Avid studiomanual br
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Avid studiomanual br

on

  • 1,256 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,256
Views on SlideShare
1,256
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
15
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Avid studiomanual br Avid studiomanual br Document Transcript

  • Avid Studio Versão 1 Avid Studio UltimateSua vida nos filmes
  • Documentação por Nick Sullivan e Terri Morgan. Colaboradores: JoshFrench, Dieter Huber, Jim Sugg e Markus Weber.Copyright ©1996-2011 Avid Technology, Inc. Todos os direitosreservados.Respeite os direitos dos artistas e autores. O conteúdo, como músicas,fotos, vídeo e imagens de celebridades, está protegido pelas leis de muitospaíses. Você não deve usar o conteúdo de outras pessoas, a não ser quepossua os direitos ou tenha permissão do proprietário. Este produto oupartes dele são protegidos por uma ou mais das seguintes patentes nosEstados Unidos: 5,495,291; 6,469,711; 6,532,043; 6,901,211; 7,124,366;7,165,219; 7,286,132; 7,301,092 e 7,500,176; e, na Europa, por uma oumais das seguintes patentes europeias: 0695094 e 0916136. Outras patentesestão pendentes.Mpegable DS 2.2 ©2004 Dicas Digital Image Coding GmbH.  Fabricadosob licença da Dolby Laboratories. Dolby e o símbolo de D duplo sãomarcas comerciais da Dolby Laboratories. Trabalhos confidenciais nãopublicados. Copyright 1993 - 2005 Dolby Laboratories. Todos os direitosreservados.  Tecnologia licenciada de codificação de áudio MPEG Layer-3 da Fraunhofer IIS e Thomson Multimedia.  Partes deste produto foramcriadas usando LEADTOOLS ©1991-2006, LEAD Technologies, Inc.Todos os direitos reservados.  Partes utilizam tecnologias WindowsMedia ©1999-2005 Microsoft Corporation.  Real Producer SDK ©1995-2005 Real Networks Inc.  Este produto contém partes do código deimagem propriedade e protegido por direitos autorais da Pegasus ImagingCorporation, Tampa, FL. Todos os direitos reservados.  Áudio MPEGLayer II da QDesign Corp.  Este produto contém o YouTube API.Tecnologia de áudio MPEG poderá estar incluída neste produto. AudioMPEG, Inc. e S.I.SV.EL., S.P.A. requerem esta nota: Este produto contémtecnologia de áudio MPEG licenciada pela Audio MPEG e SISVEL apenaspara uso de acordo com o contrato de licença de usuário final (EULA) daAvid.Nenhuma parte deste manual pode ser copiada ou distribuída, transmitida,transcrita, armazenada em um sistema de recuperação ou traduzida paraqualquer língua ou linguagem de computação, de qualquer forma e porquaisquer processos, eletrônicos, mecânicos, magnéticos, manuais ououtros, sem a permissão expressa por escrito da Avid Technology, Inc.Avid280 North Bernardo AvenueMountain View, CA 94943Impresso nos EUA.ii Avid Studio
  • Índice analíticoÍNDICE ANALÍTICO .......................................................................... IIIANTES DE COMEÇAR .................................................................... IX Requisitos de equipamento ..................................................................... ix Abreviaturas e convenções ..................................................................... xi Ajuda on-line ........................................................................................ xiiiCAPÍTULO 1: UTILIZAÇÃO DO AVID STUDIO ...............................1 A Biblioteca ............................................................................................. 3 O Editor de Filme e o Editor de Disco..................................................... 6 Os editores de mídia ................................................................................ 7 O Player ................................................................................................... 8CAPÍTULO 2: A BIBLIOTECA ..........................................................9Compreensão da biblioteca...................................................................... 12 Guias de localização .............................................................................. 14 A Árvore de itens................................................................................... 15 Coleções ................................................................................................ 17 Gerenciamento de itens da Biblioteca ................................................... 19 O Navegador.......................................................................................... 21 A pré-visualização da Biblioteca ........................................................... 25Utilização da Biblioteca............................................................................ 28 Escolha do que exibir ............................................................................ 28 Marcas ................................................................................................... 30 Corrigir mídia ........................................................................................ 33Índice analítico iii
  • Detecção de cenas de vídeo ................................................................... 33SmartSlide e SmartMovie ........................................................................ 36 SmartSlide ............................................................................................. 37 SmartMovie ........................................................................................... 39CAPÍTULO 3: O EDITOR DE FILME ..............................................43A linha de tempo do projeto .................................................................... 45 Fundamentos da linha de tempo ............................................................ 45 A barra de ferramentas da linha de tempo ............................................. 48 O cabeçalho da trilha da linha de tempo ................................................ 53 Funções do áudio da linha de tempo...................................................... 55Edição de filmes ........................................................................................ 55 Adicionar clipes à linha de tempo ......................................................... 56 Editor de títulos, ScoreFitter, sobreposição de voz................................ 60 Excluir clipes ......................................................................................... 61 Operações dos clipes ............................................................................. 61 Utilização da área de transferência ........................................................ 71 Velocidade ............................................................................................. 73 Filmes dentro de filmes ......................................................................... 75 Transições .............................................................................................. 75 Efeitos do clipe ...................................................................................... 79 Menus de contexto do clipe ................................................................... 80CAPÍTULO 4: EDIÇÃO DE MÍDIA: CORREÇÕES .........................83 Visão geral da edição de mídia .............................................................. 85Corrigir fotos ............................................................................................ 90 Ferramentas de edição de fotos.............................................................. 90 Correções de fotos ................................................................................. 91Corrigir vídeo ........................................................................................... 95 Ferramentas de vídeo ............................................................................. 96 Correções de vídeo ................................................................................ 99Corrigir áudio ......................................................................................... 100CAPÍTULO 5: EDIÇÃO DE MÍDIA: EFEITEOS ............................101 Efeitos nos editores de mídia ............................................................... 103iv Avid Studio
  • Efeitos na linha de tempo .................................................................... 106 O painel Configurações ....................................................................... 107 Trabalhar com quadros-chave.............................................................. 109 Efeitos de vídeo e foto ......................................................................... 111 Panorâmico e zoom ............................................................................. 114CAPÍTULO 6: MONTAGEM ..........................................................119 A seção Montagem da Biblioteca ........................................................ 121Utilização de modelos de montagens..................................................... 122 Clipes de montagem na linha de tempo do projeto .............................. 123 Anatomia de um modelo...................................................................... 125O Editor de montagens .......................................................................... 128CAPÍTULO 7: O EDITOR DE TÍTULOS ........................................131 Inicialização (e saída) do Editor de títulos........................................... 133 O menu Arquivo .................................................................................. 134A Biblioteca ............................................................................................. 135O Seletor de ajustes prévios ................................................................... 136 Estilos predefinidos ............................................................................. 137 Movimentos predefinidos .................................................................... 138Criação e edição de Títulos .................................................................... 141 Configurações de fundo ....................................................................... 143 Configurações de estilo ....................................................................... 144 A Janela de edição ............................................................................... 148 Texto e configurações do texto ............................................................ 151A Lista de camadas ................................................................................ 155 Trabalhar com a Lista de camadas....................................................... 156 Trabalhar com grupos de camadas ...................................................... 160CAPÍTULO 8: SOM E MÚSICA .....................................................165O Editor de áudio ................................................................................... 167 Correções do áudio .............................................................................. 172 Efeitos de áudio ................................................................................... 176Índice analítico v
  • Áudio na linha de tempo ........................................................................ 178 Funções do áudio da linha de tempo.................................................... 179Ferramentas de criação de áudio .......................................................... 186 ScoreFitter ........................................................................................... 187 A Ferramenta de sobreposição de voz ................................................. 189CAPÍTULO 9: PROJECTOS DE DISCO .......................................191 Menus de disco .................................................................................... 192 Adição de menus de disco ................................................................... 195 Pré-visualização de menus de disco .................................................... 197Edição de menus na linha de tempo ...................................................... 199 Marcadores de menus na linha de tempo ............................................. 199 Ferramentas de criação ........................................................................ 200 O Assistente de capítulos ..................................................................... 203O Editor de menus.................................................................................. 206 Botões de menus .................................................................................. 206O Simulador de disco ............................................................................. 209CAPÍTULO 10: O IMPORTADOR .................................................211 Utilização do Importador ..................................................................... 212Painéis do Importador ........................................................................... 213 O painel Importar de ............................................................................ 213 O painel Importar para......................................................................... 216 O painel Modo ..................................................................................... 220 A janela Opções de compressão .......................................................... 222 A janela Opções de detecção de cena .................................................. 223 O painel Metadados ............................................................................. 224 O painel Nome do arquivo................................................................... 225Seleção de mídia para importação ........................................................ 227 Importar de mídia baseada em arquivos .............................................. 227 Seleção de arquivos para importação .................................................. 227 Procurar por mídia ............................................................................... 233 Importar de camera DV ou HDV......................................................... 234 Importar de fontes analógicas .............................................................. 238 Importar de DVD ou disco Blu-ray ..................................................... 240vi Avid Studio
  • Importar de cameras digitais ................................................................ 241 Stop Motion ......................................................................................... 241 Instantâneo ........................................................................................... 243CAPÍTULO 11: O EXPORTADOR.................................................247Saída para disco ...................................................................................... 250Saída para arquivo ................................................................................. 253Saída para a Web ................................................................................... 261CAPÍTULO 12: CONFIGURAÇÕES ..............................................265APÊNDICE A: RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ..........................271Contato do suporte ................................................................................. 272Principais problemas de suporte ........................................................... 273 Compatibilidade com conteúdo anterior .............................................. 273 Compatibilidade com hardware de captura ......................................... 276 Informação de número de série............................................................ 277 Erro ou bloqueio durante a instalação.................................................. 278 Falhas ou bloqueios durante a inicialização ........................................ 280 Resolução de bloqueios do software .................................................... 281 Problemas na exportação ..................................................................... 286 Problemas na reprodução de discos ..................................................... 286 Recursos, tutoriais e treinamento ......................................................... 289APÊNDICE B: DICAS DE VIDEOGRAFIA....................................291 Criação de um plano de filmagem ....................................................... 291 Edição .................................................................................................. 292 Regras de ouro para a edição de vídeo ................................................ 295 Produção da trilha sonora .................................................................... 297 Título ................................................................................................... 298APÊNDICE C: GLOSSÁRIO .........................................................299APÊNDICE D: ATALHOS DE TECLADO .....................................313Índice analítico vii
  • ÍNDICE REMISSIVO ......................................................................319viii Avid Studio
  • Antes de começarObrigado por comprar o Avid Studio. Esperamos que aproveite os váriosrecursos do software.Caso nunca tenha utilizado o Avid Studio anteriormente, recomendamosque mantenha o manual à mão para consulta se não o ler integralmente.De modo a garantir uma entrada no mundo da edição de vídeo com o pédireito, favor rever os três tópicos abaixo antes de avançar para o Capítulo1: Utilização do Avid Studio. Requisitos de equipamentoAlém de seu software Avid Studio, um sistema de edição eficiente requerdeterminados níveis de desempenho do sistema, conforme realçado abaixo.Tenha também em conta que embora as especificações sejam importantes,elas não dizem tudo. Por exemplo, o correto funcionamento dosdispositivos de hardware também pode depender do software do driverfornecido pelo fabricante. A consulta do website do fabricante paraatualizações do driver e informação de suporte pode ser muitas vezes útilpara a resolução de problemas com placas gráficas, placas de som e outrosdispositivos.Sistema operacionalRecomenda-se um sistema operacional de 64 bits, se desejar editar materialHD.RAMQuanta mais RAM tiver, mais fácil será trabalhar com o Avid Studio. Serápreciso pelo menos 1 GB de RAM para garantir um funcionamentosatisfatório, contudo recomendamos 2 GB (ou mais). Se você trabalhar comvídeo HD ou AVCHD, a recomendação aumenta para 4 GB.Antes de começar0B ix
  • Placa-mãeIntel Pentium ou AMD Athlon 2.4 GHz ou superior – quanto mais elevadomelhor. A edição AVCHD exige uma CPU mais potente. A recomendaçãomínima é de 2.66 GHz para a edição de vídeo AVCHD de 1920 pixels.Recomenda-se um sistema multicore como o Core i7, Core i5 ou Core i3.Placa gráficaPara executar o Avid Studio, a sua placa gráfica compatível com DirectXrequer:• Para uma utilização normal, pelo menos 128 MB de memória interna (preferencial: 256 MB).• Para HD e AVCHD, pelo menos 256 MB (preferencial: 512 MB).O disco rígidoSeu disco rígido deve ser capaz de ler e gravar a uma taxa sustentável de 4MB/s. A maioria dos discos é capaz disso. A primeira vez que capturar, oAvid Studio testará seu disco para se certificar de que é suficientementerápido.Os arquivos de vídeo são, freqüentemente, demasiado grandes, por issotambém requerem uma grande quantidade de espaço disponível no discorígido. Por exemplo, o vídeo em formato DV ocupa 3,6 MB de espaço nodisco rígido por segundo de metragem, o que corresponde a um gigabytepor cada quatro minutos e meio. Dica: Para a captura a partir de fita de vídeo, recomendamos a utilização de uma unidade separada de disco rígido, no sentido de evitar a competição entre o Avid Studio e outro software, incluindo o Windows, para utilizar a unidade de disco.Hardware de captura de vídeoO Avid Studio pode capturar vídeo a partir de uma variedade de fontesdigitais e analógicas. Para detalhes, consulte “O painel Importar de” napágina 213.x Avid Studio
  • Hardware de saída de vídeoO Avid Studio pode enviar vídeo para:• Qualquer filmadora ou videocassete HDV, DV ou Digital8. Isto exige uma porta IEEE-1394 (FireWire) compatível com OHCI (tal como fornecido pelo Avid Studio DV). A filmadora deve ser configurada para gravar a partir da entrada DV.• Qualquer filmadora ou videocassete analógicos (8mm, Hi8, VHS, SVHS, VHS-C ou SVHS-C). Isto exige Avid Studio USB-700, PCI-500, PCI-700 ou outra placa Avid com saídas analógicas. O envio para filmadoras ou videocassetes analógicos também é possível utilizando o Avid Studio DV ou outra porta 1394 compatível com OHCI se sua filmadora ou videocassete DV ou Digital8 puder enviar um sinal DV para suas saídas analógicas (para mais informações, consulte o manual de sua filmadora e o Capítulo 11: O Exportador). Abreviaturas e convençõesEste guia utiliza as seguintes convenções para ajudar a organizar o material.Termos comunsAVCHD: Um formato de dados de vídeo utilizado por algumas filmadorasde alta definição e para a criação de DVDs passíveis de ser lidos em playersde Blu-ray. A edição bem sucedida de arquivos AVCHD requer maiscapacidade computacional do que outros formatos suportados pelo AvidStudio.DV: Este termo se refere a filmadoras, videocassetes e fitas DV e Digital8.HDV: Um formato de “vídeo de alta definição” que permite que o vídeonos tamanhos de quadro de 1280x720 ou 1440x1080 seja gravado noformato MPEG-2 em mídia DV.1394: O termo “1394” se refere a interfaces, portas e cabos IEEE-1394,FireWire, DV ou i.LINK compatíveis com OHCI.Analógico: O termo “analógico” se refere a filmadoras, videocassetes efitas 8mm, Hi8, VHS, SVHS, VHS-C ou SVHS-C, e a cabos e conectoresVídeo composto/RCA e S-Video.Antes de começar0B xi
  • Botões, menus, caixas de diálogo e janelasOs nomes de botões, menus e itens relacionados são escritos em itálico paraos distinguir do texto circundante, ao passo que os nomes de janelas ecaixas de diálogo são escritos com iniciais maiúsculas. Por exemplo: Clique no botão Editar menu para abrir seu menu no Editor de títulos.Escolha de comandos de menuO símbolo com uma seta apontando para a direita () indica o caminhopara itens hierárquicos do menu. Por exemplo: Selecione Arquivo  Gravar imagem de disco.Menus de contextoUm “menu de contexto” é uma lista pop-up de comandos que surge quandovocê clica com o botão direito do mouse em determinadas áreas dainterface do aplicativo. Dependendo da área onde é aplicado o clique, ummenu de contexto pode dizer respeito a um objeto editável (como um clipeem uma linha de tempo de edição), a uma janela ou a uma zona como opainel de controle. Uma vez abertos, os menus de contexto reagem damesma maneira que aqueles na barra de menus principais.Os menus de contexto estão disponíveis na maioria das partes da interfacedo Avid Studio. A nossa documentação parte, geralmente, do princípio quevocê sabe como abrir e utilizá-los.Cliques com o mouseQuando é necessário um clique com o mouse, o clique predefinido é sempreum clique com o botão esquerdo, salvo especificado o contrário ou se oclique for para abrir um menu de contexto: Clique com o botão direito e selecione Editor de títulos. (Ou, também se poderia dizer, “Selecione o Editor de títulos a partir do menu de contexto.”)Nomes das teclasOs nomes das teclas são indicados com inicial maiúscula e sublinhados.Um sinal de mais sugere uma combinação de teclas. Por exemplo: Pressione Ctrl+A para selecionar todos os clipes na Linha de tempo.Consulte o Apêndice D: Atalhos de teclado para uma tabela abrangente dosatalhos disponíveis.xii Avid Studio
  • Ajuda on-lineEstão sempre disponíveis dois tipos de ajuda imediata enquanto trabalhacom o Avid Studio:• Arquivo de ajuda: Para abrir o arquivo de ajuda do Avid Studio, clique no botão ajuda na barra de menus principais ou pressione F1.• Dicas de ferramentas: Para descobrir o que um botão ou outro controle do Avid Studio faz, posicione o ponteiro do mouse sobre o mesmo durante uns momentos. Surge uma “dica de ferramenta”, como a “Ajuda (F1)” ilustrada acima, explicando a sua função.Antes de começar0B xiii
  • CAPÍTULO 1: Utilização do Avid StudioPara um simples esboço do processo de criação de filme, você não precisade sair do grupo central de guias da janela principal do Avid Studio. A barra de controle principal do Avid Studio resume o processo de criação de filme. (Se você selecionar a guia Biblioteca, o botão Exportar não aparece.) O ImportadorImportar, à esquerda, é uma etapa de preparação. Envolve procedimentoscomo a “captura” de vídeo da filmadora analógica ou digital, atransferência de fotos de uma câmera digital e a cópia de arquivos de mídiapara o disco rígido local a partir de uma localização na rede.O Importador do Avid Studio disponibiliza ferramentas para essas tarefas,juntamente com um recurso Instantâneo para isolar quadros de arquivos devídeo e uma ferramenta Stop Motion para construir um vídeo quadro aquadro. Consulte o Capítulo 10: O Importador para detalhes.Capítulo 1: Utilização do Avid Studio 1
  • Principais controles na ferramenta Instantâneo do Importador. O ExportadorNa outra extremidade do processo de criação de filme está Exportar.Quando você chegar a essa fase, a parte mais dura da tarefa já estará paratrás. A energia criativa investida na criação de seu filme resultou naprodução que agora apenas requer um único ingrediente – um público. Preparação para criar um arquivo de vídeo no Exportador.O Exportador do Avid Studio ajuda nessa última barreira com ferramentasque permitem levar o seu filme aos seus espectadores, não importa quemsejam ou onde estejam. Crie um arquivo de filme digital no formato da suaescolha, grave um DVD ou, mesmo, carregue-o diretamente para sua contano YouTube.2 Avid Studio
  • Tal como o Importador, o Exportar é aberto em uma janela separada e voltaà janela principal após realizar a sua tarefa. Consulte o Capítulo 11: OExportador para mais informações. As guias centraisAs três guias centrais, Biblioteca, Filme e Disco, são os locais onde temlugar a maior parte do trabalho no Avid Studio. A primeira destas abre avista principal da Biblioteca, onde você pode “curar” suas coleções demídia.As outras guias abrem os dois editores de projeto, um para filmes digitais eo outro para projetos de disco, os quais são filmes digitais melhorados cominteratividade na forma de menus de DVD. A BibliotecaA Biblioteca é uma ferramenta de catalogação e gestão de todos os recursosbaseados em arquivos – ou itens – em que você pode basear-se durante acriação. Quase todos os materiais do filme – metragem de vídeo, arquivosde música e áudio, e muitos recursos especializados, como transições eefeitos – se originam de itens na Biblioteca. A maioria dos itens daBiblioteca é fornecida com o Avid Studio e está disponível para usogratuito. Estes incluem títulos com design profissional, menus de DVD,efeitos sonoros e muitos mais.A Biblioteca utiliza pastas de monitorização para acompanharautomaticamente a quantidade mutável de arquivos de mídia no sistema. Napágina Pastas de monitorização das Configurações do Avid Studio insira osnomes das pastas de mídia, principalmente aquelas que são freqüentementeatualizadas. A partir deste momento, a Biblioteca procurará regularmentepor alterações nessas pastas e se atualizará de modo correspondente.Consulte “Pastas de monitorização” na página 266 para detalhes.Vista principal: Se você clicar na guia Biblioteca, a janela principal éocupada pela Biblioteca. Esta “vista principal” oferece amplo acesso a umasérie de ferramentas de catalogação e pesquisa, incluindo aquelas paracategorizar itens por meio de classificações e marcas, e aquelas para criarcoleções de itens definidas pelo usuário.Capítulo 1: Utilização do Avid Studio 3
  • Vista compacta: A “vista compacta” da Biblioteca comprime virtualmentea total funcionalidade da vista principal em um painel integrado dentro dedeterminadas janelas, tais como o Editor de Filme e o Editor de Disco. Aprincipal funcionalidade da vista compacta consiste em permitir trazer itensda Biblioteca para um projeto de filme ou disco por meio do recursoarrastar-e-soltar. A vista principal da Biblioteca é composta por controles de navegação para a exploração da estrutura de catálogo (esquerda) e um navegador para analisar e selecionar itens (direita).Player: As ferramentas disponíveis a partir da Biblioteca incluem o Player,um visualizador que funciona para todos os tipos de mídia processados peloaplicativo. Quando utilizado a partir da vista principal da Biblioteca, oPlayer é aberto em uma janela separada. Se for utilizada a Bibliotecacompacta, uma versão integrada do Player surge na mesma janela. Consulte“O Player” na página 8 para mais informações.4 Avid Studio
  • Pré-visualização de um item de vídeo da Biblioteca na janela redimensionável do Player, com controles de transporte com total funcionalidade, incluindo uma roda de transporte. Você pode continuar a trabalhar na janela principal enquanto o Player pop-up estiver aberto.Para uma descrição abrangente da Biblioteca e seus usos, consulte oCapítulo 2: A Biblioteca.O passo seguinteO passo seguinte, depois de ter-se familiarizado com a Biblioteca e ter feitotodas as alterações necessárias à configuração padrão, consiste em iniciar acriação de um filme. Há duas maneiras para executar esse passo.A maneira habitual: Se desejar exercer um controle detalhado sobre amaneira como os itens de mídia são utilizados na produção, você terá deiniciar a construção do projeto de filme ou disco a partir do zero em um dedois editores de projetos. Estes são descritos abaixo.A maneira mais fácil: Para resultados ultra rápidos, a Bibliotecadisponibiliza outra maneira. Clicando nas ferramentas SmartSlide ouSmartMovie situadas na área inferior da vista principal da Biblioteca éaberta uma bandeja adicional de controles. Com qualquer uma destas, vocêsó precisa selecionar alguns itens de mídia visual para servir de base doprojeto, escolher música para uma trilha sonora e efetuar várias outraspersonalizações. Depois o software assume o controle, gerandoautomaticamente um projeto do Avid Studio à escala real, contendo a mídiae as opções solicitadas. Você pode exportar o projeto imediatamente oueditá-lo manualmente, se preferir. Para detalhes, consulte “SmartSlide” napágina 37 e “SmartMovie” na página 39.Capítulo 1: Utilização do Avid Studio 5
  • O Editor de Filme e o Editor de DiscoUma vez coletados os materiais e organizados a gosto na Biblioteca,chegou a hora de trabalhar em um vídeo ou uma apresentação de slides. Seestiver trabalhando especificamente em uma produção de disco, você podecomeçar imediatamente no Editor de Disco, que é quase igual ao Editor deFilme, mas tem ferramentas adicionais para a criação e configuração demenus de DVD. O Editor de Disco é descrito no Capítulo 9: Projetos dedisco.Se você estiver pensando em criar um disco ou ainda não tiver a certeza, ouse o disco não for a única mídia de saída planejada, o Editor de Filme será olocal ideal para começar. Uma vez concluído o filme, você pode exportá-lopara o Editor de Disco e adicionar os menus.O Editor de Filme e o Editor de Disco existem lado a lado, porém, além dorecurso de exportação agora mencionado, eles não interagem. Se desejar,você pode carregar em simultâneo um projeto de filme comum e um projetode disco, e alternar à vontade entre eles. Quer no Editor de Filme quer no Editor de Disco, uma linha de tempo com múltiplas trilhas ocupa a parte inferior da tela. A maioria dos “clipes” na linha de tempo vem da Biblioteca; alguns tipos, como a música de fundo automática, são gerados com o auxílio de ferramentas especiais.Conforme mencionado acima, ambos os editores de projetos incluemversões integradas da Biblioteca e do Player, além da tela da linha detempo. Para construir um projeto, arraste itens da Biblioteca para as trilhasda linha de tempo, onde são chamados de “clipes”.6 Avid Studio
  • O controle Tipo de pré-visualização acima do Player permite alternar entrea vista do item atual da Biblioteca (“fonte”) e o clipe atual da linha detempo. No Editor de Disco, um tipo de pré-visualização adicional (“menu”)permite utilizar o Player como editor para vincular menus de disco a pontosna linha de tempo do projeto.A edição na linha de tempo, uma atividade central na criação de um projeto,é descrita de modo detalhado no Capítulo 3: O Editor de Filme. Os editores de mídiaSe necessário, a Biblioteca e a linha de tempo do projeto abrem janelasadicionais para trabalhar com tipos específicos de mídia e outros itens.Geralmente, você pode abrir uma janela do editor adequada a qualquer itemou clipe clicando duas vezes no item.Correções a partir da Biblioteca: Os editores para os tipos de mídiapadrão de vídeo, foto e áudio são particularmente importantes. Quandochamados a partir da Biblioteca (clicando duas vezes em um item), cada umdestes editores fornece um conjunto de ferramentas de correção adequadasao respectivo tipo de mídia. Estas ferramentas podem ser aplicadasdiretamente a itens da Biblioteca para remover movimentos da câmera dovídeo, cortar material indesejado de uma foto ou suprimir ruídos, apenasindicando alguns exemplos.Se for aplicada uma correção a um item da Biblioteca, o arquivo de mídianão será alterado. Em vez disso, os parâmetros de correção são salvos nobanco de dados da Biblioteca. Eles podem ser alterados a qualquermomento ou removidos, conforme necessário. As correções efetuadas naBiblioteca acompanham o item quando este é adicionado à linha de tempodo projeto na forma de clipe.Correções a partir da linha de tempo: Se você abrir um dos editores demídia padrão clicando duas vezes em um clipe na linha de tempo, asferramentas de correção estarão novamente disponíveis, embora, nestecaso, elas se apliquem apenas ao clipe no projeto e não ao item daBiblioteca subjacente.Capítulo 1: Utilização do Avid Studio 7
  • Efeitos: Se forem chamados a partir da linha de tempo do projeto, oseditores de mídia também oferecem efeitos que cobrem uma amplavariedade de aprimoramentos em todos os três tipos de mídia. Os efeitososcilam entre práticos (Brilho e Contraste) a teatrais (Fogo fractal). Osefeitos podem ser animados com alterações dos parâmetros comquadros-chave até qualquer grau de complexidade. Eles permitem inúmerasmaneiras de acrescentar interesse criativo a suas produções.Panorâmico e zoom: O Editor de Foto disponibiliza ainda outraferramenta, Panorâmico e zoom. Como os efeitos agora descritos,Panorâmico e zoom pode ser animado com quadros-chave, de modo a criaruma combinação de movimentos simulados de câmera com quadros-chavedentro dos limites de uma única foto.As ferramentas de correção, e os editores de mídia no geral, são o tema doCapítulo 4: Edição de mídia: Correções. Os efeitos, e a ferramentapanorâmico e zoom, são descritos no Capítulo 5: Edição de mídia: Efeitos. O PlayerO Player é uma tela de pré-visualização, na qual você pode analisar a mídiada Biblioteca, reproduzir seu projeto de filme, editar menus de disco emuito mais. Em cada janela ou contexto em que seja utilizado, o Playerexibe controles algo diferentes.Para uma introdução ao Player e seus controles básicos, consulte “Apré-visualização da Biblioteca” na página 25. Para o uso do Player no modode corte na linha de tempo, consulte “Operações dos clipes” na página 61.Para informações sobre a utilização do Player com Montagens, consulte “OEditor de montagens” na página 128. Para a utilização do Player durante aedição de menus de disco, consulte “Pré-visualização de menus de disco”na página 197.8 Avid Studio
  • CAPÍTULO 2: A BibliotecaA Biblioteca do Avid Studio, ou, simplesmente, “a Biblioteca”, é umaferramenta de catalogação e gestão de todos os recursos baseados emarquivos em que você pode basear-se durante a criação. Sua finalidadeconsiste em permitir escolher e utilizar segmentos de vídeo, fotos, alaridos,transições, títulos e outros “itens” (como são geralmente designados) paraos seus filmes o mais fácil, rápido e intuitivo possível. A Biblioteca de mídia do Avid Studio aberta em uma pasta de imagens gráficas.O esquema de classificação da Biblioteca é parecido com o existente novisualizador do sistema de arquivos. Enquanto o visualizador agrupaarquivos com base nas suas localizações de armazenamento físicas, taiscomo discos rígidos, a Biblioteca agrupa os itens com base no seu tipo –vídeo, foto e assim sucessivamente.Capítulo 2: A Biblioteca 9
  • Além disso, o conceito da vista de árvore para acessar subgrupos de itens évirtualmente idêntico e deve parecer imediatamente familiar.Além dos arquivos de áudio, foto e vídeo em formatos padrão, a Bibliotecainclui mídia auxiliar especializada, como títulos e menus de disco. Estesestão, juntamente com as transições, filtros e outros efeitos, na categoriaprincipal designada por “Elementos criativos”.A Biblioteca pode facilmente gerenciar grandes quantidades de mídia, taiscomo aquelas atualmente encontradas mesmo num sistema doméstico.Todas as dezenas de tipos de arquivo de mídia utilizáveis no Avid Studiopodem ser pesquisados, organizados e pré-visualizados dentro da interfaceintegrada.Os itens são exibidos como ícones ou registros de texto nas pastasrecolhíveis que se acumulam no Navegador da Biblioteca. As pastas podemcorresponder a diretórios reais no sistema de arquivos do computador ou agrupos virtuais baseados em classificações, tipo de arquivo, data de criaçãoou inclusão em uma Coleção definida pelo usuário. Adicionar itens a um projetoEstão disponíveis duas vistas da Biblioteca no Avid Studio. A vistaPrincipal ocupa a janela do aplicativo ao clicar na guia Biblioteca. Estautiliza todo o espaço disponível para fornecer o máximo de informaçãopossível. Para abrir a vista da Biblioteca principal, clique na guia Biblioteca no topo da janela do aplicativo Avid Studio.A vista Compacta da Biblioteca consta de um painel, fixo (tal como noseditores de projetos Filme e Disco) ou móvel (como no Editor de títulos). Avista Compacta conserva toda a funcionalidade da Biblioteca. A suaprincipal funcionalidade consiste em permitir trazer itens da Biblioteca paraum projeto de filme ou disco por meio do recurso arrastar-e-soltar.10 Avid Studio
  • O conjunto atual de guias da Biblioteca e o conteúdo do Navegador sãocomuns a todas as vistas da Biblioteca. Por exemplo, se estiver pesquisandoem uma pasta específica de menus de disco na vista Principal, essa mesmapasta será aberta na vista Compacta se mudar agora para o Editor de Filme. Corrigir arquivos de mídiaNo que respeita à qualidade técnica, os arquivos de mídia não são todosiguais. Ocasionalmente, você encontra a foto, o clipe ou o efeito sonoroperfeitos. Porém, muitas vezes, a foto precisa ser cortada, o vídeo estáinstável ou o som inicia com um ruído irritante. As ferramentas de correçãode mídia do Avid Studio permitem reparar estes e outros problemassemelhantes, aplicando filtros de correção a um clipe com problemas apósa sua colocação na linha de tempo do projeto.Muitas vezes, contudo, uma solução ainda melhor consiste em aplicar acorreção ao próprio item na Biblioteca, antes de ser adicionado ao projeto.Dessa maneira, todas as produções que utilizem esse item começarão com aversão corrigida em vez do original insatisfatório. Essas correções podemser rapidamente efetuadas abrindo os editores de mídia a partir daBiblioteca. O arquivo subjacente ao item corrigido não é modificado: emvez disso, os parâmetros de correção são armazenados no banco de dadosda Biblioteca e reaplicados sempre que o item seja exibido ou utilizado. Gratificação instantânea: SmartSlide e SmartMovieAlém das funções centrais mencionadas até aqui, a Biblioteca oferece umpar correspondente de ferramentas para a construção automática de umprojeto completo usando os recursos de mídia que você especificar. Bastaselecionar algumas fotos ou seqüências de vídeo, inserir algumasconfigurações e iniciar. Você pode aceitar o projeto gerado pelo AvidStudio sem modificações adicionais ou ajustá-lo com o auxílio da ediçãomanual, conforme preferir.Capítulo 2: A Biblioteca 11
  •  COMPREENSÃO DA BIBLIOTECAA Biblioteca do Avid Studio permite gerenciar e utilizar de modo eficienteo conjunto completo de mídia e outros itens disponíveis para uso nas suasproduções.O que contém exatamente a biblioteca?O conjunto completo de itens que podem ser utilizados nos seus projetos éresumido pelas quatro ramificações principais da Árvore de itens. Cadaramificação é, por sua vez, dividida em subseções mais especializadas.Toda a mídia contém os arquivos de mídia padrão em seu sistema emsubseções chamadas Fotos, Vídeo e Áudio. São suportados muitos tipos dearquivo padrão. O objetivo da quarta subseção, Mídia ausente, é descritoabaixo.Projetos são os seus próprios projetos de filme e disco do Avid Studio, comsubseções nomeadas de modo correspondente. Você pode abrir um projetodiretamente a partir da Biblioteca e começar a editá-lo ou você podeadicioná-lo à linha de tempo de outro projeto para ser utilizado como umclipe comum.Coleções são grupos personalizados de mídia da Biblioteca. Quanto maistempo você gastar gerenciando mídia, provavelmente mais coleçõesutilizará. Elas podem servir de locais de armazenamento temporário duranteo seu trabalho ou para classificar e arrumar mídia para utilização posterior.As coleções também podem ser geradas automaticamente, porém a maioriaé definida pelo usuário. Também são suportadas coleções hierarquicamenteorganizadas. As coleções no nível superior da hierarquia são utilizadascomo subseções da ramificação Coleções.A ramificação Elementos criativos éapresentada aberta na ilustração à direita,revelando suas subseções. Cada umacorresponde a um tipo de efeito especial(Efeitos e Transições) ou um tipo demídia especial (o resto). Estão incluídasno Avid Studio coleções gratuitas eprontas a utilizar de todos os sete tipos.12 Avid Studio
  • Armazenamento de itens da BibliotecaCada item na Biblioteca – clipe, som, transição e assim sucessivamente –corresponde a um arquivo no armazenamento local do sistema docomputador. A Biblioteca não “possui” esses arquivos e nunca fazalterações aos mesmos, salvo se especificamente solicitado. Em vez disso,ela mantém o registro dos seus nomes, localizações e propriedades em umbanco de dados interno. A informação armazenada também inclui eventuaismarcas e classificações atribuídas a itens específicos e os parâmetros detodos os filtros de correção aplicados. O banco de dadosOs arquivos que compõem o banco de dados da Biblioteca sãoarmazenados, no Microsoft Windows, em uma pasta com direitos de acessopor um único usuário, em vez de acesso compartilhado. Se o Avid Studiofor utilizado no seu computador por múltiplos usuários com loginsindividuais, será criada uma Biblioteca para cada um. Mídia ausenteAs operações como adicionar, remover e renomear um item da Bibliotecasão operações associadas ao banco de dados que não têm efeito no próprioarquivo de mídia. Se você remover um item da Biblioteca, uma opção nacaixa de diálogo de confirmação permite ir mais além e excluir também oarquivo real, porém a opção está desativada por padrão – você tem desolicitar especificação a ação.Do mesmo modo, ao excluir ou mover o arquivo deum item no Windows Explorer ou outro aplicativofora do Avid Studio, o registro do arquivo no bancode dados não deixa de existir. No entanto, uma vezque a Biblioteca não pode acessar o arquivo, éadicionado um elemento gráfico de erro à listagemdo arquivo. Se o arquivo ainda existir, porém tenha sido movido para outrapasta ou dispositivo, a sua nova vinculação à Biblioteca é simples. Cliqueduas vezes no item para abrir uma caixa de diálogo padrão Abrir arquivo,onde pode indicar o caminho até à nova localização do arquivo.Aliás, para verificar se há mídia ausente em alguma parte da Biblioteca,procure na subseção especial Toda a mídia  Mídia ausente da Árvore deitens. A Árvore de itens é descrita abaixo (página 15).Capítulo 2: A Biblioteca 13
  • Guias de localizaçãoA edição de um projeto de vídeo envolve a coordenação da mídia maisvariada e outros itens à disposição. À medida que você prossegue, éprovável que pesquise repetidas vezes em várias partes da Bibliotecarelevantes para o projeto. Não há dúvida de que você também alteraráocasionalmente as opções de visualização e filtragem, dependendo domaterial obtido.Tal como um navegador da Web que utiliza uma fila de guias para alternarsem esforço entre os múltiplos sites da Web abertos, a Biblioteca permitecriar e configurar guias de localização à medida que você trabalha. As guiasfornecem acesso direto a cada uma das diferentes localizações em que vocêestá atualmente trabalhando. Neste exemplo, três guias fornecem acesso à mídia necessária para diferentes partes de um projeto de disco. O ponteiro do mouse está preparado para criar uma nova guia. Para fechar uma guia, clique no ícone x à direita da legenda da guia.Para definir a localização da guia atual, clique em um nome na Árvore deitens. As alterações efetuadas nas opções de visualização e filtragem com aguia ativa são mantidas entre acessos.14 Avid Studio
  • A Árvore de itensA gama completa de itens da Biblioteca é organizada em uma árvore depastas, cuja estrutura e uso geral devem ser familiares de ferramentas dosistema de arquivos como o Windows Explorer. Quando você selecionauma localização na Árvore de itens, o nome da pasta surge na legenda daguia de localização ativa e o seu conteúdo é exibido no Navegadoradjacente. Na Biblioteca principal, aqui ilustrada, a Árvore de itens ocupa o painel esquerdo do espaço de trabalho. Na vista compacta da Biblioteca utilizada pelo projeto do Avid Studio e pelas ferramentas de edição de mídia, é apresentada a Árvore de itens em vez da lista suspensa na guia ativa.As quatro “ramificações” principais da Árvore de itens foram apresentadasacima (página 12). O menu Agrupar porA linha de cabeçalho da ramificaçãoToda a mídia oferece um pequenomenu suspenso de opções paracontrolar a criação de agrupamentosdentro de cada subseção daramificação.Capítulo 2: A Biblioteca 15
  • Se você escolher agrupar por pasta (o padrão), a estrutura de pastascorresponderá a pastas reais no disco rígido, unidade flash ou outrodispositivo de sistema de arquivos. Algumas pastas padrão estão incluídaspor padrão; você pode adicionar outras utilizando o sistema de pastas demonitorização. O agrupamento por pasta é indicado na ilustração acima daBiblioteca principal.Se você utilizar outro agrupamento, por classificação, por data ou por tipode arquivo, são listados exatamente os mesmos arquivos de itens dentro decada subseção que no agrupamento por pasta. No entanto, em vez declassificá-los pelas pastas do sistema de arquivos em que estãoarmazenados, a Árvore de itens agrupa-os em “pastas virtuais” de acordocom a propriedade escolhida.O agrupamento por classificação, por exemplo, divide cada subseção emseis pastas virtuais. Cinco delas exibem os arquivos de mídia classificadospor meio de estrelas; a sexta corresponde à pasta ainda não classificada.Consulte “O Navegador” (página 21) para mais informações sobre asclassificações de arquivos e seu uso. A Biblioteca principal com agrupamento Por data selecionado na ramificação Toda a mídia da Árvore de itens. As pastas do nível inferior na Árvore de itens são exibidas no Navegador (à direita). Estas pastas “virtuais” representam todas as fotos com data do arquivo atribuída a um mês específico.Na ilustração acima, a subseção Fotos da ramificação Toda a mídia éexibida de modo agrupado por tipo de arquivo. As pastas virtuais têmnomes como bmp, gif e jpg – uma pasta virtual para cada extensão dearquivo reconhecida nos arquivos de mídia da subseção. No agrupamentopor data, as pastas representam o ano de criação do arquivo; nestas, osarquivos estão ainda agrupados por mês.16 Avid Studio
  • Agrupamento em outras subseçõesAs ramificações Projetos e Elementos criativos da Árvore de itens tambémdisponibilizam um menu agrupar por, daí que é possível agrupar asramificações de modo diferente umas das outras. Os comandos de menu sãoos mesmos descritos acima para a ramificação Toda a mídia, exceto que aopção por tipo de arquivo não é aqui necessária e, por isso, não estádisponível. O botão Adicionar coleçãoA ramificação Coleções não exibe ummenu agrupar por. Este botão nocabeçalho da ramificação permite criaruma nova coleção, conforme descritoabaixo em “Operações em coleções”. ColeçõesDo ponto de vista da Biblioteca, uma Coleção é apenas um agrupamentoarbitrário de itens – um conjunto de itens da Biblioteca não sujeito a umprincípio de organização. Você pode ter um bom motivo para coletardeterminados arquivos em uma coleção específica, porém a Biblioteca nãotem de ter conhecimento dele. Dentro de uma coleção, um item podecompartilhar algo com todos os outros.Uma coleção especial, com o nome Última importação, é automaticamenteatualizada após cada operação de importação para mostrar a mídiaadicionada. Imediatamente após a importação, você pode voltar a estacoleção e começar a trabalhar com o novo material.Última criação Smart é outra coleção gerada automaticamente, a qualarmazena a mídia selecionada para a produção SmartSlide ou SmartMoviemais recente. Operações em coleçõesPara criar uma nova coleção, clique no ícone na linha de cabeçalho daramificação Coleções e digite um nome no campo de texto fornecido.Termine o processo pressionando a tecla Enter.Capítulo 2: A Biblioteca 17
  • Em alternativa, escolha Adicionar a coleção  Criar nova coleção a partirdo menu de contexto de qualquer item.Gerenciar coleções: O menu de contexto de qualquer coleção fornececomandos para renomear e excluir a Coleção e outro para criar umasubcoleção com a Coleção atual como “pasta pai”.Arrastar-e-soltar: As coleções podem ser organizadas na Árvore de itenscom o auxílio do mouse. Uma Coleção arrastada torna-se uma subcoleçãose for soltada dentro de outra. Exibir itens coletadosClicando no nome de uma Coleção faz com que ela seja exibida noNavegador.Há uma importante diferença entre a vista das Coleções no Navegador e avista de todas as outras categorias. Os itens de mídia em todas assubcoleções estão visualmente misturados com aqueles da coleçãoselecionada, porém não em subgrupos.Contudo, um recurso especial do Navegador facilita o controle dos itensdurante a visualização de Coleções, mesmo que você não seja uma pessoasistemática no domínio da robótica: À medida que o ponteiro do mousepassa sobre um item listado, as Coleções a que o item pertence “acenderão”na Árvore de itens. Operações em itens coletadosEstas operações podem ser efetuadas a partir do menu de contexto dequalquer item de uma Coleção. Para afetar um grupo de itens, selecione-osprimeiro com o mouse (utilizando Ctrl+clique e Shift+clique para seleçõesmúltiplas, conforme necessário) ou desenhando um quadro à volta dositens. Clique, depois, com o botão direito dentro da seleção para acessar omenu de contexto.Adicionar a coleção: Escolha uma coleção de destino no submenuAdicionar a coleção para adicionar o item ou itens selecionados. Emalternativa, arraste a seleção para a coleção de destino.Remover da coleção: O comando Remover remove o item (ou itens) dacoleção. Tal como acontece com a Biblioteca, os itens de mídia subjacentesenvolvidos não são afetados, por isso a remoção de vídeo ou outro item deuma coleção na Biblioteca não exclui o arquivo de mídia do disco rígidonem da categoria de tipo de item.18 Avid Studio
  • Gerenciamento de itens da BibliotecaA mídia e outros itens dão entrada na Biblioteca de várias maneiras. Porexemplo, o conteúdo original da ramificação Elementos criativos daBiblioteca é instalado com o Avid Studio.A Biblioteca descobre automaticamente alguns itens no sistema,pesquisando regularmente as localizações de mídia padrão do Windows.Estas são configuradas como pastas de monitorização aquando dainstalação do Avid Studio. Os arquivos de mídia nestas localizações serãoautomaticamente trazidos para a Biblioteca. Você pode adicionar as suaspróprias pastas de monitorização (consulte abaixo) e estas também serãoautomaticamente atualizadas.Por último, você pode importar mídia manualmente utilizando váriosmétodos (consulte “Importação” abaixo).Pastas de monitorizaçãoAs “pastas de monitorização” são pastas no computador monitorizadas peloAvid Studio. Se você adicionar arquivos de mídia, tais como clipes devídeo, a uma pasta de monitorização ou uma das suas subpastas, eles farãoautomaticamente parte da Biblioteca. A atualização tem lugar com cadainicialização do aplicativo e durante a execução do aplicativo.As pastas de monitorização são configuradas na página Pastas demonitorização da caixa de diálogo Configurações. Para cada pastaadicionada, você pode especificar um tipo de mídia suportado específicopara ser monitorizado ou, então, todos.ImportaçãoSe for necessário importar uma grande quantidade ou variedade de mídia,ou importar a partir de uma mídia analógica como uma fita VHS, clique nobotão Importar próximo do topo da janela do aplicativo para abrir oImportador. Consulte o Capítulo 10: O Importador para todas asinformações.Capítulo 2: A Biblioteca 19
  • Importação rápidaO botão Importação rápida no canto superior esquerdo da Bibliotecaabre uma caixa de diálogo de arquivo do Windows para aimportação rápida de arquivos de um disco rígido ou outro armazenamentolocal.São criadas novas pastas nas categorias de mídia correspondentes (vídeo,áudio e imagens) para os arquivos especificados. Além disso, os itensimportados são incluídos na Coleção Última importação. (O temaColeções surge descrito numa seção anterior deste capítulo, na página 17.) Importação direta com o recurso arrastar-e-soltarPara selecionar e importar itens de uma só vez, utilize o recursoarrastar-e-soltar do Windows Explorer ou da área de trabalho para oNavegador. Os novos itens são imediatamente exibidos na Coleção “Últimaimportação”, que é criada especificamente, se necessário.Remoção de itens da BibliotecaPara remover um item da Biblioteca ou uma seleção contendo múltiplositens, escolha Excluir itens selec. de seu menu de contexto ou pressione atecla Delete. Uma caixa de diálogo de confirmação verifica os nomes dosarquivos de mídia a serem removidos do banco de dados da Biblioteca. Porpadrão, os próprios arquivos de mídia não serão afetados, porém a opçãoRemover da biblioteca e excluir também permite excluir os arquivos, sedesejar. Proceda com cuidado, uma vez que este comando funciona comtodos os tipos de itens da Biblioteca, incluindo os projetos do Avid Studiocaso forem selecionados.Se forem removidos todos os arquivos em uma pasta, a Biblioteca tambémoculta a pasta.Você também pode remover uma pasta e todos os seus itens da Bibliotecaao remover a pasta da lista de pastas de monitorização. Contudo, estaoperação não é automática e você terá de responder se pretende manter ositens atualmente listados na Biblioteca e deixar de monitorizar a sualocalização.20 Avid Studio
  • O NavegadorEsta é a área onde a Biblioteca exibe os seus itens de mídia – os vídeos,fotos, áudio, projetos, coleções e “elementos criativos” que estãodisponíveis para uso nos seus projetos de filme e disco. Os itens sãoexibidos como uma lista de registros de texto ou como uma grelha deícones. Os tipos de itens visuais utilizam imagens de miniatura para os seusícones, outros tipos usam símbolos gráficos.A Biblioteca não seria de grande ajuda se o Navegador exibisse todos osseus itens de uma só vez. Tem, por isso, vários controles que ajudam afiltrar os itens que não sejam relevantes para o seu objetivo. Consulte“Escolha do que exibir” abaixo para detalhes.Miniaturas, Detalhes, Mostrar cenasCada item é exibido no Navegador em um de dois formatos, dependendo davista selecionada. Uma vez que os ícones da vista de miniaturas e osregistros de texto da vista de detalhes representam os mesmos itens, elestêm determinados recursos em comum. Por exemplo, o menu de contextodos itens é igual, independentemente da representação utilizada.Da mesma maneira, os itens de mídia padrão (vídeo, foto e áudio),juntamente com Efeitos sonoros na ramificação Elementos criativo, abremum editor de correção de mídia adequado quando se dá dois cliques emqualquer vista. Os editores de correção também estão disponíveis a partir dalinha de tempo do projeto, porém, quando aplicados a um item daBiblioteca, eles transitam para todos os projetos futuros que incluam essemesmo item. Consulte “Correção de defeitos da mídia” na página 33 paramais informação. DetalhesNa vista de detalhes, cada item é apresentado na forma de uma linha nalista de registros de texto. Na vista de miniaturas, ele surge como umaimagem de miniatura (para tipos de mídia visual) ou ícone gráfico.Para mudar o Navegador para a vista de detalhes, clique no íconeno botão de vista de detalhes na área inferior da Biblioteca. A setaao lado do botão abre um painel onde você pode escolher as colunas aserem incluídas nos registros de texto. As colunas disponíveis para inclusãosão: Nome, Tamanho do arquivo, Tipo de arquivo, Data, Marcas (Tags),Classificação e Duração.Capítulo 2: A Biblioteca 21
  • Na vista de Detalhes, cada item é apresentado na forma de um registro de texto de uma linha. Uma lista suspensa ao lado do botão de vista de Detalhes permite selecionar as colunas a mostrar. Na ilustração, “animais” e “cenário” são o nome das pastas na ramificação Toda a mídia da Biblioteca. MiniaturasO botão à esquerda do botão da vista de detalhes seleciona a vistade miniaturas, na qual os itens são representados por ícones em vezde texto. A seta ao lado do botão abre um painel onde você pode escolherdados adicionais a serem mostrados em combinação com cada ícone. Asopções são Texto, Indicador de marca, Indicador de coleção,Classificações e Indicador de correções.Além destes controles opcionais, sempre que o ponteiro do mouse pararsobre um ícone, será exibido um botão de informação. Clicando nessebotão é aberto o painel de informação na área inferior da vista doNavegador. Consulte a página 25 para detalhes. Se o ponteiro do mouse estiver sobre o ícone de um item da Biblioteca, surge o botão Informação (canto superior direito).No canto inferior esquerdo do ícone da maioria dos itensé exibido um botão de pré-visualização, um símbolopadrão de reprodução triangular dentro de um círculo.Na versão compacta da Biblioteca (utilizada no editor deprojetos e em alguns editores de mídia), apré-visualização é apresentada na guia Fonte do Player integrado.22 Avid Studio
  • Na Biblioteca principal, a pré-visualização ocorre em uma janela separadado Player. Consulte “A pré-visualização da Biblioteca” na página 25 paramais informações.Nas duas versões da Biblioteca, Alt+clique no botãopré-visualizar iniciará uma pequena pré-visualizaçãodo próprio ícone do item. Com a mídia de vídeo eáudio, você poderá controlar manualmente apré-visualização com um controle deslizante quesurge por baixo da miniatura sempre que o mouseestiver sobre o ícone. Mostrar cenasNos arquivos de vídeo, este botão muda para vista de cenas. Ascenas são gerenciadas pelo Player da Biblioteca. Consulte “Apré-visualização da Biblioteca” na página 25 para mais informações. Os controles opcionaisOs indicadores e botões opcionais no ícone de um item permite acessarinformação sobre o item sem ter de procurar mais.Texto: A legenda sob o ícone é o alias da Bibliotecapara o item, que você pode definir com o comandodo menu de contexto Editar legenda para qualqueritem. Não é necessariamente o nome de arquivo doitem (o qual é mostrado na dica da ferramenta).Indicador de marca: O símbolo inferior dos doisdisponíveis no canto inferior direito da miniatura éexibido se o item tiver marcas atribuídas a ele. Movao ponteiro do mouse sobre o indicador para chamarum menu, onde são mostradas as marcas existentespara o item. À medida que você passa o ponteirosobre o nome de uma marca neste menu, surge umbotão Remover. Clique nele para retirar a marca.Clique em Remover tudo na área inferior do menu para limpar todas asmarcas do item. A criação e a aplicação de marcas são descritas maisabaixo e na seção “Marcas” na página 30.Capítulo 2: A Biblioteca 23
  • Indicador de coleção: Imediatamente acima doIndicador de marca, a presença deste ícone indicaque você incluiu o item em uma ou maisColeções. Para ver em quais, mova o mouse sobreo ícone.Tal como acontece com o menu Indicador demarca, um botão Remover é mostrado ao parar o mouse o nome de cadaColeção; clique nele para remover o item da Coleção. O comando Removertudo remove o item de todas as Coleções de que faça parte. O controle Classificações é apresentado à esquerda, por cima da miniatura (ou ícone gráfico, dependendo do tipo de mídia). No canto superior direito está o botão Informação. O Indicador de correções também está no canto superior direito, porém dentro da miniatura.Classificações: A fila de estrelas no canto superior esquerdo do íconepermite definir a classificação do item. Se não estiverem acesas estrelas, oitem é considerado não classificado. Para definir a classificação de um itemou uma seleção de itens, clique na estrela correspondente no indicador(clique duas vezes na primeira estrela para deixar o item de novo nãoclassificado) ou escolha a configuração no submenu de contexto Aplicarclassificação.Indicador de correções: A Biblioteca permite aplicar filtros de correção deimagem e áudio de modo “não destrutível” a itens de mídia da Biblioteca,permanecendo o arquivo original intacto. Os tipos de correções aplicadas aum item e os parâmetros que foram utilizados para controlá-los sãoarmazenados no banco de dados da Biblioteca. O indicador de correções émostrado em todos os itens onde foram aplicadas correções. Consulte apágina 33 para informações sobre a aplicação de correções a itens daBiblioteca.24 Avid Studio
  • A pré-visualização da BibliotecaA maioria dos tipos de item da Biblioteca suporta a pré-visualização noNavegador. Essa capacidade é indicada pelo botão Pré-visualizar no íconedo item e pela presença do comando Mostrar pré-visualização no seu menude contexto.Tenha também em conta que a maioria dos tipos de item pode serpré-visualizada no próprio ícone com Alt+clique no botão Reproduzir.O Player da BibliotecaClicando no botão Pré-visualizar no canto inferior esquerdo do ícone doitem carrega o item no Player da Biblioteca para uma pré-visualização. Pré-visualização de um clipe de vídeo na janela do Player da Biblioteca: Os controles de transporte estão na área inferior, começando com um botão Reproduzir continuamente no extremo esquerdo e uma roda de seleção. O terceiro no grupo de cinco botões de setas inicia a reprodução. Os dois botões de cada lado dele são para navegar de item para item na pasta da Biblioteca.Capítulo 2: A Biblioteca 25
  • Ao longo do topo do Player é indicada a posição atual de visualização.Na área inferior está a barra de ferramentas com controles de transporte ebotões de funções. Controles de transporteO primeiro dos controles de transporte é o botão Reprodução infinita quegera a reprodução contínua desde o início da mídia. A seguir está uma rodade seleção que permite controlar a velocidade de reprodução, arrastando ocontrole para trás e para a frente.O botão central Reproduzir no grupo de cinco controles com setas inicia apré-visualização do item de vídeo ou áudio. Os dois botões de ambos oslados dele são para navegar do item visualizado para outros na sua pasta.Ao pré-visualizar uma foto, o botão Reproduzir não é exibido; permanecemapenas os botões de navegação.Clique no botão Sem som à direita dos controles de transporte paraativar/desativar o áudio associado ao clipe. Um controle deslizante dovolume surge ao lado do botão Sem som quando o mouse pára sobre ele. Botões de funçõesAlguns botões no grupo final na área inferior doPlayer apenas aparecem com determinados tipos deitem. Um arquivo de vídeo utiliza todos os quatro tipos, na seqüênciaindicada e aqui descrita.Mostrar cenas: Este botão ativa um modo em que o Navegador mostra umícone ou registro de texto separado para cada cena no arquivo de vídeo.(Conforme descrito em Detecção de cenas de vídeo, uma cena no seusentido mais geral é apenas uma parte de um arquivo de vídeo.)Quando o botão Mostrar cenas está ativo, o botão Abrir no Editor demídias é removido e o botão Dividir cena toma o seu lugar. Este permitedefinir as suas próprias cenas ou, também, confiar no recurso de detecçãoautomática de cena.Para mais informações sobre as cenas de vídeo na Biblioteca, consulte“Detecção de cenas de vídeo” na página 33.Abrir no Editor de mídias: O arquivo de mídia é aberto para edição noeditor de correção adequado para o seu tipo.26 Avid Studio
  • Tela inteira: A pré-visualização é apresentada em uma janela especial detela inteira, com seu próprio conjunto básico de controles de transporte.Para fechar a exibição em tela inteira, clique no botão Fechar no cantosuperior direito da janela ou pressione Esc.Informação: Este botão alterna entre as vistas de informação e reproduçãodo Player. A vista de informação pode ser aberta diretamente clicando nobotão Informação no ícone de um item de mídia no Navegador. Os itens deáudio não têm uma vista de reprodução separada; em vez disso sãoexibidos controles de depuração total na vista de informação. Neste exemplo, os dados relativos a um item da Biblioteca, uma foto, são exibidos na vista de informação do Player. Clique novamente no botão Informação para retornar à vista de reprodução.Capítulo 2: A Biblioteca 27
