Aulão de revisão pf - Canal dos Concursos

1,396 views

Published on

Aulão para o concurso da PF com a professora de português Adriana Figueiredo.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,396
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
89
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aulão de revisão pf - Canal dos Concursos

  1. 1. AULÃO DE REVISÃO PARA PF PORTUGUÊS – ADRIANA FIGUEIREDO
  2. 2. ACENTUAÇÃO GRÁFICA (IBAMA-Técnico-CESPE-2012) As palavras “pó”, “só” e “céu” são acentuadas de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica.
  3. 3. VERBOS (CÂMARADOS DEPUTADOS-Analista- CESPE-2012)
  4. 4. No trecho “assegurem a proteção” (R.5), o emprego da forma verbal no subjuntivo justifica-se porque, pelos sentidos do texto, se trata de uma ideia provável, desejável, cuja realização efetiva ainda não se pode comprovar.
  5. 5. (MPOG-ANALISTA-CESPE-2012)
  6. 6. A locução verbal “vem buscando” (R.19), que expressa ideia de continuidade — do passado até o presente — , poderia ser substituída, sem prejuízo para a coerência do texto, pela locução tem buscado.
  7. 7. PRONOMES PESSOAIS – USO E COLOCAÇÃO (CÂMARADOS DEPUTADOS -Analista- CESPE - 2012)
  8. 8. Por terem como referente a palavra “concidadãos” (R.1), os pronomes empregados em “pedindo-lhes” (R.1) e dispensando-os” (R.3) poderiam ser intercambiados, sem prejuízo para os sentidos e a correção gramatical do texto.
  9. 9. (BANCO DA AMAZÔNIA-Técnico-CESPE-2012)
  10. 10. A substituição de “se difundindo” (R.4) por difundindo-se mantém a correção gramatical do período.
  11. 11. (CÂMARADOS DEPUTADOS –Analista - CESPE-2012)
  12. 12. A colocação pronominal no português do Brasil é variável, por isso, em “quase se não pode extratar nada” (R.21-22), estaria gramaticalmente correta qualquer uma destas opções: quase não se pode extratar nada ou quase não pode-se extratar nada.
  13. 13. PRONOME RELATIVO (ANCINE-Técnico-CESPE-2012) Na linha 4, a oração “que se estende a todas as coisas” é empregada em referência a “o mundo”.
  14. 14. (MPOG-ANALISTA-CESPE-2012)
  15. 15. Na linha 5, a ausência de vírgula depois do vocábulo “demográfico” indica que o pronome relativo “que” refere-se ao termo nuclear “abundância” (R.3).
  16. 16. (ANCINE-Técnico-CESPE-2012) A correção gramatical do texto seria preservada caso a forma “à qual” (R.5) fosse substituída pelo pronome que.
  17. 17. (ANCINE-Técnico-CESPE-2012)
  18. 18. A expressão “em que” (R.4) poderia ser corretamente substituída por onde ou por no qual, sem que houvesse prejuízo à correção gramatical do texto.
  19. 19. COESÃO E COERÊNCIA (BANCO DA AMAZÔNIA-Técnico-CESPE-2012)
  20. 20. O termo “deles” (R.11) refere-se à expressão “computadores centrais” (R.7-8).
  21. 21. (CÂMARADOS DEPUTADOS -Analista - CESPE-2012) Em “com os do mundo desenvolvido” (R.6-7), identifica-se elipse da expressão “recursos humanos” (R.6).
  22. 22. CONJUNÇÕES (CÂMARADOS DEPUTADOS-Analista-CESPE-2012)
  23. 23. Na expressão “Então, como agora” (R.4-5), o termo “Então” confere ao segmento uma relação sintática de conclusão.
  24. 24. (CÂMARADOS DEPUTADOS-Analista-CESPE-2012) O termo “contudo” (R.32) estabelece entre as orações do período relação sintática adversativa, por isso, poderia ser corretamente substituído por qualquer um dos seguintes vocábulos: entretanto, todavia, no entanto, porém, embora, conquanto.
  25. 25. (ANATEL-Analista-CESPE-2012)
  26. 26. O período “Todos esses recursos (...) serviços” (R.13- 15) poderia ser iniciado pelo conector de sentido adversativo entretanto, desde que fossem feitas as devidas alterações na grafia das palavras, sem que houvesse prejuízo para o sentido original e a correção gramatical do texto.
  27. 27. A PALAVRA SE (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO-CESPE-2012)
  28. 28. Os trechos “chamar-se” (R.2) e “se conhece” (R.13) poderiam ser corretamente substituídos por ser chamado e é conhecido, respectivamente.
  29. 29. (ANAC- Intermediário - CESPE-2012) O emprego da partícula “se” em “ampliou-se” (R.7) indica que o sujeito da oração é indeterminado.
  30. 30. (Questão de sintaxe) (ANATEL-Técnico-CESPE-2012) Em “expandiu-se” (R.8), o pronome “se” indica que o sujeito do período é indeterminado.
  31. 31. (CÂMARADOS DEPUTADOS –Analista - CESPE-2012) Sendo a ideia desenvolvida no texto a de que a qualificação profissional deve ser buscada continuamente pelos próprios profissionais, depreende-se que o pronome “se”, em “Formam-se” (R.15), indica a reflexividade da ação verbal.
