Your SlideShare is downloading. ×
0
WEB
WRI
TING
por que
se fala tanto em webwriting
ultimamente?
panda e pinguim
Com as atualizações Panda e Pinguim, o Google se
posicionou oficialmente como um buscador que da mais
relevância ao conteú...
22/05
Google lança o Pinguim 2.0
A nova atualização do Pinguim traz uma nova geração de
algoritmos, que conseguem analisar...
O que é
webwriting
pra você?
O que não é webwriting...
Webwriting não pode ser traduzido como redação online, porque não se
trata apenas de uma técnica...
Webwriting é o conjunto de técnicas que auxiliam na
distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais.
A função d...
O que as pessoas
estão falando
sobre você?
participe das conversas
existentes ao seu redor
2
3
4
5
o que os usuários
querem da web?
o que nós queremos
da web?
o que as pessoas
sabem sobre sua
marca?
A missão de uma marca na web
EDUCAR
(influenciar as pessoas)
ESCOLHER
(ajudarem as pessoas a tomarem decisões)
JUSTIFICAR
...
curiosidade
versus
atenção
Os princípios
do webwriting
Persuasão
Seu discurso precisa estar bem amarrado em argumentos sólidos.
Portanto, dê atenção ao que está escrevendo, valo...
Objetividade
Vá direito ao ponto, sem rodeios, sem meias palavras, sem falsas
promessas.
Pense sempre se as informações es...
Visibilidade
Dê destaque às informações mais importantes – é por conta delas
que o leitor está ali e, se você não dar ênfa...
Navegabilidade
Guie o usuário como um guia turístico. Primeiro capture a
curiosidade do usuário, depois a atenção e aí sim...
Cavalheiros, vocês tinham
minha curiosidade, mas
agora vocês têm minha
atenção.
Você sabe com quem está falando?
Qual é o perfil do seu leitor?
Perfil do usuário de internet
no Brasil
Os acessos ultrapassaram 88 milhões em janeiro/2013.
Brasil é o TERCEIRO
país em número de
usuários ativos na
internet.
Vendas de tablets
mais que triplicou
Em 2012.
Varejistas
investirão 55
bilhões de dólares
em marketing
móvel até
2015.
Gasto mundial com publicidade
móvel atingirá 11,4 bilhões de
dólares neste ano.
onde está
o seu leitor
no meio
disso tudo?
Aprenda a
linguagem
do usuário
no usuário
O foco no usuário deve ser o mantra do webwriting, uma vez
que ele é a razão de ser da produção de qualquer conteúdo.
É pr...
O fator
encontra
bilidade
En.con.tra.bi.li.da.de
É a facilidade de localização de
informações, serviços na web. Tanto
para os usuários que estão den...
1. disciplina acadêmica que define grupos de organismos biológicos, com
base em suas características comuns.
2. ramo da bi...
navegacionais informativas transacionais
1 2 3
grupos de
palavras chave
navegacionais
Indicam que o usuário deseja encontrar
um site específico. É quando o usuário
busca pelo nome ou marca do pr...
informativas
Consultas informativas indicam que o
usuário está procurando por
informações específicas. Exemplos:
dicas de ...
transacionais
Uma pesquisa transacional indica que o
usuário deseja realizar uma atividade
na web, como “comprar flores on...
1
2
3
Determine em qual tipo de pesquisa seu conteúdo se
encaixa. Uma página que vende produtos e/ou serviços,
é um bom re...
O que você
precisa
responder
ao usuário
o que
o seu
conteúdo
precisa
responder?
O que?
Quem?
Quando?
Onde?
Como?
Por que?
... de preferência no primeiro
parágrafo.
Aprendendo a escrever
2
3
4
5
6
a página perfeita
título e subtítulo
conteúdo
legibilidade
fontes
imagens
vídeos
call to action
compartilhamento social
Google Athorship
o conteúdo é a primeira relação de
consumo entre a sua marca e o usuário...
Muito
Obrigado!
Enrico Cardoso
curso@enricocardoso.com.br
Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web
Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web
Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web
Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web

2,068

Published on

No dia 23 de setembro aconteceu minha apresentação no Social Media Week em que eu falei sobre webwriting como ferramenta de construção da reputação.