  •  UTILIZAÇÃO DA BIBLIOTECAA Biblioteca é muito mais que um armazém passivo de material para assuas produções do Avid Studio. Escolha do que exibirO Navegador da Biblioteca tem vários recursos para libertar espaço navista, ocultando itens que não sejam relevantes para a finalidade em causa.Não importa o tamanho dos arquivos de mídia, o poder combinado destastécnicas pode acelerar fortemente a sua navegação. Guias de localizaçãoCada guia de localização corresponde, acima de tudo, a uma seleçãodiferente na Árvore de itens. Tal como as guias no navegador da Web, asguias de localização são prontamente definidas (basta clicar no ícone “+”na extremidade direita da lista de guias) e são bastante úteis para manter ocontrole de várias coisas em simultâneo.Um clique dentro da Árvore de itens define a localização da guia atual; demodo inverso, um clique em outra guia muda para a sua localização naárvore. São exibidos no Navegador apenas os itens dentro da localizaçãoescolhida. Conduto, se a localização tiver subpastas, o seu conteúdo seráincluído. Para simplificar as coisas, escolha uma localização o maispróximo possível do fim da hierarquia das pastas.Outros controles permitem limitar a exibição ainda mais, filtrando algunsitens na localização escolhida. Cada guia de localização mantém o seupróprio conjunto de filtros, de tal modo que uma alteração nasconfigurações de filtragem afeta apenas a guia atual. Filtrar por classificaçãoO controle Filtrar por classificação no topo da biblioteca oculta todos ositens que não têm a classificação especificada de uma a cinco estrelas (zeroestrelas significa “não classificado”).28 Avid Studio
  • Para utilizar o filtro, basta clicar na estrela que representa a classificaçãomínima com que você deseja ocupar-se. A configuração padrão do filtroconsiste em mostrar todos os itens, independentemente da classificação.Consulte “Filtragem acidental” (página 30) para instruções sobre adesativação de todos os filtros de uma só vez. Para desativar apenas o filtrode classificação, clique na estrela selecionada por último ou clique duasvezes em qualquer estrela. Neste grande plano estão destacadas três estrelas, significando que serão exibidos apenas os itens com classificações de três ou mais estrelas. O mouse está preparado para clicar na quinta estrela, a qual definiria o filtro de classificação para ocultar todos os itens com exceção daqueles com cinco estrelas. Filtrar por marcasOutra maneira de limitar o número de itens exibidos consiste na filtragempor marcas. As marcas são palavras-chave que você pode atribuir a itensdurante a execução do seu trabalho. Uma vez definidas marcas, você podeutilizá-las de várias maneiras para controlar os itens a exibir no Navegador.Consulte “Marcas” na página 30 para informações detalhadas. ProcurarNo canto superior direito da Biblioteca está um campo de pesquisa queconstitui outra maneira de filtrar a exibição. À medida que você começa adigitar o termo de pesquisa, o Navegador atualiza continuamente a vista demodo a incluir apenas aqueles itens com um texto que corresponde aotermo de pesquisa.Capítulo 2: A Biblioteca 29
  • Mesmo quando os termos múltiplos são separados por espaços, também sãopermitidas correspondências parciais e totais para todos os termos. Umalista suspensa permite definir se a pesquisa deve ser dada por concluídacom êxito se um único termo de pesquisa corresponder ao texto do item ouse todos os termos devem corresponder ao item. Filtragem acidentalOs três tipos de filtros podem ser combinados, se assim desejar. Se vocêdeixar um dos tipos de filtros ativado quando não precisa dele, é provávelque alguns itens sejam ocultados, embora não devessem sê-lo. Se um itemfaltar inesperadamente no Navegador, verifique se os filtros estão inativos.O Navegador é protegido contra a possibilidade de filtragem acidental,exibindo um “alerta de filtro” que permanece visível enquanto um filtroestiver sendo utilizado. Um alerta de filtro como o ilustrado aqui é exibido no topo do Navegador sempre que esteja aplicado algum filtro. Clique no ícone x na extremidade direita para limpar todos os filtros de uma só vez. MarcasA Biblioteca pode gerenciar um grande número de arquivos de itens, porvezes muitos mais em uma única pasta do que aqueles que podem servisualizados de forma conveniente. O Navegador fornece, por isso, umasérie de métodos para eliminar itens irrelevantes da exibição.Um método de simplificação da exibição de itens no Navegador consiste nautilização do filtro por marcas. Uma marca pode ser, simplesmente, umapalavra ou uma frase curta que você considere útil como termo de pesquisa.Cabe a você saber se deve atribuir marcas à mídia, porém se decidir fazê-lo,elas ajudarão a selecionar os itens a exibir.30 Avid Studio
  • Gerenciamento de marcas e filtragemO gerenciamento de marcas e a filtragem por marcas são o objetivo de umpainel que surge se clicar no botão Marcação no topo da Biblioteca. Gerenciar e Filtro, as duas guias do painel das marcas. Gerenciar marcasA guia Gerenciar do painel das marcas lista todas as marcas definidas atéao momento e permite excluir ou renomeá-las. Passando o mouse sobreuma marca são revelados os controles para essas tarefas. Passando o mouse sobre uma marca na guia Gerenciar são revelados os botões Renomear e Excluir. Se clicar na própria marca, ela é aplicada a todos os itens atualmente selecionados.O botão Criar nova marca abre uma entrada de texto para a inserção deoutra palavra-chave. Não há limite para o número de marcas que você podedefinir.Para aplicar uma marca a todos os itens atualmente selecionados noNavegador, clique no nome da marca. A seleção de múltiplos itens paramarcar torna o processo mais eficiente do que seria se a marca fosseaplicada a um item de cada vez.Capítulo 2: A Biblioteca 31
  • Filtragem com marcasA guia Filtro do painel das marcas é aquela que limita o conjunto de itensexibidos no Navegador. À medida que você marca e desmarca as marcas, avista é automaticamente atualizada.O efeito exato das suas seleções depende de outro controle, a lista suspensaCorrespondência na área inferior da guia Filtro. A lista disponibiliza trêsopções.Nenhuma exibe apenas os itens que não tenham nenhuma das marcasselecionadas. Se você tiver um conjunto marcado de fotos de animais, aseleção das marcas “cão” e “gato”, seguida da seleção de “Nenhuma”,deverá ocultar a maioria das fotos de animais de estimação.Parcial seleciona itens com qualquer uma das marcas, sendo exatamenteaquelas que são ocultadas por “Nenhuma”. Se você deixar as marcas “cão”e “gato” selecionadas, porém mudar para “Parcial”, serão exibidos todos oscães e gatos, incluindo o grupo de fotos em que ambos os animaisaparecem. Serão ocultadas as fotos sem nenhuma dessas marcas.Total exibe apenas os itens que tenham todas as marcas. Com as mesmascaixas marcadas, você verá apenas as fotos em que apareçam pelo menosum gato e um cão. Tenha em conta que, com “Parcial”, você verá mais itensexibidos à medida que seleciona mais marcas, porém com “Total” os itensserão menos. Desativação da filtragem por marcasPara cancelar a filtragem por marcas, desmarque eventuais marcasselecionadas na guia Filtro e escolha “Parcial” ou “Total” na lista suspensaCorrespondência. Classificação de marcasNa área inferior da guia Filtro está a lista suspensa Classificar por,disponibilizando apenas duas opções: “Abc”, em que as marcas sãoclassificadas alfabeticamente, ou ‘Relevância’, que classifica as marcas porordem decrescente da sua popularidade no conjunto de itens atualmenteexibidos. No âmbito da segunda opção, você verá as marcas a seremnovamente classificadas cada vez que uma seja marcada ou desmarcada.32 Avid Studio
  • A arte da marcaçãoNão há uma maneira definida para a utilização de marcas. A melhormaneira de utilizá-las – se o fizer – consiste na maneira que consideremelhor para a situação específica. No entanto, a consistência é importante.Quanto mais fiel e sistemático você for na atribuição de marcas à mídia,mais úteis elas serão.Uma vez que o objetivo consiste em localizar um item de modo mais rápidoquando necessário, as marcas devem ser escolhidas para tambémfuncionarem como termos de pesquisa. Com fotos de familiares, as marcaspodem incluir os nomes das pessoas em cada foto. No caso de cenas devídeo de férias, as marcas com indicação dos locais visitados serãoprovavelmente úteis.Os termos videográficos (“tomada de dois”, “silhueta”, “exterior”) tambémpodem servir de marcas, facilitando a localização dos itens que cumpramdeterminados requisitos estruturais e criativos. Corrigir mídiaVocê pode aplicar as ferramentas de correção de mídia dos editores devídeo, foto e áudio diretamente nos itens da Biblioteca. Este tipo de ediçãonão altera os arquivos subjacentes. Em vez disso, os parâmetros de ediçãosão armazenados no banco de dados da Biblioteca e reaplicados sempre queo item seja novamente chamado. Consulte o Capítulo 4: Os editores demídia para detalhes. Detecção de cenas de vídeoUsando a função de detecção automática de cena da Biblioteca, a metragemde vídeo pode ser dividida em múltiplas cenas de modo automático oumanual. A divisão dos arquivos não editados em partes com duração decenas pode tornar algumas tarefas de edição menos complicadas do queseriam de outro modo.Capítulo 2: A Biblioteca 33
  • O tempo necessário para a detecção de cenas varia dependendo da duraçãodo clipe e do método de seleção selecionado. Uma barra de progressoinforma sobre o estado.Para iniciar a detecção de cenas, selecione um dos métodos no comando domenu de contexto Detectar cenas para itens de vídeo.Por data e hora: Esta opção resulta muitas vezes em limites lógicos decenas que refletem a sua intenção durante a filmagem. Em muitos formatosde gravação digital, como DV e HDV, uma descontinuidade nos dados docódigo temporal gravado ocorre sempre que a câmara seja reiniciada apósuma paragem. Estas interrupções na filmagem são tratadas como quebras decenas com esta opção.Por conteúdo: Com esta opção, a ferramenta de detecção de cenas analisao conteúdo da imagem do material quadro a quadro e estabelece uma novacena sempre que haja uma interrupção brusca no conteúdo. No entanto, umbreve panorâmico ou um rápido movimento através do quadro podemproduzir algumas quebras desnecessárias.Por intervalo de tempo: Nesta variante, vocêpode definir a duração das cenas a seremcriadas. Uma pequena janela de edição abrepara a inserção do valor desejado em horas, minutos, segundos emilissegundos; pressione Enter para confirmar a entrada.Mostrar as cenasPara mostrar o catálogo de cenas para um determinado arquivo de vídeo,selecione Mostrar cenas a partir do menu de contexto; ou selecione o clipee, depois, clique no botão Mostrar cenas que surge no canto inferior direitoda Biblioteca.34 Avid Studio
  • Um único arquivo de vídeo pode conter muitas cenas. Isso torna a manipulação da metragem mais fácil durante a edição do que seria se fosse tratada como um único segmento. As cenas são visualmente indicadas por perfurações estilizadas na película.A vista de cenas é um modo de visualização temporário. A barra laranja notopo do Navegador indica que a vista de cenas está ativa. Na extremidadedireita da barra está um botão x que pode ser utilizado para finalizar omodo. Um novo clique na ferramenta Mostrar cenas tem o mesmo efeito.Durante a edição, os clipes de cenas têm um comportamento idêntico aoutros clipes de vídeo.Criar cenas manualmenteSe você desejar dividir manualmente um arquivo de vídeo em cenasindividuais, selecione Mostrar cenas a partir do menu de contexto do item.Se o arquivo ainda não tiver sido subdividido, o mesmo surgirá noNavegador como uma única cena.No Player da Biblioteca, navegue para cada quadro dentro do clipe ondedeva ocorrer uma quebra de cena e, depois, clique no botão Dividir cena.Consulte “Botões de funções” na página 26 para mais informações.Capítulo 2: A Biblioteca 35
  • Remover cenasPara esvaziar a lista complete de cenas de um arquivo de vídeo, selecioneDetecção de cena  Remover cenas no menu de contexto do item.Para remover cenas individuais, selecione uma ou mais cenas e, depois,pressione Delete. SMARTSLIDE E SMARTMOVIESmartSlide e SmartMovie são geradores integrados de projetos quepermitem criar automaticamente uma apresentação de slides ou um filmecom base na mídia fornecida. A produção criada incluirá transiçõesanimadas, uma trilha sonora completa e efeitos de imagem chamativos. Na área inferior da janela da Biblioteca, clique em SmartSlide para apresentações de slides rápidas ou SmartMovie para filmes rápidos.Para começar, selecione na Biblioteca uma série de fotos (ou outrasimagens) ou arquivos de vídeo. A sua música pode provir de itens de áudiodigital já existentes na Biblioteca ou você pode criar uma trilha sonora nolocal com a ferramenta Scorefitter.Isto é tudo quanto basta, embora você pode complementar o projeto com aedição manual, se desejar. Assim que você esteja satisfeito com o produtofinal, bastam alguns cliques para gravá-lo em um disco ou salvá-lo comoarquivo para outras utilizações, tais como carregá-lo para a Web.36 Avid Studio
  • SmartSlidePara abrir a ferramenta SmartSlide, clique no botão SmartSlide na áreainferior da janela do Navegador.Os controles de SmartSlide são apresentados em um painel que aparece najanela vindo de baixo. Ele contém três subpainéis. O subpainel esquerdoapresenta informação sobre SmartSlide e sugestões sobre a quantidade dearquivos a incluir. O subpainel central é uma área de armazenamento comcontentores para fotos e outras imagens (topo) e áudio. O subpainel direitocontém controles para personalizar a apresentação. Adicionar mídiaPara adicionar imagens à apresentação de slides, arraste-as do Navegadorpara o contentor superior na área de armazenamento. Arraste miniaturasdentro da área de armazenamento para obter a seqüência desejada. Continueadicionando imagens até você ficar satisfeito.Para adicionar música, arraste um ou mais arquivos de som para ocontentor inferior na área de armazenamento. Em alternativa, vocêpode clicar no botão clave no canto inferior esquerdo do contentor de áudiopara criar uma trilha sonora no ScoreFitter. Pré-visualizar, editar e exportarUma vez posicionada a mídia, clique no botão Pré-visualizar na barra derodapé por baixo da ferramenta. O projeto é criado e apresentado em umajanela de pré-visualização. Se necessário, você pode voltar à ferramentaSmartSlide para modificar as seleções da mídia.Clicando no botão Pré-visualizar, a mídia escolhida é automaticamentesalva em uma Coleção designada por Última criação Smart. Se vocêpretender reutilizar este grupo de itens, renomeie a Coleção para evitar asua substituição na próxima vez que pré-visualizar um projeto SmartSlideou SmartMovie.O botão Editar transfere a sua apresentação de slides para a linha de tempodo Editor de Filme para uma edição detalhada. É recomendável verificar seas configurações do vídeo na linha de tempo correspondem aos requisitospara a apresentação. O botão Configurações de vídeo no painel deconfigurações (abaixo) permite acessá-las. Consulte também “Linha detempo” na página 45.Capítulo 2: A Biblioteca 37
  • Se o resultado da apresentação for do seu agrado, clique no botão Exportarpara gravar um disco ou criar um arquivo para carregamento.A área de armazenamentoAs fotos no contentor superior são exibidas como ícones, enquanto osarquivos de música e som no contentor inferior aparecem como linhas detexto, indicando o nome de arquivo e a duração de cada item. Ambos oscontentores suportam a seleção múltipla, a alteração da seqüência por meiodo recurso arrastar-e-soltar e um menu de contexto com apenas doiscomandos:Excluir itens selec.: A mídia selecionada é removida da produçãoSmartSlide. Porém permanece disponível na Biblioteca para outrasutilizações. (Atalho: Delete.)Abrir editor: Este comando abre a ferramenta Correções do Editor de Fotoou do Editor de Áudio. As modificações efetuadas à mídia são aplicadasapenas no âmbito desta produção SmartSlide. (Atalho: clique duas vezes.)Configurações de SmartSlideAs configurações neste subpainel são para personalizar a produçãoSmartSlide. Neste exemplo, o ponteiro do mouse seleciona a ordem cronológica na lista Ordem da mídia do painel de configurações de SmartSlide. Na área inferior do painel estão botões para ajuste das configurações do vídeo para o projeto gerado e para recomeçar do zero.38 Avid Studio
  • As configurações inseridas serão utilizadas na próxima vez que aapresentação de slides for gerada. O botão Configurações de vídeo permiteconfigurar as opções da linha de tempo que serão aplicadas se a produçãofor transferida para o Editor de Filme. O botão Limpar projeto remove todaa mídia do projeto e retorna às configurações padrão.Título: Digite uma legenda para ser utilizada como título da apresentaçãode slides.Ajustar duração à música: Se esta opção for selecionada, SmartSlidetentará ajustar seus parâmetros de tempo de tal modo que a apresentação deslides tenha a duração da trilha sonora especificada. O subpainel deinformação fornece sugestões sobre a quantidade de imagens a empregarcom esta opção ativa.Panorâmico e zoom: A seleção desta opção alegra a sua apresentação commovimentos simulados da câmera.Ajustar imagem: Marque esta opção para aumentar as imagens que sejamdemasiado pequenas para o formato selecionado. Para uma abordagem maisflexível, você também pode considerar a correção do item com a ferramentade correções Cortar.Ordem da mídia: Selecione uma opção para a seqüência dos slides, desde“Personalizada” (a seqüência é definida pelo usuário), “Cronológica” (deacordo com o carimbo temporal do arquivo) e “Aleatória”. SmartMoviePara abrir a ferramenta SmartMovie, clique no botão SmartMovie na áreainferior da janela do Navegador.SmartMovie, tal como SmartSlide, apresenta seus controles em um painelque aparece na Biblioteca vindo de baixo. Estão novamente disponíveis trêssubpainéis. O subpainel esquerdo apresenta informação e sugestõesrelacionadas com o projeto SmartMovie. O subpainel central é uma área dearmazenamento com contentores para vídeo e fotos (topo) e áudio. Osubpainel direito contém controles para personalizar o projeto.Capítulo 2: A Biblioteca 39
  • Adicionar mídiaOs elementos visuais no projeto SmartMovie podem incluir fotos e outrasimagens fixas, juntamente com o vídeo. Arraste os itens que você desejautilizar do Navegador para o contentor superior na área de armazenamento.Você também pode arrastar miniaturas dentro da área de armazenamentopara obter a seqüência desejada. Continue adicionando material até vocêficar satisfeito.Para adicionar música, arraste um ou mais arquivos de som para ocontentor inferior na área de armazenamento. Em alternativa, vocêpode clicar no botão clave no canto inferior esquerdo do contentor de áudiopara criar uma trilha sonora no ScoreFitter.À medida que é adicionada mídia, a duração total do material de origem éexibida no canto superior esquerdo do contentor. Esta não correspondenecessariamente à duração do filme resultante. Pré-visualizar, editar e exportarDepois de posicionada a mídia, clique em Pré-visualizar na barra de rodapépor baixo da ferramenta. O projeto é criado e aberto em uma janela depré-visualização. Se necessário, você pode voltar à ferramenta SmartMoviepara modificar as seleções da mídia. A fase de análise de criação de um SmartMovie pode demorar algum tempo a ser concluída na primeira vez que o material for analisado. A renderização completa do projeto, com o progresso indicado pelo sombreamento da régua temporal do Player, pode acrescentar um atraso adicional antes de estar disponível uma pré-visualização com todos os detalhes.Clicando em Pré-visualizar, a mídia escolhida é automaticamente salva emuma Coleção designada por Última criação Smart. Se você pretenderreutilizar este grupo de itens, renomeie a Coleção para evitar a suasubstituição na próxima vez que gerar a pré-visualização de um projetoSmartSlide ou SmartMovie.O botão Editar transfere a sua produção para a linha de tempo do Editor deFilme para uma edição detalhada. Como habitualmente, é recomendávelverificar se as configurações do vídeo na linha de tempo correspondem aosrequisitos para a apresentação.40 Avid Studio
  • O botão Configurações do vídeo no painel de configurações (abaixo)permite acessá-las. Consulte também “Linha de tempo do projeto” napágina 45.Se o resultado da apresentação for do seu agrado, clique no botão Exportarpara gravar um disco ou criar um arquivo para carregamento.A área de armazenamentoOs itens visuais no contentor superior são exibidas como ícones, enquantoos arquivos de música e som no contentor inferior aparecem como linhas detexto, indicando o nome de arquivo e a duração de cada item. Ambos oscontentores suportam a seleção múltipla, a alteração da seqüência por meiodo recurso arrastar-e-soltar e um pequeno menu de contexto:Excluir itens selec.: A mídia selecionada é removida da produçãoSmartMovie. Porém permanece disponível na Biblioteca para outrasutilizações. (Atalho: Delete.)Abrir editor: Este comando abre a ferramenta Correções do Editor deVídeo, do Editor de Foto ou do Editor de Áudio. As modificações efetuadasà mídia são aplicadas apenas no âmbito desta produção SmartMovie.(Atalho: clique duas vezes.)Configurações de SmartMovieAs configurações neste subpainel são para personalizar a produçãoSmartMovie. Neste exemplo, o ponteiro do mouse seleciona a configuração “Longo" relativa às Durações do clipe no painel de configurações de SmartMovie. Na área inferior do painel estão botões para ajuste das configurações do vídeo para o projeto gerado e para recomeçar do zero.Capítulo 2: A Biblioteca 41
  • As configurações inseridas serão utilizadas na próxima vez que o filme forgerado. O botão Configurações do vídeo permite configurar as opções dalinha de tempo que serão aplicadas se a produção for transferida para oEditor de Filme. O botão Limpar projeto remove toda a mídia do projeto eretorna às configurações padrão.Título: Digite uma legenda para ser utilizada como título do filme.Durações dos clipes: O tempo visual do filme aumenta à medida que aduração do clipe é encurtada. Para utilizar a duração original do item,escolha Máximo.Panorâmico e zoom: A seleção desta opção alegra a sua apresentação commovimentos simulados da câmera.Ajustar imagem: Marque esta opção para aumentar o material que sejademasiado pequeno para o formato de quadros do projeto.Volume do clipe de vídeo: Defina o volume do áudio original nossegmentos de vídeo que estão sendo utilizados. Se você desejar que a trilhasonora contenha apenas música de fundo, defina este valor para zero.42 Avid Studio
  • CAPÍTULO 3: O Editor de FilmeO Editor de Filme é a tela de edição principal do Avid Studio para a criaçãode filmes digitais. O editor combina três componentes principais:A Biblioteca, na sua vista compacta, disponibiliza os itens para o projeto.A linha de tempo do projeto permite organizar os itens na forma de clipesno âmbito de uma representação esquemática da produção.O Player permite pré-visualizar os itens da Biblioteca antes de seremadicionados ao projeto. Também permite visualizar – passo a passo, sedesejar – o resultado de qualquer parte da produção quando for exportado(salvo como arquivo ou carregado para o YouTube).Além disso, o Editor de Filme conta com uma variedade de ferramentas ejanelas para criar e editar títulos, adicionar efeitos e outras finalidades.Capítulo 3: O Editor de Filme 43
  • Uma parte da tela do Editor de Filme, com a vista compacta da Biblioteca na área superior esquerda, o Player na área superior direita (parcialmente visível) e a linha de tempo e o Navegador na área inferior. Edição de discosSe estiver pensando em gravar o filme em DVD com menus interativos,você precisará, em qualquer ponto do processo, dos recursos especiais doEditor de Disco. Este fornece os mesmos recursos de edição da linha detempo que o Editor de Filme, porém também permite criar e editar menusde disco com os quais os usuários poderão navegar na produção.O Avid Studio permite mudar suavemente de um projeto de filme para umprojeto de disco a qualquer momento durante o desenvolvimento, por issopode perfeitamente começar no Editor de Filme mesmo que,posteriormente, seja utilizado o DVD como saída em vez de ou juntamentecom outras opções. Consulte o Capítulo 9: Projetos de disco parainformações sobre os recursos especiais disponibilizados para a criação dediscos. Os outros aspectos da edição na linha de tempo são descritos neste enos capítulos seguintes.44 Avid Studio
  • A Biblioteca compactaA vista compacta da Biblioteca, que utiliza a área superior esquerda da telado Editor de Filme, é o recurso central do ambiente de edição. Ao avançar erecuar entre a Biblioteca e o Editor de Filme, você verá que a mesma guiade localização está selecionada nas duas vistas e que são exibidos osmesmos itens da Biblioteca.Com a Biblioteca compacta e a linha de tempo na mesma janela, adicionaritens ao filme é uma tarefa fácil: basta arrastar os itens desejados doNavegador da Biblioteca para a linha de tempo do projeto. Produção de apresentações de slidesAlém de todos os tipos de produções de vídeo – “filmes” –, o Editor deFilme (e o Editor de Disco) pode ser utilizado para a criação deapresentações de slides e apresentações complexas a partir de imagensfixas. As mesmas técnicas de edição se aplicam em ambos os casos. A LINHA DE TEMPO DO PROJETOA linha de tempo é onde você cria o filme, adicionando itens de vídeo, fotoe áudio da Biblioteca, editando e cortando estas mídias centrais eanimando-as com transições, efeitos e outros aprimoramentos. Fundamentos da linha de tempoA linha de tempo é constituída por múltiplas trilhas – tantas quantas foremnecessárias – dispostas em uma pilha vertical. As trilhas mais próximas dotopo da pilha estão posicionadas voltadas para a frente quando visualizadas,com as suas partes opacas ocultando as trilhas abaixo.Capítulo 3: O Editor de Filme 45
  • A ação básica da criação de filmes consiste em arrastar um item daBiblioteca para a linha de tempo, onde este passa a ser chamado de clipe.Com alguma prática, você pode planejar uma edição grosseira de um filmede modo muito rápido, adicionando os principais itens de mídia nas suasposições aproximadas na linha de tempo. Na extremidade esquerda da linha de tempo estão os cabeçalhos das trilhas com vários controles por trilha: um botão de bloqueio, o nome da trilha e botões de monitorização para o vídeo e o áudio da trilha. Neste exemplo, a trilha padrão atual é a “Principal”.O cabeçalho da trilha: À esquerda de cada trilha está uma área docabeçalho que fornece acesso a funções como a desativação damonitorização do vídeo ou áudio para a trilha.A trilha padrão: Uma trilha é destacada com uma cor de fundo mais clarae também é marcada com uma barra laranja à esquerda do cabeçalho datrilha. Esta é a trilha padrão. Esta tem um papel especial em determinadosprocedimentos de edição; por exemplo, ela serve de trilha de destino paraoperações de colagem. Para nomear outra trilha como trilha padrão, bastaclicar no seu cabeçalho.Sua posição atual na linha de tempo corresponde aoquadro de vídeo exibido no Player quando este está nomodo de Linha de tempo. A posição atual é indicada poruma linha vermelha vertical, no topo da qual está ummanípulo arrastável do controle deslizante. Outra linhavertical marca a mesma posição no Navegador (consulteabaixo). A barra de ferramentasAcima das trilhas, a barra de ferramentas da linha de tempo fornece váriosgrupos de ferramentas relacionadas com a edição. (No Editor de Disco, abarra de ferramentas também inclui ferramentas especificamente para acriação de discos.)46 Avid Studio
  • O NavegadorAbaixo das trilhas, o Navegador da linha de tempo apresenta uma visãogeral do projeto completo a uma escala reduzida. As barras representandoos clipes têm as mesmas cores que estes têm na linha de tempo, comexceção da barra representando o clipe selecionado que tem a cor laranja.Clicando no Navegador é possível visitar rapidamente qualquer localizaçãona linha de tempo. Uma parte da janela de visualização do Navegador, mostrando a posição atual (linha vertical, à esquerda) e um manípulo de tamanho (à direita).O retângulo laranja que abrange uma parte da tela do Navegador – a janelade visualização – indica a seção do filme atualmente visível nas trilhas dalinha de tempo.Para alterar a parte do filme a ser exibida, clique e arraste na horizontaldentro da janela de visualização. A linha de tempo rola em paralelo àmedida que é arrastada. Se sua posição na linha de tempo não mudar, ocontrole deslizante poderá ficar invisível. ZoomPara alterar o nível de zoom da linha de tempo, clique e arraste nahorizontal na régua temporal ao longo do topo da linha de tempo ou arrasteos lados da janela de visualização. O primeiro método tem a vantagem denão alterar a posição da linha de reprodução na tela, o que ajudará aorientar-se após o zoom.Para alterar o zoom do próprio Navegador, utilize os botões de mais emenos imediatamente à sua direita.Clicando duas vezes na janela de visualização ajusta o zoom do Navegadore da linha de tempo, de modo que o filme completo caiba na janela doEditor de Filme.RedimensionamentoA altura da linha de tempo, além das proporções relativas da Biblioteca edo Player, pode ser ajustada com o controle de tamanho na forma de um Tinvertido no centro da tela.Capítulo 3: O Editor de Filme 47
  • Para ajustar a altura de trilhas individuais da linha de tempo, agarre e ajusteas linhas de separação entre os cabeçalhos das trilhas à esquerda. Se otamanho vertical de todas as trilhas exceder a área de visualizaçãodisponível, uma barra de rolagem do lado direito permitirá selecionar astrilhas a exibir.Defina a altura do Navegador arrastando na vertical o separador horizontalao longo do topo. A barra de ferramentas da linha de tempoA barra de ferramentas acima da linha de tempo oferece váriasconfigurações, ferramentas e funções aplicáveis à linha de tempo e à ediçãona linha de tempo.Configurações da linha de tempoPor padrão, as configurações da linha de tempo são copiadas a partirdo primeiro clipe de vídeo adicionado à linha de tempo. Se essasgarantirem o melhor resultado, você não terá de alterá-las. Configurações da linha de tempoSe você pretender alterá-las, clique no botão mais à esquerda na barra deferramentas para abrir a janela Resolução da linha de tempo e configurar astrês configurações fornecidas.Definição: Escolha entre uma tela de 4x3 e 16x9.Tamanho: Escolha entre as resoluções de pixels HD e SD disponíveis paraa respectiva taxa de definição.48 Avid Studio
  • Taxa de quadros: Escolha a partir de uma seleção de taxas de quadrosconsistentes com outras configurações.Estas configurações podem ser alteradas a qualquer momento durante odesenvolvimento do filme, porém você deve ter em conta que umaalteração da taxa de quadros pode causar uma ligeira deslocação dos clipesna linha de tempo à medida que estes se ajustam a novos limites dequadros.O material de vídeo que não esteja em conformidade com as configuraçõesdo projeto selecionadas será automaticamente convertido ao ser adicionadoà linha de tempo.Se você desejar escolher um padrão de vídeo explicitamente para os seusprojetos, em vez de herdar o formato do primeiro clipe adicionado, abra apágina Configurações do projeto com as configurações do aplicativo.Consulte “Configurações do projeto” na página 269.Misturador de áudioEste botão abre a melhorada área de controle do áudio comferramentas de ajuste do volume e acesso ao Panner, um controle doposicionamento surround. Consulte “Funções do áudio da linha de tempo”na página 55 para detalhes.ScoreFitterScoreFitter é o gerador de música integrado do Avid Studio,proporcionando música gratuita, composta de modo personalizado eexatamente ajustada à duração necessária para o filme. Consulte“ScoreFitter” na página 187.TítuloO botão Criar título abre o Editor de títulos. Se nenhum dos muitostítulos fornecidos atender às suas necessidades, por que não criar umvocê mesmo? Consulte “O Editor de títulos” na página 131.Sobreposição de vozA ferramenta de sobreposição de voz permite gravar comentários ououtro conteúdo de áudio ao vivo durante a visualização do filme.Consulte “A ferramenta de sobreposição de voz” na página 189.Capítulo 3: O Editor de Filme 49
  • LâminaPara dividir um ou mais clipes na posição da linha de reprodução,clique no botão lâmina. Esta operação não elimina nenhum material,mas cada clipe afetado é dividido em dois clipes para serem editados emseparado no que respeita ao corte, deslocação, adição de efeitos e outrasações.Se estiverem selecionados clipes na linha de reprodução em qualquertrilha, serão divididos apenas esses clipes. Ambas as partes desses clipespermanecem selecionadas após a divisão.Se não estivem selecionados clipes na linha de reprodução, todos os clipescruzados por ela serão divididos e as partes do lado direito serãoselecionadas para facilitar a remoção, caso desejado.As trilhas travadas estão isentas da operação de divisão.LixeiraClique no botão lixeira para excluir todos os itens selecionados dalinha de tempo. Consulte “Excluir clipes” na página 61 para detalhessobre como outros clipes da linha de tempo podem ser afetados pelaexclusão.MarcadoresAs funções dos marcadores aqui disponíveis são idênticas às funçõesfornecidas nos editores de mídia para vídeo e áudio. Consulte“Marcadores” na página 98.Contudo, em vez de ficarem associados a um clipe específico, osmarcadores da linha de tempo pertencem ao vídeo composto no pontomarcado. Os marcadores trocarão de posições durante a edição da linha detempo apenas se uma seleção de clipes envolver todas as trilhas no pontomarcado e isso apenas se não estiver travada nenhuma trilha.Encaixe magnéticoO modo Imã simplifica a inserção de clipes durante o arrastamento.Se este modo estiver ativo, os clipes são atraídos “magneticamente”para outros itens na linha de tempo ao se situarem dentro de uma distânciacrítica. Isso ajuda a evitar as lacunas desnecessárias – embora por vezesquase imperceptíveis – entre itens que, de outro modo, têm a tendência deaparecer durante a edição. No entanto, se você desejar criardeliberadamente uma lacuna, basta desativar o modo para permitir alocalização preferencial.50 Avid Studio
  • Edição de quadros-chave do volumeO botão de edição de quadros-chave do volume ativa/desativa aedição baseada em quadros-chave do áudio do clipe. Enquanto obotão estiver ativado, o contorno verde do volume em cada clipe da linhade tempo fica editável. Neste modo, você pode adicionar pontos de controleao contorno, arrastar seções do contorno e outras operações. Enquanto obotão estiver desativado, os quadros-chave do volume são protegidos contramodificação.A abertura do Misturador de áudio ativa automaticamente o botão.Depuração de áudioPor padrão, a parte de áudio de um projeto pode ser ouvida apenasdurante a reprodução na pré-visualização. O botão de depuração deáudio na barra de ferramentas da linha de tempo permite umapré-visualização do áudio mesmo durante a “depuração” do filme,arrastando o controle deslizante da linha de tempo.A roda de transporte do Player também permite a depuração de áudio.Modo de ediçãoO seletor do modo de edição na extremidadedireita da barra de ferramentas da linha detempo determina o comportamento de outrosclipes durante alterações de edição. O materialà esquerda do ponto de edição não é afetadona edição da linha de tempo, por isso se aplicaapenas aos clipes que estejam à direita do ponto de edição.Estão disponíveis três opções do modo de edição: smart, inserir esobrescrever. O padrão é o modo smart, no qual o Avid Studio seleciona apartir do modo inserir, sobrescrever e, por vezes, estratégias maiscomplexas no contexto de cada operação de edição.O modo smart se destina a manter a sincronização entre as trilhas da linhade tempo até ao máximo possível. Em uma situação de edição de múltiplastrilhas, os clipes têm, geralmente, relações verticais e horizontais. Depoisde ter posicionado os cortes com cuidado para coincidir com batidas datrilha de música, por exemplo, você não deseja perturbar tudo com ediçõesadicionais.Capítulo 3: O Editor de Filme 51
  • O modo inserir é sempre não destrutivo: ele afasta outros clipes na trilhaantes de inserir material novo. Também fecha automaticamente eventuaislacunas criadas pela remoção de material. Só é afetada a trilha de destino. Éperdida qualquer sincronização anterior com outras trilhas à direita doponto de edição.O modo inserir é muito útil nas fases iniciais de um projeto, quando vocêestá coletando e dispondo itens na linha de tempo. Ele impede a perda dematerial e facilita a reorganização dos clipes ou seqüências de clipes.Nas fases posteriores, quando a estrutura do projeto está quase concluída edepois de já ter sido iniciada a sincronização do material em diferentestrilhas, o modo inserir é menos útil. As propriedades que favorecem o seuuso nas fases iniciais (o comportamento de “ondulação”) são as mesmasque desaconselham o seu uso na finalização. É aqui que entra em cena omodo sobrescrever.O modo sobrescrever afeta diretamente os clipes selecionados. A alteraçãoda duração ou posição de um clipe no modo sobrescrever substituirá osclipes adjacentes (em caso de prolongamento) ou deixará lacunas (em casode encurtamento). Porém nunca afetará a sincronização entre trilhas. Modo alternativoO modo de edição smart funciona com base na previsão daquilo que vocêestá tentando fazer e na determinação do melhor modo a aplicar, quer seja omodo inserir, modo sobrescrever ou, mesmo, outra estratégia maiscomplexa. Você verificará que geralmente faz o pretendido, porém haveráoutras alturas em que você teria outra idéia em mente.Muitas ações suportam os modos inserir e sobrescrever, mas não outraspossibilidades. O modo smart utilizará umas vezes um e outras vezes ooutro, porém se não pretender o modo inserir, então será o modosobrescrever e vice-versa. Por isso, tudo o que você precisa é de um métodopara dominar o comportamento padrão do modo smart.Para alterar o comportamento do modo inserir para sobrescrever ousobrescrever para inserir, mantenha a tecla Alt pressionada enquantoexecuta a edição da maneira habitual. Você pode pressionar (ou soltar) atecla Alt como desejar durante a preparação da edição: o que importa é oestado da tecla no momento de execução da operação – quando você soltaitens agarrados na linha de tempo, por exemplo.52 Avid Studio
  • O truque funciona em todos os modos de edição, por isso está sempredisponível quando é preciso. Se você não estiver satisfeito com ocomportamento padrão, basta cancelar ou desfazer o necessário e, depois,tentar novamente com Alt.Em uma operação de edição na linha de tempo – a de substituição de umclipe por outro sem afetar a sua duração, efeitos e outras propriedades –, atecla Shift assume um papel semelhante. Consulte “Substituir um clipe” napágina 59 para detalhes. O cabeçalho da trilha da linha de tempoNa área de cabeçalho da linha de tempo estão vários controles que afetam adisposição e a organização das trilhas na linha de tempo. Estas são descritasaqui, enquanto as funções de áudio controladas a partir do cabeçalho dalinha de tempo, como o volume da trilha, são descritas a partir da página100.A área todas as trilhas acima dos cabeçalhos das trilhas oferece controlessemelhantes aos encontrados em cada cabeçalho de trilha, porém com efeitoglobal: eles se aplicam a todas as trilhas em simultâneo, ignorando asconfigurações individuais. Trilha padrãoA linha vertical laranja à esquerda do cabeçalho da trilha, juntamente comuma sombra de fundo mais clara, identifica a trilha padrão. Édisponibilizada uma trilha de destino para determinadas funções, incluindoEnviar para e Colar. Os títulos e as canções ScoreFitter criadasrecentemente também são adicionados a esta trilha. Para mais informações,consulte “Enviar para a linha de tempo” (página 59), “Utilizar a área detransferência” (página 71), “O Editor de títulos” (página 131) e“ScoreFitter” (página 187).Para tornar outra trilha a trilha padrão, basta clicar em qualquer pontodentro dos limites do cabeçalho da trilha, exceto em um botão ou outrocontrole.Capítulo 3: O Editor de Filme 53
  • BloqueioClique nos botões de cadeado para proteger uma trilha contra ediçõesinvoluntárias. O mesmo botão na área todas as trilhas atribui essa proteçãoao projeto completo. Nome da trilhaPara editar o nome de uma trilha, clique no nome uma vez para acessar oeditor no local ou selecione Editar nome da trilha a partir do menu decontexto do cabeçalho da trilha. Confirme a edição com Enter ou cancele-acom Esc. Monitorização do vídeo e áudioOs botões Vídeo e Áudio no cabeçalho da trilha controlam se esta trilhacontribui com o vídeo e áudio para a saída composta do projeto. Elessuportam as muitas situações de edição em que é vantajoso bloquear a saídade uma ou mais trilhas para simplificar a pré-visualização. Os mesmosbotões na área todas as trilhas ativam/desativam a monitorização do áudioe vídeo para todo o projeto.Funções adicionais das trilhasAs seguintes funções adicionais estão disponíveis no menu de contexto docabeçalho da trilha:Nova trilha: Você pode inserir uma nova trilha cima ou abaixo da trilhaexistente.Excluir trilha: Exclua uma trilha e todos os clipes na mesma.Mover trilha: Arraste o cabeçalho da trilha para cima ou para baixo parauma nova posição na camada. À medida que arrasta, uma linha horizontalbrilha surge nas colocações válidas.Copiar trilha: Mantendo a tecla Ctrl pressionada ao mover uma trilhacopia a trilha em vez de movê-la.Tamanho da trilha: O menu de contexto contém quatro tamanhos fixos datrilha (Pequeno, Médio, Grande, Muito grande). Para um tamanhopersonalizado, arraste a linha de separação entre os cabeçalhos das trilhaspara facilmente ajustar a altura.Ver formas de onda: Ative/desative a vista da forma de onda para clipesde áudio.54 Avid Studio
  • Funções do áudio da linha de tempo Consulte “Áudio na linha de tempo” na página 100 para uma descriçãodestas funções. EDIÇÃO DE FILMESO primeiro passo em qualquer sessão de edição de um filme consiste emtrazer o projeto para o Editor de Filme para dar início ao trabalho.Para iniciar uma nova produção: Escolha Arquivo  Novo  Filme apartir do menu principal. Antes de adicionar o primeiro clipe, certifique-sede que o formato de vídeo da linha de tempo seja o adequado para o projeto(consulte abaixo).Para editar um filme existente: Selecione um projeto recente a partir domenu Arquivo  Recente; clique em Arquivo  Abrir  Filme paraprocurar por um projeto de filme para abrir; ou localize o filme que vocêdeseja abrir na pasta Projetos  Filmes da Biblioteca.Para abrir um projeto do Pinnacle Studio: Escolha Arquivo  Importarprojetos anteriores do Studio. Tenha em conta que alguns recursos doprojeto do Pinnacle Studio podem não ser suportados no Avid Studio.Configurações da linha de tempoPara iniciar a edição de um novo projeto, verifique se as configurações deformato de vídeo do projeto – taxa de definição, tamanho de quadros evelocidade de reprodução – estão corretamente configuradas. Você podeescolher na guia Configurações do projeto do aplicativo as configuraçõespara definir automaticamente os valores dessas propriedades com base noprimeiro clipe adicionado ao projeto. Você também pode defini-lasmanualmente. Consulte “Configurações do projeto” na página 269 paraconfigurar o recurso automático e “A barra de ferramentas da linha detempo” na página 48 para instruções sobre a inserção manual dasconfigurações do projeto.Capítulo 3: O Editor de Filme 55
  • Dependendo das configurações da linha de tempo, os clipes em algunsformatos podem não ser imediatamente reproduzidos. Esse conteúdo seráautomaticamente renderizado em um formato adequado.Estabelecer trilhasCom apenas pequenas exceções, as trilhas da linha de tempo no AvidStudio não têm funções especializadas. Qualquer arquivo pode ser colocadoem qualquer trilha. Contudo, à medida que o projeto fica mais complexo,fará cada vez mais sentido repensar a organização das trilhas e renomeá-lasde acordo com a sua função no filme. Para informações sobre aspropriedades das trilhas e como editá-las, consulte “O cabeçalho da trilhada linha de tempo” na página 53. Adicionar clipes à linha de tempoA maioria dos tipos de itens da Biblioteca pode ser trazida para a linha detempo como clipes independentes. Os tipos incluem clipes de vídeo e áudio,fotos, imagens, canções ScoreFitter, montagens e títulos. Você pode, até,adicionar outros projetos de filme como clipes contentores que são tratadoscomo clipes de vídeo no projeto. No entanto, os projetos de disco nãopodem ser adicionados como clipes contentores, uma vez que requeremuma capacidade – interatividade do usuário – que os clipes da linha detempo não têm.Arrastar-e-soltarArrastar-e-soltar é o método mais comum e, geralmente, mais convenientede adicionar material a um projeto. Clique em qualquer item na vistacompacta do Editor de Filme da Biblioteca e arraste-o para onde desejar nalinha de tempo.Ao cruzar para a área da linha de tempo durante o arrastamento econtinuando até à trilha de destino, observe o aparecimento de uma linhavertical sob o ponteiro do mouse. A linha indica onde seria inserido oprimeiro quadro do clipe, se fosse imediatamente solto. A linha tem a corverde se essa posição for válida e vermelha se não for possível inserir umclipe na posição indicada (porque a trilha está protegida, por exemplo).56 Avid Studio
  • É possível inserir múltiplos clipes na linha de tempo em simultâneo. Bastaselecionar os itens desejados da Biblioteca e, depois, arrastar qualquer umdeles para a linha de tempo. A seqüência em que os clipes aparecerem natrilha corresponde à sua ordem na Biblioteca (não à ordem que foramselecionados).Modo Imã: Por padrão, o modo imã está ativo. Isso facilita a inserção declipes de forma que as suas bordas fiquem exatamente encostadas. Umnovo clipe encaixa em determinadas posições, como nas extremidades declipes ou nas posições de marcadores, como que atraído por um imã quandoo ponteiro do mouse chega perto do potencial destino.Por outro lado, não se preocupe se o primeiro clipe está bem no início dalinha de tempo. Nem todos os filmes começam com um corte rígido emrelação à primeira cena!Pré-visualização da edição ao vivoNo sentido de eliminar a confusão criada por situações de edição maiscomplexas, o Avid Studio fornece uma pré-visualização totalmentedinâmica dos resultados das operações de edição à medida que você arrastaos clipes na linha de tempo. Se as coisas parecerem saltar um pouco maisdo que está habituado durante a edição na linha de tempo, essa é a razão.Não se preocupe: você irá rapidamente habituar-se e aprenderá a tirarproveito da informação adicional fornecida. Vá com calma no começo.Observe as alterações na linha de tempo à medida que você passa o itemarrastado sobre várias posições possíveis de pouso e solte o item quandovisualizar o resultado pretendido.Se a operação de arrastar-e-soltar não resultar da maneira desejada,pressione Esc ou mova o ponteiro do mouse para fora da área da linha detempo e liberte o botão. Qualquer uma destas opções abandona a operaçãode arrastar-e-soltar. Para anular uma operação de arrastar-e-soltar realizada,pressione Ctrl+Z ou clique no botão Desfazer.Não se esqueça que você pode variar muitas operações da linha de tempocom o modo alternativo: basta manter pressionada a tecla Alt ao arrastar oucortar. No caso de uma substituição clipe a clipe (consulte “Substituir umclipe” abaixo), a tecla Shift também é importante.Arrastar-e-soltar avançadoDepois de ter reunido um conjunto de clipes em uma trilha da linha detempo, será apenas uma questão de tempo até você querer fazer alterações.Capítulo 3: O Editor de Filme 57
  • Por exemplo, você poderá desejar:• Preencher uma lacuna com clipes.• Inserir alguns clipes antes de um clipe específico.• Substituir um clipe já colocado na linha de tempo por um diferente.O modo de edição smart ajuda a conseguir esses objetivos com toda afacilidade. Preencher uma lacunaO modo smart facilita o preenchimento de uma lacuna específica na linhade tempo com novo material, por exemplo. Em vez de ter de pré-cortarpenosamente o novo material para caber no espaço disponível, você só temde arrastar itens para a lacuna. Os clipes que não forem necessários parapreencher a lacuna serão ignorados e o último clipe utilizado seráautomaticamente cortado para ajustar-se à duração adequada. Não sãoafetados outros clipes já incluídos na linha de tempo, por isso não haveráproblemas de sincronização. Inserir clipesSuponha que o seu objetivo consiste em adicionar novo material à linha detempo na posição ocupada por um clipe existente. No entanto, você nãopretende substituir esse mesmo clipe; apenas deseja movê-lo (e todos osoutros itens à sua direita) para a direita o suficiente para criar espaço para onovo material.A edição smart fornece aqui, novamente, uma resposta indolor. Bastaarrastar o novo material para o início do clipe que está no caminho, em vezde arrastá-lo para uma lacuna. O clipe é empurrado para o lado apenas osuficiente. Inserir com divisãoSe você soltar um item no meio de um clipe existente, em vez de haver umcorte, o clipe será dividido. O novo material é inserido na posiçãoespecificada e seguido de imediato pela parte deslocada do clipe original.No modo smart, a sincronização da trilha de destino com outras trilhas émantida, inserindo em cada uma delas uma lacuna com uma duração igual àdo novo clipe. No sentido de evitar afetar as outras trilhas com estaoperação, utilize o modo de inserção em vez do modo smart. Emalternativa, pressionando Alt à medida que você solta o novo material farácom que uma parte do clipe existente seja sobrescrita.58 Avid Studio
  • Uma terceira abordagem consiste em bloquear uma trilha que não deva sermodificada, embora isso afete a sincronização de clipes em trilhas travadascom aqueles em trilhas não travadas. Substituir um clipePara substituir um clipe, arraste um único item da Biblioteca para o clipeque você deseja substituir mantendo a tecla Shift pressionada. O clipe desubstituição herdará todos os efeitos e transições eventualmente aplicadosao clipe original. Contudo, as correções não são herdadas, uma vez queestas destinam-se geralmente a solucionar problemas de um determinadoitem de mídia.No modo smart, a operação de substituição só terá êxito, se o clipe daBiblioteca for suficientemente longo para ocupar a duração do clipe sendosubstituído. Em outros modos, um clipe da Biblioteca com duraçãoinsuficiente será prolongado usando o recurso corte excessivo. A direção ea quantidade de extensão se baseiam na posição do mouse à medida quevocê arrasta. Para informações sobre o corte excessivo, consulte a página63.Se o item da Biblioteca for mais longo do que o necessário, ele serátruncado para a mesma duração do clipe sendo substituído.Enviar para a linha de tempoAlém de arrastar um clipe para a linha de tempo, você pode “enviá-lo” paraa trilha padrão na posição da linha de reprodução. A operação éequivalente a arrastar-e-soltar, por isso o modo smart é devidamenteaplicado ao decidir como serão afetados outros clipes.O comando Enviar para linha de tempo se encontra no menu de contexto deum item individual ou seleção múltipla na vista compacta da Biblioteca. Envio a partir do PlayerTambém há um segundo método de “envio” que permite um maiorcontrole.Se você clicar em um item da Biblioteca ao trabalhar no Editor de Filme, oPlayer muda para o modo Fonte para a pré-visualização. No caso de mídiapassível de ser cortada (vídeo e áudio), o Player também fornecemarcadores de corte para cortar a parte inicial ou final do item.Capítulo 3: O Editor de Filme 59
  • Clicando no botão Enviar para linha de tempo no Player após o corte de um item de vídeo da Biblioteca.Após a pré-visualização do item e eventual corte, utilize o botão Enviarpara linha de tempo na área inferior esquerda do Player. Comohabitualmente, o item é adicionado ao projeto na trilha padrão e na posiçãoda linha de reprodução. Uma variação útil consiste em arrastar o própriobotão Enviar para linha de tempo para a trilha da linha de tempo. O item é,depois, adicionado na posição de soltar em vez de na posição da linha dereprodução. Editor de títulos, ScoreFitter, sobreposição de vozEstas três funções adicionam novos clipes à linha de tempodo projeto, clipes que não assentam em itens da Biblioteca.Em vez disso, eles são criados com base em configurações e outras açõesrealizadas durante a edição.Depois de concluída a edição, os clipes de títulos e ScoreFitter serãoenviados para a trilha padrão na linha de tempo através da função Enviarpara linha de tempo, enquanto os clipes de sobreposição de voz irão parauma trilha especial de sobreposição de voz. Para detalhes, consulte oCapítulo 7: O Editor de títulos (página 131), “ScoreFitter” (página 187) e“A ferramenta de sobreposição de voz” (página 189).60 Avid Studio
  • Excluir clipesPara excluir um ou mais clipes, primeiro selecione-os e, depois, pressioneDelete. Em alternativa, clique no ícone da lixeira na barra de ferramentasda linha de tempo ou escolha Excluir a partir do menu de contexto daseleção.No modo smart, se a exclusão produzir uma lacuna que afeta todas astrilhas, esta é fechada empurrando para a esquerda o material situado àdireita da lacuna. Isso permite evitar criar acidentalmente seções vazias nofilme, mantendo a sincronização entre as trilhas.Se a tecla Alt for mantida pressionada ao excluir, eventuais lacunasproduzidas serão deixadas assim.No modo inserir, as lacunas nas trilhas onde foram excluídos clipestambém serão fechadas, porém as outras trilhas não serão afetadas. Não éfeito nenhum esforço para manter a sincronização à direita da exclusão.No que respeita à sincronização, o modo de edição mais seguro para aexclusão é o modo sobrescrever, o qual removerá os clipes e deixará tudo oresto inalterado. Operações dos clipesA linha de tempo do projeto fornece um suporte abrangente para selecionar,ajustar, cortar, mover e copiar clipes.SelecionarSelecione clipes em preparação para a realização de operações de ediçãoneles. Um clipe selecionado recebe um quadro laranja e é exibido com a corlaranja sólido no Navegador.Para selecionar um clipe, clique nele com o mouse. As alteraçõesanteriormente selecionadas são removidas. Para uma rápida seleçãomúltipla, clique em uma área aberta da linha de tempo e, depois, arraste umquadro de seleção cruzando os clipes de interesse. Para selecionar todos osclipes com um único comando, pressione Ctrl+A.Para limpar uma seleção, clique em uma área vazia da linha de tempo.Capítulo 3: O Editor de Filme 61
  • Seleção múltipla com teclado e mousePara criar seleções múltiplas mais complexas, clique com o botão esquerdoenquanto pressiona Shift, Ctrl ou ambas as teclas em conjunto.Para selecionar uma série de clipes: Clique no primeiro e depoisShift+clique no último. Os dois clipes juntos definem um retângulo deligação ou um quadro de seleção, dentro do qual são selecionados todos osclipes.Para ativar/desativar a seleção de um clipe: Utilize Ctrl+clique parainverter o estado de seleção de um único clipe sem afetar todos os outros.Para selecionar o resto da trilha: Pressione Ctrl+Shift+clique paraselecionar todos os clipes que começam na ou após a posição inicial doclipe clicado. Esta função é particularmente útil se você desejar “afastar”rapidamente o resto da linha de tempo para inserir novo material ouempurrar manualmente para a esquerda para fechar lacunas na linha detempo.AjustarÀ medida que move lentamente o ponteiro do mouse sobre os clipes nalinha de tempo, o mesmo mudará para um símbolo de seta ao cruzar oslados de cada clipe, indicando que pode clicar e arrastar no sentido deajustar o limite do clipe.O ajuste altera a duração de um único clipe na linha de tempo no modosobrescrever (uma vez que o modo inserir provocaria problemas desincronização). Se você arrastar o início de um clipe para a direita, seráaberta uma lacuna do lado esquerdo. Se houver um clipe à esquerdaimediata do clipe sendo ajustado, arrastando para a esquerda faz com queseja sobrescrito.O ponteiro de ajuste também surge quando o mouse passa sobre asextremidades de uma lacuna – um espaço vazio em uma trilha da linha detempo com pelo menos um clipe à sua direita.O ajuste de lacunas no modo sobrescrever, como fazemos com os clipes,não é muito útil. No entanto, as lacunas dão jeito quando você está editandono modo smart e pretende empurrar uma única trilha para a esquerda oudireita, ignorando os problemas de sincronização eventualmente criados. Oajuste das lacunas ocorre, por isso, no modo inserir.62 Avid Studio
  • Mesmo não existindo nenhuma lacuna, você pode obter acidentalmente omesmo resultado mantendo a tecla Alt pressionada enquanto ajusta os ladosde um clipe. Corte excessivoUm corte excessivo ocorre ao tentar prolongar a duração de um clipe paraalém dos limites do seu material de origem, uma situação que vocêgeralmente deseja evitar.Repare que se o clipe tiver sido cortado excessivamente, as partes inválidassão exibidas na cor rosa. Clipe excessivamente cortado: O primeiro e o último quadros serão congelados nas seções excessivamente cortadas.O corte excessivo não é uma situação de crise. Você não precisa agirimediatamente. O Avid Studio prolongará o clipe, conforme especificadopelo “congelamento” do primeiro e do último quadros do clipe, até às áreasexcessivamente cortadas.Dependendo da duração do corte excessivo e do contexto, esta abordagemsimples pode ser suficiente. Um curto quadro congelado pode, até, serverdadeiramente eficaz em termos visuais.No entanto, o método do quadro congelado provavelmente não permitiráresultados satisfatórios se ocorrer durante uma seqüência envolvendomovimento rápido. Nesses casos, você poderá optar por complementar ousubstituir o clipe, ou prolongá-lo com a função Velocidade. (Consulte“Velocidade” na página 73.)CortarA alteração da duração de clipes ou lacunas na linha de tempo é chamadade “corte”.O corte em múltiplas trilhas é uma capacidade de edição de enorme valor.Cortando múltiplas trilhas de uma só vez, você garante que os clipesposteriormente adicionados à linha de projeto mantenham a suasincronização relativa.Capítulo 3: O Editor de Filme 63
  • O corte de clipes sem ter em conta o conteúdo posterior da linha de tempopode romper a sincronização do projeto. Trilhas sonoras que nãoacompanham a ação e títulos com temporização incorreta são tipos deproblemas que podem ocorrer. Corte em múltiplas trilhas Uma regra para manter a sincronizaçãoO Avid Studio tem poderosas ferramentas de corte que permitem efetuar ocorte em múltiplas trilhas sem qualquer risco. Felizmente há uma regrasimples para salvaguardar a sincronização, mesmo em uma linha de tempocomplexa: abertura exata de um ponto de corte em cada trilha. Se o pontode corte é associado a um clipe ou uma lacuna e em que extremidade, cabea você decidir. Abrir pontos de corteMova o ponteiro do mouse para o início ou final de um clipe. Repare que oponteiro de corte fica voltado para a esquerda no início do clipe e para adireita no final.Enquanto o ponteiro de corte está visível, clique uma vez no ponto ondedeseja efetuar o corte. Depois continue abrindo pontos de corte em outrosclipes, se desejar.Você pode abrir dois pontos de corte por trilha, mantendo a tecla Ctrlpressionada para criar o segundo ponto. Esta função é útil para as operaçõescortar ambos, cortar com divisão e cortar com deslizamento, todasdescritas abaixo.Você também pode abrir um ponto de corte posicionando o controledeslizante da linha de tempo próximo da posição onde deseja fazer ocorte e, depois, clicando no botão Ativar/desativar modo de corte na barrade ferramentas da linha de tempo.64 Avid Studio
  • Se for aberto um ponto de corte, podem ocorrer várias coisas:• A borda esquerda ou direita do clipe é destacada com uma barra laranja.• O botão Ativar/desativar modo de corte fica ativo.• Os controles de transporte abaixo do Player se transformam em ferramentas de ajuste do corte.• Você verá um rebordo laranja à volta da pré-visualização indicando que está agora no modo de corte. Modo de corte com botões de ajuste do corte Fechar o modo de corteO modo de corte pode ser fechado clicando em uma área cinza afastada dospontos de corte ou clicando no botão Ativar/desativar modo de corte. Modos de ediçãoO modo de edição atual – smart, sobrescreverou inserir – determina como o corte afetaráoutros clipes na linha de tempo. Selecione omodo a partir da lista suspensa situada naextrema direita da barra de ferramentas dalinha de tempo.Modo inserir: Os clipes à direita de um clipe cortado e na mesma trilhaserão deslocados para a esquerda ou direita para ajustar-se à nova duraçãodo clipe. A sincronização com outras trilhas pode ser perdida, porém osclipes não são sobrescritos.Capítulo 3: O Editor de Filme 65
  • Modo sobrescrever: Neste modo serão alterados apenas os clipes que vocêesteja cortando e os clipes adjacentes que eventualmente sobrescrevam.Não é afetada a sincronização entre trilhas.Modo smart: Durante o corte, o modo smart é equivalente ao modo inserir. Cortar o início de um clipePrepare o corte do início de um clipe (o ponto da “marca de início”)clicando na borda esquerda do clipe enquanto o ponteiro de corte estávisível. Com um ponto de corte assim definido, você pode adicionar ouremover quadros do início do clipe.Para cortar no clipe, arraste o ponto de corte para a esquerda ou direita.Para cortar no Player, utilize os botões de corte para cortar um ou dezquadros tanto para a frente como para trás. Clique no botão Reproduçãoinfinita para uma pré-visualização contínua da região de corte. Ponto de corte inicial selecionado Cortar o fim de um clipePara cortar o fim do clipe (ou ponto da “marca de fim”), abra um ponto decorte clicando na borda direita de um clipe quando o ponteiro do mousemuda para uma seta apontando para a direita. Agora adicione ou removaquadros do fim do clipe.Você pode, mais uma vez, cortar diretamente no clipe arrastando o ponto decorte ou no Player enquanto estiver no modo de corte.66 Avid Studio
  • Ponto de corte final selecionado Cortar lacunasA linha de tempo do projeto permite cortar não apenas clipes na mesma,mas também as lacunas entre eles. O corte de lacunas pode não parecer útilno começo, mas dá muito jeito. Por exemplo, a maneira mais fácil de inserirou eliminar espaço em uma única trilha da linha de tempo consiste emcortar a borda direita de uma lacuna. Todos os clipes à direita da lacuna sãodeslocados em bloco, quando isso é feito.Além disso, se precisar de abrir um ponto de corte em cada trilha paramanter a sincronização durante o corte, você pode optar por cortar aduração de uma lacuna em vez da duração de um clipe. (Lembre-se daregra: é necessário um ponto de corte em cada trilha para manter asincronização.)O corte de uma lacuna, quer no início quer no final, é realizado exatamenteda mesma maneira acima descrita para o corte de um clipe.Capítulo 3: O Editor de Filme 67
  • Duas lacunas selecionadas e um corte do ponto final de áudio Cortar ambosNesta operação, dois clipes adjacentes (ou um clipe e uma lacunaadjacente) são cortados em simultâneo. Eventuais quadros adicionados aoitem da esquerda são retirados do item à direita e vice-versa, enquantoestiverem disponíveis espaço e material. Tudo o que você está movendo é oponto de corte onde os itens se cruzam. Uma aplicação desta técnicaconsiste no ajuste de cortes visuais ao ritmo de uma trilha sonora.Para começar, clique no fim do clipe da esquerda para abrir o primeiroponto de corte e, depois, Ctrl+clique no início do clipe da direita para abriro segundo.Quando posicionado sobre os pontos de corte adjacentes agora abertos, oponteiro do mouse deve ter a forma de uma seta horizontal de duas cabeças.Arraste para a esquerda ou direita para mover o limite do clipe, ou utilize oPlayer no modo de corte.68 Avid Studio
  • Cortar ambos: Foram selecionados pontos de corte final e inicial adjacentes Cortar com divisãoPara alterar o quadro inicial de um clipe dentro do material de origem,deixando sua duração inalterada, abra um ponto de corte no início de umclipe e outro no fim do mesmo clipe ou de outro posterior na respectivatrilha da linha de tempo.Arraste o ponto de corte na horizontal ou utilize os controles de corte doPlayer para reposicionar o clipe dentro da sua fonte. Cortar com divisão: Pontos de corte inicial e final selecionadosCapítulo 3: O Editor de Filme 69
  • Cortar com deslizamentoUm corte com deslizamento corresponde a uma versão alargada da técnicaCortar ambos acima descrita. Neste caso, você abre pontos de corte no fimde um clipe e no início de outro situado posteriormente na linha de tempo.Em vez de deslizar o limite de um único clipe ao longo da linha de tempo,como em Cortar ambos, você está deslizando dois que movem em conjunto.Todos os clipes entre os dois pontos de corte são reposicionados em umaposição anterior ou posterior na linha de tempo.Ambas as técnicas Cortar ambos e Cortar com deslizamento podem serúteis para sincronizar o conteúdo dos clipes com o material em outrastrilhas. Cortar com deslizamento: Foram abertos um ponto de corte final no primeiro clipe e um ponto de corte inicial no terceiro clipe Monitorizar pontos de corteSe você estiver cortando com múltiplos pontos de corte, é útil mudar apré-visualização da localização de corte para a localização de outro paracertificar-se de que estejam corretamente definidos. A seleção de um pontode corte para a monitorização define-o como a fonte para o áudio e o vídeodurante a pré-visualização.A abertura de um ponto de corte faz com que o mesmo seja monitorizado.Por isso, se estiverem envolvidos múltiplos pontos de corte, você podeverificar como cada um deles é criado. Para selecionar um ponto de cortepara monitorização direta, faça Ctrl+clique nele. Enquanto o modo de corteestiver ativo, pressionando a tecla Tab faz desfilar os pontos abertos.70 Avid Studio
