Your SlideShare is downloading. ×
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Apostila exercicios contabilidade geral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apostila exercicios contabilidade geral

11,847

Published on

Published in: Education
2 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
11,847
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
448
Comments
2
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Capítulo 7 – Apuração do Resultado      Para os Cursos de Ciências Contábeis e   Administração de Empresas  PROF. ANTONIO MOREIRA FRANCO JR
  • 2. SUMÁRIO CAPÍTULO 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA CONTABILIDADE...................................... 3 CAPÍTULO 2 NOÇÕES PRELIMINARES....................................................................... 4 CAPÍTULO 3 O PATRIMÔNIO ....................................................................................... 8 CAPÍTULO 4 CONTABILIDADE POR BALANÇOS SUCESSIVOS I ............................ 19 CAPÍTULO 5 CONTAS DE RESULTADO ..................................................................... 30 CAPÍTULO 6 CONTABILIDADE POR BALANÇOS SUCESSIVOS II ........................... 35 CAPÍTULO 7 DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS .......................................................... 41 CAPÍTULO 8 BALANÇO PATRIMONIAL ...................................................................... 43 2
  • 3. Capítulo 1 – Evolução Histórica da Contabilidade  Prof. Moreira  CAPÍTULO 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA CONTABILIDADE 1) Cite pelo menos dois fatos importantes sobre a Contabilidade em cada período da História (Antigo, Medieval, Moderno e Científico): ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) A primeira obra publicada sobre o método das partidas dobradas foi de autoria de: a) Besta b) Cotruglio c) Lopes Sá d) Lucca Paccioli e) Leonardo Pisano 3
  • 4. Capítulo 2 – Noções Preliminares  Prof. Moreira  CAPÍTULO 2 NOÇÕES PRELIMINARES 1) Qual a diferença entre Pessoa Física e Jurídica? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Defina o que é Contabilidade e qual sua importância para as organizações? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) Coloque V se a afirmativa for verdadeira e F se a afirmativa for falsa: a) (__) São públicas as empresas constituídas com capital do Governo; b) (__) A empresa de abastecimento de água e saneamento do município “X” pos- sui a seguinte composição de capital: 90% pertencente à Prefeitura e o restante proveniente de pessoas físicas. Esta entidade é considerada uma empresa pú- blica. c) (__) A escrituração da empresa é de responsabilidade exclusiva do Contabilista. Para assinar balanços e documentos contábeis, o mesmo deve possuir diploma de Técnico em Contabilidade ou Bacharel em Ciências Contábeis, sendo optati- vo o registro no Conselho de Classe. d) (__) Pessoas Jurídicas são constituídas pela união de pessoas físicas e/ou jurí- dicas, que através de um contrato reconhecido por lei, formam uma nova pesso- a, com personalidade distinta da de seus membros. 4
  • 5. Capítulo 2 – Noções Preliminares  Prof. Moreira  4) Combinar o Usuário da informação contábil com o tipo de decisão ou informação desejada, colocando o número provavelmente mais apropriado: a) Acionistas Atuais b) Instituições Financeiras c) Administradores d) Acionistas potenciais e) Empregados f) Governo (__) Exame das Declarações do Imposto de Renda (__) Exame da eficácia da gerência na gestão da empresa (__) Análise do potencial de reajuste de salários (__) Avaliação da probabilidade que as dívidas assumidas sejam pagas nos seus vencimentos (__) Confronto da rentabilidade da empresa considerando as diversas opções de in- vestimento atuais (__) Análise da capacidade de distribuição de dividendos do exercício social encer- rado (__) Decisões sobre a expansão ou redução de uma linha de produtos (__) Quantificação do lucro máximo passível de distribuição sem descapitalizar a empresa 5) Capital Subscrito é: a) Capital Inicial da empresa, apenas. b) O valor que os acionistas se comprometem a entregar à empresa para formar o capital social. c) O capital, cuja entrada dos valores correspondentes já ocorreu. d) O aumento de capital por incorporação de reservas. e) O valor correspondente a uma doação recebida pela empresa. 6) Capital a integralizar é (são): a) A parte do capital subscrito ainda não paga pelos sócios ou acionistas. b) O mesmo que capital subscrito. 5
  • 6. Capítulo 2 – Noções Preliminares  Prof. Moreira  c) As reservas incorporadas ao capital. d) O prejuízo acumulado em vários exercícios. e) Parte integrante de capital de terceiros. 7) (Auditor da Receita Federal/ESAF) A Sociedade Limitada pode adotar, como nome comercial: a) Apenas título de estabelecimento. b) Apenas denominação social. c) Apenas firma social, com os nomes dos sócios quotistas. d) Apenas firma social, com o nome do sócio quotista majoritário. e) Denominação ou firma social, indiferentemente. 8) Não é característica de uma sociedade anônima: a) O documento principal é o estatuto. b) Sempre é considerada mercantil, independentemente do seu objeto. c) Pode ser designada por firma ou denominação social. d) O capital social é dividido ou fracionado em ações. e) É regida pela Lei 6.404/76. 9) No seu sentido mais amplo de ciência social o objeto da contabilidade é: a) Avaliação dos componentes pelo valor original. b) Os registros contábeis. c) O patrimônio das entidades. d) Transferência de propriedades. e) A apuração do lucro ou prejuízo da entidade. 10) A principal finalidade da Contabilidade é fornecer informações de caráter financeiro e econômico às entidades físicas ou jurídicas interessadas nas mesmas. Dentre as entidades que necessitam das informações contábeis, podemos citar: a) Sócios b) Administradores c) Bancos 6
  • 7. Capítulo 2 – Noções Preliminares  Prof. Moreira  d) Governo e) Todos acima 11) Pode-se definir Contabilidade como sendo um (a): a) Conjunto de princípios, normas e procedimentos que têm por finalidade ordenar os fatores de produção e controlar a sua produtividade e eficiência, visando ob- ter determinado resultado. b) Técnica que consiste na decomposição, comparação, análise e interpretação dos demonstrativos do estado patrimonial e do resultado econômico da entida- de. c) Ciência que organiza, orienta e analisa os fenômenos relativos à produção, à acumulação, à distribuição e ao consumo dos bens materiais. d) Ciência que estuda o patrimônio, utilizando metodologia específica para coletar, registrar, acumular, resumir e analisar todos os fatos que afetam a situação pa- trimonial de uma entidade. e) Nenhuma das anteriores. 7
  • 8. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  CAPÍTULO 3 O PATRIMÔNIO 1) Explique a diferença entre bens tangíveis e intangíveis. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) O que são Direitos do ponto de vista contábil? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) A Sra. Naida Navinda Navolta saiu indignada do Banco do Povo S.A., por ter sido negado um crédito de R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais) após análise minuciosa da sua situação patrimonial. A revolta da Sra. Naida baseia-se no fato de possuir uma grande riqueza: apartamento de 4 dormitórios recém-financiado pela Caixa Econô- mica Federal; um veículo importado, adquirido no último mês, graças ao financia- mento da Financeira Despreocupada; uma chácara adquirida, na região de Itu, para pagar em 60 prestações, sem acréscimo, restando ainda 58 prestações. Como po- deríamos argumentar a não concessão de crédito à Sra. Naida? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 4) Defina o que é Ativo e Passivo: ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 8
  • 9. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  5) Por que o lado do Ativo é sempre igual ao lado do Passivo? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 6) Descreva a diferença entre Patrimônio e Patrimônio Líquido. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 7) Sabendo-se que os bens da Cia. Arrisca Tudo totalizam R$ 500.000,00 e que os di- reitos representam exatamente metade dos bens e as obrigações o dobro dos bens, calcule e comente o patrimônio líquido da empresa. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 8) Classifique os elementos do quadro a seguir em: Bens, Direitos ou Obrigações: n.º Elementos Classificação 1 Dinheiro Bem 2 Estoque de Mercadorias 3 Duplicatas a Receber 4 Terrenos 5 Mesas 6 Clientes 7 Instalações 8 Calculadoras Eletrônicas 9 Ferramentas 10 Promissórias a Pagar 11 Cadeiras 12 Promissórias a Receber 13 Aluguéis a Pagar 14 Circulador de Ar 15 Marcas e Patentes 16 Carnês a Receber 17 Impostos a Pagar 18 Computadores 19 Biblioteca 20 Prateleiras 21 Banco Conta Movimento 9