Na apresentação foram abordados as principais maneiras de buscar e participar das conversas que estão acontecendo ao redor dos assuntos que dominamos.

Se você perdeu ou não pode participar da apresentação presencial, dê uma olhada no que rolou.

Published in: Business

Transcript of "Webwriting como ferramenta de construção da reputação na web"

  1. 1. WEB WRI TING
  2. 2. por que se fala tanto em webwriting ultimamente?
  3. 3. panda e pinguim
  4. 4. Com as atualizações Panda e Pinguim, o Google se posicionou oficialmente como um buscador que da mais relevância ao conteúdo do que a truques de SEO. Por isso, o conteúdo bem produzido passou a ser fator chave para que um website esteja bem posicionado.
  5. 5. 22/05 Google lança o Pinguim 2.0 A nova atualização do Pinguim traz uma nova geração de algoritmos, que conseguem analisar mais profundamente a qualidade de links de um site. Por isto, é cada vez mais importante focar em bom conteúdo, para conseguir links em sites de qualidade e de forma natural.
  6. 6. O que é webwriting pra você?
  7. 7. O que não é webwriting... Webwriting não pode ser traduzido como redação online, porque não se trata apenas de uma técnica de redação. Webwriting não pode ser traduzido como jornalismo online. O jornalismo online é que é o ramo do webwriting dedicado a produção de notícias online. Webwriting não pode ser entendido como SEO de conteúdo, porque não visa apenas otimizar o conteúdo, mas sim torná-lo amigável ao leitor. ... afinal, o que é webwriting?
  8. 8. Webwriting é o conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. A função do webwriting é realizar o casamento perfeito entre o conteúdo relevante que irá chamar a atenção dos leitores e ao mesmo tempo escolher corretamente as palavras chaves, tags, que irão compor o texto usando as ferramentas de SEO.
  9. 9. O que as pessoas estão falando sobre você?
  10. 10. participe das conversas existentes ao seu redor
  11. 11. 2
  12. 12. 3
  13. 13. 4
  14. 14. 5
  15. 15. o que os usuários querem da web?
  16. 16. o que nós queremos da web?
  17. 17. o que as pessoas sabem sobre sua marca?
  18. 18. A missão de uma marca na web EDUCAR (influenciar as pessoas) ESCOLHER (ajudarem as pessoas a tomarem decisões) JUSTIFICAR (fornecer justificativa para a decisão)
  19. 19. curiosidade versus atenção
  20. 20. Os princípios do webwriting
  21. 21. Persuasão Seu discurso precisa estar bem amarrado em argumentos sólidos. Portanto, dê atenção ao que está escrevendo, valorize sempre o gancho emocional com o leitor, explicite o seu ponto de vista e crie credibilidade. Ao final do seu texto, o leitor deve saber muito bem o que fazer. Chame-o para a ação.
  22. 22. Objetividade Vá direito ao ponto, sem rodeios, sem meias palavras, sem falsas promessas. Pense sempre se as informações estão completas, se faltaria algum aspecto a ser abordado, se existe informação em excesso. Não enrole o leitor!
  23. 23. Visibilidade Dê destaque às informações mais importantes – é por conta delas que o leitor está ali e, se você não dar ênfase a elas, eles vão sair da sua página. Mostre o que precisa ser mostrado, destaque, em listas ou numericamente, o que o leitor quer ler.
  24. 24. Navegabilidade Guie o usuário como um guia turístico. Primeiro capture a curiosidade do usuário, depois a atenção e aí sim o interesse do usuário. Somente depois disso, deixe que ele saiba mais sobre você. O título do link deve ser o título da página de destino.
  25. 25. Cavalheiros, vocês tinham minha curiosidade, mas agora vocês têm minha atenção.