  • Mover e copiarPara mover uma seleção de um ou mais clipes, coloque o ponteiro domouse sobre cada clipe selecionado e aguarde a sua transformação nosímbolo de uma mão. Quando isso acontecer, comece a arrastar o clipe paraa posição desejada.A movimentação pode ser vista como um processo de duas etapas. Emprimeiro lugar, a seleção é excluída da linha de tempo atual, de acordo comas regras do modo de edição atual. Em segundo lugar, a seleção é movidapara a posição final desejada, onde é inserida da esquerda para a direita portrilha. É mantida a posição relativa de todos os clipes selecionados em todasas trilhas.A movimentação de uma “seleção esparsa” (uma seleção em que sãoselecionados alguns clipes por trilha, enquanto outros na mesma região nãosão) é possível, porém pode ser confusa, a menos que seja executada nomodo sobrescrever. A movimentação de clipes individuais ou de uma seçãocompleta da linha de tempo é mais simples e deve ser preferida, sempre quepossível.Mantendo pressionada a tecla Alt durante a movimentação de clipespermite alternar entre os modos inserir e sobrescrever. A operação smartpadrão é igual a inserir, uma vez que o uso mais freqüente dasmovimentações horizontais consiste em reorganizar a seqüência dereprodução. CopiarMantendo a tecla Ctrl pressionada ao mover uma seleção de clipes copia osclipes em vez de movê-los. Utilização da área de transferênciaEmbora as operações de arrastar-e-soltar permitam um maior controle aolidar com clipes, a linha de tempo suporta as operações padrão da área detransferência Recortar, Copiar e Colar, com as habituais teclas de atalho. Aárea de transferência também disponibiliza o único método para mover ecopiar transições e efeitos entre clipes.Capítulo 3: O Editor de Filme 71
  • A partir da BibliotecaDepois de selecionar um ou mais clipes na Biblioteca, selecione Copiar nomenu de contexto da seleção ou pressione Ctrl+C para colocar a seleção naárea de transferência do aplicativo. (Recortar, o outro comando habitualpara adicionar para a área de transferência, não está disponível naBiblioteca.)Na linha de tempo do projeto, posicione a linha de reprodução no pontoonde deve iniciar a operação de colagem e selecione a trilha desejadaclicando no respectivo cabeçalho.Agora pressione Ctrl+V para inserir os clipes da área de transferência paraa trilha indicada, começando na linha de reprodução.Se você selecionar Colar a partir do menu de contexto da linha de tempoem vez de pressionar Ctrl+V, os clipes serão colados na posição doponteiro do mouse na trilha padrão e não na posição da linha dereprodução.Você pode repetir a operação de colagem com o mesmo conjunto de clipestantas vezes quantas desejar. A partir da linha de tempoSelecione um ou mais clipes na linha de tempo e, depois, clique em Copiarou Recortar no menu de contexto da seleção, ou pressione Ctrl+C (copiar)ou Ctrl+X (recortar). Ambos os comandos adicionam os clipes à área detransferência; Recortar remove os clipes originais do projeto, enquantoCopiar deixa-os no local.Cole o conteúdo da área de transferência para a linha de tempo, conformedescrito acima. Os clipes são colados nas mesmas trilhas que ocupavamoriginalmente e com o mesmo espaçamento horizontal. Ao contrário dorecurso arrastar-e-soltar, a área de transferência não suporta amovimentação de clipes entre trilhas. Efeitos na área de transferênciaOs clipes com efeitos aplicados têm uma linha magenta ao longo da bordasuperior. Clique com o botão direito do mouse na linha para acessar o menude contexto Efeito, o qual disponibiliza os comandos Recortar tudo eCopiar tudo para transferir ou compartilhar um conjunto de efeitos entreclipes. Selecione um ou mais clipes de destino e, depois, pressione Ctrl+Vou clique em Colar no menu de contexto da linha de tempo.72 Avid Studio
  • A pilha de efeitos será colada em todos os clipes selecionados. Os clipes dedestino conservam todos os efeitos que já tinham. A pilha de efeitoscolados será colocada no topo dos efeitos existentes. Transições na área de transferênciaClique com o botão direito do mouse na área de transição, no cantosuperior, no início ou no fim de um clipe para acessar o menu de contextoTransição. Selecione Recortar ou Copiar para colocar a transição na áreade transferência.Tal como com os efeitos, as transições podem ser coladas em um ou maisclipes de destino, porém serão sobrescritas todas as transições do tipo(início ou fim) a ser colado. A colagem falha se a duração da transição naárea de transferência for superior à do clipe de destino. VelocidadeA janela Controle da velocidade é iniciada selecionando Velocidade Adicionar ou Velocidade  Editar no menu de contexto de um clipe devídeo ou áudio da linha de tempo. Você pode ajustar as configurações paraproduzir qualquer grau de movimento lento ou movimento rápido em umintervalo amplo. A janela Controle da velocidadeCapítulo 3: O Editor de Filme 73
  • A velocidade real de reprodução do projeto permanece sempre igual. Édefinida uma única vez pela taxa de quadros por segundo nasconfigurações do projeto. Para obter um movimento lento, os novosquadros são interpolados entre os originais; para um movimento rápido sãosuprimidos alguns quadros de origem.As opções fornecidas na caixa de diálogo estão subdivididas em váriosgrupos. ConstanteSelecione a velocidade de reprodução do clipe na forma de um valor entre10 e 500% em relação ao material original. Um valor inferior a 100% seráconsiderado movimento lento.Âncora: Se a opção Constante for selecionada, o clipe é ancorado à linhade tempo por um quadro especificado durante as operações de corte. Vocêpode definir como âncora o primeiro ou o último quadro do clipe, ou oquadro indicado pela posição atual da linha de reprodução. Isso pode serútil para coordenar a ação entre o clipe afetado pela velocidade e o material,como a música de fundo em outras trilhas. AlargamentoNo âmbito desta opção, o primeiro e o último quadros do clipe conformeatualmente cortado permanecerão bloqueados quando o clipe é cortado nalinha de tempo. Encurtar o clipe, em vez de cortar material a partir do fim,acelera o suficiente de modo a terminar no mesmo quadro queanteriormente. Alongar o clipe cortando a sua extremidade para a direitadesacelera-o em vez de expor o material cortado. VídeoA opção Inverter inverte a direção de reprodução sem afetar a velocidade.O áudio síncrono, se algum, é suprimido com esta opção, uma vez que areprodução inversa do som é geralmente indesejável.Avanço e retrocesso uniforme: Esta opção aplica uma técnica de transiçãoespecial para obter a máxima fluidez de movimento de quadro para quadro. ÁudioManter timbre: Esta opção mantém o timbre original do áudio gravado,mesmo quando é reproduzido de modo acelerado ou desacelerado. Afunção se torna menos eficaz quanto mais alterar a velocidade. Excedendodeterminados limites, esta função é completamente desativada.74 Avid Studio
  • Filmes dentro de filmesTodos os projetos de filme que você criar no Avid Studio aparecem comoitens na ramificação Projetos da Biblioteca. Porém o objectivo dos itens daBiblioteca consiste em servir de ingredientes dos filmes. O que aconteceráse você tentar arrastar o Projeto de Filme A para a linha de tempo doProjeto de Filme B?A resposta é muito simples: Tal como com a maioria dos tipos de itens, oProjeto A se torna um único clipe na linha de tempo do Projeto B. Do pontode vista da edição na linha de tempo, ele tem um comportamento igual aode outros itens de vídeo. Você pode cortá-lo, movê-lo, aplicar efeitos etransições, e assim sucessivamente. (O mesmo não se aplica aos projetos dedisco. Estes não podem ser utilizados como clipes em outro projeto.)No entanto, uma cópia da estrutura interna do Projeto A permanece intactadentro deste clipe contentor, juntamente com todos os clipes, efeitos, títulose outros componentes do projeto. Além disso, se você clicar duas vezes noclipe contentor ou selecionar Editar filme a partir do respectivo menu decontexto, um Editor de Filme subsidiário se abre em uma nova janela parapoder trabalhar no “subfilme”. Todas as modificações efetuadas afetamapenas a cópia do projeto dentro do clipe contentor, não o original.A duração do clipe contentor na linha de tempo do projeto principal nãoestá vinculada à duração do subfilme na sua própria linha de tempo.Alongando ou encurtando o subfilme no editor aninhado não altera aduração do clipe contentor no filme principal. Você tem de cortarmanualmente o clipe contentor, se pretender que este corresponda à duraçãodo subfilme. TransiçõesUma transição é um efeito animado especializado para facilitar – ou realçar– a passagem de um clipe para o seguinte. Fade, limpeza e decompor sãotipos comuns de transições. Outros são mais exóticos e muitos empregamgeometria 3D sofisticada para calcular seqüências animadas.Capítulo 3: O Editor de Filme 75
  • Criação de uma transição padrão do tipo fade in “dobrando” o canto superior esquerdo.Podem ser atribuídas duas transições a qualquer clipe, uma em cadaextremidade. Um clipe recentemente criado na linha de tempo não temnenhuma. Quando começa um novo clipe, é feito um corte rígido emrelação ao primeiro quadro. Quando termina, passa para o clipe seguinte(ou preto) de modo igualmente abrupto.O Avid Studio oferece uma ampla variedade de transições para suavizar,complementar ou dramatizar a passagem de um clipe para o seguinte. Criar uma transiçãoO método mais simples para criar uma transição consiste em clicar no cantosuperior esquerdo do clipe e “dobrar” o canto. Assim é criado um fade in(aparecimento progressivo). Quanto maior for a dobra, mais tempodemorará a transição a ser concluída. Um fade out (desaparecimentoprogressivo) resulta da operação correspondente no canto superior direitodo clipe.As transições também podem ser adicionadas à linha de tempo a partir darespectiva seção da Biblioteca (em Elementos criativos). Depois de feita aescolha, arraste-a para um clipe da linha de tempo. Se arrastar a transiçãopara o início ou o fim do clipe, você pode marcar a duração da transição esoltá-la no devido lugar através de uma única operação. Se o clipe já tiveruma transição na extremidade escolhida, ela será substituída pela transiçãoarrastada. Uma transição arrastada para a linha de tempo do projeto.76 Avid Studio
  • Contudo, outra maneira de aplicar uma transição utiliza o comando Enviarpara linha de tempo do menu de contexto de itens na vista da Bibliotecacompacta do Editor de Filme ou o botão Enviar para linha de tempo noPlayer, quando no modo Fonte. A transição é adicionada ao clipe na trilhapadrão na posição da linha de reprodução. Tipos de transiçõesSe o encaixe magnético estiver ativo, a duração de transições é ligada àduração padrão definida nas Configurações do projeto do Painel de controleAvid Studio (um Segundo, por padrão). Você pode arrastar livremente paraqualquer duração fora do alcance do encaixe. Consulte “Configurações doprojeto” na página 269 para detalhes.Uma transição fade out é aplicada no modo de ondulação (ou inserir), oqual cria uma sobreposição empurrando o clipe da direita e todos osadjacentes um pouco para a esquerda. Este comportamento evita que o clipeda esquerda tenha de ser prolongado para a direita para criar a transição, oque produziria um corte excessivo. Contudo, a deslocação dos clipes dadireita causa uma quebra na sincronização com outras trilhas que possamter de ser editadas.Uma transição fade in é adicionada no modo sobrescrever. Não resultaránenhum problema de sincronização, porém poderá ser produzido um corteexcessivo no clipe da esquerda.Para inverter os comportamentos de fade in e fade out, pressione a tecla Altao arrastar e cortar.Para aplicar uma transição a múltiplos clipes selecionados, mantenha atecla Shift pressionada enquanto arrasta uma transição da Biblioteca paraum dos clipes selecionados. A posição em que você solta a transição nesseclipe determina a sua colocação no início de cada clipe selecionado ou nofim. A duração que você prolonga para a transição no clipe de destino éutilizada para todas as transições criadas. A transição não será aplicada aclipes que sejam mais curtos do que a transição criada.Capítulo 3: O Editor de Filme 77
  • Para manter as trilhas sincronizadas ao inserir transições na posição do fim,utilize este recurso de múltipla aplicação para adicionar a mesma transiçãouma vez em cada trilha. Uma vez que cada trilha será afetada da mesmamaneira, elas permanecerão sincronizadas.Se um fade in seguir-se a um fade out, o resultado é chamado de “fadeatravés do preto”. O clipe da esquerda desaparece completamente de modogradual e, depois, o clipe da direita aparece também gradualmente. Não énecessário deixar uma lacuna de um quadro entre os clipes. Substituir uma transiçãoSelecione a transição desejada e arraste-a para uma transição existente. Issosubstitui a animação da transição, mantendo o tipo original (in ou out) e aduração. Ajustar transiçõesAs durações de transições podem ser ajustadas como a duração dos clipes.Repare no ponteiro de ajuste quando o mouse está posicionado próximo dolado vertical do retângulo da transição. Utilize-o para alterar a duração datransição.Como habitualmente, as transições fade out utilizam o modo inserir duranteo ajuste, enquanto as transições fade in usam o modo sobrescrever.Mantenha a tecla Alt pressionada durante o ajuste para inverter estecomportamento.Você pode ajustar uma transição, de modo que sua duração seja zero,eliminando-a eficazmente. Em alternativa utilize Transição  Remover nomenu de contexto da transição. O modo de ondulação é, novamente,utilizado para fade out e o modo sobrescrever para fade in, com a tecla Altdisponível para inverter o padrão.Para definir numericamente a duração de uma transição, clique no campoda duração que surge quando o ponteiro do mouse está sobre o retângulo datransição. (Aplique zoom na linha de tempo para aumentar a largura da telada “dobra” da transição, caso o campo não surja.) Clicando no campo ativaa edição no local, permitindo inserir uma duração com o auxílio do teclado. Menu de contexto da transiçãoEditar: Este comando chama uma janela pop-up, o editor básico detransições, onde pode ser definida a duração da transição.78 Avid Studio
  • Editor básico de transiçõesSe a transição oferecer um editor personalizado para a configuração depropriedades especiais, o botão Editar no editor básico de transição forneceo acesso.A caixa de selecção Inverter está disponível com algumas transições parainverter a animação da transição.Copiar: Este comando coloca a transição na área de transferência,juntamente com o seu tipo (fade in, fade out) e a sua duração. Estaspropriedades serão mantidas pela transição ao ser colada. Por isso não épossível colar um fade in como fade out ou vice-versa.Para colar a transição em um clipe específico, selecione Colar norespectivo menu de contexto.Para colar a transição em todos os clipes selecionados, selecione Colar apartir do menu de contexto de uma área vazia da linha de tempo ou dequalquer clipe selecionado, ou pressione Ctrl+V.Remover: Este comando exclui uma transição. As transições fade in sãoremovidas sem mais demoras. A remoção de uma transição fade out fazcom que os clipes à direita sejam deslocados ainda mais para a direita oequivalente à duração da transição. Isso pode causar perda de sincronizaçãocom outras trilhas. Efeitos do clipeOs efeitos do clipe (também chamados de filtros ou efeitos de vídeo)operam em um clipe de cada vez. Os efeitos estão disponíveis em váriostipos e com várias finalidades. Com keyframing, os parâmetros do efeitopodem ser arbitrariamente alterados ao longo do clipe.Capítulo 3: O Editor de Filme 79
  • Para aplicar um efeito específico a um clipe, localize-o na seção Efeitos daBiblioteca e arraste-o para o clipe que deseja melhorar ou clique duas vezesno clipe e selecione o efeito entre os oferecidos na guia Efeitos do editor demídia do clipe.Múltiplos efeitos podem ser aplicados a um clipe utilizando um destesmétodos. Por padrão, múltiplos efeitos são processados para a reproduçãopela seqüência em que foram adicionados.Na linha de tempo, a borda superior de qualquer clipe a que um efeito sejaaplicado tem a cor magenta. Este indicador de efeito aplicado tem seupróprio menu de contexto, o qual disponibiliza os comandos da área detransferência para cortar e copiar efeitos entre clipes. Consulte “Utilizaçãoda área de transferência” na página 71 para mais informações. Clicandoduas vezes em qualquer clipe abre-o no respectivo editor de mídia, onde osefeitos podem ser adicionados, removidos ou configurados. Consulte oCapítulo 5: Edição de mídia: Efeitos para informações detalhadas. Menus de contexto do clipeClicando com o botão direito em um clipe abre um menu de contexto comcomandos adequados ao tipo de item. Um clipe de vídeo tem um menudiferente de um clipe de título, por exemplo. No entanto, alguns comandossão compartilhados entre a maioria ou todos os tipos. As diferenças deaplicabilidade são notadas nas descrições a seguir.Editar filme: Disponível apenas para clipes (contentores) de filme, estecomando abre o contentor no seu próprio editor de filme. O editor aninhadooferece as mesmas funções e áreas que o editor principal.Editar título: Apenas para títulos, este comando abre o Editor de títulos.(Consulte a página 131.)Editar música: Este comando é para a edição de clipes ScoreFitter.(Consulte a página 187.)Editar montagem: Edite um clipe de montagem no Editor de montagens.(Consulte a página 128).Abrir editor de efeitos: Este comando abre o editor de mídia adequado aoclipe, qualquer que seja o seu tipo, com a guia Efeitos selecionada. Osclipes de montagem, título e contentor são tratados da mesma maneiracomo clipes de vídeo comuns.80 Avid Studio
  • Velocidade: Este comando abre a caixa de diálogo Controle da velocidade,onde você pode aplicar efeitos de movimento rápido e lento a clipesselecionados. Esta opção não está disponível para clipes contentores.(Consulte “Velocidade” na página 73.)Escala: As duas primeiras opções afetam o tratamento de clipes que nãoestejam em conformidade com o atual formato da linha de tempo quandotrazidos para o projeto. (Consulte “Barra de ferramentas da linha detempo” na página 48.)• Ajustar exibe a imagem na taxa de definição correta e redimensionada até ao tamanho máximo sem corte. As partes não utilizadas do quadro são tratadas como transparentes.• Preencher também mantém a taxa de definição da imagem, porém redimensiona-a de modo a evitar partes não utilizadas da tela. Partes da imagem serão cortadas se as taxas de definição não coincidirem. Para ajustar com maior precisão o comportamento de redimensionamento de um clipe, experimente panorâmico e zoom.• Manter alfa, Remover alfa, Gerar alfa: Estes comandos se aplicam a conteúdo com um canal alfa (especificando a transparência pixel a pixel). Essa informação alfa pode entrar em conflito com efeitos do Avid Studio. O comando não está disponível para clipes de áudio puro.Streams ativos: Este comando está disponível para a desativação de fluxosindividuais em clipes contendo vídeo e áudio. É geralmente utilizado comouma maneira fácil de eliminar áudio desnecessário da câmera.Adicionar duração: Insira uma duração numericamente na janela pop-up.Todos os clipes selecionados serão cortados até à duração solicitadaajustando os seus pontos de fim.Separar áudio: Nos clipes com vídeo e áudio, este comando separa o fluxode áudio em um clipe separado em uma trilha separada, permitindooperações de edição avançadas como cortes em L.Localizar fonte: Este comando abre o Navegador da Biblioteca na pastacontendo o item que é a fonte do clipe de vídeo, foto e áudio.Recortar, Copiar, Colar: Mova ou copie uma seleção de clipes usando oscomandos da área de transferência em vez do recurso de arrastar-e-soltar.Excluir: Este comando exclui o clipe ou clipes selecionados.Mostrar informação: Este comando exibe as propriedades do clipe e dosarquivos de mídia subjacentes em forma de texto.Capítulo 3: O Editor de Filme 81
  • CAPÍTULO 4: Edição de mídia: CorreçõesO Avid Studio fornece editores de mídia para cada um dos três principaistipos de mídia: vídeo, fotos (e outras imagens) e áudio. A maneira habitualpara acessar um destes editores consiste em clicar duas vezes em um itemde mídia na Biblioteca ou em um clipe de mídia na linha de tempo doprojeto.Todos os três editores fornecem duas famílias de ferramentas chamadasEditor de mídia (Correções) e Efeitos. Estas são apresentadas como guiasno topo da janela do editor. (O Editor de Foto tem uma terceira guia, para aferramenta Panorâmico e zoom.) Os seis grupos incluídos na família Efeitos no Editor de Vídeo. Se um editor for chamado a partir da Biblioteca, a guia Efeitos não aparece.As ferramentas na família Correções são projetadas para repararimperfeições no vídeo, em fotos e outra mídia utilizada nos projetos. Osdefeitos resolvidos pelas ferramentas são aqueles encontrados com maisfreqüência em mídia gravada. Você pode endireitar uma foto com umhorizonte inclinado, melhorar a clareza de uma trilha de música abafada oucorrigir o “balanço do branco” de uma cena de vídeo, para indicar apenasalgumas possibilidades.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 83
  • A aplicação de Correções não modifica os seus próprios arquivos de mídia.Em vez disso, os parâmetros eventualmente definidos são armazenados nobanco de dados da Biblioteca (associado a um item específico) ou noprojeto (associado a um clipe específico). Corrigir itens da BibliotecaApenas uma guia da família de ferramentas – Correções (Editor de mídia)– está disponível para uso quando são trazidos itens da Biblioteca para umeditor de mídia. A guia Efeitos, e Panorâmico e zoom para fotos, surgeapenas se o editor tiver sido aberto para editar um clipe da linha de tempo.Utilizar itens corrigidos: Se você aplicar Correções a um item daBiblioteca, as configurações de correção são transferidas juntamente com oitem quando este é adicionado a um projeto. Todos os projetos futurosbeneficiam da correção. Você pode efetuar outras correções na linha detempo, se desejar, porém elas não terão efeito no item da Biblioteca.Salvar correções alternativas: Os itens corrigidos da Biblioteca podem seropcionalmente salvos (com Arquivo  Salvar como) como arquivos deitens independentes. Isso permite ter duas (ou mais) variações de um itemespecífico com diferentes nomes, cada uma incorporando um conjuntodiferente de correções.Remover correções: O menu de contexto de itens da Biblioteca quetenham correções inclui um comando Reverter para o original pararestaurar o estado não corrigido.Correções durante exportação direta: Se você escolher exportar a mídiada Biblioteca diretamente, em vez de construir um projeto nas linhas detempo de filme ou disco, as configurações de correção são aplicadas àsaída. Corrigir clipes da linha de tempoSe um clipe da linha de tempo do Editor de Filme ou do Editor de Disco foraberto em um dos editores de mídia, você pode utilizar a família deferramentas Correções para alterá-lo a gosto sem afetar os itens daBiblioteca ou outros clipes. Essas alterações ao clipe se tornam parte doprojeto.Se você desejar remover correções de um clipe na linha de tempo, selecioneo comando do menu de contexto Abrir editor de efeitos e, depois, mudepara a ferramenta Correções. Os painéis de configurações indicam por meiode destaque as configurações que foram modificadas. Utilize essapossibilidade para localizar e restaurar as correções.84 Avid Studio
  • Para detalhes sobre a utilização de um editor de mídia específico, consulte“Corrigir fotos” na página 90; “Corrigir vídeo” na página 95 ou “Corrigiráudio” na página Fehler! Textmarke nicht definiert.. Visão geral da edição de mídiaOs editores de mídia podem ser abertos para acessar as ferramentasdisponíveis de várias maneiras, tanto a partir da Biblioteca como da linhade tempo.Para abrir a partir da Biblioteca:• Clique duas vezes no ícone ou registro de texto de um item de vídeo, foto ou áudio; ou• Selecione o comando Abrir em Correções (Editor de mídia) do menu de contexto do item.Para abrir a partir do Player da Biblioteca:• Depois de clicar no botão Reproduzir em um item da Biblioteca para abrir o Player da Biblioteca, clique no ícone da roda dentada na área inferior direita.Para abrir a partir da linha de tempo do projeto:• Clique duas vezes no clipe na linha de tempo; ou• Selecione o comando Abrir editor de efeitos do menu de contexto do item; ou• Utilize o menu de contexto Efeito  Editar na tira colorida que surge ao longo da borda superior dos clipes a que tenham sido aplicados efeitos.Para fechar a janela do editor de mídia:• Clique no botão Cancelar; ou• Clique no botão Fechar (X) no canto superior direito. Caso tenham sido efetuadas alterações, você poderá salvá-las.• Clique no botão OK.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 85
  • Pré-visualizarO painel central em cada editor de mídia é uma pré-visualização visual damídia, mostrando o resultado da aplicação de correções e efeitos, ou umavisualização do áudio.Se estiver sendo editada mídia de vídeo com trilhasonora integrada, o Editor de Áudio e o Editor deVídeo estarão disponíveis em simultâneo através de guias na área superioresquerda da janela. Barra de títuloMenus Arquivo e Editar: Caso você tenha chamado o editor de mídia apartir da Biblioteca, o menu Arquivo permitirá salvar uma nova cópia (ou“Atalho”) do item atualmente carregado. Os atalhos são armazenados naBiblioteca sob o nome original acrescido de um número seqüencial. Omenu Editar oferece os comandos de edição padrão para Desfazer / Refazer,bem como Cortar, Copiar e Colar.Desfazer/Refazer: Na área superior esquerda dajanela, ao lado dos menus, os botões gráficosDesfazer e Refazer permitem avançar ou recuar nohistórico da edição. Trabalhando com o grupo Melhorar de correções no Editor de Vídeo.86 Avid Studio
  • O NavegadorA tira do Navegador na área inferior de todas as janelas do editor de mídiapossibilita o carregamento de outros itens da Biblioteca ou outros clipes dalinha de tempo. Quando chamado a partir da Biblioteca, a tira do Navegador na área inferior do editor de mídia permite acessar outros itens atualmente em exibição no Navegador da Biblioteca.O clipe atual está destacado. Você pode mudar para a edição de um itemdiferente clicando em outro elemento no Navegador, utilizando as setas àdireita e esquerda para ajudar na rolagem, se necessário. Se fizer assim, asalterações efetuadas ao item atualmente carregado são automaticamentesalvas, como se tivesse sido clicado o botão OK.Você pode ocultar o Navegador clicando no respectivo botão naárea inferior da janela do editor de mídia.Opções de exibiçãoCompartilhando a barra de ferramentas inferior com o botão Navegadorestão alguns botões relacionados com a exibição.Solo: Este botão está disponível apenas se o editor de mídia forselecionado a partir da linha de tempo do projeto. Enquantoestiver destacado, o clipe atual no Navegador é exibido de modo isoladodurante a pré-visualização, sem ter em conta o efeito de eventuais clipesacima ou abaixo dele na linha de tempo. Se o botão não estiver destacado,todas as trilhas da linha de tempo podem contribuir para a pré-visualização.Zoom: A barra de rolagem na extrema direita da barra de ferramentasgarante um escalonamento contínuo da imagem de pré-visualização.Opções de zoom da pré-visualização: Ajustar adapta o tamanhoda pré-visualização, de modo que a altura e a largura da imagemnão excedam o espaço disponível, mesmo quando estão abertas todas asferramentas. Preencher utiliza a área de trabalho disponível completa,incluindo abaixo do painel de configurações e da régua. Tamanho real (1:1)exibe a imagem no tamanho original da fonte.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 87
  • Tela inteira: Quando ativo, este botão ajusta a imagem depré-visualização ao monitor atual e remove outras ferramentas daexibição. Para sair do modo de tela inteira, pressione Esc ou utilize o botãoFechar (X) na área superior direita da janela.Vista antes/depois: Este botão surge apenas para mídia de foto.Para detalhes, consulte “Antes/depois” na página 90. Zoom com lupaA menos que um efeito ou ferramenta de correção esteja ativo, o ponteirodo mouse tem a forma de uma lupa. Com este ponteiro, um único cliqueaumenta, Alt+clique reduz e um clique duplo alterna entre Ajustar (consulte“Opções de zoom da pré-visualização” acima) e a escala atual. Mover a pré-visualização na janelaA imagem de pré-visualização pode ser arrastada com o mouse paraqualquer lugar dentro da área de trabalho. Isto é útil para o escalonamentoda imagem enquanto está ampliada. Contudo, a visualização da onda noEditor de Áudio não pode ser arrastada.Informações e legendasO botão Informação na área inferior esquerda de qualquer editor de mídiaabre uma janela com informações sobre o arquivo atual.O campo Legenda, que está disponível apenas quando o editor de mídia échamado a partir da Biblioteca, permite renomear o item atual.88 Avid Studio
  • O painel ConfiguraçõesSe você selecionar um efeito ou uma ferramenta que tenha configuraçõesajustáveis, um painel surge na seção superior direita da janela. O painel de configurações permite ajustar as configurações disponíveis para uma correção ou efeito. Neste exemplo são exibidas as configurações para o grupo Melhorar das correções de fotos.Definir valores numéricos: Os campos com configurações numéricas têmum controle deslizante cinza dentro de um campo cinza mais escuro. Cliqueuma vez dentro deste campo para colocá-lo no modo de entrada numérico,onde você pode digitar o valor desejado para o parâmetro. Em alternativa,arraste o controle deslizante para a esquerda ou direita com o mouse. Umclique duplo restaura o valor padrão.Comparar conjuntos de parâmetros: Um ponto (laranja) destacado surgeà direita do campo se o valor de uma configuração for alterado do padrão.Depois disso, clicando no ponto alterna entre o valor padrão e o valor nãopadrão mais recente. O ponto à direita do nome do efeito ou correçãoalterna entre os valores padrão ou personalizado de todos os parâmetros.Parâmetros vinculados: Alguns parâmetros estão configurados paramudar em sincronismo. Isso é indicado pela presença do símbolo de umcadeado. Clique no símbolo para ativar/desativar o vínculo.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 89
  •  CORRIGIR FOTOSPara informações sobre a abertura do Editor de Foto para acessar asferramentas de correção, juntamente com funções gerais dos editores demídia, consulte “Visão geral da edição de mídia” na página 85. Ferramentas de edição de fotosEstas ferramentas se situam na barra inferior do Editor de Foto. Estãodisponíveis para fotos e outras imagens gráficas carregadas apenas a partirda Biblioteca. As imagens abertas a partir da linha de tempo do projeto nãotêm acesso a elas.Rotação da imagemDois ícones de seta giratória estão situados à esquerda,abaixo da pré-visualização da imagem. Clique nos ícones paragirar uma imagem da Biblioteca em sentido horário ou anti-horário emintervalos de 90 graus.A rotação só está disponível no Editor de Foto quando a foto é aberta apartir da Biblioteca. Os clipes abertos a partir da linha de tempo do projetonão podem ser girados utilizando o efeito Editor 2D.Antes e depoisAo editar fotos, você pode comparar diretamente o original com aversão corrigida. As três vistas disponíveis podem ser acessadasatravés da seta à direita do botão.Dividir imagem: A metade inferior da pré-visualização exibe as correções.Você pode ajustar a posição vertical da linha de divisão arrastando a partecentral da linha para cima ou para baixo com o mouse. Você também podedividir a imagem na diagonal agarrando a linha de cada lado e girando.Imagem inteira lado a lado: A imagem da direita mostra as correções.Imagem inteira acima e abaixo: A imagem inferior mostra as correções.90 Avid Studio
  • Correções de fotosAs Correções dentro do Editor de Foto são: Melhorar, Cortar, Endireitar eOlhos vermelhos.Melhorar fotosEsta área inclui ferramentas para resolução de problemas relacionados coma cor e a iluminação. ContrasteEste controle aumenta a diferença entre as áreas claras e escuras de umaimagem. Aumentando o contraste é possível dar vida a uma fotografia semgraça, embora correndo o risco de perder definição em áreas que já sejammuito claras ou muito escuras. TemperaturaO controle Temperatura da cor altera a composição da cor de uma imagempara torná-la “mais quente” ou “mais fria”. A iluminação interior, como aluz de tungsténio ou de velas, é interpretada como quente, enquanto a luzdiurna, principalmente a sombra, é vista como fria. Utilizando o controle datemperatura são primeiro alterados os valores de amarelo e azul em umaimagem, com pouco efeito no verde e no magenta. BrilhoEste controle funciona como o botão Brilho em um televisor. Afeta as áreasclaras e escuras da imagem de modo uniforme. Para um controle maispreciso da edição do brilho, utilize a função Brilho seletivo. SaturaçãoEste controle regula a intensidade da cor de uma imagem. Aumentando ovalor faz com que as cores fiquem mais vívidas ou, até, sensacionalistas.Diminuindo o valor retira a cor à imagem até, com o valor zero, restaremapenas tons de cinza. Para um controle mais preciso da saturação, utilize afunção Saturação seletiva.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 91
  • Balanço do brancoUm fraco balanço do branco é detectado quando áreas supostamentebrancas de uma imagem apresentam uma ligeira coloração oupredominância de cor. Para corrigir isso, ajuste o espectro da imagem comdois controles.Seletor da escala de cinza: Ative o seletor e clique em uma áreanominalmente branca ou cinza da imagem, onde não esteja previsto havercoloração.Círculo de cores: Deslize o ponto de controle do centro de um campocolorido até a coloração indesejada ser removida da imagem. Brilho seletivoPara poder editar áreas brilhantes específicas em uma imagem sem afetaroutras, são fornecidos cinco controles separados do brilho:Pretos: Este controle afeta apenas as áreas mais escuras da imagem. Paramelhores resultados, deixe a edição de Pretos e Brancos para o fim.Luz de preenchimento: Aumentando este controle deslizante podeproduzir mais detalhes em áreas com sombra (mas não pretas) de umafotografia de alto contraste.Alcance médio: A área afetada por este controle deslizante inclui o alcancemédio inteiro da iluminação.Destaques: Este controle afeta as áreas brilhantes da imagem. Pode serutilizado para diminuir as áreas demasiado expostas devido a flashes,reflexos ou sol brilhante.Brancos: Este controle deslizante afeta as partes da imagem que sejamconsideradas “brancas”. Edite os controles Brancos e Pretos por último. Saturação seletivaEnquanto a correção Saturação padrão aumenta a saturação da cor de modouniforme ao longo de todo o espectro, a Saturação seletiva permiteaumentar ou suprimir individualmente as cores primárias e secundárias. Porexemplo, se o azul parecer demasiado forte, essa cor pode ser atenuada semafetar a intensidade das outras cores. AvançadoEste painel de controles adicionais oferece uma série de funções úteis.92 Avid Studio
  • • Exposição: Esta simula o efeito que teria sido produzido com o aumento ou a diminuição da exposição da imagem (a quantidade total de luz utilizada para criar uma fotografia).• Corte suave: O corte suave tenta recuperar os detalhes perdidos no topo e na base do alcance da luminância reduzindo os destaques extremos, os pretos e a saturação.• Combinar com original: Este controle deslizante mistura a imagem original (na posição inicial) com a imagem alterada (0 a 100%).• Limites CCIR: Esta configuração limita os valores da cor utilizados na imagem para a gama de sinais de TV/vídeo permitidos pelo CCIR (Comité Consultatif International des Radiocommunication).• Mostrar informação: Selecione este caixa para mostrar vários histogramas dos dados da imagem.CortarUtilize esta ferramenta para realçar uma seção específica em uma imagemou para remover componentes indesejados. Cortando uma imagem.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 93
  • Caixa delimitadora (quadro de corte): Após selecionar a ferramenta decorte, é colocado um quadro redimensionável sobre a imagem. Arraste oslados e os cantos do quadro para cortar a imagem ou arraste o centro dacaixa delimitadora após o corte para ajustar a sua posição.Taxa de definição: A lista suspensa Taxa de definição na barra de controlepode ser utilizada para garantir que o retângulo de corte mantenha umaproporção padrão desejada durante o redimensionamento. São suportadas astaxas de definição Padrão (4:3) e Tela de cinema (16:9).Pré-visualizar: Esta função exibe a imagem cortada sem o materialcircundante. Pressione Esc ou clique na imagem para voltar à vista deedição.Limpar, Cancelar e Aplicar: Limpar retorna a caixa delimitadora àsdimensões originais; Cancelar fecha sem salvar eventuais ediçõesefetuadas; Aplicar salva a imagem alterada sem sair do editor.EncurtarEsta correção permite endireitar uma imagem, na qual estão visivelmenteinclinados elementos que deveriam estar exatamente na horizontal ouvertical. A menos que você tenha cortado a imagem, ela é dinamicamenteredimensionada à medida que é girada, no sentido de evitar que os cantossejam visivelmente cortados. Com uma imagem cortada, não tem lugar oredimensionamento enquanto houver material em excesso suficiente parapreencher os cantos vazios. Pronto para endireitar uma imagem (em combinação com retícula).Várias funções relativas a Encurtar são fornecidas na barra de ferramentasabaixo da pré-visualização.94 Avid Studio
  • Opções das linhas de guia: Os dois botões na extrema esquerda da barrade ferramentas definem o modo de sobreposição das linhas napré-visualização como guia para endireitar. A seleção de um botão anula aseleção do outro. O botão Retículas (mais à esquerda) adiciona um par delinhas cruzadas que podem ser arrastadas com o mouse para servir dereferência para um correto alinhamento vertical e horizontal em qualquerponto da imagem. O botão Grelha produz um padrão de grelha repetida efixa sobre a imagem inteira.Definir ângulo: Para definir o grau de rotação, você pode utilizar ocontrole deslizante na barra de rolagem abaixo da imagem ou clicar emanter pressionado o botão esquerdo do mouse enquanto arrasta o mousesobre a imagem. São suportadas rotações até 20 graus em cada direção.Limpar, Cancelar e Aplicar: Limpar retorna a imagem ao estado original;Cancelar fecha sem salvar eventuais edições efetuadas; Aplicar salva aimagem alterada sem sair do editor.Olhos vermelhosEsta ferramenta corrige o efeito de olhos vermelhos que ocorrefreqüentemente nas fotografias com flash, quando o sujeito olhadiretamente para a câmera. Marque a área à volta dos olhos vermelhos como mouse. Não deve ser necessária uma precisão extrema, porém você podeexperimentar alterar a área ligeiramente, caso esteja insatisfeito com acorreção.Limpar, Cancelar e Aplicar: Limpar retorna a imagem ao estado original;Cancelar fecha sem salvar eventuais edições efetuadas; Aplicar salva aimagem alterada sem sair do editor. CORRIGIR VÍDEOPara informações sobre a abertura do Editor de Vídeo para acessar asferramentas de correção, juntamente com funções gerais dos editores demídia, consulte “Visão geral da edição de mídia” na página 85. Tal como osoutros editores de mídia, o Editor de Vídeo tem uma tela depré-visualização central e uma área à direita para as configurações decorreções e efeitos. Se o vídeo incluir uma trilha de áudio, também surgirãopainéis flutuantes para gerenciamento do áudio.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 95
  • Estes são posicionados originalmente na área superior esquerda, porémvocê pode arrastá-los para novas posições em qualquer lado da janela. Alternância entre vídeo / áudioSe estiver presente uma trilha de áudio, é fornecidauma guia na área superior esquerda da tela paramudar para o Editor de Áudio. Para detalhes sobre os controles disponíveisquando a guia Áudio está selecionada, consulte “Editor de Áudio” napágina 167. Exibição da forma de ondaEste painel flutuante mostra uma seção do gráficodo volume do áudio ao longo da extensão de vídeo.A região da forma de onda exibida é centrada naposição de reprodução atual.Se mudar para o Editor de Áudio, você verá umpainel de pré-visualização do vídeo na mesma localização na tela. Consulte“O Editor de Áudio” na página 167. Ferramentas de vídeoEstas ferramentas se encontram na barra de ferramentas da linha de tempoabaixo da pré-visualização do Editor de Vídeo. À esquerda estão oscontroles dos marcadores descritos na página 98. Os restantes controles sãopara pré-visualizar e cortar a mídia.Transporte: A roda de transporte permite um controle bidirecional suavesobre uma gama de velocidades durante a pesquisa de vídeo ou áudio. Osdois tipos de mídia podem ser visualizados a uma velocidade reduzida. Osatalhos J (inverter), K (pausar), L (para a frente) e cada um destes emcombinação com a tecla Shift (para uma reprodução lenta) permitem umfácil deslocamento e transporte a partir do teclado.Controles de transporte: O ícone com seta oval ativa a reproduçãoinfinita. Os restantes controles são (da esquerda para a direita): Recuar,Recuar um quadro, Reproduzir, Avançar um quadro, Avançar.96 Avid Studio
  • Monitor do áudio: O ícone do alto-falante define o volume de reproduçãodo sistema, mas não afeta o nível do áudio gravado. Clique uma vez noalto-falante para tirar o som ou clique no controle deslizante à direita doícone para ajustar o volume de monitorização. Para definir o nível dereprodução do próprio clipe, utilize o misturador de canais. Consulte“Misturador de canais” na página 168.Exibições do código temporal: O campo esquerdo indica a duração damídia assim cortada. O campo direito exibe a posição de reprodução atual.No que respeita a um item da Biblioteca, a posição de reprodução é relativaao início da mídia. No caso de um clipe é indicada a posição de reproduçãodentro do projeto.Definir a posição numericamente: Clique no campo do código temporaldo lado direito para a posição e insira uma posição no formato“hh:mm:ss.xxx”. Depois de pressionar a tecla Enter, a linha de reproduçãosalta para a localização especificada, caso essa posição esteja presente noclipe. Pressione a tecla Esc para desfazer a alteração e sair do modo deentrada.Corte de itens: No caso dos itens da Biblioteca, os marcadores laranja emcada extremidade da régua temporal permitem escolher os próprios pontosde entrada e saída para a reprodução. São, assim, estabelecidos os pontosfinais do clipe, caso o clipe seja utilizado em um projeto.Régua: A régua temporal exibe uma escala, cujas gradações dependem dofator de zoom atual. Se clicar em algum ponto nesta régua, a linha dereprodução (consulte abaixo) salta para essa posição.Linha de reprodução: Esta linha vermelha, com o respectivo manípulo, ocontrole deslizante, está sincronizada com a imagem atualmente exibida(para vídeo) e também com a linha vermelha ilustrada na exibição da formade onda (para áudio). Você pode posicioná-la de modo arbitrário clicando earrastando o controle deslizante ou arrastando dentro da forma de onda.Barra de rolagem e zoom: Você altera o nível de zoom da exibiçãoarrastando as linhas duplas para a direita e a esquerda situadas naextremidade da barra de rolagem. Quando a barra fica mais pequena, abarra de rolagem pode ser movida para a frente e para trás como um todo,permitindo aumentar a forma de onda do clipe de áudio ou deslocar comprecisão adicional. Clique duas vezes na barra de rolagem para fazê-lavoltar à largura total do clipe. Você também pode aplicar zoom arrastando aárea da régua para a esquerda e direita.Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 97
  • MarcadoresOs marcadores são pontos de referência visual que podem ser definidos narégua temporal para identificar alterações de cena ou outras referências deedição. O Painel de marcadoresDefinir e mover marcadores: Posicione a linha de reprodução nalocalização onde o marcador deve ser definido. Clique no botãoAtivar/desativar marcador à esquerda da barra de ferramentas ou pressionea tecla M. Só pode ser definido um marcador por quadro.Para mover um marcador: Ctrl+clique e arraste para a esquerda oudireita.Excluir o marcador: Clique no marcador para mover a linha dereprodução para essa posição e, depois, pressione a tecla M ou clique nobotão Ativar/desativar marcador.Você também pode excluir marcadores com o auxílio da lista no Painel demarcadores, o qual é aberto se clicar duas vezes em um marcador na réguaou clicar na seta para baixo ao lado do botão Ativar/desativar marcador.O Painel de marcadores mostra os marcadores que foram definidos namídia atualmente em exibição, por ordem ascendente, com o código da cor,o nome e a posição. A maioria dos comandos disponíveis se aplica aomarcador atualmente selecionado. A exceção é o botão Excluir todos osmarcadores na área inferior do painel.Clicando em um marcador na lista seleciona-o para edição. Ao mesmotempo, a linha de reprodução salta para a posição do marcador.98 Avid Studio
  • Editar nome: O campo Nome permite a inserção de um nome específicopara o marcador atualmente selecionado, se desejar. As setas para aesquerda e para a direita ao lado do nome constituem outra maneira depercorrer a lista de marcadores.Posição: Você pode editar diretamente a posição de um marcador aqui naforma de código temporal.Cor do marcador: Defina a cor do marcador atual (e dos marcadoresposteriormente criados) clicando em um dos botões de cores disponíveis.Lixeira: O ícone da lixeira em cada fila da lista de marcadores permiteexcluir marcadores individuais. Correções de vídeoAs ferramentas de correção dentro do Editor de Vídeo são as seguintes:Melhorar, Instantâneo e Estabilizar.MelhorarAs correções Melhorar para vídeo são iguais às disponíveis para fotos eoutras imagens. Consulte “Melhorar fotos” na página 91.InstantâneoA ferramenta Instantâneo permite adquirir um único quadro de um vídeo esalvá-lo como foto. Os seus controles são semelhantes aos disponíveis paraa correção Cortar para fotos.Quadro de seleção e Taxa de definição: O quadro para a seleção de umrecorte de imagem pode ser redimensionado agarrando os seus lados ecantos ou arrastado dentro da pré-visualização agarrando-o no centro.Pré-visualizar: A pré-visualização mostra as imagens cortadasselecionadas sem as ferramentas Instantâneo. Pressione Esc ou clique umavez na imagem para visualizar novamente as ferramentas.Aplicar: O botão Aplicar exporta a imagem cortada como arquivoJPEG e, depois, cancela o corte na pré-visualização. Os instantâneossão armazenados na Biblioteca em Minhas imagens  Imagens.Você pode encontrar um novo item voltando à Biblioteca e clicando nobotão especial Localizar item adicionado que é temporariamente exibido nabarra de rodapé da Biblioteca. O novo arquivo de mídia é criado em:Capítulo 4: Edição de mídia: Correções 99
  • [Usuário registrado]Meus documentosMinhas imagensImagensLimpar e Cancelar: Limpar retorna o quadro de seleção à configuraçãooriginal (imagem completa), enquanto Cancelar sai da edição doinstantâneo sem criar uma nova mídia.EstabilizarDe modo semelhante à estabilização eletrônica em filmadoras digitais, estaferramenta minimiza a vibração causada pelos movimentos involuntários dacâmera. Com este efeito, as áreas exteriores da imagem são removidas euma parte variável da imagem é aumentada em aprox. 20% para preenchero formato da imagem. CORRIGIR ÁUDIOO Editor de Áudio pode ser utilizado para mídia de somente áudio, comoarquivos wav, e para vídeo com uma trilha de áudio (“original” ou“síncrona”) incluída.Para informações sobre a abertura do Editor de áudio para acessar asferramentas de correção, juntamente com funções gerais dos editores demídia, consulte “Visão geral da edição de mídia” na página 85.Para uma visão geral de informações relacionadas com áudio, consulte oCapítulo 8: Som e música, página 165. A descrição do Editor de Áudio, emparticular, começa na página 167. Para descrições das ferramentas decorreção individuais, consulte também “Correções de áudio” na página 172.100 Avid Studio
  • CAPÍTULO 5: Edição de mídia: EfeiteosO Avid Studio tem três editores de mídia, para vídeo, fotos e áudio,respectivamente. Seu funcionamento geral é descrito em “Visão geral daedição de mídia”, a partir da página 85.Uma das principais funções dos três editores de mídia consiste em fornecerferramentas complementares aplicáveis distribuídas por duas famílias:Correções e Efeitos, juntamente com a função Panorâmico e zoomdisponível apenas no Editor de Foto. Este capítulo proporciona umaintrodução geral à edição de efeitos e, depois, foca os efeitos visuais nosEditores de Foto e Vídeo, bem como Panorâmico e zoom. Para informaçõesespecificamente sobre as correções e os efeitos de áudio, consulte oCapítulo 8: Som e música.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 101
  • Trabalhando com efeitos visuais no Editor de Foto. No topo são listados vários grupos de efeitos. No centro, uma pré-visualização mostra a imagem com os efeitos aplicados; os parâmetros para personalizá-los estão disponíveis à direita. Na área inferior, os controles de transporte e uma linha de tempo suportam a animação dos efeitos com keyframing.Correções vs. efeitosAs ferramentas da família Correções se destinam principalmente àresolução de imperfeições muitas vezes encontradas nos arquivos de mídiaatuais – fraco balanço do branco em fotos, ruído de vento em trilhassonoras e assim sucessivamente. Ao contrário dos efeitos, as ferramentas decorreção podem ser aplicadas a itens da Biblioteca, não apenas a clipes nalinha de tempo do projeto. Se forem aplicadas correções na Biblioteca, oseu benefício é transmitido a todos os projetos que utilizem os itensmelhorados. Consulte o Capítulo 4: Edição de mídia: Correções na página83 para detalhes sobre Correções e como utilizá-las. O funcionamento geraldos editores de mídia também é descrito nessa seção a partir da página 85.Sobre os efeitos “Efeitos" é um termo genérico que abarca uma ampla variedade deferramentas de software para a manipulação da mídia. Inclui ferramentas deapresentação como Editor 2D, transformações atmosféricas como Filmeantigo e alguns toques teatrais como Fogo fractal, cujo lado divertido vocêcertamente não conseguirá dispensar.102 Avid Studio
  • Tal como acontece com as Correções, você pode aplicar efeitos a clipes nalinha de tempo do projeto. Basta clicar duas vezes no clipe para abrir oeditor de mídia adequado com a respectiva guia Efeitos já aberta.Panorâmico e zoomO Editor de Foto fornece uma terceira guia, Panorâmico e zoom, paraacompanhar as guias Correções e Efeitos. A ferramenta Panorâmico e zoomé um acessório versátil que permite adicionar movimento e drama aqualquer fotografia de alta resolução, entre outros usos. Consulte“Panorâmico e zoom” na página 114 para detalhes. Efeitos nos editores de mídiaComo outros recursos para o projeto, os efeitos estão armazenados naBiblioteca. Você encontra-os na Árvore de itens em Efeitos, na ramificaçãoElementos criativos. Tal como outros tipos de recursos da Biblioteca, vocêpode utilizar todos os recursos habituais – Coleções, classificações, marcase outros – para ajudar na organização dos muitos efeitos disponíveis.Você pode aplicar um efeito da Biblioteca diretamente a um clipe na linhade tempo do projeto com o auxílio do recurso arrastar-e-soltar. Os clipesaos quais foi adicionado um efeito são identificados por uma borda superiorem cor brilhante.Se você clicar duas vezes em um clipe na linha de tempo, o respectivoeditor de mídia se abre automaticamente com a guia Efeitos selecionada.Estão disponíveis seis grupos de efeitos. Clique no nome do grupo para veros efeitos contidos no mesmo.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 103
  • O grupo Filmadora dos Efeitos está aberto no Editor de Foto. O ponteiro do mouse está posicionado sobre a miniatura do efeito Inverter (lado esquerdo), resultando na sua demonstração automática na pré-visualização.Os ícones de miniatura dos efeitos no grupo atualmente selecionado sãoexibidos em uma bandeja ocupando toda a largura no topo da área detrabalho. Com os efeitos visuais, à medida que o ponteiro do mouse passasobre os ícones de efeitos, a pré-visualização apresenta o aspecto que oclipe sendo editado teria se cada efeito fosse aplicado. Depois de ter feitosua escolha, clique na miniatura do efeito para aplicá-lo. Personalização de um efeitoDepois de aplicado um efeito a um clipe, utilizando um dos métodos acimamencionados, você pode voltar ao editor de mídia a qualquer momento paramanipular as configurações do efeito. Clique duas vezes no clipe na linhade tempo ou selecione Abrir editor de efeitos, caso você pretendapersonalizar o efeito. Consulte “O painel Configurações” na página 107para mais informações.Para salvar as modificações e voltar à linha de tempo, clique em OK. Paracancelar as modificações e voltar à linha de tempo, pressione Cancelar. Mudar para um novo clipeMesmo sem sair de um editor de mídia, você pode mudar de um clipe dalinha de tempo para outro com o auxílio do Navegador, uma representaçãoesquemática do projeto que é opcionalmente exibida no espaçoimediatamente acima da barra de rodapé da janela do editor.104 Avid Studio
  • Para ativar/desativar a visibilidade do Navegador, clique no íconeda bússola na área inferior direita da janela.Cada clipe no projeto é representado no Navegador por meio de uma barracolorida. O layout das barras em um eixo temporal horizontal com trilhasdispostas na vertical corresponde à linha de tempo. A barra representando oclipe sendo presentemente editado é destacada na cor laranja. O mouse se situa sobre o botão da bússola para desativar o Navegador, a área imediatamente acima da fila de botões, onde os clipes do projeto são representados por barras horizontais.Se você clicar em uma das outras barras, as alterações eventualmenteefetuadas ao clipe atual serão automaticamente salvas; o clipecorrespondente a essa barra clicada será, então, carregado. Se o novo clipefor de outro tipo de mídia, o editor apropriado será automaticamente aberto. Modo SoloPor vezes, durante a edição de um efeito, é útil ver as outrascamadas da linha de tempo – aquelas acima e abaixo da camadaatual contendo o clipe em que você está trabalhando. Noutras ocasiões,você pode simplificar uma situação de edição complexa desativando a outratrilha.O modo Solo é iniciado ou parado com o botão Solo e o respectivo menususpenso na área inferior direita do Editor de mídia. São possíveis trêsconfigurações:• Desativado: Se o modo Solo estiver ativado, clicando mais uma vez neste botão irá desativá-lo. Todas as camadas da linha de tempo são, depois, utilizadas na pré-visualização. Por vezes a camada atual pode ser oculada por uma camada acima da mesma na linha de tempo.• Mostrar a mídia e as trilhas abaixo: Com esta opção, a camada atual e todas as camadas abaixo dela são pré-visualizadas, mas os clipes nas camadas acima da camada atual são ocultados.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 105
  • • Mostrar apenas a mídia: Esta opção permite mostrar na pré-visualização apenas a camada em que você está atualmente trabalhado. Pré-visualizar efeitosNa seção Elementos criativos da Biblioteca, você pode pré-visualizar umaamostra de cada efeito diretamente nos ícones na vista de miniaturas ou najanela separada do Player. Essas amostras permitirão ficar com uma idéiado aspecto do efeito, porém por vezes apenas fornecem uma dica daspossibilidades que estarão disponíveis após uma personalização,keyframing e combinação com outros efeitos.Conforme mencionado anteriormente, você pode ver uma pré-visualizaçãodo efeito em sua própria mídia – sem realmente aplicá-lo – passando omouse sobre o ícone do efeito no editor de mídia de um clipe na linha detempo. Se, depois, decidir aplicar o efeito, basta clicar na miniatura. Efeitos na linha de tempoPara verificar se foram aplicados efeitos a um clipe da linha de tempo,procure por uma tira magenta ao longo da borda superior do clipe. Esteindicador de efeito aplicado ao clipe e o próprio clipe disponibilizamcomandos úteis no menu de contexto para gerenciamento do efeito. O indicador de efeito aplicado ao clipe corresponde a uma tira de contraste ao longo da borda superior de um clipe ao qual tenha sido aplicado um efeito.Um clipe com correções, mas sem efeitos, não exibe o indicador de efeitonem disponibiliza o menu de contexto. Menu de contexto do clipeAbrir editor de efeitos: Este comando abre o editor de mídia adequado aoclipe, com a guia Efeitos selecionada. Nessa guia, você pode aplicar novosefeitos ao clipe ou modificar os existentes.106 Avid Studio
  • Colar: Os efeitos podem ser cortados ou copiados para a área detransferência utilizando os comandos no menu de contexto do indicador deefeito aplicado ao clipe. O comando Colar permite aplicar o efeito a um oumais clipes. Menu de contexto do indicador de efeito aplicado ao clipeCortar tudo, Copiar: Estas funções permitem que os efeitos atribuídos aum clipe possam ser cortados ou copiados para a área de transferência e, apartir daí, aplicados a um ou mais clipes, conforme descrito acima.Excluir tudo, Excluir: Remova todos os efeitos de um clipe de uma só vezcom o comando Excluir tudo ou exclua um efeito específico escolhendo-ono submenu Excluir.Editar: A partir deste submenu de efeitos aplicados, escolha um paraconfiguração no editor de mídia do clipe.Tempo real vs. renderizadoO Avid Studio tenta sempre pré-visualizar os efeitos em tempo real semuma pré-renderização. Se a reprodução de efeitos (ou transições) forinsatisfatória, experimente ativar a opção Otimização da reprodução defundo na guia Pré-visualizar do Painel de controle do Avid Studio. Comesta opção, todas as seqüências do efeito são pré-renderizadas para garantiruma ótima exibição. O painel ConfiguraçõesO painel Configurações fornece uma lista dos efeitos atribuídos ao clipeatual (cujo nome é indicado no topo). Clique no nome de um efeito na listapara selecioná-lo; isso faz com que as suas configurações sejam exibidaspara análise e edição na área de parâmetros abaixo da lista. A maioria dosefeitos também oferece uma lista suspensa de combinações de parâmetrospredefinidos.Embora um clipe possa ter Correções e Panorâmico e zoom, além deefeitos, eles não constam da lista no painel Configurações. Mude para asoutras guias para acessar as informações de configurações de outrasferramentas.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 107
  • Se um clipe tiver múltiplos efeitos, estes são aplicados na seqüência em queforam adicionados, a qual é sempre inversa à sequência em que são listados(os efeitos adicionados por último estão no topo da lista, não no fim). Paraalterar a seqüência, arraste o cabeçalho do efeito para cima ou para baixo nalista.A extremidade direita do cabeçalho do efeito tem quatro botões paraoperações relacionadas com esse efeito. Da esquerda para a direita, elassão:Lixeira: Remover o efeito do clipe.Losango: Ativar/desativar keyframing dos parâmetros do efeito. Consulte“Trabalhar com quadros-chave” na página 109.Ponto: Ativar/desativar o efeito. Você pode desativar o efeito para fins decomparação sem apagá-lo e perder as suas configurações.Manípulo de arrastar: Utilize esta zona ou a área com o nome paraarrastar o efeito para cima ou para baixo na lista de efeitos, caso o clipeutilize múltiplos efeitos. Conforme mencionado acima, os efeitos sãoaplicados na seqüência de baixo para cima. Em alguns casos, a alteração daseqüência pode afetar dramaticamente o resultado cumulativo. O painel Configurações: Neste exemplo foram aplicados três efeitos (Cortar, Mediano e Editor 2 D avançado) ao clipe atual, conforme listado na área superior. O efeito Mediano foi selecionado (caixa destacada), por isso a sua lista de ajustes prévios e as suas configurações editáveis estão disponíveis na área de parâmetros.108 Avid Studio
  • Modificar parâmetrosOs parâmetros são organizados em grupos nomeados de controlesrelacionados. Clique no triângulo Expandir/recolher no cabeçalho do grupopara abrir o grupo e acessar os seus parâmetros ou fechá-lo e libertar espaçona tela. Os parâmetros numéricos são controlados por controles deslizanteshorizontais, com uma barra cinza que você pode arrastar na horizontal paraalterar o valor. Clique duas vezes para restaurar um parâmetro específicopara o valor padrão.A maioria dos efeitos oferece uma lista suspensa de combinações deparâmetros predefinidos para uma rápida seleção de variantes. Uma vezescolhido um ajuste prévio, você pode personalizá-lo editando osparâmetros, se desejar.Depois de ter concluído tudo em um editor de mídia e estar pronto paravoltar à linha de tempo, clique em OK na área inferior da janela para aceitaras alterações ou Cancelar para ignorá-las. Trabalhar com quadros-chaveO uso normal de alguns tipos de efeitos consiste em transformar o materialde origem de maneira uniforme, desde o início ao fim. Estão nessacategoria efeitos atmosféricos como Filme antigo e efeitos que alteramapenas a coloração do clipe. Os seus parâmetros são geralmente definidosuma única vez no início do clipe. Esse é o uso estático de um efeito.Outros efeitos como Gota de água dependem de um sentido de movimento.Serão provavelmente eficazes apenas se os seus parâmetros puderem variarao longo do clipe. A maneira mais simples de conferir esse caráter animadoa um efeito consiste em utilizar um ajuste prévio com animação integrada,como a maioria dos disponíveis para Gota de água. Neste tipo de animaçãocom quadros-chave, um ou mais parâmetros do efeito têm um valordiferente no fim do clipe daquele que tinha no início. Durante a reprodução,os parâmetros são atualizados após cada quadro para passar suavemente dovalor inicial para o valor final.O recurso Keyframing não está limitado apenas aos quadros iniciais e finaisde um clipe. Podem ser definidos quadros-chave com valores específicos deparâmetros do efeito em qualquer ponto do clipe, de modo a produziranimações do efeito de complexidade arbitrária.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 109
  • Se, por exemplo, desejar que uma imagem seja reduzida a metade dotamanho a meio do clipe e voltar ao tamanho normal no final, você terá deadicionar pelo menos um terceiro quadro-chave. Keyframing básicoVeja uma breve descrição de como utilizar o recurso Keyframing paraprogramar as alterações no parâmetro de um efeito durante a reprodução deum efeito.1. Clique duas vezes na linha de tempo para carregá-lo no respectivo editor de mídia.2. Adicione um efeito e, depois, ative o recurso Keyframing clicando no ícone do losango no cabeçalho do efeito, caso ainda não esteja destacado.3. Uma linha de quadros-chave surge abaixo da régua temporal. Todos os quadros-chave adicionados ao clipe para o efeito atual são exibidos na forma de losangos cinzas. Um quadro-chave é adicionado automaticamente no início do clipe. Este quadro-chave não pode ser deslocado ou excluído. Se a combinação de efeito e ajuste prévio escolhida for animada e não estática, também será gerado um quadro-chave no fim do clipe. Você pode excluir ou mover o quadro-chave final; se fizer isso, todos os valores dos parâmetros são mantidos desde o último quadro-chave até ao fim do clipe.4. Coloque a linha de reprodução na posição no clipe onde deseja efetuar uma alteração de um parâmetro do efeito, tal como tamanho, posição ou transparência.5. Modifique o parâmetro utilizando o painel Configurações. Se a edição de quadros-chave estiver ativa, um novo quadro-chave será automaticamente adicionado na posição da linha de reprodução. Se já existir um quadro-chave, os dados dos parâmetros por ele representados serão modificados. Operações com quadros-chavePara cada efeito só pode ser anexado um quadro-chave a cada quadro doclipe. O quadro-chave determina o valor instantâneo de cada parâmetro doclipe para o quadro onde está definido.110 Avid Studio
  • Adicionar ou excluir um quadro-chave: Para adicionar umquadro-chave na posição da linha de reprodução sem ajustarparâmetros ou para excluir um quadro-chave existente nessa posição, cliqueno botão Ativar/desativar quadro-chave na extrema esquerda da barra deferramentas de transporte.Mover um quadro-chave: Para mover um quadro-chave ao longo da linhade quadros-chave (e, assim, ao longo da linha de tempo), clique e arraste-o.Ir para um quadro-chave: Utilize os botões de setas para a esquerda epara a direita do botão Quadro-chave ou clique diretamente noquadro-chave na linha de quadros-chave, para mover a linha de reproduçãopara essa posição. O quadro-chave deve ficar destacado, indicando que éagora o quadro-chave de destino para exclusão ou edição de parâmetros. Keyframing de múltiplos parâmetrosPor vezes se deseja manipular múltiplos parâmetros por meio dequadros-chave do mesmo efeito em momentos diferentes.Por exemplo, imagine que você deseja alterar o parâmetro Tamanho de umefeito de modo suave ao longo de todo o clipe, enquanto altera outro, comoRotação, em vários pontos ao longo do mesmo clipe. Existem duasmaneiras para fazê-lo:Método 1: Configure os quadros-chave Tamanho primeiro e, depois,adicione os quadros Rotação em maior número onde necessário. Serácalculado o valor Tamanho correto em cada um deles.Método 2: Adicione o efeito duas vezes: uma vez para ajustar osquadros-chave para alterações gerais (Tamanho, no exemplo) e, depois,outra vez para efetuar múltiplas alterações aos quadros-chave (Rotação). Efeitos de vídeo e fotoOs efeitos disponíveis para uso com vídeo também funcionam com fotos evice-versa. São aqui descritos apenas os efeitos fornecidos pela Avid. Paraefeitos de plug-in de terceiros, consulte a documentação do fabricante.Desfocalização: A adição de Desfocalização ao vídeo produz um resultadosemelhante a filmar sem focar. O efeito Desfocalização permite acrescentarintensidades separadas de desfocalização horizontal e vertical ao quadrocompleto ou qualquer região retangular dentro dele.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 111