  • 10. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  9) Cia. Franco apresentava em 31-12-X1 o seguinte patrimônio: Contas Valor Dinheiro em Caixa R$ 90.000.000 Duplicatas a Receber R$ 73.350.000 Contas a Pagar R$ 30.000.000 Estoque R$ 136.650.000 Máquinas R$ 180.000.000 Empréstimos a Pagar R$ 120.000.000 Imóveis R$ 900.000.000 Fornecedores R$ 180.000.000 Encargos a Pagar R$ 135.000.000 Pede-se: a) O total dos bens: ___________ b) O total dos direitos: ___________ c) O total de obrigações: ___________ d) O patrimônio líquido: ___________ e) O total dos bens intangíveis: ___________ f) O total dos bens tangíveis: ___________ 10) Monte o Balanço Patrimonial com as informações abaixo: Contas Ano X2 Ano X1 Aluguéis a Pagar R$ 800.000 R$ 1.200.000 Banco Conta Movimento R$ 3.500.000 R$ 2.000.000 Caixa R$ 4.800.000 R$ 4.500.000 Clientes R$ 7.000.000 R$ 1.500.000 Computadores R$ 1.000.000 R$ 400.000 Duplicatas a Pagar R$ 500.000 R$ 900.000 Edifícios R$ 800.000 R$ 1.000.000 Empréstimos Bancários R$ 7.000.000 R$ 1.300.000 Estoque de Produtos R$ 1.500.000 R$ 1.500.000 Fornecedores R$ 2.000.000 R$ 1.800.000 Máquinas e Equipamentos R$ 400.000 R$ 500.000 Móveis e Utensílios R$ 1.500.000 R$ 2.000.000 Terrenos R$ 500.000 R$ 800.000 Veículos R$ 2.500.000 R$ 4.000.000 10
  • 11. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO Ano X2 Ano X1 PASSIVO Ano X2 Ano X1 Total do Ativo Total do Passivo 11) Analisando o Balanço anterior, em qual exercício contábil (ano), a empresa obteve melhor resultado? __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ 12) Com os valores a seguir, montar o Balanço Patrimonial: Contas 2005 2004 2003 Aluguéis a Receber R$ 1.000.000 R$ 500.000 R$ 300.000 Clientes R$ 3.000.000 R$ 3.500.000 R$ 4.000.000 Duplicatas a Pagar R$ 5.000.000 R$ 6.000.000 R$ 7.500.000 Impostos a Pagar R$ 6.500.000 R$ 7.000.000 R$ 7.500.000 Promissórias a Pagar R$ 1.500.000 R$ 2.000.000 R$ 2.500.000 Caixa R$ 1.000.000 R$ 500.000 R$ 200.000 Máquinas R$ 2.500.000 R$ 2.000.000 R$ 1.500.000 Mercadorias R$ 8.000.000 R$ 7.000.000 R$ 5.000.000 Instalações R$ 2.000.000 R$ 1.500.000 R$ 1.000.000 11
  • 12. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  Balanço Patrimonial (em R$ mil) ATIVO 2005 2004 2003 PASSIVO 2005 2004 2003 Total do Ativo Total do Passivo 13) Elabore o Balanço Patrimonial das empresas (A, B e C) a seguir e identifique a si- tuação patrimonial: Empresa A Contas Valor Aplicações em Fundos de Curto Prazo R$ 2.600 Dinheiro em Bancos R$ 800 Máquinas R$ 600 Veículos R$ 800 Contas a Pagar R$ 600 Impostos a Pagar R$ 1.000 Empresa B Contas Valor Duplicatas a Receber R$ 800 Aplicações em RDB R$ 400 Dinheiro R$ 200 Imóveis R$ 600 Cafezais R$ 800 Duplicatas a Pagar R$ 1.400 Impostos a Recolher R$ 1.400 12
  • 13. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  Empresa C Contas Valor Dinheiro R$ 800 Contas a Receber R$ 400 Mercadorias em Estoque R$ 400 Máquinas R$ 600 Pomares R$ 400 Fornecedores R$ 1.800 Obrigações a Pagar R$ 400 Contas a Pagar R$ 200 Empréstimos a Pagar R$ 600 Empresa A ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo Empresa B ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 13
  • 14. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  Empresa C ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 14) Relacione a coluna da esquerda com a da direita: a) Direitos ( ) Duplicatas a Pagar b) Bens Tangíveis ( ) Clientes c) Bens Intangíveis ( ) Computador d) Obrigações ( ) Marcas e Patentes 15) Coloque V se a afirmativa for Verdadeira e F se for Falsa: a) ( ) Elementos positivos são as obrigações b) ( ) Elementos positivos são os bens e as obrigações c) ( ) Elementos positivos são os bens e os direitos d) ( ) O Ativo é composto por bens e obrigações e) ( ) O Passivo é composto por elementos negativos f) ( ) O Ativo e o Passivo compõem o patrimônio da empresa 16) Escolha a alternativa que contém apenas obrigações: a) Fornecedores, Duplicatas a Receber, Dinheiro. b) Móveis, Clientes, Fornecedores. c) Fornecedores, Salários a Pagar, Impostos a Recuperar. d) Duplicatas a Pagar, Adiantamentos de Clientes, Impostos a Recolher. e) Fornecedores, Adiantamentos a Fornecedores, Impostos a Recolher. 17) É conta pertencente ao Passivo Exigível: 14
  • 15. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  a) Reserva Legal b) Adiantamentos a Fornecedores c) Aplicações Financeiras d) Adiantamentos de Clientes e) Clientes Enunciado comum às questões de número 18 a 24: Em 31-12-X0, o patrimônio da Indústria Silvestre S/A tinha a seguinte composição: Contas Valor Matérias-Primas R$ 23.000 Máquinas e Equipamentos R$ 87.000 Duplicatas a Pagar R$ 28.000 Empréstimos a Acionistas R$ 10.000 Duplicatas a Receber R$ 66.000 Caixa R$ 12.000 Provisão para Imposto de Renda R$ 6.000 Produtos em Fabricação R$ 29.000 Produtos Acabados R$ 37.000 Adiantamentos a Fornecedores R$ 9.000 Adiantamentos de Clientes R$ 7.000 Salários a Pagar R$ 3.000 Financiamentos R$ 15.000 Móveis e Utensílios R$ 20.000 Aplicações Financeiras R$ 5.000 18) O total de BENS é de: a) R$ 206.000 b) R$ 207.000 c) R$ 208.000 d) R$ 209.000 e) R$ 210.000 19) O total de DIREITOS é de: a) R$ 90.000 b) R$ 80.000 c) R$ 70.000 15
  • 16. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  d) R$ 60.000 e) R$ 50.000 20) O total das OBRIGAÇÕES é de: a) R$ 59.000 b) R$ 60.000 c) R$ 61.000 d) R$ 62.000 e) R$ 63.000 21) O ATIVO totaliza: a) R$ 297.000 b) R$ 298.000 c) R$ 299.000 d) R$ 300.000 e) R$ 301.000 22) O PASSIVO totaliza: a) R$ 298.000 b) R$ 299.000 c) R$ 300.000 d) R$ 301.000 e) R$ 297.000 23) O CAPITAL PRÓPRIO (Patrimônio Líquido) vale: a) R$ 236.000 b) R$ 237.000 c) R$ 238.000 d) R$ 239.000 e) R$ 240.000 24) O CAPITAL DE TERCEIROS (obrigações exigíveis) vale: 16
  • 17. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  a) R$ 59.000 b) R$ 60.000 c) R$ 61.000 d) R$ 62.000 e) R$ 63.000 25) (Técnico da Receita Federal/ESAF) Se o Passivo Exigível de uma empresa é de R$ 19.650,00 e o Patrimônio Líquido é de R$ 9.850,00 o valor do Capital Próprio será de: a) R$ 29.500,00 b) Zero c) R$ 9.800,00 d) R$ 9.850,00 e) R$ 19.650,00 26) (Técnico da Receita Federal/ESAF) Diz-se que a situação líquida é negativa quan- do o Ativo Total é: a) Maior que o Passivo Total b) Maior que o Passivo Exigível c) Igual à soma do Passivo Circulante com o Passivo Exigível a Longo Prazo d) Igual ao Passivo Exigível e) Menor que o Passivo Exigível 27) (Técnico da Receita Federal/ESAF) Representa uma obrigação a conta: a) Prêmios de Seguros b) Seguros a Pagar c) Seguros a Vencer d) Seguros Contratados e) Seguros Pagos Antecipadamente 28) Seja o patrimônio da Industrial Lemos S/A: 17
  • 18. Capítulo 3 – O Patrimônio  Prof. Moreira  Contas Valor Máquinas e Equipamentos R$ 47.000 Caixa R$ 8.000 Duplicatas a Pagar R$ 19.000 Duplicatas a Receber R$ 25.000 Produtos em Fabricação R$ 10.000 Financiamentos R$ 22.000 Bancos Conta Movimento R$ 27.000 Impostos a Recolher R$ 5.000 Matérias-primas R$ 7.000 Produtos Prontos R$ 24.000 Dividendos a Pagar R$ 6.000 Assim, podemos afirmar que o Patrimônio Líquido da referida empresa vale: a) R$ 95.000 b) R$ 96.000 c) R$ 97.000 d) R$ 98.000 e) R$ 99.000 18
  • 19. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  CAPÍTULO 4 CONTABILIDADE POR BALANÇOS SUCESSIVOS I 1) A empresa W possui um capital de terceiros que é exatamente o dobro do Patrimô- nio Líquido. O capital próprio, por sua vez, é exatamente o montante de bens da empresa que é igual a R$ 1.000. Determine o valor dos Direitos, Obrigações e Pa- trimônio Líquido. ATIVO PASSIVO Bens 1.000,00 Obrigações Direitos Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo 2) Num determinado momento, o Ativo de uma empresa era 20% superior ao Passivo. Após o pagamento de uma duplicata de R$ 6.000, o Passivo passou a ser 20% infe- rior ao Ativo. Assim, pode-se afirmar que: a) O Ativo no 1.º momento era de R$ 12.000. b) O Capital Próprio no 1.º momento era de R$ 12.000. c) O Ativo no 1.º momento era de R$ 36.000. d) O Capital Próprio no 2.º momento era de R$ 9.000. e) Nessas condições o problema era impossível. 3) Sendo o Ativo o triplo do Passivo Exigível, se aumentarmos aquele em 20% e dimi- nuirmos este em 30%, o Capital Próprio irá aumentar em: a) 10% b) 50% c) 40% 19
