Revolinglesa

3,111 views
2,975 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,111
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
95
Actions
Shares
0
Downloads
125
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revolinglesa

  1. 1. A REVOLUÇÃOA REVOLUÇÃO INGLESAINGLESA O ParlamentarismoO Parlamentarismo
  2. 2. Objectivos a atingir:Objectivos a atingir: Descrever os acontecimentos maisDescrever os acontecimentos mais relevantes da história política Inglesa norelevantes da história política Inglesa no século XVIIséculo XVII Relacionar a filosofia política de LockeRelacionar a filosofia política de Locke com o parlamentarismo inglêscom o parlamentarismo inglês 22
  3. 3. ““A luta entre o povo representadoA luta entre o povo representado pelo Parlamento e o Rei Remonta àpelo Parlamento e o Rei Remonta à Idade Média”Idade Média” 33 Magna Carta,1215 Desde a Idade Média e com a assinatura da MAGNA Carta pelo rei João Sem Terra que os monarcas ingleses eram vigiados no exercício do seu poder, não podendo lançar impostos sem o consentimento de um conselho que representasse os interesses ingleses.
  4. 4. João Sem Terra concedendo a Magna Carta, baseado nos frescos de Ernest Normand.
  5. 5. 55 Assinada pelo rei João Sem TerraEstabelece que o soberano fica obrigado a respeitar as leis tradicionais e os privilégios da nobreza Consulta do Parlamento antes de lançar impostos
  6. 6. TENTATIVA DETENTATIVA DE IMPLANTAÇÃO DOIMPLANTAÇÃO DO ABSOLUTISMO:ABSOLUTISMO:
  7. 7. Henrique VIIIHenrique VIII Através do Acto deAtravés do Acto de Supremacia,estabelece-se que o ReiSupremacia,estabelece-se que o Rei é o chefe da Igreja e que concentraé o chefe da Igreja e que concentra nas suas mãos o poder políticonas suas mãos o poder político Dinastia Tudor Filme: 2 irmãs e um rei
  8. 8. Maria IMaria I Filha de Henrique VIII eFilha de Henrique VIII e Catarina de Aragão.Catarina de Aragão. Católica, promove umaCatólica, promove uma perseguição aosperseguição aos anglicanos.anglicanos. Estabelece o catolicismoEstabelece o catolicismo na Inglaterrana Inglaterra Governa sem consultar oGoverna sem consultar o ParlamentoParlamento
  9. 9. Elizabeth IElizabeth I Filha de Henrique VIII e AnaFilha de Henrique VIII e Ana BolenaBolena Era anglicanaEra anglicana Apogeu do absolutismo naApogeu do absolutismo na InglaterraInglaterra Governou de forma conciliadoraGovernou de forma conciliadora Volta a convocar o ParlamentoVolta a convocar o Parlamento Filme: Elizabeth- A idade de ouro
  10. 10. Jaime IJaime I  Fortalecimento do poder do Rei;Fortalecimento do poder do Rei;  Defensor do Absolutismo escreveuDefensor do Absolutismo escreveu ““ a lei representava apenas aa lei representava apenas a vontade soberana do monarcavontade soberana do monarca””  Perseguição a católicos e calvinistas;Perseguição a católicos e calvinistas; expulsando os católicos das funçõesexpulsando os católicos das funções públicaspúblicas  Aumento de impostos para financiarAumento de impostos para financiar o luxo da corteo luxo da corte Dinastia dos Stuart Descontentamento da população
  11. 11. Descontentamento dos InglesesDescontentamento dos Ingleses
  12. 12. CARLOS I:CARLOS I:  Acentuam-se as divisões entre oAcentuam-se as divisões entre o rei e o Parlamentorei e o Parlamento  Criação de novos impostos peloCriação de novos impostos pelo monarcamonarca O Parlamento reage e apresenta ao rei a “ Petição dos Direitos” em 1628 Leitura do texto: pág 73
  13. 13. Petiçao de Direitos estabeleciaPetiçao de Direitos estabelecia::  Rei não pode criar novos impostosRei não pode criar novos impostos Não pode convocar o exércitoNão pode convocar o exército Não pode exercer justiça sem aNão pode exercer justiça sem a permissão do parlamentopermissão do parlamento Carlos I manda fechar o parlamentoCarlos I manda fechar o parlamento O resultado foi uma guerra civil – aO resultado foi uma guerra civil – a Revolução PuritanaRevolução Puritana
  14. 14. A Guerra Civil ANGLICANOS (monárquicos, chamados de “Cavaleiros”, apoiantes do rei), constituídos pela nobreza rural do Norte PURITANOS (forças contrárias ao rei, representadas pelo parlamento, chamados de “Cabeças Redondas”), constituida pela grande nobreza do sul e pela maioria da Burguesia comercial
  15. 15. Datas Acontecimentos 1644 Oliver Cromwell, antigo parlamentar reuniu um grande exército e derrota o exército do rei 1647 Carlos I refugia-se na Escócia mas os escoceses vendem-no por 400 mil libras ao Parlamento 1649 Carlos I é acusado de traição ao povo inglês e condenado à decapitação Cromwell acaba com a monarquia e implanta a república na Inglaterra