  • Você pode facilmente desfocar apenas uma parte selecionada da imagem,como o rosto de uma pessoa, um efeito conhecido da cobertura noticiosa daTV.Relevo: Este efeito especializado simula a aparência de uma escultura comrelevo ou em baixo relevo. A intensidade do efeito é definida pelo controledeslizante Quantidade.Filme antigo: Os filmes antigos têm uma série de traços que sãogeralmente considerados indesejáveis: imagens granuladas causadas porprocessos antigos de revelação fotográfica, pontos e linhas de poeira e linhocolado ao filme, e linhas verticais intermitentes onde o filme foi riscadodurante a projeção. O efeito permite simular essas manchas para dar àmetragem um aspecto antigo.Suavizar: O efeito Suavizar aplica uma desfocalização sútil ao vídeo. Issopode ser útil para qualquer finalidade, desde o acréscimo de uma brumaromântica à minimização de rugas. Um controle deslizante define aintensidade do efeito.Cristal biselado: Este efeito simula a visualização do vídeo através de umavidraça de polígonos irregulares dispostos em um mosaico. Os controlesdeslizantes permitem controlar as dimensões médias dos “ladrilhos”poligonais na imagem e a largura da borda escura entre os ladrilhosadjacentes desde zero (sem borda) ao valor máximo.Editor 2D: Utilize este efeito para aumentar a imagem e definir que parteda mesma será exibida ou para encolher a imagem e, opcionalmente,adicionar uma borda e sombra.Terramoto: O efeito Terramoto do Avid Studio agita levemente o vídeopara simular um evento sísmico, cuja gravidade pode ser definida com oauxílio de controles deslizantes de velocidade e intensidade.Reflexo de flash: Este efeito simula o reflexo visto quando uma luzbrilhante direta cobre uma área da imagem do filme ou vídeo. Você podedefinir a orientação, o tamanho e o tipo de brilho da luz principal.Lupa: Este efeito permite aplicar uma lupa virtual a uma parte selecionadado quadro de vídeo. Você pode posicionar a lente em três dimensões,movendo-a na horizontal e vertical dentro do quadro, e aproximando-a ouafastando-a da imagem.Desfocalização de movimento: Este efeito simula a desfocalização queresulta do movimento rápido da câmera durante a exposição. Podem serdefinidos quer o ângulo quer o grau de desfocalização.112 Avid Studio
  • Gota de água: Este efeito simula o impacto de uma gota caindo nasuperfície da água, produzindo ondulações concêntricas que se espalham.Onda de água: Este efeito acrescenta distorção para simular uma série deondas oceânicas que percorrem o quadro de vídeo à medida que o clipeavança. Os parâmetros permitem ajustar o número, o espaçamento, adireção e a profundidade das ondas.Preto e branco: Este efeito subtrai alguma ou toda a informação da cor dovídeo original, com resultados que vão desde parcialmente dessaturado (oajuste prévio “Esmaecido”) até completamente monocromático (“Preto ebranco”). O controle deslizante Quantidade define a intensidade do efeito.Correção da cor: Os quatro controles deslizantes no painel de parâmetrospara este efeito controlam a coloração do clipe atual em termos de:• Brilho: A intensidade da luz.• Contraste: A amplitude dos valores de claro e escuro.• Matiz: A localização da luz no espectro.• Saturação: A quantidade de cor pura, desde cinza a completamentesaturada.Mapa de cores: Este efeito coloriza uma imagem usando um par de rampasde mistura ou mapas de cores. Estilize sua metragem com arrojadostratamentos de cor, adicione coloração de estilo em duas cores (duotone) outrês cores (tritone), ou crie surpreendentes transições editoriais. O mapa decores pode ser utilizado para tudo, desde o ajuste fino de imagensmonocromáticas a transformações de cores psicodélicas.Inverter: Apesar do nome, o efeito Inverter não vira a imagem aocontrário. Ao invés da própria imagem, são os valores da cor na imagemque são invertidos: cada pixel é redesenhado com sua intensidade de luzcomplementar e/ou cor, produzindo uma imagem facilmente reconhecívelmas recolorida.Este efeito utiliza o modelo de cor YCrCb, o qual tem um canal paraluminância (informação do brilho) e dois canais para crominância(informação da cor). O modelo YCrCb é utilizado freqüentemente emaplicativos de vídeo digital.Iluminação: A ferramenta Iluminação permite a correção e oaprimoramento do vídeo existente que foi filmado com iluminação pobreou insuficiente. É particularmente adequada para reparar seqüênciasretro-iluminadas filmadas no exterior, em que os traços do sujeito estejamna sombra.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 113
  • Posterização: Este efeito do Avid Studio permite controlar o número decores utilizadas para renderizar cada quadro do clipe, desde a paleteoriginal completa a duas cores (preto e branco) à medida que o controledeslizante Quantidade é arrastado da esquerda para a direita. As áreas comcores semelhantes são combinadas em áreas lisas maiores à medida que apalete diminui.Balanço da cor RGB: O Balanço da cor RGB tem um papel duplo no AvidStudio. Por um lado pode ser utilizado para corrigir vídeo que apresenteuma coloração indesejada. Por outro, permite aplicar um desvio de cor paraobter um efeito particular. Por exemplo, uma cena noturna pode serfreqüentemente acentuada adicionando azul e reduzindo ligeiramente obrilho global. Você pode, até, fazer com que um vídeo filmado à luz do diapareça uma cena noturna.Sépia: Este efeito do Avid Studio confere ao clipe a aparência de umafotografia antiga através da sua renderização em tons de sépia ao invés decor total. A intensidade do efeito é definida pelo controle deslizanteQuantidade.Balanço do branco: A maioria das câmeras de vídeo tem uma opção“balanço do branco” para o ajuste automático da sua resposta de cor àscondições de iluminação ambiente. Se esta opção estiver desativada ou nãofor totalmente eficaz, a coloração da imagem de vídeo será afetada.O efeito Balanço do branco do Avid Studio corrige o problema, permitindoa especificação da cor que deve ser interpretada como “branco” nestaimagem. O ajuste necessário para criar esse branco de referência é, então,aplicado a cada pixel da imagem. Se o branco de referência for bemescolhido, isso fará com que a coloração pareça mais natural. Panorâmico e zoomA ferramenta panorâmico e zoom está disponível para fotos e imagens seestas tiverem sido abertas no Editor de Foto a partir da linha de tempo doprojeto. Acesse esta ferramenta clicando na guia Panorâmico e zoom notopo da tela.Com panorâmico e zoom, uma área da imagem é utilizada para preencher oquadro de vídeo inteiro. A área pode ter qualquer tamanho e forma. Durantea reprodução, a mesma será aumentada o necessário para preencher oquadro de vídeo sem deixar áreas vazias.114 Avid Studio
  • Se você definir duas ou mais áreas, panorâmico e zoom animará a suaapresentação da imagem aumentando e reduzindo enquanto a percorre commovimentos simulados de câmera, à medida que move suavemente de umaárea para outra.A ferramenta panorâmico e zoom utiliza a resolução máxima disponível dafoto original, por isso, se a foto for suficientemente grande, você nãoperderá detalhes com a sua ampliação.Adicionar panorâmico e zoomPara aplicar panorâmico e zoom a um clipe de foto na linha de tempo,clique duas vezes nele para abrir o Editor de foto.Uma vez que está abrindo a partir da linha de tempo, a guia Efeitos estarápré-selecionada no Editor de Foto. Mude para a guia Panorâmico e zoom. Nesta ilustração, a guia Panorâmico e zoom foi selecionada e permanece definida para o modo Estático padrão. O quadro de seleção, que está sendo redimensionado com o mouse, define uma região da imagem que será ampliada para preencher o quadro inteiro, conforme ilustrado no painel de pré-visualização flutuante (área inferior direita).Panorâmico e zoom tem dois modos alternativos de operação, os quais sãoselecionados através dos botões imediatamente acima da pré-visualização.No modo Estático, uma única região imutável da imagem é apresentada aolongo da duração do clipe. No modo Animado, regiões separadas sãodefinidas para o primeiro e o último quadros do clipe; durante a reproduçãoé apresentado um “movimento de câmera” suave de um para o outro. Omodo Animado também permite o keyframing, no âmbito do qual umnúmero de regiões adicionais definidas pode ser acrescentado ao caminhoda câmera do panorâmico e zoom.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 115
  • Modo EstáticoNo modo Estático é exibido um quadro de seleção cinza com pontosredondos de redimensionamento sobre a imagem. Você pode aumentar,reduzir e mover este quadro, porém não pode alterar as suas proporções(taxa de definição). Uma pequena janela de pré-visualização flutuante exibea seleção atualmente definida.O zoom e a posição também podem ser controlados numericamenteutilizando os controles deslizantes no painel Atributos. Clique duas vezesnos controles deslizantes para restaurar os valores ou clique uma vez parainserir um valor numérico. Configurações de Atributos da ferramenta panorâmico e zoom Modo AnimadoSe o modo Animado for selecionado, a imagem é automaticamenteanalisada, sendo definidos também automaticamente um tamanho inicial euma posição para o início e o fim. A animação gerada começa ampliandoligeiramente o sujeito da imagem e, depois, recua até ao tamanho máximodisponível. Se a imagem tiver uma taxa de definição diferente da do quadrode vídeo, será aplicado zoom suficiente para evitar o aparecimento de áreasem branco.Para suportar a funcionalidade adicional do modo Animado, a cor doquadro de seleção é utilizada para indicar o seu lugar na seqüência animada.O quadro inicial é verde e o quadro final é vermelho. Os quadros emqualquer ponto intermédio são brancos.116 Avid Studio
  • Se estiverem visíveis múltiplos quadros, você pode arrastar os quadrosconforme necessário, posicionando o mouse sobre a borda do quadro ou oponto central. Com a deslocação do quadro branco será automaticamenteadicionado um quadro-chave na posição atual.Panorâmico e zoom com quadros-chaveCom keyframing, você pode criar uma animação personalizada depanorâmico e zoom de complexidade arbitrária, embora provavelmentevocê só precisará de seqüências simples de alguns passos.Mude para o modo Animado da maneira descrita acima e repare que foramadicionados dois quadros à pré-visualização. Estes quadros-chave especiaisde início e fim estão, conforme mencionado acima, desenhados em verde evermelho, respectivamente. Eles podem ser arrastados no espaço, mas nãono tempo.Se você não precisar de quadros-chave intermédios, a sua sessão ficaconcluída com o posicionamento dos quadros inicial e final.No entanto, para uma animação mais complexa, posicione o controledeslizante no lugar onde deva ocorrer uma alteração no movimento dacâmera. Para criar um novo quadro-chave, basta definir o quadro de seleçãobranco com o tamanho e a posição desejados. O novo quadro-chave érepresentado por um ícone cinza na forma de um losango na linha dequadros-chave abaixo da linha de tempo do clipe.Adicione o número necessário de quadros-chave. Depois de concluído,clique em OK para voltar à linha de tempo do projeto.Adicionar manualmente um quadro-chave: Para adicionar umquadro-chave explícito na posição da linha de reprodução semalterar o caminho da animação atual, clique no botão Ativar/desativarquadro-chave na extrema esquerda da barra de ferramentas de transporte.Mover um quadro-chave: Você pode arrastar um quadro-chave ao longoda linha de tempo para reposicioná-lo no tempo.Ir para um quadro-chave: Para ir para um quadro-chave para modificá-loou excluí-lo, utilize os botões de setas para a esquerda e para a direita dobotão Quadro-chave ou clique diretamente no quadro-chave na linha dequadros-chave. Se a linha de reprodução estiver diretamente sobre umquadro-chave, o quadro-chave será destacado.Capítulo 5:Edição de mídia: Efeiteos 117
  • Excluir um quadro-chave: Para excluir um quadro-chave, clique no seuícone na linha de quadros-chave para navegar para o quadro correto e,depois, clique no botão Excluir quadro-chave na extrema esquerda da barrade ferramentas de transporte.O painel ConfiguraçõesO painel Configurações oferece uma série de controles para configurar aferramenta panorâmico e zoom.• Suave (Smooth) permite uma travagem sútil ao se aproximar de uma alteração de direção no caminho da animação com quadros-chave.• Selecione o ajuste prévio: Escolha a partir de uma série de ajustes prévios estáticos e animados.• Zoom, Horizontal e Vertical indicam os valores numéricos do quadro atual. Clique duas vezes nos controles deslizantes para restaurar os valores.• Passa-baixo filtra movimentos em pequena escala para obter uma animação suave e otimizada.118 Avid Studio
  • CAPÍTULO 6: Montagem A montagem do Avid Studio consiste em um método de otimizar seus filmes com efeitos prontos a usar de apresentações de slides, de animações e de edição de múltiplas trilhas. Várias seqüências profissionalmente projetadas, designadas por modelos, estão disponíveis para conferir um impacto instantâneo a suas produções. Os modelos estão agrupados em temas correspondentes, de tal modo que, juntamente com a sofisticação técnica dos modelos, também será fácil manter umaaparência consistente.No entanto, os modelos preparados são apenas metade da magia damontagem. A outra metade é a personalização. Os modelos de montagenspodem incluir vários tipos de dados personalizados, incluindo vídeo,legendas, fotos e muito mais. Montagem na BibliotecaOs modelos estão agrupados por temas na seção Montagem da Biblioteca.Cada tema é composto por um conjunto de modelos que podem seradicionados ao seu projeto como “clipes de montagem”. Você pode criarseqüências atrativas e visualmente consistentes que integram títulos criadospor artistas e animações com suas próprias fotos e seu próprio vídeo.Consulte “A seção Montagem da Biblioteca” na página 121 para maisinformações.Capítulo 6: Montagem 119
  • Títulos de montagem vs. títulos padrãoEmbora você possa criar “títulos” extravagantes a partir de modelos demontagens, eles não são iguais aos criados no Editor de títulos. Cada umtem os seus pontos fortes.Os modelos de montagens são mais fáceis de usar e podem fornecer efeitosnão disponíveis nos títulos comuns. Por outro lado, o Editor de títulospermite um controle muito mais preciso sobre a aparência dos títulos e aanimação dos seus elementos gráficos. A coleção de modelosOs modelos na seção Montagem da Biblioteca são projetados parasatisfazer uma necessidade específica de apresentação. Dentro de cadatema, os modelos disponíveis são desenvolvidos para se complementarementre si quando usados no mesmo projeto. Montagens na seção Montagem da Biblioteca. São mostrados alguns detalhes (p. ex., a presença de legendas) e outros são omitidos (p. ex., classificações) devido às configurações atuais da Biblioteca.Por exemplo, a maioria dos temas fornece um modelo de abertura e ummodelo de finalização correspondente. Muitos temas também fornecem umou mais modelos de transição que você pode utilizar ao passar de um clipede vídeo ou de imagem para outro. Montagem no seu projetoO primeiro passo para usar um modelo escolhido consiste em soltá-lo nalinha de tempo do projeto. Depois de solto, o modelo de montagem étratado como um clipe de vídeo comum e autônomo. No sentido depersonalizar o clipe preenchendo os espaços em branco no modelo, cliqueduas vezes no clipe de montagem para abrir o Editor de montagens.Consulte a página 128 para detalhes.120 Avid Studio
  • Cada modelo define uma seqüência de vídeo ou imagem com espaços embranco para você preencher. As personalizações disponíveis podem tomarvárias formas. Por exemplo, a maioria dos modelos fornece um ou maisespaços livres para os clipes de vídeo ou imagem. Muitos permitemacrescentar legendas para títulos e alguns têm parâmetros adicionais paraoutras propriedades especiais. A seção Montagem da BibliotecaOs modelos de montagens estão armazenados em uma seção própria daBiblioteca. Para encontrá-la, clique na seta para baixo na guia Biblioteca eselecione “Montagem”, opção listada na seção “Elementos criativos”.O botão Reproduzir no símbolo de qualquer Montagem carrega o modelono Player, onde pode ser pré-visualizado com controles de transportepadrão. Clique no botão Reproduzir sobre o ícone para pré-visualizar o modelo.Para utilizar um modelo no seu projeto, arraste o ícone da Bibliotecacompacta no Editor de Filme ou no Editor de Disco para a linha de tempodo projeto.Capítulo 6: Montagem 121
  •  UTILIZAÇÃO DE MODELOS DE MONTAGENSOs modelos de montagens estão armazenados na seção Montagem daBiblioteca, onde estão agrupados por temas. Para utilizar um modelo, bastaarrastar a sua miniatura da Biblioteca compacta no Editor de Filme ou noEditor de Disco para a linha de tempo do projeto. Para utilizar um modelo, arraste o seu ícone para a linha de tempo do projeto. Os números no clipe indicam que estão disponíveis cinco subclipes para personalização.Os clipes de montagem na linha de tempo podem ser cortados e editadoscomo vídeo comum. Você pode adicionar transições e efeitos, ajustar seuáudio etc. Contudo, para personalizar o clipe com seu próprio conteúdo, énecessária uma ferramenta de edição especial. Trata-se do Editor demontagens, o qual é aberto se clicar duas vezes em um clipe de montagemna linha de tempo. Também pode ser acessado através do comando Editarmontagem do menu de contexto do clipe.122 Avid Studio
  • O Editor de montagens permite ao usuário personalizar um clipe demontagem ajustando as suas configurações integradas ou especificando osclipes de vídeo e áudio para o mesmo usar. O Editor de montagens permite especificar elementos do modelo, tais como clipes de vídeo ou imagem, configurações de propriedades e legendas. Os clipes são adicionados arrastando-os da Biblioteca compacta do editor para áreas de armazenamento por baixo do Player. Neste caso, o clipe da Biblioteca já pode ser solto na segunda área. O clipe substituirá a imagem do iglu que ocupa atualmente a área.Fundos dos modelosAlguns modelos têm fundos gráficosintegrados, uma cor de fundo selecionávelou ambos. Muitos deles também disponibilizam uma caixa de seleçãoFundo no Editor de montagens que, quando marcada, torna o fundotransparente. Isto permite utilizar o modelo em uma trilha superior da linhade tempo sobre um fundo do material de vídeo ou foto nas trilhas abaixo. Clipes de montagem na linha de tempo do projetoOs clipes de montagem reagem como clipes de vídeo comuns no querespeita a operações na linha de tempo do projeto, tais como transições,corte e posicionamento.Capítulo 6: Montagem 123
  • Um modelo de montagem solto na linha de tempo é adicionado através deum de três métodos: inserir, sobrescrever e substituir. Se o botão modo deedição na barra de ferramentas for definido para smart, o método substituiré escolhido automaticamente. A duração padrão do clipe varia de ummodelo para outro.Inserção de um modelo de montagem antes ou depois de um clipeexistente: Em primeiro lugar, certifique-se de que o botão imã na barra deferramentas da linha de tempo está ativo. Isso garante que ao soltar umclipe muito próximo do início ou fim de um clipe existente, ele seráposicionado de tal modo que ambos os clipes fiquem exatamente contíguos.Em seguida, defina o botão modo de edição para o modo inserir. Issogarante que o material existente seja empurrado para a direita de modo acriar espaço para soltar o novo clipe, no lugar de ser sobrescrita qualquerparte dele.O clipe de montagem não tem de ser obrigatoriamente solto num pontoexato de corte, como descrito acima. Ele pode ser inserido na sua produçãoem qualquer quadro desejado.Substituição de um modelo de montagem existente: Para substituir ummodelo de montagem existente na linha de tempo do projeto, mantenha atecla Shift do teclado pressionada e, depois, solte o novo modelo sobre oanterior. O novo clipe assume não apenas a localização, mas tambémeventuais personalizações do clipe anterior. As linhas de colocação na corazul indicam os limites do clipe a ser substituído; independentemente dasua duração padrão, o novo clipe herdará estes limites.Substituição de clipes por um modelo de montagem: Se desejar soltarum modelo de montagem em uma trilha da linha de tempo e que o mesmosubstitua outros clipes na trilha sem efetuar quaisquer alterações no resto dalinha de tempo, você pode fazê-lo definindo o botão modo de edição para omodo substituir. A duração do clipe de montagem determinará o espaço datrilha a ser sobrescrito.Corte de clipes de montagemEmbora as operações de corte na linha de tempo sejam as mesmas para osclipes de montagem e para os clipes de vídeo, o resultado final produzidopelo corte pode variar dependendo da natureza do clipe.Em um modelo totalmente animado, como um título rolante elaborado, aanimação é executada até ao final. A velocidade da animação depende, porisso, da duração do clipe. Um encurtamento do clipe fará com que aanimação seja executada a uma velocidade superior, mas não truncará aseqüência.124 Avid Studio
  • Os clipes que incluam vídeo, por seu lado, podem ser cortados da maneirahabitual. Muitos temas incluem um subclipe de vídeo de duração variável.Se um destes subclipes estiver presente, o clipe poderá ser expandido atéonde a duração do subclipe permitir – indefinidamente, se o subclipe foruma imagem fixa.Transições e efeitosAs transições podem ser usadas no início e no final de clipes de montagemdo mesmo modo que com outros tipos de clipes.Os efeitos de vídeo e áudio também podem ser adicionados aos clipes demontagem da maneira habitual e aplicados a todo o conteúdo englobadopelo clipe. No entanto, alguns efeitos, por exemplo Velocidade, não estãodisponíveis para uso com clipes de montagem.Para adicionar um efeito a um clipe de montagem, clique com o botãodireito no clipe de montagem na linha de tempo e selecione Abrir editor deefeitos no menu de contexto. Em alternativa, arraste um efeito da Bibliotecae solte-o sobre o clipe. Os efeitos estão armazenados na seção Elementoscriativos da Biblioteca.Para editar, copiar ou excluir um efeito em um clipe de montagem,clique com o botão direito sobre a linha magenta ao longo do topo do clipee selecione a opção adequada no submenu de contexto Efeito. Anatomia de um modeloPara exemplificar o modo como funcionam os temas, vamos analisar otema “Modernos anos 50” incluído, o qual contém cinco modelos.Todos os modelos neste tema em particular usam o mesmo design de fundo– um padrão abstrato de rolagem. Está continuamente visível excetodurante segmentos de vídeo full-frame. A coloração do padrão é definidausando um controle de parâmetros disponível para cada um destes modelosno Editor de montagens.Agora vamos ver cada um dos modelos individualmente para verificarcomo são construídos a partir dos elementos – clipes e legendas – que vocêpode fornecer no Editor de montagens.Capítulo 6: Montagem 125
  • Abertura: Um modelo de abertura geralmente começacom algum tipo de animação, incluindo títulos, e terminacom vídeo full-frame. O nosso exemplo “Modernos anos50” segue esse padrão.Esta animação rolante de fundo é executada durante a maior parte destaseqüência. Dentro da animação são exibidas duas legendas personalizáveis.Estão representadas no diagrama abaixo por linhas na barra “Animação”.Ambas as legendas fluem para dentro e para fora do quadro (cor escura dalinha), com uma pausa de 1,5 segundos para uma exibição fixa (cor clara dalinha) pelo meio. Representação esquemática do modelo de Abertura no tema “Modernos anos 50”, com uma duração padrão de aprox. 14 segundos.No momento em que a segunda legenda está saindo do quadro, éintroduzido um painel animado contendo o subclipe de vídeo em execução.O vídeo aumenta para o tamanho full-frame aos 11:18 no clipe do modelo epermanece assim até ao final (a parte branca da barra “Vídeo” nodiagrama).Por padrão, a duração deste clipe do modelo é de 14:00. O clipe de vídeoincorporado começa com um retardamento fixo de 7:03 e é executado atéao final; a sua duração é, por isso, de 6:27. Se o subclipe de vídeo forsuficientemente longo, você pode prolongar o clipe global, aumentando aparte de vídeo full-frame. Esta possibilidade é indicada no diagrama acimapela seta no final da barra “Vídeo”.Transição A: Os modelos de transição conectam duasseqüências de vídeo full-frame por meio de algum tipo deanimação. Este primeiro exemplo de transição começacom dois segundos de vídeo full-frame, depoisdesaparece para revelar a formação de múltiplos painéis de vídeosimultaneamente em execução. O reaparecimento no subclipe final dáorigem a uma seção expansível de vídeo full-frame.126 Avid Studio
  • A transição A integra múltiplas fontes de vídeo.Transição B: Esta transição alcança o objetivo básico deconectar dois clipes de vídeo de modo mais simples doque a anterior. O primeiro subclipe começa em tamanhofull-frame, depois desaparece enquanto se afasta girandodo espectador. Quando o lado inverso de seu painel giratório se tornavisível, o segundo subclipe parece ter substituído o primeiro. O painelreaparece para preencher o quadro próximo do final do clipe. A transição B cria uma passagem mais simples.Mais uma vez, o segmento de tela inteira do segundo subclipe pode serestendido expandindo o clipe do modelo na linha de tempo.Transição C: Esta é semelhante à transição B, excetoque o painel de vídeo voador dá uma volta adicional nomeio para permitir a entrada de mais um subclipe naseqüência. A transição C inclui um subclipe de vídeo que serve de ponte.O subclipe final pode ser também expandido.Capítulo 6: Montagem 127
  • Finalização: O objetivo de um modelo de finalizaçãoespelha o de um modelo de abertura e, neste exemplo, aestrutura interna também é replicada de modo quaseexato. O vídeo full-frame regride a um painel voador quedá lugar a legendas animadas – exatamente o oposto da seqüência deabertura descrita acima. A única diferença é que, neste caso, a parte devídeo full-frame do clipe não é extensível. O modelo de finalização é, essencialmente, uma imagem espelhada do modelo de abertura. O EDITOR DE MONTAGENSO Editor de montagens permite personalizar um clipe de montagemespecificando seus próprios subclipes e outras personalizações. O editorpode ser chamado a partir de um clipe de montagem após a sua colocaçãona linha de tempo do projeto, clicando duas vezes no clipe ou selecionandoa opção Editar montagem no menu de contexto do clipe.Utilização do Editor de montagensCada modelo de montagem tem seu conjunto próprio de espaços livres paraconteúdos de vídeo e fotos, representados por áreas de armazenamento(drop zones) no Editor de montagens. A maioria dos modelos tem pelomenos uma dessas áreas; o número máximo é seis. Alguns tambémfornecem legendas e outros parâmetros, conforme necessário, parapersonalizar recursos especiais.O Editor de montagens está dividido em cinco partes. Do lado esquerdo, aversão compacta da Biblioteca fornece acesso a seus vídeos e fotos; do ladodireito está o painel de personalização, incluindo eventuais campos de textoou outros controles requeridos pelos parâmetros do modelo. O Playerapresenta o resultado das alterações. Por baixo da Pré-visualização estão asáreas de armazenamento do seu vídeo e imagens.128 Avid Studio
  • Corte interior de clipes de montagemQuando um modelo de montagem começa ou termina com uma quantidadeconfigurável de vídeo full-frame, como acontece com muitos, a linha detempo do Editor de montagens fornece identificadores para ajustar ostempos de lead-in e lead-out – as durações das partes full-frame. Clique emum identificador e arraste para a esquerda ou direita para ajustar a duraçãoem separado. A duração da parte central do clipe – a parte animada – seráencurtada ou prolongada de modo correspondente. Se desejar equilibrar asáreas de lead-in e lead-out sem afetar a duração da parte central, cliqueentre os identificadores e arraste. Parte da janela do Editor de montagens, com a linha de tempo (lado inferior) e as áreas de armazenamento para vídeo e imagens (ao meio). As áreas inferiores da Biblioteca e do Player estão do lado esquerdo e na parte central superior, respectivamente. Para cortar a área de lead-in ou lead-out do clipe, clique e arraste os identificadores de ajuste ou as partes ponteadas da linha. Clique entre os identificadores (na parte sólida da linha) para arrastar ambos de uma só vez, reposicionando, assim, o centro no clipe sem alterar a sua duração.Para uma explicação detalhada da estrutura do modelo, consulte “Anatomiade um modelo” na página 125.Trabalhar com áreas de armazenamentoLimpar áreas de armazenamento: Para excluir um subclipe de sua áreade armazenamento, clique com o botão direito do mouse na área e selecioneRemover mídia do menu de contexto.Tirar o som do áudio do subclipe: Algumas áreas de armazenamentoestão assinaladas com um símbolo de áudio, indicando que a parte de áudiode qualquer vídeo nessa área será incluída no áudio do clipe de montagem.Se não desejar que o áudio seja usado, clique no símbolo de áudio para tiraro som ao subclipe.Capítulo 6: Montagem 129
  • Escolha do início do subclipe: O vídeo em uma área dearmazenamento pode ser ajustado para começar a partirde uma referência no subclipe. Clique e arraste o controledeslizante do início do clipe situado por baixo da área dearmazenamento para ajustar o quadro inicial. As teclas deseta para a esquerda e direita do teclado são úteis para fazer ajustesprecisos.Se a área de armazenamento com que você está trabalhando estiver ativanesse índice temporal, a pré-visualização refletirá eventuais alterações aoquadro inicial. Se desejar ajustar com precisão o quadro inicial de umsubclipe, é aconselhável definir a posição do controle deslizante para alocalização onde a pré-visualização do Player terá maior utilidade.A utilização do controle deslizante do início do clipe não altera a posiçãodo subclipe dentro do modelo, nem a sua duração. Você estará somenteescolhendo que parte do subclipe deverá ser usada. Se você definir o iníciodo subclipe para um ponto posterior, de tal modo que o vídeo é esgotadocom a sua área ainda ativa, o último quadro do subclipe será congelado parapreencher a duração atribuída.Adicionar efeitos dentro das áreas de armazenamento: Não é possívelaplicar efeitos de vídeo ou áudio diretamente a um subclipe de montagem.Em vez disso, prepare o segmento de vídeo com todos os efeitos desejadoscomo um projeto de filme separado e, depois, arraste esse projeto para aárea de armazenamento. Tenha em atenção, contudo, que a atribuição deprojetos de filme elaborados a áreas de armazenamento de montagens podeaumentar significativamente o desempenho e o volume da memóriaimpostos pelo projeto que os utiliza.130 Avid Studio
  • CAPÍTULO 7: O Editor de títulosO Editor de títulos do Avid Studio é uma ferramenta poderosa para acriação e edição de títulos e imagens animadas. Seu extenso conjunto deefeitos de texto e imagem, e de ferramentas permite possibilidades infinitaspara o design visual de seu filme. Áreas da tela do Editor de títulos:  o Seletor de ajustes prévios;  a Biblioteca;  a Janela de edição;  o Painel de configurações;  a Barra de ferramentas; e  a Lista de camadas.Estas são as áreas principais da tela do Editor de títulos, enumeradas deacordo com a ilustração acima:1. O Seletor de ajustes prévios disponibiliza guias para ajustes prévios ao nível de Estilo e Movimento, organizados por estilo dentro de cada guia. Um Estilo é a aparência visual de uma camada de texto ou forma no título; um Movimento é uma rotina animada que pode ser atribuída a qualquer camada, porém é aplicada com mais freqüência a texto.Capítulo 7: O Editor de títulos 131
  • Consulte “Estilos predefinidos” (página 137) e “Movimentos predefinidos” (página 138) para mais informações. Mova o mouse sobre qualquer ajuste prévio para ver o resultado que o mesmo teria no título. Um único clique aplica o ajuste prévio à camada atual. Após a aplicação, os Estilos podem ser personalizados com o auxílio do Painel de configurações.2. A Biblioteca fornece recursos para a criação dos títulos. As guias ao longo do topo fornecem acesso a toda a mídia e conteúdo disponíveis. O funcionamento desta versão compacta da Biblioteca é idêntico ao da Biblioteca completa, conforme descrito no Capítulo 2.3. A Janela de edição constitui a principal área de trabalho ao criar ou editar um título. Permite uma pré-visualização deslocável do título durante a edição. Consulte a página 148 para detalhes.4. O Painel de configurações tem subpainéis recolhíveis separados para cada uma das três categorias de configurações: Configurações do texto, relativas ao estilo e ao tamanho das legendas; Configurações de estilo, para a configuração de superfícies, bordas e sombras; e Configurações de fundo, aplicáveis à camada de fundo do título.5. A Barra de ferramentas tem quatro grupos de controle. Da esquerda para a direita: as ferramentas adicionar texto e adicionar forma; um conjunto de controles de manipulação de camadas; um conjunto completo de controles de transporte, incluindo um botão loop; e um par de contadores indicando a duração do título e a posição atual de reprodução.6. A Lista de camadas: Cada elemento gráfico ou textual constitui uma camada no título, sendo uma pilha de tais camadas. As partes opacas de cada camada ocultam as camadas por baixo delas; a camada inferior pode ocultar apenas o fundo. Além da listagem de cada camada pelo nome, a Lista de camadas inclui uma linha de tempo das animações mostrando o intervalo de tempo em que cada camada está ativa e os movimentos que foram atribuídos à mesma. Estas propriedades podem ser ajustadas arrastando.O processo de constituição de uma imagem em camadas é chamado de“composição”. Uma vez que a informação em cada camada é mantida emseparado, para ser combinada somente quando a imagem é gerada, épossível voltar à composição em qualquer altura e adicionar novascamadas, bem como ajustar, reordenar, remover ou substituir camadasexistentes.132 Avid Studio
  • A constituição de uma imagem em camadas começando com um quadro vazio (em cima à esquerda). O padrão de tabuleiro de damas indica transparência. Embora os fundos possam ter áreas transparentes ou translúcidas, aqui adicionamos um fundo opaco (0) para clareza, seguido de camadas sucessivas com algum conteúdo opaco (1, 2, 3). Na composição final (em baixo à direita), as camadas superiores ocultam as que estão por baixo. Inicialização (e saída) do Editor de títulosO Editor de títulos pode ser chamado de duas maneiras: clicando duasvezes em qualquer título na Biblioteca ou na linha de tempo do projeto; ouclicando no botão Título na barra de ferramentas da linha de tempo doprojeto.Palavras-chave em nomes de títulosAlguns dos títulos fornecidos na Biblioteca têm áreas transparentes quepermitem ver o conteúdo de trilhas subjacentes. Todos os nomes destestítulos contêm a palavra-chave “sobreposição”.Os títulos de “tela inteira” não têm áreas transparentes: eles ocupamtotalmente o quadro de vídeo. Os seus nomes contêm a palavra-chave “telainteira”.Na Biblioteca, você pode facilmente visualizar apenas os títulos de um ououtro tipo, pesquisando na palavra-chave adequada.Capítulo 7: O Editor de títulos 133
  • Dica: Outras palavras-chave de pesquisa que podem ser experimentadas com títulos na Biblioteca são “rolagem horizontal”, “rolagem vertical”, “nome” e “título”.Fechar o Editor de títulosPara fechar o Editor de títulos, utilize um dos seguintes métodos:• Clique no botão OK na área inferior do Editor de títulos. Se tiver aberto o título a partir da Biblioteca, será solicitado que salve as alterações efetuadas ao título com um novo nome. Se tiver aberto o título a partir de uma linha de tempo, o título novo ou atualizado faz agora parte do projeto atual.• Clique no botão Cancelar na área inferior do Editor de títulos. As alterações eventualmente efetuadas são descartadas.• Clique no botão no canto superior direito da janela. Esta ação é equivalente a clicar em Cancelar, porém se tiver efetuado alterações, terá a oportunidade de salvá-las antes de fechar. O menu ArquivoOs comandos no menu Arquivo no Editor de títulos permitem armazenartítulos no sistema de arquivos do seu computador ou recuperar títulosarmazenados para edição.Abrir título: Este comando permite carregar um título a partir de umapasta de arquivos no sistema ou rede local. Se você tiver feito alterações aotítulo atualmente aberto antes de dar este comando, terá a oportunidade desalvar seu trabalho antes de prosseguir.Salvar título e Salvar título como: Estes comandos padrão, juntamentecom o anterior, permitem exportar títulos para outros computadores ecompartilhar títulos com outros usuários do Avid Studio.134 Avid Studio
  •  A BIBLIOTECAA Biblioteca surge no Editor de títulos como um painel preenchido comguias, do lado esquerdo da janela. As guias ao longo do topo permitemacessar toda a mídia e conteúdo disponíveis. O funcionamento desta vistacompacta da Biblioteca é idêntico ao da vista principal descrita no Capítulo2.Para a edição de títulos, as seções da Biblioteca com interesse são: Fotos,Vídeo e Projetos de filme. A versão compacta da Biblioteca no Editor de títulos fornece o mesmo acesso abrangente garantido com a versão completa. Consulte o Capítulo 2 para todas as informações.Capítulo 7: O Editor de títulos 135
  • Adição de mídia da Biblioteca a um títuloPara adicionar um vídeo ou uma foto ao título, arraste-o da Biblioteca paraa Janela de edição. O novo elemento é criado com o tamanho padrão nolocal onde for solto na Janela de edição. Você pode, depois, movê-lo,redimensioná-lo ou rodá-lo conforme desejar.Para adicionar um vídeo ou uma foto como fundo de tela inteira ao título,solte-o na área de armazenamento de fundos do subpainel Configurações defundo. Consulte “Configurações de fundo” na página 143 para detalhes.Você também pode utilizar um vídeo ou uma foto parapreenchimento da superfície, borda ou sombra do texto. Paraisso adicione, primeiro, uma superfície, borda ou sombra às suasConfigurações de estilo com o auxílio dos botões Adicionar (ilustrados).Depois solte a sua foto ou vídeo na área de armazenamento à direita dePreencher. O SELETOR DE AJUSTES PRÉVIOSA configuração rápida de um título atraente é fácil com o Seletor de ajustesprévios do Editor de títulos. Após a inserção do texto e com a camada detexto ainda selecionada, aplique a ela um dos Estilos predefinidos com umúnico clique com o mouse. Para facilitar ainda mais a operação, à medidaque você move o mouse sobre o ícone de um Estilo, a Janela de edição geraa pré-visualização do efeito no título aplicando o Estilo à camada atual.Mesmo que você não encontre o Estilo desejado entre os ajustes préviosdisponíveis, você pode poupar tempo começando com um parecido com oque procura e, depois, retocá-lo no subpainel Configurações de estilo. O Seletor de ajustes prévios, com a guia Estilos selecionada. Clicando no nome de uma das famílias de ajustes prévios listadas se abre uma bandeja suspensa com ícones.136 Avid Studio
  • Para conferir ao título algum impacto visual, nada melhor que algumaanimação. Clique na guia Movimentos do Seletor de ajustes prévios. Os trêsgrupos de ajustes prévios disponíveis correspondem a fases na vida de umacamada. Os ajustes prévios de Movimentos estão categorizados pela função desempenhada ao introduzir a camada, exibi-la ou removê-la da vista.Tal como acontece com os Estilos, os Movimentos também podem serpré-visualizados como vão surgir no título, movendo o mouse sobre um dosícones dos ajustes prévios. Uma vez feita a escolha, você pode aplicar oMovimento escolhido com um único clique. Estilos predefinidosA guia Estilos do Seletor de ajustes prévios do Editor de títulos forneceestilos visuais que podem ser aplicados às camadas de texto e forma notítulo.Pré-visualização de EstilosPara pré-visualizar um Estilo em particular em uma determinada camada,primeiro selecione a camada, depois abra a guia Estilos do Seletor deajustes prévios e mova o mouse sobre as miniaturas. À medida que vocêmove o mouse, a Janela de edição gera a pré-visualização do título como omesmo surgiria com o Estilo selecionado aplicado. Isto permite verimediatamente o efeito no devido contexto.Aplicação de um EstiloPara aplicar um Estilo predefinido a uma camada de texto ou de gráficosvetoriais, selecione primeiro a camada com o mouse clicando na Janela deedição (página 148) ou na Lista de camadas (página 155). Você tambémpode afetar mais de uma camada em simultâneo usando a seleção múltiplaou um grupo de camadas (página 160).Capítulo 7: O Editor de títulos 137
  • Para iniciar a utilização de Estilos, selecione uma família de ajustes prévios: Padrão, Sombra, Biselado ou Com contorno. Mova o mouse sobre miniaturas para pré-visualizar os ajustes prévios; clique na miniatura para aplicar uma à camada atual.Depois de selecionada(s) a(s) camada(s) a alterar, utilize um dos seguintesmétodos para aplicar um Estilo:• Clique na sua miniatura no Seletor de ajustes prévios.• Arraste a miniatura do Seletor de ajustes prévios para a camada na Janela de edição. Arraste a miniatura do Seletor de ajustes prévios para uma das camadas ou camadas agrupadas no cabeçalho da Lista de camadas.Clonagem de um estiloAo invés de aplicar um ajuste prévio, também pode clonar uma aparênciacomo parte de um Estilo, o qual, no caso de camadas de texto, incluiinformação sobre a fonte e os atributos do próprio Estilo. Para isso, utilizeCopiar atributos no menu de contexto da camada na Janela de edição eColar atributos no menu de contexto da camada de destino. Movimentos predefinidosA guia Movimentos do Seletor de ajustes prévios contém as rotinas deanimação que conferem ao Editor de títulos a maior parte do seu poder.Estes Movimentos são atribuídos e operam em camadas individuais dotítulo. Os Movimentos estão divididos em três categorias com base na parteda vida útil da camada que afetam: entrada, ênfase e saída.• Um Movimento de entrada controla a chegada da camada – sua primeira aparição no título em execução.138 Avid Studio
  • • Um Movimento de ênfase mantém a audiência concentrada no conteúdo de uma camada, conferindo-lhe uma ação de destaque durante o tempo na tela.• Um Movimento de saída retira a camada do palco de ação, completando seu ciclo de vida.Cada camada pode ter um Movimento de cada tipo. No entanto, todos osmovimentos são opcionais e também é possível ter um título sem nenhunsmovimentos.A coleção de MovimentosEm cada um desses três tipos de Movimento, a maioria das animações podeser agrupada em várias categorias padrão com base em seu modo de ação.Os Movimentos baseados em letras operam ao nível de letras individuaisem uma legenda (outros tipos de camadas são tratados como se fossemcompostos por apenas uma “letra”). Por exemplo, no Movimento deentrada “Rotação de letras”, as letras na camada de texto são primeirovistas de perfil, depois giram na devida posição uma a uma até todasadquirirem sua orientação normal.Os movimentos baseados em palavras funcionam de modo semelhante,porém tendo as palavras como a unidade menor da animação. NoMovimento de entrada “Palavras de baixo”, as palavras na camada sobempara a devida posição uma a uma a partir de baixo do quadro.Os movimentos baseados em linhas se destinam a camadas com múltiplaslinhas de texto, sendo processadas uma de cada vez. No Movimento deentrada “Linhas de trás”, cada linha de texto surge na tela juntamente comuma trilha de perspectiva, como se tivesse origem atrás da própria posiçãodo espectador.Os movimentos com base em páginas afetam a camada completa emsimultâneo. Um exemplo disso constitui o Movimento de entrada“Tonneau”, que “rola” na camada para a devida posição a partir de cima,como se estivesse pintado de um lado de um tonneau invisível. Correspondência de Movimentos de entrada e saídaA maioria dos Movimentos de entrada tem um Movimento de saídacorrespondente com o qual pode fazer par, caso se pretenda consistênciavisual. Por exemplo, uma camada que entre com o Movimento “Palavras doinfinito” pode ser configurada para sair com “Palavras para o infinito”.Contudo, este tipo de consistência é somente uma opção, não sendoobrigatório, daí que você pode misturar e fazer corresponder Movimentosdos três tipos da maneira que desejar.Capítulo 7: O Editor de títulos 139
  • O Seletor de ajustes prévios oferece Movimentos de Entrada, Ênfase e Saída. Cada camada em um título pode usar um Movimento de cada tipo.Pré-visualização de MovimentosPara pré-visualizar um Movimento em particular em uma determinadacamada, primeiro selecione a camada, depois abra a guia Movimentos doSeletor de ajustes prévios e mova o mouse sobre as miniaturas de interesse.À medida que move o mouse, tem início uma pré-visualização da animaçãodo título na Janela de edição, de tal modo que você pode ver imediatamenteo efeito.Adição de MovimentosPara adicionar um Movimento específico a uma camada específica,selecione primeiro a camada e, depois, utilize um dos seguintes métodos:• Clique na miniatura do Movimento no Seletor de ajustes prévios.• Arraste a miniatura do Movimento do Seletor de ajustes prévios para uma camada acessível (uma não mascarada por outras camadas) na Janela de edição.• Arraste a miniatura do Movimento do Seletor de ajustes prévios para uma das camadas ou camadas agrupadas no cabeçalho da Lista de camadas.Ao utilizar um destes métodos, o Movimento será adicionado à camada,substituindo o Movimento existente do mesmo tipo nessa camada, seaplicável. Consulte “A Lista de camadas” na página 155 para detalhes sobrecomo trabalhar com Movimentos na Lista de camadas.140 Avid Studio
  •  CRIAÇÃO E EDIÇÃO DE TÍTULOSUm título no Editor de títulos do Avid Studio é composto por elementos dequatro tipos:A camada de fundo: Por padrão, o fundo é completamente transparente.Isso é geralmente o pretendido para os títulos de sobreposição. Para finsespeciais ou para títulos em tela inteira, você pode escolher uma cor sólida,um gradiente, uma imagem ou um vídeo para o fundo. Para uma maiorflexibilidade, as Configurações de fundo também incluem um controle daopacidade. Consulte “Configurações de fundo” na página 143.Camadas de vídeo e imagens: Os recursos que compõem estas camadassão provenientes das seções Vídeos, Fotos e Projetos de filme daBiblioteca. As camadas suportam as mesmas operações que as camadas detexto e forma, exceto no que respeita à aplicação de Estilos.Camadas de texto e forma: Estas são camadas “baseadas em vetores”, oque significa que não são armazenadas como imagens de bitmap como osarquivos de vídeo e fotos, mas como uma espécie de “receita” para acriação de imagens a partir de segmentos de linhas retas e curvilíneas aosquais podem ser aplicadas propriedades (p. ex., cor) e efeitos especiais (p.ex., desfocalização). Tal como as camadas de vídeo e imagens, estascamadas baseadas em vetores podem ser arrastadas, redimensionadas,giradas e agrupadas, e você pode aplicar Movimentos às mesmas. Aocontrário de outras camadas, contudo, elas também podem serpersonalizadas com Estilos da seção Estilos do Seletor de ajustes prévios.Consulte “Estilos predefinidos” na página 137 para detalhes.Movimentos: Os movimentos são rotinas de animação que podem seraplicadas a qualquer camada na composição do título, exceto ao fundo. OsMovimentos são selecionados e aplicados a partir da guia Movimentos doSeletor de ajustes prévios. Uma vez aplicado um Movimento a umacamada, sua temporização pode ser ajustada na linha de tempo da Lista decamadas. Consulte “Movimentos predefinidos” (página 138) e “A Lista decamadas” (página 155) para mais informações.Capítulo 7: O Editor de títulos 141
  • Criação de camadas de texto e formaPara criar uma camada de texto, clique no botão Adicionartexto na barra de cabeçalho da linha de tempo da Lista decamadas ou, simplesmente, clique duas vezes em uma área vazia da Janelade edição. Surgirá uma nova camada contendo texto padrão. O texto éselecionado automaticamente e será substituído se digitar alguma coisa.Para criar uma camada de forma, clique no botãoAdicionar forma (à direita de Adicionar texto) e, depois, façauma seleção no menu pop-up. As opções disponíveis incluem círculos,quadrados, elipses, retângulos, retângulos arredondados horizontais everticais, e triângulos. Após a seleção, uma nova camada com a formaescolhida e um tamanho padrão surge no centro da Janela de edição.Edição de camadasO resto deste capítulo fornece detalhes sobre a edição do fundo e decamadas no Editor de títulos.• Para saber mais sobre a personalização da camada de fundo, consulte “Configurações de fundo” imediatamente abaixo.• Para informações sobre a deslocação, o redimensionamento, a rotação e o reordenamento de todos os tipos de camadas de primeiro plano, consulte “A Janela de edição” na página 148 e “A Lista de camadas” na página 155.• Para saber mais sobre a edição de texto e a configuração das propriedades de texto, consulte “Texto e configurações do texto” na página 151.• A seleção múltipla e o agrupamento são descritos em “Trabalhar com grupos de camadas” na página 160.• Por fim, para saber mais sobre a edição de Movimentos na linha de tempo da Lista de camadas, consulte “A Lista de camadas” na página 155.142 Avid Studio
  • Configurações de fundoAo contrário das camadas de primeiro plano em um título, a camada defundo especial não surge na Lista de camadas e não pode ser alterada naJanela de edição. Ao invés disso, o fundo é controlado a partir do painelConfigurações de fundo. O painel Configurações de fundo permite criar o fundo de um título. A pequena área de pré-visualização serve de botão Seletor da cor e também como destino para soltar vídeos ou imagens da Biblioteca. Aqui, o menu Taxa de definição foi aberto com um clique no botão acima.O fundo padrão para um título é completamente transparente. Se o títuloestiver em uma trilha superior na linha de tempo do projeto, qualquer vídeoou outras imagens nas trilhas abaixo estarão visíveis por trás do primeiroplano do título.Para criar um fundo sólido ou degradê, clique na área depré-visualização do fundo. Isso faz surgir uma caixa de diálogo de seleçãoda cor e também disponibiliza um conta-gotas para escolher uma cor apartir de qualquer parte da janela do Editor de títulos.Você pode escolher um fundo degradê selecionando a guia Gradientes(Gradients) na parte superior da paleta de cores. Podem ser definidosmarcadores de gradientes adicionais por meio de um único clique abaixo dabarra de gradientes. Os marcadores de gradientes podem ser removidosarrastando-os na vertical para fora da área da barra.Para utilizar vídeo ou uma imagem fixa como fundo, arraste o item dasseções Vídeos ou Fotos da Biblioteca para a área de pré-visualização dofundo, que também serve de área de armazenamento.Capítulo 7: O Editor de títulos 143
  • Para tornar o fundo translúcido, posicione o controle deslizante daopacidade em qualquer parte entre completamente transparente (noextremo esquerdo) e completamente opaco. Um duplo clique no controledeslizante faz com que o mesmo volte para o ajuste completamente opaco.Para restaurar o fundo para o estado padrão (sem fundo), clique no botãodo cesto do lixo. Configurações de estiloO painel Configurações permite acessar o Editor de estilos, onde podeexaminar, modificar, adicionar ou excluir as camadas de detalhesindividuais que estão sobrepostas para gerar um Estilo específico. Um clique na seta “Configurações de estilo” no painel Configurações abre um subpainel onde o Estilo de uma camada pode ser editado. Ao lado do nome do ajuste prévio atualmente selecionado (“Azul biselado”) estão três botões para a criação de novas camadas de detalhes. O painel de edição do detalhe Superfície está aberto; por baixo dele, o painel de Borda 1 e de Sombra 1 estão fechados.144 Avid Studio
  • Há três tipos de camadas de detalhes: superfície, borda e sombra. Os trêstipos não diferem nas configurações suportadas, mas na posição padrão emque serão inseridos na pilha de camadas. A menos que explicitamentedeslocados da posição, os detalhes de superfície surgem sempre no topo dapilha, seguidos de bordas e, por fim, sombras. No entanto, depois de criadoum detalhe, o mesmo pode ser arrastado para cima ou para baixo na pilhade camadas, conforme desejado. Superfície, Borda e Sombra: Um novo detalhe de superfície (à esquerda, em cima) é adicionado por cima da camada de superfície superior existente; novos detalhes de borda e sombra são adicionados por baixo da camada inferior dos respectivos tipos.As propriedades das camadas de detalhes individuais podem sermodificadas por meio de controles nos painéis recolhíveis do Editor deestilos.Estão disponíveis as seguintes propriedades dos detalhes:• Deslocamento X, Deslocamento Y: Estes controles deslizantes definem a posição da camada de detalhes em relação à posição nominal do texto ou da imagem a que o Estilo é aplicado. O alcance do deslocamento vai de -1,0 (para a esquerda ou para baixo) a +1,0 (para a direita ou para cima). Os deslocamentos máximos representam um oitavo da largura e um oitavo da altura da área de trabalho da Janela de edição.Capítulo 7: O Editor de títulos 145
  • Neste exemplo foi aplicado um Estilo com três camadas de detalhes a uma única camada de texto. As camadas de detalhes têm uma configuração idêntica, exceto no que respeita aos valores de deslocamento, conforme se indica: em cima, à esquerda (-1,0, 1,0); ao centro (0, 0); em baixo, à direita (1,0, -1,0).• Tamanho: Este controle deslizante define a espessura dos segmentos utilizados para desenhar o texto ou a imagem, de zero a 2, em que 1 representa a espessura padrão. Este exemplo inclui três camadas de detalhes com valores variáveis de tamanho. Da esquerda para a direita: 0.90, 1.0, 1.20. O efeito visual da variação do tamanho depende da espessura padrão dos riscos na camada. Em uma camada de texto, isso depende da família da fonte e do tamanho escolhidos.• Desfocalização: À medida que este controle deslizante aumenta de 0 para 1, a camada de detalhes afetada fica cada vez mais desfocada e menos distinta. As camadas de detalhes neste exemplo diferem somente em suas configurações de desfocalização. Da esquerda para a direita: 0.15, 0, 0.40.146 Avid Studio
  • • Opacidade: Este controle deslizante define a opacidade da camada de detalhes de 0 (transparente) a 1 (opaco).• Preencher: Clique no botão da marca da cor para um seletor da cor, na qual pode ser definida a cor de preenchimento da camada de detalhes. O seletor da cor inclui um botão do conta-gotas para escolher uma cor a partir de qualquer lugar no Editor de títulos. Para definir um fundo degrade, selecione o botão Gradientes (Gradient) na parte superior da paleta de cores. Podem ser definidos marcadores de gradientes adicionais por meio de um único clique abaixo da barra de gradientes. Os marcadores de gradientes podem ser removidos arrastando-os na vertical para fora da área da barra.Trabalhar com camadas de detalhesAlém de definir as propriedades de camadas de detalhes existentes, vocêpode adicionar detalhes de qualquer um dos três tipos, excluir detalhes ereordenar a pilha de camadas de detalhes.Para adicionar uma camada de detalhes, clique em um dostrês botões pequenos no canto superior direito dasConfigurações de estilo. Da esquerda para a direita, estes criam uma novacamada de superfície, borda e sombra, respectivamente. A colocação danova camada de detalhes na pilha de camadas é determinada por seu tipo,conforme descrito acima.Para excluir uma camada de detalhes, clique no botão do cesto do lixo nabarra de cabeçalho do painel de edição do detalhe.Para renomear uma camada de detalhes, clique duas vezes em seu nome,digite o novo nome e pressione Enter.Para ocultar temporariamente uma camada de detalhes, clique no íconeativar/desativar visibilidade em forma de ponto no cabeçalho do detalhe.Para fechar ou abrir o painel de edição de uma camada de detalhes,clique no botão da seta na extremidade esquerda da barra de cabeçalho.Para reordenar as camadas de detalhes, arraste a barra de cabeçalho dopainel de edição para sua nova posição. Se o Estilo que você estivereditando tiver mais de duas ou três camadas, pode ser mais fácilacompanhar se fechar primeiro os painéis para poder ver a pilha completade uma só vez.Capítulo 7: O Editor de títulos 147
  • Salvar um Estilo personalizadoDepois de concluída a edição de um Estilo personalizado, você podesalvá-lo no grupo de ajustes prévios “Meus estilos” clicando no botãoSalvar estilo na barra de cabeçalho das Configurações de estilo. Antesde salvar, é aconselhável renomear o Estilo. Para isso, clique duas vezes nonome atual nas configurações, digite um nome descritivo para o Estilo epressione Enter.Depois de salvo o Estilo, você pode recuperá-lo sempre que desejar atravésdo Seletor de ajustes prévios em “Meus Estilos”. A Janela de ediçãoA Janela de edição é a área principal de pré-visualização e edição do Editorde títulos. É aqui que você reordena, redimensiona e gira as camadas deprimeiro plano do título.O primeiro passo necessário para a maioria dos tipos de edição consiste emselecionar a camada ou camadas que deseja afetar. As camadasselecionadas são desenhadas dentro de um quadro com oito pontos decontrole para o dimensionamento e um manipulador de rotação na partesuperior para girar a seleção em intervalos de um grau. A maioria dos tiposde camadas pode ser “isolada” para ser arrastada para uma nova posiçãoclicando diretamente no quadro de controle.148 Avid Studio
  • Rotação de um objeto de forma dentro da Janela de edição. O ponto mais pequeno na parte central superior do quadro de controle é o manipulador de rotação da camada. Para girar uma camada, clique no respectivo manipulador de rotação e arraste. Quando estiver sobre o manípulo de rotação, o ponteiro do mouse adquire a forma de uma seta circular.Com as camadas de texto e forma, algum do conteúdo das camadas podeestar fora do quadro de controle. Isso acontece se um dos “detalhes” noâmbito do Estilo estiver definido com um deslocamento horizontal ouvertical que afaste o detalhe da localização nominal da camada. Consulte apágina 137 para mais informações.Operações das camadas na Janela de ediçãoAs operações descritas aqui são para uma única camada, porém podem seralargadas ao trabalho com múltiplas camadas em simultâneo. Consulte“Trabalhar com grupos de camadas” na página 160 para mais informações.Para selecionar uma camada na Janela de edição, clique no retângulo dacamada com o mouse. Isso faz aparecer o quadro de controle da camada,pronto para a edição.As camadas reagem aos cliques do mouse em qualquer lugar dentro doretângulo incluído (o retângulo exibido pelo quadro de controle quandoselecionado). Isso significa que pode não ser possível manipular umacamada visível somente porque a mesma se situa por baixo de uma áreatransparente dentro do retângulo de outra camada. Para efetuar qualqueroperação de edição com o mouse nesses casos, deve primeiro ocultar oubloquear a(s) camada(s) superior(es) conforme descrito em “Trabalhar coma Lista de camadas”. Consulte a página 155 para detalhes.Capítulo 7: O Editor de títulos 149
  • Para mover qualquer camada não de texto, clique em qualquer partedentro do retângulo e arraste-a para a nova posição.Para mover uma camada de texto, posicioneo mouse junto à extremidade do quadro decontrole da camada até ver surgir o ponteiro dearraste (ponteiro com quatro setas) e, depois,clique e arraste como habitualmente. Clicandodentro do quadro, como faria em uma camadanão de texto, ativará o modo de edição do texto.Consulte “Texto e configurações do texto” abaixo para informaçõesdetalhadas.Para redimensionar uma camada sem alterar suas proporções, cliqueem um ponto nos cantos do quadro de controle e arraste para fora ou paradentro até alcançar o tamanho desejado.Para redimensionar uma camada e modificar suas proporções, cliqueem um ponto lateral do quadro de controle e arraste. Ao redimensionar como ponto de controle central em dois lados adjacentes seguidos, pode obterqualquer proporção e tamanho desejados.Para girar uma camada, clique no respectivo manipulador de rotação earraste. Para um controle mais preciso da rotação, afaste o ponteiro domouse do centro de rotação ao arrastar. A distância adicional permitedefinir ângulos menores entre uma posição do mouse e a seguinte.Para alterar a posição de uma camada na pilha, clique com o botãodireito do mouse sobre a camada e selecione no menu de contexto um doscomandos do submenu Ordenar: Enviar para trás, Recuar uma camada,Trazer para a frente e Avançar uma camada. Estão disponíveis atalhos deteclado úteis para todas as quatro operações; respectivamente, Ctrl+Sinal deMenos, Alt+Sinal de Menos, Ctrl+Sinal de Mais e Alt+Sinal de Mais.Outra maneira de reordenar as camadas, que pode ser mais útil no caso detítulos em que várias camadas se sobrepõem, consiste em utilizar a Lista decamadas. Consulte a página 155 para detalhes.Para excluir uma camada, selecione o quadro de controle ou selecione-ana Lista de camadas e, depois, pressione Delete. Também pode utilizar ocomando do menu de contexto Excluir camada. Caso a camada seja umacamada de texto no modo de edição de texto, o comando Excluir (e a teclaDelete) se aplica somente ao texto da camada e não à própria camada.150 Avid Studio
  • Texto e configurações do textoApesar de toda a sofisticação gráfica do Editor de títulos, em muitos casos arazão principal do uso de títulos tem a ver com o texto que contêm. O editorfornece, por isso, várias opções especializadas para que o texto tenha aaparência que realmente deseja. As operações de texto que descreveremosabaixo incluem:• Edição de texto• Alteração de fontes, tamanho das fontes e estilos• Definição do alinhamento e do fluxo do texto• Cópia e colagem de propriedades do textoAs áreas do Editor de títulos mais importantes para o trabalho com textosão a Janela de edição e o painel Configurações do texto. Para compor umacamada de texto, a seção Estilos do Seletor de ajustes prévios e o painelConfigurações de estilo também são utilizados. Consulte “Estilospredefinidos” (página 137) e “Configurações de estilo” (página 144).Modo de edição de textoConforme descrito em outras seções, ao arrastar uma camada de texto, vocêdeve proceder com cuidado e clicar na extremidade do quadro de controle,e não noutra parte dentro dele, para evitar mudar acidentalmente a camadapara o modo de edição de texto. Para as operações aqui descritas, contudo,o modo de edição de texto é exatamente aquilo que se deseja. Em umacamada de texto recentemente criada, o modo de edição de texto já estáativo: você pode começar a digitar imediatamente e o texto padrão serásubstituído.Para ativar a edição para uma camada de texto existente, clique emqualquer lugar dentro do quadro de controle. O modo de edição de textofica ativo e – para lhe poupar um passo muitas vezes necessário – éautomaticamente selecionado todo o texto existente na camada. Comohabitualmente, o texto selecionado é destacado.Capítulo 7: O Editor de títulos 151
  • Uma camada de texto com todo o texto selecionado. Da esquerda para a direita, os controles de edição de texto na barra de cabeçalho acima comandam o estilo do tipo de letra (negrito, itálico, sublinhado); o alinhamento do texto e o fluxo do texto; e o nome e o tamanho da fonte. No modo de edição de texto, o ponteiro do mouse sobre a camada adquire a forma em I conforme aqui ilustrado.Para modificar o próprio texto, basta começar a digitar. O textodestacado desaparece e o texto digitado toma o seu lugar. À medida quevocê digita, o ponto de inserção atual (o local no texto onde as letras novassão inseridas) é indicado por uma linha vertical.Se desejar adicionar novo texto sem perder o que já lá estava, clique noponto de inserção desejado após colocar a camada no modo de edição detexto ou utilize as teclas de setas para ir para o ponto de inserção desejado.Você também pode destacar (e, assim, substituir)apenas parte do texto antes de começar a digitar:arraste sobre as letras com o mouse ou mantenha atecla Shift pressionada enquanto usa as teclas desetas. Você também pode clicar três vezes paraselecionar todo o texto na camada ou clicar duasvezes sobre uma palavra para selecionar apenas essa palavra. Por último, sedesejar selecionar novamente todo o texto na camada, você pode utilizar omouse ou as teclas de setas conforme descrito acima ou utilizar o atalhopadrão Ctrl+A.O painel Configurações do textoO subpainel Configurações mais acima é este grupo de controles para aedição e composição do conteúdo da camada de texto atual.152 Avid Studio