  • 20. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  d) 45% e) 30% 4) Represente, mediante Balanço Patrimonial, a situação do Patrimônio da empresa de José da Silva, após cada fato ocorrido: a) José da Silva constitui uma empresa para explorar o comércio de tintas, com um Capital em dinheiro, de R$ 50.000,00: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo b) A seguir, surgem as Aplicações do Capital na compra de bens: • Compra de Móveis e Utensílios, à vista, por R$ 5.000,00; • Compra de um Automóvel, à vista, por R$ 30.000,00; Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo c) Compra de tintas (mercadorias para revenda), a prazo, no valor de R$ 20.000,00, da Casa de Tintas Colorida, conforme Nota Fiscal n.º 123, com aceite de quatro Duplicatas no valor de R$ 5.000,00 cada uma, vencíveis de 30 em 30 dias: 20
  • 21. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo d) A empresa de José da Silva efetua o pagamento de uma Duplicata, em dinheiro, no valor de R$ 5.000,00: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo e) É feito um depósito no valor de R$ 5.000,00 na conta bancária da empresa, con- forme Recibo de Depósito do Banco Itaú S.A.: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Direitos Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo 21
  • 22. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  5) Represente, mediante Balanço Patrimonial, a situação do Patrimônio da empresa Padaria Jabuti Ltda., após cada fato ocorrido: a) Constituição da Sociedade conforme Contrato Social devidamente registrado na Junta Comercial, com um Capital no valor de R$ 80.000,00 em dinheiro: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo b) Compras à vista (em dinheiro): • Móveis e Utensílios: R$ 3.000,00 • Automóveis: R$ 25.000,00 • Mercadorias: R$ 20.000,00 Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo c) Compras de Mercadorias a prazo, mediante aceite de Duplicatas, no valor de R$ 30.000,00: 22
  • 23. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo d) Compra de um imóvel, a prazo, no valor de R$ 100.000,00, mediante emissão de Notas Promissórias: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo e) Pagamento de uma Duplicata, em dinheiro, no valor de R$ 10.000,00: Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo 23
  • 24. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  f) Empréstimo obtido junto ao Banco Safra S/A, mediante emissão de Nota Pro- missória, no valor de R$ 80.000,00 (obs.: foi efetuado crédito em conta bancária da empresa): Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Direitos Patrimônio Líquido Total do Ativo Total do Passivo 6) Identifique as operações que deram origem às Situações Patrimoniais a seguir re- presentadas. Considere o Patrimônio em continuidade, isto é, compare o gráfico do item em análise sempre com o gráfico anterior e responda qual ou quais foram os Fatos que provocaram tais modificações. Observe que, no exercício anterior, parti- mos de fatos e elaboramos os gráficos. Agora o raciocínio é invertido, ou seja, temos o gráfico pronto e deveremos compará-lo com o anterior para descobrir os Fatos que provocaram as modificações: a) Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Patrimônio Líquido Caixa 24.000 Capital 24.000 Total do Ativo 24.000 Total do Passivo 24.000 24
  • 25. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  b) Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Caixa 24.000 Duplicatas a Pagar 6.000 Móveis e Utensílios 6.000 Patrimônio Líquido Capital 24.000 Total do Ativo 30.000 Total do Passivo 30.000 c) Balanço Patrimonial (em reais) ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Caixa 10.000 Duplicatas a Pagar 6.000 Móveis e Utensílios 6.000 Veículos 14.000 Patrimônio Líquido Capital 24.000 Total do Ativo 30.000 Total do Passivo 30.000 d) Balanço Patrimonial (em R$ mil) ATIVO PASSIVO Bens Caixa 4.000 Móveis e Utensílios 6.000 Patrimônio Líquido Veículos 14.000 Capital 24.000 Total do Ativo 24.000 Total do Passivo 24.000 25
  • 26. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  7) Elaborar os balanços sucessivos para cada transação da Cia. Moreira: a) Aporte de capital dos sócios, em dinheiro, no valor de R$ 150.000: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo b) Compras à vista (em dinheiro): • Veículo para uso da empresa, no valor de R$ 40.000; • Máquinas e equipamentos, no valor de R$ 25.000; • Mercadorias para revenda, no valor de R$ 60.000; ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo c) Aquisição de Móveis e Utensílios, para uso da empresa, no valor de R$ 15.000, a prazo: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 26
  • 27. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  d) Compra de mercadorias para revenda, no valor de R$ 100.000, para pagamento em 45 dias: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo e) Compra de um imóvel, a prazo, no valor de R$ 70.000: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo f) Depósito de R$ 23.000 em conta bancária da empresa: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 27
  • 28. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  g) Empréstimo obtido junto ao Banco ABC, no valor de R$ 65.000, sendo o valor creditado na conta da empresa: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo h) Empréstimo a diretores da empresa, no valor de R$ 25.000, através de TED: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo i) Pagamento da 1.ª parcela de fornecedores, em cheque, no valor de R$ 20.000: 28
  • 29. Capítulo 4 – Contabilidade por Balanços Sucessivos I  Prof. Moreira  ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo j) Aumento de capital, pelos sócios, no valor de R$ 50.000: • Em dinheiro: R$ 30.000; • Em bens (equipamentos de informática): R$ 20.000. ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 29
  • 30. Capítulo 5 – Contas de Resultado  Prof. Moreira  CAPÍTULO 5 CONTAS DE RESULTADO 1) Conceitue Despesa. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Todo aumento do Ativo significa Receita? Explique. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) Pelo regime de competência quando a Receita e a Despesa serão contabilizadas? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 4) Qual a regra básica para contabilizar pelo Regime de Caixa? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 5) João foi à empresa aérea Subindo e Descendo, solicitar uma passagem (emissão do bilhete) no dia 09/06/X2; no dia 09/07/X2 foi efetuado o pagamento via Cartão de Crédito e em 12/08/X2 João foi com sua família fazer uma viagem ao Iraque. Per- gunta-se quando a empresa aérea Subindo e Descendo vai reconhecer a Receita pelo vôo através do Regime de Competência? 30
  • 31. Capítulo 5 – Contas de Resultado  Prof. Moreira  ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 6) A Pizzaria Estância, que está situada na cidade de Bragança Paulista, foi entregar duas pizzas de três queijos ao prof. Moreira no dia 31/01/X3. Porém, ao entregar a pizza, chegou visita na casa do professor. Sendo assim, a pizza somente foi consu- mida um dia depois, ou seja, em 01/02/X3. O pagamento foi efetuado através de cheque para o dia 07/03/X3. Quando a Pizzaria Estância vai considerar como Recei- ta através do Regime de Competência? E se a Pizzaria adotasse o Regime de Cai- xa? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 7) Classifique as contas a seguir em: Ativo, Passivo, Receita ou Despesa: Contas Classificação Caixa Salários a Pagar Despesa com Pessoal (Salários e Encargos) Estoque de Mercadorias Duplicatas a Receber de Clientes Móveis e Utensílios Prestação de Serviços Custo das Mercadorias Vendidas Empréstimos Obtidos Empréstimos Concedidos Capital Social Receita Financeira Juros a Pagar Dividendos a Pagar Vendas Despesa de Seguros 31
