Sistema Neuro-hormonal

7,165 views
7,031 views

Published on

Published in: Education
2 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
7,165
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
260
Comments
2
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sistema Neuro-hormonal

  1. 1. <ul><li>Lições n.º _e_ 01-02-2010 </li></ul><ul><li>Sumário: </li></ul><ul><li>Visualização do power point sobre a constituição do sistema nervoso. </li></ul><ul><li>Fisiologia do sistema nervoso. </li></ul>
  2. 2. Sistema neuro-hormonal <ul><li>Via Nervosa </li></ul><ul><ul><ul><li>Controla o funcionamento do nosso corpo e permite que nos relacionemos com o mundo que nos rodeia; </li></ul></ul></ul><ul><li>Via Hormonal </li></ul><ul><ul><ul><li>Coordena o funcionamento do nosso corpo. </li></ul></ul></ul>
  3. 3. O que é? <ul><li>Sistema controlador </li></ul><ul><li>Sistema regulador </li></ul><ul><li>Sistema coordenador de todos os outros sistemas do organismo em todas as suas actividades </li></ul>
  4. 4. Como é constituído? <ul><li>Sistema Nervoso Central </li></ul><ul><li>Sistema Nervoso Periférico </li></ul>
  5. 5. Sistema Nervoso Central <ul><li>Constituído por: </li></ul><ul><ul><li>Encéfalo que se encontra protegido pela caixa craniana </li></ul></ul><ul><ul><li>Um cordão nervoso ou espinal medula que se encontra protegida pela coluna vertebral </li></ul></ul>
  6. 6. O Encéfalo <ul><li>Constituído por: </li></ul><ul><ul><li>Cérebro </li></ul></ul><ul><ul><li>Cerebelo </li></ul></ul><ul><ul><li>Bolbo raquidiano </li></ul></ul>
  7. 7. O Cérebro <ul><li>Encontra dividido em dois hemisférios </li></ul><ul><li>(os hemisférios cerebrais) </li></ul>
  8. 8. O Cerebelo <ul><li>Controla a postura e o equilíbrio do corpo e controla a coordenação dos seus movimentos. </li></ul>
  9. 9. O Bolbo raquidiano <ul><li>Controla funções vitais como a respiração, o ritmo dos batimentos cardíacos e a tensão arterial. </li></ul>
  10. 10. Espinal Medula <ul><li>Um cordão com cerca de 50cm de comprimento e 1cm de diâmetro. </li></ul><ul><li>Cordão constituído por tecido nervoso </li></ul><ul><li>Encontra-se protegida pela coluna vertebral </li></ul><ul><li>Área central em forma de H ou borboleta </li></ul>
  11. 11. Espinal Medula <ul><li>zona externa (periférica), constituída por substância branca </li></ul><ul><li>zona interna, constituída por substância cinzenta. </li></ul>
  12. 12. Sistema Nervoso Periférico <ul><li>Constituído por: </li></ul><ul><li>- Nervos (conjuntos de fibras nervosas envolvidas por tecido conjuntivo) </li></ul><ul><li>- Gânglios Nervosos (conjuntos de corpos celulares de células nervosas) </li></ul>
  13. 13. Nervos <ul><li>Nervos cranianos </li></ul><ul><li>Nervos raquidianos </li></ul><ul><ul><li>Partem do encéfalo e dirigem-se para as diferentes zonas da cabeça. </li></ul></ul><ul><ul><li>Têm origem na espinal medula e ramificam-se pelo organismo. </li></ul></ul>
  14. 14. <ul><li>Página 116 exercício 1 </li></ul>
  15. 15. Neurónios <ul><li>Unidades estruturais e funcionais do sistema nervoso </li></ul><ul><li>Têm a função de receber, transmitir e responder ás mensagens (impulsos ou influxos nervosos) </li></ul><ul><li>Constituídos pelo: </li></ul><ul><li>corpo celular : recebe mensagens de outros neurónios, trata-as e emite novas mensagens. </li></ul><ul><li>dendrites : recebem informações provenientes de outros neurónios . </li></ul><ul><li>axónios : transmite mensagens do neurónio a que pertence para outros neurónios. </li></ul>
  16. 16. A transmissão nervosa
  17. 17. A Transmissão Nervosa <ul><ul><ul><li>- A transmissão de informação de neurónio para neurónio processa-se através da ocorrência de sinapses . </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>As dentrites recebem o impulso nervoso e o axónio transmite às dentrites de outras células nervosas. As substâncias químicas usadas na transmissão do impulso nervoso designam-se por neurotransmissores . </li></ul></ul></ul>