  • Utilização do campo de textoNos casos em que seja difícil ou impossível de acessar o texto na Janela deedição, o campo de texto no painel constitui outra maneira útil paraselecionar e editar o texto. Esta é a medida a tomar se o texto estiver fora detela na posição do controle deslizante, o que pode acontecer comMovimentos. O campo de texto é expandido para fornecer até três linhas àmedida que você digita e, depois, adiciona uma barra de rolagem se foreminseridas mais linhas. Estilo do texto destacadoA maioria dos controles de texto do Editor de títulos é provavelmenteconhecida devido à utilização de controles semelhantes em outrosaplicativos. Aqueles que se aplicam somente ao texto destacado são osseguintes:Estilo da fonte: Para ativar ou desativar as propriedades“negrito”, “itálico” ou “sublinhado” do texto selecionado,utilize os botões de ativar/desativar na barra de cabeçalho ouos atalhos de teclado padrão Ctrl+N, Ctrl+I e Ctrl+S. Os botões acendemquando as respectivas opções de estilo estão ativas.Nome da fonte: Os títulos são o local ideal para experimentar fontesextravagantes, por isso provavelmente você acessará muitas vezes esta listasuspensa. Caso tenha muitas fontes no sistema, a lista poderá ser muitolonga. Para uma navegação mais fácil, carregando na primeira letra donome da fonte avançará imediatamente para a respectiva localizaçãoalfabética na lista. Clique na fonte desejada ou avance para o nome usandoas teclas Seta Para Cima e Seta Para Baixo, e pressione Enter. Para selecionar uma fonte, abra a lista suspensa e clique na fonte desejada. A fonte é aplicada somente ao texto atualmente destacado.Capítulo 7: O Editor de títulos 153
  • Tamanho da fonte: O Editor de títulos disponibilizavários métodos para definir o tamanho da fonte. Vocêpode inserir um novo valor diretamente no campo deedição do tamanho da fonte (até 360) ou utilizar a seta suspensa adjacentepara exibir a lista dos tamanhos. Mais à direita, os botões Encolher fonte eExpandir fonte alteram o tamanho da fonte em intervalos cada vez maisespaçados à medida que o tamanho da fonte aumenta. Cópia e colagem de estilos de textoCom as camadas de texto e forma, os itens do menu de contexto Copiaratributos e Colar atributos, disponibilizados por meio de clique com obotão direito em um quadro de controle na Janela de edição, permitemcopiar Estilos de uma camada para outra sem ter de abrir a seção Estilos doSeletor de ajustes prévios.Com texto, esta operação também copia o nome, o tamanho e o estilo dafonte de uma camada de texto para outra, e também funciona com seleçõesparciais dentro de camadas de texto. Alinhamento do textoPara títulos com múltiplas linhas de texto, o Editor detítulos disponibiliza um menu padrão de opções dejustificação. O padrão para novas camadas de texto é a justificação aocentro (Alinhar texto ao centro na lista suspensa), em que cada linhaseparada é centrada na horizontal no espaço disponível. As opçõesadicionais permitem Alinhar texto à esquerda, Alinhar texto à direita eJustificar. Fluxo do textoPara acomodar as várias convenções de diferentes idiomas no querespeita à direção em que as linhas de texto são escritas e para umamáxima flexibilidade do design gráfico, o Editor de títulos oferece ummenu com oito opções de fluxo de texto. Estas opções, que funcionam emcombinação com as opções de justificação acima descritas, afetam nãoapenas a maneira como o texto é exibido, mas também o significado dasteclas padrão como Home e End.154 Avid Studio
  • Distinção com EstilosConforme descrito em “Estilos predefinidos” napágina 137, a aparência de camadas de texto eforma pode ser transformada pela aplicação deEstilos do Seletor de ajustes prévios. Em umacamada de texto parcialmente destacada, a aplicaçãode um Estilo afeta somente o texto destacado. Emprincípio, cada um dos caracteres individuais do título pode ter seu próprioEstilo. A LISTA DE CAMADASA Lista de camadas, que ocupa a maior parte da área inferior da tela doEditor de títulos, tem duas colunas: uma de cabeçalhos de camadas e outrade trilhas da linha de tempo. Em cada fila, o cabeçalho contém o nome dacamada e um botão visibilidade. Do lado direito do cabeçalho, a trilha dalinha de tempo serve de editor gráfico para controlar a vida útil da camada,tendo a do título como um todo, e as durações de quaisquer Movimentosque tenham sido atribuídos à camada. A parte esquerda da Lista de camadas contém os cabeçalhos das camadas; do lado direito está uma linha de tempo animada onde é exibida e pode ser modificada a temporização das camadas e de quaisquer Movimentos aplicados às mesmas. (É mostrada aqui somente a parte no extremo esquerdo da linha de tempo.)Se o título que você estiver editando tiver sido aberto a partir do Editor deFilme ou do Editor de Disco, a linha de tempo da Lista de camadasrepresenta a duração atual do clipe. Para modificá-lo, retorne à linha detempo do projeto e corte aí o título.Capítulo 7: O Editor de títulos 155
  • Se o título tiver sido aberto a partir da Biblioteca e, por isso, não estiverassociado a um clipe no projeto, a sua duração pode ser editada no Editorde títulos. Defina a duração desejada inserindo um valor diretamente nocontador duração do lado direito da barra de ferramentas da linha de tempo.Todas as camadas serão ajustadas com relação à nova duração. Além doscabeçalhos e da linha de tempo das camadas, a Lista de camadas tem umabarra de ferramentas que aloja vários grupos importantes de controles(consulte “A barra de ferramentas da Lista de camadas” abaixo). Trabalhar com a Lista de camadasA Lista de camadas é uma linha de tempo de múltiplas trilhas muitosemelhante à própria linha de tempo do projeto. Contudo, algumasoperações, como as relativas aos Movimentos, são específicas do Editor detítulos.Operações das camadasOs procedimentos aqui descritos são todos executados na área do cabeçalhoda Lista de camadas. Seleção de camadasUm clique no cabeçalho da Lista de camadas tem o mesmo efeito que aseleção da camada na Janela de edição (e vice-versa). O nome da camadafica destacado e surge o quadro de controle da camada. Também épermitida a seleção múltipla, usando o mouse padrão do Windows e ascombinações das teclas Shift+clique (alargar seleção), Ctrl+clique(ativar/desativar seleção de um item) e Shift+Ctrl+clique (alargar seleção apartir do último item clicado). Consulte “Trabalhar com grupos decamadas” na página 160 para informação sobre como usar seleçõesmúltiplas. Nomes de camadas e renomeaçãoAo criar uma nova camada, o Editor de títulos lhe atribui um nome padrãocom base no nome do recurso ou no nome do arquivo. Uma vez que osnomes padrão geralmente não são muito descritivos do conteúdo dacamada, pode ser útil, em um título com uma série de camadas, lhes atribuirum nome para ser mais fácil saber de imediato que nome equivale a quecamada.156 Avid Studio
  • O nome de uma nova camada de texto é o mesmo do texto padrão (“SeuTexto Aqui”). A menos que atribua um nome personalizado à camada, seunome padrão continuará a corresponder ao texto que digitar na camada. Serenomear uma camada de texto, outras alterações ao texto não se refletirãomais no nome da camada. Contudo, o comportamento padrão pode serrestaurado colocando um nome em branco.Para renomear a camada principal, clique no seu nome. Abre um campo deedição com o nome existente selecionado. Digite o novo nome e, depois,pressione Enter ou clique fora do campo de edição para concluir. Reordenamento de camadasConforme vimos na página 149 (“Operações das camadas na Janela deedição”), a posição de uma camada na pilha de camadas pode ser alteradapor meio de comandos no submenu de contexto Camada ou de atalhos deteclado como Ctrl+Sinal de Mais (Camada  Trazer para a frente).A Lista de camadas oferece uma abordagem maisdireta: basta arrastar o cabeçalho da camada parauma nova posição na lista. Isto é particularmenteútil em situações em que a sobreposição de camadasdificulta a seleção com o mouse. À medida quevocê arrasta a camada, uma linha de inserçãomostra onde a camada surgirá na lista depois de sersolta.Utilizando a seleção múltipla (consulte “Seleção decamadas” acima), você pode arrastar várias camadas de uma só vez parauma nova posição. Ocultar e bloquear camadasUm título complexo pode ficar sobrelotado muitorapidamente à medida que adiciona camadas àcomposição e Movimentos às camadas. O botão visibilidade naextremidade direita do cabeçalho da camada é útil para simplificar taissituações.Clique no botão visibilidade com a forma de um olho para removertemporariamente uma camada da Janela de edição. A informação e asconfigurações da camada são preservadas, porém você poderá trabalharagora em outras camadas sem a camada oculta a dificultar sua visão ou asações do mouse. Clique novamente para restaurar a visibilidade da camada.Capítulo 7: O Editor de títulos 157
  • A barra de ferramentasOs controles e as leituras nesta barra de cabeçalho estão contidos em cincogrupos. Da esquerda para a direita:• Os botões Adicionar texto e Adicionar forma permitem criar novas camadas “baseadas em vetores” às quais podem ser aplicados Estilos do Seletor de ajustes prévios. Clicando em Adicionar texto adiciona uma nova camada de texto com um Estilo e uma legenda padrão. Como forma de atalho para Adicionar texto, basta clicar duas vezes em qualquer área não utilizada da Janela de edição. Clicando em Adicionar forma abre um menu pop-up a partir do qual pode selecionar uma forma específica como conteúdo para a nova camada.• Cada um dos botões Alinhar, Agrupar e Ordenar abre um menu pop-up com comandos que podem afetar múltiplas camadas. Esses comandos são descritos em “Trabalhar com grupos de camadas” na página 160.• Os botões de transporte permitem pré-visualizar o título sem sair do Editor de títulos. Da esquerda para a direita, as funções dos botões são as seguintes: Reprodução infinita, Ir para o início, Recuar um quadro, Reproduzir/Pausar, Avançar um quadro e Ir para o fim. O botão Reprodução infinita reproduz continuamente depois de iniciada; para pará-la, clique em qualquer lugar na Janela de edição ou clique novamente em Reprodução infinita. Como habitualmente, a barra de espaço do teclado constitui um atalho útil para parar e iniciar a reprodução.• O botão Volume do sistema e sem som permite ajustar o volume do alto-falante do sistema. O mesmo não altera o nível de áudio dos clipes na linha de tempo.158 Avid Studio
  • • Os contadores mostram a duração do título e a posição atual do controle deslizante da linha de tempo da Lista de camadas no formato usual de horas, minutos, segundos e quadros. No caso de títulos provenientes do projeto em vez da Biblioteca, a posição indicada do controle deslizante se refere ao início da linha de tempo do projecto e não ao início do clipe.Edição de camadas e MovimentosAo criar uma camada, sua duração é definida para a vida útil total de umtítulo da qual faça parte. Para atrasar a primeira aparição de uma camada notítulo em execução ou para expulsar a camada prosseguindo com outras,arraste as extremidades da camada ao longo da linha de tempo da mesmamaneira que a edição de clipes na linha de tempo do projeto. Um título é como um palco em que as camadas representam os atores que vêm para uma cena importante e, depois, saem. O corte de camadas na linha de tempo da Lista de camadas permite controlar com precisão a temporização de suas entradas e saídas.São permitidos até três Movimentos – um de cada tipo – em cada camada.Estes também são exibidos na linha de tempo, onde também é possívelajustar suas durações. Os Movimentos de Entrada e Saída estão ancoradosnas respectivas extremidades da vida útil da camada, porém o fim de umMovimento de Entrada e o início de um Movimento de Saída podem serlivremente editados com o mouse. Se a camada tiver um Movimento deÊnfase, o mesmo ocupará a duração restante não utilizada (até à duraçãototal do título).Capítulo 7: O Editor de títulos 159
  • Três camadas com Movimentos. A camada superior tem apenas um Movimento de Ênfase (linha sólida), usando, por isso, a duração total. A camada inferior tem Movimentos de Entrada e Saída, e um intervalo estático entre os mesmos. A camada central tem Movimentos dos três tipos. O Movimento de Entrada está sendo cortado (observe o cursor com setas horizontais); à medida que é alterada sua duração, o Movimento de Ênfase se ajusta automaticamente para ocupar completamente qualquer tempo não utilizado.Para substituir um dos Movimentos utilizados por uma camada, bastaadicionar o novo Movimento como habitualmente: será substituído umMovimento existente do mesmo tipo.Para excluir um Movimento sem substituí-lo, selecione a camada e cliqueno ‘x’ pequeno no centro do gráfico da linha de tempo do Movimento. Trabalhar com grupos de camadasA Lista de camadas do Editor de títulos permite agrupar camadas em umabase temporária ou permanente.Para criar um grupo temporário, você utilizará técnicas padrão deseleção múltipla na Janela de edição ou na Lista de camadas. Você pode,depois, fazer alterações, tais como aplicar um Estilo, em todos os membrosdo grupo em simultâneo. O grupo permanece um todo somente até vocêclicar em outra camada ou em uma área vazia da Janela de edição,retomando as camadas sua existência individual. Em um grupo temporário,os quadros de controle de cada membro estão todos visíveis de uma só vez.Para criar um grupo permanente, crie primeiro um grupo temporário e,depois, clique no botão Agrupar na barra de ferramentas da Lista decamadas (ou utilize o comando Agrupar do submenu de contexto Agruparde qualquer membro). Depois de criado, o grupo permanece junto até vocêsepará-lo explicitamente com o botão Desagrupar ou o comando de menu,ou arrastando as camadas-membro para fora do grupo na Lista de camadas.Outro comando, Reagrupar, reconstitui automaticamente o último grupo aser desagrupado.160 Avid Studio
  • Quando é selecionado um grupo permanente, o mesmo tem um quadro decontrole partilhado que engloba todos os membros. Os quadros de controledos membros individuais não estão visíveis.Os grupos permanentes têm suas próprias entradas de cabeçalho e trilha dalinha de tempo na Lista de camadas. O cabeçalho do grupo pode serestendido ou recolhido para mostrar ou ocultar os cabeçalhos dascamadas-membro. Quando o grupo está aberto, as camadas-membro estãorecuadas em relação ao cabeçalho do grupo. Uma camada comum e um grupo com três camadas-membro na Lista de camadas. Os gráficos da linha de tempo mostram que foram aplicados Movimentos ao próprio grupo e a um dos membros. O ponteiro do mouse está posicionado de modo a recolher o grupo, ocultando os nomes das camadas-membro.Os grupos temporários e os grupos permanentes reagem de modo diferentea muitos comandos, conforme explicado abaixo. Nota: Mesmo quando uma camada faz parte de um grupo permanente, a mesma pode ser selecionada individualmente, quer na Janela de edição (a menos que o próprio grupo esteja atualmente selecionado) quer na Lista de camadas. Uma camada-membro pode até ser adicionada a um grupo temporário com outras camadas dentro ou fora do grupo permanente.Seleção múltipla de camadasO primeiro passo para a criação de um grupo consiste em selecionar osmúltiplos objetos que constituirão o grupo. Na Janela de edição, isso podeser feito de duas maneiras:• Clicando e arrastando com o mouse para marcar um retângulo de seleção (um “letreiro”) que cruza todos os objetos que deseja agrupar; ouCapítulo 7: O Editor de títulos 161
  • • Clicando no primeiro objeto que deseja agrupar e, depois, clicando com a tecla Ctrl em cada um dos outros.Outra abordagem de seleção múltipla utiliza a Lista de camadas, conformedescrito acima em “Trabalhar com a Lista de camadas”.Operações da Janela de edição no grupoOs grupos temporários e permanentes podem ser reposicionados,redimensionados e girados.Para reposicionar qualquer grupo, arraste-o para a nova posição como sefosse uma camada individual.Para girar um grupo permanente, arraste o manípulo de rotação doquadro de controle partilhado. Todos os membros do grupo giram à volta deseu centro comum, como planetas girando à volta do sol.Para girar um grupo temporário, arraste o manípulo de rotação dequalquer membro. Todos os membros do grupo giram à volta de seuspróprios centros, como planetas girando sobre seus eixos.Para redimensionar um grupo permanente, arraste qualquer ponto decontrole do quadro de controle partilhado. O tamanho do grupo na suatotalidade altera como se estivesse esticando uma folha de borracha comtodas as camadas pintadas nela.Para redimensionar um grupo temporário, arraste qualquer ponto decontrole do quadro de controle de qualquer membro. Cada camada éafetada de modo individual, expandindo ou contraindo no local à volta deseu próprio centro.Nas operações de redimensionamento de grupos, tal como acontece nascamadas individuais, o arraste de um ponto de controle do canto mantém ataxa de definição da camada, enquanto o arraste de um ponto de controlelateral permite alterar as proporções.Aplicação de propriedades a um grupoUma vez selecionado um grupo temporário, as configurações depropriedades efetuadas afetarão todos os membros a que a propriedade sejaaplicável:• Se você aplicar um Estilo, qualquer membro de texto ou forma irá recebê-lo.162 Avid Studio
  • • Se você adicionar um Movimento clicando com o botão direito do mouse sobre o ícone de um Movimento e selecionando Adicionar a camada(s) selecionada(s), terá o mesmo resultado como se o tivesse adicionado a cada membro individualmente.• Se você selecionar uma fonte ou alterar outros atributos de estilo, será atualizado cada um dos membros de texto do grupo temporário.Exceto no primeiro caso, os grupos permanentes têm suas próprias regraspara estas operações:• Se você aplicar um Estilo, o mesmo funcionará da mesma maneira que em um grupo temporário: todas as camadas de texto e forma no grupo serão afetadas.• Se você adicionar um Movimento a um grupo permanente, o grupo será tratado para efeitos de animação como um objeto gráfico único, sem ter em conta as letras, as palavras e as linhas que seus membros possam conter. No entanto, os Movimentos individuais de seus membros continuarão sendo executados juntamente com os do grupo como um todo.• Estilos de texto não podem ser aplicados a um grupo permanente.Alinhamento de camadas em grupos temporáriosO tipo final de operação de agrupamento que se aplica somente a grupostemporários é fornecido pelo botão Alinhar grupo na barra de ferramentasda Lista de camadas. Os comandos, havendo três para alinhamentohorizontal e três para alinhamento vertical, afetam todos os membros dogrupo exceto o primeiro selecionado, que define a posição dos restantes.Capítulo 7: O Editor de títulos 163
  • CAPÍTULO 8: Som e músicaO vídeo pode ser pensado, em primeiro lugar, como uma mídia visual, maso papel do som em seus filmes é muitas vezes não menos importante do queo das imagens na tela.As produções de filmes de efeitos e de televisão incluem inúmeros tipos deáudio, começando pelo diálogo e outros sons criados durante a ação aovivo. Em seus filmes, essa trilha sonora não editada – o áudio original ousíncrono – é importada juntamente com o vídeo e permanece associado aomesmo, a menos que sejam explicitamente separados.A maioria das produções comerciais também requerem efeitos sonoros –portas batendo, automóveis colidindo, cães latindo – e música incidental,que pode consistir de música criada especialmente para a produção, cançõesretiradas de discos ou ambas. A ferramenta ScoreFitter permite, até, criaruma trilha de música de fundo inteira com um simples pressionar de botão.Sobreposições de voz e outros tipos de áudio personalizado também sãomuitas vezes necessários.Recursos de áudio do Avid StudioNa linha de tempo do projeto, os clipes de áudio têm um comportamentosemelhante ao dos clipes de outros tipos, porém a linha de tempo tambémtem alguns recursos específicos do áudio.Por exemplo, a área de cabeçalho da linha de tempo inclui um painel demixagem pop-out e a barra de ferramentas inclui um botão para controlar adinâmica dos clipes com quadros-chave.Capítulo 8: Som e música 165
  • Alguns dos outros botões na barra de ferramentas da linha de tempotambém disponibilizam recursos de áudio. Um permite criar um clipe demúsica de fundo ScoreFitter; o outro do mesmo grupo permite gravar umasobreposição de voz. Mais à frente na barra de ferramentas está um botãode ativação/desativação da depuração do áudio, o qual permite monitorizaro áudio em breves segmentos à medida que você arrasta o controledeslizante ao longo da linha de tempo. A BibliotecaOs clipes de áudio e música entram nas suas produções através daBiblioteca, a qual gerência arquivos de áudio em wav, mp3 e outrosformatos padrão. Se desejar adicionar arquivos de áudio à sua produção,você pode fazê-lo arrastando o item desejado do Navegador da Bibliotecadiretamente para a linha de tempo do projeto. Correções e efeitosAs ferramentas de correção no Editor de áudio permitem aplicar váriasreparações e personalizações, incluindo redução do ruído, compressão eequalização, a clipes de áudio presentes no projeto. Ao contrário dos efeitos(a seguir descritos), estas ferramentas também podem ser aplicadas a itensde áudio na Biblioteca. Se os itens forem utilizados mais tarde em umprojeto, as correções virão com eles; você pode modificá-los ainda mais apartir da linha de tempo, se desejar. As correções não são destrutivas, ouseja, o arquivo de áudio corrigido não é modificado de qualquer maneira.Os efeitos no Editor de áudio garantem várias formas de aperfeiçoar,transformar ou divertir-se com clipes de som na linha de tempo do projeto.Ao contrário das ferramentas de correção aqui descritas, os efeitos nãopodem ser aplicados diretamente a itens na Biblioteca, mas apenas noâmbito de um projeto. Os efeitos vêm com combinações predefinidas deparâmetros que você pode editar ainda mais de acordo com suasnecessidades.166 Avid Studio
  •  O EDITOR DE ÁUDIOO editor de áudio disponibiliza ferramentas para a pré-visualização, análisee manipulação de áudio digital de arquivos wav, mp3 e outros tipos dearquivos. O mesmo inclui recursos para a trilha de áudio original ousíncrono criada durante a gravação do vídeo.Em relação à interface geral do Editor de áudio e de outros editores demídia, consulte Visão geral da edição de mídia. Corte e edição da trilha sonora estéreo de um clipe de vídeo. À esquerda está um painel de monitorização do vídeo e o misturador de canais. A parte escura da forma de onda (centro) representa o material removido deste som estéreo através de corte na linha de tempo situada na área inferior. O filtro de correção Compressor foi aplicado (direita).O Editor de áudio fornece dois conjuntos de ferramentas para diferentesfinalidades. São as Correções (Editor de mídias) e os Efeitos. As correçõesestão disponíveis para itens da Biblioteca e para clipes na linha de tempo doprojeto. Os efeitos estão disponíveis apenas para clipes na linha de tempo.CorreçõesQuando aberto a partir da Biblioteca ou da linha de tempo do projeto, oEditor de áudio fornece acesso a um conjunto de ferramentas de correçãopara resolver falhas comuns, tais como sibilância excessiva na fala gravada.Capítulo 8: Som e música 167
  • Se você editar um item da Biblioteca, as alterações efetuadas serãomantidas quando esse item for posteriormente utilizado em um projeto. Noentanto, as alterações a um clipe na linha de tempo não têm impacto fora doprojeto a que pertencem.Para informações sobre a abertura do Editor de áudio para acessar asferramentas de correção, juntamente com funções gerais dos editores demídia, consulte “Visão geral da edição de mídia” na página 85. Para adescrição das próprias ferramentas, consulte “Correções de áudio” napágina 172.EfeitosTal como mencionado, se o Editor de áudio for aberto a partir da linha detempo do projeto, o mesmo fornece um conjunto de ferramentas decorreção, cuja principal finalidade consiste em reparar defeitos na mídia.Estas ferramentas podem ser aplicadas diretamente a itens na Biblioteca e aclipes no projeto.Apenas no caso dos clipes na linha de tempo, o Editor de áudio tambémdisponibiliza um conjunto de efeitos de áudio. Estes permitem uma amplavariedade de possibilidades para ajustar ou aperfeiçoar os clipes. Consulte“Efeitos de áudio” na página 176 para detalhes.Misturador de canaisO misturador de canais permite efetuar ajustes do nível e redirecionar ossinais de áudio das suas atribuições originais de canais a novas atribuições.Por exemplo, você pode utilizar o misturador para condensar canais estéreoseparados para um canal mono esquerdo ou direito.O painel do misturador se abre inicialmente na coluna esquerda decontroles, porém pode ser arrastado para uma nova posição de encaixe emqualquer lado da janela. À medida que você arrasta o painel, outros painéisserão automaticamente reposicionados, se necessário.Se você precisar de funções não disponibilizadas pelo misturador de canais,considere a possibilidade de aplicar o efeito Ferramenta de canais ao clipe.Consulte “Efeitos de áudio” na página 176 para mais informações sobre aFerramenta de canais.168 Avid Studio
  • Ajuste do nível: Clique no controle deslizante abaixo dos medidores donível para definir o nível de reprodução do clipe. O nível definido seráutilizado sempre que este clipe seja reproduzido ou utilizado em uma linhade tempo. A área vermelha nos medidores representa a sobremodulação dosome e, se possível, deve ser evitada. Para determinar o nível máximo quepode ser utilizado com segurança, clique no botão Normalizar.Roteamento de canais: Esta lista suspensa contém todas as opções pararedirecionar sinais de áudio, tal como uma troca de canais (o esquerdo trocacom o direito, por exemplo) ou combinar um sinal estéreo de dois canaisem um canal mono. A opção Roteamento 1:1 roteia o sinal de áudio semalterações. Seleção de uma opção de Roteamento de canais no Misturador de canais. Imediatamente acima da lista está o controle deslizante de ajuste do nível (na configuração padrão de 0 dB). À direita da lista está o botão Normalizar.Botão Normalizar: O botão Normalizar examina as amostras de áudio nosom carregado para determinar a quantidade de aumento uniforme que podeser aplicada sem sobremodulação (corte digital severo) de qualqueramostra. Ao contrário da compressão e limitação, as quais modificam adinâmica do material de áudio, a normalização preserva a dinâmicaaumentando (ou diminuindo) uniformemente a amplitude.Gráfico da forma de onda e espectro de freqüênciasO gráfico da forma de onda do áudio é apresentado na área central da tela.Mostra, de modo estático, como a amplitude do som muda ao longo dotempo. Se você ampliar o som até ao máximo, as linhas verticais no gráficoindicam as amostras individuais do som. O gráfico da forma de ondatambém é vista no Player (“fonte”) da Biblioteca ao selecionar um item.Capítulo 8: Som e música 169
  • O gráfico da forma de onda mostra a alteração nos níveis de áudio ao longo do tempo. No caso das gravações estéreo, o gráfico é dividido na horizontal, conforme aqui ilustrado, com o canal esquerdo na área superior.Em alternativa, a vista dinâmica do mesmo material de áudio é apresentadapela exibição do espectro de freqüências, a qual mostra a composiçãoespectral mutável do som durante a sua reprodução.Os botões Forma de onda e Freqüência no canto inferiordireito do Editor de áudio permitem alternar entre estasexibições complementares, se assim desejar.170 Avid Studio
  • O espectro de freqüências reparte os sinais de áudio por bandas de freqüências, indicando o nível do som em cada banda. As freqüências inferiores estão à esquerda. Os níveis de pico são representados na forma de uma pequena caixa acima de cada barra principal para a qual tenha sido detectado um pico nos últimos segundos.Controles para vídeo síncronoSe você estiver editando vídeo com uma trilha de áudio síncrono, aspossibilidades de edição do vídeo e do áudio estão disponíveis através dosbotões Vídeo e Áudio no topo da janela. Durante a sua permanência noEditor de áudio está também disponível um painel de monitorização. Alternância entre vídeo / áudioSe estiver disponível vídeo, será fornecida umaguia no canto superior esquerdo da tela paramudar para o Editor de vídeo. Para detalhes sobre os controles disponíveisquando a guia Vídeo está selecionada, consulte “Correção do vídeo” napágina 95.Capítulo 8: Som e música 171
  • Monitor do vídeoSe existir vídeo síncrono para o áudioatualmente selecionado, um pequenopainel de pré-visualização do vídeo seabre na área superior esquerda doEditor de áudio. Durante a audiçãoprévia do som, o monitor do vídeopermite acompanhar visualmente aação. Se mudar para o Editor de vídeo,você verá um painel de exibição daforma de onda na mesma localização na tela. Consulte “Correção do vídeo”na página 95. Correções do áudioAs possibilidades de correção no Editor de áudio são Equalizar,Compressor, Expansor, De-Esser e Redução do ruído. Todas elas podemser aplicadas a itens da Biblioteca e a clipes na linha de tempo.EqualizadorO princípio subjacente aos equalizadores é semelhante ao dos controles deagudos e graves de um sistema de áudio, mas com um ajuste muito maispreciso. Este equalizador divide o espectro do áudio em cinco bandas defreqüências, estando cada uma delas centrada em uma freqüênciaespecificada e com uma quantidade de ganho ajustável.Lista de ajustes prévios: Vários ajustes prévios fixos podem serselecionados a partir da lista suspensa; por exemplo, você pode definir umefeito “voz telefônica”.Ganho: Usando o controlador Ganho, você pode determinar a quantidadecom que a respectiva banda de freqüências contribui para o som global (de -18 a +18).Freqüência: O parâmetro Freqüência permite especificar a freqüênciacentral de cada banda.Baixo corte e Alto corte: Estes controladores eliminam completamente asfreqüências abaixo e acima de um valor definido. Os valores padrãopermitem todas as freqüências.172 Avid Studio
  • Configurações e ajustes prévios para as correções do áudio Equalizador e Compressor. A maioria das configurações do Expansor (não ilustrado) é igual à do Compressor. Consulte a descrição para detalhes.CompressorUm compressor suaviza a dinâmica instante a instante em um sinal deáudio, amortecendo as seções mais altas e aumentando o som global. Issoproporciona a impressão de um sinal mais forte, embora os picos de nívelnão fiquem mais elevados após a compressão. Uma leve compressão éaplicada com muita freqüência na masterização de áudio de trilhas demúsica. A compressão também pode ser utilizada criativamente de váriasmaneiras, dependendo do material.Lista de ajustes prévios: Escolha a partir de uma série de parâmetrospré-construídos para o filtro de compressão.Relação: Este controle define a taxa de compressão, a qual corresponde àquantidade de compressão aplicada a seções do sinal de entrada queexcedam a configuração em Limite.Capítulo 8: Som e música 173
  • Por exemplo, a taxa de compressão 2:1 significa que um aumento de 2 dBno nível de origem acima do limite produz apenas um aumento de 1 dB nonível de saída. A amplitude permitida é de 1:1 (sem compressão) até 100:1(limitação rígida).Limite: Todos os níveis acima desta configuração são atenuados pelo valordefinido em Relação. Você pode aplicar um aumento global com ocontrolador Ganho para compensar a perda de nível.Ataque e Liberar: Ataque controla a rapidez com que o compressor reageao sinal de áudio que excedeu o limite. Valores superiores atrasam o inícioda compressão, permitindo (por exemplo) que um breve ataque de uma notade piano permaneça distinto, enquanto é aplicada a habitual compressãopara sons sustentáveis. Liberar controla a velocidade a que a compressão édesligada quando o sinal desce abaixo do limite.Ganho: É melhor fazer ajustes no ganho depois de realizada a compressão.Joelho: Um valor superior permite que a compressão se imponhagradualmente à medida que se aproxima ou se afasta do limite do nível desom, em vez de ativar todos de uma só vez. Este altera as qualidades tonaisdo som comprimido.ExpansorO Expansor diminui o ganho dos sinais que desçam abaixo de um limiteescolhido. Os expansores permitem uma maneira mais suave de redução deruídos barulhentos de nível inferior do que o corte abrupto de uma porta.Relação, Limite, Ataque, Liberar: Estes parâmetros têm os mesmossignificados que no Compressor (consulte acima).Amplitude: Este ajuste prévio controla a redução máxima do ganho(atenuação).Reter: Este determina o tempo que o expansor permanece ativo após oataque inicial. O aumento deste valor é útil quando, entre sinais maisbarulhentos, são notadas pequenas pausas ou passagens muito mais calmasque não devam ser amplificadas. Neste caso, o expansor funciona como umbloqueador de ruídos.De-EsserEste filtro de áudio remove de modo imperceptível a sibilância incômodada fala gravada. Os parâmetros disponíveis permitem um ajuste finoindividualizado do efeito.174 Avid Studio
  • Freqüência: Este botão define a freqüência acima da qual o De-Esser éativado.Amplitude: Este botão controla a atenuação máxima que será aplicada àsibilância detectada. Configurações e ajustes prévios para as correções do áudio De-Esser e Redução do ruído.Redução do ruídoUsando este filtro de redução do ruído, você pode reduzir ou eliminarruídos de fundo indesejados. O filtro reage dinamicamente a quantidadesvariáveis e tipos de ruído dentro do material.O filtro Redução do ruído pode ser aplicado para uma série de problemas.No entanto, os resultados obtidos podem diferir, dependendo do material deorigem e da origem do problema. Em muitos casos, os resultados pode serainda mais otimizados com a utilização orientada dos parâmetros Nível eAjuste fino.Uma vez que uma nova configuração pode demorar alguns segundos a terefeito, faça as alterações lenta e gradualmente, analisando atentamente cadaalteração.Nível: As gravações de vídeo no exterior em que os intervenientes estejamafastados do microfone apresentam muitas vezes ruído de fundo excessivo.Pode ser suficiente para obscurecer os sons de interesse, tais como as vozesdos intervenientes. Nas mesmas condições, o ruído operacional da própriafilmadora, ou, por outras palavras, do operador da câmera, pode seramplificado até um nível perturbante. Experimente todos os níveisdisponíveis em Redução do ruído até serem alcançados os melhoresresultados possíveis para o material de origem.Capítulo 8: Som e música 175
  • Ajuste autom.: Enquanto esta opção estiver ativa, o filtro Redução doruído se adapta automática e dinamicamente ao tipo e quantidade de ruídono material. A opção Ajuste fino é ignorada enquanto a opção Ajuste autom.estiver selecionada.Ajuste fino: Esta opção controla a quantidade de correção. O seu efeito sóé significativo quando são utilizadas as configurações inferiores de Nível enão tem qualquer efeito quando a opção Ajuste autom. está ativa.Remover vento: Marque esta caixa de seleção para ativar um filtro quereduz o vento e ruídos de fundo semelhantes no áudio atual. Efeitos de áudioOs efeitos de áudio, tais como os efeitos de vídeo, se encontram naBiblioteca, na ramificação Elementos criativos. Uma maneira de adicionarum efeito ao projeto consiste em arrastá-lo da Biblioteca para qualquerclipe de áudio (incluindo clipes de vídeo com áudio síncrono). Adicionando o efeito de áudio Grungelizer ao clipe atual.Os efeitos são, geralmente, adicionados com o auxílio do painel Efeitos noEditor de áudio, o qual permite pré-visualizar e personalizá-los comfacilidade. O painel está disponível sempre que você estiver trabalhando emclipes na linha de tempo com áudio. O painel não está disponível quandovocê abre o Editor de áudio a partir da Biblioteca. (De modo contrário, asferramentas no painel Correções do Editor de áudio estão sempredisponíveis.) Consulte “O Editor de áudio” na página 167 e “Áudio na linhade tempo” na página 100 para detalhes.A interface global para efeitos de áudio é exatamente igual à existente paraefeitos de vídeo. Os recursos comuns não são aqui descritos. (Consulte oCapítulo 5: Efeitos de vídeo.) Alguns efeitos de áudio, como o Equalizadore o De-Esser, também funcionam como ferramentas de correção. Estes sãodescritos em “Correções de áudio” na página 172. Vamos agora dar umaolhada noutros efeitos de áudio.176 Avid Studio
  • Ferramenta de canais: A ação básica deste efeito consiste em encaminharo sinal de áudio estéreo. Permite conectar um ou ambos os canais deentrada esquerdo e direito a um ou ambos os canais de saída. Além disso, aferramenta de canais oferece ajustes prévios de finalidade especial,incluindo Inversão de fase e Remoção da voz – o efeito “karaokê”.Coro: O efeito Coro cria um som mais rico reintroduzindo repetidamente“ecos” no fluxo de áudio. Controlando propriedades como a freqüência comque os ecos ocorrem e a deterioração no volume de uma repetição para aseguinte, é possível uma variedade de resultados, incluindo sonssemelhantes a flanger e outros efeitos especiais.Grungelizer: O Grungelizer adiciona ruído e estática a suas gravações.Pode fazer com que seus clipes pareçam ter sido ouvidos na rádio com márecepção ou em um disco de vinil gasto e riscado.Nivelador: Este efeito ajuda a compensar um problema comum nagravação de áudio para produções de vídeo: a falta de balanço no volumegravado de diferentes elementos no áudio original. Por exemplo, seucomentário à medida que filma o vídeo pode ser gravado a um nível tãoelevado que suprime quaisquer outros sons no local.A finalidade da utilização do Nivelador consiste em encontrar um volumealvo algures entre o volume do áudio alto e o volume do áudio baixo noclipe original. Abaixo desse volume, o Nivelador aumenta o nível originalcom uma taxa fixa. Acima do volume alvo, o Nivelador atua comocompressor, reduzindo o nível original. Com um cuidado ajuste dosparâmetros é possível melhorar significativamente o balanço interno doáudio.Reverberação: O efeito Reverberação simula o efeito da reprodução dosom original em uma sala de um determinado tamanho e refletividade dosom. O intervalo entre a chegada do som original aos ouvidos do ouvinte edos primeiros ecos é maior em uma sala grande do que em uma salapequena. A taxa a que os ecos desaparecem depende do tamanho da sala eda refletividade das paredes.Os ajustes prévios da Reverberação são indicados com base no tipo de salaque simulam – desde o interior de um automóvel a uma cavernasubterrânea.Eco estéreo: Este efeito permite definir retardamentos individuais em cadaum dos canais da esquerda e direita, com controles de feedback e balançopara fornecer uma variedade de sons interessantes.Capítulo 8: Som e música 177
  • Espalhamento estéreo: Este efeito permite diminuir ou aumentar a larguraaparente do campo de audição estéreo em um clipe de áudio. É utilizadocom mais freqüência para criar uma mixagem com um som mais aberto eespaçoso. ÁUDIO NA LINHA DE TEMPOOs níveis de áudio e o posicionamento estéreo ou surround de clipesindividuais podem ser ajustados diretamente na linha de tempo do projetocom Keyframing do áudio. As mesmas operações também podem serconseguidas com o painel Misturador de áudio, o qual aparece à direita docabeçalho da linha de tempo depois de clicar no respectivo botão de acesso.Ambos os métodos têm as suas próprias vantagens. A realização de ajustesna linha de tempo garante um bom sentido de tempo versus volume oubalanço, enquanto o Misturador de áudio, em combinação com o Panner,facilita a mixagem – ajustando separadamente o volume e o balance de cadatrilha contendo áudio.Som surroundA ferramenta Panner é compatível com surround. Para uma maiorflexibilidade, você pode posicionar o áudio de qualquer clipe em um campode audição de bidimensional – da frente para trás, bem como da esquerdapara a direita.Se misturar o áudio para todos os clipes como se fosse para a reproduçãosurround, você pode produzir na mesma um arquivo de filme com trilhasonora estéreo utilizando apenas a informação de balanço daesquerda-direita. Se decidir posteriormente enviar o projeto para DVD, aprodução de som surround 5.1 já estará completa.178 Avid Studio
  • Funções do áudio da linha de tempoJuntamente com as funções de gerenciamento da trilha descritas na página53, a área de cabeçalho da linha de tempo aloja também uma série decontroles de áudio. Nível de reprodução mestreAcima dos cabeçalhos das trilhas da linha de tempo está um indicador donível de reprodução mestre. Durante a pré-visualização do projeto, esteindica a produção total de todas as trilhas atualmente misturadas. O íconeExpandir à direita do indicador abre uma pequena janela flutuante comindicadores de nível separados para cada canal de saída e um controle doganho mestre para aumentar ou baixar uniformemente o nível de saída. Clique no ícone junto ao indicador do nível de reprodução mestre para abrir o painel Volume mestre, onde você pode aplicar um ganho de volume global à saída de áudio composto do projeto. Misturador de áudioO painel Misturador de áudio aparece à direita dos cabeçalhos das trilhas sevocê clicar no respectivo botão de acesso na barra de ferramentas da linhade tempo. O painel disponibiliza dois botões de esmaecimento para cadatrilha da linha de tempo.Capítulo 8: Som e música 179
  • Nível da trilha: O botão esquerdo define o nível de saída da trilha na suatotalidade. O valor numérico é indicado em uma pequena janela pop-upquando o ponteiro do mouse está posicionado sobre o botão. O valor padrãode 0 dB (que pode ser restaurado clicando duas vezes no botão) significaque não foi aplicada nenhuma alteração global ao volume original dosclipes na trilha. Clicando na pequena janela abre um campo de edição, ondevocê pode inserir o nível desejado. Você também pode defini-lo arrastandona horizontal dentro da pequena janela.Nível do clipe: O outro botão define o nível do clipe atual na posição docontrole deslizante. Se não estiver selecionado nenhum clipe na trilha, estesegundo botão estará indisponível. O contorno do volume de um clipe podeser controlado com quadros-chave, conforme descrito imediatamenteabaixo. Se a opção Keyframing for utilizada, o botão Nível do clipe leva àcriação de novos quadros-chave ou ao reposicionamento dos existentes. Se o botão de acesso acima da linha de tempo (E) for clicado, o painel do misturador de áudio aparece à direita (D). Cada trilha tem dois botões. O primeiro ajusta o nível de saída global do áudio da trilha e o segundo controla os níveis do clipe atual. Podem ser definidos quadros-chave para o controle do nível momento a momento. O terceiro ícone em cada trilha abre o Panner.Keyframing do volumeO nível de um clipe de áudio pode ser alterado com o auxílio deKeyframing, o qual permite criar um envelope de volume que reflete asalterações dinâmicas dentro do clipe. O envelope aparece na forma de umalinha verde no clipe; os quadros-chave são representados por pequenos“manípulos de controle” quadrados ao longo da linha. Durante areprodução, o volume do clipe segue a linha do envelope à medida que estaavança suavemente de um nível com quadros-chave para o seguinte.180 Avid Studio
  • Se o clipe não incluir quadros-chave, o contorno do volume será uma linhahorizontal representando o volume padrão do clipe. Para adicionar umquadro-chave, certifique-se de que o botão de Keyframing do volume nabarra de ferramentas da linha de tempo está ativo e, depois, clique nocontorno do volume do clipe. Em alternativa, você pode posicionar ocontrole deslizante na posição desejada do quadro-chave e, depois, cliqueno botão do nível do clipe; este segundo método funciona quer o botão deKeyframing do volume esteja aceso ou não. Em ambos os casos deveaparecer um manípulo de controle no clipe. A partir de agora, cadaalteração ao volume do clipe cria um novo quadro-chave, se não houvernenhum na posição atual, ou atualiza o valor de um quadro-chave jáexistente. Edição de keyframing do volume com o mousePara permitir a edição de quadros-chave com o mouse, ative o botão deKeyframing do volume no grupo de botões na extremidade direita da barrade ferramentas da linha de tempo. Quando posicionar o ponteiro do mousesobre o contorno verde do volume em um clipe de áudio, você verá que ocontorno reage por meio de destaque em branco. Para ativar a edição de keyframing do volume, clique no botão no grupo do lado direito da barra de ferramentas da linha de tempo.Várias funções de edição de quadros-chave baseadas no mouse estão agoradisponíveis. Antes de realizar uma edição alargada de quadros-chave, tirealgum tempo para familiarizar-se com os comandos disponíveis nesteconjunto. Estes permitem manipular quadros-chave rapidamente sem ter deestar sempre a voltar a um quadro-chave escolhido e operar o botão donível do clipe.O estilo padrão de operações de edição para quadros-chave de volumefavorece a manutenção de seções de nível constante do clipe, em vez desubir e descer continuamente “rampas” da linha de contorno. Nos casos emque não é produzido o resultado de edição desejado, experimentenovamente mantendo a tecla Alt pressionada. Esta ação desativa os ajustesautomáticos que possam ser de outro modo efetuados.Insira um novo quadro-chave clicando na linha de contorno.Capítulo 8: Som e música 181
  • Crie instantaneamente um fade com quadros-chave por meio deCtrl+clique na linha de contorno. Esta ação insere um novo quadro-chaveno ponto onde você clicou e um segundo com o volume definido para zero.Se o clique tiver sido feito na primeira parte do clipe, o segundoquadro-chave será adicionado no início para criar um fade-in; se o cliquetiver sido feito na segunda metade do clipe, será criado um fade-outcolocando o segundo quadro-chave no fim.Crie alterações abruptas no nível arrastando as seções horizontais entreos quadros-chave adjacentes para cima ou para baixo. Esta ação produzavanços verticais no contorno do volume.Reposicione picos e fades arrastando as “rampas” (elevando ou baixandoseções da linha de contorno) na lateral dentro do clipe.Reposicione o manípulo de controle em duas dimensões em qualquerponto permitido entre os adjacentes imediatos (ou as extremidades doclipe). Você pode alterar simultaneamente o índice temporal doquadro-chave e o volume do clipe que terão efeito depois de alcançado pelareprodução. As setas nesta ilustração mostram as utilizações do mouse na edição de quadros-chave. Um ponto de controle individual pode ser arrastado em todas as direções. As tampas e as seções planas estão limitadas apenas ao movimento na horizontal e vertical, respectivamente.Exclua um quadro-chave arrastando-o para outros quadros-chave oumovendo-o na vertical para fora do contorno.Defina um fade-in ou fade-out linear arrastando um dos cantos superioresdo clipe na horizontal em direção ao centro. Repare antes de começar que ocanto desdobrado do clipe fica ligeiramente com orelhas de cachorroquando o mouse passa sobre ele. O canto pode ser agora arrastado maispara dentro do clipe, criando um fade. Quando maior for a área “dobradapara cima”, mais longa será a duração do fade. As durações dos fades podem ser editadas com o mouse, conforme aqui ilustrado. Você também pode clicar na área dobrada para cima para abrir uma pequena caixa de diálogo para a edição da duração de maneira numérica.182 Avid Studio
  • Edite um fade existente posicionando o mouse sobre a linha vertical quedesce do canto voltado para dentro da “dobra”. Certifique-se de que oponteiro de setas bidirecionais é exibido e, depois, arraste a extremidade,conforme desejado.O menu de contexto para pontos de controle no contorno do volumedisponibiliza os comandos Adicionar um quadro-chave, Excluirquadros-chave e Excluir todos os quadros-chave. (Quer o primeiro quer osegundo destes comandos estará com fundo cinzento, uma vez que só podeser aplicado um de cada vez.)O PannerEsta ferramenta permite regular a localização aparente da fonte de som emrelação a um ouvinte dentro do campo de audição “surround”. Tal como aferramenta de volume do clipe, esta funciona com quadros-chave atribuídosao clipe e, por isso, só está ativa quando o controle deslizante da linha detempo está posicionado em um clipe de áudio ou um clipe de vídeo comáudio síncrono. A linha de contorno para alterações de posicionamento(panning) é desenhada em azul. No Misturador de áudio, o terceiro ícone em cada trilha permite acessar o Panner, onde você pode controlar o posicionamento da saída de áudio da trilha em um espaço de audição “surround” bidimensional.Para efeitos de edição da linha de tempo, todos os posicionamentosocorrem no modo surround, de tal modo que você só terá de lidar com umaúnica versão dos controles do Panner.Capítulo 8: Som e música 183
  • Os clipes com posicionamento surround podem ser misturados com outrasconfigurações de saída após a conclusão da edição do projeto. Isto permitea você trabalhar com um único conjunto de decisões de posicionamentopara todos os formatos eventualmente produzidos.As alterações efetuadas com esta ferramenta se aplicam apenas ao clipeatual. Elas permanecem com o clipe, mesmo que você mova ou copie oclipe para outra trilha.Para abrir o Panner, clique no respectivo botão de acesso no painel demixagem do cabeçalho da trilha. Este botão tem fundo cinzento se nãoestiver nenhum clipe na trilha na posição do controle deslizante. A fonte desom está assinalada com um ponto azul em uma grelha bidimensional. Oouvinte se encontra no centro, voltado para a frente. Lista de seleçãoA lista suspensa no topo da janela do Panner disponibiliza três métodospara a distribuição do som por um conjunto de seis alto-falantes surround.5.1 é a configuração mais adequada para fins gerais para a reprodução desons naturais. Utilize-a para sons atmosféricos gerais, tais como cãeslatindo ou automóveis circulando. Os cinco principais alto-falantes sãorepresentados por ícones na área de trabalho. O sexto, o alto-falante LFE(efeitos de baixa freqüência), é demasiado grave para permitir referênciasposicionais. O seu nível no mix surround é controlado por um controledeslizante abaixo da área de trabalho.Centro canal deslocado é a configuração preferida para uma trilha demúsica imersiva.Modo de diálogo combina o alto-falante central com os dois na parte detrás. Esta combinação é adequada para o diálogo entre os múltiplosalto-falantes envolvidos.184 Avid Studio
  • Posicionamento do áudio do clipe com o auxílio do Panner no Modo de diálogo. Repare que os ícones dos alto-falantes dos cantos dianteiros são translúcidos, indicando que não estão sendo utilizados neste modo. Conforme ajustado aqui, o áudio para a trilha será ouvido vindo da direita do ouvinte. Área de trabalhoO corpo principal da janela do Panner representa sistematicamente umaárea de audição com a disposição típica dos alto-falantes. O ícone cruzadono centro da área indica a posição do ouvinte.Um ponto de controle azul define a posição da fonte de som. Os símbolosdos alto-falantes na extremidade da área de trabalho indicam a disposiçãotípica do sistema de alto-falantes surround 5.1, com a tela no topo.Se você desejar controlar a posição da fonte de som em uma dimensão,horizontal ou vertical, utilize os controles deslizantes na área inferior oudireita da área de trabalho, respectivamente.Canal LFE: O som surround suporta um canal especial de subwoofer (o“.1” em “5.1”) que permite aumentar ou cortar as freqüências mais baixaspara efeitos especiais. Controle o aperfeiçoamento LFE com o controledeslizante abaixo da área de trabalho. Uma vez que o ouvido não consegueidentificar a localização destes sons de baixa freqüência, o LFE não éatribuído a uma posição espacial.Capítulo 8: Som e música 185
  • Botões dos quadros-chave: Os botões dos quadros-chave na área inferiordo painel permitem adicionar, remover e navegar entre quadros-chave. Osímbolo Adicionar muda automaticamente Excluir, se você estiver naposição de um quadro-chave existente. FERRAMENTAS DE CRIAÇÃO DE ÁUDIOO Editor de Filme disponibiliza duas ferramentas para a criação da suaprópria trilha sonora, em vez de depender exclusivamente da mídiafornecida pela Biblioteca. Ambas as ferramentas são acessadas através dosbotões na barra de ferramentas acima da linha de tempo do projeto.ScoreFitter é o compositor residente do Avid Studio. Você pode utilizá-lopara gerar música incidental ou trilhas de fundo completas para a suaprodução. Os clipes de música ScoreFitter podem ter a duração desejada ebastam alguns segundos para especificar e criá-los no estilo da sua escolha.Por padrão, um clipe ScoreFitter só existe dentro do respectivo projeto,porém você também pode salvar seleções específicas de música naBiblioteca para uso posterior. Imediatamente acima da linha de tempo no editor de projetos, o botão ScoreFitter (sob o ponteiro do mouse) e o botão de sobreposição de voz (na extrema direita) fornecem o acesso às ferramentas para a criação de novo material de áudio.A ferramenta de sobreposição de voz permite gravar material ao vivo –vocal ou outro – utilizando um microfone conectado ao computador. O seuuso mais comum é para sobreposições de voz e trilhas narrativas, porémvocê pode gravar qualquer som, desde que o mesmo possa ser produzido nomomento certo. A ferramenta cria um arquivo de áudio que éautomaticamente importado para a Biblioteca e, depois, adicionado aoprojeto na localização do controle deslizante. O clipe é adicionado àespecial trilha de sobreposição de voz e não à trilha atual como acontececom outros tipos de mídia.186 Avid Studio
  • Localização do item na BibliotecaConforme mencionado acima é criado um novo item da Biblioteca sempreque você fizer uma sobreposição de voz e, opcionalmente, também pode sercriado um a partir da ferramenta ScoreFitter. Em ambos os casos surge umbotão Novo na barra de rodapé da Biblioteca. É temporariamente adicionado um botão Novo na barra de rodapé da Biblioteca quando um novo item ScoreFitter ou sobreposição de voz é adicionado à Biblioteca. Clique no botão para localizar a pasta da Biblioteca que contém o item.Clique no botão para navegar na guia de localização atual até à pasta daÁrvore de itens, onde o novo item está armazenado. O botão está associadoapenas à operação agora concluída e é removido passado pouco tempo. ScoreFitterO ScoreFitter do Avid Studio cria automaticamente música de fundona categoria da sua escolha. No âmbito dessa categoria, vocêseleciona uma de várias canções e, no âmbito dessa canção, qualquer umade uma série de versões. A lista de versões disponíveis também depende daduração da música de fundo que você especificar.Capítulo 8: Som e música 187
  • A janela do ScoreFitter. Selecione uma Categoria, uma Canção e uma Versão, depois clique no botão Adicionar ao vídeo.Para criar música para um conjunto específico de clipes, selecione essesclipes antes de clicar no botão Criar canção para abrir o Scorefitter. (Paraselecionar o filme completo, utilize Editar  Selecionar tudo ou pressioneCtrl+A.) A duração total dos clipes selecionados determinará aconfiguração inicial para a duração da música, embora você possa alterar ovalor em qualquer altura cortando o clipe na linha de tempo do projeto oueditando diretamente o contador Duração na ferramenta.No ScoreFitter, escolha uma categoria, uma canção e uma versão a partirdas listas fornecidas. Cada categoria oferece sua própria seleção de cançõese cada canção sua própria seleção de versões.Digite um nome para o clipe no campo Nome e ajuste a sua duração com ocontador Duração, se desejar. O clipe de música que você criar seráajustado para se adaptar exatamente à duração que selecionar.Depois de ter efetuado as suas configurações, clique no botão Adicionar aovídeo. O Avid Studio cria um novo clipe na trilha ativa começando noíndice temporal atual (conforme indicado pelo controle deslizante da linhade tempo e pelo quadro de pré-visualização no Player).Expandindo sua coleção de cançõesAs canções do ScoreFitter vêm em coleções chamadas “bibliotecas”.A biblioteca padrão, incluída no Avid Studio, contém mais de 40 cançõesem estilos desde Popular a Eletrônica. Bibliotecas adicionais podem seradquiridas a partir do Avid Studio, uma vez que ficam disponíveis se clicarno botão Obter mais.188 Avid Studio
  • A Ferramenta de sobreposição de vozGravar uma sobreposição de voz no Avid Studio é tão fácil comofazer um telefonema. Basta abrir a Ferramenta de sobreposição devoz, clicar em Gravar (REC) e falar para o microfone conectado aocomputador. Você pode narrar enquanto visualiza o vídeo, de modo quesuas palavras estejam em sintonia com a ação na tela. Você também podeutilizar a ferramenta como uma maneira rápida de captura de músicaambiente ou efeitos sonoros domésticos com o auxílio do microfone. A Ferramenta de sobreposição de voz, pronta para avançar. Basta clicar no botão Gravar (REC), contar até três juntamente com o software e, depois, começar a falar.Antes de poder gravar áudio com a Ferramenta de sobreposição de voz,você precisará de conectar um microfone à porta de entrada da placa desom do computador. Veja as cenas de vídeo do filme e decida onde desejainiciar e terminar a sobreposição de voz. Quando você estiver pronto, abra aFerramenta de sobreposição de voz.Selecione o ponto inicial na linha de tempo do projeto. Você pode fazê-loselecionando um clipe, reproduzindo o filme e parando-o no pontodesejado, ou arrastando o controle deslizante da linha de tempo.Posicione o microfone para utilização e experimente falar uma frase deteste para verificar o nível de gravação (consulte “Nível da sobreposição devoz” abaixo). Se estiver satisfeito com o resultado, clique no botão Gravar(REC) (o qual muda para Parar durante a gravação).É exibida uma contagem decrescente de três segundos e, depois, é iniciadaa reprodução do filme no Player. Faça a sua narração e clique no botãoParar quando tiver terminado.Capítulo 8: Som e música 189
  • Será agora perguntado se você deseja manter a gravação. Se a sua respostafor afirmativa, o clipe da sobreposição de voz será adicionado à Bibliotecae também será automaticamente colocado na trilha de sobreposição de vozna linha de tempo do projeto.Controles adicionaisNível da sobreposição de voz: À medida que faz a gravação, observe oindicador do medidor de picos para certificar-se de que o microfone estágerando um sinal forte, sem fazer sobremodulação. Observe este medidorpara certificar-se de que os níveis de gravação não sejam demasiadoelevados nem demasiado baixos. A cor do indicador muda de verde(modulação de 0-70%) para amarelo e, depois, para vermelho.Ajuste o controle deslizante do nível da gravação, conforme necessário,para garantir a amplitude adequada. O controle deslizante está localizadoimediatamente abaixo do medidor de picos. Geralmente, você deve tentarmanter o pico de áudio na área amarela (71-90%) e fora da área vermelha(91-100%).Sem áudio: Os sons existentes na trilha sonora do filme podem por vezesperturbar, quando você está tentando gravar uma sobreposição de voz. Estacaixa de seleção permite desativar totalmente o áudio da linha de tempodurante a gravação.Nome do arquivo: Este campo de texto permite predefinir o nome dearquivo utilizado para arquivos de áudio de sobreposições de voz. Oprimeiro arquivo recebe o nome que você especificar; se você não fizeralterações, os arquivos seguintes receberão um sufixo numérico – p. ex.“Sobreposição de voz (1)” – que aumenta com cada take.Localização: Clicando no ícone da pasta, você pode navegar até uma novapasta do sistema para o armazenamento de clipes de sobreposição de voz.190 Avid Studio
  • CAPÍTULO 9: Projectos de discoCom o aparecimento dos discos DVD, Blu-ray e AVCHD, a tecnologia devídeo se tornou interativa e abriu novas possibilidades tanto para ovideógrafo como para o público.Em um projeto de disco, você pode ir além da anterior idéia de criação deum filme para ser visto em seqüência rigorosa desde o começo ao fim.Agora o seu público pode decidir quais partes da produção deseja ver e emque seqüência.A criação do disco constitui o processo de planejamento e criação daestrutura que permite essa interação. O Avid Studio disponibiliza recursosautomáticos que facilitam a criação, garantindo um controle total. O Editor de Disco no Avid Studio. Aqui foram adicionados dois menus à Lista de menus, os quais estão agora disponíveis para uso. O Player (área superior direita) nesta janela disponibiliza um modo especial de edição do comportamento dos botões de menus.Capítulo 9: Projectos de disco 191
  • A parte superior da tela do Editor de Disco inclui duas áreas funcionais: aBiblioteca compacta, da qual são retirados menus de disco e outrosrecursos; e o Player, onde você pode pré-visualizar menus e outra mídia, eeditar interações de menus.Imediatamente abaixo destas está a Lista de menus, onde estãoarmazenados os menus do seu projeto. Na área inferior está a linha detempo para a mídia que será o conteúdo principal do disco. Estas duasutilizam a largura total da janela. Menus de discoO recurso essencial que possibilita a criação de discos é o menu. Um discoespecífico pode ter um, alguns ou muitos menus, cada um composto poruma imagem fixa ou uma curta seqüência de vídeo. As áreas dentro dosmenus, designadas por botões, podem ser selecionadas pelo espectador paraativar outro conteúdo no disco.Alguns botões permitem iniciar a reprodução em localizações específicas,designadas por capítulos, na Linha de tempo da sua produção. Estes botõesde capítulos mostram, muitas vezes, a miniatura de um quadro ou umaseqüência de vídeo como apresentação do seu conteúdo.Outros botões permitem passar para outro menu ou para outra página domesmo menu. Os menus de múltiplas páginas, cada uma mostrando váriosbotões de capítulos juntamente com botões de navegação automaticamentegerenciados, facilitam a criação de produções de qualquer tamanho.A Lista de menusAo contrário dos clipes na linha de tempo, os menus incluídos na produçãonão estão limitados a um intervalo de tempo específico. Em vez disso, odisco player reproduzirá o menu continuamente até haver intervenção dousuário.Uma vez que os menus existem “fora do tempo”, o Avid Studiodisponibiliza a Lista de menus, uma área especial acima da linha de tempodo Editor de Disco para acomodar os menus no projeto. Arrastando ummenu da Biblioteca para a Lista de menus permite que o mesmo fiquedisponível para ser utilizado no projeto.192 Avid Studio
  • Planejamento da interatividade dos menusA produção de um disco pode conter apenas um menu ou pode contervários. Cada menu contém áreas graficamente distintas, genericamentedesignadas por “botões”, que podem ser ativadas pelo espectador,provavelmente utilizando as teclas de navegação no controle remoto de umDVD player.O comportamento dos botões de menus de disco pode ser configuradousando controles na janela do Editor de Disco. Você também pode chamaro Assistente de capítulos para criar e configurar automaticamente umconjunto de botões de acordo com as configurações escolhidas.A ativação de um botão inicia a reprodução do filme a partir de umdeterminado ponto ou transfere o controle para outro menu com seuspróprios botões. Os destinos possíveis para botões de menu são osseguintes:• Uma localização na Linha de tempo: Após a ativação, a reprodução é iniciada a partir de um quadro escolhido. A localização e o conteúdo aí encontrado são referidos como “capítulo” do filme.• Outro menu: Qualquer botão pode ser vinculado a um menu na Lista de menus.• Outra página do mesmo menu: Os menus de múltiplas páginas incluem sempre os botões próximo (Next) e anterior (Previous) para navegar entre as suas páginas.Criação automática de páginasÀ medida que você insere novos links de capítulo em um menu demúltiplas páginas, são criadas automaticamente páginas adicionais,conforme necessário. Estas surgem na Lista de menus ao lado daquelas jáno projeto. Um elemento gráfico faz a ligação a páginas pertencentes aomesmo menu. Para inserir novos capítulos com links, utilize o botão Inserirvínculo na barra de ferramentas ou no Assistente de capítulos.Capítulo 9: Projectos de disco 193
  • Menu principal e menu de múltiplas páginas correspondente no Player da Biblioteca.Próximo e Anterior: É a presença dos botões especiais próximo e anteriorque faz com que um menu suporte a funcionalidade de múltiplas páginas.Para criar um menu de múltiplas páginas a partir de um menu principalexistente, basta adicionar botões de ambos os tipos. De igual modo, aexclusão de um ou ambos os botões próximo e anterior de um menu demúltiplas páginas remove os recursos automáticos.Menus de múltiplas páginas na Lista de menusOs ícones de menus de múltiplas páginas estão ligados na Lista de menuspor um elemento gráfico especial. Ele indica que os menus estãovinculados, ou seja, que você pode navegar de uma página dentro do menupara outra por meio dos botões próximo e anterior.Dividir e juntar: Para separar páginas de menus adjacentes, clique noelemento gráfico de ligação situado entre elas. O elemento gráfico éremovido. As páginas à esquerda do mouse permanecem com o menuoriginal, enquanto aquelas à direita formam um novo menu separado (comuma nova cor de fundo para os ícones dos menus). Clique no intervalo entremenus de múltiplas páginas adjacentes para reagrupá-los em um únicomenu.Classificar capítulos: Uma ferramenta economizadora de tempoprincipalmente indicada para menus de múltiplas páginas é o botãoClassificar que surge com o botão Assistente de capítulos à direita daúltima página do menu. Se tiver trabalhado algum tempo em um menu –adicionando, excluindo e reorganizando capítulos ou, mesmo, editando opróprio filme em paralelo –, é provável que os botões de capítulos nãoestejam mais em seqüência temporal ao longo do conjunto de páginas.Caso, por algum motivo, pretenda uma classificação personalizada, bastaclicar no botão Classificar.194 Avid Studio