  • 32. Capítulo 5 – Contas de Resultado  Prof. Moreira  8) Para cada caso apresentado a seguir, identifique qual seria o valor da Receita reco- nhecida em cada mês (Janeiro e Fevereiro), pelo Regime de Caixa e pelo Regime de Competência: Caso Mês Caixa Competência a) O Ateliê Juliana, especializado em cerâmica, vendeu, Jan R$ 3.000,00 R$ 3.000,00 em Janeiro, à vista, seis conjuntos completos por R$ 500,00 cada. Fev Zero Zero b) Uma Associação de Pacientes cobra anuidade de R$ Jan 24,00 por associado. Em Janeiro, os 1.000 (mil) as- sociados pagaram suas anuidades. Fev c) Em Janeiro, a Cia. Décor aceitou encomenda de Jan uma estante no valor de R$ 15.000,00, quando rece- beu um sinal de R$ 5.000,00. O restante será rece- Fev bido em Fevereiro, no ato da entrega. d) Em Janeiro, a Revista Época vendeu de três novas Jan assinaturas anuais no valor de R$ 300,00 cada. Es- tas serão recebidas em três parcelas mensais, a par- Fev tir de Fevereiro. A entrega iniciou em Janeiro. e) Em Janeiro, a Cia. Aérea Varig vendeu uma passa- Jan gem aérea no valor de R$ 650,00, à vista. A viagem irá ocorrer em Julho. Fev f) Em Janeiro, a Cia. SulAmérica Seguros vendeu uma Jan apólice anual no valor de R$ 1.200,00. O recebimen- to será em seis parcelas mensais, a partir de Feve- Fev reiro. 9) A Cia. To na Área iniciou suas atividades em 20X1. Em 31/12/20X1, foi constatado o seguinte saldo contábil: Caso em R$ mil Receita Ganha/Gerada em 20X1 100 Despesa Paga em 20X1 40 Receita Recebida em 20X1 80 Despesa Consumida/Gerada em 20X1 70 Apurar os resultados pelo Regime de Competência e Regime de Caixa: Resultado Competência Caixa Receita ( − ) Despesa ( = ) Lucro/Prejuízo 32
  • 33. Capítulo 5 – Contas de Resultado  Prof. Moreira  10) A Cia. Zucafahi iniciou suas atividades em 19X8. Em 31/12/19X9, foram constata- dos os seguintes fatos contábeis: Fatos Contábeis em R$ Receita Ganha de 19X9 1.150.000 Despesa Paga de 19X9 490.000 Receita Recebida de 19X9 565.000 Despesa Consumida de 19X9 895.000 Empréstimos Recebidos em 19X9 100.000 Receita Recebida de 19X8 5.000 Apurar o resultado econômico e financeiro, pelo Regime de Competência e Regime de Caixa. Resultado Competência Caixa Receita ( − ) Despesa ( = ) Lucro/Prejuízo 11) Material de Escritório adquirido em X1, consumido em X2, pago em X3, será des- pesa pelo Regime da Competência em: a) X1 b) X2 c) X3 d) X4 e) N.d.a. 12) A empresa vendeu R$ 15 milhões, só recebendo R$ 5 milhões; teve como despesa R$ 12 milhões, só pagando R$ 1 milhão. Os resultados pelos Regimes de Compe- tência e Caixa são, respectivamente: a) R$ 3.000.000 e R$ 4.000.000 b) R$ 4.000.000 e R$ 5.000.000 c) R$ 5.000.000 e R$ 6.000.000 d) R$ 5.000.000 e R$ 1.000.000 e) N.d.a. 33
  • 34. Capítulo 5 – Contas de Resultado  Prof. Moreira  13) Indique a alternativa que contém apenas Despesas: a) Salários, Matéria-prima, Estoque, Material Secundário. b) Juros, Mão-de-obra, Duplicatas a Receber, Máquinas. c) Encargos Sociais, Embalagem, Imposto de Renda, Ações de outras Cias. d) Comissão de Vendedores, Propaganda, Aluguel de Escritório, Imposto Predial de Escritório. e) N.d.a. 34
  • 35. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  CAPÍTULO 6 CONTABILIDADE POR BALANÇOS SUCESSIVOS II 1) Qual é o lado do Balanço em que se classificam os itens que trazem benefícios para a empresa? Quando esses itens perdem a capacidade de produzir benefícios, eles são considerados como uma despesa ou receita? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) A Cia. JSC apresentou o seguinte Balanço Patrimonial em 01/01/2005: ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Caixa 15.000 Fornecedores 15.000 Estoque Mercadorias 30.000 Contas a Pagar 5.000 Veículos 5.000 Empréstimos Obtidos 20.000 Direitos Patrimônio Líquido Duplicatas a Receber 50.000 Capital Social 60.000 Total do Ativo 100.000 Total do Passivo 100.000 Obs.: O estoque de 01/01/2005 era composto por 30.000 unidades da mercadoria “A” Elaborar os balanços sucessivos para cada transação da Cia. JSC durante o mês de janeiro/2005: a) A Cia. JSC recebeu de seus clientes todo o saldo das Duplicatas a Receber do início do ano em dinheiro (R$ 50.000,00): 35
  • 36. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo b) A Cia. JSC pagou em dinheiro metade da dívida com Fornecedores que devia desde o início do ano (R$ 7.500,00 = R$ 15.000,00 ÷ 2): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo c) A Cia. JSC pagou as Contas a Pagar que devia desde o início do ano em dinhei- ro (R$ 5.000,00): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 36
  • 37. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  d) Os sócios da Cia. JSC aumentaram o Capital Social da empresa, integralizando- o imediatamente em dinheiro, no valor de R$ 26.000,00: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo e) A Cia. JSC comprou a prazo 12.000 unidades da mercadoria “A”, por $ 1,00 a unidade (desconsidere os impostos): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo f) A Cia. JSC vendeu 24.000 unidades da mercadoria “A”, por $ 3,00 a unidade (desconsidere os impostos). A venda foi negociada a prazo: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 37
  • 38. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  DESPESAS RECEITAS Total das Despesas Total das Receitas ATIVO + DESPESAS PASSIVO + RECEITAS g) A Cia. JSC recebeu de seus clientes dois terços (2/3) das Duplicatas a Receber referentes às vendas deste ano, em dinheiro. O restante das duplicatas vencerá, ainda, em 2005 (no segundo semestre): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo DESPESAS RECEITAS Total das Despesas Total das Receitas ATIVO + DESPESAS PASSIVO + RECEITAS h) A Cia. JSC comprou móveis para o escritório administrativo, à vista, por R$ 30.000,00: 38
  • 39. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo DESPESAS RECEITAS Total das Despesas Total das Receitas ATIVO + DESPESAS PASSIVO + RECEITAS i) A Cia. JSC pagou despesas administrativas referentes ao mês de janeiro, em di- nheiro, no valor de R$ 5.000,00 (sendo R$ 3.000,00 referentes a serviços con- tratados de terceiros, mais R$ 2.000,00 de salários dos empregados do setor administrativo) e despesas comerciais de R$ 7.000,00 (sendo, integralmente, sa- lários dos empregados do setor comercial): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 39
  • 40. Capítulo 6 – Contabilidade por Balanços Sucessivos II  Prof. Moreira  DESPESAS RECEITAS Total das Despesas Total das Receitas ATIVO + DESPESAS PASSIVO + RECEITAS j) A Cia. JSC amortizou toda a dívida bancária referente ao Empréstimo Obtido no ano anterior (R$ 20.000,00): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo DESPESAS RECEITAS Total das Despesas Total das Receitas ATIVO + DESPESAS PASSIVO + RECEITAS 40
  • 41. Capítulo 7 – Demonstrações Contábeis  Prof. Moreira  CAPÍTULO 7 DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 1) O que são demonstrações contábeis? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Para que servem as Notas Explicativas? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) Relacione cada descrição a seguir com a respectiva demonstração ou complemen- tação às Demonstrações Contábeis: a) Informa a composição do lucro, a riqueza gerada pela empresa pertencente aos acionistas. b) Informa a composição do valor adicionado, a riqueza gerada pela empresa per- tencente a toda a sociedade. c) Informa todos os bens, direitos e obrigações da empresa. d) Divulga as Práticas Contábeis adotadas pela empresa. e) Informa a natureza das alterações nas contas do Patrimônio Líquido. f) Informa a composição do Caixa. g) Demonstra as informações não financeiras da empresa, tais como: indicadores de produtividade, política de recursos humanos, desenvolvimento tecnológico etc. (__) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (__) Notas Explicativas (__) Demonstração dos Fluxos de Caixa 41
  • 42. Capítulo 7 – Demonstrações Contábeis  Prof. Moreira  (__) Demonstração do Valor Adicionado (__) Demonstração do Resultado do Exercício (__) Balanço Patrimonial (__) Relatório da Administração 4) A Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA) pode ser substituída pela: a) Demonstração das Mutações do Resultado Líquido. b) Demonstração das Mutações do Ativo Líquido. c) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido. d) Demonstração do Resultado do Exercício. e) Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos. 5) As demonstrações contábeis obrigatórias para as companhias abertas são: a) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados e Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos. b) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados, Demonstração das Mutações do Patrimô- nio Líquido e Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos. c) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados, Demonstração dos Fluxos de Caixa e Demonstração do Valor Adicionado. d) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstração dos Fluxos de Caixa e De- monstração do Valor Adicionado. e) N.d.a. 6) O parecer do auditor externo: a) Manifesta sua opinião com total dependência à empresa. b) Manifesta sua opinião com total independência à empresa. c) Difere do auditor interno, embora ambos trabalhem na mesma empresa. d) Difere do auditor interno, pois este tem mais vínculo do que o externo. e) N.d.a. 42