  18. 18. Classificação dos nervos relativamente à função desempenhada: - Neurónios sensitivos (receptores) , transmitem informações dos receptores sensoriais para o SNC. Ex: a pele - Neurónios de associação, encontram-se no SNC. Estabelece a ligação entre neurónios sensitivos e neurónios motores, processando e coordenando a informação. - Neurónios motores (efectores) , transmitem informações do SNC para os órgãos efectores. Ex: músculos
  19. 19. <ul><li>Lições 31 e 32 6-02-2009 </li></ul><ul><li>Sumário: </li></ul><ul><li>Sistema Nervoso Autónomo </li></ul><ul><li>Sistema hormonal </li></ul><ul><li>Revisões </li></ul>
  20. 20.
  21. 21. Coordenação/Respostas do Organismo <ul><li>As actividades do organismo podem ser divididas em: </li></ul><ul><ul><li>Voluntárias (Acto Voluntário); </li></ul></ul><ul><ul><li>Involuntárias (Acto involuntário ou reflexo) </li></ul></ul>
  22. 22. Acto Voluntário
  23. 23. Acto Voluntário <ul><ul><li>Acto precedido da intenção de o executar </li></ul></ul><ul><ul><li>Centro de resposta: Encéfalo </li></ul></ul>RESPOSTA CONTROLADA PELO ORGANISMO
  24. 24. Acto involuntário ou reflexo <ul><ul><li>Resposta automática e involuntária, inata ou adquirida, do organismo a um estímulo exterior. </li></ul></ul><ul><ul><li>Centro de resposta: Encéfalo ou espinal medula </li></ul></ul>RESPOSTA AUTOMÁTICA E INVOLUNTÁRIA DO ORGANISMO
  25. 25. Acto involuntário ou reflexo <ul><li>Quanto ao modo como surgem, os actos reflexos classificam-se em : </li></ul><ul><ul><li>Reflexos inatos </li></ul></ul><ul><ul><li>Reflexos condicionados </li></ul></ul>
  26. 26. Acto involuntário ou reflexo
  27. 27. Sistema Nervoso Autónomo <ul><li>Controla as actividades involuntárias, sendo responsável pela manutenção do equilíbrio do meio interno </li></ul>
  28. 28. Sistema nervoso autónomo
  29. 29. Sistema Nervoso Autónomo <ul><li>Este sistema subdivide-se em: </li></ul><ul><ul><li>Sistema Nervoso Simpático </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema Nervoso Parassimpático </li></ul></ul><ul><li>Apresentam funções antagónicas: </li></ul><ul><ul><ul><li>O sistema nervoso simpático actua sobre as diferentes partes do corpo preparando-as para reacções intensas em que há consumo de energia (associado a situações de emergência e medo) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O sistema nervoso parassimpático actua sobre as mesmas partes do corpo, provocando o seu relaxamento e descanso (associado ao repouso) </li></ul></ul></ul>
  30. 30. O sistema hormonal (endócrino)
  31. 31. Glândulas endócrinas
  32. 32. Glândulas endócrinas
  33. 33. Comunicação Hormonal <ul><li>A comunicação hormonal realiza-se por via química, através de hormonas. </li></ul><ul><li>Somente determinadas células, chamadas células-alvo, ou células efectoras, estão equipadas para receber o sinal que uma dada hormona transmite. </li></ul>
  34. 34. Interacção neuro-hormonal na coordenação do organismo
  35. 35. Reacção do nosso corpo a uma situação de emergência
  36. 36. Sistema Nervoso Sistema nervoso central Sistema nervoso periférico Encéfalo Espinal Medula Cerebelo Bolbo raquidiano Cérebro Dois hemisférios Córtex Cerebral Corpo caloso Zona interna Zona externa Cinzenta Branca Nervos Gânglios nervosos Sistema nervoso autónomo
  37. 37. 1-Observa a árvore geneológica. 1.1- Indica se o gene que determina a miopia é dominante ou recessivo. Justifica. 1.2- Utilizando a letra “N” para determinar o gene dominante e a letra “n” para representar o gene recessivo, indica, o genótipo dos indivíduos da árvore geneológica. 1.3- Os indivíduos C e D tiveram um filho. Indica a probabilidade deste filho ser míope. Justifica a tua resposta, apresentando o xadrez mendeliano e a respectiva proporção de fenótipos.
  38. 38. A Joana queria ajudar a mãe na preparação do almoço, mas, logo na primeira tentativa, ocorreu um acidente: queimou-se ao pegar sem protecção na panela da sopa.

×