  • Páginas de um menu de múltiplas páginas. O elemento gráfico de ligação indica que a navegação entre estas páginas é garantida pelos botões Próximo e Anterior. O botão Classificar (canto superior direito, sob o ponteiro) organiza os botões de capítulos em seqüência temporal. Adição de menus de discoA seção de menus de disco da Biblioteca contêm uma coleção de menuspara uma variedade de ocasiões e estilos visuais. Cada menu engloba umaimagem de fundo, um título de texto e um conjunto de botões de navegaçãoadequados ao objetivo do menu.Para adicionar um menu de disco à produção, abra a Biblioteca compactano Editor de Disco, escolha um menu na seção Menus de disco (emElementos criativos) e arraste-o para a Lista de menus. Para editar as açõesatribuídas aos botões do menu, você pode utilizar as ferramentas de criaçãodisponibilizadas na linha de tempo em combinação com o Player ou obteralguma ajuda automatizada do Assistente de capítulos. Para modificar aaparência de um menu (ou criar um a partir do zero), é utilizado o Editor demenus. Para mais informações, consulte as páginas 203 e 206,respectivamente.Tipos de menusO design de cada menu na Biblioteca tem duas variações: principal e demúltiplas páginas.Menu principal: Na maioria das produções, o primeiro menu visto peloespectador é deste tipo. Os menus principais contêm, geralmente, botõescom as legendas padrão Reproduzir filme e Seleção de cenas; você podealterá-los, se desejar. Embora os alvos de ligação dos botões tambémpossam ser personalizados, o público apreciará que seja respeitada aconvenção. Por exemplo, o botão Reproduzir filme está configurado,geralmente, para iniciar a reprodução do filme a partir do início e Seleçãode cenas muda, normalmente, para um menu secundário, um com links para“capítulos” do filme.Capítulo 9: Projectos de disco 195
  • Menu de múltiplas páginas: O menu de seleção de cenas tem, muitasvezes, de fornecer mais destes botões de capítulos do que os que cabem emuma única tela. Para resolver esse problema, o Avid Studio suporta menusde múltiplas páginas, os quais têm botões adicionais apenas para anavegação entre menus. O comportamento destes botões está incorporado.Um par de botões próximo e anterior permite avançar e recuar entre aspáginas dentro do mesmo menu; por seu lado, o botão home faz atransferência para o primeiro menu do projeto. Dica: Para mostrar os menus principais lado a lado com os menus de múltiplas páginas correspondentes na Biblioteca, clique com o botão direito na área cinzenta junto ao menu e escolha Classificar por  Nome.Botões de menusO número de botões de capítulos por página varia de um design de menupara outro, por isso um critério para a seleção de um menu consiste nonúmero de clipes gerenciados pelo mesmo. Porém, se desejar um númerodiferente de botões em um menu específico, você pode adicionar ou excluirbotões no Editor de menus, o qual é iniciado clicando no botão Editar noPlayer. Consulte “O Editor de menus” na página 206 para detalhes.Os menus com menos botões têm, geralmente, mais espaço para aslegendas; aqueles com mais botões só poderão acomodar legendasabreviadas ou, mesmo, nenhuma. Se são precisas legendas e, em casoafirmativo, se as mesmas devem ser simples (“Capítulo 1”) ou descritivas(“Cortando o bolo”), tudo isso depende de seu próprio estilo de criação e doconteúdo do filme. Menus e botões sem vínculosSó o primeiro menu na Lista de menus estáautomaticamente disponível para o usuário (e,mesmo assim, apenas se houver conteúdo na linhade tempo para servir de capítulo inicial). Os menusposteriormente adicionados só viram parte dosistema de menus da produção depois de serem vinculados ao primeiromenu. O vínculo pode ser indireto, envolvendo apenas um ou mais menusintermédios, porém, enquanto isso não acontecer, o menu é uma ilhainalcançável. Um menu desse tipo é indicado pelo símbolo no cantoinferior direito da miniatura do ícone da Lista de menus.196 Avid Studio
  • Uma indicação especial também tem lugar no Player parabotões de menus ainda não vinculados a uma localizaçãona linha de tempo (um capítulo) ou a outro menu. Umbotão vinculado exibe o capítulo (p. ex., “C1”) ou o menu (p. ex., “M1”) aque está ligado. Por seu lado, um botão sem vínculos exibe um ícone comum ponto de interrogação. (Se os indicadores do botão não estiveremvisíveis, clique na caixa de seleção Mostrar/Ocultar números de capítulopor baixo do Player. Pré-visualização de menus de discoO Editor de Disco, tal como o Editor de Filme, inclui um Player para apré-visualização de itens da Biblioteca e clipes da linha de tempo. Para umaintrodução geral ao Player, consulte a página 8.São aqui descritas as funções especiais disponibilizadas pelo Player durantea visualização de menus na Lista de menus. Clicando em um menu na Listade menus, o Player muda para o modo de inserção de menus e faz apré-visualização do menu selecionado. Estando um menu selecionado,também é possível mudar diretamente para esse modo clicando na guiaMenu por cima do Player no Editor de Disco.Capítulo 9: Projectos de disco 197
  • Com o menu selecionado no modo de inserção do Player (topo), o Player disponibiliza áreas interativas na tela de pré-visualização para a atribuição de links de capítulos. Neste exemplo, “C1” indica que foi atribuído um link de capítulo ao botão Filme do Player; o "?" por cima do botão Seleção de cenas indica que não foi atribuído nenhum.Os controles especiais também surgem na área inferior do Player do Editorde Disco.Botão do Editor de menus A criação ou modificação do design elayout de menus de disco é tarefa do Editor de menus.Caixa de seleção Mostrar números de vínculos: Marque estacaixa para fazer exibir os números de vínculos napré-visualização por cima de cada botão no menu. Os números de vínculoscorrespondem ao formato e à cor dos sinalizadores de capítulos na Linha detempo.Botão Simulador de disco: Este botão chama a janela do Simuladorde disco, onde o projeto pode ser pré-visualizado com interatividadetotal, no sentido de garantir o comportamento previsto dos menus.Botão Gravar disco: Quando desejar testar o projeto no discoatual, clique neste botão (ou em Exportar no topo da tela) parachamar o Exportador, o qual orientará o processo de “gravação” do filmeem disco óptico.198 Avid Studio
  • Indicadores de vínculosConforme visto na ilustração acima, quando é pré-visualizado um menucom botões de capítulos sem vínculos, esses botões estão assinalados pormeio de pontos de interrogação vermelhos ao invés do número de capítulo.Com exceção talvez de um subconjunto não utilizado na página final de ummenu de múltiplas páginas, todos os botões de capítulos nos menus devemestar vinculados ao filme. EDIÇÃO DE MENUS NA LINHA DE TEMPOO desenvolvimento de um projeto para disco óptico, um DVD, porexemplo, no Editor de projetos em Disco do Avid Studio possibilita a vocêmuitas oportunidades para colocar sua marca criativa na produção.Todos os aspetos de um menu de disco – os detalhes da sua aparênciavisual, a ligação dos seus botões na tela, a temporização exata dos seus“capítulos” – podem ser editados no Avid Studio. No que respeita aosaspetos visuais, será necessário voltar ao Editor de menus, porém a ligaçãodos botões e a temporização dos capítulos são controladas no próprio Editorde Disco.Para uma visão geral da interface Editor de Disco, consulte “Projetos dedisco” na página 191. Marcadores de menus na linha de tempoOs botões de capítulos em um menu de disco podem ser vinculadosindividualmente a qualquer ponto na linha de tempo do filme. No Editor deDisco, esses pontos são indicados na linha de tempo por marcadores decapítulos na Trilha de capítulos, sendo esta uma trilha especializada dalinha de tempo que é materializada acima da escala temporal ao adicionar oprimeiro menu ao filme.Capítulo 9: Projectos de disco 199
  • (A trilha é novamente removida com a exclusão de todos os menus.)A legenda de um marcador de capítulo é composta pela letra “C” seguidado número seqüencial do capítulo no respectivo menu.Os marcadores de retornos, que assinalam pontos de saída automática dalinha de tempo para um menu de disco, também são exibidos na Trilha decapítulos. A legenda de um marcador de retorno é composta pela letra “M”com o número seqüencial do capítulo no menu de destino.A cor dos marcadores de capítulos e retornos corresponde à cor do ícone daLista de menus, à qual são atribuídos os marcadores. É possívelreposicionar os marcadores na linha de tempo arrastando. Consulte “Ediçãode marcadores de capítulos e retornos na linha de tempo” na página 202para detalhes. Se soltar um menu em uma Lista de menus vazia, é automaticamente inserido um marcador de capítulo no início do primeiro clipe do filme (desde que tenha um) como destino do botão de menu Reproduzir filme. Um marcador de retorno, assinalando uma saída de regresso ao menu, é colocado no fim do filme. Ferramentas de criaçãoNo Editor de Disco, a barra de ferramentas na linha de tempo disponibilizauma série de ferramentas de criação que podem ser utilizadas diretamentesem ter de mudar de janela ou vista. Ferramentas na barra de ferramentas da linha de tempo do Editor de Disco.Criar vínculo: Este botão liga o botão de capítulo atualmenteselecionado no Player à localização do controle deslizante da linhade tempo.200 Avid Studio
  • Inserir vínculo: Este botão facilita o trabalho com menus demúltiplas páginas movendo todos os vínculos de botões existentes(começando no botão de capítulo atualmente selecionado no Player) umaposição na direção do fim.Em um menu de múltiplas páginas, a ação de inserir um vínculo podeiniciar uma reação em cadeia, forçando a deslocação de um vínculoexistente para a página seguinte, um vínculo daí para a página seguinte e,assim, sucessivamente até à página final, a qual será mesmo criada, senecessário.Remover vínculo: Clicando neste botão será removido o vínculoque existe entre o botão no menu e o marcador de capítulo na Trilhade capítulos. Um marcador de capítulo “sem vínculos” permanecerá naTrilha de capítulo. Este capítulo sem vínculos pode ser manualmente ligadoarrastando e soltando em outro botão na Pré-visualização de menus oupoderá permanecer como capítulo sem vínculos; se isso acontecer, durantea reprodução, o mesmo servirá para saltar no disco usando o botão deavanço no controle remoto. Você também pode clicar com o botão direitoem um ou mais marcadores de capítulos e escolher Remover vínculoselecionado.Botão do ciclo: Clicando nas setas para a esquerda edireita deste controle, você pode percorrer todos osbotões disponíveis e ativá-los para edição. Clique na legenda do botão paraeditá-la. Os botões também podem ser selecionados clicando nos vínculosde botões no Player durante a pré-visualização de um menu.Definir miniatura: Um clique neste botão gera uma imagem deminiatura do quadro na posição do controle deslizante na linha detempo e exibe-a no botão de menu selecionado no controle Botão do ciclo,caso seja do tipo Miniatura. Para mais informações sobre os tipos de botõesde menus, consulte “Botões”, na página 206.Criar capítulo sem vínculos: A menos que o controle deslizante dalinha de tempo esteja exatamente posicionado em um marcador decapítulo ou retorno, um clique neste botão adicionará um marcador decapítulo à Trilha de capítulos, porém não ficará vinculado a nenhum menu.O capítulo sem vínculos poderá ser mais tarde manualmente vinculadousando o recurso arrastar-e-soltar na Pré-visualização de menus, se desejar.Contudo, um capítulo sem vínculos também tem uma finalidade útil:durante a reprodução, ele designa um dos pontos de pausa durante apesquisa do DVD com o botão saltar no controle remoto.Capítulo 9: Projectos de disco 201
  • Remover capítulo: Se o controle deslizante da linha de tempoestiver posicionado em um capítulo, o botão Criar capítulo semvínculos assume a função oposta e um símbolo modificado. Clicando nelesão removidos o marcador de capítulo e o vínculo que faz a sua ligação aum menu, caso tenha um. Você também pode remover capítulos com ocomando do menu de contexto Excluir o capítulo selecionado se estiverselecionado um ou mais marcadores de capítulos. Para remover os vínculosde marcadores de capítulos, deixando-os sem vínculos na Trilha decapítulos, utilize Remover vínculos selecionados do mesmo menu.Criar indicação de retorno: A menos que já exista um marcador naposição do controle deslizante da linha de tempo, este botãoadicionará um marcador de retorno à Trilha de capítulos.Um marcador de retorno está ativo somente durante a visualização se areprodução for iniciada no mesmo menu ao qual está associado o marcador.(Na linha de tempo, a cor do marcador deve corresponder à cor do ícone domenu associado na Lista de menus.) Se a reprodução alcançar o quadroassociado ao marcador de retorno ativo, ela retornará ao menu associado.Excluir indicação de retorno: Se existir um marcador de retorno naposição do controle deslizante, o botão Criar indicação de retornose transforma em Excluir indicação de retorno, com a respectiva alteraçãodo símbolo.O botão Remover capítulo e o comando do menu de contexto Excluir ocapítulo selecionado podem ser utilizados para excluir marcadores deretorno.Edição de marcadores de capítulos e retornos nalinha de tempoOs marcadores de capítulos e retornos estão associados a quadrosespecíficos na linha de tempo em que a reprodução será iniciada a partir deum menu de disco (capítulos) ou em que a reprodução dará lugar ao menude origem (retornos). Ambos os tipos de marcadores podem ser arrastadoscom o mouse de modo a alterar a localização em que têm efeito no filme.Durante a pré-visualização de um menu, arrastando um marcador decapítulo da Trilha de capítulos para um botão no Player ligará novamente obotão. A operação inversa, arrastando um botão do Player para um ponto naTrilha de capítulos, é um método alternativo de criação de um novomarcador de capítulo.202 Avid Studio
  • Um projeto com um ou mais menus de disco deve ter um marcador deretorno permanentemente posicionado no final da Trilha de capítulos. Issogarante que qualquer capítulo reproduzido no disco encontre um retornoválido. O marcador de retorno final não pode, assim, ser excluído. O Assistente de capítulosSe um menu de disco de múltiplas páginastiver sido arrastado da Biblioteca para a Listade menus, é exibido o botão Assistente decapítulos no canto superior direito do íconedo menu. Clicando neste botão é aberta ajanela do Assistente de capítulos.Porquê utilizar o Assistente decapítulos?O Assistente de capítulos fornece uma maneira rápida de criar capítulospara o filme. Os marcadores de capítulos serão adicionados à Trilha decapítulos na linha de tempo do Editor de Disco para indicar onde começacada capítulo. Com a opção Vincular capítulos a botões de menus (vejaabaixo), cada capítulo será representado por um botão de capítulo em umasérie de páginas de menus automaticamente gerados; essas páginas estãoligadas em série pelos botões próximo e anterior.Ativando os botões de capítulos ao visualizar o menu, o espectador é capazde reproduzir o filme a partir de qualquer um dos pontos iniciais fornecidos.O Assistente de capítulos é ótimo para preparar apresentações de slides emenus de seleção de cenas. Se estiver arquivando vídeo no disco, vocêpode utilizá-lo para gerar um menu que servirá de catálogo de cenas. Asérie de páginas de menus criadas pode ser longa. A sua extensão dependede quantos capítulos sejam criados e de quantos botões de capítulos sejamdisponibilizados no design da página de menus.Capítulo 9: Projectos de disco 203
  • Aliás, o Assistente de capítulos não faz nada que você não pudesse fazercom as ferramentas de criação de disco no Editor de Disco (e estaspermanecem disponíveis para retocar posteriormente o menu gerado). Asua finalidade consiste em acelerar o processo de criação, assumindo muitodo trabalho rotineiro que envolve a preparação de um menu de múltiplaspáginas.Utilização do Assistente de capítulosOs controles do Assistente de capítulos estão agrupados em três painéishorizontais. Depois de ter configurado os controles a seu contento, cliqueem OK. O Assistente de capítulos executará o trabalho de criação de novoscapítulos para a produção, completo com marcadores na linha de tempo e(por padrão) um conjunto de páginas de menus automaticamente geradoscom o número necessário de botões de capítulos. Colocar capítulos emEste é o painel superior no Assistente de capítulos. As duas opções aquidisponíveis podem ser utilizadas em separado ou em conjunto.Posições ideais: Se esta caixa estiver marcada, o Assistente de capítuloscria capítulos a um intervalo selecionado ao longo da linha de tempo,porém ajustará o capítulo ao limite de um clipe adjacente, se estiver algumdisponível. A duração média desejada do capítulo é especificada emsegundos. O valor inicial se baseia na duração do filme. Para ajustá-la,clique diretamente no número e digite um valor ou arraste na horizontaldentro da caixa de texto.204 Avid Studio
  • Marcadores da linha de tempo: Esta opção parte do princípio que vocêpreparou marcadores da linha de tempo para indicar ao Assistente decapítulos locais específicos no filme, para os quais deve ser criado um linkde capítulo. Aplicar aO segundo painel no Assistente de capítulos disponibiliza opções quecontrolam o espectro de operação do assistente.Filme completo: Os marcadores de capítulos serão criados ao longo dofilme completo.Seleção: Os marcadores de capítulos serão colocados apenas dentro doslimites desde o início do primeiro clipe selecionado ao fim do último. VínculoO terceiro painel oferece duas escolhas finais que podem ser definidas demodo independente.Vincular capítulos a botões de menus: Se esta opção estiver selecionada,será adicionado ao menu o número necessário de páginas para acomodar osbotões para todos os menus criados. Sem esta opção, os marcadores decapítulos são criados na linha de tempo no estado “sem vínculos” e não sãocriadas páginas de menus.Se você desejar ligar um marcador sem vínculos a um botão de menu,arraste-o para o botão enquanto pré-visualiza o menu no Player. Mesmoque seja deixado sem vínculos, o marcador de capítulo servirá, na mesma,como ponto de retoma disponível quando o espectador está percorrendo odisco com o botão saltar no controle remoto.Retornar após cada capítulo: Com a seleção desta opção será adicionadoum marcador de retorno no final de cada capítulo. Por padrão, osmarcadores são colocados de modo que cada capítulo seja reproduzido atéao início do capítulo seguinte e, depois, voltar ao menu de origem. Paraalterar o menu a que um marcador de retorno está vinculado, arraste omarcador para o ícone do menu na Lista de menus. Tenha em atenção,contudo, que o marcador de retorno só estará ativo se a reprodução tiversido iniciada a partir do menu a que o marcador está vinculado.Capítulo 9: Projectos de disco 205
  •  O EDITOR DE MENUSO Editor de menus compartilha a maioria de seus controles e utilização como Editor de títulos, que é descrito no Capítulo 8. A seção presente centra-seem recursos específicos do Editor de menus. Iniciar o editorPara abrir um menu no Editor de menus, clique no botão Editar no Playerdurante a pré-visualização do menu ou clique duas vezes nele na Lista demenus.Tal como acontece com o Editor de títulos, quando o Editor de menus abre,uma linha de texto está já destacada. Para editá-la, basta começar a digitar.Para iniciar a edição de uma linha diferente, clique dentro da sua caixa detexto e destaque os caracteres que deseja alterar. Para parar a edição detexto, clique em uma área vazia da janela. O botão do cicloUm recurso que difere entre o Editor de menus e o Editor de títulos é obotão do ciclo, um controle também presente no Editor de Disco. Emambos os casos encontra-se do lado direito da barra de ferramentas,imediatamente acima da linha de tempo. Clique nas setas para a esquerda edireita deste controle para percorrer os botões ativos no menu edisponibilizar um para edição. Nota: Se desejar apenas editar texto para os botões no menu, você não precisa entrar no Editor de menus; em vez disso, edite o nome do botão diretamente no controle botão do ciclo do Editor de Disco. Botões de menusOs elementos visuais do menu de disco podem ser utilizados como “botão”para ligar a outro conteúdo presente no filme. Por outro lado, os elementosdesignados por “Não é um botão” não têm comportamento de ligação.206 Avid Studio
  • Tipos de botõesUm tipo de botão de menu é o único fator que determina o seucomportamento. Seu texto e sua aparência devem ser sempre consistentescom esse comportamento em uma produção de disco bem criada, porémnão a afetam. Estão disponíveis cinco tipos de botões.Normal: Este tipo de botão permite que seu texto, imagem ou forma sirvamde vínculo a um marcador de capítulo na linha de tempo do projeto de discoou a um menu na Lista de menus.Miniatura: Esta variação do tipo de botão Normal permite que umaminiatura da linha de tempo seja exibida no botão.Anterior e Próximo: Estes tipos de botão tratam automaticamente danavegação entre as páginas de menus de múltiplas páginas na Lista demenus. Durante a reprodução, os botões são automaticamente ocultados seos seus destinos não existirem (na primeira e na última páginas do conjuntode múltiplas páginas). Uma vez que o seu comportamento é fixo, não épossível vincular estes botões a marcadores de capítulos.Raiz: Um botão deste tipo vincula ao primeiro menu na Lista de menus. Oseu comportamento não pode ser alterado. Botões para menus de múltiplas páginasSe adicionar um botão Próximo e um botão Anterior a qualquer menu, esteservirá de menu de múltiplas páginas. Se um desses tipos de botões nãoestiver presente, o menu não poderá ser utilizado no modo de múltiplaspáginas.Capítulo 9: Projectos de disco 207
  • Ajustes prévios do botões:Clique na guia Botões no topo do Editor de menus para visualizar ascategorias disponíveis de botões de menu pré-construídos. Arraste osbotões para a área de pré-visualização para adicioná-los ao menu. As três categorias refletem os tipos de botões acima descritos. A categoria Navegação inclui todos os botões dos tipos Anterior, Próximo e Raiz.Botões gerais: Estas imagens são previstas para uso com botões do tipoNormal, que possam estar vinculados a um marcador de capítulo na linhade tempo.Botões de navegação: Estes designs se destinam aos botões Próximo,Anterior e Raiz com navegação fixa.Botões de miniatura: Estes incluem uma área de miniatura, onde pode servisualizado o clipe na Linha de tempo.Configurações do botãoO painel Configurações do botão está à direita da pré-visualização doEditor de menus. O painel Configurações do botão faz parte do Editor de menus.208 Avid Studio
  •  O SIMULADOR DE DISCOPara pré-visualizar o projeto após a elaboração dos menus, clique no botãoReproduzir na área inferior do Player. Isso ativa a janela do Simulador dedisco. Se o Player do Editor de Disco estiver fazendo a pré-visualização de um menu na Lista de menus do projeto, é fornecido um botão (em baixo, ao centro) para testar o projeto no Simulador de disco.Se o projeto tiver sido corretamente construído, o simulador deverá abrir nomenu principal, com os vínculos “Reproduzir filme” e “Seleção de cenas”disponíveis para utilização pelo espectador.Capítulo 9: Projectos de disco 209
  • No Simulador de disco, você utiliza um conjunto de controles semelhante ao encontrado no controle remoto de um DVD. As interações dos menus e a reprodução podem ser ajustadas e totalmente testadas antes de gravar o projeto em disco.Para mover de um vínculo para outro dentro dapré-visualização, utilize os botões de navegação do DVD naárea inferior direita.Tire tempo para verificar todos os vínculos de capítulos e menus incluídosna produção. Devem ser verificadas todas as interações do usuáriodesejadas. os lapsos são frustrantes para o espectador e podem serfacilmente evitados.Estando o projeto do seu agrado, o mesmo pode ser exportado comoarquivo de filme, salvo em arquivo de imagem de disco ou gravado emdisco. Consulte o Capítulo 11: O Exportador para mais informações.210 Avid Studio
  • CAPÍTULO 10: O ImportadorO Avid Studio permite incorporar muitos tipos de mídia em suas produçõesde vídeo. Se estes estiverem armazenados externamente ao computador –em uma fita de vídeo, por exemplo, ou em um stick de memória de suacâmera digital –, os mesmos terão de ser transferidos para oarmazenamento local antes de poder utilizá-los.Este processo de transferência é chamado de “captura” ou “importação”. Éfeita uma distinção entre “captura” a partir de fita e “importação” a partir defontes baseadas em arquivos, porém atualmente é menos significativa, umavez que a maioria das gravações audiovisuais são armazenadas em formatodigital durante todo o seu ciclo de vida. Apenas no caso da transferência apartir de fontes analógicas ou baseadas em fita (p. ex., fita VHS, Hi8 ouDV) continua havendo um processo de “captura” envolvendo, muitas vezes,a conversão para o formato digital.Uma vez que o Avid Studio utiliza a sua Biblioteca para gerenciar toda amídia de origem, os arquivos de mídia que estão presentes no disco rígidolocal também devem ser importados para a Biblioteca. Na maioria doscasos, isto é feito automaticamente utilizando “pastas de monitorização”.No entanto, o Importador também pode ser utilizado para importar mídia depastas locais que não estejam definidas como pastas de monitorização.Utilizaremos, freqüentemente, os termos “importar” e “importação” parasignificar todos os métodos de transferência de imagens e som para aBiblioteca para serem usados em suas produções.O passo seguinteApós o Avid Studio ter terminado a importação de sua mídia, você poderáacessar os arquivos importados para usá-los em suas produções. Consulte oCapítulo 2: A Biblioteca para detalhes.Capítulo 10: O Importador 211
  • Utilização do ImportadorO primeiro passo da importação consiste em abrir o Importador do AvidStudio clicando no botão Importar no canto superior esquerdo da tela.O Importador é composto por uma área centralgrande rodeada por uma série de painéismenores. Um destes, o painel “Importar de”situado no canto superior esquerdo da tela,tem um papel central. Este fornece uma listade tipos de dispositivos que podem ser usadoscomo fonte para a operação de importação.Sua escolha de fonte de entrada, por seu lado,determina o resto da tela do Importador.Contudo, o conjunto de controles e vistasdisponibilizados na área central para pré-visualização, pesquisa e seleção de materialdepende do tipo de importação escolhido. Aqui o Importador está configurado para a importação de material a partir de DVD. Para fontes de disco, a área central lista os “capítulos” disponíveis para importação.212 Avid Studio
  • A importação pode ser considerada um processo de quatro etapas:1. Seleção da fonte de importação no painel Importar de.2. Confirmação ou ajuste das configurações nos outros painéis.3. Seleção do material a importar da fonte escolhida.4. Início da operação de importação.Neste momento, o Avid Studio inicia a transferência de áudio, vídeo eimagens solicitados do dispositivo de origem para seu disco rígido (senecessário), usando as localizações definidas no painel Importar de. Amídia é, depois, imediatamente adicionada à Biblioteca. Depois deconcluída a operação de importação, o Importador devolve o controle à telaanterior, a partir da qual você pode acessar os arquivos importados atravésda Biblioteca. (Consulte o Capítulo 2: A Biblioteca.) PAINÉIS DO IMPORTADORA seleção atual do material a importar tem lugar na área central doImportador. Cada fonte de importação utiliza a área central de mododiferente.Dependendo da fonte de entrada, a área central compartilha a interface doImportador com até cinco painéis auxiliares com funções padrão. O painel Importar deEste é o painel superior esquerdo do Importador, uma posição que refleteseu papel importante na configuração da operação de importação.As fotos, a música e a metragem de vídeo que deseja importar podem estarem uma variedade de tipos de dispositivos e tecnologias. As fontes deimportação suportadas incluem as seguintes:• Todos os tipos de mídia de armazenamento baseada em arquivos auxiliares, incluindo unidades ópticas, cartões de memória e sticks USB (consulte “Importar de mídia baseada em arquivos”, página 227).Capítulo 10: O Importador 213
  • Clique em Meu computador no painel Importar de para selecionar arquivos individuais para importação a partir de unidades conectadas ao computador.• Clique em Procurar por mídia para importar todos os arquivos de tipos específicos a partir de uma pasta ou um conjunto de pastas.• Câmeras de vídeo DV ou HDV usando uma conexão IEEE-1394 (FireWire) (consulte “Importar de câmera DV ou HDV”, página 234). Os dispositivos são listados no painel Importar de por seu nome de dispositivo (p. ex., "Dispositivo DV"). Selecione o dispositivo aplicável.• Câmeras de vídeo e videocassetes analógicos (consulte “Importar de fontes analógicas”, página 238). Todo o hardware de captura analógica em seu sistema é listado por nome (p. ex., “Pinnacle Systems 710- USB”).• DVDs e discos Blu-ray (consulte “Importar de DVD ou disco Blu-ray”, página 240).• Câmeras fotográficas digitais (consulte “Importar de câmeras digitais”, página 241).Algumas fontes no painel Importar de sãoselecionadas a partir de uma sublista dedispositivos atuais que surge ao clicar naentrada principal da fonte. Na figura foiescolhida a opção DVD / Blu-Ray. O usuáriopode agora escolher entre as duas unidades deDVD instaladas neste sistema em particular.Importação de quadros individuaisO Avid Studio disponibiliza dois modos especiais de importação dequadros individuais, ao invés de metragem contínua. Esses modos são osseguintes:• Stop Motion: Criar um filme animado importando um quadro de cada vez de uma fonte de vídeo ao vivo (consulte “Stop Motion”, página 241).• Instantâneo: Importar imagens individuais de fita ou uma fonte ao vivo como uma webcam (consulte “Instantâneo”, página 243).214 Avid Studio
  • Ajuste dos níveis de áudio e vídeo analógicosO hardware de captura analógica poderáfornecer controles adicionais paramodificação dos níveis dos parâmetros dossinais de áudio e vídeo. Essa possibilidade éútil para a correção de problemas deexposição e outros no material de origem, ecaso pretenda compensar diferenças no vídeode múltiplas fontes.Para acessar os controles, selecione a fonteanalógica e, depois, clique no botão maisjunto ao nome da fonte. Isto abre a janelaNíveis de entrada analógica. A janela Níveis de entrada analógica permite ajustar uma série de parâmetros de vídeo e áudio. O controle deslizante Matiz (quarto a contar da esquerda) não é usado com fontes PAL.Embora você também possa ajustar esses níveis com a correção adequadano Editor de vídeo, a sua configuração correta para a captura evita ter depreocupar-se mais tarde com a correção da cor.A configuração correta das opções de áudio durante a captura ajudará aalcançar níveis e qualidade de volume consistentes.Capítulo 10: O Importador 215
  • Dispositivos de captura específicos podem oferecer menos opções do queas aqui ilustradas e descritas. Por exemplo, no caso de hardware que nãosuporte capturas estéreo, não surgirá o controle de balanço do áudio.Vídeo: Escolha o tipo de vídeo que vai digitalizar clicando no botão fonteadequado (Vídeo composto ou S-Video). Os cinco controles deslizantespermitem controlar o brilho (ganho de vídeo), o contraste (relação desdemais claro a mais escuro), a nitidez, a matiz e a saturação da cor do vídeode entrada.• O controle deslizante Matiz pode ser útil para a correção de mudanças de cor indesejadas em material NTSC; não está disponível na captura a partir de uma fonte PAL.• O controle deslizante Saturação regula a “saturação da cor” – a quantidade de cor – na imagem. (Uma imagem com saturação zero tem apenas tons de preto, branco e cinzento.)Áudio: Os controles deslizantes do lado direito do painel permitemcontrolar o nível de entrada e o balanço estéreo do áudio de entrada. O painel Importar paraApós a importação de dispositivos externos ao computador, seus itens demídia poderão ser acessados na forma de arquivos no computador. O painelImportar para do Importador permite especificar onde os arquivos devemser armazenados. Estão disponíveis pastas separadas para itens de vídeo,áudio e imagem, mas o painel Importar para lista apenas aquelas que sãorelevantes para a fonte de importação atual, conforme definido no painelImportar para.À medida que o número de arquivos de mídia no sistema aumenta, serámuito útil pensar na melhor forma de organizar o material em pastas esubpastas, de modo que no futuro possa encontrar rapidamente qualqueritem desejado. Os controles situados no painel Importar para servem paraautomatizar este processo a um qualquer nível escolhido.216 Avid Studio
  • Trabalhar com pastas de importaçãoSalvo especificado em contrário, o Importadorutiliza as pastas de documentos padrão paravídeo, música e imagens em sua conta deusuário no Windows. A figura ilustra umaconfiguração típica no Windows 7. Paraalterar uma pasta de importação, clique nosímbolo pequeno da pasta ou no caminho dapasta atual. (Consulte “Seleção de uma pastade importação” abaixo.)As pastas que escolher para cada tipo demídia, padrão ou personalizadas, servem comolocalizações base para seus arquivosimportados. Para gerenciar de modo eficientesua coleção de mídia, você também pode especificar um nomepersonalizado da subpasta ou um método de criação automática de umnome com base na data atual ou na data de criação do material importado.Clique em “definir subpasta” ou no botão mais do tipo de mídia paraacessar as opções de subpasta. (Consulte “Definir uma subpasta” abaixo.)Por exemplo, se definir “c:vid” como a pasta de vídeo principal e "Mêsatual" como o método de nomeação de subpastas, qualquer vídeo importadoserá transferido para uma pasta com o nome “c:vid2011-10”.Indicador do nível de preenchimento: Esta barra indica, para cadadestino de importação, o espaço restante no dispositivo de armazenamento.A primeira parte da barra representa o espaço já ocupado no dispositivo. Aparte colorida indica o espaço requerido pelos arquivos de mídia atualmenteselecionados para importação. Indicação do espaço de armazenamento disponível Nota: Se um dispositivo de destino alcançar 98 por cento da capacidade de armazenamento durante a importação, a operação será interrompida nesse ponto.Capítulo 10: O Importador 217
  • Seleção de uma pasta de importaçãoPara escolher uma pasta base diferente para umdeterminado tipo de mídia, clique no símbolo depasta correspondente ou no nome da pasta nopainel Importar para. Isto abre uma caixa deseleção de pastas onde você poderá navegar, senecessário até criar, para a pasta que desejautilizar.As pastas que contêm subpastas estão identificadas com um sinal de maisdo lado esquerdo do ícone da pasta quando estão fechadas e um sinal demenos quando estão abertas. O estado da pasta é alterado clicando no ícone. Clique no sinal de mais para ver o conteúdo de uma pasta.Definir uma subpastaPara nomear uma subpasta destas pastas base como o destino da importaçãoatual para o tipo de mídia, clique no botão “definir subpasta” ou no botãomais . Estes botões abrem uma janela de diálogo que representa umaversão expandida do painel Importar para, a qual inclui os controlesnecessários para definir o nome da subpasta ou um método de nomeaçãopara cada tipo de mídia suportado pela fonte de importação atualmenteselecionada.218 Avid Studio
  • A janela de diálogo Importar para expandida para mídia baseada em arquivos. Uma vez que os arquivos podem ser de qualquer tipo de mídia, são fornecidos controles para todos os três tipos. A maioria das outras fontes importa somente mídia de vídeo e não apresenta os controles Áudio e Foto.A fila de controles para cada tipo de mídia inclui uma lista suspensa com asopções de nomeação:Nenhuma subpasta: Com esta opção, os arquivos importados serãoarmazenados na pasta base.Personalizado: Se escolher esta opção, surgirá uma caixa de edição nolocal. Digite o nome da subpasta onde devem ser armazenadas as próximasimportações do tipo de mídia.Hoje: As suas importações irão para uma subpasta tendo como nome a dataatual, no formato "2009-10-25”.Data de criação: Cada arquivo importado será armazenado em umasubpasta tendo como nome a data de criação da mídia, no mesmo formatoacima indicado. Se forem transferidos múltiplos itens de mídia durante umaúnica operação de importação, isso pode implicar a criação ou atualizaçãode múltiplas subpastas.Mês atual: Esta é igual à opção Hoje, porém sem a parte do dia, p. ex.“2009-10”.Depois de efetuada sua escolha, clique no botão “x” no canto superiordireito da janela de diálogo para voltar ao Importador.Capítulo 10: O Importador 219
  • O painel ModoO painel Modo do Importador permite espaço para ajustar as opçõesoferecidas por várias fontes de importação.Opções da importação DV / HDVAs opções da importação DV e HDV estãodistribuídas por três grupos no painel Modo.Ajustes: O grupo Ajustes oferece duasconfigurações padrão para a compressão devídeo e áudio, e uma configuraçãopersonalizada que permite otimizar osparâmetros de compressão na janela Opçõesde compressão, que é aberta quando se clicano botão superior mais . (Consulte “A janela Opções de compressão”na página 222.) Os ajustes prévios fixos são os seguintes:• DV: Este permite uma captura DV de elevada qualidade, usando aprox. 200 MB de espaço no disco por minuto de vídeo.• MPEG: A compressão MPEG produz arquivos mais pequenos do que DV, porém requer uma maior capacidade computacional para codificar e decodificar. Isto poderá resultar num desempenho mais lento em computadores mais antigos.Detecção de cena: Se a função de detecção de cena estiver ativa, suametragem será dividida, durante a importação, em “cenas” que podem serexibidas e manipuladas em separado na Biblioteca. Isto facilita bastante atarefa de localização de material de interesse durante a edição. Clique nobotão inferior mais para abrir a janela Opções de detecção de cena.(Consulte “A janela Opções de detecção de cena” na página 223.)Parar no fim da fita: Esta opção faz com que o Avid Studio pareautomaticamente ou não se for detectada uma área em branco na fita. Umaárea em branco – uma tira sem código temporal – indica fita virgem. Desdeque tenha evitado deixar partes em branco durante a filmagem (sobrepondoligeiramente filmagens adjacentes), esta opção permite uma capturaautônoma.220 Avid Studio
  • Opções de importação para mídia analógicaAs opções para importação analógica sãosemelhantes às descritas para fontes digitais.Consulte abaixo para explicações dasjanelas Opções de compressão e Opções dedetecção de cena.Opções de importação paramídia baseada em arquivosO painel Modo fornece duas opções queafetam a importação de mídia baseada emarquivos.Modo de importação: Esta opção determinase o arquivo de mídia deve ser fisicamentecopiado da localização de origem para a pastade destino do disco rígido local (conformeespecificado no painel Importar para). Se forselecionada a opção Copiar, o arquivo é copiado. Se for escolhida a opçãoUnir, o arquivo não é copiado e é criado um vínculo na Biblioteca aoarquivo na sua localização original.Recomenda-se que os arquivos em unidades de rede sejam copiados para odisco rígido local.Excluir original: Se esta opção for ativada, as cópias originais dosarquivos que importar serão excluídas após a operação de cópia. Esta opçãoé útil se você estiver usando o Importador para consolidar sua mídia e nãopretender ter seu disco ocupado com cópias redundantes.Ignorar duplicados: Esta opção ajuda a lidar com arquivos de mídiaredundantes que você já possua, indicando ao Importador para não importarcópias adicionais de arquivos que, embora tenham um nome diferente,sejam aparentemente idênticos.Opções de importação para captura Stop MotionNa animação Stop Motion (animaçãoquadro-a-quadro), é capturada uma série dequadros individuais a partir de uma fonte devídeo ao vivo. Dependendo de seus planospara a seqüência Stop Motion, você podeindicar ao Importador para integrar os quadros individuais em um filme ou,simplesmente, importar cada quadro como uma imagem ou para fazerambas as coisas.Capítulo 10: O Importador 221
  • A janela Opções de compressãoAs opções oferecidas no painel Modo para a importação DV / HDV eanalógica incluem o acesso a esta janela para otimização das preferênciasde compressão. Se selecionar o ajuste prévio DV ou MPEG, você poderáutilizar esta janela para rever as configurações atuais utilizadas. A ediçãodas configurações aqui seleciona automaticamente o ajuste prévio“Personalizado”. A janela Opções de compressão para a importação de vídeo digital e analógico.Uma vez que algumas opções dependem de outras, nem todas estarãovisíveis em simultâneo.Configurações do vídeoCodec de compressão: Utilize esta lista suspensa para selecionar o codecque você pretende usar.Tamanho dos quadros: Esta linha indica as dimensões do vídeocapturado.Qualidade, Taxa de dados: Alguns codecs apresentam opções dequalidade em termos de uma porcentagem da compressão (Qualidade) eoutros em termos da taxa de transferência de dados necessária em KB/s(Taxa de dados).222 Avid Studio
  • Configurações do áudioCodec de compressão: Esta lista suspensa indica o codec que seráutilizado para comprimir os dados de áudio de entrada.Gravar áudio: Desmarque esta caixa de seleção se você não pretender usaro áudio capturado em sua produção. A janela Opções de detecção de cenaAs opções oferecidas no painel Modo para a importação DV / HDV eanalógica incluem o acesso a esta janela para configuração das preferênciasde detecção de cena. A janela Opções de detecção de cena para a importação DV e HDV. No caso da importação a partir de fontes analógicas, serão suportadas somente as duas últimas opções.A detecção automática de cena constitui um recurso chave do Avid Studioao trabalhar com fontes DV e HDV. À medida que a captura do vídeoprossegue, o Avid Studio detecta interrupções naturais no vídeo e divide-oem cenas. As cenas podem ser independentemente visualizadas egerenciadas na vista de cenas na Biblioteca.Dependendo do dispositivo de captura utilizado, a detecção automática decena é executada ou em tempo real durante a captura ou como um passoseparado imediatamente após a conclusão da captura.As quatro opções de detecção de cena são as seguintes:• Automática, com base na data e hora da filmagem: Esta opção está disponível somente quando você está capturando a partir de uma fonte DV. O Avid Studio monitoriza o carimbo de data/hora na fita durante a captura e inicia uma nova cena sempre que seja encontrada uma descontinuidade.Capítulo 10: O Importador 223
  • • Automática, com base no conteúdo do vídeo: O Avid Studio detecta alterações no conteúdo do vídeo e cria uma nova cena sempre que seja verificada uma grande alteração nas imagens. Esta função pode não funcionar corretamente se a iluminação for instável. Como exemplo extremo, um vídeo filmado num clube noturno com uma luz de estroboscópio produziria uma cena cada vez que acendesse o flash do estroboscópio.• Automático, tudo X segundos: O Avid Studio cria novas cenas em um intervalo escolhido pelo usuário. Isto pode ser útil para interromper uma metragem que contenha filmagens longas e contínuas.• Manualmente, pressionando a barra de espaço: Selecione esta opção se você pretender monitorizar o processo de captura completo e decidir sozinho onde devem ocorrer as interrupções de cena. Pressione a [Barra de espaço] cada vez que pretender inserir uma interrupção de cena durante a captura. O painel MetadadosNo painel Metadados, você pode inserir informação que será associada aoarquivo de mídia importada na Biblioteca. Isso facilita a localização e ogerenciamento do clipe quando você estiver procurando na Biblioteca poritens para utilizar em um filme.Utilize o campo Coleção para inserir o nome de uma Coleção à qual serãoadicionados todos os clipes importados. Você pode digitar o nome de umaColeção existente ou criar uma nova Coleção com a inserção de um novonome. (Consulte a página 17 para mais informações sobre Coleções.)Você pode inserir uma marca para o clipe no campo Marca, a qual poderáser utilizada posteriormente para localizar o clipe. (Consulte a página 30para mais informações sobre marcas.)224 Avid Studio
  • O painel Nome do arquivoEste painel do Importador é onde você especifica os nomes com que osarquivos de mídia importados devem ser armazenados.Cada tipo de fonte de entrada tem um nome dearquivo padrão atribuído pelo Avid Studio.Por exemplo, o nome de arquivo padrão aoimportar um instantâneo é “Instantâneo”. Paraalterá-lo, clique no espaço e digite o nomedesejado.O Importador nunca substitui um arquivo existente durante a importação.Caso já exista um arquivo com um nome igual ao desejado, será adicionadoum número seqüencial ao nome do arquivo de entrada.No caso de importação de mídia baseada emarquivos, estarão disponíveis recursosadicionais de nomeação de arquivos. Porpadrão, a fórmula de nomeação para umaentrada baseada em arquivos é fornecidasimbolicamente como “[original].[ext]”,significando que são utilizados o nome do arquivo e a extensão originais.Se você pretender um nome personalizado,digite-o na caixa de edição da maneirahabitual; contudo, no caso da mídia baseadaem arquivos, o nome do arquivo de destinotem duas partes: um corpo, fornecido pelousuário, e um apêndice, gerado segundo uma de três regras simples nomomento da importação. A regra padrão acrescenta um número seqüencialúnico a cada nome de arquivo. Ao digitar o nome personalizado, a caixa deedição apresenta somente o corpo do nome. Porém quando o nome éexibido noutras situações, surge também o apêndice correspondente à regraaplicada.Capítulo 10: O Importador 225
  • Para selecionar uma regra diferente para a parte do apêndice, clique nobotão mais . Isto abre uma janela de diálogo com duas listas suspensas.A primeira permite escolher entre “original” e “personalizado” para o corpodo nome. Você pode usar esta lista se pretender reverter para a importaçãode arquivos com seus nomes originais.A segunda lista suspensa, que é exibida somente para nomespersonalizados, apresenta as regras disponíveis para gerar a parte doapêndice:• Número: Esta é a mesma regra aplicada por outros tipos de mídia no sentido de evitar conflitos. Se o corpo do nome for “Parada”, o primeiro arquivo copiado será nomeado “Parada” (acrescido da extensão de arquivo original), o segundo será nomeado “Parada_001” e assim sucessivamente.• Hora de criação: A hora do dia em que o arquivo foi criado, em horas, minutos e segundos, é utilizada para gerar nomes de arquivos como “Parada_20-30-00” para um arquivo que tenha sido criado exatamente às 8:30 da noite.• Hora do dia: Esta é semelhante à opção anterior, porém é usada a hora de importação do arquivo. A janela Configuração do nome do arquivo de importação.226 Avid Studio
  •  SELEÇÃO DE MÍDIA PARA IMPORTAÇÃOCada fonte suportada pelo Importador tem seu próprio conjunto adequadode controles para selecionar o material a importar. Se clicar no nome dafonte no painel Importar de, a área central do Importador se configuraautomaticamente com os controles necessários. Importar de mídia baseada em arquivosHá dois métodos para a importação de arquivos de mídias dearmazenamento baseadas em arquivos, incluindo discos rígidos locais,unidades ópticas, cartões de memória e sticks USB.• Selecione Meu computador no painel Importar de do Importador para escolher arquivos de mídia específicos ou grupos de arquivos para a importação.• Selecione Procurar por mídia no painel Importar de para escolher uma ou mais pastas e importar a mídia de todos os tipos selecionados que estiver nessas pastas. Seleção de arquivos para importaçãoSe você selecionar Meu computador no painel Importar de, a tarefa deseleção dos arquivos a importar cabe ao navegador de pastas e arquivos demídia na área central da tela.Capítulo 10: O Importador 227
  • Ao importar de mídia baseada em arquivos, o Importador disponibiliza um navegador de pastas e arquivos na área central. Este está ladeado à esquerda pelos painéis Importar de e Importar para, e à direita pelos painéis Modo, Metadados e Nome do arquivo. O botão Iniciar importação na área inferior põe as coisas em movimento após a seleção dos arquivos de mídia desejados.Uma única operação de importação pode incluir múltiplos tipos de arquivosde mídia a partir de múltiplas pastas de origem. Cada arquivo selecionadoserá copiado para a pasta correta para o seu tipo de mídia (conformeespecificado no painel Importar de).O navegador de pastas e arquivos de mídiaA coluna esquerda do navegador constituiuma vista hierárquica de todas as pastas emtodos os dispositivos de armazenamento dearquivos conectados ao computador. Estesdispositivos incluem discos rígidos,unidades de disco óptico, cartões dememória e sticks USB.A navegação nesta “árvore de pastas” ésemelhante à navegação no WindowsExplorer e outros programas. As pastas quecontêm outras pastas estão identificadas com um sinal de mais do ladoesquerdo do nome quando estão fechadas e um sinal de menos quandoestão abertas. Clique no sinal para abrir (“expandir”) ou fechar (“recolher”)uma lista de subpastas de uma pasta.228 Avid Studio
  • Só pode ser destacada uma entrada da árvore de pastas de cada vez. Osarquivos de mídia eventualmente existentes nessa pasta são imediatamentelistados na área maior do lado direito do navegador. Você podepré-visualizar os arquivos no local e assinalar aqueles que pretendeimportar marcando a caixa no canto superior direito do ícone de cadaarquivo. Aqui está aberta a pasta “Fotos|Inverno”, mostrando os arquivos de imagem. Para selecionar (anular a seleção de) arquivos para a importação, clique na caixa de seleção no canto superior direito de um ou mais ícones. Na figura foram selecionados quatro arquivos.Pré-visualização de arquivos de mídiaPré-visualização de áudio e vídeo: O navegadorde arquivos de mídia inclui a pré-visualizaçãointegrada para todos os tipos de mídia suportados.Clique no botão Reproduzir no centro dos íconesdos arquivos de vídeo e áudio para pré-visualizara mídia que representam. Para uma rápidavisualização, os arquivos de vídeo sãoreproduzidos dentro do próprio quadro do ícone.Clique em qualquer lugar sobre o ícone para parar a reprodução, casocontrário será pré-visualizado o arquivo completo.Pré-visualização de fotos em tela inteira: Para visualizar uma foto digitalou outro arquivo de imagem com a resolução em tela inteira, clique duasvezes no respectivo ícone ou clique no botão tela inteira na barra deferramentas abaixo do navegador, ou pressione a tecla F11.Capítulo 10: O Importador 229
  • Deslocar a pré-visualização: Os clipes de áudioe vídeo fornecem um controle deslizanteimediatamente abaixo do ícone do arquivo. Cliquee arraste o botão do controle deslizante para revermanualmente qualquer parte do arquivo. Oponteiro do mouse muda para uma seta horizontalde duas pontas quando está corretamenteposicionado para o deslocamento.Seleção de arquivos de mídia para importaçãoPara selecionar um arquivo de mídia de cada vez para a importação, cliquena caixa de seleção no canto superior direito do ícone do arquivo. Estacaixa é automaticamente selecionada quando você procura uma nova pastapara todos os arquivos na tela.Clique na caixa de seleção para selecionar ou anular a seleção do arquivo.Seleção de múltiplos arquivos: O navegador também fornece um métodode seleção ou anulação de seleção simultânea de um grupo de arquivosdestacados. Para destacar um arquivo individual, basta clicar em seu nomeou seu ícone; o estado destacado é indicado por uma borda laranja. Pararealçar arquivos adicionais, clique nos ícones em combinação com uma dasteclas Shift e Ctrl, conforme se descreve a seguir:• Clique mantendo pressionada a tecla Ctrl para adicionar ou remover o destaque de um arquivo sem afetar os restantes no grupo.• Clique mantendo pressionada a tecla Shift para destacar o ícone clicado e todos aqueles entre o mesmo e o ícone anteriormente clicado, inclusive. O destaque é removido de quaisquer ícones que não se situem nesse intervalo.Você também pode destacar um conjunto de ícones diretamente com omouse, arrastando um retângulo que englobe os ícones a incluir. Clique noprimeiro ícone e mova para o último antes de soltar o botão do mouse.230 Avid Studio
  • Tendo destacado alguns ícones que pretende importar, clique na caixa deseleção de qualquer um deles para selecionar ou anular a seleção do grupocompleto de uma só vez. Um grupo de quatro ícones de arquivos de vídeo destacados. A seleção ou anulação da seleção de qualquer um deles afetará o grupo completo.Selecionar tudo e Anular toda seleção: Clique neste botões situados naárea inferior do navegador de arquivos de mídia para selecionar paraimportação todos ou nenhum dos arquivos de mídia listados na pasta atual.Os botões não afetam os arquivos atualmente selecionados em outraspastas.Utilize o botão Selecionar tudo para selecionar todos os arquivos de mídia na pasta atual.Cada vez que um arquivo for adicionado ou removido da lista de arquivos aimportar, o navegador de mídia atualiza o indicador do estado de seleçãosituado na área inferior da tela.Personalização do navegadorVários controles permitem configurar o navegador de arquivos de mídia demodo adequado ao hardware de exibição e aos requisitos.Fechar a árvore de pastas: Para maximizar o espaço de visualização dearquivos, clique no ícone de duas setas apontando para a esquerda situadono topo da barra de rolagem da árvore de pastas. Isso recolhe a árvore depastas de modo a formar uma barra vertical do lado esquerdo. No topo dabarra está situada uma seta dupla apontando para a direita que reabre aárvore. O nome da pasta atual também é exibido.Capítulo 10: O Importador 231
  • Filtrar a lista de arquivos: Outra forma de otimizar o uso da área dearquivos consiste em limitar os arquivos exibidos de modo a incluir apenasum tipo de mídia. Esta é a função da lista suspensa de filtros de mídia nocanto inferior esquerdo do navegador. Por padrão, todos os tipos dearquivos de mídia suportados surgem no navegador, porém é possívellimitar a visualização a arquivos de imagem, arquivos de áudio ou arquivosde vídeo usando a seleção aqui. Para ver exatamente que tipos de arquivosestão incluídos em cada seleção, passe o mouse sobre o item durante um oudois segundos para fazer surgir a lista. A passagem do mouse sobre a opção Arquivos de áudio faz surgir uma lista de tipos de arquivos a partir dos quais é suportada a importação de áudio.Definir o tamanho da pré-visualização:Uma ferramenta final de gerenciamento doestado real da tela é o controle deslizante dotamanho da pré-visualização situado no canto inferior direito do navegador.Mova o controle deslizante para a esquerda para reduzir ou para a direitapara aumentar o tamanho das imagens pré-visualizadas no navegador dearquivos. Há três formas de mover este controle deslizante com o mouse:• Clique no botão do controle deslizante e arraste para a esquerda ou direita.• Clique ao lado do botão do controle deslizante para fazê-lo avançar na direção adequada.• Clique nos botões de menos/mais nas extremidades da escala do controle deslizante para mover o botão em intervalos maiores.Foto em tela inteira: Para pré-visualizar uma foto selecionada na telainteira do monitor, clique no botão mais à direita.Definir o volume da pré-visualização: Para definir o volumede reprodução de clipes de áudio e vídeo para pré-visualização,passe o ponteiro do mouse sobre a área do botão áudio/sem somna barra inferior do navegador de arquivos de mídia. Surgirá umcontrole deslizante do volume junto ao botão. Arraste o botão do controledeslizante para cima e para baixo para controlar o volume. Clique no botãoáudio/sem som para ativar/desativar a opção sem áudio.232 Avid Studio
  • Acerto da data e hora do arquivo de importaçãoOs relógios internos dos dispositivos de gravação estão freqüentementedesacertados, resultando no carimbo incorreto de data e hora dos arquivosde mídia. O Importador pode corrigir este tipo de problema acertando a datae a hora dos arquivos importados de acordo com suas especificações.Para corrigir a hora ou data do arquivo:Utilize o botão mais no indicador do estado de seleção para abrir umajanela que oferece duas opções de acerto dos carimbos de data e hora:• Corrigir fuso temporal: Este controle deslizante altera o carimbo de data e hora de quaisquer arquivos de mídia importados até 12 horas em cada direcção. Você pode utilizar este ajuste para compensar diferenças horárias quando traz vídeo de suas viagens.• Definir data e hora: Estes campos permitem inserir uma data e uma hora arbitrárias. A data e a hora de quaisquer arquivos de mídia importados serão alteradas para as aqui selecionadas. Procurar por mídiaSe você selecionar Procurar por mídia no painel Importar de, é apresentadauma vista hierárquica de pastas, muito parecida com a exibida para Meucomputador. A expansão e a recolha das pastas funcionam da maneirahabitual, incluindo a utilização das teclas Sinal de mais e Sinal de menoscomo atalhos.Uma vez que você está selecionando pastas em vez de arquivos para serempesquisadas, os arquivos de mídia incluídos nas pastas não são exibidos.Uma caixa de seleção surge junto de cada nome na árvore de pastas e sãodisponibilizadas listas pop-up na barra de ferramentas na área inferior.Estas listas oferecem um menu de tipos de arquivos a importar em cadacategoria: Vídeo, Foto e Áudio. Por padrão, as extensões dos arquivos emcada menu estão todas selecionadas, o que significa que todos os tipos dearquivo que aparecerem serão incluídos na operação de importação.Desmarque as extensões de arquivos de todos os tipos que não pretendaimportar.Capítulo 10: O Importador 233
  • Para iniciar a importação, selecione todas as pastas as partir das quais vocêpretende importar arquivos de mídia. Utilize as listas de tipos de arquivoagora descritas para limitar o intervalo dos tipos de arquivo de entrada, senecessário.Depois de efetuadas as seleções, clique no botão Verificar e importar naárea inferior para iniciar a operação de importação. Serão assim importadostodos os arquivos dos tipos selecionados para as pastas escolhidas. Importar de camera DV ou HDVPara preparar para a importação de vídeodigital, ligue seu dispositivo DV ou HDV nomodo de reprodução e selecione-o no painelImportar de do Importador.Você também precisará de certificar-se dacorreta configuração da pasta de destino, dosajustes prévios de compressão e de outrasopções em outros painéis. (Consulte “Painéisdo Importador”, página 213.)Pré-visualização de vídeoO vídeo atualmente em reprodução no dispositivo de origem deve estaragora visível na área de pré-visualização na área central da tela. Ao longoda extremidade direita da pré-visualização do vídeo existe uma escala queindica o nível do áudio momento a momento.234 Avid Studio
  • Se for selecionada uma fonte DV ou HDV, a área central do Importador fornecerá controles para a pré-visualização e importação do material gravado.Abaixo da imagem de pré-visualização está uma fila de controles paraautomatizar a captura definindo pontos com marcas de início e fim.Consulte “Gravação de vídeo e áudio” na página 236 para maisinformações.Outra fila de controles, a barra de transporte, serve de consola denavegação para o dispositivo de origem. A barra de transporte para a importação DV e HDV, com (a partir do lado esquerdo) botões de avanço e leitura do código temporal, botões de transporte, um controle de transporte e um botão de áudio com um controle deslizante pop-out para controlar o volume da pré-visualização.Capítulo 10: O Importador 235
  • O indicador do código temporal atual indica aposição da reprodução de acordo com o códigotemporal gravado na fita aquando da filmagem. Os quatro camposrepresentam as horas, os minutos, os segundos e os quadros,respectivamente. Do lado esquerdo do indicador está um par de botões deseta; utilize estes botões para avançar a posição um quadro para a frente oupara trás de cada vez.Da esquerda para a direita, os botões de transportesão Reproduzir/Pausar, Parar, Rebobinar eAvançar rapidamente. Estes botões transmitem comandos à câmera. Seuuso é equivalente ao uso dos controles integrados da câmera, porémgeralmente mais convenientes.Arraste a agulha laranja no controle de transportepara a esquerda ou para a direita para alterar aposição da reprodução para a frente e para trás, respectivamente. Avelocidade do motor aumenta à medida que afasta a agulha do centro. Aosoltar a agulha, a mesma regressa à posição central e pausa a reprodução.Definir o volume da pré-visualização: Para definir o volumede reprodução para a pré-visualização, passe o ponteiro domouse sobre a área do botão áudio/sem som na barra inferior donavegador de arquivos de mídia. Surgirá um controle deslizantedo volume junto ao botão. Arraste o botão do controle deslizante para cimae para baixo para controlar o volume. Clique no botão áudio/sem som paraativar/desativar a opção sem áudio.Marca de início, marca de fim: Os campos do código temporal commarca de início e marca de fim acima das extremidades da barra detransporte indicam o ponto de início e o ponto de fim planejados da capturade um vídeo. Nota: As fontes DV e HDV também são adequadas para instantâneos; consulte a página 243 para detalhes.Gravação de vídeo e áudioO Importador suporta duas possibilidades de selecção de um intervalo devídeo a importar.Na possibilidade manual, você só precisa estar atento à pré-visualização epressionar Iniciar captura no início da metragem desejada. Depois dealcançado o final do segmento, pressione Parar captura.236 Avid Studio
  • Se tiver um código temporal contínuo na metragem de origem e tiverselecionado “Sim” em Parar no fim da fita no painel Modo, você poderáausentar-se, pois o Importador desligará automaticamente depois deesgotado o material de entrada.O método automático de captura é ideal para a definição de pontos inicial efinal da captura (a “marca de início” e a “marca de fim”) com elevadaprecisão e para a importação autônoma que deve parar antes do final domaterial gravado.Por vezes você pode querer usar a hora de início e deixar por preencher ahora de fim. Ao clicar em Iniciar captura, o Importador localizará a hora deinício e, depois, capturará até indicação para parar (ou no fim da fita).Você também definir uma hora de fim e deixar por preencher a hora deinício. A importação será imediatamente iniciada após clicar em Iniciarcaptura e terminará automaticamente no ponto com marca de fim. Ainserção de uma duração e a inserção de uma hora de fim são equivalentes.Independentemente da escolha, o Importador calcula e exibe a outraautomaticamente. Nota: Antes de iniciar a operação de importação, verifique se as configurações no painel Importar para e outros painéis (consulte a página 213) foram corretamente realizadas.Capturar manualmente com os botões Iniciar captura e Parar captura:1. Certifique-se de que os pontos de início e fim não estão definidos. Se necessário, utilize o botão associado ao campo para eliminá-lo com um clique.2. Inicie manualmente a reprodução da fita de origem antes do ponto de início desejado da captura.3. Clique no botão Iniciar captura depois de alcançado o ponto de início. A legenda do botão muda para Parar captura.4. Clique novamente no botão no final do segmento. O material capturado é armazenado na Biblioteca.5. Pare manualmente a reprodução (exceto se for definido o desligamento automático conforme indicado acima).Capítulo 10: O Importador 237
  • Capturar automaticamente definindo a marca de início e a marca defim:1. Utilize os controles do contador para definir os valores para a marca de início e a marca de fim – os pontos de início e fim da metragem desejada. Para definir a marca de início, insira um valor diretamente no campo relativo ao início ou navegue para o ponto desejado e clique no botão Iniciar. Pode ser utilizada uma abordagem semelhante para definir a marca de fim.2. Clique em Iniciar captura. O Avid Studio posiciona o dispositivo de origem na marca de início e começa automaticamente a gravação.3. Depois de alcançada a marca de fim, é terminada a importação e parado o dispositivo de origem.4. O material capturado é armazenado na Biblioteca. Importar de fontes analógicasPara gravar vídeo analógico (p. ex., VHS e Hi8), você necessita de umconversor passível de ser conectado ao computador e apresentando asconexões de vídeo e áudio adequadas. O mesmo também se aplica no casoda gravação a partir de fontes de som analógico, tais como um gravador.Os dispositivos atualmente suportados incluem os produtos Pinnacle eDazzle, tais como 500/510-USB, 700/710-USB e DVC 100, e webcamsbaseadas na tecnologia DirectShow.Para preparar para a importação a partir deuma fonte analógica, ligue o dispositivo eselecione-o pelo nome no painel Importar dedo Importador. Escolha também a entradaaplicável (p. ex., “Vídeo composto” ou “S-Video”). Caso pretenda ajustar o sinalanalógico de entrada antes de iniciar adigitalização, clique no botão mais , o qualpermite o acesso à janela Níveis de entradaanalógica. (Consulte a página 215 para maisinformações.)238 Avid Studio
  • Antes de iniciar a captura, certifique-se da correta configuração da pasta dedestino, dos ajustes prévios de compressão e de outras opções em outrospainéis. (Consulte “Painéis do Importador”, página 213.)Capturar a partir de uma fonte analógica:1. Verifique se está conectada a entrada correta (p. ex., “S-Video”).2. Ligue o dispositivo de reprodução mesmo antes do ponto em que deseja iniciar a captura. A pré-visualização de vídeo e áudio deve estar ativa. (Se não estiver, verifique os cabos e a instalação do conversor.)3. Clique no botão Iniciar captura para começar a gravação. A legenda do botão muda para Parar captura.4. Clique novamente no botão no final do segmento. O material capturado é armazenado na Biblioteca.5. Pare o dispositivo de origem.Capturar durante uma duração definida:1. Verifique se está conectada a entrada correta (p. ex., “S-Video”).2. Insira a duração desejada da captura no controle do contador Duração abaixo da pré-visualização do vídeo.3. Ligue o dispositivo de reprodução mesmo antes do ponto em que deseja iniciar a captura. A pré-visualização de vídeo e áudio deve estar ativa. (Se não estiver, verifique os cabos e a instalação do conversor.)4. Clique no botão Iniciar captura para começar a gravação. A legenda do botão muda para Parar captura.5. A operação de captura parará automaticamente quando for capturada a duração desejada. Você também pode parar a captura manualmente clicando no botão Parar captura.Capítulo 10: O Importador 239