  16. 16. OLIVER CROMWELLOLIVER CROMWELL República Puritana:República Puritana:  Parlamento fechado com apoio doParlamento fechado com apoio do exército;exército;  Publicação do Acto de NavegaçãoPublicação do Acto de Navegação 1651 que contribuiu para o1651 que contribuiu para o desenvolvimento naval comercial-desenvolvimento naval comercial- - somente navios ingleses- somente navios ingleses transportariam mercadoriastransportariam mercadorias inglesas ou de outros paísesinglesas ou de outros países para a Inglaterra. Em caso depara a Inglaterra. Em caso de venda para a Inglaterra sóvenda para a Inglaterra só navios do país de origem donavios do país de origem do produto estariam autorizados aproduto estariam autorizados a entrar na Inglaterra:entrar na Inglaterra: Filme: A revolução Gloriosa
  17. 17. Refugiados das perseguições religiosas fixaram-se no Novo Mundo, onde fundaram novas colónias (Virgínia, Massachusetts). Mayflower: o navio que transportou, em 1620, os primeiros colonos ingleses para a América (quadro de William Halsall; 1882. É neste período que a Inglaterra confirma o seu enorme poder naval, publicando o Acto de Navegação (1651), nos termos do qual o comércio ultramarino só poderia ser feito por navios ingleses. A Inglaterra de Cromwell estende os seus planos ao espaço ultramarino português, fazendo de Portugal o que poderemos chamar um protectorado inglês. Oliver Cromwell 1599 - 1658
  18. 18. Após a morte de Oliver (1658), seu filho, Ricardo Cromwell assume o poder, porém, sem a habilidade e carisma do pai, enfrenta uma nova guerra civil no país, que acaba com a sua derrota e coloca novamente os monarquistas no poder. Charles II 1630- 1685 Stuart Devolve ao Parlamento os seus antigos poderes Beneficiou os católicos o que lhe custou a oposição do Parlamento
  19. 19. JAIME II:JAIME II:  Irmão de Carlos II;Irmão de Carlos II;  Política pró-católica;Política pró-católica;  Tendências absolutistas:Tendências absolutistas:  Expulsou do governo todos aquelesExpulsou do governo todos aqueles que não eram católicosque não eram católicos Revolução Gloriosa
  20. 20. Guilherme (de Orange)Guilherme (de Orange) IIIIII  O Parlamento com receio da implantação do catolicismo oferece a coroa a Guilherme de Orange (governante da Holanda), casado com Maria Stuart, filha mais velha de Jaime II. Em troca, o parlamento pedia a livre manutenção do anglicanismo. Guilherme de Orange invade a Inglaterra e Jaime II refugia-se em França
  21. 21. A Revolução Gloriosa (1688)A Revolução Gloriosa (1688)::  1689: Guilherme de Orange jura obediência à1689: Guilherme de Orange jura obediência à Declaração dos Direitos, comprometendo-se a:Declaração dos Direitos, comprometendo-se a:  Respeitar as liberdades individuaisRespeitar as liberdades individuais  Não aumentar impostos em ouvir o ParlamentoNão aumentar impostos em ouvir o Parlamento  Parlamento decidiria sobre impostos, garantia aParlamento decidiria sobre impostos, garantia a propriedade privada, as liberdades individuaispropriedade privada, as liberdades individuais  Manter a independência da justiçaManter a independência da justiça  Fim do absolutismo na InglaterraFim do absolutismo na Inglaterra ..  Burguesia assume o poder por meio do parlamentoBurguesia assume o poder por meio do parlamento (Monarquia Parlamentar).(Monarquia Parlamentar).  Rei reina, mas não governa.Rei reina, mas não governa. Leitura do doc. Pág 77
  22. 22. O Filósofo John Locke foi o responsável pela justificação teórica do Parlamentarismo ao: -Defender que todos os Homens se encontram num estado natural de liberdade e igualdade ao qual renunciam em favor da colectividade quando se fazem representar pelos seus governantes -Defende que o poder supremo do estado era o poder legislativo exercido pelo Parlamento -Se este fosse dominado de forma absoluta cabia aos governados defender os seus direitos e depor os seus governantes A sua teoria acabou por justificar os acontecimentos da Revolução Gloriosa e por outro lado favorecia a ascenção política da burguesia que apoiava o regime parlamentar, defensor da ordem , da segurança e da propriedade privada
  23. 23. Características do modelo parlamentar: -o poder encontra-se repartido entre o rei e o Parlamento -o Parlamento ocupa o lugar central na estrutura governativa -A burguesia ocupa cargos importantes na administração do Estado -Os critérios sociais de acesso ao poder baseados no nascimento esbatem- se ou anulam-se

×