  • 43. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  CAPÍTULO 8 BALANÇO PATRIMONIAL 1) Quais são as regras básicas que orientam a distribuição de contas no Balanço Pa- trimonial? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) O que significa o termo liquidez? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) O que você entende por Ciclo Operacional? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 4) O grupo de contas do Ativo que se divide em Investimentos, Imobilizado, Intangível e Diferido é conhecido por: a) Ativo Circulante b) Ativo Realizável a Longo Prazo c) Ativo Exigível a Longo Prazo d) Ativo Permanente e) N.d.a. 5) O Permanente é ativo que: 43
  • 44. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  a) Será pago no ano seguinte b) Será transformado em dinheiro no ano subseqüente c) São classificados, por exemplo, os empréstimos a acionistas d) Tem como características itens que serão usados por muitos anos e) N.d.a. 6) A empresa MF concedeu empréstimo a seus diretores em 01/05/05 para pagamento em 60 dias. Qual a classificação correta? a) Ativo Circulante b) Ativo Exigível a Longo Prazo c) Ativo Permanente d) Passivo Circulante e) N.d.a 7) Uma duplicata emitida pela empresa em Dezembro/2000 com vencimento para Ja- neiro/2001 constou do Balanço Patrimonial levantado em 31.12.2000, no Ativo: a) Ativo Circulante b) Ativo Realizável a Longo Prazo c) Ativo Exigível a Longo Prazo d) Ativo Permanente e) N.d.a. 8) Um empréstimo obtido pela empresa para ser quitado em 2 anos será classificado como: a) Passivo Realizável a Longo Prazo b) Passivo Circulante c) Passivo Exigível a Longo Prazo d) Patrimônio Líquido e) N.d.a. 9) Curto Prazo significa: a) Período até um ano b) Período até um ano ou ciclo operacional, valendo o maior 44
  • 45. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  c) Período de seis meses d) Período até um ano ou ciclo operacional, valendo o menor e) N.d.a. 10) A Cia. Perdida apresentou o seguinte balanço em 31/12/2004: ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Obras de Arte 10.000 Duplicatas a Receber 85.000 Máquinas e Equipamentos 40.000 Lucros Acumulados 55.000 Imóveis (em uso) 100.000 Contas a Pagar 15.000 Realizável a Longo Prazo Exigível a Longo Prazo Fornecedores 100.000 Capital 200.000 Gastos pré-operacionais 50.000 Impostos a Recolher 10.000 Móveis e Utensílios 30.000 Permanente Patrimônio Líquido Caixa 70.000 Salários a Pagar 40.000 Veículos 80.000 Empréstimos a Pagar (1,5 ano) 45.000 Total do Ativo 480.000 Total do Passivo 450.000 Pede-se: apresentar o Balanço Patrimonial de forma correta em 31/12/2004: ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 45
  • 46. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  11) Estruturar o Balanço Patrimonial da Cia. Brasileira em 31/12/2004: Contas Valor Caixa R$ 400.000 Fornecedores Nacionais R$ 160.000 Financiamentos Bancários R$ 2.000.000 Mercadorias para Revenda R$ 1.000.000 Móveis e Utensílios R$ 3.000.000 Outras Participações Societárias R$ 4.000.000 Capital Social R$ 10.000.000 Lucros Acumulados R$ 5.700.000 Duplicatas a Receber R$ 600.000 ICMS a Recolher R$ 160.000 Duplicatas a Receber (Longo Prazo) R$ 5.120.000 Gastos Pré-operacionais R$ 3.000.000 Marcas e Patentes R$ 2.000.000 Contas a Pagar R$ 100.000 Títulos a Pagar (Longo Prazo) R$ 1.000.000 Balanço Patrimonial em 31/12/2004 (em R$ mil) ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Realizável a Longo Prazo Exigível a Longo Prazo Permanente Patrimônio Líquido Investimentos Imobilizado Intangível Diferido Total do Ativo Total do Passivo 46
  • 47. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  12) Estruturar o Balanço Patrimonial da Cia. Preguiça em 31/12/2005: Contas Valor Caixa R$ 1.000.000 Fornecedores Nacionais R$ 1.000.000 Mercadorias para Revenda R$ 500.000 Máquinas, Equipamentos e Ferramentas R$ 800.000 Capital Subscrito R$ 500.000 Lucros Acumulados R$ 1.000.000 Duplicatas a Receber R$ 900.000 Salários e Ordenados a Pagar R$ 900.000 Móveis e Utensílios R$ 1.000.000 Contas a Pagar R$ 800.000 Balanço Patrimonial em 31/12/2005 (em R$ mil) ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Realizável a Longo Prazo Exigível a Longo Prazo Permanente Investimentos Patrimônio Líquido Imobilizado Intangível Diferido Total do Ativo Total do Passivo 47
  • 48. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  13) A Cia. Fantasia (fabricante de patins) recém-constituída, apresenta os seguintes dados referentes a sua fase pré-operacional: • Os acionistas contribuem com uma quantia inicial (Capital) de R$ 280.000,00, que serão aplicados da seguinte maneira: Contas Valor Bancos conta Movimento R$ 100.000.000 Caixa R$ 10.000.000 Máquinas e Equipamentos R$ 70.000.000 Gastos Pré-Operacionais Propaganda Institucional R$ 50.000.000 Treinamento de Pessoal R$ 20.000.000 Abertura de Firmas e Outros R$ 30.000.000 • A empresa adquire um Financiamento a Longo Prazo do Banco de Desenvolvi- mento do Estado de São Paulo S.A., no valor de R$ 200.000.000,00, para provi- denciar as instalações necessárias e adquirir móveis e utensílios. Houve uma sobra de R$ 20.000.000,00 que a empresa aplica em ações da Cia. Boa Sorte, que será sua coligada: Contas Valor Instalações R$ 170.000.000 Ações R$ 20.000.000 Móveis e Utensílios R$ 10.000.000 • A empresa adquire matéria-prima, a prazo, no valor de R$ 260.000.000,00, para iniciar a produção de patins. Com isso: Contas Valor Estoques R$ 260.000.000 A Cia. Fantasia está pronta para iniciar sua atividade. Mas antes disso, vamos estruturar seu Balanço Patrimonial: 48
  • 49. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  Balanço Patrimonial (em R$ mil) ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Realizável a Longo Prazo Exigível a Longo Prazo Permanente Investimentos Patrimônio Líquido Imobilizado Intangível Diferido Total do Ativo Total do Passivo 14) O Ativo da Cia. Gestante apresentava as seguintes contas em 31/12/2003: Contas Valor Contas Valor Caixa R$ 100.000 Imóveis a Venda R$ 1.000.000 Estoque de Produtos Acabados R$ 200.000 Imóveis (em uso) R$ 1.500.000 Duplicatas a Receber (10 meses) R$ 1.000.000 Participações em Outras Cias. R$ 900.000 Estoque de Matérias-Primas R$ 5.000.000 Títulos a Receber (10 meses) R$ 550.000 Estoque de Prod. em Elaboração R$ 40.000 Aplicações em RF (11 meses) R$ 600.000 Marcas e Patentes R$ 4.000.000 Títulos a Receber (1,5 ano) R$ 228.000 Aplicações em Prazo Fixo (2 anos) R$ 600.000 Imóveis Alugados para Terceiros R$ 468.000 Gastos Pré-Operacionais R$ 321.000 Terrenos em Valorização R$ 1.800.000 Obras de Arte R$ 500.000 Ações (serão vendidas oportunamente) R$ 400.000 Instalações R$ 200.000 Máquinas e Equipamentos R$ 600.000 Veículos R$ 230.000 Bancos conta Movimento R$ 250.000 Contas a Receber (3 anos) R$ 260.000 Móveis e Utensílios R$ 200.000 49
  • 50. Capítulo 8 – Balanço Patrimonial  Prof. Moreira  Classifique as contas anteriores dentro dos seus respectivos grupos de contas, saben- do-se que o Ciclo Operacional da empresa é de seis meses: ATIVO Circulante Realizável a Longo Prazo Permanente Investimentos Imobilizado Intangível Diferido Total do Ativo 50
  • 51. Capítulo 9 – Demonstração do Resultado do Exercício  Prof. Moreira  CAPÍTULO 9 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO 1) Explique a diferença entre Custo e Despesa: ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Qual será o valor da Receita Bruta de Venda de acordo com a Nota Fiscal abaixo? DADOS DO PRODUTO Cód. Cl. Situação Valor Alíquotas Valor Descrição dos Produtos Un. Quant. Valor Total Produto Fisc. Tributária Unitário ICMS IPI IPI Computador Pentium IV 000 un. 5 2.500,00 12.500,00 18% 10% 1.250,00 CÁLCULO DO IMPOSTO Base de Cálculo ICMS Valor do ICMS Base Cálculo ICMS Sub. Valor do ICMS Sub. Valor Total dos Produtos 12.500,00 2.250,00 12.500,00 Valor do Frete Valor do Seguro Outras Desp. Acessórias Valor Total do IPI Valor Total da Nota 1.250,00 13.750,00 ___________________________________________________________________ 3) Estruture a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) da empresa Zafira Lt- da., com os dados a seguir: 51