  • Importar de DVD ou disco Blu-rayO Importador pode importar dados de vídeo eáudio de DVDs e BDs (discos Blu-ray). Parainiciar, insira o disco de origem na respectivaunidade e selecione-a no painel Importar de doImportador. Caso tenha mais de uma unidadeóptica, escolha o dispositivo correto entre oslistados. Nota: Não pode ser importada mídia protegida contra cópia.Antes de iniciar a captura, certifique-se da correta configuração da pasta dedestino e do nome do arquivo em outros painéis. (Consulte “Painéis doImportador”, página 213.)Uma vez que podem estar envolvidos arquivos grandes na importação apartir de discos ópticos, é importante a seleção do diretório de importaçãocorreto. Em especial, certifique-se de que a localização de armazenamentoescolhida tem espaço suficiente disponível (consulte a página 216).Pré-visualização dos arquivos de discosAs mídias em discos ópticos são acessadas através do sistema de arquivosdo computador. Por esse motivo, os controles de pré-visualização na áreacentral, os métodos de seleção de arquivos e o procedimento de importaçãosão semelhantes aos usados para as comuns mídias baseadas em arquivos(exceto o fato de a vista de pastas desnecessárias iniciar na posiçãofechada). Consulte a página 227 para mais informações.240 Avid Studio
  • Importar de cameras digitaisTal como acontece nas unidades de disco óptico, a mídia em câmerasdigitais é acessada através do sistema de arquivos do computador. Acâmera pode aparecer na lista de fontes como uma unidade de discoamovível. A pré-visualização, a seleção e a importação são semelhantes àsusadas para as comuns mídias baseadas em arquivos (exceto o fato de avista de pastas iniciar na posição fechada). Consulte a página 227 para maisinformações. Stop MotionA função Stop Motion do Importador permite criar filmes animadosjuntando quadros individuais isolados de uma fonte de vídeo ao vivo,como, por exemplo, uma câmera de vídeo analógico ou webcam. Oresultado da importação Stop Motion será um filme com 8 a 12 quadros porsegundo, a coleção de imagens fixas isoladas ou ambos, dependendo dasconfigurações efetuadas no painel Modo.Para preparar para a importação Stop Motion,certifique-se de que o dispositivo está ligadoe, depois, selecione-o pelo nome sob o títuloStop Motion no painel Importar de doImportador. (Consulte a página 215 paramais informações.)Antes de iniciar a captura, certifique-se dacorreta configuração da pasta de destino, dasopções e do nome do arquivo em outrospainéis. (Consulte “Painéis do Importador”,página 213.)Se seu equipamento de origem estiverfuncionando corretamente, terá uma pré-visualização ao vivo na áreacentral da janela do Importador. Para uma pré-visualização em tela inteira,clique no botão tela inteira na extremidade direita da barra de transporte.Capítulo 10: O Importador 241
  • Quando estiver pronto para capturar uma imagem, clique no botãoCapturar quadro. Uma miniatura do quadro isolado é acrescentada àBandeja de imagens na área inferior da janela. (Consulte “Utilização daBandeja de imagens” na página 244 para mais informações.)Uma vez que se trata de uma seqüência Stop Motion, depois de isoladacada uma das imagens, você efetuará, geralmente, pequenas alterações àcena que está filmando de modo a criar a ilusão de movimento de umquadro para o quadro seguinte.Para facilitar a tarefa de visualização, a pré-visualização Stop Motion incluium efeito “pele de cebola”, consistindo na exibição simultânea de quadrossucessivos em camadas transparentes, de modo que as diferenças podem serclaramente notadas. Este recurso pode ser configurado na barra de controle.O número de imagens filmadas até ao momento e a duração do filme (combase no número de imagens, arredondado) são exibidos do lado direito,abaixo da barra de controle.A barra de controle Stop MotionEsta barra fornece funções de transporte e outras para a importação StopMotion. Da esquerda para a direita:• Indicadores Vídeo e Quadros: Estes permitem alternar entre a pré-visualização do feed de vídeo e a pré-visualização de quadros capturados na Bandeja de imagens. É possível rever – e, se necessário, substituir – quadros particulares sem ter de desfazer outras operações efetuadas.• Contador: Esta leitura indica a posição atual dentro da animação em horas, minutos, segundos e quadros. O valor do contador depende do número de quadros isolados e da velocidade da animação em quadros por segundo. As setas para cima e para baixo do lado esquerdo do contador permitem avançar passo a passo durante a pré-visualização da animação.• Botões de navegação: Estes botões servem para a pré-visualização da animação. Um botão loop permite percorrer a animação continuamente para uma verificação facilitada.• Taxa de quadros: Esta taxa, em quadros por segundo, determina o número de quadros que você terá de criar para juntar um segundo de vídeo. Esta taxa influencia a velocidade aparente da animação.242 Avid Studio
  • • Configurações da função pele de cebola: Clique no botão mais para abrir uma pequena janela onde pode ser configurada a função pele de cebola. O primeiro controle deslizante indica a diferença na transparência entre quadros sucessivos, enquanto o segundo controla o número de quadros, além do atual, que integrarão o efeito. Experimente ambas as configurações até determinar os níveis que garantem melhores resultados no filme.Importação da animaçãoDepois de ter adicionado todos os quadros desejados à animação, clique nobotão Iniciar importação. O Importador adiciona o filme animado e/ou osquadros individuais capturados às seções adequadas da Biblioteca. InstantâneoA função Instantâneo do assistente deimportação é utilizada para gravar quadrosindividuais (imagens fixas) a partir de câmerasou players conectados ao sistema. Parapreparar, certifique-se de que o dispositivo deorigem está ligado e, depois, selecione-o pelonome sob o título Instantâneo no painelImportar de do Importador. (Consulte apágina 215 para mais informações.)Antes de iniciar a captura, certifique-se dacorreta configuração da pasta de destino e donome do arquivo em outros painéis. (Consulte“Painéis do Importador”, página 213.)Ligue agora a câmera ou coloque a fita a passar e inicie a monitorização datela de pré-visualização incorporada na área central da janela doImportador. Para uma pré-visualização em tela inteira, clique no botão telainteira na extremidade direita da barra de transporte.Capítulo 10: O Importador 243
  • Se desejar capturar uma imagem à medida que a mesma passa, clique nobotão Capturar quadro. Uma miniatura do quadro isolado é acrescentada àBandeja de imagens na área inferior da janela. Captura de instantâneos no Importador. Durante a pré-visualização de vídeo ao vivo ou gravado na área central da janela, utilize o botão Capturar quadro para isolar imagens fixas. Os quadros isolados permanecem na Bandeja de imagens na área inferior da janela até que seja clicado no botão Iniciar importação para transferi-los para a Biblioteca.Capture tantos quadros adicionais quanto desejado. O Importador adicionaum de cada vez à crescente coleção na Bandeja de imagens. Durante acaptura, você pode trocar de fitas, re-orientar a câmera e tudo o queentender necessário. Não é necessário interromper o vídeo de origem desdeque haja um sinal quando clicar no botão Capturar quadro.Utilização da Bandeja de imagensPara a revisão imediata de um quadro já isolado, clique na miniatura de umquadro qualquer, exceto no mais recente, na Bandeja de imagens. Issomuda a tela de pré-visualização da fonte de vídeo para o arquivo capturadoe ativa o indicador Arquivo. Você também pode ativar o indicador clicandodiretamente no mesmo.244 Avid Studio
  • Clique no indicador Arquivo ou em qualquer miniatura na Bandeja de imagens para rever imagens já isoladas. Aqui foi clicado na miniatura 5 e o mouse está pousado sobre o ícone da lixeira para eliminá-lo. A linha destacada do lado direito da miniatura selecionada indica onde deve ser inserida a miniatura do próximo quadro isolado.Para eliminar um quadro capturado, selecione-o na Bandeja de imagens e,depois, clique no ícone da lixeira que surge no canto superior direito daminiatura.Para voltar à pré-visualização de vídeo após a revisão dos arquivos naBandeja de imagens, clique no indicador Live abaixo da tela depré-visualização.Importação de quadrosDepois de ter isolado todos os quadros desejados da fonte de vídeo, cliqueno botão Iniciar importação. O Importador adiciona as imagens isoladas àseção de imagens fixas da Biblioteca.Capítulo 10: O Importador 245
  • CAPÍTULO 11: O ExportadorUma das melhores coisas acerca do vídeo digital é o cada vez mais elevadonúmero de dispositivos que podem fazer uso dele. O Avid Studio permitecriar versões do filme para os mais variados visualizadores de vídeoutilizados pelos espectadores, desde players DivX portáteis e celulares asistemas de home theater HDTV.Depois de concluir a edição do projeto, abra o Exportador pressionando obotão Exportar no topo da tela. Com alguns cliques, você indica aoExportador tudo o que este precisa de saber para enviar o filme para oformato que melhor cumpre os requisitos.Capítulo 11: O Exportador 247
  • O Exportador: As guias à esquerda permitem salvar em arquivo, disco ou enviar para a Internet. Outros controles permitem definir opções de saída adequadas ao tipo de mídia escolhido. Na área inferior direita é indicado o espaço disponível no dispositivo de saída.Comece por selecionar o tipo de mídia para o filme acabado a partir dasguias situadas do lado esquerdo da janela: Disco, Arquivo ou Web.A saída Arquivo cria arquivos que podem ser vistos apartir de seu disco rígido, site da Web, player de filmesportátil ou, mesmo, seu celular. Consulte a página 253.A saída Disco permite copiar o filme para um discogravável no gravador de CD, DVD ou Blu-ray docomputador. Você também pode configurar oExportador para criar uma cópia, ou “imagem”, do disco em seu discorígido, sem proceder à sua gravação. Consulte a página 250 para maisinformações.A saída Web cria um arquivo para carregamento para oYouTube ou Yahoo! Vídeo. Nestes conhecidos sites daWeb, o seu trabalho tem uma audiência potencial de milhões.Consulte a página 261.248 Avid Studio
  • Configuração da saídaA saída pode ser rapidamente configurada no âmbito de cada tipo de mídia,utilizando as listas suspensas no painel Configurações.Se você precisar de um controle direto, clique no botão Avançado para abrirum painel de opções para o tipo de mídia. Depois de ter confirmado as suasconfigurações, clique nos botões Criar imagem ou Gravar disco para asaída em formato de disco ou o botão Iniciar exportação para salvar comoarquivo ou carregar para a Web. Botões de saída na área inferior da janela do Exportador.Preparação do filme para saídaAntes de o filme estar pronto para saída será, sempre, necessário algumpré-processamento. No geral, o Avid Studio terá de “renderizar” (gerarquadros de vídeo no formato de saída para) as transições, títulos, menus dedisco e efeitos de vídeo eventualmente adicionadas ao filme. Os arquivosgerados durante o processo de renderização são armazenados na pasta dearquivos auxiliares, cuja localização pode ser definida na janela deconfigurações do aplicativo.Criar entre marcadoresNo caso da saída para arquivo ou do carregamento para a Web, você podeexportar apenas uma parte selecionada do filme. Ajuste os marcadores noPlayer para indicar a parte do filme que deseja exportar.Capítulo 11: O Exportador 249
  • A saída para arquivo ou o carregamento para a Web podem ser limitados em uma ou nas duas extremidades por marcadores de corte na régua temporal do Player. SAÍDA PARA DISCOO Avid Studio pode enviar filmes diretamente para discos DVD e Blu-ray,caso o hardware de gravação de discos necessário esteja disponível nosistema.Esteja disponível ou não um gravador de disco, o Avid Studio tambémpode criar uma “imagem de disco” – um conjunto de arquivos contendo amesma informação que seria armazenada no disco – em uma pasta do discorígido. A imagem pode ser posteriormente gravada em disco.DVD e Blu-raySe seu sistema tiver um gravador de DVD, o Avid Studio poderá criar doistipos de DVDs: formato padrão (para players de DVD) e AVCHD (paraplayers de Blu-ray).Se seu sistema tiver um gravador de Blu-ray, você poderá gravar paraqualquer mídia gravável suportada pelo dispositivo.Os seus DVDs padrão podem ser reproduzidos:• Em qualquer player de DVD que suporte o formato de DVD gravável criado pelo gravador. A maioria dos players suporta os formatos comuns.• Em um computador com unidade de DVD e software de reprodução adequado.• Em qualquer player de HD DVD.250 Avid Studio
  • Seu disco Blu-ray ou DVD em formato AVCHD pode ser reproduzido:• No player Panasonic DMP-BD10, na Playstation 3 e em outros players de Blu-ray (nem todos os players suportam o formato AVCHD, mas a maioria sim).• Em um computador com unidade de Blu-ray e software de reprodução adequado.Envio do filmeO Avid Studio cria o disco ou a imagem de disco em três etapas.1. O filme completo deve ser, primeiro, renderizado para gerar a informação MPEG codificada a armazenar no disco.2. Em seguida, o disco deve ser compilado. Nesta fase, o Avid Studio cria os verdadeiros arquivos e a estrutura de pastas que será utilizada no disco.3. Por último, o disco deve ser gravado. (Esta etapa é ignorada, se você estiver gerando uma imagem de disco, em vez do verdadeiro disco.)Para enviar o filme para disco ou para uma imagem de disco:1. Clique na guia Disco para chamar esta tela: O indicador circular resume a utilização do disco. Também indica uma estimativa do tempo que o filme ocupará no disco gravável. Utilize o botão pasta para alterar a localização no disco rígido utilizada pelo Avid Studio para armazenar os arquivos auxiliares. Se você criar uma imagem de disco, esta também será armazenada nessa pasta. A lista suspensa na área inferior da tela especifica o gravador de disco a utilizar, se estiver disponível mais de um.2. No painel Configurações, selecione o Tipo de disco que está sendo utilizado e, depois, a qualidade do vídeo e o Ajuste prévio mais adequados para a finalidade.Capítulo 11: O Exportador 251
  • Se você desejar ajustar as configurações de saída, escolha o ajuste prévio Personalizado e, depois, clique no botão Avançado para chamar o painel Configurações avançadas.3. Clique no botão Gravar disco. O Avid Studio percorre as etapas descritas acima (renderizar, compilar e gravar) para criar o disco. Clique no botão Criar imagem para efetuar as mesmas etapas, com exceção da etapa de gravação.4. Depois de terminada a operação de gravação, o Avid Studio ejeta o disco.5. Para gravar uma imagem anteriormente criada, pressione o botão Gravar imagem.Qualidade e capacidade dos formatos de discoAs diferenças entre os diversos formatos de disco podem ser resumidas aestas regras práticas no que respeita à qualidade do vídeo e à capacidade decada formato:• DVD: Cada disco suporta aprox. 60 minutos de vídeo MPEG-2 na qualidade total (120 minutos, caso o gravador de disco suporte a gravação de dupla camada).• DVD (AVCHD): Cada disco suporta aprox. 40 minutos de vídeo AVCHD na qualidade total por camada.• BD: Cada disco suporta mais de 270 minutos de vídeo HD por camada.252 Avid Studio
  •  SAÍDA PARA ARQUIVOO Avid Studio pode criar arquivos de filme em todos estes formatos:• 3GP• Somente áudio• AVCHD/Blu-ray• AVI• DivX• DivX Plus HD• Flash Video• Compatível com iPod• MOV• MPEG-1• MPEG-2• MPEG-4• Real Media• Compatível com Sony PSP• Windows MediaEscolha o formato mais adequado às necessidades de seu público e osdetalhes de seu hardware de visualização.O tamanho do arquivo de saída depende do formato do arquivo e dosparâmetros de compressão definidos no âmbito do formato. Embora asconfigurações de compressão possam ser facilmente ajustadas para produzirpequenos arquivos, uma forte compressão é obtida a expensas da qualidade.As configurações detalhadas para a maioria dos formatos podem serajustadas escolhendo o ajuste prévio Personalizado e clicando no botãoAvançado. Outros ajustes prévios carregam configurações projetadas parasituações típicas.Depois de escolhidas as opções de saída, clique no botão Iniciarexportação. Um navegador de arquivos se abre para você poder especificarum nome e uma localização para o arquivo de vídeo que está criando.Capítulo 11: O Exportador 253
  • Para sua conveniência, depois de concluído o envio, o Exportador forneceatalhos para abrir o Windows Media Player e o Quicktime Player.Para visualizar o arquivo de saída imediatamente após a sua criação, cliqueno ícone representativo do player da sua escolha. A guia Arquivo do navegador de saída3GPO Avid Studio pode gerar filmes neste formato de arquivo amplamenteutilizado com base na sua escolha de compressão de vídeo MPEG-4 ouH.263, juntamente com a compressão de áudio AMR. O formato é adaptadoàs capacidades comparativamente modestas de processamento earmazenamento dos celulares.A lista de ajustes prévios para este tipo de arquivo disponibiliza doistamanhos de quadros em cada codificador. Escolha Pequeno, com 176x144,ou Muito pequeno, com 128x96.254 Avid Studio
  • Somente áudioPor vezes, a trilha sonora de um filme pode conter apenas som. Asmetragens de entretenimento ao vivo e gravações em vídeo de entrevistas ediscursos são exemplos de situações em que poderá ser desejável umaversão de somente áudio.O Avid Studio permite salvar a trilha sonora em formato wav (PCM), mp3ou mp2.Clique no ajuste prévio que melhor atende às suas necessidades; ou escolhaPersonalizado e, depois, clique no botão Avançado para abrir o painelConfigurações avançadas.AVCHD/Blu-rayAVCHD/Blu-Ray é a versão de “fluxo de transporte" do MPEG-2. Podeconter vídeo comum com compressão MPEG-2 ou H264/AVC. Suasaplicações incluem a reprodução em HD em filmadoras baseadas emAVCHD e na consola de jogos domésticos Playstation 3 da Sony.Clique no ajuste prévio que melhor atende às suas necessidades; ou escolhaPersonalizado e, depois, clique no botão Avançado para abrir o painelConfigurações avançadas.Capítulo 11: O Exportador 255
  • AVIEmbora o tipo de arquivo AVI para vídeo digital seja amplamentesuportado, a verdadeira codificação e a decodificação de dados de vídeo eáudio em um arquivo AVI são efetuadas por software codec separado.O Avid Studio fornece um codec DV e um MJPEG. Se desejar enviar seufilme como um AVI em outro formato, você pode utilizar qualquer codeccompatível com DirectShow instalado em seu PC, desde que esse codectambém esteja instalado no PC que reproduzirá seu filme.Clique no ajuste prévio que melhor atende às suas necessidades; ou escolhaPersonalizado e, depois, clique no botão Avançado para abrir o painelConfigurações avançadas.DivXEste formato de arquivo, baseado na tecnologia de compressão de vídeoMPEG-4, é conhecido pelos arquivos de vídeo espalhados através daInternet. Também é suportado por uma gama de dispositivos de hardwarecompatíveis com DivX, desde players de DVD a aparelhos portáteis ehandhelds.256 Avid Studio
  • Clique no ajuste prévio que melhor atende às suas necessidades; ou escolhaPersonalizado e, depois, clique no botão Avançado para abrir o painelConfigurações avançadas.DivX Plus HDEste formato de arquivo, baseado na tecnologia de compressão de vídeoH264, é conhecido pelos arquivos de vídeo HD espalhados através daInternet.Clique no ajuste prévio da qualidade que melhor atende às suasnecessidades; ou escolha Personalizado e, depois, clique no botãoAvançado para abrir o painel Configurações avançadas.Flash VideoO Avid Studio suporta a saída em formato Flash Video (flv), versão 7.Virtualmente, todos os navegadores da Web atuais são capazes de exibireste popular formato, o qual tem sido amplamente adotado por sites desocial networking e sites de notícias.Clique no ajuste prévio da qualidade que melhor atende às suasnecessidades; ou escolha Personalizado e, depois, clique no botãoAvançado para abrir o painel Configurações avançadas.Capítulo 11: O Exportador 257
  • Compatível com iPodTal como o DivX, este formato de arquivo se baseia na tecnologia decompressão de vídeo MPEG-4. A combinação de uma compressãopoderosa com um tamanho de quadros pequeno 320x240 produz arquivosde saída muito pequenos em comparação com os formatos mais expansivos.Os arquivos gerados são compatíveis com os populares dispositivos devídeo iPod e também podem funcionar com alguns outros tipos dedispositivos.Os três ajustes prévios de qualidade selecionam diferentes taxas de dados,cada uma fornecendo um diferente equilíbrio de qualidade e tamanho doarquivo.Vídeo MOVEste é o formato de arquivo do QuickTime®. É particularmente útil sepretender reproduzir o filme no player QuickTime.Os ajustes prévios permitem uma variedade de opções de tamanho ecodificação. O ajuste prévio Médio (384x288) utiliza a compressãoMJPEG; Pequeno (176x144) usa MPEG-4.258 Avid Studio
  • MPEGMPEG-1 é o formato de arquivo MPEG original. A compressão de vídeoMPEG-1 é utilizada em VideoCDs, mas, em outros contextos, é dado lugara padrões mais recentes.MPEG-2 é o formato sucessor do MPEG-1. Enquanto o formato de arquivoMPEG-1 é suportado em todos os PCs com Windows 95 e posterior, osarquivos MPEG-2 e MPEG-4 só podem ser reproduzidos em PCs comsoftware decodificador apropriado instalado. Dois dos ajustes prévios doMPEG-2 suportam equipamento de reprodução HD (alta definição).MPEG-4 é outro membro da família MPEG. Oferece uma qualidade deimagem semelhante ao MPEG-2, porém com uma compressão ainda maior.É particularmente adequado para uso na Internet. Dois dos ajustes préviosdo MPEG-4 (QCIF e QSIF) criam vídeo “quarter frame” no tamanhoadequado para celulares; dois outros (CIF e SIF) criam vídeo “full frame”adequado para visualizadores em handhelds.Ajustes prévios personalizados. Com todas as variantes MPEG, o ajusteprévio Personalizado permite configurar detalhadamente a saída do filmeclicando no botão Avançado para abrir o painel Configurações avançadas.Capítulo 11: O Exportador 259
  • PSPEste é outro formato de arquivo baseado na tecnologia de compressão devídeo MPEG-4. Tal como acontece com o tipo compatível com iPod, acombinação de uma compressão poderosa com um tamanho de quadrospequeno 320x240 produz arquivos de saída muito pequenos emcomparação com os formatos mais expansivos. Os arquivos gerados sãocompatíveis com os populares dispositivos Sony PlayStation Portable etambém podem funcionar com alguns outros tipos de dispositivos.Real MediaOs arquivos de filme Real Media se destinam à reprodução na Internet.Os filmes Real Media podem ser reproduzidos por qualquer pessoa emqualquer parte do mundo que tenha o software RealNetworks®RealPlayer®, o qual está gratuitamente disponível para download a partirde www.real.com.Clique no botão Avançado para configurar a saída com o painelConfigurações avançadas.260 Avid Studio
  • Windows MediaO formato de arquivo Windows Media também se destina à reprodução destreaming na Internet. Os arquivos podem ser reproduzidos em qualquercomputador que tenha instalado o Windows Media player – um programagratuito da Microsoft.Clique no botão Avançado para configurar a saída com o painelConfigurações avançadas. SAÍDA PARA A WEBO Avid Studio pode carregar seu vídeo diretamente para o YouTube, nosentido de ser compartilhado com uma audiência potencial de milhões deoutros usuários da Internet.A opção oferece dois formatos predefinidos, Padrão (480p) e O maisrápido (360p). Estes fornecem diferentes combinações de tamanho dequadro e taxa de dados de vídeo.Não são necessárias configurações adicionais de formato para essesdestinos.Após a seleção do site de carregamento e do ajuste prévio desejados, cliqueno botão Iniciar exportação. Este abre a caixa de diálogo Configuraçõesavançadas, onde você pode introduzir informação editorial sobre suaprodução.Capítulo 11: O Exportador 261
  • Defina o título, a descrição e as marcas de pesquisa separadas por vírgulasconforme desejado, e, depois, selecione uma categoria onde seu filmedeverá ser listado.Se você já tiver dado início de sessão na sua conta no YouTube a partir doAvid Studio, mas desta vez desejar utilizar uma ID de usuário diferente,marque a caixa Novo login.Se ainda não tiver dado início de sessão, será exibida a caixa de diálogoYouTube Login. Se já tiver uma Identidade YouTube, introduza agora suainformação de usuário; caso contrário, você terá de clicar primeiro naligação Inscrever-se para configurar uma nova conta.262 Avid Studio
  • Agora, o Avid Studio cria e carrega automaticamente seu filme. Clique nobotão Abrir navegador da Web se desejar visitar o site YouTube em seunavegador da Web para confirmar o êxito do carregamento.Capítulo 11: O Exportador 263
  • CAPÍTULO 12: ConfiguraçõesA janela de configurações centrais do Avid Studio é designada por Painelde controle. (Tenha em atenção que se destina apenas para as configuraçõesdo Avid Studio. O Painel de controle do Microsoft Windows não estáenvolvido.)Para começar, selecione Configuração  Painel de controle no menuprincipal do Avid Studio. Depois de surgir o Painel de controle, escolhauma página a partir do diretório do lado esquerdo da janela. O Painel de controle do Avid Studio é a janela de configurações centrais do aplicativo.As sete páginas de configurações do Painel de controle são aqui descritasindividualmente.Capítulo 12: Configurações 265
  • Pastas de monitorizaçãoPastas de monitorização são pastas em um disco rígido ou outra mídia dearmazenamento que são monitorizadas pelo Avid Studio. Se o conteúdo deuma pasta de monitorização for alterado, a Biblioteca é automaticamenteatualizada.Você pode criar o número desejado de pastas de monitorização e,opcionalmente, configurá-las para monitorizar apenas um tipo de mídia(vídeo, imagem ou áudio) em vez de todos os três, o ajuste padrão.Para nomear uma pasta no sistema como pasta de monitorização, clique nobotão Adicionar pasta por baixo da lista de pastas de monitorização enavegue até à pasta a adicionar. Para cancelar o comportamento das pastasde monitorização, selecione a pasta na lista e clique no botão Removerpasta.Aplicar alterações provoca a atualização do catálogo da Biblioteca à luzdas alterações às pastas de monitorização.Dispositivo de áudioEsta página de configurações fornece os parâmetros disponíveis paradispositivos de gravação (tais como microfones) conectados aocomputador. Clique no nome do dispositivo para acessar a caixa de diálogodas configurações do Windows para o dispositivo.Log de eventosAs mensagens são registradas nesta janela durante determinadas operações,tais como a importação de uma série de arquivos. Você pode verificar aquia existência de detalhes sobre eventuais problemas que possam ter ocorridodurante estas operações.ImportarAs opções padrão para o Importador do Avid Studio podem ser aquidefinidas; no entanto, você pode ajustar ou ignorá-las no Importador nomomento da importação.266 Avid Studio
  • Opções de pasta: Visualize ou defina as localizações de armazenamentopadrão para mídia importada que sejam fisicamente copiadas durante aimportação; ao contrário das importações vinculadas e do recursoImportação rápida da Biblioteca, que simplesmente vinculam à mídiaexistente sem a sua realocação. As localizações das pastas são inicialmentedefinidas para os diretórios do usuário, para música, vídeo e imagens(Minha música e assim sucessivamente). A seleção de um tipo de subpasta de vídeo na página Configurações de importação.Após a localização e seleção da pasta a utilizar como pasta base, você podeopcionalmente configurar uma subpasta:• Nenhuma subpasta: Com esta opção, os arquivos importados serão armazenados na pasta base.• Personalizado: Se for escolhida esta opção, o texto inserido na caixa de texto Subpasta será utilizado como nome de pasta para o tipo de mídia.• Hoje: As suas importações irão para uma subpasta tendo como nome a data atual, no formato "2011-10-25”.• Data de criação: Cada arquivo importado será armazenado em uma subpasta tendo como nome a data de criação da mídia, no mesmo formato acima indicado. Se forem transferidos múltiplos itens de mídia durante uma única operação de importação, isso pode implicar a criação ou atualização de múltiplas subpastas.Capítulo 12: Configurações 267
  • • Mês atual: Esta é igual à opção Hoje, porém sem a parte do dia, p. ex. “2011-10”.Detecção de cena: Esta opção define o método de detecção padrão para adetecção de cena. Consulte “A janela Opções de detecção de cena” napágina 223.Stop Motion: Esta opção define o método de importação padrão para osquadros que você capturar com o recursoStop Motion. Consulte “StopMotion” na página 241.Pré-visualizarEstas configurações afetam a representação/exibição do vídeo.Qualidade: Estas opções controlam a qualidade de pré-visualização dovídeo em todo o aplicativo.• Ótima garante a pré-visualização com a máxima resolução – a resolução com que o projeto será exportado no final. Com esta opção pode haver quadros perdidos durante a reprodução em sistemas mais lentos.• Equilibrada: Com esta configuração, a recomendada para uma utilização comum, algumas otimizações de qualidade são ocultadas por uma questão de uma pré-visualização mais rápida. Na maioria dos casos, a diferença é mal se faz notar.• Reprodução mais rápida: A pré-visualização é otimizada em favor da eficácia de processamento, a qual pode ser útil em um sistema mais lento.Otimização da reprodução de fundo: Se esta opção estiver ativa (o ajustepadrão), o Avid Studio renderiza todos os tempos e transições em temporeal. O progresso da renderização é indicado na régua temporal por umsombreamento amarelo (“para ser renderizado”) e verde (“sendorenderizado no preciso momento”). O sombreamento é removido assim quea renderização for concluída.Se a opção não estiver ativa, as marcas amarela e verde não são exibidas;todos os efeitos são reproduzidos em tempo real. No entanto, isso poderáresultar em uma qualidade de reprodução reduzida (quadros perdidos,reprodução "irregular"), se o número e a complexidade dos efeitosultrapassarem a capacidade de processamento do sistema.268 Avid Studio
  • Renderizar durante a reprodução: Se for utilizada a configuraçãoAutomático, o aplicativo decide com base nas informações do sistema se arenderização em tempo real pode ser executada durante a reprodução. Sefor utilizada a configuração Desligado, a renderização em tempo real édesativada durante a reprodução, porém é retomada após a paragem dareprodução.Mostrar pré-visualização de tela inteira em: Selecione o monitor docomputador (se estiver disponível mais de um) onde deseja ver as exibiçõesem tela inteira.• Mostrar pré-visualização externa em: Selecione a partir de uma lista de dispositivos disponíveis e saídas de sinais.• Padrão de pré-visualização externa: Selecione o padrão de TV do monitor de vídeo conectado.Configurações do projetoNesta página do Painel de controle do Avid Studio, você pode selecionar asconfigurações padrão para novos projetos, títulos e transições.Novo formato de projeto de filme: Selecione uma resolução (porexemplo, PAL ou HD 1920x1080i) como resolução padrão para cada linhade tempo recém-criada. Em alternativa permita que o primeiro clipecolocado na linha de tempo defina o formato do projeto com o auxílio daopção Detectar o formato a partir do primeiro clipe adicionado ao projeto.O formato da linha de tempo atual pode ser alterado em qualquer alturadurante a edição, utilizando as configurações da linha de tempo situadas nocanto superior esquerdo da barra de ferramentas da linha de tempo.Duração padrão: Defina as durações padrão de títulos, imagens etransições quando forem trazidos pela primeira vez para a linha de tempo.(Uma vez aí, a duração do clipe pode ser cortada, se necessário.)Zoom da régua: Com esta opção ativada, arrastando na horizontal na réguatemporal aumenta e diminui o zoom da linha de tempo. Neste modo, vocêterá de arrastar diretamente no manípulo do controle deslizante para arrastarou reposicionar a linha de reprodução. Se o zoom da régua for desativado,você pode clicar em qualquer área da régua para mover a linha dereprodução. Em ambos os casos, o zoom também pode ser aplicado com oauxílio das seguintes opções:• as teclas Mais e Menos no teclado numérico;• o Navegador na área inferior da linha de tempo; ou• as barras de rolagem por baixo das pré-visualizações.Capítulo 12: Configurações 269
  • Locais de armazenamentoEsta página permite definir a localização onde salvar a mídia e os projetoscriados com o Avid Studio. Você pode especificar localizações separadaspara cada uma das seguintes categorias:• Projetos de filme• Projetos de disco• Títulos• Menus• Arquivos de renderização (arquivos temporário produzido durante a renderização de itens que requerem um esforço computacional intensivo, tais como os efeitos de vídeo).As alterações se aplicam apenas aos arquivos criados após uma alteração nalocalização de armazenamento; os arquivos existentes permanecem nassuas localizações atuais.Excluir arquivos de renderização: Você pode excluir os arquivos derenderização para economizar espaço sem preocupar-se constantementecom a perda de dados. No entanto, os arquivos serão recriados na próximavez que o projeto tiver de ser renderizado.270 Avid Studio
  • APÊNDICE A: Resolução de problemasAntes de iniciar a resolução de problemas, tire algum tempo para verificar ainstalação de seu hardware e software.Atualize o software: Recomendamos a instalação das atualizações maisrecentes do sistema operacional para Windows. Para mais informaçõessobre a atualização do Windows, consulte a seguinte página da Web: windowsupdate.microsoft.com/default.htmVerifique o hardware: Certifique-se de que o hardware instalado estáfuncionando corretamente com os drivers mais recentes e de que não estáassinalado no Gerenciador de dispositivos como tendo um problema(consulte abaixo). Se algum dispositivo estiver assinalado, você deveresolver o problema antes de iniciar a instalação.Obtenha os drivers mais recentes: Recomendamos, também, que instaleos drivers mais recentes para a placa de som e a placa gráfica. Sempre que éiniciado, o Avid Studio verifica se ambas as placas suportam DirectX.Consulte “Atualizar os drivers de áudio e vídeo” na página 283 para obterajuda sobre este processo.Abertura do Gerenciador de dispositivos: O Gerenciador de dispositivosdo Windows Vista e do Windows 7, que permite configurar o hardware dosistema, tem um papel importante na resolução de problemas.O primeiro passo ao acessar o Gerenciador de dispositivos consiste emclicar com o botão direito do mouse em Meu computador e, depois,selecionar Propriedades no menu de contexto. Isto abre a janelaPropriedades do sistema. O botão Gerenciador de dispositivos surge listadono painel esquerdo.Certifique-se de que todo o hardware instalado está funcionandocorretamente com os drivers mais recentes e de que nenhum item doApêndice A: Resolução de problemas 271
  • Gerenciador de dispositivos está assinalado com um ponto de exclamaçãoindicando um erro. Em caso de um problema no driver que você nãoconsegue resolver sozinho, contate o fabricante do dispositivo ou odistribuidor do computador para obter assistência. CONTATO DO SUPORTEEsta é uma visão geral sobre como contatar o suporte. Para mais detalhes,consulte o folheto de suporte fornecido com o produto.Fóruns: Visite os nossos fóruns para participar na discussão sobre o AvidStudio. Role para baixo até encontrar o fórum no idioma desejado: forums.pinnaclesys.com/forums/default.aspxBase de conhecimento: Visite o seguinte site para acessar a base deconhecimento com seu navegador da Web: avid.custkb.com/avid/app/selfservice/search.jspPara pesquisar de modo mais eficaz a base de conhecimento, utilize osfiltros para limitar o número de resultados de artigos. Selecione “Pinnacle”no filtro do nível superior e, depois, “Avid Studio” no filtro do Segundonível, caso pretenda ser mais específico.Cada artigo da base de conhecimento tem uma ID do documento associada.Se alguma vez for mencionada uma ID do documento (por exemplo, nadiscussão de problemas de suporte abaixo), você pode utilizá-la comotermo de pesquisa para obter essa informação específica. Selecione “ID dodocumento” na lista Procurar por no formulário de pesquisa da base deconhecimento da Avid, digite a ID na caixa Digite sua pergunta e, depois,clique em Pesquisar.Email: Você pode enviar a sua pergunta ao nosso departamento de suportetécnico por email, utilizando o formulário disponível no nosso site paraenvio de perguntas. Serão automaticamente propostas algumas respostasprováveis. Se estas não ajudarem, a sua pergunta será encaminhada à nossaequipe. Os emails são geralmente respondidos no prazo de 48 horas úteis.Este é um serviço gratuito. Para acessar nosso suporte por email, faça aquio logon:272 Avid Studio
  • www.Avid.com/Studio/EmailSe ainda não tiver uma conta, você terá de criar uma.Chat ao vivo: O suporte técnico gratuito por chat ao vivo está disponíveltodos os dias. As horas de serviço para chat são geralmente superiores àsdisponíveis para suporte telefônico. Para acessar o suporte por chat ao vivo,faça aqui o logon: www.Avid.com/Studio/ChatSe ainda não tiver uma conta, você terá de criar uma utilizando o linkfornecido.Telefone: Consulte o folheto de suporte fornecido com o produto. Todas aschamadas de suporte telefônico requerem um Código de Serviço da Avid. PRINCIPAIS PROBLEMAS DE SUPORTEO resto deste capítulo se baseia em alguns dos artigos da base deconhecimento mais consultados pelos usuários. O texto aqui apresentadopode ser menos detalhado ou atual do que aquele fornecido on-line. Para otexto completo disponível no âmbito de cada ID do documento, consulte abase de conhecimento on-line. Compatibilidade com conteúdo anteriorID do documento 384211Muito, senão todo, do conteúdo criativo adicional do Pinnacle Studio 11 ao15 pode ser utilizado diretamente no Avid Studio, tal como muitas ofertasde conteúdo de outros fornecedores. Algumas estão, até, incluídas nopróprio produto. Alguns pacotes de conteúdo de terceiros requerem umaatualização paga para trabalhar com o Avid Studio. Para outros não foilançada ainda uma versão compatível.Apêndice A: Resolução de problemas 273
  • Tabela de suporte a conteúdo Conteúdo do Pinnacle StudioHFX Plus, Pro, Mega Suportado – Incluído no Avid StudioRTFX 1 Suportado – Incluído no Avid StudioRTFX 2 Suportado – Incluído no Avid StudioHollywood FX Volume 1 Suportado – Incluído no Avid StudioHollywood FX Volume 2 Suportado – Incluído no Avid StudioHollywood FX Volume 3 Suportado – Incluído no Avid StudioPremium Pack Volume 1 Suportado – Incluído no Avid StudioPremium Pack Volume 2 Suportado – Incluído no Avid StudioCreative Pack Volume 1 SuportadoCreative Pack Volume 2 SuportadoCreative Pack Volume 3 SuportadoWinter Pack SuportadoScorefitter Volume 1 SuportadoScorefitter Volume 2 SuportadoScorefitter Volume 3 SuportadoTitle Extreme Suportado* Conteúdo de terceiros dos discos de conteúdo Ultimate ou Ultimate collectionStudio 11 - Stagetools: Moving Picture Não suportado Suportado – Atualização pagaStudio 11 - BIAS SoundSoap V1 PE necessária Suportado – Atualização pagaStudio 11 - ProDAD VitaScene necessária Suportado – Atualização pagaStudio 12 - ProDAD VitaScene necessáriaStudio 12 - Red Giant Magic Bullet Looks Suportado – Incluído no Avid StudioStudio 14 - Red Giant Knoll Light Factory Suportado – Incluído no Avid StudioStudio 14 - Red Giant ToonIt Suportado – Incluído no Avid StudioStudio 14 - Red Giant Trapcode 3D Stroke Suportado – Incluído no Avid StudioStudio 14 - Red Giant Trapcode Particular Suportado – Incluído no Avid StudioStudio 14 - Red Giant Shine Suportado – Incluído no Avid Studio 274 Avid Studio
  • Conteúdo de terceiros da e-StoreBIAS SoundSoap V2 PE Suportado**Red Giant Magic Bullet Looks Indie Pack Suportado**RedGiant Particular Studio Preset Pack Suportado**RedGiant Shine Studio Preset Pack Suportado**RedGiant ToonIt Studio Preset Pack Suportado**RedGiant Knoll Studio Preset Pack Suportado**Red Giant Trapcode Starglow Suportado**Red Giant Warp Suportado**ProDad Vitascene Suportado**ProDad Adorage Suportado**ProDad Adorage FX Pack 10 Suportado**ProDad Adorage FX Pack 11 Suportado**NewBlue Video Essentials I Suportado**NewBlue Video Essentials II Suportado**NewBlue Video Essentials III Suportado**proDAD Mercalli Suportado** Plug-ins de terceiros no DVD bônusBravo Studio 1, 2 & 3 Não suportadoBWPlugins 1, 2 & 3 Não suportadoDziedzic Effects Pack 1 & 2 Não suportadoeZedia Effects Não suportadoNewBlue Art Effects 1 Não suportadoNewBlue Effects Não suportadoNewBlue Time Effects 1 Não suportadoPE CameraPOV Não suportadoproDAD Adorage Suportado*proDAD Heroglyph 1 Não suportadoproDAD Heroglyph 2 Suportado – Incluído no Title Extreme*proDAD Vitascene 1.0 Suportado*StageTools Moving Picture Full Não suportadoStageTools Moving Picture LE Não suportado Apêndice A: Resolução de problemas 275
  • Vance Effects Não suportadoAlgorithmix Não suportadoNewBlue Audio Enhancements 1 Não suportadoNewBlue Audio Essentials 1 Não suportadoNewBlue Audio Essentials 2 Não suportadoNewBlue Audio Essentials 3 Não suportadoNewBlue Audio Essentials 4 Não suportado * Gratuito para proprietários de conteúdo anterior. Os clientes elegíveis deverão receber um email com instruções. ** Gratuito para proprietários de conteúdo anterior. Os clientes elegíveis deverão receber um email com instruções ou poderão baixar o conteúdo fazendo logon em https://account.avid.com/. Compatibilidade com hardware de captura ID do documento 384431 O Avid Studio foi testado, tendo sido comprovada a sua utilidade com uma ampla variedade de opções de hardware de captura de vídeo. No entanto, alguns dispositivos mais antigos não são suportados. Hardware suportado Os seguintes dispositivos de captura funcionarão com todas as versões do Avid Studio. Baseados em USB • 710-USB • 510-USB • 700-USB • 500-USB • MovieBox Deluxe • DVC-90 • DVC-100 • DVC-101 276 Avid Studio
  • • DVC-103• DVC-107• DVC-130 (drivers de 64 bits indisponíveis)• DVC-170 (drivers de 64 bits indisponíveis) Baseados em PCI• 700-PCI (Pinnacle Studio Deluxe 2)• 500-PCI (Pinnacle AV/DV)• Qualquer placa 1394Hardware não suportadoA seguinte lista de hardware veio com versões anteriores do Studio e nãoestá mais disponível garantia ou suporte.• DC10• DC10 Plus• MovieBox DV• Dazzle DVC 80, 85• Linx• MP 10• S400 Informação de número de sérieID do documento 384215Esta FAQ fornece informação sobre a localização dos números de série doAvid Studio e sobre como utilizar o número de série de uma versão anteriorpara ativar uma atualização para o Avid Studio.Localização do número de sérieNo caso de um produto de tenha sido baixado, o número de série é indicadona página de confirmação no final do processo de encomenda e no email deconfirmação enviado nessa altura.Apêndice A: Resolução de problemas 277
  • No caso de possuir uma cópia física do produto, o número de série éindicado no lado interior ou exterior da embalagem do DVD, se esta estiverincluída, e, em caso contrário, no exterior da bolsa de papel.Caso tenha perdido o número de série, consulte na base de conhecimento odocumento 232809, Como substituir um número de série perdido do Studio. Consulta da sua informação de cliente1. Comece por fazer o logon em www.Avid.com.2. Procure “Seu produto”.3. Escolha os produtos novamente a partir da seção de produtos.4. O número de série está listado na janela “Seus produtos” que é então aberta.Utilização de um número de série durante aatualização para uma versão superiorVocê pode atualizar para o Avid Studio a partir do Studio 14, 12, 11, 10 e9. Para isso será necessário o número de série da versão anterior. Aslocalizações listadas acima para localizar o número de série se aplicam àmaioria das versões do Studio.Uma vez localizado o número de série anterior, inicie a instalação. Surgiráuma janela solicitando os números de série anterior e atual. Insira-os nasjanelas corretas e clique em Avançar. Erro ou bloqueio durante a instalaçãoID do documento 284219Aqui estão algumas dicas para a resolução de erros ou bloqueios quepossam ocorrer durante a instalação do Avid Studio.Erros específicosErro 1402: Se você estiver recebendo um erro 1402 durante a instalação,siga as instruções no documento 364555 na base de conhecimento, Erro1402 durante a instalação.278 Avid Studio
  • Erro durante a instalação “O Programa de Instalação irá agoracancelar a instalação”: Se este erro ocorrer durante a instalação, siga asinstruções no documento 363187 na base de conhecimento, Erro durante ainstalação “O Programa de Instalação irá agora cancelar a instalação”.Resolução de problemas geraisAqui estão outras hipóteses que você pode explorar, caso esteja aexperimentar problemas durante a instalação do aplicativo.Experimente limpar o disco: Verifique o disco de instalação, analisando asua superfície quanto a manchas e sujidade. Se a limpeza for necessária,utilize um pano macio e evite usar toalhetes de papel ou outro materialabrasivo. Limpe do centro do disco para a borda exterior em vez de realizarmovimentos circulares. Uma vez limpo o disco, tente novamente ainstalação.Outro disco óptico: Muitos sistemas têm duas unidades ópticas; porexemplo, um gravador de DVD e um leitor de DVD separado. Insira odisco que não consegue instalar na outra unidade, se disponível, e tentenovamente.Reinicie o computador: Em alguns casos, a instalação pode bloquear, se oWindows Update estiver sendo executado. Se isso acontecer, o melhor éreiniciar o sistema conforme solicitado pelo Windows antes de tentarnovamente a instalação do Avid Studio.Tarefas/programas de inicialização: Se estiver familiarizado commsconfig, você pode utilizar esta ferramenta para desativar programasexecutados na inicialização que possam estar interferindo com o instaladordo Avid Studio. Quando tudo o resto falhaSe o disco apresentar riscos profundos ou rachaduras que impeçam ainstalação, contate o suporte para obter um disco de substituição. Os discostêm uma garantia de 30 dias; para além desse prazo, os discos desubstituição estão sujeitos a uma taxa de $14,95. Conserve o número deencomenda da Pinnacle ou o comprovante da compra (recibo) da loja paraobter um disco de substituição.Apêndice A: Resolução de problemas 279
  • Falhas ou bloqueios durante a inicializaçãoID do documento: 284223Caso o Avid Studio tenha sido anteriormente iniciado com êxito e agoranão, reveja eventuais alterações que possam ter sido recentemente efetuadasao computador para obter alguma pista. Se necessário, anule as alteraçõespara ver se o problema desaparece.Outras etapas da resolução de problemas:1. Reinicie o computador: Um comportamento instável do software devido a causas indeterminadas pode muitas vezes ser reparado com uma reinicialização do sistema. Este é quase sempre um bom ponto de partida para a resolução de problemas.2. Aguarde alguns minutos: Se o Avid Studio mesmo assim não iniciar, aguarde alguns minutos para permitir a inicialização. Em alguns computadores pode demorar algum tempo até a inicialização ficar concluída.3. Atualize o Studio: Ao resolver algum problema, é sempre melhor utilizar a versão mais recente do software, se possível.4. Desligue o hardware de captura: Se possível, desligue o hardware de captura e tente iniciar novamente o Avid Studio. Se não for possível iniciar com a webcam conectada, tente com ela desconectada e vice- versa. Você pode ter de configurar a webcam do mesmo modo cada vez que iniciar o Avid Studio.5. Baixe e reinstale os drivers de hardware: Durante o processo de inicialização do software Avid Studio verificamos se o seu computador possui uma placa gráfica e uma placa de som compatíveis com DirectX. Baixe e reinstale a versão mais recente do driver da placa gráfica que está no sistema. Muitos clientes têm placas NVIDIA, para as quais podem obter os drivers mais recentes a partir de: www.nvidia.com Os drivers para placas ATI/AMD podem ser obtidos a partir de: www.amd.com/us/Pages/AMDHomePage.aspx Se você necessitar de assistência com esta etapa, contate o fabricante da placa gráfica.280 Avid Studio
  • 6. Finalize tarefas de fundo: Há duas maneiras para fazer isso. A primeira consiste em utilizar o software de gerenciamento da inicialização para ajudar na eliminação de programas desnecessários que são iniciados durante a inicialização do Windows. Foram criados muitos programas shareware e freeware deste tipo. Utilize um mecanismo de pesquisa na Internet, como o Google ou o Yahoo, para procurar por “gerenciadores de inicialização”. Não recomendamos nenhum em particular, porém sugerimos que experimente alguns para escolher o mais adequado. Em alternativa, você também pode utilizar o Utilitário de configuração do sistema da Microsoft (msconfig), o qual faz parte do Windows, para desativar programas de inicialização. Independentemente do método escolhido, recomendamos a desativação e posterior reativação de todos os programas de uma só vez até ser localizado o programa em conflito.7. Reinstale: Se tudo o descrito acima falhar, você pode tentar desinstalar o Avid Studio a partir da lista “Programas e Recursos” do Painel de controle. Uma vez desinstalado, reinstale o Avid Studio e tente iniciar novamente. Resolução de bloqueios do softwareID do documento: 384231Se o Avid Studio está bloqueando com freqüência, a causa é muitoprovavelmente um problema de configuração ou um problema com umarquivo de projeto. Muitos clientes resolvem este tipo de problema com umdos seguintes métodos:• Otimização do computador• Reconstrução de um projeto corrompido• Recaptura de um clipe corrompido etc.• Desinstalação e reinstalação do Avid Studio.Para ajudar a resolver o problema, determine qual dos modos de falhalistados abaixo melhor corresponde ao problema que está experimentando,depois continue lendo no sentido de rever as etapas de resolução sugeridaspara o caso específico.Apêndice A: Resolução de problemas 281
  • Caso 1: O Avid Studio bloqueia aleatoriamente. Não parece haver umacoisa que possa causar o bloqueio, mas os bloqueios ocorremfreqüentemente.Caso 2: O Avid Studio bloqueia após uma ação do usuário, por exemploum clique em uma determinada guia ou botão. O bloqueio é previsível econsistente.Caso 3: O Avid Studio bloqueia cada vez que você executa umacombinação específica de etapas.Caso 1: O Avid Studio bloqueia aleatoriamenteAqui estão algumas etapas de resolução que você pode experimentar. Tentecada uma delas até obter um resultado. Obtenha a versão mais recenteCertifique-se de que tem instalada a versão mais recente do Avid Studio. Otimize as configuraçõesVerifique estas configurações no Avid Studio que podem ser ajustadas paraobter melhores resultados.Qualidade: Selecione “Reprodução mais rápida” e verifique se osresultados melhoram.Otimização da reprodução de fundo: Experimente desativar esta opçãopara ver se ajuda a resolver o problema do bloqueio. Esta configuraçãopode dar origem a uma reprodução de pré-visualização de má qualidade.Renderizar durante a reprodução: Experimente desativar esta opção sevocê notar que o bloqueio ocorre maioritariamente durante apré-visualização. Finalize tarefas de fundoÉ importante, com este tipo de problema, que descarregue eventuaisprocessos de fundo antes de utilizar o Avid Studio.Muitas “tarefas” (programas de software) são executadas “em segundoplano” em todos os sistemas Windows, geralmente sem chamar a atençãopara as mesmas. No entanto, ocasionalmente uma dessas tarefas pode ser acausa de instabilidade em um aplicativo específico.282 Avid Studio
  • No Windows XP, Windows Vista e Windows 7, a combinação de teclasCtrl+Alt+Delete conduz a uma janela onde pode ser selecionado o botãoGerenciador de tarefas. Você provavelmente não encontrará muito na guiaAplicativos, porém a guia Processos mostrará o que está sendo executado.Consulte o documento 229157 na base de conhecimento, Como desativoprogramas de fundo que estão interferindo com o desempenho do sistema ea instalação de software?, para instruções detalhadas sobre como proceder. Desfragmente o disco rígidoConsulte o documento 232457 na base de conhecimento, Informação sobredesfragmentação do disco rígido no Windows, para instruções erecomendações sobre esta etapa. Atualize os drivers de vídeo e áudioCertifique-se de que obteve os mais recentes drivers para suas placas desom e vídeo a partir dos websites de seus fabricantes.Você pode ver que placas de som e vídeo tem no Gerenciador dedispositivos (clique com o botão direito do mouse no ícone Meucomputador e selecione Propriedades). No Windows XP e Windows Vista,você pode selecionar a guia Hardware e, depois, clicar no botãoGerenciador de dispositivos.Para determinar que placa de vídeo você tem, clique no sinal de mais àfrente de Adaptadores de vídeo na lista do Gerenciador de dispositivos. Onome de sua placa de vídeo é agora exibido. Para determinar o fabricante ea data do controlador, clique duas vezes no nome da placa. Clique agora naguia Driver para ver toda a informação sobre o driver, incluindo Fabricantedo driver e Data do driver.O processo para a placa de som é muito semelhante. No Gerenciador dedispositivos, a placa de som é exibida na seção Controladores de som,vídeo e jogo. Clique duas vezes no nome da placa para determinar ainformação do driver da mesma maneira que na placa de vídeo.As atualizações de drivers são muitas vezes disponibilizadas através doswebsites dos fabricantes de hardware, tais como ATI em atitech.com,Nvidia em nvidia.com e Sound Blaster (SB) em creative.com. Atualize o WindowsCertifique-se de que você tem todas as atualizações disponíveis para o seucomputador. Elas estão disponíveis a partir de:Apêndice A: Resolução de problemas 283
  • v4.windowsupdate.microsoft.com/en/default.asp Otimize o desempenho do computadorO Windows fornece uma ferramenta integrada para esta finalidade.1. Clique com o botão direito em Computador e selecione Propriedades.2. Clique no link Configurações avançadas do sistema. Isto faz aparecer a janela Propriedades do sistema.3. Clique no botão Configurações na seção Avançadas.4. Selecione Ajustar para um melhor desempenho e clique em OK. Espaço livre na unidade de inicializaçãoCertifique-se de que tem 10 GB ou mais de espaço livre na unidade deinicialização para paginação. Se não tiver 10 GB, você terá de libertaralgum espaço. Desinstale e reinstale o Avid StudioSe as sugestões fornecidas até aqui não ajudaram, você poderá ter umainstalação corrompida do Avid Studio. Se for esse o caso, você deve tentardesinstalar o Avid Studio e, depois, reinstalá-lo. Você pode desinstalar oAvid Studio com Início  Todos os programas  Avid Studio Desinstalar o Avid Studio. Também é possível desinstalar através da listaProgramas e Recursos no Painel de controle do Windows. Uma vezdesinstalado o Avid Studio, instale-o novamente a partir do disco oudownload do programa. Verifique quanto a um projeto corrompidoExperimente reconstruir os primeiros minutos do projeto. Se isso nãocausar nenhuma instabilidade, tente adicionar mais alguns minutos aoprojeto. Se o sistema permanecer estável, prossiga com a reconstrução doprojeto. Verifique quanto a mídia corrompidaSe parecer que a instabilidade ocorre ao manipular determinados clipes deáudio ou vídeo, você deve recapturar ou importar o áudio ou vídeo. Se amídia tiver sido importada ou criada por outro aplicativo, você deverecapturá-la com o Avid Studio e criar um projeto de teste. Embora oStudio trabalhe muitos formatos de vídeo, o clipe que você tem pode estarcorrompido ou em um formato invulgar.284 Avid Studio
  • Se você tiver um arquivo wav ou mp3 que pareça ser problemático,converta o arquivo para outro formato e, depois, importe o arquivo. Reinstale o WindowsEsta é uma etapa drástica, porém se as etapas até este ponto não tiveremajudado, o próprio Windows poderá estar corrompido. As pesadasexigências de processamento dirigidas ao sistema por uma ferramenta decriação multimídia como o Avid Studio podem revelar instabilidades quepoderiam não ocorrer com aplicativos comuns. Uma maneira de ajudar adeterminar se a instalação do Windows faz parte do problema consiste emexecutar a ferramenta de informações do sistema Microsoft. Estaferramenta mantém o controle de bloqueios do Windows.Para utilizar a ferramenta de informações do sistema:1. Clique em Iniciar, depois Executar e digite “Msinfo32” na janela de pesquisa sob o botão Iniciar. Pressione Enter para chamar a janela Informações do sistema.2. Expanda a categoria Ambiente de software no lado esquerdo da janela.3. Clique em Relatório de erros do Windows.Se a janela Relatório de erros do Windows apresentar muitas entradas, issopode ser um indicador de que o sistema operacional está instável ou de queo computador possa ter um problema de hardware. A análise das entradaspode indicar o que causou o bloqueio. Se a maioria dos bloqueios envolvero software do sistema como o Windows Explorer, então o sistemaoperacional tem um problema. Os bloqueios aleatórios freqüentes são outrosinal comum de uma instalação corrompida do Windows.Caso 2: O Avid Studio bloqueia após uma ação dousuárioSe o Avid Studio bloqueia ou tende a bloquear ao clicar em uma guia ouum botão específicos, comece por experimentar todas as etapas no Caso 1acima. Um problema deste tipo significa geralmente que o Avid Studio nãoestá corretamente instalado ou foi corrompido, por isso a situação poderáser corrigida desinstalado o Avid Studio, reinstalado-o e, depois, reparandoa versão mais recente.Para tentar descobrir se a falha é específica de um determinado projeto, crieum projeto de teste e adicione algumas cenas à linha de tempo a partir dovídeo de amostra. Clique, depois, na guia ou no botão que parece ser acausa da falha.Apêndice A: Resolução de problemas 285
  • Se este projeto de teste não bloquear, isso pode significar que o problemaestá no projeto atual em que você está trabalhando e não no Avid Studionem no sistema. Se o projeto de teste falhar, contate o suporte e forneça osdetalhes sobre o modo exato de falha. Tentaremos recriar o problema.Caso 3: O Avid Studio bloqueia repetidamenteSe o Avid Studio bloquear ao efetuar algum procedimento específico oucombinação de etapas, comece pelas etapas de resolução de problemasdescritas acima para o Caso 1, uma vez que esta é apenas uma versão maiscomplicada do Caso 2. Muitas vezes é difícil definir a seqüência exata dasetapas que conduz à falha. Um simples projeto de teste usando o vídeo deamostra, conforme referido acima, será uma grande ajuda, em primeirolugar, para as suas próprias análises e, em segundo, para ajudar a alcançaruma solução mais rápida, se for necessário suporte. Problemas na exportaçãoSe forem reportados erros ou o aplicativo congelar ou executarincorretamente durante a exportação de um arquivo ou disco, consulte anossa base de conhecimento em relação a artigos sobre o cenário específicode falha que você está experimentando. Consulte a página 272 para maisinformações sobre a base de conhecimento. Problemas na reprodução de discosID do documento: 384235Se ocorrer um problema com a reprodução de DVDs criados pelo AvidStudio ou estes parecerem vazios, as etapas abaixo deverão ajudar aresolvê-lo.Outros tipos de problemas de reprodução poderão ser referidos em outrasseções na base de conhecimento.• Se o vídeo no disco for reproduzido, porém o som não, leia o documento 222577, Discos gravados com o Avid Studio não têm som.286 Avid Studio
  • • Se somente uma parte do projeto de disco aparecer no DVD ou se estiverem faltando as últimas alterações, tente o documento 219785, DVD criado com o Avid Studio não tem parte do projeto.Se o DVD não for reproduzido ou parecer vazio:1. Verifique se o disco está limpo. Certifique-se de que não há manchas ou riscos visíveis na superfície do disco. Se o disco estiver sujo, limpe-o com um pano macio (não utilize um toalhete de papel), limpando o DVD radialmente a partir do centro para a borda exterior e não em movimentos circulares.2. Insira o disco em uma unidade de DVD do computador e verifique se o mesmo contém pastas do sistema de arquivos. • Clique duas vezes em Meu computador. • Clique com o botão direito na unidade de DVD e escolha Explorar. O DVD deverá conter duas pastas com o nome “audio_ts” e “video_ts”. A pasta “audio_ts” deverá estar vazia, enquanto a pasta deverá conter arquivos com as extensões bup, ifo e vob. Se os arquivos estiverem presentes, o problema estará definitivamente associado à reprodução e não à gravação do disco. Se, pelo contrário, o disco estiver de fato vazio, você estará perante um problema de gravação em vez de um problema de reprodução. Nesse caso, siga as instruções no documento 214533, Problemas de gravação do Avid Studio.3. Se o disco falhar no player de DVD autónomo, experimente reproduzi-lo no computador. O disco deverá poder ser reproduzido com um software leitor de DVD como o PowerDVD e WinDVD. A reprodução do DVD no Windows Media Player poderá funcionar dependendo da versão do Windows. Se você experimentar problemas com a reprodução do DVD mesmo na unidade de DVD do computador, leia o documento 221479, Reprodução de DVDs no computador.4. Tente reproduzir o DVD em outros players autónomos. Alguns equipamentos podem não reproduzir uma determinada marca de DVD ou um determinado formato de mídia de DVD (-R, +R, -RW ou +RW). Se você não tiver a certeza de que o player de DVD suporta um determinado tipo de mídia, consulte o site da Web do fabricante para obter essa informação. Outro local adequado para verificar a compatibilidade é o seguinte: www.videohelp.com/dvdplayersApêndice A: Resolução de problemas 287
  • Se o tipo de disco não for suportado pelo player, você terá de recriar o disco em outro formato. Se o disco for reproduzido em um player de DVD, porém falhar noutro, pode ser que o segundo player esteja à beira de avariar ou que não possa ler mídia gravável. Nesse caso, experimente outras marcas e tipos de DVD até encontrar uma combinação que funcione com o seu equipamento.5. Confirme se o projeto criado é adequado para o formato de reprodução utilizado na sua região (p. ex., NTSC para a América do Norte, PAL para a Europa). Se o projeto e, por conseguinte, o disco estiverem no formato incorreto, alguns players de DVD não poderão reproduzir o disco. Para verificar o formato de vídeo do projeto, clique no símbolo da roda dentada no canto superior esquerdo da linha de tempo no Editor de Disco. Este abre a caixa de diálogo Resolução da linha de tempo. Certifique-se de que a lista suspensa Tamanho está definida para o padrão correto. Você também pode definir o padrão de vídeo predefinido para projetos na página Configurações do projeto da caixa de diálogo de configurações do Avid Studio.288 Avid Studio
  • Recursos, tutoriais e treinamentoID do documento: 384227Estão disponíveis muitos recursos para usuários que pretendam saber maissobre o Avid Studio. Alguns deles estão listados abaixo. A lista mais atualestá disponível a partir da nossa base de conhecimento na ID do documentoacima indicada. Tutoriais de vídeoUm conjunto de tutoriais de vídeo gratuitos sobre muitos tópicos do AvidStudio está disponível on-line. Clique no comando de menu ? Treinamento online para ver todos os tutoriais de vídeo ou visite o seguintesite na Web: www.Avid.com/AvidStudio/Tutorials Base de conhecimentoTemos centenas de documentos de disponibilização gratuita sobre umaampla variedade de tópicos. Para ver e pesquisar a nossa base deconhecimento, vá a: www.Avid.com/Studio/KB Fóruns de usuáriosAqui há uma grande probabilidade de outros usuários terem uma perguntaigual ou semelhante, por isso leia, procure e publique a sua pergunta nosnossos fóruns da comunidade, os quais estão disponíveis em: www.Avid.com/Studio/Forums DVD de treinamentoUm DVD de treinamento no Avid Studio está disponível para venda naAvid e-Store em: www.Avid.com/Studio/estore/trainingApêndice A: Resolução de problemas 289
  • APÊNDICE B: Dicas de videografiaFilmar bom vídeo, depois criar um filme interessante, excitante ouinformativo, é algo que qualquer pessoa pode fazer com algunsconhecimentos básicos.Começando com um guião rascunho ou plano de filmagem, o primeiropasso consiste em filmar seu vídeo por editar. Mesmo nessa fase, você deveter os olhos postos na fase da edição certificando-se de que obtém um bomconjunto de filmagens para trabalhar.A edição de um filme envolve fazer habilidades com todos os fragmentosda filmagem até formar um todo harmonioso. Isso significa decidir sobretécnicas particulares, transições e efeitos que exprimirão melhor suasintenções.Uma parte importante da edição é a criação de uma trilha sonora. O somcerto – diálogo, música, comentário ou efeito – pode encaixar com osvisuais de modo a criar um todo maior que a soma das partes.O Avid Studio tem as ferramentas de que precisa para criar vídeo caseirocom qualidade profissional. O resto cabe-lhe a si – o videógrafo. Criação de um plano de filmagemNão é sempre necessário ter um plano de filmagem, mas pode ser muito útilpara grandes projectos de vídeo. Um plano de filmagem pode ser tãosimples ou tão complexo quanto você desejar. Uma simples lista de cenaspode ser suficiente ou você pode querer incluir também algumas notasrelativamente a direções detalhadas da câmera ou diálogos preparados.Apêndice B: Dicas de videografia 291
