• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Afinal o que e um planeta
 

Afinal o que e um planeta

on

  • 2,594 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,594
Views on SlideShare
2,594
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
21
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Afinal o que e um planeta Afinal o que e um planeta Presentation Transcript

    • Afinal, o que é um planeta?
    • Uma visão antiga
      Observando o céu
    • Uma visão antiga
      Observando o céu
    • Uma visão antiga
    • Uma visão antiga
    • Uma visão antiga
    • Uma visão antiga
      Divisão dos astros na antiguidade:
      As estrelas fixas,  “presas” no céu, em uma estrutura fixa, o firmamento, que gira ao redor da Terra
      Os sete astros visíveis que se movem entre as estrelas: Lua, Mercúrio, Venus, Sol, Marte, Júpiter e Saturno, na ordem em que se situam na cosmologia grega.
    • Uma visão antiga
      Modelo de Ptolomeu
    • Uma visão antiga
      Consagração de um dia para cada planeta
    • Observando atentamente
    • Observando atentamente
      Epiciclos de Ptolomeu
    • Observando atentamente
      Epiciclos de Ptolomeu
    • Mudando a perspectiva
      Copérnico coloca o Sol no centro do universo
    • Mudando a perspectiva
      Copérnico coloca o Sol no centro do universo
    • Mudando a perspectiva
      TychoBrahe e Johannes Kepler refinam o modelo pelo cálculo das órbitas
    • Mudando a perspectiva
      TychoBrahe e Johannes Kepler refinam o modelo pelo cálculo das órbitas
    • Mudando a perspectiva
      Galileu faz observações importantes
      • Observou montanhas e crateras na Lua
      • Descobriu os quatro maiores satélites de Júpiter (Ganimedes, Europa, Calixto e Io)
      • Observou as manchas solares
      • Descobriu as fases de Vênus
      • Observou estrelas que não eram visíveis a olho nu.
    • Mudando a perspectiva
      Galileu faz observações importantes
    • Heliocentrismo
      Definição clara de um planeta:
      Astro que se move ao redor do Sol
      A Terra agora também é um planeta
      A Luapassa a ser um satélite que orbita um planeta
      São Planetas:
      Mercúrio, Venus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno (em ordem crescente de distância ao Sol)
    • Novidades
      1761 – Herschel descobreUrano
      1801 – Piazzi descobre Ceres
    • Novidades
      Nos anos seguintes, foram descobertos:
      Palas Juno Vesta
      Herschel decide chamá-los de “asteróides”
    • Novidades
      1846 – Leverrier descobre Netuno
      Em 1860 já haviam descoberto 50 “planetas” entre as órbitas de Marte e Júpiter.
      Apenas o movimento já não era mais o único critério na definição de um planeta.
    • Novidades
      Mapa do cinturão de asteróides hoje em dia
    • O caso de Plutão
      Em 1930, Tombaugh descobre Plutão em uma órbita além da de Netuno.
    • O caso de Plutão
      Em 1978, Christy descobre Caronte
    • O caso de Plutão
      Em 1978, Christy descobre Caronte
      Agora é possível medir a massa e o diâmetro de Plutão
    • O caso de Plutão
      E agora?!
      Planeta, asteróide ou cometa?
    • O caso de Plutão
      Em 2003 se descobre Eris além da órbita de Netuno
    • O caso de Plutão
      Outros corpos descobertos além da órbita de Netuno
    • O caso de Plutão
      O Cinturão de Kuiper
    • Mudanças
      • 2006: Reunião da UAI
      • Estabelecer um conceito oficial de planeta
      • Situação de Plutão
    • Mudanças
      • Prioridades:
      • Questão Cultural
      • Questão Estrutural
      • Questão Dinâmica
      • Característica de todos os objetos
      MASSA!
    • Mudanças
      • 16/08/2006 – Primeira definição
      “Para que um corpo seja um planeta, ele deve:
      Ter massa suficientemente grande para que sua própria gravidade desse ao planeta um formato quase-esférico;
      b) Orbitar em torno de uma estrela (no nosso caso, o Sol), não orbitando um planeta ou outro objeto que estivesse em órbita em torno de uma estrela.”
    • Mudanças
      Ao total: 12 planetas!
    • Mudanças
      Controvérsias:
      • Vários outros corpos Também poderiam ser planetas
    • Mudanças
      • Solução: Plúton
      • Órbitas alongadas
      • Períodos maiores que 2 séculos
      • Problemas da definição
      • Problemas com geólogos
      • Com falhas em sua dinâmica
    • Mudanças
      • 24/08/2006 – IAU entra em acordo
      “Para que um corpo seja um planeta, ele deve:
      Ter massa suficientemente grande para que sua própria gravidade desse ao planeta um formato quase-esférico;
      b) Orbitar em torno de uma estrela (no nosso caso, o Sol), não orbitando um planeta ou outro objeto que estivesse em órbita em torno de uma estrela;
      c) A sua vizinhança ao longo de sua órbita é limpa.”
    • Mudanças
    • Mudanças
      8 Planetas
    • Uma Revolução!
    • Uma Revolução!
    • Uma Revolução!
    • Atualmente
      E 2003 UB 313
      • Batismo em 13/09/2006
      • Definição: planeta-anão
      • Nome: ÉRIS
      • 1 Lua: Disnomia
    • Atualmente
      Novos Planetas-anões
      11/06/2008: Makemake
      18/09/2008: Haumea
    • Atualmente
      • 11/06/2008: Definição de Plutóide
      • Planeta-anão + transnetuniano
      • Quatro plutóides
      • Éris, Haumea e Makemake e Plutão
    • Exoplanetas
      1992: PrimeiraDetecção de um PlanetaExtrasolar
      PSR 1257+12 - Estrela de Nêutrons (Pulsar)
      1995: PrimeiroExoplanetaOrbitando Estrela de Seqüência Principal
      51 Pegasi– Estrela de TipoSolar
      1996: PrimeiroExoplaneta de Longo Período(47 UMa b)
      M ~ 2,6 MJ, P = 1083 dias
      1999: PrimeiroSistemaMultiplanetário(Upsilon Andromedae)
    • Exoplanetas
    • Exoplanetas
    • Exoplanetas