  • 52. Capítulo 9 – Demonstração do Resultado do Exercício  Prof. Moreira  a) Operações de Vendas: DADOS DO PRODUTO Cód. Cl. Situação Valor Alíquotas Valor Descrição dos Produtos Un. Quant. Valor Total Produto Fisc. Tributária Unitário ICMS IPI IPI Chapas de Plástico 000 un. 100 100,00 10.000,00 18% 15% 1.500,00 CÁLCULO DO IMPOSTO Base de Cálculo ICMS Valor do ICMS Base Cálculo ICMS Sub. Valor do ICMS Sub. Valor Total dos Produtos 10.000,00 1.800,00 10.000,00 Valor do Frete Valor do Seguro Outras Desp. Acessórias Valor Total do IPI Valor Total da Nota 1.500,00 11.500,00 b) Custo dos Produtos Vendidos: CPV Valor Matéria-prima R$ 1.450,00 Mão-de-Obra R$ 1.950,00 Outros Custos de Fabricação R$ 600,00 c) Gastos de Escritório, referentes à administração da empresa: Despesas Valor Propaganda, Comissões de Vendedores e Fretes R$ 1.000,00 Honorários dos Diretores, Aluguel do Escritório R$ 400,00 Juros incorridos e outras Despesas Financeiras R$ 600,00 Rendimentos de Aplicações Financeiras R$ 300,00 d) Com base no lucro apurado, a empresa calculou a Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social. e) Os Administradores tiveram participação no lucro à base de 10% sobre o Lucro antes das Participações. 52
  • 53. Capítulo 9 – Demonstração do Resultado do Exercício  Prof. Moreira  4) Montar as Demonstrações de Resultado a partir dos dados abaixo Contas Valor Provisão para Imposto de Renda R$ 1.500.000,00 Despesas Financeiras R$ 2.500.000,00 Custo do Produto Vendido R$ 3.000.000,00 Despesas não Operacionais R$ 500.000,00 Receita Bruta R$ 28.000.000,00 Participações R$ 3.000.000,00 Despesas de Vendas R$ 2.000.000,00 Receitas Financeiras R$ 500.000,00 Deduções R$ 1.000.000,00 Despesas Administrativas R$ 3.000.000,00 Receitas não Operacionais R$ 2.000.000,00 Contas Valor Lucro antes do Imposto de Renda R$ 5.590.000,00 Despesas Administrativas R$ 9.120.000,00 Custos das Vendas R$ 22.800.000,00 Lucro Bruto R$ 27.770.000,00 Lucro Operacional R$ 5.900.000,00 Despesas não Operacionais R$ 1.360.000,00 Receitas não Operacionais R$ 1.050.000,00 Despesas de Vendas R$ 12.750.000,00 Lucro Líquido R$ 2.840.000,00 Receita Bruta de Vendas - Participações R$ 1.000.000,00 Provisão para Imposto de Renda R$ 1.750.000,00 Lucro antes das Participações R$ 3.840.000,00 5) A Companhia Maluca vendeu R$ 50.000,00 de mercadorias de má qualidade, na seguinte proporção: Cliente Valor A R$ 25.000,00 B R$ 10.000,00 C R$ 15.000,00 53
  • 54. Capítulo 9 – Demonstração do Resultado do Exercício  Prof. Moreira  O cliente A devolveu 25% do lote, o cliente B devolveu 100% do lote e o cliente C acei- tou a proposta da Companhia Maluca de 15% de abatimento para evitar devolução. Calcule e demonstre a Receita Líquida. 6) Apurar a Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social para os Lucros a- baixo: a) R$ 240.000,00 b) R$ 500.000,00 c) R$ 1.200.000,00 d) R$ 50.000,00 7) A Receita Líquida é apurada da seguinte forma: a) Receita ( − ) Despesa b) Lucro Operacional ( − ) Custo do Produto Vendido c) Lucro Bruto ( − ) Despesas Operacionais d) Receita Bruta ( − ) Deduções e) N.d.a. 8) CPV – Custo dos Produtos Vendidos é utilizada para empresas: a) Financeiras b) Comerciais c) Serviços d) Industriais e) Públicas 9) O Custo das Vendas é: a) O valor de venda do produto, mercadoria ou serviço b) Confrontado com o lucro bruto para a obtenção do lucro operacional c) O valor de custo do produto, mercadoria ou serviço d) Quando da compra da mercadoria baixa-se do estoque como custo e) N.d.a. 54
  • 55. Capítulo 9 – Demonstração do Resultado do Exercício  Prof. Moreira  10) A Demonstração do Resultado do Exercício é um tipo de relatório contábil que for- nece: a) As receitas menos os recebimentos em determinado período b) As despesas mais as receitas ocorridas no período c) Apenas as despesas ocorridas no período d) Somente as despesas ocorridas no período e) N.d.a. 11) A Receita Bruta corresponde: a) Ao total das receitas excluídos os impostos s/ vendas e as devoluções; b) Ao total líquido vendido no período; c) Ao total vendido e recebido no período; d) Ao total bruto vendido no período. e) N.d.a. 12) As deduções correspondem: a) Às Despesas realizadas para obtenção das receitas; b) Apenas às vendas canceladas no período; c) Aos ajustes, tais como: impostos sobre vendas, devoluções e abatimentos ocor- ridos no período; d) Aos ajustes realizados sobre a Receita a fim de se apurar a Receita Bruta; e) N.d.a. 13) Com relação às despesas operacionais: a) São necessárias apenas para vender os produtos e seus principais grupos são: despesas de vendas, administrativas e financeiras; b) São ajustes para obter receita; c) Os principais grupos são: custo do produto vendido e despesas administrativas; d) Estão relacionadas indiretamente com o objetivo do negócio; e) N.d.a. 55
  • 56. Capítulo 10 – Atos e Fatos Administrativos  Prof. Moreira  CAPÍTULO 10 ATOS E FATOS ADMINISTRATIVOS 1) Explique a diferença entre fato permutativo e modificativo e cite exemplos: ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) (Marinha) Qual a distinção entre Ato Administrativo e Fato Administrativo: a) O primeiro constitui-se em prática administrativa que não modifica materialmente o patrimônio, enquanto que os fatos provocam alteração patrimonial. b) Não há em verdade diferença. c) O primeiro altera qualitativamente o patrimônio, enquanto que o segundo não provoca alteração alguma. d) O primeiro, quando ocorre, altera de imediato o patrimônio da empresa, enquan- to que o segundo somente provoca alteração no exercício seguinte. e) O primeiro altera o patrimônio e o segundo não. 3) A compra de Equipamentos de Informática para uso da empresa, à prazo, é um e- xemplo de fato: a) Permutativo b) Modificativo c) Permutativo aumentativo d) Permutativo diminutivo e) Misto 56
  • 57. Capítulo 10 – Atos e Fatos Administrativos  Prof. Moreira  4) (Marinha) A empresa efetua o pagamento de despesas de aluguel do imóvel em que ocupa. Esse é um fato contábil: a) Permutativo diminutivo b) Misto c) Modificativo aumentativo d) Permutativo aumentativo e) Modificativo aumentativo 5) (Fiscal do ISS – SP/Fundação Carlos Chagas) O pagamento de uma dívida com ju- ros de mora representa um fato contábil: a) Permutativo b) Modificativo aumentativo c) Misto diminutivo d) Misto aumentativo e) Modificativo aumentativo 6) Venda de mercadorias é fato contábil: a) Modificativo aumentativo b) Misto aumentativo c) Permutativo d) Misto e) Misto ou permutativo, dependendo do caso 57
  • 58. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  CAPÍTULO 11 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE 1) Analisar se os seguintes procedimentos contábeis estão corretos ou errados, esco- lhendo o melhor Postulado, Princípio ou Convenção e justificando sua resposta. a) O proprietário de uma empresa, que está com uma boa situação financeira, deci- de que as despesas de sua casa e seus empréstimos pessoais serão pagos pela empresa. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ a) Uma empresa será inaugurada em Julho. No primeiro semestre são incorridos uma série de gastos preliminares para preparação da estrutura e são adquiridos um edifício e equipamentos, todos avaliados pelo custo histórico. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ b) Uma empresa adquire um veículo por R$ 10.000. Incorre também nos seguintes gastos: frete = R$ 500; seguro de transporte = R$ 200; seguro do veículo por um ano = R$ 2.000; gasolina = R$ 100. O veículo é registrado no ativo imobilizado por R$ 12.800. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ c) As comissões dos vendedores somente são pagas quando as vendas são rece- bidas. As despesas de Comissões somente são registradas quando do seu pa- gamento. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ 58
  • 59. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  d) A empresa possui contas bancárias em diversos países e no balanço apresenta os saldos na moeda de cada país. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ e) Uma empresa realiza diversas despesas e não possui nenhuma documentação comprobatória. Ao declarar o Imposto de Renda, a empresa necessita obter a dedutibilidade dessas despesas. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ f) A empresa adota a avaliação do estoque de acordo com o método PEPS no 1° semestre e Custo Médio no 2° semestre. _________________________________________________________________ _________________________________________________________________ 2) Pelo princípio da Competência (Realização da Receita e Confrontação da Despesa com a Receita e com o Período Contábil): a) O valor recebido em Novembro correspondente a uma venda que se concretizará em Dezembro deverá ser reconhecido como Receita no mês de ______________ b) A contribuição ao PIS relativa ao mês de Dezembro/2002 foi paga em Janei- ro/2003 e lançada como despesa do mês de _______________ c) Os salários dos funcionários do mês de Abril, pagos no 5.º dia útil do mês de Maio, são reconhecidos como despesas do mês de ____________ 3) No caso de a empresa efetuar vendas para fora do país, por exemplo, para a Fran- ça, qual moeda será utilizada para registrar esta operação? Qual Princípio embasa sua resposta? 59
