Recursos Expressivos Voz Passiva Activa

  • 5,463 views
Uploaded on

 

More in: Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,463
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
132
Comments
0
Likes
4

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Recursos expressivos e Voz activa/passiva Disciplinas: Português e TIC Professores: Paulo Faria e Elsa Quinta Costa
  • 2. Recursos expressivos
    • Os recursos expressivos são recursos linguísticos que tornam mais expressivo o texto.
  • 3.
    • Aliteração – repetição intencional dos mesmos sons consonânticos em sílabas da mesma palavra ou em várias palavras seguidas.
    • Exemplo:
    • “ Br andas, as br isas br incam nas flâmulas…”
    • Fernando Pessoa
  • 4.
    • Anáfora – repetição, no inicio de várias frases ou versos seguidos, da mesma palavra ou expressão.
    • Exemplo:
    • “ Vi uma estrela tão alta,
    • Vi uma estrela tão fria!
    • Vi uma estrela luzindo
    • Na minha vida vazia.”
    • Manuel Bandeira
  • 5.
    • Antítese – apresentação de uma oposição ou contraste entre duas ideias ou coisas.
    • Exemplo:
    • “O esforço é grande e o homem é pequeno .”
    • Fernando Pessoa
  • 6.
    • Apóstrofe – interrupção do discurso para invocar alguém, através do vocativo e normalmente, com frase exclamativa.
    • Exemplo:
    • “ Ó Potestade (disse) sublimada ! ”
    • Os Lusíadas
  • 7.
    • Comparação – confronto entre duas realidades para estabelecer entre elas relações de semelhança.
    • Exemplo:
    • “ Há palavras que nos beijam / Como se tivessem boca.”
    • Alexandre O’Neill, No Reino da Dinamarca
  • 8.
    • Enumeração – apresentação sucessiva de vários elementos.
    • Exemplo:
    • “Vaidade é o luxo , a glória , a caridade .”
    • António Nobre
  • 9.
    • Eufemismo - transmissão, de uma forma suavizada, de algo que é considerado duro, violento, desagradável ou chocante.
    • Exemplo:
    • “ Tirar Inês ao mundo determina”
    • Os Lusíadas
  • 10.
    • Hipérbole – emprego de termos exagerados, para realçar uma realidade, um sentimento, uma ideia.
    • Exemplo:
    • "Já te avisei mais de mil vezes , para não voltares a falar-me alto!".
  • 11.
    • Interrogação – pergunta ou perguntas sucessivas que não esperam resposta mas conduzem o ouvinte à reflexão. Aviva o discurso através da expectativa.
    • Exemplo:
    • “De onde vens, pássaro breve?”
    • Carlos Filipe Moisés, Colóquio Letras
  • 12.
    • Ironia – expressão de uma ideia dizendo precisamente o seu contrario (dizer o contrario daquilo que se pensa).
    • Exemplo:
    • “ Santo Sapateiro Honrado!”
    • Auto da Barca do Inferno
  • 13.
    • Metáfora – é um processo de identificação que resulta de uma comparação abreviada, pois é omitida a palavra ou expressão comparativa ( como, parece-se com, assemelha-se a… ).
    • Exemplo:
    • “E todo o mundo é um grande livro aberto . Que em ignorada língua me sorri.”
    • Fernando Pessoa
  • 14.
    • Perífrase – consiste em dizer por várias palavras o que poderia ser dito por uma única palavra.
    • Exemplo:
    • “Pelo neto gentil do velho Atlante .”
    • Os Lusíadas
  • 15.
    • Personificação – atribuição de características humanas a animais, coisas ou ideias.
    • Exemplo:
    • “ Sobre as ervas , entre as folhagens , O vento passa , sonhador e distraído .”
    • Sophia de Mello B. Andresen
  • 16.
    • Pleonasmo – reforço de uma ideia pelo emprego de uma ou mais palavras cujo sentido já foi anteriormente expresso.
    • Exemplo:
    • “A Ana subiu as escadas para cima e chamou a mãe.”
  • 17.
    • Sinédoque – exprime o todo pela parte ou vice-versa.
    • Exemplo:
    • “Que da Ocidental praia Lusitana .”
    • Camões
  • 18.
    • Sinestesia – mistura de sensações que por vezes são atribuídas a sentidos que as possuem.
    • Exemplo:
    • “Horas cor de silêncio e angústias”
    • Álvaro de Campos
  • 19. A Voz
    • Em português, a acção pode ser representada por duas vozes:
    • Voz activa
    • Voz passiva
  • 20.
    • Voz activa – quando o sujeito pratica a acção expressa pelo verbo
    • Exemplo:
    • A equipa visitante ganhou o jogo.
  • 21.
    • Voz passiva – quando o sujeito sofre ou recebe a acção expressa pelo verbo.
    • Exemplo:
    • O jogo foi ganho pela equipa visitante.
  • 22.
    • As duas frases têm o mesmo sentido, mas o verbo encontra-se em vozes diferentes.
    A equipa visitante ganhou o jogo .     O jogo foi ganho pela equipa visitante .  
  • 23. A equipa visitante ganhou o jogo . sujeito predicado complemento directo O jogo foi ganho pela equipa visitante . sujeito predicativo agente da passiva
  • 24. FIM
    • Trabalho realizado por:
    • Carla Enes Nº2
    • Rafaela Rodrigues Nº13