  26. 26. Você sabe com quem está falando? Qual é o perfil do seu leitor?
  27. 27. Perfil do usuário de internet no Brasil
  28. 28. Os acessos ultrapassaram 88 milhões em janeiro/2013.
  29. 29. Brasil é o TERCEIRO país em número de usuários ativos na internet.
  30. 30. Vendas de tablets mais que triplicou Em 2012.
  31. 31. Varejistas investirão 55 bilhões de dólares em marketing móvel até 2015.
  32. 32. Gasto mundial com publicidade móvel atingirá 11,4 bilhões de dólares neste ano.
  33. 33. onde está o seu leitor no meio disso tudo?
  34. 34. Aprenda a linguagem do usuário
  35. 35. no usuário
  36. 36. O foco no usuário deve ser o mantra do webwriting, uma vez que ele é a razão de ser da produção de qualquer conteúdo. É preciso estudar o comportamento do usuário, levar em consideração como eles interagem na internet com o conteúdo: fotos gráficos, textos, animações. Nenhum conteúdo deve ser jogado sem nenhuma razão de ser nas páginas. Todos os elementos precisam estar em harmonia em um texto, complementando a mensagem principal e reforçando os argumentos de um website ou conteúdo.
  37. 37. O fator encontra bilidade
  38. 38. En.con.tra.bi.li.da.de É a facilidade de localização de informações, serviços na web. Tanto para os usuários que estão dentro do website quanto para quem está buscando informações em buscadores.
  39. 39. 1. disciplina acadêmica que define grupos de organismos biológicos, com base em suas características comuns. 2. ramo da biologia e botânica que identifica e classifica os seres vivos, animais e vegetais. 3. ciência da classificação. 4. técnica de classificação em que se dividem as palavras-chave no marketing digital.
  40. 40. navegacionais informativas transacionais 1 2 3 grupos de palavras chave
  41. 41. navegacionais Indicam que o usuário deseja encontrar um site específico. É quando o usuário busca pelo nome ou marca do produto: Apple, Coca-Cola, Nike, etc.
  42. 42. informativas Consultas informativas indicam que o usuário está procurando por informações específicas. Exemplos: dicas de jardinagem, cuidados com orquídeas, etc.
  43. 43. transacionais Uma pesquisa transacional indica que o usuário deseja realizar uma atividade na web, como “comprar flores online”, “enviar mensagens online”, dentre outras.
  44. 44. 1 2 3 Determine em qual tipo de pesquisa seu conteúdo se encaixa. Uma página que vende produtos e/ou serviços, é um bom resultado para uma pesquisa transacional. Oriente sua estratégia de palavras-chave de acordo com as intenções do usuário. As páginas de produtos e/ou serviços com palavras-chave transacionais, por exemplo. Monitore o seu tráfego, conversão e rejeição. Estar sempre atento aos resultados é interessante, pois confirma se as alterações nas palavras-chave trouxeram benefícios.
  45. 45. O que você precisa responder ao usuário
  46. 46. o que o seu conteúdo precisa responder? O que? Quem? Quando? Onde? Como? Por que? ... de preferência no primeiro parágrafo.
  47. 47. Aprendendo a escrever
  48. 48. 2
  49. 49. 3
  50. 50. 4
  51. 51. 5
  52. 52. 6
  53. 53. a página perfeita
  54. 54. título e subtítulo
  55. 55. conteúdo
  56. 56. legibilidade
  57. 57. fontes
  58. 58. imagens
  59. 59. vídeos
  60. 60. call to action
  61. 61. compartilhamento social
  62. 62. Google Athorship
  63. 63. o conteúdo é a primeira relação de consumo entre a sua marca e o usuário...
  64. 64. Muito Obrigado! Enrico Cardoso curso@enricocardoso.com.br
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×