  • 60. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 4) O proprietário de uma companhia apresentou a conta de energia elétrica consumida em sua residência para a contabilidade da empresa a fim de que fosse registrada como despesa. O Contabilista discordou do pedido do proprietário, alegando que es- ta operação inobserva o Princípio Contábil (Postulado, Princípio ou Convenção) da: a) Prudência b) Oportunidade c) Materialidade d) Entidade e) N.d.a. 5) Determinada empresa costuma contabilizar as férias de seus funcionários somente no período de seu efetivo pagamento, com base na seguinte justificativa: “em reali- dade, só há o surgimento da obrigação, a partir do mês do efetivo usufruto das férias por parte do funcionário”. Esta afirmação: a) Está correta, pois observa a Convenção do Conservadorismo. b) Está correta, pois observa a Convenção da Prudência. c) Está incorreta, pois inobserva, dentre outros, o Princípio da Competência (Princí- pio da Confrontação da Despesa com a Receita e o Período Contábil), no que diz respeito à inclusão na apuração do resultado do período da ocorrência. d) Está correta, pois observa, dentre outros, a Convenção da Objetividade. e) Está incorreta, pois inobserva a Convenção da Materialidade, que determina, sempre que surge um passivo, a adoção do maior valor para o registro. 6) A empresa deve apresentar sua declaração de Imposto de Renda distinta da de seus sócios, que apresentam cada um, sua própria declaração. Essa regra é defini- da por: a) Convenção do Conservadorismo ou Prudência b) Princípio da Competência 60
  • 61. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  c) Postulado da Entidade d) Convenção da Objetividade e) Postulado da Continuidade 7) As receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem, sempre simultaneamente quando se correlacionarem, indepen- dentemente de recebimento ou pagamento. Esta afirmação diz respeito ao Princípio da: a) Competência b) Continuidade c) Oportunidade d) Prudência e) Conservadorismo 8) Ao classificar uma Máquina pelo valor de aquisição, seguimos o Princípio: a) Conservadorismo b) Competência c) Materialidade d) Custo Histórico e) Denominador comum Monetário 9) Fazer a contabilização com a corroboração de documentação é uma regra ditada pela convenção: a) Materialidade b) Conservadorismo c) Consistência d) Objetividade e) Prudência 10) Adotar o menor valor para os componentes do Ativo e o maior valor para os com- ponentes do Passivo, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas, é procedimento indicado por: 61
  • 62. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  a) Convenção do Conservadorismo b) Postulado da Entidade c) Convenção da Consistência d) Princípio da Competência e) Princípio do Denominador Comum Monetário 11) “A avaliação dos componentes patrimoniais deve ser feita com base nos valores de entrada”. Essa regra decorre da aplicação do princípio: a) Prudência ou Conservadorismo b) Custo Histórico como base de valor c) Denominador comum monetário d) Entidade e) Continuidade 12) O ato de retirar um bem da empresa sem a correspondente baixa nos registros contábeis, para ser usado como patrimônio do sócio, descumpre o Princípio da: a) Competência b) Continuidade c) Entidade d) Materialidade e) Objetividade 13) Um analista contábil está tendo dificuldades para comparar os Balanços Patrimoni- ais dos exercícios de 2001, 2002, 2003 e 2004, devido as constantes mudanças no plano de contas contábil. Este fato indica que não está sendo observado a conven- ção: a) Materialidade b) Conservadorismo c) Prudência d) Consistência e) Continuidade 62
  • 63. Capítulo 11 – Princípios Fundamentais de Contabilidade  Prof. Moreira  14) Uma empresa comprou à vista um veículo por R$ 20.000,00, nessa data, avaliado a preço de mercado por R$ 28.000,00. A empresa terá que contabilizar o referido ve- ículo pelo valor de R$ 20.000,00 de acordo com o Princípio: a) Competência b) Entidade c) Oportunidade d) Custo Histórico e) Consistência 15) A avaliação dos componentes patrimoniais deve ser feita com base nos valores de entrada, considerando-se como tais os resultados do consenso com os agentes ex- ternos ou da imposição destes. Essa afirmativa refere-se ao: a) Continuidade b) Objetividade c) Custo Histórico d) Competência e) Entidade 16) O texto abaixo corresponde à Convenção do (a)? “O procedimento contábil adotado não deverá ser alterado com freqüência, para não prejudicar a comparação de valores históricos dos dados contábeis.” a) Consistência b) Materialidade c) Conservadorismo d) Objetividade e) Entidade 63
  • 64. Capítulo 12 – Plano de Contas  Prof. Moreira  CAPÍTULO 12 PLANO DE CONTAS 1) O que é um Plano de Contas? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) (Técnico de Finanças e Controle/ESAF) Despesas Pré-operacionais e Prêmios de Seguros a Vencer são contas: a) Do Ativo b) Do Passivo c) De Resultado d) Do Patrimônio Líquido e) Retificadoras 3) Assinale a alternativa que contenha exclusivamente contas de resultado: a) Duplicatas a Receber, Prêmios de Seguros a Vencer, Receita de Vendas de Mercadorias. b) Receita de Vendas de Mercadorias, Juros de Aplicações Financeiras, Custo das Mercadorias Vendidas. c) Juros Obtidos, Seguros a Pagar, INSS a Recolher. d) Custo das Mercadorias Vendidas, Descontos Concedidos, Fornecedores. e) Pró-labore a Pagar, Juros de Aplicações Financeiras, Lucros na Alienação de Imóveis. 64
  • 65. Capítulo 12 – Plano de Contas  Prof. Moreira  4) (TRT/ESAF) Representa uma obrigação a conta: a) Prêmios de Seguros b) Seguros a Pagar c) Seguros a Vencer d) Seguros Contratados e) Seguros Pagos Antecipadamente 5) (TRT/ESAF) 1. Adiantamentos de Clientes 2. Bancos 3. Caixa 4. Duplicatas a Pagar 5. Edifícios de Uso 6. Fornecedores 7. Máquinas Fabris 8. Mercadorias 9. Notas Promissórias a Pagar 10. Receitas de Vendas 11. Salários a Pagar 12. Terrenos Levando-se em conta os dados acima, assinale a opção que indica, pelos números de ordem, exclusivamente contas que se classificam no ativo: a) 1, 4, 7, 10 b) 2, 5, 8, 12 c) 3, 6, 9, 12 d) 4, 7, 10, 12 e) 5, 8, 11, 12 65
  • 66. Capítulo 13 – Débito e Crédito  Prof. Moreira  CAPÍTULO 13 DÉBITO E CRÉDITO 1) Explique o significado do Método das Partidas Dobradas: ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Represente através de Razonetes, as operações da empresa Supermercado Bara- teiro Ltda., e monte o Balanço Patrimonial ao final da apuração dos saldos devedo- res e credores: a) Investimento inicial, em dinheiro, no valor de R$ 300.000,00. b) Depósito em conta bancária, no valor de R$ 300.000,00, do dinheiro recebido dos sócios. c) Compra de Móveis, a prazo, no valor de R$ 100.000,00. d) Aquisição de Mercadorias para Revenda, no valor de R$ 50.000,00, pago atra- vés de cheque. e) Compra de Máquinas e Equipamentos, a prazo, no valor de R$ 80.000,00. f) Empréstimo obtido junto ao Banco Safra S/A, mediante emissão de Nota Pro- missória, no valor de R$ 80.000,00 (o dinheiro foi creditado em conta bancária); g) Saque, no valor de R$ 30.000,00 para reforço do caixa. h) Aumento de capital, no valor de R$ 100.000,00, em dinheiro. i) Depósito em conta bancária, no valor de R$ 50.000,00, do dinheiro recebido dos sócios. j) Aquisição de Mercadorias para Revenda, no valor de R$ 60.000,00, pago em di- nheiro. k) Pagamento a fornecedor de Mercadorias para Revenda, no valor de R$ 50.000,00, através de cheque. 66
