLOS DARCY ALVES BERSOT • Módulo I - Introdução / O ECG normal • Aula 1 - Histórico. • Aula 1 - Anatomia do Sistema de Condução. • Aula 1 - Princípios sobre eletrofisiologia. • Aula 2 - Teoria do dipolo. • Aula 2 - A Teoria Vetorial da ativação Atrial e Ventricular. • Aula 2 - As derivações eletrocardiográficas. • Aula 2 - A formação do traçado. • Aula 2 - Determinação do eixo elétrico do QRS • Aula 2 - Posição elétrica do coração. • Aula 3- Papel milimetrado. • Aula 3 - Identificação do ritmo sinusal. • Aula 3 - Determinação da freqüência cardíaca ao ECG. • Aula 3 - A repolarização ventricular normal. • Módulo II - Alterações do eletrocardiograma • Aula 4 - Sobrecargas Atriais • Aula 4 - Hipertrofia Ventricular Esquerda • Aula 4 - Hipertrofia Ventricular Direita • Aula 4 - Bloqueio de Ramo Direito • Aula 4 - Bloqueio de Ramo Esquerdo • Aula 4 - Bloqueios divisionais • Aula 5 - Áreas de necrose • Aula 5 - Alterações de repolarização • Aula 5 - Identificação da Síndrome Isquemica Miocárdica Aguda • Aula 5 - Síndrome de Wolf Parkinson White e outras reentradas nodais • • Módulo III - Estudo das arritmias • Aula 6 - Mecanismos de arritmias e definições • Aula 6 - Bradicardias, Pausas Ritmos de escape • Aula 6 - Bloqueio Atrio Ventricular • Aula 6 - Extra-sístoles • Aula 6 - Taquiarritmias • Aula 6 - TSVP nodal AV • Aula 6 - Fibrilação atrial • Aula 6 - Flutter atrial • Aula 6 - Diagnóstico de diferencial de taquiarritmias com complexo QRS alargado • Aula 6 - Taquicardias Ventriculares, Fibrilação Ventricular, Torsade pointes • Aula 6 - Marca-Passos • Módulo IV • Aula 7-Antiarritmicos I • Aula 7- Antiarritmicos II • Módulo IV • Aula 8- Testes- 20 traçados.
  • EXCITABILIDADE CONDUTIVIDADE AUTOMATICIDADE Review
  • Action Potentials = Change in membrane potential occurring in nerve, muscle, heart and other cells The ECG is not an action potential but reflects their cumulative effect at the level of the skin where the recording electrodes are located.
  • EKG Recorder String Galvanometer Based EKG Recorder. Patient with hands submerged in strong salt solution.
  • CÉLULA EM REPOUSO
  • PROGRESSÃO DA DESPOLARIZAÇÃO + + + + + - + + + + - - + + + - - - - - + - - - - + + - - - - - - + + - - - - + - - - - - + + + - - + + + + - + + + + +
  • - - - - - + - - - - + + - - - + + + + + - + + + + - - + + + + + + - - + + + + + + + + + - - - - - + - - - - - - - - + + PROGRESSÃO DA REPOLARIZAÇÃO
  • TEORIA DO DIPOLO Podemos representar o dipolo por um vetor, que , como sabemos, é um segmento de reta que pode ser definido por uma amplitude, direção e sentido.
  • ELECTROCARDIOGRAMA : REGISTRO DA ATIVIDADE ELÉCTRICA DO CARDÍACA mV 0 +20 0 ms 300 -90 ESTÍMULO
  • DESPOLARIZATION mV POTENCIAL DE AÇÃO DA FIBRA CARDÍACA PERÍODO +20 REFRATARIO REPOLARIZATION 0 NÃO HÁ DIFERENCA DE POTENCIAL -90 300 ms mV POTENCIAL 0 +20 DE MEMBRANA -90 ESTÍMULO Na+ Ca++ K+
  • Recording depolarization and repolarization waves
  • Flow of current in the chest around partially depolarized ventricles. Figure 11-5. Copyright 2000, WB Saunders Company, All Rights Reserved
  • R T P S A R T P Q S
  • ELECTROCARDIOGRAMA NORMAL: DERIVACÃO ELECTROCARDIOGRÁFICAS REXISTRO BIPOLAR REXISTROS MONOPOLARES O TRAÇADO ELECTROCARDIOGRÁFICO DEPENDE · DE: TIPO DE REGISTRO. Luis Mosquera: Perfil de home sentado (1920). Colección particular · POSIÇÃO E POLARIDADE DOS ELECTRODOS DERIVAÇÃO: POSICÃO DOS ELETRODOS DERIVAÇÕES PADRÃO: 12
  • ELECTROCARDIOGRAMA NORMAL: DERIVACÕES ELETROCARDIOGRÁFICAS DERIVAÇÕES PADRÃO: 12 6 NO PLANO FRONTAL OU DERIVAÇÕES DOS MEMBROS: 3 Bipolares 3 Monopolares 6 NO PLANO HORIZONTAL OU DERIVACÕES PRECORDIAIS Monopolares
  • BIPOLARES DOS MEMBROS CLÁSICAS OU DE EINTHOVEN DI D II D III I II III + + +
  • I + TRIÁNGULO DE EINTHOVEN II III + + I + II III + .
  • MONOPOLARES DOS MEMBROS aVR aVL aVF + + aVR aVL aVF Eva: M.Prado, Madrid. +
  • MONOPOLARES DO TÓRAX OU PRECORDIAIS V1 V2 V3 V4 V5 V6 Botticelli: Venus e Marte. National Gallery, London
  • MONOPOLARES DO TÓRAX OU PRECORDIAIS Línea medioclavicular Línea axilar media V6 V5 V1 V2 V3 V4 E. MANET. MOZA LOIRA CO BUSTO ESPIDO. Louvre, París.
  • LEI DE EINTHOVEN Rexistro nas derivacións bipolares I + I III II II III + I+III = II
  • I + III I 00 II + III 1200 II 600 I I II II III III
  • Rexistro nas derivacións monopolares dos membros -900 -1200 -600 aVR -1500 aVL -300 1800 I 00 aVR 1500 300 aVL aVF III 1200 II 600 aVF 900
  • Rexistro nas derivacións monopolares do tórax
  • -900 EIXO CARDÍACO -1200 -600 aVR -1500 aVL -300 1800 I 00 1500 300 III 1200 II 600 aVF 900