  • Os mais ambiciosos podem até criar um guião completo em que cadaângulo da câmera é descrito em detalhe, juntamente com notas sobreduração, iluminação, texto e suportes. Título: “Jack na pista do kart” Nº Ângulo da câmera Texto / Áudio Duraç Data ão 1 Rosto do Jack com “Jack está capacete, a câmera participando em sua Ter. 11 s reduz o zoom primeira corrida...”. 06/22 Barulho dos motores em plano de fundo. 2 Na linha de partida, É tocada música no Ter. 8s perspectiva do condutor; pavilhão, barulho dos 06/22 posição baixa da câmera. motores. 3 Um homem com uma “Vamos...”. bandeira de partida é Tem lugar a partida, acompanhado até à cena adiciona-se o sinal de Ter. 12 s para a posição de partida. 06/22 partida. A câmera pára, o homem sai de cena após a partida. 4 Jack na posição de Não se ouve mais partida de frente, a música do pavilhão, Ter. 9s câmera segue, mostra adiciona-se alguma 06/22 Jack até à curva, agora música de CD, de costas. barulho de motores. 5 ... Rascunho de um plano simples de filmagem EdiçãoUsando diferentes perspectivasUm evento importante deve ser sempre filmado de diferentes perspectivas eposições da câmera. Mais tarde, durante a edição, você pode selecionar e/oucombinar os melhores ângulos da câmera. Faça um esforço consciente parafilmar eventos a partir de mais de um ângulo da câmera (primeiro o palhaçona arena do circo, mas depois também o espectador a rir-se do ponto devista do palhaço).292 Avid Studio
  • Eventos interessantes podem também ter lugar por trás dos protagonistas ouos protagonistas podem ser vistos em um ângulo contrário. Isso pode serútil mais tarde quando tentar estabelecer um sentido de equilíbrio no filme.Close-upsNão seja sovina com close-ups de coisas ou pessoas importantes. Os close-ups, normalmente, ficam melhores e mais interessantes que os filmagenslongas em uma tela de televisão e funcionam bem com os efeitos pós-produção.Planos gerais / Planos semi-geraisOs planos gerais proporcionam ao espectador uma visão global eestabelecem a cena da ação. No entanto, estas cenas podem ser tambémutilizadas para comprimir cenas mais longas. Quando você corta de umclose-up para um plano geral, o espectador deixa de ver os detalhes e é, porisso, mais fácil fazer um salto cronológico. Mostrar um espectador em umplano semi-geral também pode distrair momentaneamente de uma açãoespecífica e a oportunidade de uma transição longe da ação, caso desejado.Ações completasFilme sempre ações completas, com um início e um fim. Isso facilita aedição.TransiçõesA temporização cinemática requer alguma prática. Não é sempre possívelfilmar eventos longos completos e, em filmes, eles têm muitas vezes de serrepresentados em uma forma gravemente abreviada. No entanto, o enredodeve permanecer lógico e os cortes não devem nunca chamar a atenção parasi mesmos.É aqui que a transição de uma cena para outra é importante. Mesmo que aação em cenas adjacentes seja separada no tempo ou no espaço, suasescolhas de edição podem fazer a justaposições de modo tão suave que oespectador não tem consciência desses saltos.O segredo para uma transição bem sucedida consiste em estabelecer umaligação facilmente sentida entre as duas cenas. Numa transição relacionadacom o enredo, a ligação é feita com eventos sucessivos em uma história deabertura. Por exemplo, uma filmagem de um novo automóvel pode serutilizada para introduzir um documentário sobre seu design e produção.Apêndice B: Dicas de videografia 293
  • Uma transição neutra não implica por si própria um desenvolvimento dehistória ou uma alteração no tempo ou local, mas pode ser usada para ligarde modo suave diferentes trechos de uma cena. Por exemplo, mostrar ummembro do público interessado durante uma discussão no pódio permite avocê cortar para um ponto posterior na mesma discussão, omitindo a parteintermédia.As transições externas mostram algo não relacionado com a ação. Porexemplo, durante uma filmagem dentro do registro matrimonial, você podecortar para o exterior do registro matrimonial, onde já está sendo preparadauma surpresa.As transições devem sublinhar a mensagem do filme e devem semprecorresponder à respectiva situação, de modo a evitar confundir ou distrairos espectadores da verdadeira linha de história.Seqüência lógica de açãoAs filmagens encadeadas durante a edição devem interagir de formaapropriada em relação à respectiva ação. Os espectadores serão incapazesde seguir os eventos, a não ser que a linha de história seja lógica. Capture ointeresse do espectador desde o começo com um início a passo rápido ouespetacular e mantenha esse interesse até ao final. Os espectadores podemperder o interesse e/ou ficar desorientados se as cenas forem encadeadas deforma ilógica ou incorreta em termos cronológicos, ou se as cenas foremdemasiado agitadas ou curtas (menos de 3 segundos). Os motivos nãodevem ser muito diferentes das cenas que os sucedem.Vencer lacunasFaça um esforço para vencer as lacunas de um local de filmagem paraoutro. Você pode utilizar close-ups, por exemplo, para vencer saltoscronológicos, ampliando o rosto e depois recuar após alguns segundos parauma cena diferente.Manter a continuidadeContinuidade – consistência de detalhe de uma cena para a seguinte – évital para fornecer uma experiência de visualização satisfatória. Um temposoalheiro não combina com espectadores que abriram seus chapéus dechuva.294 Avid Studio
  • Ritmo de cortesO ritmo em que um filme corta de uma cena para a seguinte muitas vezesinfluencia a mensagem e a disposição do filme. A ausência de umafilmagem aguardada e a duração de uma filmagem são formas de manipulara mensagem do filme.Evitar disjunções visuaisO encadeamento de filmagens semelhantes em seqüência pode resultar emdisjunções visuais. Uma pessoa pode estar na metade esquerda do quadronum momento e na metade direita do quadro no seguinte, ou é mostradacom e, depois, sem óculos.Não encadear filmagens panorâmicasAs filmagens panorâmicas não devem ser encadeadas a não ser que tenhama mesma direção e ritmo. Regras de ouro para a edição de vídeoAqui estão algumas linhas gerais que podem ser úteis quando você editaseu filme. Claro que não há regras rígidas e rápidas, especialmente se seutrabalho for engraçado ou experimental.• Não encadeie cenas em que a câmera esteja movendo. Filmagens panorâmicas, ampliações e outras filmagens em movimento devem ser sempre separadas por filmagens estáticas.• As filmagens que se sucedem devem ser sempre de posições diferentes da câmera. O ângulo da câmera deve variar em, pelo menos, 45 graus.• As seqüências de rostos devem ser sempre filmadas alternadamente de diferentes ângulos de vista.• Mude as perspectivas ao filmar edifícios. Quando você tem filmagens semelhantes do mesmo tipo e tamanho, a diagonal da imagem deve alternar entre frente esquerda e traseira direita e vice-versa.• Faça cortes quando as pessoas estão em movimento. O espectador será distraído pelo movimento a verificar-se e o corte passará quase despercebido. Por outras palavras, você pode cortar para um plano geral no meio do movimento.• Faça cortes harmoniosos, evite disjunção visual.Apêndice B: Dicas de videografia 295
  • • Quanto menos movimento tiver numa filmagem, mais curta ela deve ser. As filmagens com movimentos rápidos podem ser mais longas.• Os planos gerais podem ter mais conteúdo, por isso devem ser exibidos mais longos.A ordenação de suas seqüências de vídeo de forma deliberada não só lhepermite produzir certos efeitos, como também lhe permite transmitirmensagens que não podem ou não devem ser mostradas em imagens. Há,basicamente, seis métodos de transmissão de mensagens através de cortes:Cortes associativosAs filmagens são encadeadas em uma certa seqüência para dispararassociações na mente do espectador, mas a verdadeira mensagem não émostrada. Exemplo: Um homem aposta em um cavalo em uma corrida decavalos e, na cena seguinte, vemos o homem a comprar um automóvel novomuito caro em um revendedor de automóveis.Cortes paralelosDuas ações são mostradas em paralelo. O filme salta para a frente e paratrás entre as duas ações; encurtando as filmagens cada vez mais até ao fim.Esta é uma forma de construir suspense até ao máximo. Exemplo: Doisautomóveis diferentes vêm de direções diferentes a alta velocidade emdireção à mesma interseção.Cortes de contrasteO filme corta propositada e repentinamente de uma filmagem para a outramuito diferente, de modo a apontar o contraste ao espectador. Exemplo:Um turista deitado na praia, a filmagem seguinte mostra crianças a morrer áfome.Cortes de substituiçãoOs eventos que não podem ou não devem ser exibidos são substituídos poroutros eventos (uma criança acabou de nascer, mas no lugar de mostrar onascimento da criança, é mostrado o desabrochar de uma flor).Cortes de causa e efeitoAs filmagens estão relacionadas por virtude de causa e efeito; sem aprimeira filmagem, a segunda seria incompreensível. Exemplo: Um homemdiscute com sua mulher e, na filmagem seguinte, termina a dormir debaixode uma ponte.296 Avid Studio
  • Cortes formaisAs filmagens que variam em conteúdo podem ser encadeadas se elastiverem algo em comum – as mesmas formas, cores ou movimentos.Exemplos: uma bola de cristal e a Terra; um casaco de chuva amarelo eflores amarelas, um pára-quedista a cair e uma pena a cair. Produção da trilha sonoraA produção da trilha sonora é uma arte, mas é uma arte que todos podemosaprender. Claro que não é tarefa criar uma narração soberba, mas oscomentários curtos e informativos são, muitas vezes, muito úteis para oespectador. Qualquer que seja a narração, ela deve soar natural, expressivae espontânea, não martelada nem rígida.Manter os comentários curtosUma regra geral aplicável a todos os comentários é que pouco é melhor. Asimagens devem falar por si próprias e as coisas que são evidentes para osespectadores das imagens não requerem comentário.Preservar os sons originaisOs comentários falados devem ser misturados com os sons originais e amúsica de tal forma que os sons originais ainda possam ser ouvidos. O somnatural é parte de sua metragem de vídeo e não deve ser cortado, sepossível, porque o vídeo sem o som natural pode parecer facilmente estérile menos autêntico. Muitas vezes, no entanto, o equipamento de gravaçãocaptura barulhos de aviões e automóveis que não surgem mais tarde nacena. Os sons deste gênero, ou barulhos do vento, que distraem mais do quequalquer outra coisa, devem ser disfarçados ou substituídos por narração oumúsica apropriada.Selecionar música apropriadaA música apropriada acrescenta um toque de acabamento profissional a seufilme e pode fazer muito para reforçar a mensagem de um vídeo. A músicaselecionada, no entanto, deve ser sempre apropriada à mensagem do filme.Este é, por vezes, uma questão que toma muito de seu tempo e um desafio,mas vale todos os esforços, uma vez que a música bem escolhida é,geralmente, muito apreciada pelo espectador.Apêndice B: Dicas de videografia 297
  • TítuloO título deve ser informativo, descrever os conteúdos do filme e despertarinteresse. Se for uma expressão surpreendente, ainda melhor.No que respeita à apresentação, o Editor de títulos fornece espaço quaseilimitado para elementos visuais criativos. É um local na produção em quenão está limitado à realidade da respectiva metragem, por isso você podedar asas à sua imaginação.Claro que o objetivo principal consiste em comunicar, daí que algunsprincípios de base devem permanecer intocáveis. Por exemplo, um títuloconciso em uma fonte grande e legível é mais provável de transmitir a suamensagem do que um título excessivamente enfeitado e demasiado longo.Cores do títuloAs seguintes combinações de fundo e texto são fáceis de ler: branco comvermelho, amarelo com preto e branco com verde. Tenha cuidado ao criartítulos brancos em um fundo preto. Alguns sistemas de vídeo são incapazesde suportar taxas de contraste em excesso de 1:40 e são incapazes dereproduzir tais títulos em detalhe.Tempo na telaComo regra de ouro, um título deve permanecer na tela durante temposuficiente para que possa ser lido duas vezes. Permita cerca de 3 segundosde tempo na tela para um título com dez letras. Permita um segundoadicional de tempo na tela por cada 5 letras adicionais.Títulos “encontrados”Além dos títulos pós-produção, os títulos naturais, como sinais de direção,sinais de ruas ou páginas de títulos de jornais locais também podem criarmuitas vezes possibilidades interessantes.298 Avid Studio
  • APÊNDICE C: GlossárioA terminologia multimídia contém terminologia de computador e vídeo. Ostermos mais importantes são definidos a seguir. As contra-referências sãoindicadas por .720p: Um formato de vídeo de alta definição (HD) com uma resolução de1280x720 e quadros progressivos (não entrelaçados).108i: Um formato de vídeo de alta resolução (HD) com uma resolução de1440x1080 e quadros entrelaçados.Área de transferência: Uma área de armazenamento temporáriocompartilhada por todos os programas no Windows, utilizada para suportardados durante as operações de recortar, copiar e colar. Quaisquer novosdados que você colocar na clipboard, substitui imediatamente os dadosexistentes.ActiveMovie: Interface de software da Microsoft para o controle dedispositivos multimídia em ambiente Windows.  DirectShow,DirectMediaADPCM: Acrónimo para Adaptive Delta Pulse Code Modulation, ummétodo de armazenar informação de áudio em um formato digital. É ométodo de codificação e compressão de áudio utilizado na produção emCD-I e  CD-ROM.Anti-efeito de escadas: Um método de suavizar pontas denteadas emimagens bitmap. Este é, normalmente, conseguido através dosombreamento das pontas com pixels em cores semelhantes para o fundo,tornando, assim, a transição menos aparente. Outro método de anti-efeito deescadas envolve a utilização de dispositivos de saída com resoluçãosuperior.Apêndice C: Glossário 299
  • AVI: Acrônimo de Audio Video Interleaved, formato padrão para vídeodigital (e  Vídeo para Windows).Balanço branco: Em uma câmera eletrônica, este é o ajuste dosamplificadores para os três canais de cores (vermelho, verde e azul) deforma que as áreas brancas da cena não apresentam uma matiz de cor.BIOS: Acrónimo de Basic Input Output System, que se refere a comandosbásicos de entrada e saída salvos em um  ROM, PROM ou  EPROM.A tarefa essencial do BIOS é o controle da entrada e saída. Uma veziniciado o sistema, o ROM-BIOS executa alguns testes.  Porta paralela,IRQ, I/OBit: Abreviatura de “BInary digiT”, o elemento mais pequeno de umamemória de computador. Entre outras coisas, os bits são utilizados paragravar os valores de cor de pixels em uma imagem. Quantos mais bitsforem utilizados para cada  pixel, maior será o número de coresdisponíveis. Por exemplo: 1 bit: cada pixel é ou preto ou branco. 4 bits: permite 16 cores ou tons de cinzento. 8 bits: permite 256 cores ou tons de cinzento. 16 bits: permite 65.536 cores. 24 bits: permite cerca de 16.7 milhões de cores.Bitmap: Um formato de imagem feito de uma coleção de pontos ou“pixels” dispostos em filas.  PixelBrilho: Também “luminância”. Indica o brilho de um vídeo.Byte: Um byte corresponde a oito  bits. Com um byte, exatamente umcarácter alfanumérico pode ser exibido (isto é, uma letra, número).Canal: Classificações de informação em um arquivo de dados para isolarum aspecto particular do arquivo. Por exemplo, as imagens de cor utilizamdiferentes canais para classificar os componentes da cor na imagem. Osarquivos de áudio estéreo utilizam canais para identificar os sons dirigidosaos alto-falantes da esquerda e da direita. Os arquivos de vídeo utilizamcombinações de canais utilizados para arquivos de imagem e áudio.Captura por lotes: Processo automático que utiliza uma  lista dedecisão de edição para localizar e recapturar clipes específicos de uma fitade vídeo, normalmente a uma taxa de transferência de dados mais elevadado que o clipe foi originalmente capturado.CD de vídeo: Padrão de CD-ROM que usa vídeos comprimidos  MPEG.300 Avid Studio
  • CD-ROM: Mídias para armazenamento em massa de dados digitais, taiscomo vídeo digital. Os CD-ROMs somente podem ser lidos e não gravados: ROM é um acrônimo de Read-Only Memory).Clipe: No Avid Studio, qualquer elemento de mídia utilizado na linha detempo de um projeto de filme ou de disco. As mídias dos clipes incluemvídeos, arquivos de áudio, fotos, títulos e montagens.Codec: Contração de Compressor/Decompressor, - um algoritmo quecomprime (compacta) e descomprime (descompacta) dados de imagem.Codecs podem ser implementados quer em software quer em hardware.Codec de hardware: Método de compressão que usa hardware especialpara criar e reproduzir seqüências de vídeo digital comprimidas. Um codecde hardware pode oferecer uma melhor qualidade de codificação equalidade de imagem do que um codec implementado completamente nosoftware.  Codec, Codec de softwareCodec de software: Método de compressão que pode criar e reproduzirseqüências de vídeo digital sem hardware especial. A qualidade dasseqüências depende do desempenho do sistema completo.  Codec, Codecde hardwareCodificação Huffman: Técnica usada nos métodos de compressão dedados  JPEG e outros em que os valores raramente verificados recebemum código longo, enquanto que os valores constantemente verificadosrecebem um código curto.Codificador de vídeo: Converte sinais de vídeo analógico em informaçãodigital.Código temporal: O código temporal identifica a posição de cada quadroem uma seqüência de vídeo no respeitante ao ponto de início,(normalmente, o início da filmagem). Seu formato habitual é H:M:S:Q(Horas:Minutos:Segundos:Quadros), p. ex. 01:22:13:21. Ao contrário docontador da fita (que pode ser “zerado” ou restaurado em qualquer ponto nafita), o código temporal é um sinal eletrônico gravado em fita de vídeo e épermanente após ter sido atribuído.Colheita: Escolher a área de uma imagem a ser exibida.Apêndice C: Glossário 301
  • Compressão: Um método de tornar arquivos mais pequenos em tamanhono disco. Há dois tipos de compressão: sem perda e com perda. Osarquivos comprimidos com um esquema sem perda podem ser restauradosinalteráveis de seu estado original. Os esquemas com perda deitam foradados durante a compressão, por isso alguma qualidade de vídeo ésacrificada. A perda de qualidade por ser insignificante ou gravedependendo da quantidade de compressão.Compressão de imagens: Método para reduzir a quantidade de dadosnecessária para armazenar arquivos de imagem e vídeo digital.Cor complementar: As cores complementares são opostas em valor àscores primárias. Se você quisesse combinar uma cor com seu complemento,o resultado seria branco. Por exemplo, as cores complementares devermelho, verde e azul são cyan, magenta e amarelo, respectivamente.Cor-chave: Uma cor cuja exibição é suprimida de modo que uma imagemde fundo pode exibir através dela. Mais usadas ao sobrepor uma seqüênciade vídeo sobre outra, permitindo que o vídeo por baixo seja exibido sempreque a cor-chave aparece.Cores primárias: As cores que são a base para o modelo de cor RGB:vermelho, verde e azul. Alterando a mistura destas cores é possível criarqualquer outra cor na tela do computador.DCT: Discrete Cosine Transformation – parte da compressão de dados deimagens  JPEG e algoritmos relacionados. A informação de brilho e coré salva como coeficiente de freqüência.Decibel (dB): Uma unidade de medida de audibilidade do som. Umaumento de 3dB dobra a audibilidade.Decodificador de vídeo: Converte informação digital em sinais de vídeoanalógico.Decompor: Um efeito de transição em que o vídeo passa gradualmente deuma cena para a outra.Digital8: Formato de fita de vídeo digital que grava dados de áudio e vídeocodificado em  DV em fitas  Hi8. Atualmente vendido apenas pelaSony, as câmeras de vídeo ou os videocassetes Digital8 podem reproduzircassetes Hi8 e 8mm.DirectMedia: Extensão do sistema pela Microsoft para aplicativosmultimídia em ambiente Windows.  ActiveMovieDirectShow: Extensão do sistema pela Microsoft para aplicativosmultimídia em ambiente Windows.  ActiveMovie302 Avid Studio
  • DirectX: Um conjunto de várias extensões do sistema desenvolvidas pelaMicrosoft para o Windows 95 e seus sucessores para permitir a aceleraçãode vídeo e jogos.DMA: Direct Memory Access.Driver: Um arquivo que contém informação necessária para operarperiféricos. O driver de captura do Studio opera a placa de captura doStudio, por exemplo.Driver TWAIN: TWAIN é uma interface de software padronizada quepermite que a placa gráfica e os programas de captura comuniquem comdispositivos que forneçam dados gráficos. Se o driver TWAIN estiverinstalado, a função de captura de um aplicativo gráfico pode ser utilizadapara carregar imagens diretamente de sua fonte de vídeo para o programa.O driver suporta programas de 32 bits e captura imagens no modo de 24bits.DV: Formato de fita de vídeo digital para a gravação de áudio e vídeo emfita de metal evaporado de ¼”. As fitas Mini DV suportam até 60 minutosde conteúdo, enquanto que as fitas DV padrão podem suportar até 270minutos de conteúdo.E/S: Entrada/Saída.ECP: “Enhanced Compatible Port”. Permite a transferência de dadosbidirecional acelerada através da  porta paralela.  EPPEfeito de escadas: Uma exibição incorreta de uma imagem devido àslimitações do dispositivo de saída. Normalmente, o efeito de escadas surgena forma de pontas denteadas ao longo de curvas e formas angulares.Endereço: Todas as posições de armazenamento disponíveis em umcomputador estão numeradas (endereçadas). Com o auxílio destesendereços, cada posição de armazenamento pode ser ocupada. Algunsendereços estão reservados para o uso exclusivo de componentes dehardware especiais. Se dois componentes de hardware estiverem utilizandoo mesmo endereço, a isso se dá o nome de “conflito de endereços”.Entrelaçado: O método de atualização da tela usado por sistemas detelevisão. A imagem de TV em  PAL consiste de duas metades deimagem entrelaçadas ( campos) de 312½ linhas cada. A imagem de TVem  NTSC consiste de duas metades de imagem de 242½ linhas cada. Oscampos são exibidos alternadamente para produzir uma imagem mista.Apêndice C: Glossário 303
  • Entrelaçar: Uma disposição de áudio e vídeo para promover umareprodução mais suave e uma sincronização ou compressão. O formato AVI padrão espaceja igualmente áudio e vídeo.EPP: “Enhanced Parallel Port”. Permite a transferência bidirecionalacelerada de dados através da  porta paralela.  ECPEPROM: “Erasable Programmable Read-Only Memory”. Chip dememória que, após a programação, armazena seus dados sem abastecimentode energia. Os conteúdos da memória podem ser apagados com luzultravioleta e ser novamente escritos.Escalamento: Adaptação de uma imagem a um tamanho desejado.Executar codificação da extensão (RLE): Uma técnica usada em muitosmétodos de compressão de imagem, incluindo  JPEG. Os valores que serepetem não são salvos separadamente, mas com um contador para indicarquantas vezes o valor ocorre seguido – a extensão do “executar”.Exibir ou omitir para/de preto: Um efeito digital que exibe do preto noinício de um clipe ou que desaparece no preto no fim.Campo: Um  quadro de vídeo  entrelaçado é composto por linhashorizontais e dividido em dois campos. As linhas ímpares no quadro são oCampo 1; as linhas pares são o Campo 2.Filtros: Ferramentas que alteram dados para produzir efeitos especiais.FireWire: Nome de marca da Apple Computer para o protocolo de dadosserial  IEEE-1394.Formato de arquivo: A reorganização no âmbito de um arquivo decomputador, como uma imagem ou documento do processador de texto. Oformato de um arquivo é geralmente indicado pela “extensão do arquivo”(p. ex. doc, avi ou wmf).Freqüência: O número de repetições em um processo periódico (comouma onda de som ou uma voltagem alternativa) por unidade de tempo.Normalmente medida em repetições por segundo ou Hertz (Hz).GOP: Na compressão  MPEG, o fluxo de dados é primeiro dividido em“Grupos de imagens” – seções de vários quadros cada. Cada GOP contémtrês tipos de quadros: quadros I, quadros P (imagens) e quadros B.GOP fechado:  GOP304 Avid Studio
  • Gravar preto: O processo de preparar uma fita de vídeo para edição deinserções através da gravação de vídeo preto e uma trilha de controlecontínua em toda a fita. Se a unidade de gravação suporta código temporal,então o código temporal contínuo será gravado em simultâneo (tambémdesignado por registro do código temporal ou striping).HD: Vídeo e alta definição. A maioria dos formatos HD em uso tem umaresolução de 1920x1080 ou 1280x720. Existe uma diferença substancialentre os padrões de 1080 e 720: o formato maior utiliza 2.25 mais pixelspor quadro. Esta diferença aumenta substancialmente os requisitos paraprocessamento de conteúdo 1080 em termos de tempo de codificação,velocidade de decodificação e armazenamento. Os formatos 720 são todosprogressivos. O formato 1080 tem uma mistura de tipos de quadrosprogressivos e entrelaçados. Os computadores e seus monitores sãoinerentemente progressivos, enquanto que a transmissão televisiva se tembaseado em técnicas e padrões entrelaçados. Para a terminologia HDindicamos a característica progressiva por meio da letra "p" e acaracterística entrelaçada por meio da letra "i".HDV: Um formato para a gravação e a reprodução de vídeo de altadefinição em uma fita DV ficou conhecido como formato "HDV". Ao invésdo codec "DV", HDV usa um sabor a MPEG-2. Há duas variedades deHDV: HDV1 e HDV2. HDV1 oferece uma resolução de 1280x720 comquadros progressivos (720p). O fluxo de transporte MPEG é de 19.7Mbps/s. HDV2 oferece uma resolução de 1440x1080 com quadrosentrelaçados (1080i). O fluxo de transporte MPEG é de 25 Mbps/s.Hi8: Versão melhorada de  Video8 utilizando  S-Video gravado emfita de partículas de metal ou de metal evaporado. Devido à superiorresolução de luminância e à maior largura de banda, o resultado é imagensmais definidas que Video8.HiColor: Para imagens, isso normalmente significa um tipo de dados de 16bits (5-6-5) que pode conter até 65.536 cores. Os formatos de arquivo TGAsuportam imagens deste tipo. Outros formatos de arquivo requerem aconversão anterior de uma imagem HiColor para  TrueColor. Paravídeos, HiColor refere-se normalmente a adaptadores de vídeo de 15 bits(5-5-5) que podem exibir até 32.768 cores.  BitIDE: “Integrated Device Electronics” – uma interface de disco rígido quecombina toda a eletrônica de controle de unidades na própria unidade, nolugar do adaptador conectando a unidade ao barramento de expansão.Apêndice C: Glossário 305
  • IEEE-1394: Desenvolvido pela Apple Computers e introduzido comoFireWire, este é um protocolo seria de transmissão de dados serial comtaxas até 400 Mbits/s. A Sony oferece uma versão ligeiramente modificadapara transmissão de sinais DV chamada i.LINK, fornecendo velocidades detransmissão até 100 Mbits/s.Imagem: Uma imagem é a reprodução ou fotografia de algo. O termo émuitas vezes aplicado a fotografias digitalizadas, constituídas por pixels,que podem ser mostradas em um monitor de computador e manipuladas porsoftware.Intensidade de cor: Número de bits entregando a informação da cor paracada pixel. Uma intensidade de cor de 1 bit significa 21=2 cores, a de 8 bitsfornece 28=256 cores, a de 24 bits significa 16.777.216 =224 cores.IRQ: “Interrupt Request”. Uma “interrupção” é uma pausa temporária nofluxo principal de processamento de um computador, de modo que podemser efetuadas tarefas de manutenção ou de fundo. As interrupções podemser solicitadas por qualquer hardware (p. ex. teclado, mouse) ou software.JPEG: Joint Photographic Experts Group, e o padrão desenvolvido por elespara comprimir quadros digitais baseados em  DCT.Kbyte (também KB): Um Kbyte (kilobyte) contém 1024  bytes. O “Krepresenta o número “1024” (210) e não 1000 em um prefixo métrico.Lista de decisão de edição (EDL): Uma lista de clipes e efeitos em umadeterminada seqüência que será gravada no disco ou arquivo de saída. OAvid Studio permite criar e editar sua própria lista de decisões de ediçãoadicionando, excluindo e reorganizando clipes e efeitos no Editor de Filmee Editor de Disco.LPT:  Porta paralelaLuminância:  BrilhoM1V: (extensão de arquivo para) um arquivo MPEG que contém somentedados de vídeo.  MPA, MPEG, MPGMarca In / Marca Out: Na edição de vídeo, os tempos de marca in emarca out referem-se aos códigos temporais de início e fim que identificamas partes de clipes a ser incluídas no projeto.Mbyte (também MB): Um Mbyte (megabyte) corresponde a 1024 Kbytes – 1024 x 1024 bytes.306 Avid Studio
  • MCI: Media Control Interface. Interface de programação desenvolvida pelaMicrosoft para gravação e reprodução de dados de áudio e vídeo. Tambémutilizada para conectar um computador a uma fonte de vídeo externa, comoum videocassete ou disco laser.Modelo de cor: Uma forma de descrever e definir matematicamente corese a forma como elas se relacionam umas com as outras. Cada modelo de cortem suas próprias características. Os dois modelos mais comuns são RGB e  YUV.Modulação: A codificação de informação em um sinal de portador vazio.Motion-JPEG (M-JPEG): Um formato de  vídeo para Windows,especificado pela Microsoft, para codificação de seqüências de vídeo. Acompressão  JPEG é usada para comprimir cada quadroindividualmente.MPA: (extensão de arquivo para) um arquivo MPEG file que contémsomente dados de áudio.  M1V, MPEG, MPGMPEG: Motion Picture Experts Group, e o padrão desenvolvido por elespara a compressão de imagens em movimento. Comparado com M-JPEG,oferece redução de dados de 75-80% com a mesma qualidade visual.MPG: (extensão de arquivo para) um arquivo MPEG que contém dados devídeo e áudio.  M1V, MPEG, MPAMPV: (extensão de arquivo para) um arquivo MPEG que contém somentedados de vídeo.  MPA, MPEG, MPGNão-entrelaçado: Descreve um método de atualização de imagens em queuma imagem completa é gerada como um único quadro sem saltar linhas.Uma imagem não-entrelaçada (maioria do monitores de computador) oscilamuito menos do que uma imagem entrelaçada (maioria das TVs).NTSC: National Television Standards Committee, e o padrão de TV acores criado por este grupo em 1953. Vídeo NTSC utiliza 525 linhas porquadro e 60 campos de imagem por segundo. É utilizado na América doNorte e Central, no Japão e em outros países.  PAL, SECAMPAL: “Phase Alternation Line”, um padrão de TV a cores desenvolvido naAlemanha e utilizado em toda a Europa. Vídeo PAL tem 625 linhas porquadro e 50 campos de imagem por segundo.  NTSC, SECAMPixel: O mais pequeno elemento de uma imagem no monitor. A palavra éuma abreviatura de “picture element”.Apêndice C: Glossário 307
  • Pontilhamento: Aumento do número de cores aparentes em uma imagematravés da aplicação de padrões de cor.Porta: Ponto de transferência elétrica para a transmissão de dados de áudio,vídeo, controle ou outros entre dois dispositivos.  Porta serial, PortaparalelaPorta COM: Uma porta serial situada na parte de trás de seu computadorpara conectar um modem, um plotter, uma impressora ou um mouse aosistema.Porta paralela: Os dados da porta paralela são transmitidos via linha dedados de 8 bits. Isto significa que oito  bits (um  byte) podem sertransmitidos de uma só vez. Este tipo de transmissão é muito mais rápidodo que a transmissão serial, mas não é apropriado para conexões de longadistância. As portas paralelas são muitas vezes chamadas “LPTn”, onde n éum número (p. ex. “LPT1”).  Porta serialPorta serial: Os dados transmitidos através de uma porta serial sãoprocessados um  bit de cada vez,; isto é, “serialmente” – um após ooutro. A taxa de transmissão é muito mais lenta do que a de uma portaparalela, onde as linhas de dados paralelos permitem a transmissãosimultânea de múltiplos bits. As portas seriais são chamadas “COMn”,onde n é um número (p. ex. “COM2”).  Porta paralelaQSIF: Quarter Standard Image Format. Um formato MPEG-1especificando uma resolução de 176 x 144 em PAL e 176 x 120 em NTSC. MPEG, SIFQuadro: Uma única imagem em uma seqüência de vídeo ou animação. Seutilizar a resolução total NTSC ou PAL, um quadro é composto por doiscampos entrelaçados.  NTSC, PAL, campo, resoluçãoQuadro individual: Um  quadro individual faz parte de uma série ouseqüência. Quando esta série é visualizada a velocidade suficiente, é criadaa ilusão de uma “imagem em movimento”.Quadro-chave: Um quadro de vídeo para o qual é especificado o valor deum parâmetro específico de um efeito de vídeo ou áudio. Durante areprodução, a animação de efeitos é conseguida ajustando suavemente osparâmetros de um valor com quadros-chave para o seguinte. A animação deefeitos por meio de quadros-chave é freqüentemente chamada de“keyframing”.308 Avid Studio
  • Quantização: Uma parte da estratégia de compressão de dados de imagem JPEG. Os detalhes relevantes são representados de forma precisa,enquanto os detalhes que são menos relevantes para o olho humano sãorepresentados com menos precisão.Rastro: A área de um monitor de vídeo que é coberta varrendo o feixe deeletrônios do monitor em uma série de linhas horizontais do canto superioresquerdo ao inferior direito (da perspectiva do espectador).Redundância: Esta característica das imagens é explorada por algoritmosde compressão. A informação supérflua pode ser eliminada durante acompressão e restaurada sem perda durante a descompressão.Resolução: O número de pixels que podem ser exibidos no monitor nahorizontal e na vertical. Quanto mais elevada for a resolução, mais detalhespodem ser exibidos.  PixelRGB: Red, Green and Blue (vermelho, verde e azul): as cores primárias namistura de cores adicional. RGB designa o método utilizado na tecnologiade computadores para codificar a informação da imagem em pixels, cadacontendo alguma combinação das três primárias.ROM: Read Only Memory: Armazenamento na memória que, tendo sidoformatado uma vez, conserva seus dados sem necessitar de energia elétrica. EPROMSaturação da cor: Intensidade de uma cor.SCSI: Small Computers System Interface. SCSI foi preferido durantemuito tempo como a interface do disco rígido para PCs de elevadodesempenho por causa de sua elevada taxa de dados. Podem ser conectadosaté oito dispositivos SCSI a um computador ao mesmo tempo.SECAM: “Séquentiel Couleur à Mémoire”, um sistema de transmissão deTV a cores usado em França e na Europa de Leste. Tal como o PAL, ovídeo SECAM tem 625 linhas por quadro e 50 campos de imagem porsegundo.  NTSC, PALSIF: Standard Image Format. Um formato MPEG-1 especificando umaresolução de 352 x 288 em PAL e 352 x 240 em NTSC.  MPEG, QSIFS-VHS: Versão melhorada de VHS usando S-Video e fita de partículas demetal para proporcionar uma resolução de luminância mais elevada,resultando em imagens mais definidas que VHS.  VHS, S-VideoApêndice C: Glossário 309
  • S-Video: Com sinais S-Video (Y/C), a informação de brilho (luminânciaou “Y”) e cor (crominância ou “C”) é transferida separadamente utilizandofios múltiplos, evitando modular e desmodular o vídeo e a perda resultantede qualidade da imagem.Tamanho do GOP: O tamanho do GOP define quantos quadros I, B ou P(imagens) estão incluídos em um  GOP. Os tamanhos de GOP atuaissão, por exemplo, 9 ou 12.Tamanho dos quadros: O tamanho máximo para exibição de dados deimagem em uma seqüência de vídeo ou animação. Se a imagem pretendidapara a seqüência for maior que o tamanho dos quadros, ela deve serselecionada ou escalada para caber.Taxa de dados: A quantidade de dados transmitida por unidade de tempo,por exemplo o número de bytes lidos a partir de ou gravados em umaunidade de disco rígida por segundo, ou a quantidade de dados de vídeoprocessados por segundo.Taxa de transferência de dados: A medida da velocidade a que ainformação passa entre meios de armazenamento, (ex.  CD-ROM oudisco rígido), e o dispositivo de exibição, (ex. monitor ou  MCI).Dependendo dos dispositivos utilizados, algumas transferências de dadospodem oferecer um melhor desempenho que outras.Taxa de leitura de vídeo: Freqüência com que o sinal de vídeo é lido parao monitor de imagem. Quanto mais elevada for a taxa de leitura de vídeo,mais elevada é a qualidade da imagem e menos se notará o tremer.Taxa de quadros: A taxa de quadros define quantos quadros de umaseqüência de vídeo são reproduzidos em um segundo. A taxa de quadrospara vídeo  NTSC é de 30 quadros por segundo. A taxa de quadros paravídeo  PAL é de 25 quadros por segundo.Taxa de definição: A relação de largura com altura em uma imagem oudesenho. Manter a taxa de definição fixa significa que qualquer alteraçãoem um valor reflete-se imediatamente no outro.Transição: Um efeito de ligação entre clipes de vídeo ou áudio adjacentes,desde um simples “corte” até um efeito animado chamativo. Transiçõescomuns como cortes, fades, decomposições, limpezas, coberturas ecross-fades são parte da linguagem do filme e vídeo. Elas podem permitirpassagens de tempo e alterações do ponto de vista de modo conciso – efreqüentemente subliminar.310 Avid Studio
  • TrueColor: O nome indica uma imagem com resolução de cor suficientepara aparecer “verdadeira”. Na prática, TrueColor se refere normalmente acorRGB de 24 bits, o que permite cerca de 16.7 milhões de combinações dascores primárias vermelho, verde e azul.  Bit, HiColorVCR: “Video cassette recorder”.VHS: “Video Home System” – Padrão popular de vídeo para videocassetescaseiros. A fita ½" é utilizada para armazenar sinais “compostos”incorporando informação de brilho e cor.Vídeo composto: Vídeo composto codifica a informação de luminância ecrominância em um sinal.  VHS e 8mm são formatos que gravam ereproduzem vídeo composto.Vídeo digital: Vídeo digital armazena informação  bit a bit em umarquivo (ao contrário de meios de armazenamento analógicos).Vídeo fixo: Imagens fixas (ou “quadros congelados”) extraídas do vídeo.Vídeo para Windows: Uma extensão do sistema Microsoft Windows quepode gravar seqüências de vídeo digital em arquivos no disco rígido edepois reproduzi-las.Video8: Sistema de vídeo analógico usando fita 8mm. Os gravadoresVideo8 geram sinais compostos.VISCA: Protocolo utilizado com certos dispositivos para controlar fontesexternas de vídeo a partir de computadores.WAV: (Extensão de arquivo para) um popular formato de arquivo parasinais de áudio digitalizado.Y/C: Y/C é um sinal de cor constituído por dois componentes: informaçãode brilho (Y) e informação de cor (C).YUV: O modelo de cores de um sinal de vídeo onde Y fornece ainformação de brilho e U e V a informação de cor.Apêndice C: Glossário 311
  • APÊNDICE D: Atalhos de tecladoOs termos Para a esquerda, Para a direita, Para cima e Para baixo nestastabelas se referem às teclas (cursoras) das setas).Atalhos gerais Ctrl+1 Abrir guia Biblioteca principal Ctrl+2 Abrir guia Filme Ctrl+3 Abrir guia Disco Ctrl+4 Fechar a janela focada Ctrl+5 Abrir o Editor de títulos (a partir do Editor de Filme) Ctrl+6 Abrir Exportador Ctrl+ I Abrir Importador Ctrl+S Salvar projeto, título ou menu Alt+F4 Fechar o aplicativo Shift+F10 Acessar menu de contexto Ctrl+Z Desfazer Ctrl+Y Refazer Ctrl+A Selecionar tudo Shift+Ctrl+A Anular todas as seleções Ctrl+C Copiar para área de transferência Ctrl+V Colar da área de transferência Ctrl+X Cortar para área de transferência End Ir para o fim Home Ir para o início Alt+Enter Reproduzir em tela inteira Esc Sair da visualização de tela inteira ou fechar o painel Delete Excluir sem copiar para área de transferênciaApêndice D: Atalhos de teclado 313
  • Clique duplo Abrir o editor adequado (Mídia, Titulador, Projeto, Montagem etc.) F1 Abrir ajuda sensível ao contextoBiblioteca Ctrl+N Nova coleção Alt+Clique Reproduzir na miniatura Números 1-5 Classificar clipe(s) selecionado(s) Número 0 Remover classificação do(s) clipe(s) selecionado(s) Page Up Rolar uma página para cima Page Down Rolar uma página para baixo Para a direita Expandir pasta na árvore Para a esquerda Recolher pasta na árvore Teclas de setas Navegar para cima, para baixo, para a esquerda, para a direita Delete Excluir clipe e/ou mídia selecionados F7 Mostrar/ocultar interface de marcaçãoReprodução e transporte Barra de espaço Reproduzir e pausar Shift+Barra de Reproduzir continuamente espaço Alt+Enter Reproduzir em tela inteira Esc Sair da visualização de tela inteira Alt+Clique Reproduzir na miniatura J Voltar rapidamente (pressionar múltiplas vezes para uma reprodução mais rápida) K Pausar reprodução (ou Shift K) L Avançar rapidamente (pressionar múltiplas vezes para uma reprodução mais rápida) Shift+L Avançar lentamente (pressionar múltiplas vezes para uma reprodução mais lenta) Shift+J Voltar lentamente (pressionar múltiplas vezes para uma reprodução mais lenta) Para a direita Avançar 1 quadro (ou X) Para a esquerda Voltar 1 quadro (ou Z) Shift+Para a direita Avançar 10 quadros (ou Shift+X)314 Avid Studio
  • Shift+Para a Voltar 10 quadros esquerda (ou Shift+Z) D Saltar para trás para cortar (ou Page up) (ou Ctrl+Para a esquerda) F Saltar para a frente para cortar (ou Page down) (ou Ctrl+Para a direita) Ctrl+I Saltar para marca de início Ctrl+O Saltar para marca de fim . (ponto final) Saltar para marcador seguinte , (vírgula) Saltar para marcador anteriorImportador Enter Stop Motion: Capturar quadro (com Capturar quadro aberto) Para a direita Expandir pasta na árvore Para a esquerda Recolher pasta na árvore Teclas de setas Navegar para cima, para baixo, para a esquerda, para a direita Ctrl+A Selecionar tudo Ctrl+Shift+A Anular todas as seleções F4 Iniciar importaçãoInterface de Filme A Marca de início (ou I) S Marca de fim (ou O) Shift+I Limpar marca de início Shift+O Limpar marca de fim Shift+U Limpar marcas de início e de fim Scroll Lock Ativar/desativar depuração de áudio E Ir para o início (ou Home) R Ir para o fim (ou End) P Ativar/desativar encaixe magnético ; (ponto-e-vírgula) Dividir clipe(s) na posição do controle deslizanteApêndice D: Atalhos de teclado 315
  • M Adicionar/excluir marcador . (ponto final) Saltar para marcador seguinte , (vírgula) Saltar para marcador anterior Ctrl+. (ponto final) Abrir painel da lista de marcadores Delete Excluir clipe(s) selecionado(s) da linha de tempo Clique duplo em clipe Abrir Editor de mídia para clipe na linha de tempo B Enviar clipe de pré-visualização para trilha principal na linha de tempo (na posição do controle deslizante) H Alternar pré-visualização entre linha de tempo e fonte Ctrl+5 Abrir Editor de títulos F5 Mostrar/ocultar Misturador de áudio F7 Criar canção Teclado numérico + Aproximar linha de tempo Teclado numérico - Afastar linha de tempo [ (colchete esquerdo) Menos zoom na linha de tempo ] (colchete direito) Mais zoom na linha de tempo Ctrl+[ Ajustar linha de tempo à janela Ctrl+] Mostrar todos os quadros (mais zoom) Alt Garante o comportamento alternado ao editar na linha de tempo (inserir/sobrescrever) T Ativar/desativar Modo de corte Para a direita Cortar 1 quadro à direita (com corte aberto) Para a esquerda Cortar 1 quadro à esquerda (com corte aberto) Shift+ Para a direita Cortar 10 quadros à direita (com corte aberto) Shift+ Para a Cortar 10 quadros à esquerda (com corte esquerda aberto) Ctrl+Clique no corte Adicionar 2.º ponto de corte à mesma trilha Shift+Clique no corte Abrir ponto de corte semelhante em todas as trilhas Guia Alternar foco em pontos de corte abertos316 Avid Studio
  • Editores de mídia Números 1-8 Escolher uma categoria de correções ou efeitos Clique duplo no Recolocar controle deslizante na posição controle deslizante padrão Ctrl+L Rodar foto para a esquerda Ctrl+R Rodar foto para a direita Alt+Enter Reproduzir em tela inteira Esc Sair da visualização de tela inteiraEditor de títulos Shift+Para a Expandir seleção de caracteres para a esquerda esquerda Shift+Para a direita Expandir seleção de caracteres para a direita Shift+Ctrl+Para a Igual a Shift+Para a esquerda (Expandir por esquerda palavra) Shift+Ctrl+Para a Igual a Shift+Para a direita (Expandir por direita palavra) Ctrl+B Ativar/desativar negrito Ctrl+I Ativar/desativar itálico Ctrl+U Ativar/desativar sublinhado Ctrl+A Selecionar tudo Ctrl+D Anular todas as seleções Barra de espaço Com área da linha de tempo selecionada: Iniciar e parar reproduçãoApêndice D: Atalhos de teclado 317
  • Índice remissivo Limpar 129 5 Tirar o som 129 Arquivo5.1 Veja Áudio Salvar filme em 253 Arquivos MP2 255 A Arquivos MP3 255 Arquivos WAV 255Abreviaturas xiii Arrastar-e-soltar 56Ajustar clipes (linha de tempo) 62 Avançado 57Ajustes prévios Árvore de itens 15 No Editor de menus 208 Botão Adicionar coleção 17Analógico xiii Menu Agrupar por 15 Níveis durante a importação 215 Assistente de capítulosAnatomia de um modelo de Abertura 203 montagem 125 Finalidade 203Animação Utilização 204 Animação Stop Motion 245 Atalhos Veja Atalhos de teclado Com modelos de montagens 119 Atalhos de teclado xiv, 313 Stop Motion 214 Biblioteca 314Animação Stop Motion 241 Editor de títulos 317Animação, Stop Motion 241 Editores de mídia 317Antes e depois 90 Gerais 313Aplicativo Importador 315 Configurações Veja Interface de Filme 315 Configurações Reprodução e transporte 314Apresentações de slides Áudio No Editor de Filme 45 Balanço 178, 183Área de transferência Funções da linha de tempo 179 Utilização (linha de tempo) 71 Keyframing do Panner 185Áreas de armazenamento Keyframing do volume 180 Adicionar efeitos 130 Misturador (linha de tempo) 179 Alinhar subclipes 130 Níveis de reprodução 179 Índice remissivo 319
  • Nível de reprodução mestre (linha Itens 12, 15 de tempo) 179 Mais ferramentas 28 Opções de importação analógica Marcas 30 215 Menu Agrupar por 15 Panner 178, 183 Menus de disco 195 Recursos 165 Mídia ausente 13 Som surround 178 Navegador 21 Som surround 5.1 178 No Editor de títulos 135 Usos de 165, 167 Pastas de monitorização 19 Volume e mixagem 178 Player Veja Player da BibliotecaAVCHD xiii Pré-visualização 25 Enviar filme para 250 Pré-visualizar 8 Requisitos do sistema xi Principal vs. compacta 10 Procurar 29 Ramificações 12 B Remoção de itens 20Balanço (áudio) 183 Remover cenas 36 Seção Montagem 121, 122Base de conhecimento 272 SmartMovie 36, 39BD (Importador) 240 SmartSlide 36, 37Biblioteca Títulos 133 Adição de mídia a um título 136 Visão geral 9 Adicionar itens ao projeto 10 Vista compacta 45 Armazenamento 13 Visualizar cenas 34 Arrastar itens para a linha de Biblioteca compacta tempo 57 No Editor de Filme 45 Banco de dados 13 Biblioteca de mídia ausente 13 Coleção 17 Compacta (no Editor de Disco) Biblioteca de mídias 9 195 Biblioteca, Player Veja Player da Conceitos 12 Biblioteca Copiar para a linha de tempo 72 Bloqueio da trilha 54 Corrigir arquivos de mídia 11, 33 Blu-ray Criar manualmente cenas de vídeo Enviar filme para 250 35 Botão Adicionar coleção Detecção de cenas de vídeo 33 (Biblioteca) 17 Exibição de itens 21 Botões Filtragem 28 Em menus de disco 193, Veja Filtrar por classificação 28 Botões de menus Filtrar por marcas 29 Botões de cadeado 54 Gerenciamento de itens 19 Gerenciamento de marcas e Botões de menus 196 filtragem 31 Ajustes prévios do Editor de Gerenciar itens em Coleções 18 menus 208 Guias de localização 14 Criação 206 Importação de itens 19 Edição de propriedades 208 Importação direta 20 Indicadores de vínculos 199 Importação rápida 20 Sem vínculos 196 320 Avid Studio
  • Tipo de configurações no Editor Classificações de menus 207 Função na filtragem de itens 28Botões de menus de disco Veja Clipes Botões de menus Adicionar à linha de tempo 56 Ajustar 62 Alterar velocidade dos 73 C Cortar 62, 63, 66Cabeçalho da trilha Corte excessivo 63 Bloqueio 54 Efeitos 79 Da trilha da linha de tempo 46, 53 Excluir 61 Monitorização do vídeo e áudio Inserir 58 54 Menu de contexto 80 Nome 54 Montagem 119, 122, 123 Trilha padrão 53 Mover e copiar 71Câmera DV/HDV (Importador) Operações 61 Recortar, copiar, colar 72 234 Selecionar 61Câmera HDV (Importador) 234 Substituir 59Câmeras Transições 75 Analógicas (Importador) 238 Clipes da linha de tempo DV, HDV (Importador) 234 Corrigir 84Câmeras fotográficas Veja Clipes de montagem Câmeras, digitais, Veja Câmeras, Corte e edição 123 digitais Inserir, sobrescrever ou substituirCâmeras fotográficas digitais 123 (Importador) 241 Close-ups 293Capítulos Coleções Criação com o Assistente de Itens em 18 capítulos 203 Operações em coleções 17Capítulos (em menus de disco) Ramificação da Biblioteca 17 192 Comandos de menu xivCaptura Compressão Detecção de cena 223 Opções (Importador) 222 Importador 245 Configurações 265 Níveis de áudio e vídeo 215 Configurações do projeto 55, 269 Visão geral 211 Dispositivo de áudio 266Cartão de memória, importar de Efeitos 107 Veja Mídia baseada em arquivos Importar 266Cartão SD, importar de Veja Linha de tempo 55 Mídia baseada em arquivos Locais de armazenamento 270 Log de eventos 266Cenas Panorâmico e zoom 118 Criar manualmente 35 Pastas de monitorização 266 Detecção 33 Pré-visualizar 268 Mostrar 34 Vídeo da linha de tempo 48 Remover 36Cenas (dica de videografia) 295 Índice remissivo 321
  • Configurações da linha de tempo Cortar com divisão 69 55 Corte excessivo 63Configurações de estilo Fim do clipe 66 No Editor de títulos 144 Início do clipe 66Configurações de fundo Lacunas 67 Monitorizar pontos de corte 70 No Editor de títulos 143Configurações do programa Veja Cortar ambos 68 Configurações Cortar clipes (linha de tempo) 62Configurações do projeto 269 Cortar com deslizamento 70Continuidade (dica de videografia) Cortar com divisão 69 294 Corte excessivo (linha de tempo)Controle deslizante 63 Linha de tempo 46 CortesControle do botão do ciclo Associativos 296 Causa e efeito 296 No Editor de menus 206 Contraste 296Controles de reprodução 8 De substituição 296Convenções xiii Formais 297Copiar e mover clipes 71 Paralelos 296Correção de foto Cortar 93 Ritmo de (dica de videografia)Correção de foto Melhorar fotos 295 91 CPU xiiCorreção Encurtar 94 Criação de discos 191Correção Olhos vermelhos 95 Interatividade 193Correções Som surround 178 Áudio 100 Criação de filmes 247 Áudio (descrito) 172 Criar entre marcadores 249 Clipes da linha de tempo 84 Criar filme Comparação com Efeitos 102 Parcial 249 Foto 90 Foto (lista) 91 Itens da Biblioteca 84 D No Editor de áudio 167 Depuração Vídeo 95 Áudio 51 Vídeo (lista) 99 Depuração de áudio 51 Visão geral 83 Detalhes (vista do Navegador) 21Correções de mídia Na Biblioteca 11, 33 Detecção de cena 223Correções do áudio 172 Detecção de cenas (vídeo) 33Corrigir mídia Disco Na Biblioteca 11, 33 Criação 191 Imagem no disco rígido 250Cortar Salvar filme em 250 Abrir pontos de corte 64 Clipes na linha de tempo 63 Disco Blu-ray (Importador) 240 Cortar ambos 68 Disco local (Importador) 227 Cortar com deslizamento 70 Disco óptico 322 Avid Studio
  • Imagem no disco rígido 250 Ferramentas de criação 200Discos O Simulador de disco 209 Criação 178 Editor de Filme 6Dispositivo de áudio 266 Apresentações de slides 45Drivers Veja Drivers de Barra de ferramentas (acima da dispositivo linha de tempo) 46, 48Drivers de dispositivo xi Biblioteca 45 Em relação a projetos de disco 44DV xiii Generalidades 55DVD Trilhas da linha de tempo 46 Enviar filme para 250 Visão geral 43 Imagem no disco rígido 250 Editor de Foto 7DVD (Importador) 240 Antes e depois 90 Correção Cortar 93 E Correção Encurtar 94 Correção Melhorar fotos 91Edição 292 Correção Olhos vermelhos 95 Cortar clipes 63 Corrigir 90 Corte excessivo de clipes 63 Ferramentas de edição 90 Excluir clipes 61 Lista de correções 91 Inserir clipes 58 Panorâmico e zoom 114 Modo smart 57 Rotação da imagem 90 Preencher uma lacuna (linha de Editor de menus tempo) 58 Abertura 206 Pré-visualização ao vivo (linha de Ajustes prévios 208 tempo) 57 Configurações do botão 208 Substituir clipes 59 Introdução 206Edição de filmes 55 Editor de montagens 128Edição de mídia Biblioteca 123 Panorâmico e zoom 114 Editor de títulosEdição de múltiplas trilhas Adição de Movimentos 140 Instantânea, com montagens 119 Ajustes prévios 136Edição de quadros-chave do Alinhamento de grupo 163 volume 51 Biblioteca 135Editor de áudio 167 Configurações de estilo 144 Correções 167 Configurações de fundo 143 Efeitos 168 Criação e edição de títulos 141 Misturador de canais 168 Criar títulos 60 Vídeo síncrono 171 E Editor de menus 206 Visualização 169 Estilos 136Editor de Áudio 7 Estilos predefinidos 137 Corrigir 100 Fechar 134 Grupos de camadas 160Editor de Disco 6 Inicialização 133 Assistente de capítulos 203 Janela de edição 148 Criação de botões de menus 206 Lista de camadas 155, 156 Edição na linha de tempo 199 Menu Arquivo 134 Índice remissivo 323
  • Movimentos 136 Configurações 107 Movimentos predefinidos 138 Foto e vídeo 111 Operações de grupo 162 Keyframing 109 Operações de texto 151 Na linha de tempo 106 Pré-visualização de Movimentos No Editor de áudio 168 140 Nos editores de mídia 103 Propriedades de grupo 162 Personalização 104 Seleção múltipla no 161 Recortar, copiar, colar 72 Visão geral 131 Visão geral 101Editor de Vídeo 7 Efeitos de áudio 176 Controles de transporte 96 Aplicados a clipes de montagem Correção Estabilizar 100 125 Correções Melhorar 99 Efeitos de foto e vídeo 111 Corrigir 95 Efeitos de vídeo Corte 96 Aplicados a clipes de montagem Ferramenta Instantâneo 99 125 Ferramentas de edição 96 Efeitos de vídeo e foto 111 Lista de correções 99 Efeitos sonoros 165 Marcadores 98 Enviar para a linha de tempo 59Editores Áudio 100, 167 Equipamento, requisitos de xi Filme 43 Espectro de freqüências (no Editor Foto 90 de áudio) 169 Mídia Veja Editores de mídia, Estabilizar (correção de vídeo) Veja Editores de mídia 100 Projeto 6 Estilos (Editor de títulos) 136 Títulos 131 Estilos predefinidos (Editor de Vídeo 95 títulos) 137Editores de mídia 7 Excluir clipes 61 Configurações da ferramenta 89 Correções 83 Editor de Áudio 100 F Editor de Foto 90 Editor de Vídeo 95 Ferramenta de sobreposição de voz Efeitos 101, 103 189 Inicialização 85 Criar sobreposição de voz 60 Modo Solo 105 Ferramenta Instantâneo 99 Navegador 87 Ferramentas Opções de exibição 87, 88 Música de fundo 187 Painel Configurações 107 Sobreposições de voz 189 Pré-visualizar em 86 Ferramentas de criação Recursos da barra de título 86 No Editor de Disco 200 Visão geral 85 Ferramentas de criação de áudioEfeitos 186 Áudio (descrito) 176 Filme Clipe 79 Pré-visualizar 8 Comparação com Correções 102 324 Avid Studio
  • Filmes I Dentro de filmes 75Filtragem de itens i.LINK xiii Classificações 28 IEEE 1394 (FireWire) Desativar 30 Dispositivos (Importador) 234 Guias de localização 28 IEEE-1394 xiii Marcas 29 Imagens Pesquisar 25 Corrigir 90, 95 Procurar 29 ImportadorFiltragem de listas de itens da Animação Stop Motion 241 Biblioteca Veja Filtragem de BD (disco Blu-ray) 240 itens Câmeras digitais 241Firewire xiii De câmara DV ou HDV 234Fonte (para Importador) 227 De IEEE 1394 (FireWire) 234Formato Do disco local 227 Vídeo 48 DVD 240Formato do vídeo 48 Fonte 227 Fotos 241Fotos, digitais (Importador) 241 Gravação controlada manualmente 236 G Gravar com Marca de início/fim 236Glossário 299 Gravar vídeo/áudio 236Gráfico da forma de onda (no Instantâneo 243 Editor de áudio) 169 Marca de início, marca de fim 236Gravação de sobreposições de voz Níveis de áudio e vídeo 215 189 Opções 213Gravação, controlada Opções de compressão 222 Opções de detecção de cena 223 manualmente (Importador) 236 Painéis 213Gravar vídeo/áudio (Importador) Painel Importador de 213 236 Painel Importador para 216Guia Biblioteca 3 Painel Modo 220Guia Disco 6 Painel Nome do arquivo 225Guia Filme 6 Proteção de copyright (DVD, BD)Guias de localização 240 Função na filtragem de itens 28 Quadros individuais 214 Na Biblioteca 14 Seleção de mídia 227 Toda a mídia 227 Utilização 212 H Vídeo e áudio analógicos 238Hardware Visão geral 211 Drivers xi Importador do Avid Studio 212HD Importar Requisitos do sistema xi Configurações 266HDV xiii Inserir clipes 58 Índice remissivo 325
  • Instantâneo 214 Bloqueio da trilha 54Instantâneo (Importador) 243 Cabeçalho da trilha 46, 53Interatividade (elaboração de Configurações 48 menus de disco para) 193 Controle deslizante 46 Cortar clipes 62Internet Criar conteúdo 60 Salvar filme para a 261 Edição de quadros-chave doItem volume 51 Classificações 28 Editor de Disco 199 Marcas 29 Efeitos do clipe 79, 106Itens Enviar para 59 Adicionar ao projeto 10 Excluir clipes 61 Filtragem de listas do Navegador Ferramentas de criação de disco 28 200 Marcas 30 Funções do áudio 179 Remoção da Biblioteca 20 Fundamentos 45Itens (Biblioteca) 9, 12 Inserir clipes 58Itens da Biblioteca Marcadores 50 Corrigir 84 Marcadores de capítulos e retornos 202 Marcadores de menus 199 J Menu de contexto da trilha 54Janela de edição (Editor de títulos) Menu de contexto do clipe 80 148 Misturador de áudio 179 Modo de depuração de áudio 51Janela de pré-visualização 8 Modo Imã 50, 57 Modos de edição 51, 52 K Monitorização do vídeo e áudio 54Keyframing Navegador 47 Efeitos 109 Nível de reprodução mestre 179 Panorâmico e zoom 117 Nome da trilha 54 Posicionamento do áudio 185 Operações dos clipes 61 Volume do áudio 180 Posição atual 46Keyframing do volume 180 Preencher uma lacuna 58 Pré-visualização da edição ao vivo 57 L Projeto 45Lacunas Recortar, copiar, colar 72 Cortar 67 Redimensionamento 47 Preencher (linha de tempo) 58 Selecionar clipes 61Linha de tempo 43 Sincronização de trilhas 64 Abrir pontos de corte 64 Substituir clipes 59 Adicionar clipes 56 Transições 75 Ajustar clipes 62 Trilha padrão 46, 53 Arrastar-e-soltar 56, 57 Trilhas 46 Barra de ferramentas 46, 48 326 Avid Studio
  • Utilização da área de transferência Descrição 192 na 71 Edição 199Linha de tempo do projeto 45 Edição da aparência de 206Lista de menus 192, 194 Múltiplas páginas 203Locais de armazenamento 270 Na Biblioteca 195Localização, guias No projeto 192 Operações de múltiplas páginas Na Biblioteca 14 194Log de eventos 266 Pré-visualização 197 Principais e de múltiplas páginas M 195 Sem vínculos 196Marca de início, Marca de fim Menus do botão direito do mouse Gravação 236 Veja Menus de contextoMarca de início, marca de fim Mídia (Importador) 236 Ausente 13Marcadores Marcas 30 Criar entre marcadores 249 Pré-visualização na Biblioteca 25 Linha de tempo 50 Procurar por 233 No Editor de Vídeo 98 Seleção para importação 227Marcadores de capítulos Mídia, editores 7 Edição na linha de tempo 202 Misturador (áudio) 179Marcadores de retornos Misturador de áudio 51, 178 Edição na linha de tempo 202 Misturador de canais 168Marcas MMC Veja Mídia baseada em Classificação 32 arquivos Desativação da filtragem 32 Filtragem 32 Modelos Veja Modelos de Função na filtragem de itens 29 montagens Gerenciar 31 Áreas de armazenamento 129 Utilização 33 Introdução 119 Visão geral 30 Personalização 120Media Player 261 Modelos de montagemMelhorar (grupo de correções) 99 Anatomia 125Memória, cartão Veja Cartão de Modo Depuração de áudio 51 memória Modo alternativo 52Menu Agrupar por (Biblioteca) 15 Modo Criar filme 247Menus Disco Veja Menus de disco Modo de edição, alternativo 52Menus de contexto xiv Modo Imã 50, 57 Clipe da linha de tempo 80 Modo inserir 51, 65 Trilhas 54 Modo smart 51, 57, 65Menus de disco Modo sobrescrever 51, 65 Adição de menus 195 Modo Solo Botões 193 Nos editores de mídia 105 Capítulos 192 Modos Índice remissivo 327
  • Alternativo 52 N Criar filme 247 Edição 65 Navegador Edição (smart, inserir, Controles das miniaturas 23 sobrescrever) 51 Filtragem de listas de itens 28 Edição de quadros-chave do No Editor de Filme 47 volume 51 Para clipes da linha de tempo 104 Imã 50, 57 Procurar 29 Smart 57 Vistas (miniaturas, detalhes) 21Modos de edição 51, 65 Zoom 47Monitorização do áudio e vídeo Navegador (para mídia da 54 Biblioteca) 21Monitorização do vídeo e áudio Níveis 54 Clipe (áudio) 179Monitorização do vídeo e áudio Reprodução (mestre) 179 (linha de tempo) 54 Trilha (áudio) 179Monitorizar Níveis de áudio Pontos de corte 70 Na importação analógica 215Montagem Veja Modelos Níveis de vídeo Adicionar ao projeto 122 Na importação analógica 215 Clipes 119 Níveis, áudio e vídeo Fundos 123 Na importação analógica 215 Modelos 121, 122, 125, 128 Nível de reprodução (mestre) 179 Seção (da Biblioteca) 121, 122 Nome da trilha 54 Transições e efeitos 125 Nomes das teclas xivMostrar cenas (vista do Nomes de produtos xiii Navegador) 21Mover e copiar clipes 71 OMovimento lento 73Movimento rápido 73 O ImportadorMovimentos O painel Metadados 224 Adição 140 O painel Metadados (O Pré-visualização 140 Importador) 224Movimentos (Editor de títulos) Opções Veja Configurações 136 Compressão (Importador) 222Movimentos predefinidos 138 Detecção de cena 223MPEG Importador 213 Renderização para saída 249 Operações de menus de múltiplasMúsica 165 páginas 194 Selecionar (dica de videografia) Output 297 Para a World Wide Web 261Música de fundo Ferramenta 187 ScoreFitter 187 328 Avid Studio
  • P Tempo real vs. renderizado 107 Pré-visualização da edição ao vivoPainel de controle Veja (linha de tempo) 57 Configurações Pré-visualização em tempo realPainel Importar de (Importador) 107 213 Pré-visualizarPainel Importar para (Importador) Configurações 268 216 Problemas e soluções 271Painel Modo (Importador) 220 ProcurarPainel Nome do arquivo Função na filtragem de itens 29 (Importador) 225 Procurar por mídia 233Panner 178, 183 Projeto Keyframing 185 Editores 6Panorâmico e zoom 114 Projetos Adicionar 115 Aninhados 75 Animado 116 Disco Veja Projetos de disco Estático 116 Projetos de disco 191 Introdução 103 E o Editor de Filme 44 Painel Configurações 118 Projetos instantâneos Quadros-chave 117 Apresentações de slides 37Panorâmico e zoom animado 116 Filmes 39Pastas de monitorização 19, 266 Proteção de copyright naPerspectivas importação de DVD, BD 240 Variáveis 292 Proteger uma trilha 54Placa gráfica xiiPlaca-mãe xii QPlanos gerais (dica de videografia) 293 Quicktime PlayerPlayer Visualização de arquivos com 254 Introdução 8 No Editor de Disco 197 RPlayer da Biblioteca Botão Abrir no Editor de mídias RAM xi 26 Real Media Botão Informação 27 Arquivos 260 Botão Mostrar cena 26 RealNetworks® RealPlayer® 260 Botão Tela inteira 27 Recortar, copiar, colar (clipes) 72 Botões de funções 26 Recortar, copiar, colar (efeitos) 72 Controles 25 Recortar, copiar, colar (transições) Controles de transporte 26 Player 25 73 Vistas 27 Rede Veja Mídia baseada emPosição na linha de tempo 46 arquivosPré-visualização Rede, importar de Veja Mídia Mídia da Biblioteca 25 baseada em arquivos Índice remissivo 329
  • Remover clipes 61 Salvar para a World Wide WebRenderização 107, 249 261Requisitos de equipamento xi ScoreFitter 187Resolução de problemas 271 Criar canção 60Resumo do disco óptico 252 SCSI xiiRotação de fotos 90 Seleção de mídia para importação 227 S Seleção múltipla No Editor de títulos 161Saída Selecionar clipes (linha de tempo) Navegador 247 61 Para arquivo 253 Simulador de disco 209 Para arquivo 3GP 254 Sincronização Para arquivo AVCHD/Blu-ray Entre trilhas 64 255 Sistema operacional xi Para arquivo AVI 256 SmartMovie 11 Para arquivo compatível com iPod Adicionar mídia 40 258 Área de armazenamento 41 Para arquivo DivX 256 Botões para pré-visualizar, editar e Para arquivo DivX Plus HD 257 exportar 40 Para arquivo Flash Video 257 Configurações 41 Para arquivo MOV 258 Sobre 39 Para arquivo MPEG 259 Para arquivo PSP 260 SmartSlide 11 Para arquivo Real Media 260 Adicionar mídia 37 Para disco óptico 250 Área de armazenamento 38 Para Windows Media 261 Botões para pré-visualizar, editar e Somente áudio 255 exportar 37 Tipo de mídia 248 Configurações 38 Sobre 37Salvar em arquivo 253 3GP 254 Sobreposições de voz AVCHD/Blu-ray 255 Gravação 189 AVI 256 Volume 190 Compatível com iPod 258 Som e música 165 DivX 256 Som surround 178 DivX Plus HD 257 Sons Flash Video 257 Corrigir 100 MOV 258 Sons originais MPEG 259 Preservar (dica de videografia) PSP 260 297 Real Media 260 Soundstage (ScoreFitter) 187 Somente áudio 255 Stick USB, importar de Veja Trilha sonora 255 Mídia baseada em arquivos Windows Media 261 Stop Motion 214Salvar em disco 250 Subclipes Adicionar efeitos 130 330 Avid Studio
  • Alinhar à área de armazenamento Título 130 Cores (dica de videografia) 298 Tirar o som 129 Escolher (dica de videografia) 298Subfilmes 75 TítulosSubstituir clipes 59 Tela inteira vs. sobreposição 133Suporte Veja Suporte técnico Utilização de palavras-chave emSuporte técnico nomes 133 Base de conhecimento 272 Transições Compatibilidade com conteúdo Aplicadas a clipes de montagem anterior 273 125 Compatibilidade com hardware de Dica de videografia 293 captura 276 Introdução 75 Contato 272 Recortar, copiar, colar 73 Erros durante a inicialização 280 Trilha padrão 53 Erros durante a instalação 278 Trilha padrão (linha de tempo) 46 Exportação 286 Trilhas Informação de número de série Funções adicionais 54 277 Sincronização 64 Principais problemas 273 Recursos, tutoriais e treinamento 289 U Reprodução de discos 286 UDMA xii Resolução de bloqueios 281 T V Velocidade (movimento lento eTeclas de atalho Veja Atalhos de rápido) 73 teclado VídeoTexto Criar cenas manualmente 35 No Editor de títulos 151 Detecção de cenas 33Tipo de arquivo Hardware de saída xiii 3GP 254 Opções de importação analógica AVCHD/Blu-ray 255 215 AVI 256 Remover cenas 36 Compatível com iPod 258 Visualizar cenas 34 DivX 256 Vídeo e áudio analógicos DivX Plus HD 257 Flash Video 257 (Importador) 238 MOV 258 Vídeo síncrono MP2 255 No Editor de áudio 171 MP3 255 Videografia 291 MPEG 259 Visão geral 1 PSP 260 Vista de miniaturas (Navegador) Real Media 260 21 WAV 255 Visualização simulada de projetos Windows Media 261 de disco 209 Índice remissivo 331
  • Volume Arquivos 261 Mixagem 178 Player 261 Níveis da sobreposição de voz Windows Media Player 190 Visualização de arquivos com 254 W YWeb Yahoo! Vídeo 261 Salvar filme para a 261 YouTube 261Windows Media 332 Avid Studio