  • 67. Capítulo 14 – Balancete de Verificação  Prof. Moreira  CAPÍTULO 14 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO 1) Qual a importância de um balancete? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Quais os tipos de erros não detectáveis através dos balancetes? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) Represente através de Razonetes, as operações da empresa XPTO Ltda. no mês de outubro/1998, elabore o Balancete de Verificação e em seguida o Balanço Pa- trimonial: a) 01/10/98: Iniciou as suas atividades com um Capital de R$ 100.000, totalmente depositado em conta bancária aberta pela empresa no Banco do Brasil S/A. b) 05/10/98: Comprou Estoque de Mercadorias a prazo por R$ 150.000. c) 10/10/98: Fez um Empréstimo Bancário no valor de R$ 200.000, totalmente de- positado em conta bancária, que será liquidado em janeiro/1999. d) 15/10/98: Comprou Máquinas para a fábrica, à vista, utilizando cheque bancário no valor de R$ 75.000. e) 20/10/98: Pagou R$ 25.000 através de cheque bancário, referente à transação do dia 05/10/98. f) 25/10/98: Transferência da conta Banco Conta Movimento para o Caixa de R$ 10.000. g) 30/10/98: Compra de um caminhão usado para transporte de mercadorias, à vis- ta, conforme cheque bancário no valor de R$ 30.000. 67
  • 68. Capítulo 14 – Balancete de Verificação  Prof. Moreira  h) 31/10/98: Comprou Estoque de Mercadorias, por R$ 50.000, sendo que, 10% fo- ram pagos à vista através do caixa da empresa e o restante será liquidado no próximo mês. 68
  • 69. Capítulo 15 – Apuração do Resultado  Prof. Moreira  CAPÍTULO 15 APURAÇÃO DO RESULTADO 1) Abaixo é apresentado o Balancete da Cia. Matagal: Balancete de Verificação 31-12-2002 Saldos Contas Devedores Credores Bancos conta Movimento 965.400,00 Duplicatas a Receber 280.000,00 Terrenos 900.000,00 Contas a Pagar 100.000,00 Capital Subscrito 1.000.000,00 Lucros Acumulados 500.000,00 Custos do Serviço Prestado 427.300,00 Despesas Diversas 427.300,00 Receita 1.400.000,00 Total 3.000.000,00 3.000.000,00 Efetue os lançamentos de encerramento de resultado, em forma de Razonete, e em seguida, apure a DRE e o Balanço Patrimonial: I – Contas de Resultados: Custo do Serviço Despesas Prestado Diversas Receita 69
  • 70. Capítulo 15 – Apuração do Resultado  Prof. Moreira  II – Encerramento das Contas de Resultado: ARE Lucros Acumulados III – DRE 31-12-2002 (em R$ mil): Receita Bruta (−) Impostos sobre Vendas (−) Devoluções (−) Abatimentos e Descontos Incondicionais Receita Líquida (−) Custo das Vendas Lucro Bruto (−) Despesas Comerciais (−) Despesas Administrativas (±) Despesa Financeira Líquida Resultado Operacional (−) Despesas não Operacionais (+) Receitas não Operacionais Resultado Antes do IR e CS (−) Provisão para IR (−) Provisão para Contribuição Social Resultado Antes das Participações (−) Participações Prejuízo Líquido 70
  • 71. Capítulo 15 – Apuração do Resultado  Prof. Moreira  IV – Balanço Patrimonial 31-12-2002 (em R$ mil): ATIVO PASSIVO Total do Ativo Total do Passivo 2) A Cia. Desajeitada apresentada um prejuízo de R$ 2.540.000,00 em 2001. Contabi- lize esse resultado e indique o grupo de contas que será classificado: ARE Prejuízos Acumulados 3) Efetuar os lançamentos em forma de Razonete, elaborar o Balancete de Verifica- ção, a DRE e o Balanço Patrimonial: a) Em 02/11/01 a empresa Mac Bond Ltda. constitui-se com Capital no valor de R$ 25.000,00, realizado em dinheiro; b) Em 02/11/01 a empresa depositou no banco o valor de R$ 20.000,00, ficando com uma reserva em caixa de R$ 5.000,00; c) Em 03/11/01 a empresa adquiriu, a prazo, 1000 Kg de mercadorias para reven- da no valor total de R$ 4.000,00 (não considerar impostos); d) Em 04/11/01 a empresa comprou 500 Kg de mercadorias para revenda no valor de R$ 2.000,00, pago através de emissão de cheque (não considerar impostos); 71
  • 72. Capítulo 15 – Apuração do Resultado  Prof. Moreira  e) Em 09/11/01 comprou uma máquina no valor de R$ 2.500,00, pago através de cheque; f) Em 10/11/01 pagou aluguel no valor de R$ 2.000,00, por meio de emissão de cheque; g) Em 15/11/01 pagou através de emissão de cheque, R$ 4.000,00 ao primeiro for- necedor; h) Em 16/11/01 vendeu 800 kg de mercadorias em estoque ao preço de R$ 5.600,00 (Obs.: O CMV – Custo das Mercadorias Vendidas é de R$ 3.200,00), recebendo R$ 2.500,00 em dinheiro e o restante a prazo (não considerar impos- tos); i) Em 19/11/01 fez um saque no valor de R$ 1.500,00, para reforçar o caixa; j) Em 20/11/01 pagou através de transferência bancária, Comissões aos vendedo- res no valor de R$ 550,00, referentes a venda realizada; k) Em 30/11/01 pagou salários do pessoal do escritório no valor de R$ 3.500,00, a- través de transferência bancária; l) Em 30/11/01 pagou honorários do Contador no valor de R$ 250,00, com dinheiro do Caixa. 4) Efetuar os lançamentos em forma de Razonete, elaborar o Balancete de Verifica- ção, a DRE e o Balanço Patrimonial: a) Em 02/03/02, a empresa Sabe Nada Ltda. é constituída com Capital no valor de R$ 30.000,00, realizado em dinheiro; b) Em 02/03/02, foi depositado em conta corrente, o valor de R$ 25.000,00; c) Em 03/03/02, foi emprestado do banco a quantia de R$ 10.000,00, sendo o di- nheiro creditado em conta corrente da empresa; d) Em 05/03/02, comprou móveis no valor de R$ 8.000,00, com pagamento efetua- do através de cheque; e) Em 10/03/02, comprou 100 unidades da mercadoria X, no valor unitário de R$ 350,00, através de emissão de cheque (não considerar impostos); f) Em 15/03/02, vendeu a prazo, 50 unidades da mercadoria X, ao preço unitário de R$ 500,00 (não considerar impostos); g) Em 31/03/02, apropriou as despesas de salário administrativo do mês, a ser pa- go no dia 5 do mês seguinte, no valor de R$ 4.500,00; 72
  • 73. Capítulo 15 – Apuração do Resultado  Prof. Moreira  h) Em 31/03/02, apropriou a comissão dos vendedores no valor de R$ 500,00, a ser pago no dia 5 do mês seguinte; i) Em 03/04/02, pagou a primeira parcela do financiamento no valor de R$ 2.100,00 (desse valor R$ 2.000,00 é relativo a amortização do empréstimo e R$ 100,00 relativo a despesas de juros); j) Em 05/04/02, pagou o salário no valor de R$ 4.500,00, através de transferência bancária; k) Em 05/040/02, pagou a comissão dos vendedores no valor de R$ 500,00, por meio de transferência bancária; l) Em 15/04/02, recebeu um cheque na importância de R$ 25.000,00, relativo ao pagamento efetuado pelo cliente. 73
  • 74. Capítulo 16 – Escrituração Contábil  Prof. Moreira  CAPÍTULO 16 ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL 1) Escriturar todos os fatos contábeis a seguir nos livros Diário e Razão, utilizando o Plano de Contas. Após efetuada a escrituração, elaborar o Balancete de Verificação e apurar o resultado do exercício. E, a seguir, elaborar a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) e o Balanço Patrimonial. Dados para Escrituração: Empresa: Computer Ltda. Ramo de Negócio: Comércio de Equipamentos de Informática Inscrição no CNPJ: 44.602.720/0001-00 Abertura dos livros: 01/02/2005 Em 01/02/2005: a) É iniciada as atividades com o Capital de R$ 100.000,00, integralizados da se- guinte forma: R$ 50.000,00, em dinheiro e R$ 50.000,00, em veículos, com 5 anos de vida útil; b) Depósito de R$ 40.000,00 em conta bancária, conforme recibo de depósito; c) Pagamento, em dinheiro, de diversas despesas referentes à legalização de li- vros, documentos para abertura de firmas etc., conforme notas e recibos, no va- lor de R$ 500,00; Em 05/02/2005: d) Compra, a prazo, de Moreira Ltda., conforme NF n.º 200, de uma escrivaninha, duas mesas, oito cadeiras, para uso da empresa, no valor de R$ 3.000,00. Hou- ve aceite, no ato, de cinco duplicatas, no valor de R$ 600,00 cada uma, para vencimentos em 01/03, 01/04, 01/05, 01/06 e 01/07; 74
  • 75. Capítulo 16 – Escrituração Contábil  Prof. Moreira  e) Compra de 20 impressoras Xerox Mod. 3080, para revenda, no valor total de R$ 5.000,00, do fornecedor Kalunga Ltda., conforme NF n.º 258, sendo o pagamen- to efetuado através de nosso cheque n.º 500.400; Em 10/02/2005: f) Compra de 35 impressoras Xerox Mod. 3080, para revenda, no valor total de R$ 9.800,00, do fornecedor Kalunga Ltda., conforme NF n.º 299, pago através de nosso cheque n.º 500.401 Em 28/02/2005: g) Apropriação de aluguel referente ao mês de Fevereiro a ser pago no dia 5, no valor de R$ 1.000,00; h) Apropriação de salários a serem pagos no dia 5, referente ao mês de Fevereiro, no valor de R$ 4.000,00; Em 01/03/2005: i) Pagamento da Duplicata, a favor de Moreira Ltda., no valor de R$ 600,00, com nosso cheque n.º 500.402, do Banco Itaú S.A.; Em 05/03/2005: j) Venda, à vista (dinheiro), de 25 impressoras, no valor total de R$ 10.000,00, ao cliente Singer Ltda.; k) Custo das Mercadorias Vendidas, conforme planilha de Controle de Estoques, pelo critério de custeio: Preço Médio Ponderado; l) Pagamento de aluguel relativo ao mês de Fevereiro, ao Sr. Mário de Oliveira, conforme recibo n.º 0001, no valor de R$ 1.000,00. O pagamento foi efetuado a- través de nosso cheque n.º 500.403; m) Pagamento de salários, relativos ao mês de Fevereiro, no valor de R$ 4.000,00, através de transferência bancária. 75

×