Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem

17,759 views

Published on

Published in: Education

Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem

  1. 1. Formação Pedagógica Inicial de FormadoresMódulo 7Plataformas Colaborativas e deAprendizagem Formadora: Carina Mano carinamano@gmail.com
  2. 2. Objetivos: Compreender as mudanças evolutivas do Ensino à Distância; Identificar as características e as vantagens do e-learning; Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação à distância; Identificar regras de formação através da internet; Reconhecer a importância do e-formador/e-mediador no processo formativo a distância; Identificar os mecanismos/softwares de comunicação Online; Desenvolver uma formação utilizando as Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem para suporte de materiais.
  3. 3. A Evolução da InternetVivemos tempos de mudança… Os modelos tradicionais de ensino Estão a ser pressionados pela “net generation”!
  4. 4. Ensino à Distância: breve história1. Primeira geração de EAD – Ensino por correspondência2. Segunda geração de EAD – Tele-ensino3. Terceira geração de EAD – Serviços Telemáticos4. Quarta geração de EAD – Comunidades Virtuais de Aprendizagem
  5. 5. Da Web 1.0 para a Web 2.0 A primeira geração da internet, conhecida como Web 1.0 tinha como principal atributo a quantidade imensa de informação a que todos podiam aceder. Web 2.0 é a mudança da internet para uma imensa plataforma onde qualquer utilizador pode ter o seu espaço online e publicar conteúdos. A Web social emerge como a característica mais relevante da Web 2.0 possibilitando que a rede global seja usada de forma colaborativa, descentralizada da autoridade e em total liberdade.
  6. 6. Da Web 1.0 para a Web 2.0
  7. 7. Ensino à Distância… “num futuro próximo acontecerá uma mudança mais radical.O fim do “e” do e-learning”… (Rosenberg, 2001) e-learning m-learning b-learning d-learning
  8. 8. Net-etiquetaA Net-etiqueta define todo o tipo de comportamento de um usuário dentro daInternet, nomeadamente na comunicação virtual: Não utilizar apenas as letras maiúsculas, isso significa gritar; Respeitar para ser respeitado;  Tratar os outros como gostamos que nos tratem; Usar os Smiles ou Emoticons para evitar mal entendidos;  Evitar comentários sobre sexo, religião e política, a menos que estes sejam os assuntos em discussão. Não expulsar alguém da conversa, por inconveniência; Não responder de forma agressiva, mesmo que sejam agressivos connosco. Afinal, pessoas inteligentes privilegiam os argumentos contra a falta deles... Apesar do ambiente virtual, não somos obrigados a suportar faltas de educação ou agressividade. e-mail: brevidade, objetividade, ter atenção aos anexos.
  9. 9. Ensino à Distância:características da aprendizagem Tutoriaativa Interação Percurso de aprendizagem individual ou em grupo  Conteúdos  Calendarização das tarefas e atividades  Momentos de avaliação diversos
  10. 10. Ensino à Distância: Dimensões pedagógicas Pedagógica Institucional Tecnológica Ética e net- E-learning Interface etiqueta Apoio de Avaliação Recursos Gestão
  11. 11. Ensino à Distância:Organização das Sessões Sessões Síncronas Sessões Assíncronas
  12. 12. Ensino à Distância: Intervenientes Tutor Agentes da Coordenador Formando formação online Autor de conteúdos
  13. 13. Ensino à Distância: Vantagens Eliminar barreiras de espaço e tempo; Eliminar o problema da dispersão geográfica; Otimizar recursos com redução de custos; Conciliar a aprendizagem com a vida; Igualar oportunidades de formação;  Permitir ritmos de estudo diferenciados;  Métodos e formatos de trabalho mais abertos;
  14. 14. Ensino à Distância: Vantagens(continuação) Experiência e a familiarização com a tecnologia e com os novos serviços telemáticos; Escolha do método de aprendizagem; Permitir repetições sucessivas; Conteúdos dos cursos mais adequados e atraentes;  Estimular a autoaprendizagem;  Aquisição contínua de novos conhecimentos.
  15. 15. Ensino à Distância: Desvantagens
  16. 16. Ensino à Distância: Desvantagens Não proporcionar relação humana; Não gerir reações imprevistas e imediatas; Dificultar a automotivação; Exigir alguns conhecimentos tecnológicos (informática e multimédia);  Enfrentar alguns obstáculos relacionados com a reduzida confiança neste tipo de estratégia;
  17. 17. Ensino à Distância: Desvantagens(continuação) Poder ser visto como um potencial inimigo das tradicionais deslocações ao centro de formação; Problemas com a maturidade, a autodisciplina, o isolamento e a motivação;.  Exigir equipas multidisciplinares;  Dever ser utilizada para cursos de índole mais generalista e com menor componente prática;  Exigir elevados investimentos iniciais.
  18. 18. Ensino à Distância: Mitos e Realidade  Para aprender é preciso assistir às explicações do professor.  É impossível captar a atenção do formando num ambiente de aprendizagem virtual  Conteúdos de autoaprendizagem contribuem pouco para o saber.  A internet é uma ferramenta inacessível à maior parte da população.  No e-learning não há como avaliar os resultados e controlar a aprendizagem. O e-learning pode substituir a formação presencial. O e-learning é mais fácil porque outra pessoa pode fazer os exercícios por mim O e-learning não funciona na área comportamental. Apenas adolescentes ficam tanto tempo na web. Os adultos, profissionais e estudantes, não têm esse hábito, sobretudo para aprender. O e-learning requer um estrutura própria e custos elevados. Os cursos online não têm qualidade nem reconhecimento. . Em e-learning o formador tem menos trabalho. No curso online perde-se a riqueza da interação e da socialização. Para frequentar um curso online é necessário estar ligado à internet todo o dia. O formador em e-learning tem que ser um especialista em informática. O formador pode utilizar os mesmos materiais da formação presencial para a formação online. Num curso e-learning sem sessões presenciais não é possível promover partilha e interação através de trabalhos em grupo.
  19. 19. Ensino à Distância: Casos Academia MIT EnterTech Cisco Evolui Global
  20. 20. Ensino à Distância:Retenção de conteúdos Variar os tipos de conteúdos Criar interatividade que promova a atenção  Fornecer feedback rapidamente  Promover interação entre formandos e formandos-formador
  21. 21. Ensino à Distância:Ferramentas de construção de conteúdos LMS LCMS “Learning “Learning Content Management Management System” System”
  22. 22. Ensino à Distância: Ferramentasde construção de conteúdos interativos LMS LCMS Moodle eXeLearning Adobe Visual iTutor Communicator Adobe ATutor Captivate LAMS Hot Potatoes Sakai Courselab
  23. 23. Ensino à Distância: SCORM “Reference Model”: referências para normas existentes (AICC, IMS e IEEE LTSC). SCORM “Sharable Content Object Reference Model” : conjunto de especificações técnicas standard na área do software de e- “Sharable learning. Content Object” (SCO): Objeto de Aprendizagem reutilizável.
  24. 24. Ensino à Distância: SCORMO SCORM tem como objetivos: Padronizar o modo como os conteúdos se relacionam com os sistemas queos suportam; Reutilizar os objetos de aprendizagem; Flexibilizar a aprendizagem uma vez que podem ser construídos váriospercursos de aprendizagem; Portabilidade/migração ao permitir que os SCO’s sejam independentes daplataforma de e-learning ou do repositório utilizados. Os objetos deaprendizagem podem assim ser transportados entre ambientes de e-learningde diferentes instituições.
  25. 25. A nossa relação com a aprendizagem e o conhecimento está a modificar-se!

×