  32. 32. CONCORDÂNCIA VERBAL (CÂMARADOS DEPUTADOS –Analista - CESPE-2012) A forma verbal “compõem” (R.3) está no plural porque concorda com o sujeito da oração antecedente — “objetos” (R.2).
  33. 33. (IBAMA-Técnico-CESPE-2012) O referente do sujeito da forma verbal “levando” (R.11) é a expressão “industriais e produtores em geral” (R.9), que exerce a função de sujeito da forma verbal “convencem” (R.9).
  34. 34. (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO- CESPE-2012)
  35. 35. Na linha 18, o trecho “os movimentos nacionalistas e independentistas” exerce a função de sujeito da locução verbal “vinham-se firmando”.
  36. 36. (CÂMARADOS DEPUTADOS –Analista - CESPE-2012) A forma verbal “compõem” (R.3) está no plural porque concorda com o sujeito da oração antecedente — “objetos” (R.2).
  37. 37. (ANATEL-Técnico-CESPE-2012) A forma verbal “têm” (R.11) está no plural porque concorda com o antecedente do pronome relativo.
  38. 38. (BANCO DA AMAZÔNIA-Técnico-CESPE-2012) Na linha 1, a forma verbal “permitiu” poderia ter sido flexionada no plural — permitiram —, caso em que concordaria com “processos”.
  39. 39. (MPOG-ANALISTA-CESPE-2012)
  40. 40. A forma verbal “ter”, em “e, assim, amplia a capacidade das pessoas de ter acesso a melhores condições de vida” (R.14-15), poderia ser corretamente empregada também no plural: terem.
  41. 41. ANÁLISE SINTÁTICA (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO-CESPE-2012)
  42. 42. Na linha 5, o termo “pelas grandes potências da Europa” exerce a função de agente da passiva da oração cujo núcleo é “subdesenvolvidos”.
  43. 43. (ANATEL-Analista-CESPE-2012)
  44. 44. As expressões “o que” (R.5) e “fato que” (R.7) poderiam ser colocadas uma no lugar da outra, no texto, sem prejuízo das relações morfossintáticas e semânticas nele expressas.
  45. 45. REESCRITURA DE FRASES (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO-CESPE-2012)
  46. 46. “Gerou, também, como consequência, movimentos separatistas, conflitos étnicos e religiosos, e guerras civis, com reflexos que perduram até os dias de hoje.” (R.24-25): Em consequência, deu origem, ainda, a movimentos de separação, conflitos étnicos e religiosos e guerras civis, cujos reflexos ainda perduram.
  47. 47. (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO-CESPE-2012)
  48. 48. (ANAC-CESPE-2012)
  49. 49. No trecho “A vinda da Corte e a presença inédita de um soberano em terras americanas motivaram” (R.6- 8), o emprego da forma verbal no plural deve-se à presença do artigo “a” antes de “presença”, motivo pelo qual a supressão desse artigo levaria o verbo para a forma singular, mantendo-se, assim, a correção gramatical do trecho.
  50. 50. REGÊNCIA E CRASE (MPOG-ANALISTA-CESPE-2012)
  51. 51. Seria mantida a correção gramatical do período “É fato que os números absolutos impressionam” (R.11-12), caso a preposição de fosse inserida imediatamente antes da conjunção “que”.
  52. 52. (MPOG-ANALISTA-CESPE-2012)
  53. 53. Na linha 7, o sinal indicativo de crase em “às voltas” decorre da presença do artigo definido e do uso da preposição a exigida pelo substantivo “força”.
  54. 54. (POLÍCIA CIVIL-AL-AGENTE-CESPE-2012)
  55. 55. O emprego do sinal indicativo de crase em „à‟ (R.20) é facultativo, razão por que sua retirada não acarretaria prejuízo para a correção gramatical do texto.
  56. 56. (POLÍCIA CIVIL-AL-DELEGADO-CESPE-2012)
  57. 57. O elemento “pelo”, em “a Coreia havia sido anexada pelo Japão” (R.16), poderia ser corretamente substituído por ao.
  58. 58. (ANAC-Intermediário-CESPE-2012)
  59. 59. Em “vinculada à Diretoria Colegiada” (R.15-16), o emprego do sinal indicativo de crase deve-se à regência do termo “vinculada”, que exige complemento regido pela preposição a, e pela presença de artigo definido feminino antes da expressão “Diretoria Colegiada”.
  60. 60. PONTUAÇÃO (ANAC-Intermediário-CESPE-2012)
  61. 61. O segmento “em setembro último” (R.2) está empregado entre vírgulas por constituir expressão adverbial intercalada entre termos da oração de que faz parte.
  62. 62. (ANAC-CESPE-2012)
  63. 63. Na linha 1, feitas as necessárias adaptações, a expressão “Três séculos depois do descobrimento” poderia ser deslocada para logo depois do nome “Brasil”, sem que houvesse prejuízo à correção gramatical do período. Nesse caso, a referida expressão deveria ser isolada por vírgulas.
  64. 64. (ANATEL-Analista-CESPE-2012)
  65. 65. Feitas as necessárias adaptações na grafia das palavras, o adjunto adverbial “em 1998” (R.2) poderia ser deslocado, seguido da vírgula, para o início do parágrafo, sem que o sentido original e a correção gramatical do texto fossem prejudicados.

×